Jump to content
Forum Cinema em Cena

The Dark Knight Rises (2012)


Qual seria o melhor vilão para a continuação de TDK?  

87 members have voted

  1. 1. Qual seria o melhor vilão para a continuação de TDK?

    • Mulher-Gato
      26
    • Pinguim
      13
    • Charada
      26
    • Mr.Freeze
      1
    • Hera Venenosa
      2
    • Duas-Caras
      8
    • Bane
      9
    • Chapeleiro Louco
      0
    • Cara de Barro
      1
    • Morcego Humano
      2
    • Rei do Cuco
      1


Recommended Posts

 REI DO CUCO, eu gosto do personagem. Ele esta empatado em 3º lugar no meu ranking dos vilões do Batman, juntamente com Ras al ghul e Mulher gato, embora essa ultima deixou de ser vilã há muito tempo.

 DECIFRE ISSO foi publicado nas edições 40 a 42 da revista Batman. Como já disse, achei bem fraquinha, mas em conpensação tem um final muito interessante.

 Achei que o vilão foi muito melhor utilizado em sua participação na saga JUSTIÇA ou na saga CIDADE DAS TREVAS. gosto muito tambem do episodio A REGENERAÇÃO DO CHARADA, na serie animada.

 Valeu brother16
Link to post
Share on other sites
  • Replies 4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

ADLER, mas tem filmes com mensagens idênticas, mas um pode despertar emoção total no expectador, e outro mera apatia. Se tem uma coisa que a emoção não é, é consequencia da "mensagem" que um filme que

po, Ursa..falaram a Mulher-Gato, nao a Mulher-Tabua..

Terceiro filme de Batman pode ter Mulher-Gato Site diz que felina é cogitada para aparecer ao lado de Duas-Caras e Coringa Os mistérios de The Dark Knight sequer foram resolvidos, e já tem

Bom, eu li a entrevista do Nolan. Ele realmente foi bem claro: No universo do seu Batman e de sua Gotham, NÃO EXISTEM super-heróis... foi criado um universo em separado. Ele mesmo dá entender que a franquia é anti-crossover.

 

Não tem outra interpretação.

 

 

 

Então, a entrevista me passa a sensação de que se aparecerem referências de outros heróis no próximo filme, será pela imposição do estúdio.leoJoker2008-11-02 20:26:52

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

   Leojoker disse : Bom, eu li a entrevista do Nolan. Ele realmente foi bem claro: No universo do seu Batman e de sua Gotham, NÃO EXISTEM super-heróis... foi criado um universo em separado. Ele mesmo dá entender que a franquia é anti-crossover.
Não tem outra interpretação.

Então, a entrevista me passa a sensação de que se aparecerem referências de outros heróis no próximo filme, será pela imposição do estúdio.


Só é realmente uma pena que tenha sido necessário que o próprio cineasta viesse a público dizer isto . Eu , no lugar dele , ficaria profundamente decepcionado em ver que , apesar do sucesso estrodoso de "TDK" , boa parte dos espectadores não compreenderam a proposta do longa . Ficaria desapontado de ver que , apesar de impecável e denso ao extremo , o filme não conseguiu se fazer claro o suficiente . à essa altura , eu estaria pensando :"onde foi que eu errei ?"
Link to post
Share on other sites
   Leojoker disse : Bom' date=' eu li a entrevista do Nolan. Ele realmente foi bem claro: No universo do seu Batman e de sua Gotham, NÃO EXISTEM super-heróis... foi criado um universo em separado. Ele mesmo dá entender que a franquia é anti-crossover.
Não tem outra interpretação.

Então, a entrevista me passa a sensação de que se aparecerem referências de outros heróis no próximo filme, será pela imposição do estúdio.


Só é realmente uma pena que tenha sido necessário que o próprio cineasta viesse a público dizer isto . Eu , no lugar dele , ficaria profundamente decepcionado em ver que , apesar do sucesso estrodoso de "TDK" , boa parte dos espectadores não compreenderam a proposta do longa . Ficaria desapontado de ver que , apesar de impecável e denso ao extremo , o filme não conseguiu se fazer claro o suficiente . à essa altura , eu estaria pensando :"onde foi que eu errei ?"[/quote'] REI DO CUCO, vc sabe a minha opinião. Acho q há um certo radicalismo em suas palavras.

 Se lêr a entrevista do Nolan na integra, fica bem claro as razões das reservas q o Nolan tem em relação a um possivel crossover.

 O medo dele inclusive tange mais as questões de BEGINS do q TDK. Segundo ele, se existissem outros super herois ANTES do Batman, Wayne não teria tomado a decisão de começar a sua cruzada do jeito q começou.

 Nada impede q outros venham a aparecer depois dos eventos de TDK, anulando o problema q o Nolan apontou. Tudo questão de planejamento.

 

 REI DO CUCO, respeito a sua opinião, mas com todo o respeito, vc não parece fazer o mesmo em relação aos outros. Só um toque, pois realmente o considero um amigo aqui no forum03

 

PS: O Nolan não é diretor de se sujeitar. Se na hora H, ele achar q não deve haver ligações, e o estudio insistir, ele não dirigira o 3º filme, e aí sim eu vou começar a achar q tem algo errado, pois para o Nolan não querer terminar a trilogia é q realmente atenta contra a mitologia do personagem.

 Mas espero e acho q  isso não vai ocorrer, e q tudo dara certo para o UDC cinematografico.

Valeu16
Link to post
Share on other sites

Eu apostaria num filme com Coringa, Arlequina e Talia Al Ghul.

 

Um dos focos do filme seria a relação Coringa - Arlequina, que pode ser dividida em 3 partes:

 

1ª - Quando o Coringa é internado em Arkham, a dra. Harleen Quinzel é designada para fazer o tratamento ou acompanhamento psicológico/psiquiátrico do Coringa. Essa primeira parte seriam cenas dos encontros da dra. Harleen com o Coringa, onde o príncipe palhaço faz uma "lavagem" na mente da moça gradativamente, ou seja, a dra. tem como função "tratar" o Coringa, mas é ele quem acaba "tratando" ela. Só que a ação do Coringa, em vez de enlouquecê-la, faz ela se apaixonar.

 

2ª - Harleen, apaixonada pelo Coringa, primeiro começa a ajudá-lo com fugas de Arkham. A polícia(Gordon) descobre que a doutora é quem está viabilizando as fugas do Coringa, então ela começa a ser procurada. Por causa disso, ela passa a se vestir como Arlequina, mas ainda nao tem esse nome. Ela entao tem que se afastar do Coringa, contra sua vontade. Acontece um terremoto em Gotham, e o Coringa escapa de Arkham. Ele vai até o local onde Harleen ficava(ela teria contado pra ele) e a encontra vestida de Arlequina, então a batizando com esse nome, Harley Quinn. Os dois passam a cometer muitos crimes juntos e voltam a causar o caos em Gotham.

 

3ª - A essa altura o Coringa já está apaixonado por Arlequina, sem perceber. Numa cena já no final, quando ele percebe um sentimento de paixão, fica como que louco e resolve fazer alguma coisa pra livrar-se desse sentimento, como algo do qual ele teria nojo. Então ele faz alguma maldade com ela, tipo deixar ele presa num lugar em chamas. Ele vai embora achando que a Arlequina morreria ali, mas ele nao sabe que logo depois aparece uma moça, Pamela Isley, que a salva. Pam Isley leva a Arlequina para sua casa, num lugar secreto, onde cultiva muitas plantas. Ela prefere tratar Arlequina com suas plantas do que levá-la a algum hospital. As plantas de Pam conferem imunidade a venenos para Arlequina, imunidade da qual Pam já disfruta. Fica a deixa pra o 4º filme, onde Pam viraria a Hera Venenosa, uma ecoterrorista(ótima idéia, gostei) ajudada por Arlequina, ainda apaixonada pelo Coringa, pois seu amor pelo palhaço é doentio.

 

Depois explico a relação Batman - Talia...

 

sds...  
Link to post
Share on other sites

   Questão , gostaria que vc me mostrasse onde foi que eu citei o teu nome acima e em que momento eu faltei com o respeito a alguém aqui . Simplesmente falei minha opnião e repito : aqueles que querem ver o resto do universo DC presente nos filmes de nolan , ainda que sejam apenas meras citações , o fazem porque , na minha opnião , não compreenderam ainda a plenitude do que Nolan e Goyer estão tentando passar desde "Batman Begins(algo que , se vc ler as entrevistas da época , verá que vai muuuuuuuuito além desta questão do batman ter sido o primeiro herói a existir) . Há um elefante cor-de-rosa bem no meio da sala e as pessoas fingem que não vêem .

Link to post
Share on other sites

 REI DO CUCO, me mostre vc onde eu disse q vc citou meu nome, brother. Oq eu quis dizer foi q vc foi incisivo demais em seu post, mesmo que seja a sua opinião, mas vamos deixar isso quieto.  REI, vc esqueceu do segundo Nolan em seu comentario. Goyer é bom, mas Jonathan Nolan é muito melhor.

 

 Mas por outro lado, podemos movimentar um pouco esse topico. Vou colocar a questão em itens para facilitar o debate.

 

1- O REALISMO: BEGINS e TDK são filmes que se fixam bastante no realismo, longe da fantasia dos filmes de Burton. O Batman inclusive tem um universo bem propicio para esse tipo de abordagem.

 Mas ao meu ver, BEGINS E TDK usam esse realismo de maneiras diferentes. Enquanto em BEGINS, ele esta mais presente no roteiro e seus detalhes, em TDK ele se faz mais presente na fotografia e no proprio clima da historia.

 

 Mas apesar de todos esses elementos, os dois filmes não podem ser classificados como realistas, pseudo realista seria o termo certo. Temos um cara que se veste de morcego para combater o crime, e um palhaço alucinado que consegue colocar a cidade de joelhos. Por mais que tudo isso esteja injetado com doses deliciosas de realismo, suspense e drama policial, ainda é pseudo realismo. A nuvem de morcegos em Begins, o Batpod que sai de dentro do Tumbler, o terno dividido do Duas caras, esses pequenos toques fantasticos mostram que o realismo não é uma amarra nessa franquia, mas um impulsor. Dito isso, não fica tão absurdo o Batman do Nolan se encontrar com o Superman. 

 

2- ESTÃO A ALTURA ?- A questão é, temos que ver como ficaram os outros filmes da DC. Porque não se pode inserir Lanterna verde e cia no mundo real? Porque eles tem poderes? Isso é cinema, onde podemos fazer tudo.

 

 O Batman de Nolan é mais realista, por estar inserido nesse contexto.

 Eu adoro o Batman, e suas historias sempre foram as minhas favoritas, mas  os outros herois tambem poderiam ter aventuras fantasticas em um mundo mais real. Pra isso dar certo, só é necessario planejamento. Claro que os personagens não podem ser descaracterizados, muitos temem um Superman sombrio, mas falamos de clima, contexto, não de personagem

 

3) E O NOLAN DIZ: Lí duas declarações do Nolan até hoje a respeito da relação Batman- Liga. No 1º, epoca das filmagens do filme do George Miller, ele simplesmente disse q faria o seu filme e Miller a dele. isso não demonstrava nada da opinião do diretor.

 Já á mais recente, ele deu uma unica razão, se existissem super herois, a decisão de Bruce Wayne de se tornar um simbolo perderia totalmente a força. Em nenhum momento, ele tocou no fator realismo. Até entendo a preocupação dele. o REI DO CUCO disse que ele já apresentou outras razões no passado, não tenho conhecimento disso, mas se quiser compartilhar conosco.

 Ainda falta saber as opiniões de Goyer e Jonathan Nolan. C. Nolan é o capitão do navio, mas a opinião desses dois ainda deve ser ouvida, e pelo visto, é algo que o capitão ouve com atenção.

 

Valeu16
Link to post
Share on other sites

     Concordo que J.Nolan seja melhor , meu camarada , só não creio que "Begins" e "TDK" sejam as melhores matérias-primas para se comparar isso , pois , ao menos para mim ; embora o segundo longa seja um pouco melhor do que o primeiro (devido às aulas de atuação de Ledger e Eckhart e ao rítmo alucinante da trama , embora todo o elenco , desde "Begins" , também tenha sido fora do comum) , "Batman Begins" apresenta um ritmo não tão acelerado (até porque a história não permite) , é verdade , porém com mais reviravoltas e surpresas de impacto do que "TDK" .

 

 

     Sobre a proposta desta franquia , meus amiquinhos , trata-se de algo público e notório que a idéia é aproximá-la ao máximo de nossa realidade . Tudo tem que funcionar , tudo tem que ter nexo (palavras de Nolan , Bale , erc ...) . Eu poderia escrever aqui , no mínimo , 20 declarações de diretor , produtores , elenco e roteiristas em que se lê nitidamente que esta série passa longe , muito longe do resto do universo DC e que a idéia é jamais tirar os pés do chão . Se querem torcer cegamente para que o estúdio ou qualquer outro fator os force a mudar a direção estabelecida nos dois longas , torçam , mas sem ignorar ou distorcer aquilo o que já se sabe , ou seja , tudo o que fora dito até o presente momento pelo pessoal envolvido e , principalmente , o que já foi testemunhado no cinema por 2 vezes . Nem os personagens fantásticos do universo do próprio herói os caras querem utilizar (Morcego-Humano , Cara-de-Barro , Solomon , etc ...) , imaginem então os coloridinhos voadores de outros planetas ... O que dizer então da série do Robin ?
Link to post
Share on other sites

Seriado de TV do Robin não vai mais acontecer

Presidente da WB diz que "conceito não se encaixa na estratégia atual para a franquia Batman"

07/11/2008

Há pouco mais de um mês, a rede The CW anunciou o seriado The Graysons, sobre a família do primeiro Robin, nos moldes de Smallville. Agora informa que a idéia não vai mais acontecer.

Em um comunicado nesta manhã, Jeff Robinov, presidente da Warner Bros. Pictures Group, disse que "o estúdio optou por não seguir adiante com o desenvolvimento de The Graysons no momento, porque o conceito não se encaixa na estratégia atual para a franquia Batman". Segundo uma fonte da Variety, o cineasta Christopher Nolan se sentiu desconfortável por ter uma série de Batman no ar enquanto ele toca os filmes do Morcego, mas a decisão de puxar a tomada foi toda de Robinov.

Pelo visto, o CW, ávido para encontrar um substituto para Smallville, comprou na hora o peixe dos produtores Kelly Souders, Brian Peterson e McG. Daí a decisão circulou pela alta cúpula da WB e viram que não dá pra arriscar a marca de Batman com uma idéia dessas. O CW já não tem seriados teens hormonais o suficiente?

Se houve um incômodo em relação à uma série que não teria qualquer relação com os filmes (embora pertença ao cenário do morcego), levando ao seu cancelamento , creio que isso ponha um basta na discussão a respeito do universo de Nolan permanecer com os pés no chão ou não . Ao menos para mim , está mais do que claro que não teremos um terceiro Batman mais "fantasioso(embora "TDK" e "Begins" já tenham sido mais do que suficientes para me convencer da proposta do diretor)" . Repito o que já venho dizendo há algum tempo : Se personagens fantásticos do próprio universo do morcego já foram descartados por J.Nolan e Goyer , arrematando , de uma vez por todas , com o Robin , fica a certeza absoluta de que , felizmente , Batman continuará "Batman" . Que venha , então , outro excelente "épico policial" !
Link to post
Share on other sites

Pessoal, acabei de dar uma olhada no Batman-on-film (by Google Tradutor) e o autor diz ter recebido ontem um email de um de seus contatos que está atualmente trabalhando com pessoas que fizeram parte da produção de TDK e comentaram que os escritórios para a sequência devem ser abertos em fevereiro.

 

Será? O hype aqui já está altíssimo !!!
Link to post
Share on other sites

 Um comentario de Robert Downey JR sobre os VINGADORES, que cabe perfeitamente no debate que estavamos tendo sobre Batman e o UDC.

 

Se a gente não fizer esse filme dos Vingadores direito, com certeza vai ficar uma m*", disse o ator à MTV. "Precisa ser a coroação do que a Marvel fez de melhor [no cinema], porque será a coisa mais difícil de realizar direito. Já é difícil acertar a mão com apenas um herói..."

"O meu trabalho é manter meu lado da calçada limpo. Porque há o perigo que corremos de colidir esses mundos. Jon [Favreau, diretor de Homem de Ferro] esteve sempre certo de que Homem de Ferro deveria ser ambientado em um mundo realista. Nada do que aconteceu no filme esteve fora do mundo de possibilidades reais. Uma vez que se começa a falar em Valhalla, soldados bombados e gigantes verdes isso envolve muito mais discussão", diz.

Link to post
Share on other sites

achar que super herois poderosos, de história superficial, fantasiosos e bla bla bla podem entrar no mundo do Nolan é querer ridicularizar a trama que o Nolan vem fazendo com o Batman!

 

A filosofia dos filmes do Batman está sendo uma completamente oposta da direção que filmes super heroicos por própria natureza toma. Seria completamente desconexo e ignobio
Link to post
Share on other sites

Pessoal saiu no MdM:

 

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Pois é, macacada... O conceituado site gringo sobre quadrinhos, Newsarama, divulgou hoje a sua lista (top Ten) acerca dos melhores filmes baseados em HQs já feitos até hoje...

Confiram aí o resultado apurado pelos cabras:

10) Marcas da Violência: O filme de 2005 com Viggo Mortensen (o Aragorn) e David Cronemberg na direção adapta uma graphic novel pouco conhecida da Paradox... O filme mostra um ex-criminoso (violentíssimo) tentando deixar todo o seu passado pra trás e viver pacificamente numa pacata cidadzinha de Miracema do Norte... Até que um dia ele reage a um assalto e vira notícia na cidade e seu passado volta pra assombrá-lo.

09) Batman: Filme de Tim Burton feito em 1989... O Hype desse filme apagou-se um pouco depois dos dois últimos filmes do Batman, mas Burton com certeza marcou época com um belo filme. Estética apurada, trilha sonora marcante, um surpreendente (e desacreditado) Michael Keaton no papel principal e ninguém menos que Jack Nicholson interpretando de forma sensacional o Coringa.

08) Homens de Preto: Filme de 1997 com Will Smith e Tommy Lee Jones... Esse foi o filme que mostrou aos grandes estúdios que as possibilidades cinematográficas dos quadrinhos não se limitavam a histórias de super-heróis. Divertidíssimo e com uma química perfeita entre os seus protagonistas.

07) X-Men 2: Sob a batuta de Bryan Singer a segunda aventura dos mutunas chegou aos cinemas em 2003... E se existe uma regra que diz que seqüências de filmes, adaptados a partir de outros meios de comunicação, se saem melhor do que o original, "X2" pode ser o filme que define essa regra. A cena da luta de Wolverine contra os soldados de Stryker e do Noturno invadindo a Casa Branca estão entre as melhores do cinema de ação de todos os tempos.

06) 300: Filme de Zack Snyder de 2006 que adaptava a HQ de mesmo nome de Frank Miller... "300" será lembrado por seu uso inovador da tecnologia de tela verde para se criar cenários totalmente virtuais que irá, provavelmente, revelar-se altamente utilizável durante os próximos vários anos. Tá certo que Capitão Sky e Sin City já usavam o mesmo recurso, mas nenhum dos dois filmes anteriores chegou ao nível de sucesso (e bilheteria) de 300.

05) Superman: O clássico de Richard Donner feito em 1978... O pioneiro, Superman foi o primeiro filme de super-heróis do cinema moderno, inovador... Se os efeitos especiais nos parecem datados vistos hoje em dia o mesmo não se pode dizer da trilha sonora de John Williams, que imortalizou o herói nas telonas.

04) Homem-Aranha 2: Sam Raimi nos trouxe em 2004.. .Assim como X-Men, o Aranha foi muito mais feliz no seu segundo filme, e muito por não precisar mais perder tempo explicando e contextualizando personagens e origens... Filme ágil e empolgante com um vilão melhor que o primeiro, principalmente pela ótima interpretação de Alfred Molina (que não usava máscara).

03) Batman - O Cavaleiro das Trevas: de Christopher Nolan em 2008... Este é talvez um dos melhores filmes baseados em HQ de todos os tempos, muitos dirão que ele deveria ser o primeiro do top, mas explicaremos nossas razões... Destaque pra Heath Ledger como o Coringa, Nicholson fez um ótimo Coringa, mas ainda tinha muito de Nicholson nele, Ledger simplesmente desapareceu pra dar lugar ao Coringa definitivo.

 

02) Homem de Ferro: De Jon Favreau em 2008... Seria fácil explicar o sucesso desse filme usando apenas as palavras "Rober Downey Jr.", mas seria injusto creditar tudo a ele (e sua impecável atuuação). Jon Favreau conseguiu algo quase impossível, pegar um personagem não muito conhecido do grande público e fazer um filme ótimo e pra todas as idades... Homem de Ferro agrada não só o fã das HQs, mas também a criança, o pai e a mãe que o levam ao cinema.

01) Batman Begins: de Christopher Nolan em 2005... O filme arrecadou menos do que sua continuação, e é até mesmo inferior a ele em quase tudo que pode ser comparado, menos em uma coisa... A INOVAÇÃO!

Batman Begins mostrou a todos que um filme sobre um personagem de HQ não precisava se ater apenas ao que se via nas HQs, e poderia ser uma experiência cinematográfica muito mais ampla. O grande trunfo do filme: o Batman aparece só depois de uma hora transcorrida e mesmo assim o filme não perde a empolgação e o interesse por nenhum momento.

Concordo com o primeiro lugar para Begins sem dúvida é um marco das adaptações, sendo que, como o prório David Goyer diz nos extras do DVD, foi a primeira vez que a origem de Batman foi tratada de uma forma mais elaborada.

Particularmente, acho que o primeiro ato do filme (da briga na prisão e o encontro com Ra's até a chegada do Alfred no jato) é quase irretocável, faltando apenas mais alguns minutos mostrando mais do treinamento ninja (o arremesso de shurikens visando alvos múltiplos, por exemplo) para beirar a perfeição.

 

Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

Announcements


×
×
  • Create New...