Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2008: Previsões


studioworks
 Share

Recommended Posts

Vi Sangue Negro. Realmente excelente, poderoso. Cenas tão intensas que não saem da minha cabeça. Day-Lewis está grandioso do primeiro ao último minuto.10

Sobre Paul Dano, mesmo achando sua atuação um tanto exagerada na última cena, ele está ótimo, principalmente na primeira oração na igreja e na discussão com o pai. Esse tem um futuro muito promissor.
Link to comment
Share on other sites

SURPRESAAAA ... as surpresas provaveis e nao-surpreendentes do Oscar. É anual. Tem sempre alguma.

 

Acredito em uma boa surpresa em Roteiro Original. Se Ratatouille vencer animação é bem provável que leve esse também. Juno? As vezes penso que locked demais. Porque nao Michael Clayton ?

 

Juno 40%

Michael Clayton 35%

Ratatouille 25%

 

 

A categoria de atriz também tá bem zicada, não desacredito que nem talvez Blanchett seja premiada aqui e não em Coadjuvante. Dificil, mas bem pouco IMPROVÁVEL.

 

Christie 30%

Cottilard 29%

Page 21%

Blanchett 20%

Linney 0%

 

Maquiagem?

 

Norbit 90%

 

Direção

 

Coen 60%

Anderson 40%

 

Filme

 

Country 65%

Blood 35% 
Faéu2008-02-20 19:49:38
Link to comment
Share on other sites

Na verdade' date=' eu acho que esse é o ponto da interpretação de Swinton, ela faz uma advogada que é confrontada com a falta de integridade de seu cliente e é forçada a corromper sua moral para defender seu emprego. Na verdade, no filme, ela tinha acabado de conseguir aquele emprego, não?
[/quote']

 

nope, ela já trabalhava lá a anos e na verdade o problema não seria nem a interpretação da swinton em si, e sim o script q deram pra ela seguir e compôr aquele personagem, o problema então a meu ver é um problema de lógica do roteiro, assim, o q eu quero dizer é q sendo advogada a tanto tempo dentro da u-north e tendo q resolver um caso daquela magnitude q se arrastava a anos, onde o herbicida q eles produziam adoentou, matou de câncer centenas de pessoas, e claro q isso era algo do total conhecimento dela, agora COMO uma empresa daquele porte, iria deixar no comando de um caso tão delicado como esse, q envolve milhões em ações judiciárias, uma mulher completamente insegura como ela? escolheram uma mulher como aquela cheio de escrúpulos pra ser a advogada do diabo deles? pelo amor, né? tinha q ter sido um camarada no mínimo do nível de picaretagem, como o 171 do plainview! quer dizer, se já estivesse um pouco abaixo dele, já estaria de ótimo tamanho! 06 e o pior de tudo é q pessoas assim é o q mais tem dentro da 'classe de advogados' ou corja melhor dizendo
Link to comment
Share on other sites

É' date=' atriz coadjuvante está bem aberto, praticamente qualquer uma pode levar o caneco. Até a Ronan. [/quote']

 

por conta da blanchett já ter vencido recentemente como coadjuvante, a q eu mais torço é a ronan, a melhor coisa do filme, mas tô achando q vai dar a dee mesmo 12

 

.

.

.

 

eu já acho a swinton tão superestimada ... ela parece mais uma estagiária insegura em seu primeiro dia de emprego, e não a principal advogada de uma grande corporação

 

HAHAHAHAHA que comentário imbecil. Por favor, a atuação de Swinton é uma das melhores do ano. É claro que eu não posso esperar que alguém com o seu intelecto consiga compreender o fenomenal trabalho de composição da atriz. Pelo seu comentário, aliás, parece que você não entendeu mesmo o filme... mas pelo menos não faça comentários tão ridículos!!

 

sempre tem algum engraçadinho com conta fantasma querendo descontar a raiva em alguém pq descobriu q a mulher o estava corneando ... MODERAÇÃO, please!
Link to comment
Share on other sites

SPOILER ALERT!!!

 

Ok, faz tempo que eu vi o filme, então agora eu não sei se eu me lembro das cenas direito. No começo ela não está sendo entrevistada na TV por ter acabado de conseguir aquele emprego? E depois não tem uma cena dela descobrindo o relatório, logo ela não teria conhecimento das implicações do cliente?

 

 

Link to comment
Share on other sites

SPOILER ALERT!!!

Ok' date=' faz tempo que eu vi o filme, então agora eu não sei se eu me lembro das cenas direito. No começo ela não está sendo entrevistada na TV por ter acabado de conseguir aquele emprego? E depois não tem uma cena dela descobrindo o relatório, logo ela não teria conhecimento das implicações do cliente?
[/quote']

 

 isso q vc está falando é logo no começo do filme, ela está dando uma entrevista para um canal de televisão, e não dando uma entrevista pra conseguir um emprego, hehe ... e sobre o relatório, ela sempre soube de seu conteúdo, por isso q estava preocupada com todo aquele desiquilibrio causado pelo wilkinson (q tb era um advogado importante da empresa) por ele ter descoberto a verdade, e ter sido subornado pra calar a boca, portanto ele ao mesmo tempo teve um enorme peso na consciência por defender durante tanto tempo uma empresa daquelas, misturado com o fato dele ter parado de tomar medicamentos por possuir uma doença, algum tipo de transtorno, e foi por isso ele dizia sou shiva, o deus da morte, o mesmo dito por michael no final do filme 

Link to comment
Share on other sites

 

A gente tava falando da música de Once, hoje apareceu este post no The Screengrab:

 

"Once"'s Happy Ending

Posted

by

Phil Nugent

 

 

PH2008021500816.jpg

One of the sweetest success stories of the past year is the one behind
,

starring Glen Hansard and Marketa Irglova, a couple of musicians who,

as reporter J. Freedom du Lac puts it, had "exactly one combined acting

credit between them" when Carney coaxed them into starring in the

picture, which was already built around the songs they'd written

together. (Originally the male lead was to be played by Cillian Murphy;

after Murphy dropped out, Carney had to talk a blue streak to convince

Hansard, who had appeared on-screen more than fifteen years earlier to

play a bass player in Alan Parker's
The Commitments
and hated

the experience, to step in front of a camera again. The movie, which

was made for $150,000, was not supposed to be a big deal. Now that it

is, Carney and his stars are learning about the perils of getting what

you wish for but never really expected to get. "I've been terrified by

the reaction," says Hansard, a year or so into a steady stream of happy

festival responses and rave reviews and top-ten lists and, now, award

nominations. "The film is too small to withstand this kind of praise.

It looks like it was shot on a mobile phone. And people see it and they

think there's something wrong with the sound in the cinema. But that's

just the way it sounds!"

 

Hansard and Irglova were at the

Grammys recently, were they were up for two awards but didn't get any.

Next Sunday, they'll be at the Academy Awards show, to perform their

nominated song "Falling Slowly." In the movie, it's a gently throbbing

ache of a moment between a couple of people who might be perfect for

each other but aren't fated to get together. In real life, things

worked out a little more cozily. "About the third day in," Hansard

recalls of the shoot, "John started predicting that we'd get together.

. . He kept joking and calling us his Bogart and Bacall. . . And after

filming, Fox Searchlight put us in a tour bus together, and it just

felt natural. We graduated from a feeling to this. It made sense." It

wasn't their first meeting; Hansard, who's thirty-seven, and Irglova,

who's nineteen, have known each other since he was thirty and she was

thirteen. (Go ahead, go
ewwwwwww!
if you need to. By all

means, get it out of your system.) Irglov, whose father was a promoter

for Hansard's old band the Frames when they played in her native

Czechoslovakia, says now, "I always felt a very strong connection with

him, but it never came up because it was never going to happen. There

was no point in trying to dream about it. But it's not like I just

realized this last year that I have strong feelings for Glen." They now

live together in Dublim. Between awards show appearances.

 

Eles perderam o Grammy para Dreamgirls, por sinal.

thalesgn2008-02-20 21:17:22

Link to comment
Share on other sites

Puts, que saco!12 Once é uma das coisas mais lindas de 2007.

 

Eu não achei a Tilda uma estagiária não. Pelo contrário. Você nota como ela se mostra confiante na frente dos outros... mas quando está sozinha é totalmente insegura. O que' date=' na verdade, acontece freqüentemente nas pessoas comuns. [/quote']

 

Concordo, Veras.
Link to comment
Share on other sites

Sim.. eu ouvi todas as indicadas. Realmente a Falling Slowly é muito bonita... mas como não vi o filme, não posso falar muito. A outra música é um saco 06. Então podemos dizer que o Oscar ou vai pra Encantada ou pra Once. rsrs

 

Brincando... Disse certo quem falou aí que Oscar de Melhor Canção nunca tem dono. A única que ganhou e todos já esperavam é My Heart Will Go One. 06

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

FeCamargo' date=' ainda tenho muitos filmes para ver:

 

Eastern Promises (pretendo ver em breve)

In the Valley of Elah

Charlie Wilson's War

Into the Wild

I'm Not There

Gone Baby Gone

The Diving Bell and the Butterfly

Across the Universe

Elizabeth - The Gold Age

La Vie en Rose

3:10 to Yuma (pretendo ver em breve)

Away From Her

Lars and the real girl

The Savages

 

Infelizmente, a maioria deles ainda não está tão acessível assim. 12

E pelo caminhar da carruagem.. acho difícil que veja parte desses que estão faltando antes da premiação...

 

E realmente, não ouvi Falling Slowly, saulomeri. Na verdade eu só vi Encantada...

 

Então, só posso falar das impressões que eu tive com o que eu vi. Pelo pouco que eu vi, não podia estar comentando, é isso?

 

[/quote']

 

Só pra tirar uma ondinha, vou listar os filmes que eu já vi. Hehehe. Se você tiver problemas pra ver no meio alternativo dá um toque que eu te dou os macetes. Inté!

Eastern Promises

In the Valley of Elah

Charlie Wilson's War

Into the Wild

I'm Not There

Gone Baby Gone

The Diving Bell and the Butterfly

Across the Universe

Elizabeth - The Gold Age

La Vie en Rose

3:10 to Yuma

Away From Her

Lars and the real girl

The Savages

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

A menina de Once é ótima' date=' mas é feinha, hein. [/REF']

 

Caralho, O escafrando e a borboleta é do caralho, direção certa MESMO. Um dos filmes mais lindo desse ano, depois eu vou comentar mais.

 

 

É bom pra caralho mesmo. Porra, tava sentindo falta de alguém falar um palavrão por aqui. É um tal de blá, blá, blá formal do caramba. :)

 

Link to comment
Share on other sites

 

Puts' date=' que saco!12 Once é uma das coisas mais lindas de 2007.

 

Eu não achei a Tilda uma estagiária não. Pelo contrário. Você nota como ela se mostra confiante na frente dos outros... mas quando está sozinha é totalmente insegura. O que, na verdade, acontece freqüentemente nas pessoas comuns.

 

Concordo, Veras.

Falou tudo! Quando eles cantam Falling Slowly é de arrepiar.

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

Ratatouille deveria levar de roteiro original. O filme é fantástico. A cena final, em que o Remy pergunta para o Anton o que ele vai querer e ele fala: Surprise-me! É de arrepiar.

[/quote']

 

acho que Ratattouile só ganha em animação

 

o oscar de melhor roteiro original vai pra Diablo Cody por Juno

cinéfilo2008-02-21 01:35:07

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

Ratatouille deveria levar de roteiro original. O filme é fantástico. A cena final, em que o Remy pergunta para o Anton o que ele vai querer e ele fala: Surprise-me! É de arrepiar.

[/quote']

 

acho que Ratattouile só ganha em animação

 

o oscar de melhor roteiro original vai pra Diablo Cody por Juno

 

Eu sou capaz de apostar que Ratatouille leva.

 

Link to comment
Share on other sites

Alguém sabe se o Freddie Highmore ou Jonathan Rhys-Meyers ou Keri Russel irá cantar a música?

 

Raise It Up não é cantada por nenhum dos três atores no filme. Aliás, só o Jonathan canta diversas canções durante o filme, os outros dois não. Mas quem cantará no Oscar não será uma Beyoncé da vida (nada contra ela, apenas fazendo analogia ao Oscar de três anos atrás) pelo menos; os cantores originais estarão lá: Jamia Simone Nash (uma menina) e um repertório lá... 

 

 

Quanto a Ratatouille, engraçado ler esses últimos comentários pois hoje estava no trânsito e de repente me veio à cabeça que com 5 indicações o filme podia muito bem repetir o feito de Os Incríveis e levar 2, sendo que dessa vez como uma surpresa em roteiro, e não edição de som... O pensamento me veio porque tenho sentido que apesar de todos os elogios efusivos ao filme, ultimamente não se tem falado muito nele (pelo menos é o que acho...).

 

Se a questão for Buzz, esse buzz que Clooney parece estar projetando no filme em que atua poderia deixar a Diablo de mãos vazias... (se Juno levasse um Oscar apenas, deveria ser de atriz coadjuvante... isso eu vou repetir por um tempo...).
throdo2008-02-21 02:24:09
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...