Jump to content
Forum Cinema em Cena

Jornada nas Estrelas (Star Trek) XI


Odo
 Share

Recommended Posts

 

 

Eu procurei mas não achei um tópico falando do filme, então resolvi criar esse e colocar aqui as últimas notícias. 02

 

O tópico sobre os seriados, está aqui:

 

http://www.cinemaemcena.com.br/forum/forum_posts.asp?TID=14299

 

Vamos lá: 03

 

27 de fevereiro de 2007

 

 

 

Jornada XI chega no Natal de 2008

A Paramount Pictures fez hoje um anúncio oficial sobre a ressurreição da franquia Jornada nas Estrelas, com a produção de um novo filme. A estréia já está marcada: 25 de dezembro de 2008.

O

filme será dirigido por J.J. Abrams, que também servirá como produtor.

A produção deve começar a ser filmada na primavera deste ano.

Abrams promete manter a história dentro do cânone ("história oficial") de Jornada nas Estrelas. Nenhuma informação sobre elenco ou o nome do filme (que até agora é chamado apenas de Star Trek XI) foi divulgada.

Confira abaixo a íntegra da nota à imprensa, em português.

JJ ABRAMS LEVARÁ FILME DE STAR TREK PELA PARAMOUNT PICTURES AOS CINEMAS NO NATAL DE 2008.

HOLLYWOOD,

27.02.2007 - “Star Trek”, uma das mais populares e bem-sucedidas

franquias da história do cinema e da televisão, retorna à telona sob a

criativa visão de JJ Abrams, a força por trás de “Lost”, “Alias” e

“Missão Impossível III”, pela Paramount.

A

equipe de produção do filme incluirá Alex Kurtzman e Roberto Orci

(“Missão Impossível III”), que escreveram a história, e o produtor

executivo Bryan Burk. O co-criador de “Lost”, Damon Lindelof, será

produtor-executivo, ao lado de Abrams. O filme estará nos circuitos dos

cinemas no Natal de 2008.

“Se

existe alguma coisa que eu estou louco para ver é esse brilhante e

otimista mundo que Gene Roddenberry trouxe levado à telona”, disse JJ

Abrams. “Alex e Bob (Orci) escreveram uma surpreendente história que

abraça e respeita o cânone de Star Trek, mas traça o seu próprio curso.

Nosso objetivo é fazer um filme para todos, os fãs de longa data e os

não-iniciados. Desnecessário dizer que eu estou honrado e excitado em

ser parte deste próximo capítulo de Jornada”.

“Nós

não poderíamos estar mais animados em trazer de volta os negócios (da

franquia) com Abrams”, disse o presidente da Paramount Pictures, Brad

Grey. “O renascimento da franquia de Star Trek é uma parte importante

na transformação da Paramount”.

Uma das mais populares franquias de televisão de todos os tempos:

* 726 episódios em seis diferentes séries, começando com a série criada por Gene Roddenberry;

* Dez filmes que renderam mais de um bilhão de dólares de bilheteria em todo o mundo;

* Já produziu centenas de livros e histórias em quadrinhos;

* Três e meio bilhões de dólares em produtos para os consumidores;

* Três milhões de visitantes no "Star Trek: The Experience", em Las Vegas, desde sua inauguração em 1998;

* Mais de sessenta produtos de software interativos e jogos ainda em produção para todas as plataformas.

JJ

Abrams é um talento amplamente admirado pela audiência e pela crítica:

Ganhador de dois Emmy Awards pela série “Lost”, com dezessete milhões

de telespectadores por semana; diretor de “Missão Impossível III”;

criador de “Alias”, e “Felicity”.

A

influência de “Star Trek” na cultura: Nome “Enterprise” dado ao

primeiro ônibus espacial de testes; primeira nave de passageiros

comercial da empresa Virgin Galactic se chamará V. S. S. Enterprise;

episódio da série original produziu o primeiro beijo interracial na

televisão mundial; O personagem Spock, interpretado por Leonard Nimoy,

foi considerado, pela TV Guide, um dos 50 grandes personagens já

surgidos na TV.

 

15 de junho de 2007

 

 

 

Para Moore, Jornada deve voltar ao básico

O site The Trek Movie

publicou uma entrevista exclusiva com Ronald D. Moore, produtor da

série “Battlestar Galactica”, na qual teceu comentários sobre o futuro

de Jornada nas Estrelas.

Moore – que já foi produtor executivo ao lado de Rick Berman das séries A Nova Geração e Deep Space Nine, além de co-roteirista do filme Star Trek: Generations – disse ter gostado muito do seu trabalho na franquia, mas achou que era hora de fazer algo além do que Jornada permitia. “Jornada

foi muito, muito bom para mim.

 

Eu gostei da minha permanência na

franquia e foi por um longo tempo”, disse o produtor, acrescentando.

“Eu devo a ela minha carreira. Estive em duas séries que adorei fazer.

Mas chegou uma hora em que comecei a sentir que queria algo mais

perigoso para os meus personagens. Eu queria ir mais além, para um

território ambíguo e fazê-lo mais natural e real. Comecei a entrar em

lugares que não poderia seguir em Jornada”.

A

respeito dos comentários de Ira Behr sobre os planos do estúdio em

retornar a franquia à série original, opinou Moore. “Acho que entendo o

ponto de vista do Ira e é válido dizer que eles estão dando um passo

para trás, mas ao mesmo tempo creio que seja um movimento inteligente a

se fazer. Acho que o universo de Jornada cresceu além do que

nossos braços podem alcançar.

 

Você pode não mais gostar dela pelo que é

hoje, porque ela é tão grande, com tantas seções e tanta continuidade

que é de enlouquecer. Em minha opinião, somente os verdadeiros fãs

podem manter tudo isso junto. Mas creio que seja hora de limpar todo

esse material em excesso e ver quais são as origens de tudo isso outra

vez, o que a série significa realmente. Se foi uma missão de cinco anos

com esse pessoal e sua nave, deixemos começar outra vez e contar um

novo conjunto de histórias. Então, eu os apóio e creio que seja

realmente uma boa mudança”.

Perguntado se uma nova série de Jornada para televisão daria certo nos dias de hoje. “Não sei. Acho que é uma questão difícil. Jornada

não tem funcionado e foram feitas tentativas por anos. E mesmo a série

original não deu certo na TV. As redes necessitam de uma grande

audiência e a ficção científica na televisão tem tido um apelo

limitado. É uma estranha equação a qual eu nunca entendi, porque se

você olhar para as dez melhores produções de filmes de todos os tempos

são de quase todo o material do gênero sci-fi. Vejam “Guerra nas

Estrelas”. Agora, por que esse estilo não funciona na TV, eu não sei”,

disse Moore.

Com

relação a J. J. Abrams e seu projeto para um novo filme, Moore teceu

elogios ao produtor. “Ele é tremendamente talentoso e creio que irá

fazer um trabalho realmente bom”.

Em

outra entrevista ao site IESB, Moore falou um pouco mais sobre Abrams e

o futuro da franquia. “Eu dou todo o meu apoio no que eles estão

fazendo”, disse o produtor. “Acho que começar Jornada de novo é a melhor rota possível que você possa seguir”.

Disse

também que J.J. Abrams não o procurou, mas acredita no trabalho do

produtor, uma vez que a franquia tornou-se muito complexa para ser

entendida por alguém que não seja fã. "A continuidade da série ficou

complicada demais para ser acompanhada, eu mesmo já não consigo",

comentou, acrescentando ainda que espera que o reinício torne as coisas

mais simples. "A Série Clássica tinha continuidade mínima e funcionava muito bem", disse.

Isso

significa que Abrams deveria re-imaginar a franquia como você fez com

Galactica? “Acho que podemos re-imaginá-la sim”, afirmou Moore,

acrescentando. “Agora, eu não sei o que tem de ser feito. Ela não tem

de ser uma versão de Galactica. Mas não sei o quão radical é o que J.

J. Abrams tem em mente”, concluiu dando um conselho, “Kirk, Spock e

McCoy. Voltem ao básico".

 

02 de agosto de 2007

 

 

 

Entrevistas com Zachary Quinto após o anúncio

Após ser anunciado oficialmente como o primeiro nome que formará o elenco do filme Jornada nas Estrelas, o ator Zachary Quinto concedeu suas primeiras entrevistas aos sites The Trek Movie, IESB e SciFi Wire . Apresentamos aqui os pontos mais importantes de seus comentários.

Ao

site The TrekMovie, Quinto contou como se deu sua contratação, o que

espera da franquia e sua expectativa em trabalhar com Leonard Nimoy.

"Meu primeiro encontro foi no dia 15 de abril, quando eu deixei o país

por quase dois meses. Após retornar, me encontrei com J.J.Abrams em 05

de junho e eles me ofereceram o personagem, de modo que foi tudo muito

espremido", comentou Quinto, dizendo ainda não saber se havia outros

atores interessados em fazer o mesmo personagem. "Eu não sei realmente.

O fato é que eu sou o primeiro a estar no elenco deles, o que sugere

que eu tenha vindo relativamente cedo (considerando que as filmagens só

ocorrerão em novembro)".

Perguntado

se obteve alguma ajuda do ator Greg Grunberg e da direção da série

Heroes ao ser escolhido para o papel, respondeu. "Eu não sei realmente,

mas estou certo que Greg e Abrams tiveram uma conversa sobre isso.

Tenho certeza de que Greg me ajudou na referência ao personagem. Tenho

minha gratidão para com ele pela força que me deu nesse processo e

estendo a todos da equipe de ‘Heroes’. O fato é que Tim Kring, Dennis

Hammer e Allan Arkush, os produtores da série, estiveram por trás dessa

idéia desde o início dos rumores. Tim e eu tivemos uma conversa em

Paris, há alguns meses, e ele me disse que estava por trás desse

esforço, e essa foi uma das razões por estar tudo isso acontecendo

comigo".

Sobre

sua afinidade com Jornada comentou. "Quanto a ser fã, isso é muito

limitado. Eu estou familiarizado com a série, certamente já assisti aos

episódios e vi os filmes. Mas sempre estive interessado na franquia

perifericamente. Nunca, na verdade, me envolvi profundamente na

mitologia dela, que é a parte que me excita para fazer esse filme e ser

parte dessa re-imaginação da franquia".

A

respeito do seu interesse em fazer o personagem Spock. "O interesse

veio da complexidade do personagem. As experiências que eu tive

pessoalmente e profissionalmente, nestes poucos anos, me levaram ao

ponto em que me sinto como que identificado com muitos dos aspectos do

que este personagem está trazendo em termos de estrutura do filme, a

estrutura que Alex e Bob criaram. Assim, foi realmente de onde veio

esse interesse, quando descobri que eles estavam fazendo esse projeto.

E também aprender muito com esse trabalho. Tornar-se parte de algo que

está tão inserido na história e é tão icônico, que seguir esse caminho

será uma honra".

O

ator, que obviamente já leu o roteiro, comentou um pouco do que achou

da história, embora sem entrar em detalhes. “Realmente é uma excitante

imaginação do gênesis desses personagens e suas convergências. Eu me

senti inspirado por eles (roteiristas) e toda a sua equipe criativa. Eu

não tenho liberdade para discutir sobre a história do filme, mas existe

humanidade nela. Existe definitivamente uma honestidade que eu creio

que as pessoas serão realmente atraídas mesmo sendo grandes fãs da

série ou não”.

Com

relação à possibilidade do ator William Shatner estar no filme,

comentou Zachary. “Estou de total acordo com o Abrams. Sinto que é o

melhor para o filme. Bill Shatner é um ator maravilhoso e é o

responsável pelo sucesso desta franquia em seus 40 anos, tanto quanto

qualquer um que já tenha feito parte dela. Então se isso dá certo

organicamente, atende a história, e resulta num filme melhor, então eu

devo estar excitado e honrado em encontrar-me com ele”.

Quinto

também comentou sobre o que acha de trabalhar ao lado de Leonard Nimoy.

”O que me excita tanto quanto trabalhar com Abrams, Lindelof, Orci e

Kurtzman será trabalhar com Nimoy e me familiarizar com ele, como

pessoa. Aprender como esta experiência afetou sua vida. Acho que ele é

incrivelmente sensível e um artista profundo, não apenas como ator.

Creio que essa sua experiência teve muito a ver com a formação do

personagem. Sinto-me verdadeiramente honrado e humilde em experimentar

esse trabalho com ele. Isso será um presente”.

Já ao site IESB, o ator do jovem Spock disse achar Jornada

muito complexa em termos teatrais e que ela tem muito do estilo

shakespereano. “Sinto que tenho muito a aprender sobre a mitologia da

franquia e o vocabulário dessa mitologia. É muito shakespeareano para

mim. Eu achei Jornada um mundo muito dramático e exultante. Eu

estudei Shakespeare por muitos anos na escola e me sinto atraído por

este nível de mitologia. De modo que eu estou animado para estar

absorvido nela. Tenho quatro meses antes de nós começarmos as

filmagens, então farei muita leitura, muita pesquisa sobre o contexto

do mundo em que nós estamos entrando. Estou estimulado a ser parte

disso”.

Quanto

ao personagem que irá interpretar, Quinto deu algumas dicas a respeito

da formação da personalidade do jovem vulcano. “Creio que isso será

grande parte da jornada interior do personagem. Você o encontrará num

tempo de sua vida onde ele provavelmente não será tão firme em suas

atitudes. Uma das concepções erradas que eu tinha era de que os

vulcanos não possuíam emoções, mas os vulcanos escolheram não mostrar o

seu lado emocional. Acho que isso será algo realmente interessante de

explorar, visto que ele é metade humano, metade vulcano”.

Ao

site SciFi Wire, Zachary Quinto negou que estaria criando um novo

Spock, diferente do que já foi apresentado, em termos de personalidade

e comportamento. “Eu tive uma conversa com o J.J. (Abrams) sobre esse

começo de vida do personagem e não sobre recriar alguma coisa. O filme

será sobre a reimaginação de Jornada. E sinto que farei o personagem do

meu modo. Não sei o que será ainda, mas esse é o meu processo. Nós

entenderemos isso com o tempo”, finalizou.

 

08 de agosto de 2007

 

 

 

Abrams: "História gira em torno de Spock"

Em entrevista exclusiva ao

site Entertainment Weekly, o diretor J. J. Abrams e os atores Leonard

Nimoy e Zachary Quinto comentaram um pouco mais sobre o filme de Jornada, revelando alguns detalhes sobre o roteiro. Veja abaixo os trechos mais importantes dessa entrevista.

Ao site, Abrams deu uma dica sobre a razão para levar Leonard Nimoy mais uma vez a uma produção de Jornada.

''A história precisa dele por várias razões. Primeiro, é a trama. De

muitos modos a história gira em torno do personagem Spock.

 

Segundo, que

eu creio ser fundamental, se iremos re-introduzir esses personagens, é

não desrespeitar o que foi feito antes e nem o pessoal que cuidou

disso. Mas nós estamos fazendo esse filme para as pessoas que não têm

preocupação por Jornada.

 

Esse filme não se refere a agradar aos

fãs, é sobre fazer um grande filme. E para fazer isso, você tem de

agradar a ambos: aos fãs e a quem nunca viu Jornada. Então, ter Leonard no filme mostra que a história desse filme existe em um continuum da história de Jornada''.

Abrams

também comentou se tem outros projetos para a franquia, após o filme.

''Eu gostaria de pensar assim. Mas, outra vez, eu digo que não estou

olhando desse modo. Se você está escalando uma montanha, e olhar ela

como um todo, provavelmente vai intimidá-lo. Eu estou apenas olhando a

história e os personagens, esperando ansiosamente realizar isso, o

espectro dessa base massiva de fãs e suas expectativas.

 

Não há nenhum

modo que você possa agradar a todos, mas daremos o melhor de nós para

fazer um grande filme e espero que os fãs das séries apreciem o

respeito e a conscientização que temos para com o que eles amam. Um dos

nossos roteiristas (Robert Orci) é um trekker, desse modo é bom ter

alguém que pode falar para este mundo. Eu sinto que este é um mundo que

eu quero entrar, quase no mesmo nível de expectativa dos fãs. Eu não

poderia estar mais animado''.

O

ator Zachary Quinto comentou a respeito de como foi sua contratação e a

expectativa quanto a interpretar o personagem Spock. ''Tudo começou a

partir de dezembro do ano passado, quando eu recebi um e-mail de um

amigo dizendo que um novo filme de Jornada estaria sendo

produzido e que haveria o personagem do jovem Spock. Nesse tempo, meu

personagem em ‘Heroes’ estava emergindo. Então, comecei a conversar

muito sobre o assunto em entrevistas, de modo que eu imaginava que isso

geraria grande atenção na mídia e poderia materializar um convite

deles.

 

Um dia, eu fui chamado para um teste'', disse o ator,

continuando. ''Foi até engraçado. Não era permitido levar o material (o

script teste) da sala do elenco. Então, como eu levava minha maleta e

meu jornal, quando recebi o material, transcrevi o texto para o jornal

o mais rápido que pude. Como você pode treinar se não pode levar o

texto para casa? Eu fiz isso''.

Quanto a conhecer Jornada

e o que pretende fazer para trabalhar no personagem, disse Quinto. ''Eu

tenho algum conhecimento da série quando jovem, mas não sou imerso em

sua mitologia. Entretanto, tenho recebido e-mails de amigos que são fãs

de Jornada e sabem muito dela, de modo que irei explorar isso''.

Você

já sabe fazer a saudação vulcana? ''Eu consigo fazer bem com minha mão

esquerda. Mas ainda não consigo fazer legal com a direita, que é a mão

usada por Nimoy. Eu estou colocando bandagens de borracha em volta dos

dedos e fazendo exercícios. Acredito que até as filmagens já estarei no

ponto. Em todas as cenas eu vejo o Nimoy usando a mão direita, de modo

que tenho preocupação com isso. E acredito que seria provavelmente um

insulto fazer o personagem usar a mão esquerda''.

Como conciliar Jornada

com “Heroes”? ''Estamos tentando solucionar isso. Tenho o suporte de

Tim Kring (criador da série), da produção e da emissora. Será feito um

grande empreendimento. Eu ficarei na série até o começo das filmagens

em novembro e meu ideal é retornar após o fim do trabalho em Jornada''.

O

ator e diretor Leonard Nimoy falou sobre o que pensou quando ficou

sabendo que o filme de Abrams seria uma re-imaginação da franquia.

''Não senti nada. Tenho estado afastado de Jornada por muitos

anos. Eu tenho muito respeito por Abrams e imaginei que sua presença

fosse algo a considerar.

 

Quando me veio o roteiro, percebi que foi o

segundo melhor passo para se fazer um bom filme. Então Abrams me falou

de Zachary e quando vi a atuação dele achei que sua escolha fora

acertada. Ele tem uma vida interior, o que é vital para o personagem.

Com todos esses elementos, eu me sinto confortável com o novo filme''.

Como

se sente passando o bastão do seu personagem para um outro ator?

''Estranho. Sinto-me estranho, mas muito confortante. Sinto que o

personagem está sendo posto em muito boas mãos''.

Que

conselho você daria para Zachary usar as orelhas? ''Há muitas histórias

engraçadas sobre as orelhas. Nos primeiros anos da série original,

qualquer menção a Spock era sobre ´aquele personagem das orelhas

pontudas´. Surgiram muitas piadas sobre elas, incluindo uma sobre o

órgão sexual que eu não vou me aprofundar. Mas elas resistiram ao longo

do tempo. Então, o personagem acumulou muitas nuanças e detalhes ao

logo dos anos que essas piadas se foram. Então, é importante lembrar

que isso não é a essência de Spock. O que é importante é cultivar a

vida interior''.

O

que significa a vida interior de Spock? ''A luta. Spock é filho de uma

humana e um vulcano, então existe a grande lógica e uma profunda emoção

e seu conflito entre os dois pólos. Isso é um grande presente para um

ator. É a luta que todos enfrentamos''.

 

08 de agosto de 2007

 

 

 

Anton Yelchin é o novo Pavel Chekov!

080807antonyelchin.jpgO jovem Anton Yelchin, de 18 anos, foi confirmado como o mais novo integrante do elenco do próximo filme de Jornada nas Estrelas, intitulado simplesmente Star Trek.

O ator fará o papel do navegador russo Pavel Chekov. Detalhe: Anton é

russo mesmo, nascido em Leningrado no dia 3 de março de 1989.

Anton

se junta assim a Zachary Quinto e Leonard Nimoy, atores já confirmados

para o filme e que interpretarão Spock em diferentes fases da vida do

vulcano. Star Trek será dirigido por J.J. Abrams e tem estréia marcada nos Estados Unidos para o Natal de 2008.

A informação dando conta que já há um novo Chekov foi trazida pelo Hollywood Reporter na manhã de hoje, quarta-feira. Os últimos trabalhos de Yelchin no cinema foram nos filmes "Alpha Dog" e "Sociedade Feroz".

08 de agosto de 2007

 

 

 

Nimoy fala sobre sua participação em Jornada XI

O ator e diretor Leonard Nimoy foi entrevistado pelo site The Trek Movie, após o anuncio oficial de sua presença no filme de Jornada nas Estrelas.

Nesse bate-papo, Nimoy falou sobre seu retorno à franquia, sobre seu

companheiro Zachary Quinto, o produtor J. J. Abrams e teceu alguns

comentários a respeito do roteiro. Veja aqui alguns pontos mais

importantes dessa entrevista.

Nimoy

conta como foi sua reação ao ler o roteiro e a conversa que teve com J.

J. Abrams sobre o novo filme. “Quando eu, primeiramente, li o script,

há dois meses atrás, imediatamente contatei J. J. Abrams e disse a ele

que achei maravilhosa a história e que os rapazes fizeram um trabalho

muito bom. É certo que ainda existe mais coisa a ser feita, mas está

bem claro que ele e seus roteiristas sabem o que estão fazendo, sabem

como fazer esse filme e sobre o que deve ser.

 

Eu realmente estou muito

interessado”, comentou o ator. “Nós conseguimos ficar bem com a

Paramount, durante todos esses anos, no entanto, a coisa mais

importante que surgiu (para a franquia) foi J. J. Abrams e o roteiro do

filme. Eu posso dizer que eles têm um script magnífico e que J. J. é um

diretor impressionante. Eles fizeram um bom trabalho ao encontrarem o

Zachary Quinto, que não apenas se parece comigo, como também é o ator

perfeito para o papel. Estou muito satisfeito com ele e muito à vontade

por saber aonde isso tudo está indo. O pessoal tem um real senso dos

personagens e do coração de Jornada. Creio que nós teremos uma chance de fazer realmente um filme admirável”, disse o ator, confiante.

Qual a essência de Jornada

que Abrams e sua equipe conseguiram captar para o filme? “É a da

camaradagem”, afirmou Nimoy. “Eu estou falando da série original. Não

posso falar de A Nova Geração ou Enterprise ou Deep Space Nine

ou de qualquer outra série. Eu estou falando do conceito original da

amizade entre as pessoas. O profissionalismo desses personagens, seu

senso de humor, o qual creio ser terrivelmente importante e a idéia de

que essas pessoas são muito profissionais, que trabalham juntas para

resolverem os problemas.

 

Os problemas que não estão nelas ou contra

elas, mas que são de forças externas de vários tipos, que elas se

depararam e enfrentam. E é também do conhecimento de todos que quando

eles brincam um com o outro é por respeito. Eles se respeitam, se

admiram e contam um com o outro. Todos esses elementos, creio eu, estão

disponíveis e tanto Orci quanto Kutzman entendem isso, assim como

Abrams”.

Sobre o humor dos personagens, o filme será engraçado como foi Jornada IV: A Volta Para Casa?

“Eu acho que o filme terá a sua cota de humor. Ele será uma grande

aventura. Creio que a idéia da origem desses personagens lida

maravilhosamente com o grande senso de respeito, em um leve toque. Eu

espero que eles consigam fazer isso muito bem”.

A

respeito de algumas críticas de fãs sobre o receio de que o filme

poderá não respeitar o que já foi mostrado anteriormente, ou o canônico

de Jornada, comentou Nimoy. “Eu não sinto qualquer abalo sobre

isso. Esses roteiristas têm feito grande esforço para mostrar que eles

honram a história da franquia e o cânon de Jornada.

 

Eu não creio que

haverá problemas com isso tudo. Eu tenho visto críticas pesadas na

internet de pessoas muito preocupadas, dizendo: ‘Quem poderia fazer

Kirk ou Spock? Isso não é possível’. Bem, isso é possível sim. Uma vez

que vejam o filme e percebam o quanto é bom, essas críticas irão sumir.

Eles estão atropelando a história de Jornada? O cânon não ficará intacto? Nada desse negócio irá acontecer. Não se preocupem”.

Sobre sua participação na franquia, primeiramente, por que não aceitou trabalhar no filme Jornada nas Estrelas VII: Generations?

“Porque não havia o personagem Spock no roteiro. Havia cinco ou seis

linhas atribuídas a ele na cena com Chekov, Uhura e Kirk, que estavam

lá, mas nada tinha a fazer com o personagem.

 

Eu disse ao Berman: ‘Você

poderia distribuir essas linhas para qualquer um dos demais personagens

e mesmo assim, não faria diferença’. E foi exatamente o que fiz, não

aceitei. Não havia função para Spock no roteiro. Eu sempre tentei dar

uma contribuição para esses filmes. Não havia contribuição a ser feita

nesse caso. Seria algo do tipo ‘vamos trazer o Nimoy para cá também’.

Então eu disse que não havia nada que pudesse fazer, agradeci e fui

embora”.

O que o fez tomar a decisão de voltar a fazer Jornada dessa vez? “Essa é uma situação especial. Primeiro, porque é Jornada, de modo que eu tenho de prestar a atenção nela. Afinal, eu devo isso a Jornada.

Segundo, por causa de J. J. Abrams, que acredito ser um cara muito

talentoso.

 

Então, vem o roteiro e ficou muito claro que eu poderia dar

uma contribuição nele. O personagem Spock, que eu estarei

interpretando, o Spock original, é essencial e importante para a

história. Então, com base nesses três elementos foi fácil tomar uma

decisão favorável. Então são essas três coisas: Jornada, Abrams e um papel interessante para Spock”.

Como

será a presença de Spock no filme? Fará uma ponta (pequena participação

especial)? “Eu não me referiria a isso como uma ponta. Essa situação

tem sido veiculada por toda a mídia e eu não descreveria desse modo.

Fazer ponta é uma breve aparição em cena. Ele é um personagem funcional

no filme. Ele estará em várias cenas”.

Sobre

seu companheiro de elenco Zachary Quinto, comentou o ator. “Quando J.

J. me enviou uma compilação do trabalho de Zach em DVD, eu fiquei

impressionado. Ele é um ator muito sólido. Encontrar alguém que pareça

certo para o papel é delicado, mas encontrar alguém que pareça certo e

é talentoso, como ele é, eu acho que é duplamente efetivo. O perigo

seria achar alguém que se parecesse comigo, mas que não tivesse o senso

de vida interior que é necessário para o personagem de Spock”.

A

respeito dos rumores de que teria sido necessário o aval dele e de

William Shatner para a criação dos novos Kirk e Spock, Nimoy explicou

que não existe o direito contratual sobre os personagens. “Eu não acho

que seja exato dizer que nós demos aprovação devido à lei dos direitos

autorais. J. J. me consultou e foi uma conversa fácil. Eu não sei o que

teria acontecido se eu disse a J. J. que isso não funcionaria para mim.

Teria sido uma bandeira amarela, senão vermelha (em relação ao

projeto), mas não contratualmente. Isso é apenas uma questão de mútuo

respeito e entendimento do que nós estamos tentando trazer para esse

projeto”.

Quanto

ao fato de que William Shatner comentou sobre sua possível ausência no

filme, disse Nimoy. “Bem, Eu não o provoquei”, comentou, referindo-se à

notícia que deu a Shatner por telefone. “Mas o que ele disse foi exato.

Nós conversamos por telefone e eu já havia lido o roteiro. Quando ele

me perguntou se estaria no filme eu disse ‘não’.

 

E foi isso que

aconteceu. É certo que ele brincou comigo dizendo que estava enforcando

o telefone como se fosse meu pescoço. Esse tipo de coisa é próprio do

Bill. Eu sei que ele ficou desapontado. Não sei o que vai acontecer

agora daqui para frente. Não tenho idéia de quais são os planos de J.

J.. Só sei que ele disse que estão tentando achar um jeito de pôr

Shatner no filme, mas não sou a pessoa indicada para falar sobre isso”,

desconversou.

Você

chegou a conversar com Abrams sobre Shatner estar ou não no filme? “Eu

disse a J. J. que estive com Bill, na Filadélfia, semana passada e que

ele estava desapontado por saber que, no momento, não estaria no filme.

Abrams me falou que a notícia que veiculava na mídia dizia que Shatner

estava furioso sobre isso, o que não foi verdade. Eu acho que ele está

apropriadamente desapontado, mas creio que ele tem um tipo de

compreensão.

 

Afinal de contas, o fato é que seu personagem (Kirk)

morreu em ‘Jornada VII: Generations’. Shatner chegou a

argumentar que meu personagem (Spock) já havia morrido, mas eu disse a

ele que Spock ressuscitou e essa é a diferença entre eles”, brincou

Nimoy acrescentando, “Eu também disse a ele que se eu estivesse

trabalhando em ‘Generations’, não teria deixado Kirk morrer. Eu

achei a morte do personagem desnecessária. Não vi o porquê, qual o

motivo dessa morte. Creio que foi um desperdício para um personagem

muito importante”.

As mais recentes séries e filmes de Jornada, a partir de A Nova Geração, utilizaram uma linguagem mais técnica (a tecnobabble)

em detrimento de soluções engenhosas que os personagens da série

original usavam? Você acha que isso foi um dos pontos de queda da

audiência? Você acha que Abrams vai utilizar essa forma também no

filme? “Eu concordo inteiramente. Num momento, durante a apresentação

de A Nova Geração, eu contatei o pessoal da Paramount e disse

que estava assistindo à série, mas não estava entendendo o que eles

diziam.

 

Essas cenas de tecnobabble, onde as pessoas se sentam

em volta de uma mesa e põe informações, não tem nenhum impacto

dramático. Isso não é o personagem. São apenas pessoas pondo

informações para tentar explicar o que está acontecendo, mas isso não

explica. É apenas cansativo.

 

Abrams não fará isso. Ele manterá a

história em movimento e algumas das cenas são absolutamente

emocionantes. Quando ele capta uma cena, ele sabe como explorar o drama

dela e esse é um dos seus grandes talentos. Eu não estou preocupado com

a tecnobabble nesse filme”.

Nimoy disse, por fim, que sua preocupação principal em Jornada

é para com os personagens e o desenvolvimento deles. Para o ator, a

compreensão e o desenvolvimento destes personagens no roteiro são

excelentes. “Existem muitas maneiras da fazer uma aventura de Jornada. Eu estou certo que eles irão fazer uma aventura significante”.

 

08 de agosto de 2007

 

 

 

Novo rumor sobre Tom Cruise em Jornada XI

Segundo o site IGN,

uma fonte de dentro da Paramount informou que o produtor e diretor J.

J. Abrams gostaria de ter pelo menos um ator de primeira linha como

convidado especial no filme de Jornada nas Estrelas.

Ainda

de acordo com o site, o ator preferido do produtor seria Tom Cruise,

que já trabalhou com Abrams em Missão Impossível III. Como ator

especialmente convidado, Cruise poderia fazer o personagem Christopher

Pike (originalmente interpretado por Jeffrey Hunter), capitão que

precedeu Kirk no comando da Enterprise.

O nome de Tom Cruise já chegou a circular pela internet sobre a possibilidade de fazer uma ponta no filme de Jornada. Assim como ocorreu no primeiro boato, o seu agente, Arnold Robinson, ao ser consultado pelo site The TrekMovie, negou mais uma vez a informação do IGN.

No

entanto, nos últimos meses, o todo poderoso da Viacom, Sumner Redstone,

que decidiu pela saída de Cruise do estúdio, vem suavizando o assunto,

deixando uma porta aberta para a reconciliação. É sabido que Abrams tem

bom relacionamento com Cruise e que gostaria de vê-lo trabalhar

novamente com ele. Além disso, o ator não tem negado fazer ponta em

filmes. Sua última aparição especial foi na comédia Austin Powers in

Goldmember.

O

site informa ainda que Abrams estaria também procurando por um ator do

seleto grupo de celebridades para interpretar o vilão do filme, que

ainda não foi revelado.

Não há confirmação oficial sobre a noticia do site IGN, de modo que podemos considerar como rumor.Odo2008-02-10 16:51:26
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 286
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Bola dentro da Paramount em chutar o Rick Berman... Bola fora em apostar em mais um prequel, quando temos material fascinante em Deep Space Nine e até Voyager... Além do mais, a própria noção de prequel já se demonstrou infrutífera em Jornada, vide a série Enterprise...

Link to comment
Share on other sites

Jornada nas Estrelas ganha novo poster
























































































Fãs
que foram ao VegasCon esse ano tiveram a oportunidade de ver o
lançamento de mais um poster da aposta da Paramount para 2008:
Jornada nas Estrelas (Star Trek). O poster é novamente
apenas um teaser semelhante ao lançado no Comic-Con.


Em relação ao elenco, três pessoas já estão confirmadíssimas: Zachary Quinto como Sr. Spock, Anton Yelchin como Pavel Checkov, e Leonard Nimoy. Há ainda rumores incluindo dois grandes astros na adaptação: Tom Cruise como Capitão Christopher Pike e Russell Crowe como o vilão.





O filme será focado nas primeiras aventuras do Capitão Kirk e Spock. As filmagens começarão no segundo semestre. Star Trek chega às telas em 25 de dezembro de 2008.




startrekxi3_large.jpg
Link to comment
Share on other sites

Paramount quer Russell Crowe para o Vilão?

 

Segundo o site IGN Force:

 

http://movies.ign.com/articles/811/811513p1.html

 

 

 

Exploring The Next Star Trek

 

IGN boldy goes in search of Spock, Kirk and more!

 

 

 

by Stax

 

 

 

August 8, 2007 - With Paramount's big-screen reboot of Star Trek set to go before cameras November 5th for a Christmas Day 2008 release, hard news about the J.J. Abrams-directed project is beginning to leak out. IGN will recount for you today all that we know about the project thus far -- including an exclusive revelation about which A-list star the studio wants to play the villain -- as well as our speculation about what the top-secret story could conceivably cover.

 

 

 

With the exception of Mr. Spock and Ensign Chekov, the rest of the main leads -- Captain James T. Kirk, Dr. "Bones" McCoy, Chief Engineer Montgomery "Scotty" Scott, communications officer Lt. Uhura and helmsman Lt. Sulu -- remain uncast. A studio-based source advised IGN months ago that Paramount wanted Kirk, Spock and McCoy to be played by Matt Damon, Adrien Brody and Gary Sinise, respectively; obviously, that did not pan out. Damon dismissed the Kirk buzz during our exclusive on-camera chat, while Heroes villain Zachary Quinto won the role of Spock. Quinto will be joined in the film by the original Spock, Leonard Nimoy, which suggests that Nimoy will somehow bookend the movie. William Shatner has said that he won't be in the film, but Abrams said at Comic-Con that he's now trying to find a way to include Shatner that will not feel forced.

 

 

 

IGN learned this week that Abrams intends on including the character of Captain Christopher Pike and that he wants Tom Cruise for the role. Pike -- Kirk's predecessor as captain of the Enterprise and Spock's first commanding officer -- was the captain in the original, unaired TV pilot, "The Cage," where he was portrayed by the late Jeffrey Hunter. When NBC balked at the cerebral nature of the show and wanted a new, action-heavy pilot filmed, Hunter was unavailable so a new character, Captain Kirk, was created. The unaired pilot was later recycled for the two-part first season episode "The Menagerie," which saw Spock court-martialed for trying to take a disfigured Pike back to Talos IV, the setting of "The Cage." In Trek lore, Spock served with Pike for 11 years.

 

 

 

Today's Hollywood Reporter echoed our Cruise/Pike/A-list villain scoop. The trade claimed, "Casting is under way in New York and London for Kirk, Bones, Uhura, Sulu, Scotty, the film's villain and the Federation captain. Abrams, who will helm the untitled film, is expected to sign bigger-name actors for the latter two parts." We'll tell you later about who we've heard is being offered the villain role. Meanwhile, IGN's sister site RottenTomatoes.com reported today that Grindhouse actress Sydney Tamiia Poitier revealed at Comic-Con that she had auditioned for Star Trek.

 

 

 

Poised to join Quinto and Nimoy in the cast is Russian-born actor Anton Yelchin, who is in negotiations to play Ensign Pavel Chekov, the Enterprise's Russian navigator. The 18 year-old Yelchin's credits include Alpha Dog and the forthcoming Charlie Bartlett. This news would explain why the character of Chekov was not included in the Trek casting breakdowns that recently leaked online. These breakdowns revealed the age range that actors must be in to play the leads. For example, whomever plays Jim Kirk must be between 23-29 and in "great physical condition" (no Shat paunch?!). They should also be 6' tall or under.

 

 

 

Dr. McCoy will not be the middle-aged ship's physician immortalized by DeForrest Kelley, but rather a "danger-loving" 28-32 year-old. Uhura is about 25 years-old and "tom-boyish" (was Nichelle Nichols tom-boyish?). Sulu is described as "extremely fit" and a "wildcat" between the ages of 25-32; Japanese actors are preferred, but the role is open to all Asian-American actors. The only requirements to play Scotty is for the actor to be between 28-32 and they must "be able to do a flawless Scottish accent!"

 

 

 

Zachary Quinto (L) and Leonard Nimoy ® at the Star Trek panel at Comic-Con.

 

The scuttlebutt is that the film's story -- penned by Transformers scribes Alex Kurtzman and Roberto Orci, who will also exec produce along with Bryan Burk -- will be a first adventure tale, recounting the first mission of Captain Kirk, Mr. Spock and the rest of the crew of the U.S.S. Enterprise. There have long been rumors that the characters' Starfleet Academy days would factor into the story, but Quinto's age (30) suggests otherwise. Also, one source claims there is a reason why the Starfleet Academy idea won't be central to the film: Harve Bennett, the producer of Star Trek II-V. IGN was advised that, since the Academy idea was Bennett's and has been kicked around for so long without success, Paramount and the filmmakers are going in the "first adventure" direction.

 

 

 

The filmmakers are proving incredibly tight-lipped about the project. However, Orci exclusively told IGN in June, "We've sworn an oath to not really divulge anything, but if you're a fan who's been tracking a lot of questions about people's histories and about the history of Starfleet, there's various gaps in the canon that if you were to get online and sample what people would want to see, you'd see some overlap in terms of what any fan who knows Trek would see. But the flip-side of it is we want to make sure that this movie is absolutely for non-fans as well. In a way it's going to be two different movies -- if you're a fan, you're going to see a different movie. If you're a fan, you're seeing the black stripes of the zebra, and if you're not a fan you're going to see the white stripes. That was actually an amazing challenge, to see if that was even possible, and I think, hope, pray that we did it."

 

 

 

There is much in the way of established Star Trek lore that the filmmakers could choose to explore or reference. Captain Kirk's background alone is rich with "early years" material: his family life with father George and brother Sam; his youth on Tarsus IV where he witnessed the crimes of Kodos the Executioner; how he cheated and passed the Kobayashi Maru; his run-ins with classmates Finnegan and Ben Finney while at the Academy; his romance with Carol Marcus, which would beget his son David; his encounter with a deadly gas creature while serving as a lieutenant aboard the U.S.S. Farragut; and, of course, his promotion to captain of the Enterprise and the start of its five-year mission of exploration. It will be curious to see if Kirk's pal Lt. Commander Gary Mitchell (from the second pilot "Where No Man Has Gone Before") will be mentioned.

 

 

 

Kirk's predecessor Captain Pike is likely the Federation captain referred to in the Hollywood Reporter article, as the character was promoted to that rank prior to his reappearance in "The Menagerie." Pike's inclusion offers an interesting story element: He was left disfigured, crippled and mute after rescuing cadets during a training mission. Could this mission involve young cadets such as Chekov, Uhura or Sulu? Dramatizing Pike's downfall -- especially if he's played by a major star such as Cruise -- would certainly leave very big shoes for Kirk to fill as the new captain, especially when it comes to winning the respect of Pike's longtime science officer Spock. This could be particularly interesting if Kirk's cheating on the Kobayashi Maru is contrasted with Pike's self-sacrifice; Kirk could grow from being a reckless trickster to a selfless leader.

 

 

 

Jeffrey Hunter as Captain Christopher Pike opposite Leonard Nimoy as Mr. Spock in the original Star Trek pilot, "The Cage."

 

As for the rest of the Enterprise crew, it will be interesting to see whether or not McCoy will replace Dr. Mark Piper as he did on the TV series, or if Sulu will start out as the ship's staff physicist as he did in "Where No Man Has Gone Before." Spock's falling out with his ambassador-father Sarek over his decision to join Starfleet could be referenced, but we could live without dragging in his older half-brother Sybok. Seeing as how Star Trek: The Animated Series hasn't been officially recognized by Paramount, we don't expect to see such cartoon characters as Arex or M'Ress brought to life onscreen.

 

 

 

It would be nice if each of the Trek regulars could have some of their signature moments (or catchphrases) in the new movie: for example, Kirk outsmarting his opponent in battle, getting his shirt slashed open at the nipples (after drop-kicking his opponent or using "the hammer"), or bedding a green-skinned beauty; Spock and McCoy's clash between logic and emotion; Scotty working his first "miracle" on a seemingly crippled Enterprise or getting into a drunken brawl; Chekov getting injured and screaming like a girl; Sulu's passion for fencing; or Uhura's talent for song. Obviously, the chemistry and humorous repartee between the troika of Kirk, Spock and McCoy would be difficult to replicate -- especially since this appears to be the story where they are first getting to know each other -- but that is an essential dynamic to establish if this rebooted franchise is to last.

 

 

 

If this is indeed going to be a first mission/first adventure story then fans would expect to see how Kirk and the crew handle their initial encounter with an alien civilization. Do they violate the Prime Directive? Must they prove the good side of humanity to their alien antagonist, as they so often had to? Little is known about the villain of the piece but the following casting tidbit we learned from a longtime and reliable source offers a host of tantalizing possibilities.

 

 

 

IGN was told earlier this week that Paramount is trying to woo none other than Oscar winner Russell Crowe to play the film's villain. Our source seriously doubted that Paramount and Abrams could land the busy star, who has Body of Lies and Nottingham on his schedule in the coming months. Still, the search for a strong actor and commanding presence such as Crowe suggests that the story's villain could very well be, like Kirk, a leader of men -- a role that Crowe is utterly believable in. Whether the villain is human, Klingon, Romulan, Vulcan or some other alien species remains uncertain.

 

 

 

It is also unclear if notorious womanizer Captain Kirk will have a love interest in this movie, but the prospect of seeing young Carol Marcus -- perhaps pregnant with Kirk's son -- breaking up with the galaxy-jumping hotshot is too tempting not to ponder. Also, while we have learned that set construction is under way at Paramount's L.A. backlot, there have also been rumors of on-location shooting in Europe. It's not clear what these locations would be doubling for, if the rumors are true.

 

 

 

So while hard facts are sparse right now and rumors are running rampant, the casting of Quinto and Yelchin clearly indicates that Paramount and Abrams are taking a page from Fox's X-Men playbook, casting lesser known (and less expensive) actors in the hopes of relaunching one of its most venerable and lucrative franchises. Ultimately, though, it will come down to how well Abrams and the writers can recapture the charm, spirit and joy of the original Trek while making it fresh and new for modern audiences.

 

 

 

 

 

 

 

Visite o Russell Crowe Daily Planet, meu blog em Português sobre o Russell e que traz também notícias sobre Yuma, todo o dia sempre o primeiro com as últimas, e o que é melhor, em Português:

 

Russell Crowe Daily Planet!

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

Outras novas: 03

 

noticias.jpg

24 de agosto de 2007

 

 

 

Russell Crowe comenta rumores sobre Jornada XI

 

 

Semanas atrás rumores

surgiram na internet falando a respeito da possibilidade do mega astro

Russell Crowe participar do filme de Jornada no papel de vilão.

Esses rumores ainda continuam circulando na mídia, mas o ator, até

agora, não tinha se pronunciado sobre o assunto.

Durante a pré-estréia do western intitulado “3:10 to Yuma”, que terá a participação de Crowe, o site IGN

teve a oportunidade de perguntar ao ator sobre os rumores do filme de

Abrams, o que foi respondido de pronto. “Eu não sei de nada”, disse sem

dar maiores detalhes. O ator Christian Bale, integrante do elenco de

“3:10 Yuma”, estava ao lado de Crowe na entrevista e chegou a brincar

sussurrando a palavra “klingon”.

Em

outra entrevista, dessa vez para o site Extra TV, ao ser perguntado se

são verdadeiros os boatos, Crowe comentou. "Aparentemente. Mas eu não

sei de nada. Não posso decidir sem ler (o roteiro) antes. Então vamos

ver o que acontece", disse o ator.

O

fato é que a agenda de Crowe está cheia para esse ano e parece difícil

achar tempo para as filmagens de Jornada, mas como reportado pelo

Hollywood Repórter, a Paramount ainda estaria à procura de um artista

de primeira linha para fazer o papel do vilão.

 

 

 

29 de agosto de 2007

 

 

 

Quinto acredita em continuação para Jornada XI

 

 

 

Continuando a série de

entrevistas concedidas a vários sites, o ator Zachary Quinto, falou um

pouco mais sobre a produção de J. J. Abrams, dando algumas informações

a respeito de seu personagem, roteiro, orçamento e filmagens. Abaixo

apresentamos os pontos mais importantes de seus comentários.

Zachary

falou sobre o que espera de interpretar o personagem Spock e da

interação com J. J. Abrams. “Creio que é um personagem interessante e

acho que explorar esses dois Spocks, neste ponto de suas vidas é

realmente gratificante pela perspectiva de um ator. Além de poder

trabalhar com J. J. Abrams, Bryan Burk, Orci e Alex. Essas são as

pessoas mais inventivas na Hollywood de hoje, de modo que a

oportunidade de trabalhar com eles é obviamente algo que me faz sentir

muito animado também”.

Apesar

do entusiasmo, Zachary disse que ainda não tem uma idéia concreta de

como interpretar Spock. “Eu não cheguei a assistir muito da série

original para ter uma idéia sobre Spock. Não há realmente um modo de

como eu irei fazer isso. Creio que a chave para o sucesso desse

personagem seja provavelmente tentar reestabelecer uma perspectiva dele

com reconhecimento de sua importância e respeito ao que foi feito

antes. E também o senso de aventura, liberdade de criar o que estamos

criando agora”.

Com

relação a interpretar um personagem tão importante para a franquia, o

ator disse não se sentir intimidado, tendo sido encorajado por colegas

de sua atual série a enfrentar o desafio. “Eu, na verdade, não me sinto

pressionado. Não sinto nada, exceto pelo estímulo a idéia atualmente.

Essa experiência começou com um profundo incentivo de Tim Kring

(criador de Heroes), além dos produtores da série, que deram suporte à

idéia desde o começo com a Paramount”.

Zachary

disse que não sabe de toda a história do filme, mas acredita que seu

personagem será mais emocional, devendo sofrer uma luta interna entre o

seu lado humano e vulcano. “Eu creio que será mais focado para esta

luta interna, este conflito, do que quando ele conseguiu desenvolver um

relacionamento para ambos os lados e uma perspectiva sobre cada um

deles na série original”.

Ainda

com relação ao desenvolvimento do jovem Spock, o ator revelou que essas

mudanças de comportamento ocorrerão com todos os personagens pincipais.

“O fato interessante é que você conhecerá esse personagem antes de já

saber dele na série original e nos filmes, fazendo uma exploração de

como ele alcançou esse ponto (na série). Isso se refere a todos os

personagens e não somente a Spock”.

Fando sobre orçamento, o ator dá uma dica de quanto poderá custar a produção de Jornada nas Estrelas.

“É uma coisa muito legal alguém como eu que nunca fez muitos filmes

chegar a toda esta produção e de estar num filme de 100 milhões de

dólares. Não sei de quanto é o orçamento exatamente, mas é alto. A

Paramount tem dado todo o apoio a J. J. Abrams e a Leonard Nimoy

também. Eu não tenho nada, somente o apoio e o encorajamento dos amigos

ao longo desse caminho. Tenho tudo que preciso para fazer esse

trabalho. Olho para a esquerda e vejo o Nimoy, olho para a direita e

vejo o Abrams. Do que mais preciso?”.

Outro detalhe comentado por Zachary foi a respeito de como se dará a conciliação das filmagens de Jornada

com seu trabalho paralelo na série Heroes. “Eles estão no processo de

descobrir (elenco e cenários) agora. Não estou exatamente certo, mas

creio que as filmagens começarão em novembro. Até lá nós provavelmente

estaremos próximos a 13 episódios (de Heroes) prontos. Então eu estarei

disponível e presente”.

Assim como aconteceu com Jornada nas Estrelas I: O Filme,

Zachary acredita que haverá uma continuação dessa história no cinema.

"É um filme múltiplo. Se acabará tendo seqüência, é o que veremos. Há

mais do que um filme ligado a esse”, revelou o ator.

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

 

Definido o ator que interpretará o vilão em Star Trek

http://www.omelete.com.br/imagens/cinema/news/hulk/2.jpg

Eric Bana será Nero, mas origem do personagem não foi revelada

10/10/2007

Nem Russell Crowe, nem Karl Urban. Foi revelado o nome do ator que viverá o vilão de Star Trek: Eric Bana, astro de Tróia, Hulk e Munique. Ele interpretará um personagem inédito na série, Nero. A origem permanece um mistério - seria ele romulano?

Enquanto a resposta não vem, em entrevista à Star Trek Magazine, o diretor J.J. Abrams

falou sobre a escalação de dois dos personagens do filme. Como sempre,

Abrams fez a propaganda e não contou muita coisa digna de nota.

Sobre Zoe Saldana, substituta de Nichelle Nichols como a jovem Uhura: "A

força, a inteligência, o humor e a beleza de Zoe ajudarão a dar vida a

Uhura de um jeito que impactará os espectadores e honrará os estimáveis

talentos de Nichelle Nichols". E sobre Anton Yelchin, o jovem Chekov: "Esse garoto é brilhante. Estamos empolgados de ter Yelchin a bordo".

As filmagens começam em novembro. Star Trek chega às telas em 25 de dezembro de 2008.

Fonte: Omelete 16

Odo2007-10-10 22:53:46

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

 

18 de outubro de 2007

 

 

 

Oficial: Chris Pine é Kirk e Karl Uban é McCoy

Finalmente já temos os dois atores que faltavam para compor o elenco principal do filme de Jornada nas Estrelas.

O site oficial de Jornada publicou notícia confirmando a contratação dos atores Karl Urban e Chris Pine para integrarem o novo filme de J. J. Abrams.

Mencionado

há alguns dias como o possível vilão, o ator neozelandês Karl Urban

assinou contrato para fazer o papel do Dr. Leonard MacCoy. Atualmente

com 35 anos, Karl tem em sua ficha filmes como “A Supremacia Bourne”,

“O Senhor dos Anéis”, “As Crônicas de Riddick”, além de ter participado

de séries como “Xena, A Princesa Guerreira” e “Hércules”, dentre

outros.

Para

fazer o novo capitão Kirk, o jovem Chris Pine foi o escolhido. Com 27

anos, ele é considerado a mais nova promessa de Hollywoood. Agora terá

um importante desafio pela frente, interpretar um dos mais importantes

ícones da franquia.

O

ator Zachary Quinto (novo Spock), chegou a comentar, na época dos

rumores, sobre a possível escolha de Chris Pine para fazer Kirk. "Eu

conheço Chris. Acho-o um ator fenomenal. Adoraria trabalhar com ele, e

creio que ele seria uma escolha forte", disse, o agora colega de

trabalho.

Por falar nisso, novos rumores, vindos do site AICN ,

dizem que o ator William Shatner terá, sim, um papel no filme. "Toda

essa publicidade de que ele não interpretará o velho Kirk é mentira",

escreve o editor do site, que assina como Hercules. Até o momento não

há nenhuma indicação de que Shatner participará do filme. Vamos

aguardar.

 

 

22 de outubro de 2007

 

 

 

Shatner reafirma não estar em Jornada XI

O ator William Shatner (Kirk) afirmou, em dois clips de seu site pessoal, que não está no novo filme de Jornada, embora novos rumores tenham dito o contrário. “Não tenho nada a ver com Jornada. Isso é novidade para mim”, disse Shatner na seção ShatnerVision.

O mais recente rumor, surgido pelo site Hollywood.com, diz respeito a uma pequena participação do ator no filme, interpretando o velho capitão da Enterprise. O editor do site AICN

também informou que Shatner fará sua aparição na produção de J. J.

Abrams. “Eu não sei de onde eles tiraram essas informações”, desmentiu

Shatner. “Não me foi oferecido (o papel) e nem me foi sugerido... A

conversa não aconteceu”.

Sobre

a notícia do site de que poderia fazer uma pequena aparição, como

convidado especial, respondeu. “Uma participação rápida? Eu não consigo

imaginar porque eu faria isso”, replicou.

Ao

fim do segundo vídeo Shatner reafirmou seu interesse em estar no filme,

explicando que sua presença seria importante, pelo menos sob o ponto de

vista de marketing. “Quando você tem um ator, que é popular na

televisão agora, ele vale a pena em termos de publicidade”, disse

Shatner referindo-se a si mesmo, acrescentando que não é uma decisão

comercial sábia excluí-lo do filme, em termos do potencial interesse

dos fãs.

Olhem que tosco:06

 

startrek_01.jpg

 

Chris Pine como Capitão James T. Kirk

 

startrek_02.jpg

 

Zachary Quinto como Spock

startrek_04.jpg

 

Simon Pegg como Scotty

startrek_07.jpg

 

Karl Urban como Dr. Leonard McCoy

startrek_06.jpg

 

Zoe Saldana como Uhura

startrek_03.jpg

 

John Cho como Hikaru Sulu

startrek_05.jpg

 

Anton Yelchin como Checov

 

 

startrekcasting.jpg

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Trilha de Jornada XI usará abertura da Série Clássica

O site SciFi Wire

publicou uma rápida entrevista com o compositor Michael Giacchino, que

está incumbido de produzir a trilha sonora do novo filme de Jornada.

Na entrevista, Giacchino, que disse ter crescido ouvindo as músicas de Jornada, revelou que usará um pedaço do tema da Série Clássica,

de Alexander Courage, como base para a sua música. “Eu creio que a

coisa a fazer seria capturar única coisa que fale universalmente, que

diga sobre Jornada nas Estrelas, que é o tema de abertura da série original”, disse o compositor.

Giacchino,

que também fez a trilha sonora do filme “Missão Impossível III”, disse

que gosta muito de trabalhar em conjunto com J. J. Abrams e que

procurará seguir a visão do produtor sobre o filme. “Eu adoro trabalhar

com Abrams e sei que ele fará alguma coisa de especial nesse filme e

não tenho dúvida que haverá algo que irá me inspirar”, disse o

compositor. “Eu ainda não sei o que será, mas ainda tenho essa

intuição”.

 

Para o compositor, somente o tema de abertura da

série será usado no filme, já que a história refere-se a um tempo

diferente. “Para mim, essa fanfarra, esse som crescente (da série

original), tem a a ver com a série. E como este filme é sobre tudo que

veio antes dela, então, quero manter isso. Mas tudo que foi feito após

(a abertura), não deverá estar no filme. O tema necessita mostrar sobre

os personagens de agora, como eles se encontraram e todas as coisas que

ocorrerão na história. De modo que é um lugar e um tempo muito

específico”, finalizou.

 

Oficial: Winona Ryder será a mãe de Spock

 

O site The TrekMovie Report noticiou alguns dias atrás que personagens secundários, como os pais de Spock e de Kirk, apareceriam no filme Jornada XI.

Agora o site Variety

revelou que a atriz Winona Ryder tornou-se a mais nova integrante do

elenco, para fazer o papel de Amanda Grayson, mãe de Spock,

interpretada originalmente por Jane Wyatt.

Natural

de Minessota, aos 36 anos, Winona Laura Horowitz, obteve várias

indicações para os prêmios do Academy Award e do Golden Globe. Entre os

seus trabalhos mais conhecidos temos: “Os fantasmas se divertem”,

“Drácula de Bram Stoker”, “A Época da Inocência”, “As Bruxas de Salem”,

“Alien - A ressurreição”, “Zoolander”. Winona está terminado as

filmagens de “The Informers”, com Mickey Rourke e Kim Basinger.

Além da Winona, mais dois nomes poderão integrar o elenco de Jornada XI. Um deles é o do jovem e desconhecido ator australiano Chris Hemsworth. O site IESB

revelou que Chris Hemsworth fará o papel do pai de Kirk, conhecido como

George Samuel Kirk. Chegou a ser informado que ele encarnaria o

embaixador Vulcano Sarek, mas esse rumor foi desmentido por seu agente

que confirmou não só a sua contratação, como também o personagem que

interpretará.

Chris

Hemsworth nascido em Melbourn, Austrália, tem 24 anos e está em início

de carreira, tendo participado das séries australianas “Neighbours” e

“Guinevere Jones” e da americana “Marshall Law”, todas inéditas no

Brasil. Atualmente o ator é astro da novela australiana “Home and

Away”.

O personagem George Samuel Kirk apareceu em dois episódios da série original, “What Are Little Girls Made Of?” e “Operation: Annihilate!”, como sendo o irmão mais velho do capitão Kirk. O mesmo nome foi dado ao pai de Kirk na Série Animada,

assim como na maioria dos livros não canônicos. O personagem que será

interpretado por Chris Hemsworth nunca foi visto na série original ou

no cinema.

O segundo nome cotado para fazer parte do elenco é o da atriz e modelo Jennifer Morrison. O site IESB

disse ter recebido a confirmação do diretor da agência da qual a atriz

faz parte, que segundo o site pode ser a pessoa que aparece em uma das

fotos divulgadas pelo site SFX Images. O IESB

não soube dizer qual personagem Jennifer interpretará.

 

Especula o site

que os papéis prováveis para Jennifer seriam: o da ordenança Janice

Rand ou da doutora Carol Marcus, com quem Kirk se relacionará

amorosamente. Sendo que foi informado ao site de que a personagem Carol

Marcus aparece no script do filme.

Jennifer

Morrison é americana de Illinois e tem 28 anos. É conhecida por sua

atuação na série “House”. Também é conhecida por sua participação na

série “Dawson's Creek”, e nos filme “Lenda Urbana” e. "Sr. e Sra.

Smith".

Ainda não houve o anúncio oficial confirmando as duas últimas contratações.

Oficial: Bruce Greenwood será o Capitão Pike

 

Após muitas especulações sobre quem faria o conhecido personagem de Jornada

capitão Christopher Pike, inclusive com rumores sobre o nome de Josh

Lucas para o papel, o site Hollywood Reporter confirmou a contratação

do ator Bruce Greenwood para o elenco de Jornada XI, no qual irá interpretar aquele que foi o antecessor de Kirk no comando da USS Enterprise.

Bruce

Greenwood é natural de Quebec, Canadá e tem 51 anos de idade. Embora

não sendo considerado ator do primeiro escalão de Hollywood, Bruce é

veterano no cinema, tendo participado de filmes como “Passageiro 57”,

“Treze Dias que Abalaram o Mundo”, “O Núcleo”, “Eu, Robô”, “Déjà Vu”,

entre outros.

O

personagem Christopher Pike (interpretado originalmente por Jeffrey

Hunter e depois por Sean Kenney) surgiu ao lado do personagem Spock, no

primeiro piloto da Série Clássica, “The Cage”, que não foi ao ar. Durante a primeira temporada da série, “The Cage” foi reaproveitado em flashback para o episódio “The Menagerie”. O site IESB publicou rumores de que o personagem terá participação importante no filme.

 

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Leia a descrição do teaser trailer de Jornada nas Estrelas

Prévia mistura construção da Enterprise com gravações em áudio do pouso da Apollo XI na Lua

 

O teaser trailer de Jornada nas Estrelas só chega aos cinemas na sexta-feira, junto com as cópias de Cloverfield.

Mas a descrição da prévia - confirmada por fontes da Paramount - já

caiu na rede, e mistura cenas da construção da Enterprise com gravações

em áudio do pouso da Apollo XI na Lua. Confira:

"Logo da Paramount. Logo da Bad Robot [produtora de J.J.

Abrams]. Tela preta, de repente surgem faíscas (bem saturadas).

Escuta-se uma velha contagem regressiva da NASA: '30 segundos e

contando...'. Close-up em um cara com óculos de proteção se inclinando

para baixo, manejando ferramenta, faíscas voando para todo lado. Ele

levanta os óculos. Cobrindo a cabeça tem uma vestimenta ligeiramente

futurista. O cara se inclina novamente. Ele está de pé em uma estrutura

de metal. Surge 'Do diretor J.J. Abrams' em uma fonte azul lenticular.

Narração de Kennedy sobre a conquista do espaço: 'Os olhos

do mundo agora miram o espaço'. Aparecem pessoas andando pela seção

circular da nave. Os controladores estão por todos os lados. Ouvimos:

'A Águia pousou'. Panorâmicas rápidas mostram milhas e milhas de

andaimes e construções. Aparece na tela: 'O Futuro Começa'. Mais cenas

das pessoas por todos os lados da nave, e é possível ver ao fundo uma

cidade industrializada ou um estaleiro. A nave está sendo construída na

Terra, não no espaço.

A voz de Neil Armstrong: 'Um pequeno passo para o

homem...'. A câmera sobe e mostra toda a parte de cima da seção

circular da nave. Então ouvimos a fala de Leonard Nimoy: 'Espaço, a

fronteira final...'. Toca o tema de Jornada nas Estrelas. A tomada

prossegue por cima da nave, revelando a inscrição 'U.S.S. Enterprise'.

Termina só com o logo da Academia Estelar, sem título, e a inscrição:

'Em Construção / Natal de 2008'."

 

Link to comment
Share on other sites

Obsessão por ''The Man of Steel''... Ursa... Isso é uma intervenção. 12

Cê sabe que eu tô brincando' date=' né? 03
[/quote']

 

 

 

Qual é o meu nick e onde estão 99% dos meus posts?

Adoro cinema, mas Superman é a razão por eu freqüentar este fórum, não acho que seja um problema, e opinião não é intervenção.

Vamos encerrar este assunto aqui, pois isso sim não tem nada a ver com o tópico.

 

 
Link to comment
Share on other sites

Aff!!! Como diria a Chica06

 

Não vi nada demais nesse vídeo do Youtube. 09

 

Mas o diretor tá certo em querer guardar segredo, porque assim os "trekkers" e a crítica não ficam enchendo o saco até a estréia. Mesmo que o filme seja depois um fracasso, é uma ótima estratégia fazer segredo e não divulgar nada.

 

Essa cultura de spoilers hoje em dia é que estraga tudo. 12

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...