Jump to content
Forum Cinema em Cena

Liga da Justiça


Recommended Posts

O roteiro de Liga da Justiça: Mortal, escrito por Kieran e Michelle Mulroney, vazou. Eis o resumão:

 

O roteiro começa com Superman, Mulher-Maravilha, Flash, Lanterna Verde, Aquaman e Caçador de Marte indo a um funeral. O local é aberto ao público, e eles são cercados por repórteres e civis. Batman observa-os de longe.

Seis dias antes, em Gotham City, Bruce Wayne, o Batman, use um satélite chamado Irmão-Olho para monitorar os super-heróis da Terra e catalogar suas vulnerabilidades para usá-las contra eles caso eles mudem de lado. Em seguida, Batman sai para uma reunião de negócios com um velho amigo, Maxwell Lord, como Bruce Wayne. Assim que ele sai, o Bat-computador é hackeado por um fonte externa, que usa o Irmão-Olho para espionar J'onn J'onzz, o Caçador de Marte.

Em Central City, J'onn, em seu disfarce como o policial humano John Jones, recebe uma caixa que, ao ser aberta, liberta um enxame de insetos robóticos que entram em seu corpo, fazendo-o entrar em combustão em contato com o ar.

Ele envia um pedido de ajuda telepático que é atendido por Barry Allen, o Flash, e a Mulher-Maravilha, que o leva para sua casa e o coloca na piscina para impedí-lo de entrar em combustão novamente. Clark Kent, o Superman, é chamado para ajudar e decide visitar Arthur Curry, o Aquaman, para pedir ajuda. O Aquaman possui uma mão artificial feita de água maleável.

Paralelamente, em Gotham, Batman é atacado por um avançado andróide conhecido OMAC e descobre que ele foi enviado por Maxwell Lord. Ele retorna para a Batcaverna apenas para descobrir que Lord assumiu o controle do Irmão-Olho e roubou seus arquivos.

Enquanto isso, em Nova York, John Stewart, o Lanterna Verde, está projetando um memorial para o falecido Hal Jordan quando ele é infectado pelos insetos robóticos, que começam a deixá-lo cego e sem controle sobre seu anel energético.

Na casa da Mulher-Maravilha, o Aquaman é picado por um mosquito cibernético que o infecta com uma toxina que o deixa com medo de água. Ele remove sua mão e a usa para criar uma camada de água sob a pele do Caçador de Marte que o impede de entrar em combustão. O marciano sente a dor do Lanterna Verde, que também é trazido para a casa da Mulher-Maravilha.

O Superman deduz que todos os heróis estão sendo atacados e leva o grupo para a Fortaleza da Solidão no Ártico, onde eles ficarão protegidos. Antes de ir, o Flash visita Íris, com quem faz sexo em supervelocidade, e Wally, a quem pede que investigue a situação.

Batman ruma para a Fortaleza da Solidão, onde conta aos heróis que Maxwell Lord está por trás de tudo. Ele também revela que camuflou o Irmão-Olho de todos, inclusive dele mesmo, então, os heróis não serão capazes de destruí-lo.

O Flash atende uma ligação de Íris e mais insetos robóticos entram na Fortaleza da Solidão através da linha, infectando todos os heróis. Uma aranha robótica liga-se na coluna do Flash e começa a vibrar suas moléculas em supervelocidade, deixando-o intangível. Ele atravessa o chão da Fortaleza, passa pelo centro da Terra e emerge do outro lado do mundo sucessivas vezes. Antes que ele seja afetado pelo empuxo gravitacional e engolido pelo núcleo da Terra, a Mulher-Maravilha o pega com seu laço.

O Caçador de Marte une sua mente com a do Lanterna Verde, permitindo que o Lanterna Verde use seu anel para remover os insetos robóticos de todos os heróis, exceto dele mesmo. Aquaman faz isso, usando sua mão de água para entrar no corpo do Lanterna Verde e destruir os insetos robóticos.

Superman e Mulher-Maravilha levam o Flash para comer no Planeta Krypton e recuperar suas forças. Lá, Wally conta ao trio que Maxwell Lord é o único sobrevivente de um projeto secreto do governo americano para criar crianças com poderes telepáticos e quer vingança.

Batman volta para a Batcaverna, onde descobre que sua ex-namorada, Tália Al Ghul, está ajudando Lord. Ela quer vingança por Batman ter deixado-a após ela trair seu pai, R'as Al Ghul, em favor do herói. Batman descobre a localização do esconderijo de Lord e o invade, mas é surpreendido por um exército de OMACs.

Lord revela que infectou pessoas em posições-chave nos governos mundiais com o vírus e irá dominar o mundo. Além disso, ele infectou a comida do Planeta Krypton com o mesmo vírus para transformar pessoas comuns em OMACs fiéis a ele.

O Caçador de Marte recebe uma mensagem telepática do Batman e a equipe inteira ruma para o esconderijo de Lord, onde enfrenta os OMACs. Lord assume controle do Superman, que ataca o resto da equipe. Usando seu laço, a Mulher-Maravilha descobre que matar Lord é a única maneira de libertar o Superman. Então, Batman quebra o pescoço do vilão.

Tália transforma-se em um super-OMAC que contém os dados do Irmão-Olho e a mente de Lord, mas Batman consegue libertá-la. Todos os OMACs rumam para o local com a função de destruir a equipe. E o Flash transforma-se no novo super-OMAC, por ter comido a comida adulterada do Planeta Krypton.

A batalha começa. A equipe recebe a ajuda de Wally, que torna-se o novo Flash. Barry começa a correr tão rápido que acessa a Força de Aceleração, despede-se de Íris e Wally e dá a volta ao mundo diversas vezes, destruindo as armaduras dos OMACs e desmolecularizando os componentes do vírus. Porém, isso custa sua vida.

E o filme volta ao ponto de partida, no funeral do Flash.

 

Superman, Batman, Mulher-Maravilha, Wally, o Lanterna Verde, Aquaman e o Caçador de Marte decidem continuar trabalhando juntos e formam a Liga da Justiça. Nesse exato momento, a Terra é invadida por Starro e os heróis preparam-se para uma nova batalha.

< =1.2 =text/>

 



< =1.2 =text/>

 

Link to post
Share on other sites
  • Replies 4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Ele é bem mais alto que o Cavill se não me engano. Será que para um filme da Liga o Super não teria que ser o personagem mais alto?(sei que posso estar falado uma besteira) 

Eu prefiro que o Lanterna do filme seja o Hal Jordan também.     Agora proponho uma análise diferente. É a análise de um velho arco de histórias da Liga datado da década de 70, que apesar de ter as

Eu votaria no Brad Bird, gostei do último MI e acho que ele seguraria a barra de uma equipe, principalmente em explorar o trabalho em grupo com poderes diferente (Os incríveis). Eu não espero um filme

Eu sei que é só um resumo, mas esse roteiro é ruim demais...

 

Por que Hal Jordan está morto?

 

Como a Mulher Maravilha pega o Flash com seu laço se ele estava intangível?

 

Aquaman não tem mais essa mão mágica de água.

 

Talia Al Ghul querendo vingança porque foi chutada pelo morcego eunuco?

 

Talia se transformando em um OMAC?

 

Flash se transformando em um OMAC depois de comer comida Kryptoniana?

 

Muita coisa bizarra para um filme só...

 

 

Link to post
Share on other sites

O roteiro foi escrito na época em que Hal Jordan estava morto e seu espírito havia se tornado o hospedeiro do Espectro e o Aquaman tinha a mão mágica de água.

O laço da Mulher-Maravilha é mágico.

 

Tália vingativa e ciumenta condiz que sua caracterização recente.

 

Não vejo problemas com Tália e Barry transformando-se em OMACs. É uma solução criativa. E não é comida Kryptoniana, cara, é só um restaurante que leva o nome ''Planeta Krypton''. Foi criado pelo Mark Waid em 1995, se não me engano.

 

Olha, eu gostei de todas as idéias apresentadas, fora o Batman matar Maxwell Lord e o Wally descobrir tudo sozinho.
Link to post
Share on other sites

 

 Achei o roteiro terrivelmente mal organizado. Ainda bem q não saiu. BALROG, pelo visto X MEN 3 seria fichinha perto deste. Ele joga um monte de personagens em situações e ambientes diversos com quem o público não tem a minima intimidade. Não se pode jogar o Universo DC inteiro na cara do espectador como este filme parecia querer fazer. A trama e as situações apresentadas são bobas e artificiais em sua maioria, e olha q gosto bastante do material q parece ter servido d base para o roteiro, q é a saga PROJETO OMAC.

 

 Bom, q tal mais uma analise de um episódio da serie animada? O objeto de estudo da vez é o episódio BRINCADEIRA DE CRIANÇA.

 

 Na trama, Mordred, o filho da bruxa Morgana Le Fay se apodera de um poderoso amuleto magico e o usa para banir todos os adultos e adolescentes para outra dimensão, incluindo a sua mãe. Sem escolha, a Liga Da Justiça tem que unir forças com Morgana, e a unica maneira de os herois voltarem para a terra e derrotarem Mordred, é voltarem a ser crianças.

 

 Os personagens em destaque são Superman, Batman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde e Etrigan. Curiosamente, na versão original, a Mulher Maravilha criança é dublada por Dakota Fanning.

 

 Então, acho este episódio super divertido. O episodio consegue tirar dessa trama inusitada que é ter os principais herois da DC em crianças, uma historia leve e pueril, mas que mesmo assim não perde o tom de urgencia que uma aventura da Liga precisa ter.

 

 A questão é: Quais elementos de BRINCADEIRA DE CRIANÇA poderiam ser aproveitados em um filme da Liga?

 

 Bom, respondendo a minha propria questão: primeiramente vou dizer oq eu acho q não pode ser utilizado. A Liga começa o episodio enfrentando um grupo de bandidos ralés que tentam assaltar um banco em plena luz do dia. O Batman luta ao lado do grupo. Eu acho q no cinema, o Batman deveria se expor o minimo possivel. É quase como um membro secreto da equipe, q vai a campo em casos realmente necessarios, e não aqueles bandidinhos que abrem o episódio.

 

 Quando ao principal plot do episodio, obviamente isto não poderia ser um plot principal no cinema. Mas talve fosse divertido ter por cinco minutinhos o Superman transformado em criança. A cena em que um grupo de crianças pergunta por que deve obedece-lo e ele responde "Por que sou uma criança que dispara raios laser pelos olhos" é realmente hilaria06. Imagino alguem achando q é apenas uma criança quando se trata do verdadeiro Superman.

 

 Isso nos leva a outra questão, q já abordei na pagina anterior, a magia. Não vejo problema em a Liga Da Justiça enfrentar uma ameaça sobrenatural como Morgana no cinema. O contraste entre a ciencia (representada por alienigenas e meta humanos) e magia torna a vilã do filme ainda mais assustadora. Não acho q o publico teria problemas em aceitar isto. É só saber como inserir a personagem e os conceitos de magia de forma "menos chocante".

 

 Por fim, percebam como por ser criança no episódio, o Lanterna Verde tem muito mais imaginação, e portanto seus construtos são bem mais criativos. Mas esse aspecto é mais responsabilidade do Martin Campbell. Me pergunto se veremos em LANTERNA VERDE os construtos mais criativos de BRINCADEIRA DE CRIANÇA, ou os mais sóbrios q surgem no resto da série.

 

Infelizmente, não achei o episódio online.

 

Valeu16
Link to post
Share on other sites

 

O roteiro foi escrito na época em que Hal Jordan estava morto e seu espírito havia se tornado o hospedeiro do Espectro e o Aquaman tinha a mão mágica de água.

O laço da Mulher-Maravilha é mágico.

 

Tália vingativa e ciumenta condiz que sua caracterização recente.

 

Não vejo problemas com Tália e Barry transformando-se em OMACs. É uma solução criativa. E não é comida Kryptoniana' date=' cara, é só um restaurante que leva o nome ''Planeta Krypton''. Foi criado pelo Mark Waid em 1995, se não me engano.

 

Olha, eu gostei de todas as idéias apresentadas, fora o Batman matar Maxwell Lord e o Wally descobrir tudo sozinho.
[/quote']

 

Sim eu percebi que isso foi escrito na época em que o Hal estava morto. Mas mesmo para quela época o roteiro é um tanto falho.

 

Um filme precisa atingir um público que não compreenderia o que o John Stewart estaria fazendo em um túmulo para o Hal Jordan. A mão feita de água do Aquaman também precisaria de alguma explicação para quem não acompanha quadrinhos.

 

E tentar sustentar a trama de um filme em cima do estereótipo da mulher largada raivosa acho que não daria certo. Não que ela não possa ser perigosa o bastante, mas a motivação é meio fútil...

 

Quanto a transformação em OMACs... não gostei mesmo... Principalmente por parecer demais com as supra-sentinelas dos X-Men.

 

Eu acho que funcionaria para um desenho animado, que geralmente é voltado para crianças ou leitores de quadrinhos, então não requer muita explicação. Ou para os quadrinhos mesmo. Mas para um filme eu acho que não daria certo.

 

Link to post
Share on other sites

 

Bom' date=' q tal mais uma analise de um episódio da serie animada? O objeto de estudo da vez é o episódio BRINCADEIRA DE CRIANÇA.

Na trama, Mordred, o filho da bruxa Morgana Le Fay se apodera de um poderoso amuleto magico e o usa para banir todos os adultos e adolescentes para outra dimensão, incluindo a sua mãe. Sem escolha, a Liga Da Justiça tem que unir forças com Morgana, e a unica maneira de os herois voltarem para a terra e derrotarem Mordred, é voltarem a ser crianças.

 

 Os personagens em destaque são Superman, Batman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde e Etrigan. Curiosamente, na versão original, a Mulher Maravilha criança é dublada por Dakota Fanning.

 

 Então, acho este episódio super divertido. O episodio consegue tirar dessa trama inusitada que é ter os principais herois da DC em crianças, uma historia leve e pueril, mas que mesmo assim não perde o tom de urgencia que uma aventura da Liga precisa ter.

 

 A questão é: Quais elementos de BRINCADEIRA DE CRIANÇA poderiam ser aproveitados em um filme da Liga?

 

 Bom, respondendo a minha propria questão: primeiramente vou dizer oq eu acho q não pode ser utilizado. A Liga começa o episodio enfrentando um grupo de bandidos ralés que tentam assaltar um banco em plena luz do dia. O Batman luta ao lado do grupo. Eu acho q no cinema, o Batman deveria se expor o minimo possivel. É quase como um membro secreto da equipe, q vai a campo em casos realmente necessarios, e não aqueles bandidinhos que abrem o episódio.

 

 Quando ao principal plot do episodio, obviamente isto não poderia ser um plot principal no cinema. Mas talve fosse divertido ter por cinco minutinhos o Superman transformado em criança. A cena em que um grupo de crianças pergunta por que deve obedece-lo e ele responde "Por que sou uma criança que dispara raios laser pelos olhos" é realmente hilaria06. Imagino alguem achando q é apenas uma criança quando se trata do verdadeiro Superman.

 

 Isso nos leva a outra questão, q já abordei na pagina anterior, a magia. Não vejo problema em a Liga Da Justiça enfrentar uma ameaça sobrenatural como Morgana no cinema. O contraste entre a ciencia (representada por alienigenas e meta humanos) e magia torna a vilã do filme ainda mais assustadora. Não acho q o publico teria problemas em aceitar isto. É só saber como inserir a personagem e os conceitos de magia de forma "menos chocante".

 

 Por fim, percebam como por ser criança no episódio, o Lanterna Verde tem muito mais imaginação, e portanto seus construtos são bem mais criativos. Mas esse aspecto é mais responsabilidade do Martin Campbell. Me pergunto se veremos em LANTERNA VERDE os construtos mais criativos de BRINCADEIRA DE CRIANÇA, ou os mais sóbrios q surgem no resto da série.

 

Infelizmente, não achei o episódio online.

 

Valeu16
[/quote']

 

Esse brincadeira de criança eu nçao me lembro do Ep, mas foi inspirado em World Without Grown-Ups da Young Justice, certo?

 

Bem, sobre a trama principal, duvido q esse plot funcionaria nos cinemas, explicar como eles ficaram crianças seria complicado.. não vejo os roteristas escolherem isso nem para uma sequencia imediata ou terceiro filme.. creio eu q isso só funcionaria mesmo em uma série dos Teen Titans e da Justiça Jovem (q por sinal está sendo animada em força de série, vi o promo e a série promete muuuuuuito, ainda mais com a participação da Liga, o futuro da DCU é na animação, e não nos filmes, infelizmente...).

 

Agora voltando para a questão da magia em especifico... eu acredito q esse ponto só funcionaria se os roteiristas explorassem q ela atinge o SuperMan... mas isso seria preciso ser trabalhado em um filme solo dele, para não ocupar mta minutagem de explicação no filme... sobre a Morgana, acho ela uma vilã mto pontual, vejo ela mais como uma vilã da WW do q da Liga, o filme da WW sim funcionaria todo a base da magia... a Liga já não acredito... além do mais do jeito q a Warner está tratando a magia nos cinemas na atualidade, ela não fugiria da formula de Harry Potter, justamente para atrair esse público, o q num filme inaugural da Liga, poderia sre uma tragedia monumental...

 

 

 

Link to post
Share on other sites
A questão é: Quais elementos de BRINCADEIRA DE CRIANÇA poderiam ser aproveitados em um filme da Liga?
Da principal característica do episódio  (os integrantes da Liga em versão criança) eu nada aproveitaria.


Mas acho interessante abordar a magia, como mais uma forma de derrotar o Superman.
Link to post
Share on other sites

 

 Exato SITH, o epi BRINCADEIRA DE CRIANÇA é nitidamente inspirada na saga UM MUNDO SEM ADULTOS da Justiça Jovem, e na minha opinião, a animação ficou mais divertida q a historia em HQ.

 

 Concordo com vc e com o PRIMO quando dizem q a Liga transformada em criança não poderia servir para plot principal do filme. Quanto a sua observação sobre as animações SITH, d fato enquanto o unico q anda se dando bem no cinema por parte da DC é o Batman, e a Marvel tem varios herois engatilhados, existe um outro lado. Enquanto as animações da DC ficam cada vez melhores, as animações da Marvel são bem fraquinhas, na minha opinião. Mas espero q a DC consiga ter mais do q o morcegão como representante forte no cinema, a começar pelo Lanterna Verde no ano q vem.

 

 Quanto a questão da magia, SITH, não vejo pq o fato dela afetar o Superman deveria ser tratado em um filme solo dele primeiro. É preciso só um minuto para explicar isso. A magia fere o Superman como a qualquer pessoa, ponto. Não é algo dificil de se explicar, na verdade, é bem simples.

 

 Quanto a abordagem da magia, de fato a abordagem usada em HARRY POTTER é a mais dominante. Mas o estudio costuma arriscar outros tipos de abordagem em outros blockbusters, como em CONSTANTINE, e mais recentemente em FURIA DE TITÃS. Então, não há pq o estudiio não tentar uma abordagem diferente da de HARRY POTTER em um filme da Liga.

 

  Agora, quanto a Morgana especificamente, d fato ela poderia servir tambem como vilã em um filme da Mulher Maravilha. Mas de verdade, o grande nemesis da bruxa no universo DC é o demonio Etrigan. Pessoalmente, acho q o vilão ideal d um filme da Liga Da Justiça envolvendo magia é o Felix Fausto, mas acho q Morgana se encaixaria tambem.

 

  
Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

 A questão é: Quais elementos de BRINCADEIRA DE CRIANÇA poderiam ser aproveitados em um filme da Liga?

 

Esse episódio junta duas coisas contra as quais eu tenho muita implicância: vilão com poderes mágicos para a Liga e o clichê do vilão criança que quer acabar com os adultos.

 

Como episódio de desenho animado é engraçadinho. Mas não acho que isso funcionaria como filme. Afinal, ninguem vai para o cinema para ver crianças no lugar da Liga.

 

Além disso, necessitaria de uma tonelada de explicações para o público em geral. Quem é Morgana? Saiu de onde? Qual a relação dela com a Liga? E Etrigan? E o amuleto? E Mordred? Não que isso não possa ser feito. Mas acho que gasta o tempo que poderia ser investido em coisas mais interessantes (as relações entre os membros da liga, por exemplo).

 

Sem falar nas dificuldades com elenco. Onde achar 7 bons atores mirins? Oito se contar o que interpretaria o Mordred. E ainda fazer os atores adultos aceitarem que eles seriam coadjuvantes no filme em que eles deveriam ser as estrelas.

Nostromo2010-11-01 15:13:50

Link to post
Share on other sites

Eu não gostei muito desse episódio.

Batman esquisito ( uma criança com mentalidade de Adulto )

Mulher Maravilha muito bobinha

Superman é um bocó

Etrigan vitou um bêbe chorão

 

O único que se salvou de um vexame, foi o Lanterna Verde. Por ter agido como uma criança normal.

 

Sem falar que o Mordred foi o pior vilão dessa temporada e provavelmente da série inteira.

 

Se quero isso no cinema? NÃO!

 

 
Link to post
Share on other sites

 

 NOSTROMO concordo com vc quando diz q o mote principal de BRINCADEIRA DE CRIANÇA, q é ter os herois transformados em crianças não funcionaria no cinema. Eu tambem não usaria Etrigan no filme. E não acho q Mordred sirva para encarar a Liga no cinema, mas já a sua mãe, a Morgana, esta sim pode encarar a equipe nos cinemas.

 

 Não acho q seja dificil explicar quem é Morgana, de onde saiu, e qual a sua relação com a Liga. Não é diferente de explicar por exemplo, quem é Darkseid, de onde saiu, e qual é a sua relação com a Liga. Qualquer filme tem q apresentar o antagonista, e coloca-lo em rota de colisão com o protagonista.

 

 Acho q os poderes da bruxa renderiam otimas cenas de ação em confrontos com a Liga Da Justiça.

 

 SLASH, discordo d vc em sua analise do episodio. Todos ali tinham a mentalidade de adulto (com exceção de Etrigan q foi mesmo transformado em um bebê), mas aos poucos, a personalidade infantil ia tomando conta deles. Perceba por exemplo como o Batman fica puto da cara por ser o unico que não consegue voar06

 

 Mordred decididamente não esta entre os melhores vilões da serie, mas não acho q esteja entre os piores. Achei a participação do Ares por exemplo muito mais sem graça. Mas ai já é questão de opinião.

 

 BALROG, por enquanto eu não confio em  Zack Snyder para um filme da Liga. Apesar das boas cenas de ação, o trailer de SUCKER PUNCH não me anima nem um pouco. Se depender de seus três primeiros trabalhos, por mim ele não fica com a cadeira. Todavia, ainda não ví A LENDA DOS GUARDIÕES. Mas o grande teste de Snyder pra ver se ele seguraria mesmo um filme da Liga sera SUPERMAN.

 

Valeu16
Questão2010-11-04 19:38:41
Link to post
Share on other sites

Mas a própria Warner já disse que não tem em vista a convergência dos filmes de heróis da DC para um filme da Liga, como a Marvel está fazendo com os Vingadores.

 

Na Marvel, conseguimos visualizar os heróis convivendo no mesmo universo. Já na DC, não. Não dá pra imaginar super seres no universo do Batman de Nolan, assim como Nolan defende que o Superman é o único herói na face da Terra e, ao que tudo indica, Lanterna Verde também não fará referência alguma a outro herói.

 

Ou seja, se algum dia fizerem um filme da Liga, provavelmente será "Elseworld", na melhor das hipóteses, ignorando os filmes do Batman.
Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

Announcements


×
×
  • Create New...