Jump to content
Forum Cinema em Cena

4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias


-felipe-
 Share

Recommended Posts

4months3weeks2days_02.jpg

canto_baixo_esq.gif

canto_baixo_dir.gif

 

Sinopse: Otilia e Gabita dividem o mesmo quarto no dormitório da universidade. As duas estudam em uma pequena cidade na Romênia, durante os últimos anos do comunismo. Quando Gabita engravida, ela e a amiga devem lidar com a situação, que poderá levar a um aborto, ilegal no país.

 

De acordo com o C&C o filme estréia amanhã nos cinemas brasileiros.05
Link to comment
Share on other sites

4 MESES, 3 SEMANAS E 2 DIAS - 9/10 - É uma experiência nervosa e angustiante não apenas com relação à questão do aborto. É um retrato frio e cruel sobre as inconsequências de nossos atos e suas improváveis consequências que muitas vezes deixam marcas difíceis de apagar. A direção e o roteiro de Cristian Mungiu promovem esse quadro tenso, seco e às vezes até mesmo cínico, algo que faz lembrar "A Criança" dos irmãos Dardene. As protagonistas estão ótimas, mas quem rouba a cena é Vlad Ivanov com uma composição repleta de complexidade e de uma frieza absurda. Depois do fato em si, parte da ação torna-se arrastada e óbvia, mas o final é bastante abrupto e cínico, o que só reforça que Mungiu sabe o que está fazendo, porém creio que o seu recado é o de que precisamos manter o diálogo aberto com as pessoas a nossa volta (o que ela busca na conversa com o namoro é um consolo, uma perspectiva mais segura, uma sorte maior do que teve a amiga com relação ao compromisso do parceiro). Thiago Lucio2008-01-27 22:23:47
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Milagrosamente estreou na minha cidade e vi hoje. Muito bom mesmo, bem seco, dispensando todas as "artificialidades" do cinema, como música, iluminação, etc. Bem angustiante, e não achei que se arrasta não, pelo contrário, como se em nenhum momento vc ficasse realmente certo do que vai acontecer em seguida. 5/5

 

Link to comment
Share on other sites

ótimo filme e 1 dos melhores dramas/suspenses por assim dizer do ano passado, pero ...

uma das coisas q me incomodou é perceber como a personagem gabita é tapada, e total! e não estou nem dizendo do porquê dela ter deixado pra fazer o aborto no quarto mês de gestação q isso por si só já é algo de alto risco para a pessoa, mas nas atitudes dela, tudo o q pediam pra ela fazer, ela fazia o contrário, simplesmente uma mulherzinha por d+ ignorante, e q o roteiro fez questão de tratar assim, pra dar 'impacto'/'suspense' na estória toda (e quem mais sofria com isso tudo era sua colega de república, a otilia, pois ela era quem sempre tinha q 'limpar a sujeira' da amiga), por isso vejo q da forma como isso foi colocado, é algo q soou forçado pra mim, mas ok, claro q o filme tem muito mais méritos do q deméritos, e só pelo diretor romeno apresentar essa questão delicada do aborto, de uma forma bastante séria, seca (principalmente na figura edificante do aborteiro), realista (tirando as forçações ai já explanadas) e ainda colocando uma dose de humor, 1- qd otilia chega no apê do namorado pela festa de aniversário da mãe dele, ela é apresentada a um grupo de médicos! hehe, e 2- no final o garçom oferece pra gabita no hotel um prato com vitela, figado e cérebro! huahua, enfim, é 1 filme q sem dúvida está bem acima da média ... ah, e tem 1 coisa q fiquei na dúvida: por elas não terem dinheiro suficiente pra pagar ao aborteiro e por ele não acreditar de forma alguma q elas poderiam pagar o restante depois, tanto otilia qt gabita se prostituem naquela cama, q depois seria usada por ele pra colocar a sonda na gabita? só vi esse filme no cinema pelo festival do rio, e já faz bastante tempo, e não sei se viajei nessa parada 06

Link to comment
Share on other sites

(Spoiler) É exatamente isso, D4rk Schn31d3r, o que acontece. Quando você assistir ao filme novamente, perceberá que a intenção do "aborteiro" era essa desde o primeiro momento em que ele falou que a grana oferecida era insuficiente. Bom, ao menos interpretei assim; antes do ato se consumar, eu sentia a tensão sexual da cena. Triste.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
(Spoiler) É exatamente isso' date=' D4rk Schn31d3r, o que acontece. Quando você assistir ao filme novamente, perceberá que a intenção do "aborteiro" era essa desde o primeiro momento em que ele falou que a grana oferecida era insuficiente. Bom, ao menos interpretei assim; antes do ato se consumar, eu sentia a tensão sexual da cena. Triste.[/quote']

 

 Não sei não. Antes delas irem ao tal hotel, Gabita discute com o aborteiro numa rua lá, enqto Otilia fica no carro percebendo tudo.

 Na verdade acho que Otilia tomou a empreitada p/ si pq sabia que a  amiga não daria conta do recado.

  Mas percebe-se que ela não sabia no que estava se metendo. 

 

 Achei terrivel demais a cena em que ela perambula pela cidade procurando o lugar ideal p/ se livrar do feto... afff!

 A agonia dela era quase palpável !09

 

 Acho ainda que Gabita estava acostumada a que lhe fizessem coisas, pois a impressão que se tem é que o aborto não a fetou tanto.

 

 A cena citada do restaurante mostra bem isso.

 Enqto Otilia parece enojada com tudo, sem estomago p/ digerir qquer coisa, Gabita está calma, olhando o cardápio como se escolher algo p/ comer, naquele momento,  fosse a coisa mais importante no mundo... aff!

 

 
Link to comment
Share on other sites

O mais impressionante desse filme é como o diretor utilizou o mote do aborto para falar de gênero' date=' liberdade sexual da mulher, falência estatal e, claro, hipocrisia social. Filminho sensacional esse, dos melhores do ano com folga.[/quote']

 

 Tb achei interessante o aborto ser mostrando por outro ângulo que não da pessoa que o faz.

 

 A maneira crua e fria minusciosa em excesso, como é mostrado toda a cena que precede o aborto pode ser vista por muitos como algo contra o aborto.

 

 Otilia poupa tanto a Gabita que toma p/ si tudo, até mesmo as dores e angústia que quem comete tal ato.

 Não sei se isso ocorre pq ela se coloca no lugar de Gabita ou se é pq esta é completamente incapaz de tomar grandes decisões.

 
Link to comment
Share on other sites

  • 3 months later...

 

By the way, nem sei e o filme tem a preocupação de ser contra ou a favor.

As cenas são bem angustiantes mesmos, mas as duas personagens parecem ser atingidas pelo acontecimento de maneiras diferentes, uma vendo o aborto como solução e alívio, outra, em conflito... aff!

 

 

 
MariaShy2008-06-19 11:52:58
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...