Jump to content
Forum Cinema em Cena
joao_spider

The Dark Knight Rises (2012)

Qual seria o melhor vilão para a continuação de TDK?  

87 members have voted

  1. 1. Qual seria o melhor vilão para a continuação de TDK?

    • Mulher-Gato
      26
    • Pinguim
      13
    • Charada
      26
    • Mr.Freeze
      1
    • Hera Venenosa
      2
    • Duas-Caras
      8
    • Bane
      9
    • Chapeleiro Louco
      0
    • Cara de Barro
      1
    • Morcego Humano
      2
    • Rei do Cuco
      1


Recommended Posts

Não sei porque o povo gosta tanto da Mulher-Gato. Acho a personagem extremamente fantasiosa para o universo Nolan.
Aqui vai uma dica' date=' Indiana Jones: leia a HQ "Batman - ano um".[/quote']

 

Eu queria muito que a Mulher-Gato fosse retratada no filme  nesta versão de Frank Miller. É exatamente como imaginei que ela se encaixaria no universo de Nolan, mesmo sem nunca ter lido a hq ou mesmo soubesse dessa história.

Share this post


Link to post
Share on other sites

1) A Mulher Gato deve ser a personagem menos fantasiosa do universo do Batman (uma ladra habilidosa, mas sem super poderes);

 

2) O Crocodilo, sim, é fantasioso pacas e qualquer desculpa para torná-lo "realista" serial altamente tosca. Aposto um pirulito que ele nem sequer está passando pela cabeça do Nolan;

 

3) Muito interessante a idéia do Pinguim surgir para ocupar o espaço deixado pelos mafiosos de Gothan. O seu assassino contratado e pseudo-novo-vigilante de Gotham poderia ser o Exterminador:

 

300px-Deathstroke.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

   Não acho que ele seria fantasioso não , Bell . Tudo depende da versão do Crocodilo a ser apresentada . Se for a do jogo de Playstation , aí sijm teríamos algo pra lá de fantasioso . Existem inúmeras doenças raríssimas que deixam as pessoas com um aspecto monstruoso .

 

   Exemplos :

 

 

 

 

 

                                                    

 

 

 

 

 

 

      Se vc reparar direitinho , as origens do Crocodilo (ao menos na versão "Animated Series") trazem , inclusive , um drama que acompanha a vida da maioria dessas pessoas : ser obrigado por sua condição física a se tornar espetáculo de circo para obter algum sustento . A única fantasia na apresentação do Crocodilo ao cinema , portanto , seria o fato dele possuir uma anomalia como essas , porém tendo uma saúde de ferro e uma força fora do comum (mas aí prcisamos lembrar de que se trata de uma adaptação de quadrinhos por mais "realista" que a mesma se proponha a ser) .

 

      E não nos esqueçamos de que , na edição especial "Coringa" , Lee Bermejo conseguiu desenvolver uma aparência ao Crocodilo que de maneira alguma o deixou fantasioso , muito pelo contrário . 
Rei do cuco2010-10-09 23:20:14

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 Oq o Mark Millar diz não se escreve, vide toda a sua boataria a respeito do Superman. Não é só pq vão filmar na Lousiana q significa que vai ter o Crocodilo.

 

 Por outro lado, me incomoda esse "medo" que as pessoas tem de elementos "fantasiosos" na franquia Batman. A franquia apesar de seu "clima" pseudo realista, pertence naturalmente ao fantastico, já que temos um maluco vestido de morcego andando por ai.

 

Alguns elementos "fantasiosos" se bem empregados, seriam muito bem vindos. Pessoalmente acho que no momento em que o realismo deixa de ser um impulsor para ser um limitador, ele deixa de valer a pena.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

até agora o realismo que foi posto nos fimes do Batman do Nolan ....na minha opinião foi na medida certa.....não gosto de filmes muito fantasiosos....mentirosos.....

 

Alguns elementos "fantasiosos" se bem empregados, seriam muito bem

vindos. Pessoalmente acho que no momento em que o realismo deixa de ser

um impulsor para ser um limitador, ele deixa de valer a pena.

 

concordo....mas é dificil de se ver um diretor colocando elementos ''fantasiosos'' em seus filmes.....sem parecer forçado d+

 

Tulkas2010-10-10 22:56:18

Share this post


Link to post
Share on other sites

   Concordo , Tulkas . Por mais realista que seja um determinado longa (ainda que seja baseado em fatos reais) , ele é sempre fantasia . Agora , não é por isso que não podemos usar de bom senso na hora de adequarmos cada um ao seu quadrado . "Operação França" é uma ficção policial (uma fantasia , portanto) , mas nem por isso vemos alienígenas montados num disco voador durante sua famosa perseguição . "Fúria de Titãs" dispensa comentários quanto à seu conteúdo mitológico , porém dentro da realidade proposta ali , por mais fantástica que ela seja , não vemos andróides ou um T-1000 caçando Perseu e cia (inclusive , alguém ligado à sua produção já declarou que pretendem tornar o próximo mais realista . Isso significa que não haverá mais seres mitológicos na parada ? De forma nenhuma . Contudo , certamente o desenvolvimento da trama , dos personagens e aplicação dos elementos aventurescos estarão mais , digamos , sólidos) . Resumindo : fantasia sempre existe . O que se deve é saber dosar e encaixar a medida certa à cada narrativa .

Share this post


Link to post
Share on other sites

pois eh.....um exemplo.....no filme Missão Impossivel 2.....do diretor John Woo

 

tem uma cena perto final do filme....que é ridicula....de tão mentirosa que é....

 

voce sabe que o personagem Ethan Hunt....é um agente especial....que recebeu treinamento....luta como ninguem....anda de Moto, Carro e tudo no mundo.....ate ae tudo bem.......mas no momento quando ele consegue desafiar até as leis da Fisica ....ae já é d+....

 

na cena final ele ta lutando contra o vilão lá.......ele dá um chute em um revolver que está parado no chao....o revolver sobe reto.....ele pega com a mão e atira no vilão......pqp.....

 

se você colocasse nessa cena....o cara colocando o pé de baixo da arma...e depois levantando-a com o pé....a cena teria o mesmo efeito plasticamente falando.......e não iria parecer tão ridiculo como foi.....

 

até hj...o Junior( jogador de futebol) ta sentindo inveja do Ethan Hunt....o cara levantou o revolver com um chute.....até com uma bola é impossivel de se levantar de forma reta......os jogadores de futebol de areia coloca o pé embaixo e levanta

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O Nolan saberá encaixar o Crocodilo no seu universo real...e nem seria assim tão difícil não. 

Um bandido perebento ué 06

 

 

Exatamente. 06

 

Um exemplo...assistam o Grey's Anatomy S07E03...que mostra um caso raro de verrugas (pelo menos assim é citada no episódio), que deixa o cara com o rosto todo espinhento (!!!) e seus braços e mãos parecidos com uma árvore.

Mais ou menos o citado ali naqueles links...é BEM fácil encaixar o Crocodilo numa doença dessas e pronto. 06

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Concordo que todo filme seja uma fantasia. Mas nem todo filme pertence ao chamado "cinema fantastico". E por mais "realista" q os filmes do Nolan pareçam ser, BEGINS e TDK são sim filmes pertencentes ao "cinema fantastico".

 

 Por isso me irrita um pouco este "medo" de elementos fantasticos nos filmes do Batman, já que a essencia da historia é por si só fantastica. Eu não me incomodaria por exemplo d ver o Morcego Humano na trama. Dane-se se ele não é realista, pois ele faz sim parte do universo do Batman, que por mais que tente se parecer com o universo realista, não o é. Trata-se sim de um universo fantastico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

    É , o exemplo do Morcego-Humano foi bem aplicado e , se bem executado , não desrespeitaria às idéias e opções de Nolan por uma linha narrativa mais sóbria (a coisa envolveria ciência e recursos que já existem no mundo real , conforme já admitiu a sociedade científica moderna) . Antes do lançamento de "TDK" , por exemplo , alguém disse que seria bacana termos o Coringa torturando o Batman como cobaia para testes com a fórmula do Morcego-Humano - algo como as sequências de tortura vistas na mini-série "O Promotor e o Monstro" - o que ficaria bacana . Confesso que não me recordo agora , mas alguém aqui já deve ter visto algum filme com monstro onde a presença do mesmo não retire o chão da trama) , mas o mesmo eu não diria se vc tivesse citado o Solomon Grundy (fator distoante na maravilhosa "O Longo Dia das Bruxas") ou Superman . Independente de pertencer ao cinema "A" ou "B" , na minha visão o que importa é respeitar a realidade proposta na própria narrativa . Se no filme do Superman o herói for incapaz de erguer um ônibus , este estará distorcendo a realidade proposta ali , entende ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu não sou totalmente contra a elementos fantasiosos nas histórias do Batman. Mas o fato é que os filmes de Nolan já definiram um certo tom de realismo e de repente colocar elementos forçadamente de ficção científica, destoaria totalmente do que já foi exposto e proposto nos 2 filmes anteriores.

 

E tentar encaixar personagens fantasiosos de forma realista, ficaria tosco, como por exemplo 'um assassino com anomalia na pele', quando a idéia de um "mutante" seria bem mais interessante, mas destoante do universo de Nolan.

 

Mas o universo do Batman (e não o de Nolan) tem tantos vilões fascinantes que não são fantasiosos nem aberrações, que não vejo a necessidade de usar estes últimos no cinema enquanto Nolan estiver a frente da franquia.
Alexander_Bell2010-10-11 22:56:20

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 Entendo e concordo com tudo oq disse BELL. A questão é qu não podemos confundir lógica filmica com lógica de franquia.

 

 Quando você estabelece as regras de um filme, deve-se segui-las inquebravelmente até o final. Mas quando estamos falando d uma franquia, temos que estar cientes q as regras podem mudar d filme para filme. A questão é saber se esta mudança condiz com o personagem, e saber fazer tal transição.

 

 Ok, o Nolan estabeleceu este tom de realidade em seus filmes. Mas ele não vai ficar nesta franquia para sempre. Pra mim, uma das belezas do subgenero "filme de super heroi" e especialmente no caso do Batman, é que pode-se abordar diversos subgeneros, como thriler politico, policial, ficção cientifica, filme de ninja, e por ai vai.

 

 Quer dizer q se um diretor quiser abordar o lado da ficção cientifica presente no universo do Batman, ou talvez até mesmo querer abordar o lado do thriller sobrenatural tambem presente nas tramas do Batman, não vai poder pq o Nolan estabeleceu um suposto ambiente realista em sua trilogia? Vai ter q fazer um reboot pra não "manchar" a trilogia sagrada do Nolan? Faça-me um favor.

 

 Em suas ultimas declarações, Nolan parece mesmo estar começando a ver sua participação na franquia Batman como "Coisa D Autor", e não é por ai.

 

 Ele pode fazer bons, e até otimos filmes dentro da franquia. O melhor filme da franquia é dele (A prata pra mim fica com BATMAN RETURNS do Burton).

 

 Mas Nolan não pode achar q é Spielberg com Indiana Jones ou Copolla com os Corleone. Um outro cineasta pode querer dar outro enfoque aos filmes sem necessariamente ter q dar outro Reboot na série. Tenho tido a impressão q esta se criando um concenso q a franquia criada pelo Nolan, não pode seguir sem ele, e correndo o risco d ser redundante, não é por ai.

 

 

 

Valeu16

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só lembrando ,quando a gente discutia uma forma de inserir o Coringa no universo realista de Batman Begins, também se discutiu aqui a "explicação" de doença que deixa a pessoa branca e não usar o famoso tanque de ácido de jeito nenhum.

 

Quando fomos ver TDK ,o Nolan praticamente escolheu "explicar" isso da maneira mais simples ainda,"maquiagem de guerra" em uma fala de um dos comparsas e nada mais!Sem tanque,sem doença,sem digitais,sem historinha triste que o levou a ser o Coringa. Resolveu perder menos tempo em explicação em si do que originou o personagem e sim na trama complexa que envolvia Gothan. Aliás os únicos dois "personagens" que o Nolan resolveu perder tempo explicando foi justamente o Batman e Gothan em si.

 

Ai me veio à mente isso de doença pra explicar o Croc, acho que o Nolan nem detalharia isso não...se quisesse colocar o pesonagem simplesmente maneraria na maquiafgem dele ,ele seria basicamente um cara fortão com uma cara que lembraria alguma visão reptiliana(bem Tẽnue) e pronto.

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Quem já viu o fanfilm "Mortal Kombat Rebirth" tem uma idéia do que pode ser feito para explicar o Crocodilo.

 

No fanfilm em questão, usam uma doença rara para explicar o Reptile:

 

cidra2010-10-12 18:34:29

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 Não é dificil explicar. Usa a mesma explicação dos quadrinhos, usando meramente sete palavras do roteiro. "Ele tem uma doença rara de pele".  Pronto, acabou. Q doença é essa? não importa. Ela existe? Importa menos ainda. 

 

É preciso mais alguma explicação alem desta?
Questão2010-10-12 18:55:15

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Tom Hardy será um dos vilões do filme - 13/10/2010 15:23

 

Chris Nolan irá reciclar seu elenco mais uma vez. O diretor é conhecido por trabalhar com os mesmos atores e repeti-los em várias produções.

 

 

 

De acordo com o Deadline New York' date=' Nolan já escalou Tom Hardy para um papel em Batman 3. Eles trabalharam juntos em A Origem.

 

 

 

Ainda não se sabe quem ele irá interpretar, mas cogita-se que seja um dos vilões. A última informação a respeito do roteiro do filme dava conta de que haverá mais de um vilão no filme, possivelmente o Charada, o Pinguim e a Mulher-Gato.

 

 

 

A produção do longa começa no ano que vem, e o longa será lançado em julho de 2012.[/quote']

Share this post


Link to post
Share on other sites

Questão disse : Quer dizer q se um diretor quiser abordar o lado da ficção cientifica presente no universo do Batman, ou talvez até mesmo querer abordar o lado do thriller sobrenatural tambem presente nas tramas do Batman, não vai poder pq o Nolan estabeleceu um suposto ambiente realista em sua trilogia? Vai ter q fazer um reboot pra não "manchar" a trilogia sagrada do Nolan? Faça-me um favor.

 

 

Bom , sobre a ficção científica , não podemos dizer que , de uma certa forma , ela não venha sendo abordada por Nolan (embora eu entenda que vc esteja falando de algo mais fantástico e escancarado , como o Cara de Barro ou o próprio Morcego Humano) .

Agora , quando se fala a respeito de um thriller sobrenatural , aí a coisa já fica mais delicada , pois contos com esta tônica são muito pontuais . Temos os excelentes "Um Conto de Batman - Gothic" , "A Charada Mortal" , "Asilo Arkhan-Os Subterrâneos da Loucura(este , não tão excelente assim)" , porém se repararmos direitinho ; todos com um toque sobrenatural quase que subliminar (nada como Motoqueiro Fantasma ou Spawn) , afinal , o Batman que temos visto nos cinemas não é tão "nolânico" quanto se pensa . O herói , tanto em sua concepção , quanto na esmagadora maioria daquilo o que já foi feito com ele nas HQ's - não deixa de ter um pé muito mais na realidade do que seus companheiros de DC . O herói que a maioria dos fãs sempre quis ver nos cinemas é o Batman de "Ano Um" , de "Cavaleiro das Trevas" , de "Asilo Arkham" , de "A Piada Mortal" , de "Animated Series" , de "Detective Comics" enfim , Nolan não criou nada , apenas bebeu dos grandes sucessos que contribuíram para a construção do universo de Batman ao longo das décadas dando prioridade ao material que prevalece tanto em quantidade , quanto em qualidade (pois o melhor que já foi feito com ele nunca se afastou demais da tônica "thriller policial" . Da revolução iniciada por Dennis O'Neill e Neal Adams , e culminando em Frank Miller , teremos matéria-prima que , caso seja apagada do tempo ; a única coisa que resta para contemplar em carne e osso são os seriados hilários de antigamente e as pérolas do Schumacher) .

 E , não creio nem que a questão seja machar a trilogia sagrada do Nolan (que , ao menos nos dois que já foram feitos , vem merecendo o título) , e sim cuidar para que erros do passado não se repitam no futuro . Além do que , ficaria bem esquisito dentro de uma mesma franquia termos uma abordagem muito diferente do que já vem sendo feita . Já que a Warner cansou de dizer que pretende explorar um a um os diferentes universos de seus heróis sem misturá-los , mas sim podendo compor tramas completamente distintas em estilo e narativa de maneira a agradar a todos , então deixemos Batman com a ação policial e o mistério que já estão enraizados no personagem tanto nas HQ's , quanto na atual franquia ; e passemos a ficção científica fantástica e o sobrenatural para os demais heróis da editora (quase todos) , afinal , tornar o diferente- igual-seria um erro grotesco .

 

 

 

 

Zombie disse : Quando fomos ver TDK ,o Nolan praticamente escolheu "explicar" isso da maneira mais simples ainda,"maquiagem de guerra" em uma fala de um dos comparsas e nada mais!Sem tanque,sem doença,sem digitais,sem historinha triste que o levou a ser o Coringa. Resolveu perder menos tempo em explicação em si do que originou o personagem e sim na trama complexa que envolvia Gothan. Aliás os únicos dois "personagens" que o Nolan resolveu perder tempo explicando foi justamente o Batman e Gothan em si.

 

Pois é , e o mesmo se deu com Harvey Dent ao ocultar seus traumas e sua relação com seu pai .   
 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 REI DO CUCO, o Batman sempre foi um heroi policial sim, mas ficção cientifica fantastica, thriller sobrenatural, thriller politico e por ai vai, fazem parte deste universo, e sempre coexistiram bem.

 

 O Nolan realmente não criou nada, só bebeu na fonte q já existia. Muito justo. Mas só pq a DC anunciou q  não tem intenção d unificar seu universo (E Vejamos se eles mantem o discurso no caso de VINGADORES triunfar) isso limita um cineasta q queira trabalhar com aspectos mais fantasticos do universo do Batman depois da saida do Nolan?

 

 REI DO CUCO, seria estranho se numa franqua longa (como eu espero q seja o Batman) não tivesse uma mudança de abordagem, isso sim. Eu gosto de ação policial envolvendo gangsters como tivemos nos dois primeiros, e provavelmente no 3º, mas oq eu não entendo é pq se limitar a isto? Pq não podemos ter boas tramas com o Batman interagindo com ficção cientifica fantastica? Pq não podemos ter boas tramas com o Batman interagindo com o sobrenatural?

 

 Faz parte do universo do morcego sim. Bons escritores como Alan Grant, Dennis O'neil, Ed Brubaker, e porai vai, exploraram estes aspectos.

 

 Nolan não criou um universo realista para o Batman, como vc bem disse REI DO CUCO. Ele simplesmente escolheu filmar a parte do universo do Batman que lhe interessava. Pq um outro cineasta não poderia filmar outra parte sem ter q filmar um reboot? franquias mudam de abordagem. E digo e repito uma coisa q parece não ter sido descoberta, a beleza d uma franquia dentro desse sub genero "filme de super heroi", é que pode sim se explorar diversos generos dentro de uma mesma franquia.

 

 Situação semelhante acontece na franquia HOMEM DE FERRO. Todo mundo diz: "Ah, o Mandarim não pode envolver magia, por que o universo q construimos é tecologico". Q papo besta! Eu acredito q esse genero "Super Heroi", deve ter uma lógica d franquia flexivel. Roteiristas criativos servem pra isto.

 

 Espero ter me feito entender, e desculpe pela falta de sintese.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×
×
  • Create New...