Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
LLUCH

Legalização das Drogas

Você é a favor ou contra a legalizção das drogas  

48 members have voted

  1. 1. Você é a favor ou contra a legalizção das drogas

    • Totalmente a favor
      15
    • Totalmente contra
      36
    • A favor apenas das "Smart Drugs"
      2


Recommended Posts

 

 

PLUTÃO: Vou me limitar a responder à apenas questões de cunho pessoal' date=' até pq todas as outras o Dook respondeu com excelencia

 

 

1 - Plutão, algumas informções são desnecessarias sim, principalmente as que são vindas de você.

 

2 - Insisto, a droga em si, não mata, e sim, uso exagerado dela. A prova irrefutavel disto é que eu ja usei e, caso o seu magnifico poder de percepção tenha falhado, vou te ajudar: estou vivo.

Não vou entar mais em discussão sobre isso, até por que você não me parece capaz de entender a questão.

 

3- Bom, coloquei os fatos de forma didatica, mas para vc, infelizmente, vou ter que desenhar. Você é quem até agora não conseguiu ter um argumento forte, alem do clichê: "Droga faz mal". Vc explicitou os efeitos das drogas sobre o usuario, e eu explicitei os efeitos de varias outras susbtancias, objetos e até ideias, que fazem tanto mal quanto a droga.

Vc diz que eu "chorei", mas, sinceramente não vejo como esse termo poderia ter sentido na frase, afinal, o que é chorar nesse caso?

 

4- Essa droga mortal que você citou era a heroina. No artigo da Wikipedia, dizia claramente que era faria mal se o uso fosse constante (inclusive voce até destacou o "uso regular/constante" ). Tenho certeza que se uma pessoa tomar uma dose de heroina não irá acontecer nenhum dano, ou seja, o que mata é o excesso.

 

5- Se ao falar que eu não rebato suas falhas vc se refere a suas proprias opniões incoerentes, arcaicas e que demostram pouco racicinio são falhas explicitas. Não preciso de rebate-las. Chame como quiser de choro, de ignorancia (afinal acho que essas são as palavras que voce conhece o significado, talvez seja por experiencia propria neh?)

 6- "E por último, eu não estou nem ai se você ou outro quer se matar. Se mate... só não me leve junto.  " By Plutão.

Ue?! Cade aquele Plutão idealista que defendia a anarquia? Que passou um sermão em todos falando que ninguem pensava no pais, que todos nos deveriamos achar alguma forma de ajudar o proximo??

Alguem sente esse cheiro??? Chiero de hipocrisia misturada com incoerencia e demagogia?? Ah simm esse é o cheiro do "plutonismo" rs rs rs

[/quote']

 

1-A informação é fundamental mesmo vindo de você, especialmente quando ela não tem cunho pessoal como demonstra a cada post. 03

 

 

2-Erro seu novamente como um individualista típico pensando em si mesmo e como uma pessoa leiga sobre o assunto ainda. Nem todos os indivíduos possuem resistência se que ela existe para drogas potentes como a heroína. Você não se pode basear por todos, seu organismo pode ser mais resistente. E daí? O meu avô fuma desde garoto e ate hoje aos quase 80 anos sobreviveu. Quer dizer que todos que fumarem vão viver mais ou menos independente do cigarro?

Sua pergunta acabou de ser respondida. Por você mesmo. Releia seu tópico e sua pergunta

 

 

E isto é uma discussão se quer jogar a tolha porque não consegue rebater admita. Não fale pelos outros nem todos são como você, nem todos são imunes a toxinas e nem todos são mais capacitados a falarem só porque usaram drogas. Seria até uma discriminação como tanto protela. Seria como falar que um ex-viciado não tem moral para defender a legalização só pro ter usado.

 

Ah não? Então quer dizer que o fato de eu conhcer os efeitos das drogas mais afundo não quer dizer nada? Ou vai dizer que alguém que apenas leu na wikipedia vai ter o mesmo conhecimento de alguém que usou (me refiro aos efeitos em si.)

3-Não! Você não explicou você generalizou e distorceu o foco da discussão com uma baita falácia. Não estamos falando de fanáticos idealistas religiosos ou políticos, e sim de substâncias comprovadas e tóxicas para os seres humanos. Não negue isto novamente. O tópico não é sobre religião, ou posições fanáticas de determinados indivíduos e sim sobre a legalização destes entorpecentes. E logo fala sobre os reais riscos para a sociedade e o motivo de alguns serem contra, e é disto que estou falando e você esta evitando.

 

4-Errado com todo o louvor. E isto seja talvez o mais grave, faz um uso da sua ignorância ou propositalmente ou de forma natural. Mas acredito na primeira opção. E por isto eu insisto na informação e na busca constante do saber não importa o tema, e se tratando de algo arriscado para todos o torna ainda mais importante o saber sobre.  E apontei com veemência que a droga como a heroína é usada normalmente, o mesmo uma única vez dependendo da potencia neuro-toxica é mortal. E mesmo assim você mais uma vez ignorou e passou pro cima do tema que foquei claramente.

 

5-Aqui é uma questão pessoal sua e acho perda de tempo rebater algo que não acrescentara em nada no tópico de um tema muito mais importante.

 

6- É absurdo querer por meio da força fazer bem ao próximo, sem a vontade dele. E sim acho a imposição do estado absurdo no que defere as drogas. Por outro lado, acho mais absurdo ainda, que uma pessoa queira fumar em lugar público pensando unicamente em si. E mesmo que ela ou você diz que isto é uma liberdade, fica a duvida. Como pode existir uma liberdade acima de outra ou uma liberdade que cause dependência? Não é clara contradição do conceito liberdade?

 

 

1- Minhas mensagens só são pessoais quando a pegunta que as antecede foi de cunho pessoal. Se elas são maiorias  é porque os ataques pessoais e as provocações de alguem que não tem argumentos ( e não é você, então so pode ser o ...).

 

3- Não são de cunho pessoal. Já foi respondida ao longo do tópico (respondida e rebatida)

 

5- Também já foi respondida e também não é de cunho pessoal

 

6- Ótimo. Então porque você não quer legalizar as drogas? O principal argumento de vocês são os malefícios, mas se você acha uma absurdo usar a força para o bem de alguem a discussão está encerrada.

Tudo bem, Plutão, mas aí você  parte  para  uma outra discussão. Qual liberdade  teria prioridade?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rafal. Bom dia!

 

 

 

Sem combates não teremos "balas perdidas"' date='o número de assaltos diminuiram,as favelas serão um lugar pobre,não um lugar perigoso.[/quote']

 

 

 

Mas Rafal, mesmo que acabe o combate ao tráfico de drogas, haverá outros combates por outros motivos, e o principal fator de ocorrência de “balas perdidas”, de favelas inseguras, são exatamente a falta de um combate realmente correto, se a policia fosse bem preparada, equipada, e se houvesse uma estratégia correta de combate, ninguém se machucaria (para isso o Estado precisaria querer e querer é tudo que o Estado não quer...), e a violência ai sim, diminuiria e arrisco dizer que diminuiria a níveis bem convincentes.

 

 

 

Acaba o combate contra o tráfico de drogas, haverá contra o tráfico de armas, contra a pirataria, contra as forças paralelas que estão se formando nas favelas e que logo se tornaram o principal problema do Estado e depois o próprio Estado e depois terão que combater um crime organizado mais forte ainda (formados também, por traficantes mais ricos e agora legalizados pelo Estado).

 

 

 

 

 

T+!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sua pergunta acabou de ser respondida. Por você mesmo. Releia seu tópico e sua pergunta


Ah não? Então quer dizer que o fato de eu conhcer os efeitos das drogas mais afundo não quer dizer nada? Ou vai dizer que alguém que apenas leu na wikipedia vai ter o mesmo conhecimento de alguém que usou (me refiro aos efeitos em si.



1- Minhas mensagens só são pessoais quando a pegunta que as antecede foi de cunho pessoal. Se elas são maiorias  é porque os ataques pessoais e as provocações de alguem que não tem argumentos ( e não é você' date=' então so pode ser o ...).

3- Não são de cunho pessoal. Já foi respondida ao longo do tópico (respondida e rebatida)

5- Também já foi respondida e também não é de cunho pessoal

6- Ótimo. Então porque você não quer legalizar as drogas? O principal argumento de vocês são os malefícios, mas se você acha uma absurdo usar a força para o bem de alguem a discussão está encerrada.
Tudo bem, Plutão, mas aí você  parte  para  uma outra discussão. Qual liberdade  teria prioridade?
[/quote']

 

Não foi respondida, pois para dizer que uma droga faz mal não basta ter um único indivíduo, como modelo de observação conclusivo para a problemática.  Para avaliar a periculosidade da substância teria que fazer um estudo com um considerável número de pessoas, para ai sim poder tirar base de como esta substância atua em media proporção sobre todos. Existem variantes para indivíduos, elas devem constar não unicamente de pessoa para pessoa e sim de um todo.  Seria como criar um remédio para a cura da AIDS ou SIDA, e simplesmente testar em um único indivíduo e dizer que não existe um risco para as demais pessoas. <?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Quer dizer sim. No entanto, seria um caso especifico e não se pode generalizar a partir de você.

 

1-Assunto que não debato mais, pois não se tem importância ao foco do tema. Considero isto invalidado para discutir aqui.

 

3-Idem da 1.

 

5- Idem da 1.

 

6-Não postei com clareza a minha posição. Eu simplesmente apontei as incoerências das propostas apresentadas. E se a substância for unicamente prejudicial a somente o indivíduo que utiliza tudo bem, só que o problema em vários casos remete a terceiros. Fumantes passivos em caso de drogas inaladas pelo pumão, gestantes que repassam seqüelas do seu uso praticamente para a prole e vítimas das alterações de humor dos viciados ocasionados pelos entorpecentes.  E ainda tem um outro problema que ainda não foi cogitado, que é justamente as doenças sexualmente transmissíveis. Dados indicam que boa parte das vítimas do HIV adquirem pro intermédio de drogas injetadas. Como ficaria o quadro de saúde no geral? O problema não é a droga em si, no entanto o seu parceiro por intermédio do seu vício pode ter um risco de contaminação e afetar a terceiros.

 

E convenhamos aqui, que à saúde não é como a dos países europeus que legalizaram as drogas, e apenas acarretaria mais problemas de saúde pública. Afetando consequentemente mais terceiros em função de uma lei.  E ainda a criminalidade ficaria como esta. Não vejo benefícios consideráveis ou que dê mais liberdade, vejo justamente o oposto de liberdade aqui.

 
Plutão Orco2007-04-04 12:06:03

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rafal. Bom dia!

Sem combates não teremos "balas perdidas"' date='o número de assaltos diminuiram,as favelas serão um lugar pobre,não um lugar perigoso.[/quote']

Mas Rafal, mesmo que acabe o combate ao tráfico de drogas, haverá outros combates por outros motivos, e o principal fator de ocorrência de “balas perdidas”, de favelas inseguras, são exatamente a falta de um combate realmente correto, se a policia fosse bem preparada, equipada, e se houvesse uma estratégia correta de combate, ninguém se machucaria (para isso o Estado precisaria querer e querer é tudo que o Estado não quer...), e a violência ai sim, diminuiria e arrisco dizer que diminuiria a níveis bem convincentes.

Acaba o combate contra o tráfico de drogas, haverá contra o tráfico de armas, contra a pirataria, contra as forças paralelas que estão se formando nas favelas e que logo se tornaram o principal problema do Estado e depois o próprio Estado e depois terão que combater um crime organizado mais forte ainda (formados também, por traficantes mais ricos e agora legalizados pelo Estado).


T+!

Você acha mais fácil o que?Legalizar as drogas ou o Estado passar a fazer o que é correto?03

Traficante só traficam armas para combater a polícia e outros traficantes,não havendo mais combates não haverão mais tráfico de armas.

E as milícias só existem para combater o tráfico de drogas03

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Você acha mais fácil o que?Legalizar as drogas ou o Estado passar a fazer o que é correto?03

Traficante só traficam armas para combater a polícia e outros traficantes' date='não havendo mais combates não haverão mais tráfico de armas.

E as milícias só existem para combater o tráfico de drogas03
[/quote']

 

Ainda sim isto não acaba com a problemática social.

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

É isto acabaria com problema social das favelas? Afinal o problema nas favelas não se atenha apenas os traficantes de drogas, mas uma arma ainda mais potente de ser combatida. Esta arma é miséria. A falta de recursos destas centenas de moradas na maioria irregulares é um exemplo de claro contraste social de nosso país. A falta de ação do estado em décadas, formou um bolsão de pobreza que é evidente dependência de tudo e todos. Qualquer um que se tenha poder ali, pode exercer controle sobre esta massa de esquecidos.

 

A droga só é um elemento que proporciona lucros e poder na região. Tire a droga e outro elemento ilegal, fará o mesmo papel. Armas, prostituição, drogas, sempre vai ter algum elemento ou produto ilícito que vai gerar lucros e um status que os moradores tanto almejam ter e não conseguem neste bolsão de pobreza. Eles mesmos não reconhecem o poder do estado, pois o estado não existe ali porque não atua.

 

O esquecimento de outras classes sociais, pelo estado classista gera aos poucos outro estado classista.  

Share this post


Link to post
Share on other sites

É claro que legalizar as drogas não acaba com a "problemática social".

Para resolvermos todos os problemas brasileiros não basta mudar um aspecto,temos que ter toda uma mudança,tanto legislativa,administrativa e cultural.

Entendo que outro elemento ilegal entrará nas favelas.Porém,se podemos resolver as drogas,legalizando-as,porque não fazer?

Mas posso te dizer porque o governo não quer legalizar as drogas?

-Isso gera um estado de medo que mantém o povo "na linha";

-Isso gera lucro para os governantes.

Porque o Baú da Felicidade e Toto-Bola são legais e o Jogo-do-Bicho não é?

Porque cigarro e álcool são legais e outras drogas não são?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rafal. Boa noite!

 

 

 

Você acha mais fácil o que?Legalizar as drogas ou o Estado passar a fazer o que é correto?

 

Traficante só traficam armas para combater a polícia e outros traficantes' date='não havendo mais combates não haverão mais tráfico de armas.

 

E as milícias só existem para combater o tráfico de drogas[/quote']

 

 

 

Discordo...

 

 

 

Eu não posso escolher o lado fácil, sendo que este não é nem o melhor e muito menos o mais correto. Acredito que não havendo traficantes não há combates, isso sim, acabar com o lado que prejudica a sociedade, que são esses criminosos que pela ineficiência (proposital) do Estado, deitam e rolam, sem o combate eles ficariam oficialmente livres para crescerem ainda mais em cima de uma sociedade doente e frágil.

 

 

 

E o trafico de armas também não acabará por causa da falta de combate do Brasil, depois que eles virarem o Estado, expandiram seus marcados para o resto do mundo, é claro, depois de o governo cruzar totalmente as pernas e assistir a sua destituição fria e melancólica por parte de milícias que com armas traficadas se enfrentaram (o combate ainda existira, não por parte do Estado, mas por parte deles mesmos) e colocará ainda mais em risco a vida de pessoas inocentes, e depois que uma dessas partes vencerem a outra, tomarão o Estado e transformará o Brasil em um regime devastador para democracia...

 

 

 

É a famosa teoria do caos...

 

 

 

Ai eu te pergunto:

 

 

 

Não seria mais fácil o Estado combater (mesmo que nós não acreditemos que ele venha a querer fazer isso.) e representar a sociedade diante do crime do que ela simplesmente facilitar para o crescimento do mesmo?

 

 

 

T+!(Õ.ô)2007-04-05 22:52:10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Engraçado que quando se fala em redução da maioridade penal, ninguém traz à baila que a redução não resolve toda a problemática social e, mesmo tendo ciência desse aspecto, defendem a redução com o argumento 'é preciso começar de algum lugar'... Agora com relação as drogas (que também não resolve toda a problemática social) este argumento é usado contra a legalização...

 

Ou seja, o argumento é ignorado no discurso pró-redução da maioridade, mas é utilizado como chavão contra a legalização das drogas. Só eu senti o cheiro fétido da hipocrisia e do Mal da Conveniência?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho evitado postar nesse tópico porque o que ocorre é uma sucessão de argumentos repetidos, mas eis minha opinião que, diga-se de passagem, contém muitos deles:

A legalização das drogas não acabará com a violência, mas com o tráfico drogas muito provavelmente.

Toda minha análise baseia-se no fato de os que  são contra à legalização, em sua maioria, acharem o álcool igualmente perigoso e prejudicial à saúde, isto é, que o álcool também é um droga.

Considerando, portanto, o álcool uma dita cuja o efeito de sua proibição(quando já era de grande apelo popular) já foi testada nos EUA com a Lei seca, sendo bastante danoso por sinal. Nos EUA, também foi testado o efeito de sua legalização(pós-proibição) e o resultado foi, creio eu, benéfico, fazendo o álcool, diga-se de passagem, voltar a ser um produto acessível para todos.

Fica claro, então, que a pergunta a ser feita é se as drogas como a maconha, cocaína, craque, heroína são populares ou não, pois se o forem elas seguem a lógica do que aconteceu nos EUA(vale salientar que estamos considerando o ácool uma droga como qualquer uma). Quando ela é feita , me vem à cabeça uma pesquisa que aponta que 8% dos brasileiros são usuários de maconha, 14% do cigarro, 50% de álcool e 4% de outras, com os índices crescendo para todas(destaque para o da maconha que em dois anos teve dobrado o número de usuários).

Dessa pesquisa eu tiro que a maconha já é muito popular(ou se deve esperar ela chegar aos 14% do cigarro?), devendo ser legalizada e as outras estão quase lá.

Note que eu parti da premissa de que o álcool é uma droga igualmente prejudicial e perigosa, algo que eu discordo em absoluto.É aí que reside minhas ressalvas.

Note que o texto gigante que o Orco postou mostra que muitas das drogas levam o indivíduo a ficar propenso à violência. Imagine, então, o que aconteceria se esses tipos de drogas se tornassem bastante populares ou mais populares ainda. Isso geraria mais ou menos violência?

Não sei, pois não se pode medir o quanto a violência irá diminuir com o fim do tráfico de drogas e o quanto ela irá aumentar com a sua possível popularização nas próximas gerações.

Como em um espaço de 5 anos não haveria grande aumento de usuários,talvez legalizar as drogas seria válido a título de experimento.

 

 
filmesking2007-04-07 02:47:47

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não Plutão' date='não é simplório não.Aliás,nem sabia que na Holanda aplicaram isso.

É um coisa simples,o tráfico existe para vender as drogas,compram armas para combater a polícia e outras facções,ocasionando em mortes quer por balas perdidas quer não.

O tráfico rouba carros par formar bondes e para financiar a sí.

Com as drogas legalizadas,o tráfico não vai existir mas.

Veja a máfia,ele surgiu por conta da "Lei Seca",com o fim dela,a máfia perdeu seu poder.
[/quote']

 

E depois vão trocar o comércio de drogas pelo comércio de mulheres como já ocorre com as Tríades Chinesas. E ai?  Vamos votar a lei que permite a legalização de traficar mulheres? Você troca um problema pela outra sem de fato atacar a problemática. <?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

.
  Esses comentários extremistas seus são sempre infelizes.

 

Desde quando a mulher é fruto proibido? Se ela o fosse, eu não hesitaria em aprovar essa lei.

Share this post


Link to post
Share on other sites

[quote=(Õ.ô)]

Ai eu te pergunto:

Não seria mais fácil o Estado combater (mesmo que nós não acreditemos que ele venha a querer fazer isso.) e representar a sociedade diante do crime do que ela simplesmente facilitar para o crescimento do mesmo?

Sim,se o Estado mudasse totalmente seu modo de agir,combatendo o tráfico,seria muito melhor.

Mas temos que ser realistas,é mais fácil legalizar as drogas que o Estado mudar.

Se você ficar recusando o mais fácil e esperar o mais difícil,os índices de criminalidade só vão aumentar.

Exato Filmesking,

Quando as drogas forem legalizadas o tráfico de drogas e toda a violência que ele gera e acolhe,acabará.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Esses comentários extremistas seus são sempre infelizes.

 

Desde quando a mulher é fruto proibido? Se ela o fosse' date=' eu não hesitaria em aprovar essa lei.
[/quote']

 

A mulher não é fruto proibido.  A questão que apontei esta no contexto, que é o trafico de mulheres análogo como o trafico de drogas.  Dois produtos ilegais de procedência ilegal, para fins bem lucrativos. E vale salientar, que boa parte destas mulheres que são traficadas são menores de idade, e ainda vão contra a vontade. É praticamente um estupro, uma prostituição forçada. Eu diria até escravidão, já que elas ganham hall de produto vendido.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exato Filmesking' date='

Quando as drogas forem legalizadas o tráfico de drogas e toda a violência que ele gera e acolhe,acabará.
[/quote']

 

Sinto muito, mas eu não disse isso, ou, pelo menos, tentei evitar que me interpretassem de maneira tão singela.

Mas não me leve a mal, eu estou mais com vc do que com eles. 03

 

Aliás, o que é esse smart drugs ? Não votei até agora porque desconheço o termo e não sou totalmente contra nem totalmente a favor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Exato Filmesking' date='

Quando as drogas forem legalizadas o tráfico de drogas e toda a violência que ele gera e acolhe,acabará.
[/quote']

 

Sinto muito, mas eu não disse isso, ou, pelo menos, tentei evitar que me interpretassem de maneira tão singela.

Mas não me leve a mal, eu estou mais com vc do que com eles. 03

 

Aliás, o que é esse smart drugs ? Não votei até agora porque desconheço o termo e não sou totalmente contra nem totalmente a favor.

 

Smart drugs quer dizer "drogas leves" como a maconha, o lança e o LSD

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Não foi respondida' date=' pois para dizer que uma droga faz mal não basta ter um único indivíduo, como modelo de observação conclusivo para a problemática.  Para avaliar a periculosidade da substância teria que fazer um estudo com um considerável número de pessoas, para ai sim poder tirar base de como esta substância atua em media proporção sobre todos. Existem variantes para indivíduos, elas devem constar não unicamente de pessoa para pessoa e sim de um todo.  Seria como criar um remédio para a cura da AIDS ou SIDA, e simplesmente testar em um único indivíduo e dizer que não existe um risco para as demais pessoas.[/quote']

 

Foi respondida sim. Você disse: "Quer dizer que uma pessoa viverá mias ou menos independente do cigarro que ela fumar?"

 

Sim. É isso que você vem defendendo. Que uma unica pessoa não pode ser exemplo, portanto, você já havia respondido sua pergunta.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não foi respondida, pois para dizer que uma droga faz mal não basta ter um único indivíduo, como modelo de observação conclusivo para a problemática.  Para avaliar a periculosidade da substância teria que fazer um estudo com um considerável número de pessoas, para ai sim poder tirar base de como esta substância atua em media proporção sobre todos. Existem variantes para indivíduos, elas devem constar não unicamente de pessoa para pessoa e sim de um todo.  Seria como criar um remédio para a cura da AIDS ou SIDA, e simplesmente testar em um único indivíduo e dizer que não existe um risco para as demais pessoas.


Foi respondida sim. Você disse: "Quer dizer que uma pessoa viverá mias ou menos independente do cigarro que ela fumar?"



Sim. É isso que você vem defendendo. Que uma unica pessoa não pode ser exemplo, portanto, você já havia respondido sua pergunta.

 


 

Na verdade eu não venho defendendo e sim duvidando. Afinal, pelo que se sabe boa parte da população sofre com problemas de saúde mesmo com drogas leves.  E o que dirá com drogas pesadas? E estou falando de terceiros, como fumantes passivos, gestantes fumantes, cônjuge de fumantes e por ai vai. Acho que isto não é problema de um único indivíduo mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exato Filmesking' date='

Quando as drogas forem legalizadas o tráfico de drogas e toda a violência que ele gera e acolhe,acabará.
[/quote']

 

Sinto muito, mas eu não disse isso, ou, pelo menos, tentei evitar que me interpretassem de maneira tão singela.

Mas não me leve a mal, eu estou mais com vc do que com eles. 03

 

Aliás, o que é esse smart drugs ? Não votei até agora porque desconheço o termo e não sou totalmente contra nem totalmente a favor.

A legalização das drogas não acabará com a violência' date=' mas com o tráfico drogas muito provavelmente.

[/quote']

Foi com essa frase em mente que fiz meu comentário.

Mas incluí um raciocínio meu.

Existe tipos de violência que são gerados DIRETAMENTE pelo tráfico de drogas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

SE EU FOSSE A FAVOR DAS DROGAS, DARIA UM MOTIVO MUITO BOM: SE AS PESSOAS FUMAM CIGARROS, CHARUTOS, BEBEM ALCOÓLICOS, COMEM ALIMENTOS COM GORDURA ANIMAL SATURADA, POR QUE NÃO USAR DROGAS COMO COCAÍNA, MACONHA. ECSTASY E AFINS. 03

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rafal. Bom dia!

 

 

 

Existe tipos de violência que são gerados DIRETAMENTE pelo tráfico de drogas.

 

 

 

Então vamos acabar (fácil ou não, é o que tem que ser feito e o que é possível ser feito, de maneira muito tranqüila, é só a população ter vergonha na cara e cobrar do Estado) com o tráfico de drogas... Acabando com o traficante e não com o combate, que só resultaria no livre arbitro do crime organizado (que cresceria em cima de um mercado livre, de uma mercado paralelo e de mercado negro) que vive tirando o livre arbitro da sociedade.

 

 

 

E repito, o trafico de drogas não acabaria com a legalização, ele apenas encontraria formas mais lucrativas de concorrer com o Estado, como por exemplo drogas mais pesadas e inéditas, alem é claro desse mercado negro também continuar a traficar as drogas legalizadas pelo Estado, através de preços mais populares, como acontece com as armas e com os cigarros.

 

 

 

Vão me desculpar, mas em um combate do antídoto contra a praga em um sistema doente, que esta sendo corroído, tiver que ter como solução à retirada do antídoto e deixando livremente a praga no sistema, só para diminuir a corrosão ou pensar em acabar com o problema, eu não sei em que mundo o ser humano quer viver.

 

 

 

T+!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Totalmente contra...creio que nenhum de vocês gostaria de ver seu filho doidão' date=' vendendo as coisas de casa e trabalhando de mula pra traficante...[/quote']

 

A bebida e, pricipalmente, o cigarro e nem por isso a quantidade de jovens vendendo coisas para comprar tabaco e alcool é significativa (apesar de não ter os dados acredito que seja pequena). Não falo que o trafico deixaria de existir ou que a não há jovens que cheguem a este ponto (de vender coisas) para comprar cigarro e cerveja, apenas digo que a quantidade não é grande. Sobre o tráfico, é uma questão obvia, ta explicita no nome TRAFICO. So sobrevive por que a droga é proibida, ele pode não acabar, mas com certeza irá diminuir significativamente.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites




E repito' date=' o trafico de drogas não acabaria com a legalização, ele apenas encontraria formas mais lucrativas de concorrer com o Estado, como por exemplo drogas mais pesadas e inéditas, alem é claro desse mercado negro também continuar a traficar as drogas legalizadas pelo Estado, através de preços mais populares, como acontece com as armas e com os cigarros.

Vão me desculpar, mas em um combate do antídoto contra a praga em um sistema doente, que esta sendo corroído, tiver que ter como solução à retirada do antídoto e deixando livremente a praga no sistema, só para diminuir a corrosão ou pensar em acabar com o problema, eu não sei em que mundo o ser humano quer viver.

T+![/quote']

O que seria concorrer com o Estado?

O Estado não venderia droga,apenas liberaria a droga para venda.

 

Uma pessoa vendendo drogas por preço popular não quer dizer que ele estaria traficando,estaria apenas fazendo uma promoção.

Sobre o exemplo dado dos cigarros e armas,as armas são ilegais e cigarros não gera guerra entre facção e nem invasão de morros pela polícia.

 

Como se combate um veneno de cobra?Aplicando mais veneno.

 

Lí uma entrevista do autor de "Vidas Oposta",uma novela de Record,e ele falou que prentende colocar um debate sobre a legalização em sua novela.Depois ele falou algo interessate:"A legalição das drogas tira o charme delas".

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Totalmente contra...creio que nenhum de vocês gostaria de ver seu filho doidão' date=' vendendo as coisas de casa e trabalhando de mula pra traficante...[/quote']

Legalizada ou não,isso já acontece.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que seria concorrer com o Estado?

O Estado não venderia droga' date='apenas liberaria a droga para venda.

 

Uma pessoa vendendo drogas por preço popular não quer dizer que ele estaria traficando,estaria apenas fazendo uma promoção.

Sobre o exemplo dado dos cigarros e armas,as armas são ilegais e cigarros não gera guerra entre facção e nem invasão de morros pela polícia.

 

Como se combate um veneno de cobra?Aplicando mais veneno.

 

Lí uma entrevista do autor de "Vidas Oposta",uma novela de Record,e ele falou que prentende colocar um debate sobre a legalização em sua novela.Depois ele falou algo interessate:"A legalição das drogas tira o charme delas".

 
[/quote']

 

Será que se liberar o roubo, o assassinato e estupro iriam reduzir o charme destes crimes?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...