Jump to content
Forum Cinema em Cena

O Pior dos Grandes Diretores


Thiago Araujo
 Share

Recommended Posts

 

Pelo contrário' date=' como alguém pode gostar de algo porco e sem graça como aquilo. O Amor é Cego não é nenhuma obra-prima tbm, especialmente com os clichês chatos caindo em cachoeiras. É chato, com gags recicladas cuja base é ridicularizar as mulheres feias. Nada contra, mas que se faça direito.07 Aquele seu argumento sobre eles parodiarem é infundado com a pieguice desses dois filmes.


Vc que não compreende o cinema de Almodóvar.06
[/quote']

 

 

por essa frase em negrito digo que você não entendeu absolutamente do filme que viu.

 

E realmente não entendo Almodovar, hahahah. Mas desde Volver já me decidi que não vejo mais nenhum filme do cara, portanto nem quero ficar aqui falando mal dele. O negócio é ver e discutir filmes bons!  Tipo os dos Farrelly (zoeira com vc, hahah, mas que os irmãos são fodas eles são)

 

Sobre a primeira parte, além das tiradas do primeiro ato do Black e do Alexander (em performances satisfatórias), existe ainda o choque lá pelo terceiro ato do Black de que as mulheres bonitas eram... feias!  Sem contar as inúmeras gags bestas, como a Rosemary (aliás, Paltrow está muito bem) pulando na piscina e o garoto voando pra árvore (WTF?!).

 

Talvez eu que não entenda os Farrelly e seu senso de humor de seus últimos filmes. Gosto de Débi e Lóide, Amor em Jogo, Quem Vai Ficar Com Mary? e (meu preferido) Eu, Eu Mesmo e Irene. Só detesto mesmo é Ligado em Você e (principalmente) Antes Só do que Mal Casado. Não gosto de O Amor é Cego.


Qualquer dia eu dou uma chance a eles e revejo Ligado em Você. Mas Antes Só não revejo mesmo. Foi uma tortura.06

 

Agora sobre o Almodóvar, se vc realmente não aprecia o senso de humor divertido do diretor em nos fazer rir das "tragédias" de seus personagens (na verdade deixam de ser tragédias quando rimos delas), vc realmente não irá gostar do diretor. Por isso é melhor tu ficar longe de Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos (na minha opinião, seu melhor filme). hehehehehehe
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 456
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

 

David Lynch jamais fez cagada alguma!!! Tá certo que não vi muitos filmes dele' date=' mas porra, ele pode 06 [/quote']

 

Já assistiu Duna? 06

 

 Não 06

 E nem vou. Parece que o próprio Lynch renegou esse Duna, usando aquele pseudonimo que diretores usam quando se envergonham de algum filme seu, não sei. Sem contar que parece ser uma bosta realmente

 

Link to comment
Share on other sites

como nao gosta de almodovar, ASSITA. nunca vi um filme ruim dele, do almodovar, e ja vi uns 10, menos aqueles com o banderas, como "o matador" e "a lei do desejo", mas desde "ata-me!" até hj acho q vi todos, e sempre sao OTIMOS, uns melhores, claro. mas nao AMEI "fale com ela", um dos filmes mais lembrados dele; mas é bom, claro. pantalaimon2008-01-26 00:47:34

Link to comment
Share on other sites

 

 

David Lynch jamais fez cagada alguma!!! Tá certo que não vi muitos filmes dele' date=' mas porra, ele pode 06 [/quote']

 

Já assistiu Duna? 06

 

 Não 06

 E nem vou. Parece que o próprio Lynch renegou esse Duna, usando aquele pseudonimo que diretores usam quando se envergonham de algum filme seu, não sei. Sem contar que parece ser uma bosta realmente

 

Também não gostei. Caí no sono duas vezes durante o filme, quase não chego ao final. Mas está longe de ser uma bosta. No terceiro ato, Lynch conseguiu arrancar uma interpretação da garotinha que compensou muitas outras coisas desagradáveis.

 

Até penso em revê-lo um dia.

Filipe Motta2008-01-26 14:15:22

Link to comment
Share on other sites

Ninguém comparou Farrellys com Almodovar. Eles só foram citados nos post, mas não comparados, o que realmente seria um tanto bizarro.

 

 

Sobre O Amor é Cego, deixo aqui uma frase do Peter Farrelly sobre o filme: "I was particularly pissed off about some of the articles written about Shallow Hal because I felt they were missing the point of the whole movie. We're saying it doesn't matter. I'm attracted to my wife, but eventually my wife isn't going to look like she looks now. But I'm still gonna love her and it's not because of how she looks."

 

E eu adoro o filme porque acho uma das coisas mais bonitas que já vi, eu quase caio às lagrimas com a cena do Jack Black no hospital de crianças ou quando ele encontra a verdadeira Rosemary no final. E tudo isso aliado ao humor único dos Farrelly, o rabo do Alexander, a gorda pulando na água, etc. É um filme único, nunca vi nada tão belo e grotesco num mesmo filme.

 

Ah, Ligado em Você também parte de um princípio parecido, mas eu acho o filme falho em certos momentos. Por isso, Shallow Hal continua sendo único pra mim. 01 
Link to comment
Share on other sites

Bem, Eu fiz questão de ler todos os posts antes de dar a minha opinião sobre esse assunto. Vamos lá:

 Duna é bom. O David dirigiu o filme bem. A direção de arte é gostosa de se ver na tela. O problema é que o M.bruto do filme foi captado para um longa de cerca de quatro horas à Szenic ( Perdoem se escrevi errado, mas o nome do grande produtor é difícil mesmo. Pra quem não lembra, esse malandro realizou Gone with the wind...). Alguém falou aqui antes, mas não custa repetir: O Spielberg fez "Hook", e o Shalay... Fez A dama na água, que é pior do que Duna dez vezes, e Duna é apenas bom, heim? O Almodovar joga para o público dele, assim como os Farelly. no que tá mais do que certo. Cinema é bilheteria. Agora: Cada filme do Shamaylan( sei lá se isso tá certo) é um episódio de duas horas de "Além da imaginação". Quem conhece a série clássica sabe que o Sterling (Não sei se tá certo porque eu bebi umas cagibrinas) além de apresentar os filminhos de meia hora com um cigarro na mão, nem sempre acertava. Mas a série era maravilhosa. O caso é que nosso amigo indiano NUNCA MAIS acertou. Porém eu gosto da Vila, pelo clima twilight, e gosto de Muholland(Bebi, por tanto a grafia pode estar errada) pelo mesmo motivo. Quanto à preferência afetiva das pessoas, turma, discutir isso é ridículo. De perto ninguém é normal. E todos são normais. Ademais, Eastwood fez Menina de ouro que é o MAIOR exercício de tristeza que eu já vi. Valeu? No mais, fiquem com o meu coração. Vou voltar pro bar.05
dragoman22008-01-27 15:46:41
Link to comment
Share on other sites



 Não 06
 E nem vou. Parece que o próprio Lynch renegou esse Duna' date=' usando aquele pseudonimo que diretores usam quando se envergonham de algum filme seu, não sei. Sem contar que parece ser uma bosta realmente
[/quote']

 

Não, esse aí é uma versão do diretor bastarda do Duna feita sem a autorização do Lynch. Esta versão está com o nome de Allan Smithee como diretor...

 

Mas a versão de cinema mesmo é do Lynch. Não é um filme ruim, é belíssimo até, mas mesmo para quem não leu o livro (meu caso), a coisa parece andar rápida demais e de forma abrupta. Daí o filme ser o mais criticado da filmografia dele. Mas nem de longe pode ser considerado ruim.
Dr. Calvin2008-01-28 09:52:52
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Apesar de eu ser um fã em condicional do Spilberg eu nunca simpatizei ou digiri de forma sastifátoria o AMISTAD que tem um tema que me fascina como a escravidão e a malezas que ela deixou para raça negra até porque sou afrodecedente mas não sei tem algo de errado com a produção e uma pena pois tem ótimo elenco Freeman,Hopkins,Hounson e etc mas sem dúvida deixou a desejar

Link to comment
Share on other sites

Eu acho a violência nos filmes do Tarantino uma coisa tão estilizada, até mesmo caricaturizada como a de Kill Bill, bem incomum. Acho que essa utilização dele faz toda diferença, acrescenta uma coisa a mais pros filmes, não vejo como excesso, ainda mais considerando os tópicos de seus projetos.

Mas eu não sei dizer, acho que nunca tive problema com esse tipo de "exagero", nem nos filmes dele nem de qualquer outro diretor.
Beckin2008-02-08 11:38:05
Link to comment
Share on other sites

Alien 3, de David Fincher - O pior da série. Conta com um roteiro fraco e um início horrivelmente idiota, onde os (ótimos) personagens sobreviventes do filme anterior morrem sem razão aparente exceto por - claro - Ripley. E o final consegue ser pior ainda.

 

 

 

Femme Fatale, de Brian DePalma - o filme não parece ter uma história definida, e nem te incentiva muito a se interessar por ela. Assisti o filme faz um bom tempo, mas lembro de não ter gostado, de ter tido uma sensação de vazio ao longo de toda a projeção.

 

 

 

Blade Trinity, de David Goyer - eu não chamaria Goyer de grande diretor, mas ele escreveu o fantástico Cidade das Sombras e o excelente Batman Begins, portanto não faço idéia de como ele conseguiu escrever e dirigir um filme tão inacreditavelmente ruim... o único, até hoje, que me fez abandonar a sessão.

 

 

 

Cruzada, de Ridley Scott - o roteiro burocrático de William Monahan (que viria a se redimir com Os Infiltrados) já era ruim o suficiente. Mas Scott deveria estar bêbado e fumando maconha pelo rabo quando decidiu colocar Orlando Bloom como protagonista. A bola de vôlei do filme Náufrago teria sido uma escolha melhor.

 

 

 

Alexandre, de Oliver Stone - um filme inseguro, com cenas de batalha em sua maioria confusas e um Colin Farrell meio perdido, devido à forma inconsistente com que o roteiro retrata Alexandre.

 

 

 

Miami Vice, de Michael Mann - desinteressante e imediatamente esquecível, com personagens sem o menor carisma, atuações burocráticas de Foxx e Farrell (prejudicados pelo roteiro) e uma direção inconsistente de Mann.

 

 

 

Depois me lembro de mais alguns.

 

 

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Sempre disse que acho o Tarantino superestimado . Seus filmes pecam ' date=' na minha opinão , pelo excesso de violência .

 

[/quote']

 

 

 

A violência nos filmes de Tarantino tem um propósito definido. Ora para fazer rir (o disparo acidental em Pulp Fiction), ora por homenagem (a decapitação de Kill Bill vol. 1), ora por efeito dramático (a batida de carro em À Prova de Morte e a tortura do policial em Cães de Aluguel). Nos filmes de, digamos, Eli Roth (O Albergue), elas são usadas da forma mais barata possível: para provocar repulsa, uma reação automática da nossa parte, o que anula qualquer valor artístico.Andrenavarro2008-02-11 17:38:34

Link to comment
Share on other sites

  • 3 months later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...