Jump to content
Forum Cinema em Cena

Filmes Despretensiosos


Marko Ramius
 Share

Recommended Posts

Eu estava lendo alguns comentários no fórum , e volta e meia me deparo com este termo : " Ah , é um filme sem grandes pretensões "

Aí me pergunto : Vocês acham válido alguém gastar fortunas para produzir algo que ,sabidamente , será meia-bomba ? Um ator receber milhões de dólares por um trabalho sem empenho ? Por quê se produzem filmes assim ? E , sobretudo , por quê o público engole ?

 

 
Link to comment
Share on other sites

Marko Ramius,

 

 

 

Precisa-se analisar o que se pretende com o filme, em nível de receita e de critica...

 

 

 

Têm filmes que são feitos com a pretensão de disputar uma Oscar, ganhar vários festivais e que são caros e mesmo que a bilheteria não responda outros fatores responderam...

 

 

Link to comment
Share on other sites

Talvez eu tenha me expressado mal . Realmente isso vai variar de pessoa a pessoa . Mas imagino que quando alguém produz um filme vise pelo menos uma das duas : Ter seu trabalho reconhecido em um filme considerado bom ou ganhar dinheiro .

Se a pessoa quer produzir um filme considerado "um grande filme" , não pode ralizar uma obra "sem pretensão " , concorda ?

 

Se a pessoa visa meramente retorno financeiro , deveria procurar produzir um "grande filme" . Daí remeto a uma das perguntas iniciais : Por quê o público engole filmes ruíns , mal feitos , roteiros medíocres , interpretações sem empenho etc ?
Link to comment
Share on other sites

 

Continuo sem entender direito o que você quis dizer.

 

Se a pessoa quer produzir um filme considerado "um grande filme" , não pode ralizar uma obra "sem pretensão " , concorda ?

 

Não necessariamente, há cineastas que fazem cinema apenas por fazer, são poucos, claro, mas existem e eles não necessariamente estréiam em cinemas e lotam salas. Um agrande filme pode surgir de uma idéia bobinhas, despretensiosa.

 

Se a pessoa visa meramente retorno financeiro , deveria procurar produzir um "grande filme" .
Você tá falando finaceiramente? Se sim, uma filme nao precisa ter uma megaprodução de milhões de dólares pra render, taí Juno de prova. Se você tiver falando de qualidade, tam,bém não é garantia, há diversos 'grandes filmes", ótimos que são um trasgo em bilheteria.

 

 

 

Por quê o público engole filmes ruíns , mal feitos , roteiros medíocres , interpretações sem empenho etc ?

Creio eu por ignorancia, não burrice, e sim por não saber discernir uma boa fotografia de uma capenga, trilha sonora, e principalmente direção, isso nem sempre é "visível a olho nú" pros leigos, me incluo, demoro mundo pra avaliar um filme, passo horas revendo as cenas mentalmente pra sacar direito direção, fotografia e tal... acontece que tem gente que não se dá ao trabalho, ás vezes um filme todo é resumido por uma cena clímax de ação cheia de efeitos especiais.

 

 

tigomelo2008-04-10 13:18:13

Link to comment
Share on other sites

 

 

Hmmm...olha só...não sei responder a pergunta, Marko. Quem define o que é um filme com uma idéia boba? Eu? Você? Não acha que isso é subjetivo e cabe a própria pessoa decidir? E que é justamente por essa universalidade de conceitos e possibilidade que acontece o que está falando?

O que é ser um grande filme?

Provavelmente algum estudioso falaria que Bergman e Tarkovsky faziam filmes riquíssimos em alegorias, idéias complexas (uso da câmera)...por isso são necessariamente "grandes filmes" pra todo mundo?

Outros acham que o cinema é entretenimento e deve ser local de diversão descompromissada, um lugar para se estar, se divertir, ir embora e continuar com sua vida...sem reflexões, sem grandes filosofias...

Já outros podem gostar dos dois mas terem conceitos diferentes para definir o que é um bom filme. Seria o roteiro? A estória? Os personagens? Os efeitos especiais? A fotografia?

E mesmo que definamos um, ou um conjunto. Quem disse que o roteiro que eu considero bom tem que ser considerado bom pra você?

Não sei se devemos chamar alguém de ignorante por absorver as coisas de uma forma diferente de nós, Tigo.

Enfim, o que quero dizer é que acredito que a questão não pode ser resolvida assim porque ela só se torna plausível se considerarmos conceitos diferentes dos nossos  para essas definições e não APLICANDO NOSSOS CONCEITOS (o que NÓS achamos que é bom) aos gostos de outras pessoas.

 

Mr. Scofield2008-04-10 17:32:07

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

Não sei se devemos chamar alguém de ignorante por absorver as coisas de uma forma diferente de nós, Tigo.

 

[/quote']

 

Concordo plenamente, quando se trata de opinião cada um sente o filme de um jeito e é por isso que diferentes filmes possuem diferentes públicos e talvez por isso esse tipo de filme considerado ruim (em diversos sentidos) por grande parte das pessoas tenha seu público e garanta bilheteria, ou idolatria de alguns, mas quando citei ignorancia me referia à parte técnica, entender de termos travelling, dolly back, questão de ângulo e tal. Saber como uma camera ou uma fotografia de um filme funciona, permite que alguem possa fazer críticas com base e não apenas opinativas.

tigomelo2008-04-10 17:42:35

Link to comment
Share on other sites

Claro que são conceitos relativos e abstratos . Caso contrário não precisaríamos discuti-los .

Por isso dei a minha definição de "grande filme " . Sucesso de bilheteria e/ou crítica .

Por outro lado a História deixa bem claro quais foram os grandes filmes . Não adianta apenas eu considerar um filme grande se daqui a 10 anos ninguém mais se lembrar dele , salvo eu mesmo .
Link to comment
Share on other sites

Quando vi o título do tópico pensei em algo totalmente oposto. Acho que estou mais acostumado a usar despretencioso como algo positivo, como um filme que não visava ser um grande filme ou algo que mudaria a cabeça das pessoas e mesmo assim consegue tal feito (em contraste a filmes que se levam a sério demais, tentando debater questões como guerra, racismo, etc, e acabam ficando meio vazios).

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

 

Não sei se devemos chamar alguém de ignorante por absorver as coisas de uma forma diferente de nós, Tigo.

 

[/quote']

 

Concordo plenamente, quando se trata de opinião cada um sente o filme de um jeito e é por isso que diferentes filmes possuem diferentes públicos e talvez por isso esse tipo de filme considerado ruim (em diversos sentidos) por grande parte das pessoas tenha seu público e garanta bilheteria, ou idolatria de alguns, mas quando citei ignorancia me referia à parte técnica, entender de termos travelling, dolly back, questão de ângulo e tal. Saber como uma camera ou uma fotografia de um filme funciona, permite que alguem possa fazer críticas com base e não apenas opinativas.

Entendi, mas aí eu me encontro dentre esses ignorantes, Tigo, eu não entendo muito bem de nada disso e continuo apreciando cinema do mesmo jeito. Sei que uma avaliação mais técnica permite uma análise um pouco menos subjetiva (existem fatores em comum que podem ser levados em consideração por pessoas que entendem de cinema profundamente por terem estudado a sétima arte, mas mesmo as percepções delas podem variar), mas não creio que a maior parte do público pense em cinema dessa forma e nem que uma análise consiga se desvincular do cunho subjetivo pois, acho análises técnicas muito "pequenas" para falar de uma obra de arte.

Deixo isso para os especialistas, o que tenho a meu favor (e acho que o público em geral também) é só um feeling e particularmente uma grande paixão por cinema que me faz apreciar um Bergman e perceber algo diferenciado ou gostar de um festival de besteiras como American Pie (adoro esse filme e poderia citar um milhão de fatores que me fazem colocá-lo aqui) por motivos MUITO diferentes, mas ainda assim me divertir bastante com ambos.

Mr. Scofield2008-04-10 22:32:08

Link to comment
Share on other sites

Quando vi o título do tópico pensei em algo totalmente oposto. Acho que estou mais acostumado a usar despretencioso como algo positivo' date=' como um filme que não visava ser um grande filme ou algo que mudaria a cabeça das pessoas e mesmo assim consegue tal feito (em contraste a filmes que se levam a sério demais, tentando debater questões como guerra, racismo, etc, e acabam ficando meio vazios). [/quote']

 

Tem a ver com minha personalidade 01

Sempre ambicioso e nunca estando satisfeito com o resultado . Daí me irrita alguém fazer seu trabalho sem o objetivo de ser reconhecido como o melhor , a obra-prima .
Link to comment
Share on other sites

Abaixo o Amor tinha apenas o objetivo de ser uma comédia romantica divertidinha.

 

Amei o filme e se tornou minha comédia romântica favorita.

 

É um filme puramente desprentencioso (ou seja, sem ter a ambição de ser um clássico ou de ser sensacional) que eu amo de paixão.

 

Tem outros exemplos tb, mas este foi o primeiro q me veio a cabeça.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...