Jump to content
Forum Cinema em Cena
goldsmith

Superman Returns

Recommended Posts

Sempre achei que uma nova versão de superman não seria possivel' date=' pois com todos os problemas, a versão de 1978 funciona muito bem e seria dificil fazer uma melhor. o que foi diferente do filmes do batman, que foram todos umas porcarias até realmente levarem a sério o batman, quando foi feito o batman begins...mas superman...o filme definitivo já foi feito! seria como pintar uma nova monalisa(lógico que esta pintura tem grandeza maior que o filme do superman!!) fazendo mais colorida ou sem as maluquices que o dan Brown inventou para vender livros....Ou reescrever hamlet..
/SIZE']

Concordo com tudo, menos quando vc falou sobre Batman... Tá certo que os Batmen do Burton não são definitivos, mas cá pra nos... esse novo do Nolan ai smiley11.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sempre achei que uma nova versão de superman não seria possivel' date=' pois com todos os problemas, a versão de 1978 funciona muito bem e seria dificil fazer uma melhor. o que foi diferente do filmes do batman, que foram todos umas porcarias até realmente levarem a sério o batman, quando foi feito o batman begins...mas superman...o filme definitivo já foi feito! seria como pintar uma nova monalisa(lógico que esta pintura tem grandeza maior que o filme do superman!!) fazendo mais colorida ou sem as maluquices que o dan Brown inventou para vender livros....Ou reescrever hamlet..
/SIZE']

Concordo com tudo, menos quando vc falou sobre Batman... Tá certo que os Batmen do Burton não são definitivos, mas cá pra nos... esse novo do Nolan ai smiley11.gif

É muito melhor que qualquer outro filme de heroi já feito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

smiley10.gifsmiley10.gifsmiley10.gif - SUPERMAN - O RETORNO

Eu nunca gostei de histórias em quadrinhos, salvo as escritas por Maurício de Souza que fizeram saudavelmente parte da minha infância. De uma maneira geral trata-se de um universo que não me despertava nenhum interesse e nem cabe dizer os eventuais motivos do porquê, mas a partir do momento em que o cinema resgatou a "febre" de realizar adaptações dos personagens de HQ’s esse universo tornou-se aos meus olhos mais rico, quebrou um pouco da minha resistência justamente por focar nas características humanas e nos conflitos mundanos que os heróis enfrentam por serem o que são. E de todos os heróis sempre achei Superman o mais sem graça de todos. Se comparado ao Batman, por exemplo, achava o Homem-Morcego um personagem infinitamente mais complexo e psicologicamente interessante do que o Homem de Aço que no meu entender não passava de uma invenção para satisfazer o ego coletivo da nação americana com o seu uniforme com as cores da bandeira e a sua história que remete a de uma espécie de Messias. Em linhas gerais, era muito patriotada pro meu gosto.

Tudo isso, porém, não impediu que eu curtisse os filmes estrelados por Christopher Reeve, especialmente os dois primeiros ( fazem parte do meu consciente infantil ), assim como não interferiu o meu gosto pelas séries "As Aventuras de Lois e Clark" e "Smallville", esta última mesmo como as drásticas mudanças feitas em torno da mitologia do herói conseguiu construir um universo "paralelo" bem honesto que não ofende o passado do personagem. Mas Superman nunca me conquistou, nunca me interessei em buscar outras informações fora dessas 3 fontes, nem mesmo quando Brian Singer, responsável pelo sucesso dos "X-Men" na telona, assumiu a direção do mais que engavetado projeto de reviver o personagem nos cinemas. Logicamente que por ser considerado por muitos o filme mais aguardado do ano, uma série de informações e consequentemente de expectativa alimentam o retorno do herói. Em linhas gerais, "Superman – O Retorno" é um filme bastante satisfatório, mas não representa um retorno triunfal e apesar de apresentar um super-herói reconhecida e assumidamente dramático não possui uma trama muito bem explorada e nem sempre acerta no tom adotado no drama adotado acerca dos seus elos de ligação.

Uma das melhores sacadas de "Superman - O Retorno" é focar a sua trama em algo distinto daquilo que seria o mais previsível. Ou seja, aqui não se tem a mínima intenção de mostrar como Superman chegou à Terra, como ele descobriu seus poderes, como ele foi parar em Metropólis e conheceu Lois Laine ... isso não apenas mostra um respeito com relação a obra realizada por Richard Donner no final da década de 70 como deixa evidente que a que a idéia não é a de "explorar gratuitamente" o mito universal que este super-herói representa, mas principalmente o de expandir o seu universo, o que por si só já é muito bem-vindo ( assim como o retorno financeiro do projeto é claro, não sejamos ingênuos ). O que os créditos nos apresentam é que uma série de cientistas descobrem fragmentos no espaço que seriam oriundos do planeta natal de Superman ( o novato Brandon Routh ) e ele decide conferir pessoalmente tal evidência e retorna após 5 anos. Nesse meio-tempo, as pessoas que fizeram parte de sua vida seguiram em frente e parecem não lamentar a sua ausência, pelo menos aparentemente ( confesso que se o ambiente que ele encontrasse fosse mais hostil alguns conflitos poderiam ser melhores aproveitados, como o próprio ressentimento que Lois possui pela sua ausência, mas até mesmo em escalas maiores como a da função dele dentro da sociedade moderna ).

O filme transcorre muito bem até a 1ª aparição de Superman quando este salva um grupo de passageiros, dentre eles Lois Laine ( Kate Bosworth ), em uma passagem muito bem sacada e bem montada que coloca o herói em plena ação aproveitando-se de todas as conveniências que os efeitos especiais modernos são capazes de fazer. E a partir daí o filme acaba perdendo um pouco de ritmo em razão de algumas cenas desnecessárias, por exemplo, colocando Superman de volta com a rotina de salvar vidas, assim como a em que Lex Luthor ( Kevin Spacey ) visualiza seu plano diabólico em uma simples maquete ou até mesmo na dispensável passagem em que o herói salva a personagem interpretada por Parker Posey apenas para distraí-lo ( a sincronia das ações exige uma crença frágil por parte do espectador ). É uma pena que os planos de Lex Luthor não sejam dos mais interessantes ( promover uma desgraça em massa daquela magnitude crendo na possibilidade de um retorno financeiro é uma idéia típica de um psicopata como ele é, mas não muito inteligente ) e o próprio não se mostra muito inteligente, o que não deixa de ser um elemento que o coloca em descrédito ainda mais diante da solução encontrada pelo roteiro que beira o patético sendo assim a própria atuação de Spacey fica comprometida.

O grande destaque de "Superman - O Retorno" fica por conta de Brandon Routh. Ele realiza um trabalho notável, equilibrado e consegue nos convencer diante da imponência e carisma que o personagem exige. Seria muito injusto compará-lo a Christopher Reeve ( eterno ), mas a sua atuação é admirável, pois ele consegue transcorrer pelo filme com muita segurança, mostra versatilidade e traduz para o público a figura dramática que é fundamental para a sua aceitação e para as ações que decide fazer. É bem verdade que o roteiro não dá muito espaço para que a relação entre Kent e Lois Laine seja retomada ( até porque não há espaço para isso diante da nova postura dela, como comento a seguir ), mas é sensível o carinho e a admiração que o Homem de Aço tem pela jornalista. A Lois Laine de Kate Bosworth é mais fria e distante pelas próprias necessidades impostas pelo roteiro o que torna o seu arco dramático mais complicado e são inseridos a figura de um filho e de um noivo ( James Marsden, quase que repetindo o seu papel em "Diário de Uma Paixão" ). Não chega a ser um trabalho ruim dessa jovem atriz, mas a sua atuação é um tanto quanto burocrática diante de uma personagem mais responsável e aborrecida que é a Lois Laine de "Superman - O Retorno", logo não tão carismática e assim como Brandon nem compensa fazer comparações, pois são filmes e contextos diferentes.

Nesse contexto diferente, além do que já foi comentado, a opção dramática escolhida pelo roteiro para encerrar o 3º ato apesar de possível, não consegue se tornar verossímil, principalmente porque apesar de explorar personagens já conhecidos, é necessário estabelecer um novo elo de ligação ( assim como foi feito com a relação Superman-Lois Laine ) sendo assim soa mais como um elemento melodramático toda a passagem que se passa dentro do hospital e no quarto do filho de Lois Laine, é aquele tipo de emoção que não adquiriu consistência para ser compartilhada por aquilo que foi apresentado neste filme ( e por mais que consideremos que é um filme que se passa após os eventos de "Superman I e II" é inevitável que o drama funcione independentemente ). É justificável diante da ligação que Superman tem com a sua figura paterna, mas não é uma idéia bem explorada ( confesso que temi por alguma situação do tipo "Padmé e Anakin" do gênero "ela está morrendo de coração partido" ).

"Superman - O Retorno" é um filme agradável, mas que não nos conquista plenamente. Tem um personagem principal forte e potencialmente dramático, mas que pode ser melhor explorado, principalmente na sua relação com Lois Laine como o pacato Clark Kent. Como diversão, o filme não apresentou uma trama das mais empolgantes no que se refere a vilania, mas tecnicamente promoveu um espetáculo que pode ser muito bem aproveitado em possíveis e bem-vindas novas aventuras ( as sequências de vôos são fantásticas ). Seja bem-vindo, Superman !

Thiago Lucio2006-7-16 18:21:5

Share this post


Link to post
Share on other sites

371848-2391-ga.jpg

smiley4.gif Usem esse novo notebook para escrever as suas mensagens!!!

371857-1517-ga.jpgou esse teclado, ou que sabe esse mouse

371855-1005-ga.jpg

Será que esse novo Superman só foi feito para resgatar a imagem dele nos cinemas ou para fazer dinheiro mesmo????

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em face á repercusão da sua crítica sobre o filme Superman - o Retorno' date='  Pablo Villaça elaborou um texto sobre as malfadadas estrelinhas:

Leiam, discutam e opinem.

Tópico novas mensagens

A maldição das estrelinhas...

Pablo Villaça


[/quote']

Como bem lhe convém, aí está o Pablo querendo se justificar pela lambança de sua crítica... não pensei que ele fosse chegar a tanto... bastava um comentário no blog...

Aí está a prova de que, como eu falei, há pessoas que realmente só buscam, na crítica, uma mera confirmação de suas próprias opiniões.

"Lambança"? Perdoe-me, Rrocha, mas tenho plena convição acerca do que escrevi. A Conversa de Cinéfilo não foi escrita para me "desculpar" por nada, porque não julgo que isso seja necessário, mas simplesmente para corrigir conceitos equivocados por parte de leitores que, sem saber como lidarem com opiniões divergentes, partem para ataques sem fundamento.

Na boa Pablo, assim como você defende seu ponto de vista nos filmes, que inúmeras vezes estou de acordo, não é justo você me condenar por criticar a sua crítica não é?

E se a conversa de cinéfilo não foi pra se "desculpar", como acabou me parecendo, me desculpe, mas ser banido por duas semanas de alguns tópicos porque emiti minha opnião sobre sua crítica me pareceu uma atitude discricionária e desnecessária.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em face á repercusão da sua crítica sobre o filme Superman - o Retorno' date='  Pablo Villaça elaborou um texto sobre as malfadadas estrelinhas:

Leiam, discutam e opinem.

Tópico novas mensagens

A maldição das estrelinhas...

Pablo Villaça


[/quote']

Como bem lhe convém, aí está o Pablo querendo se justificar pela lambança de sua crítica... não pensei que ele fosse chegar a tanto... bastava um comentário no blog...

Aí está a prova de que, como eu falei, há pessoas que realmente só buscam, na crítica, uma mera confirmação de suas próprias opiniões.

"Lambança"? Perdoe-me, Rrocha, mas tenho plena convição acerca do que escrevi. A Conversa de Cinéfilo não foi escrita para me "desculpar" por nada, porque não julgo que isso seja necessário, mas simplesmente para corrigir conceitos equivocados por parte de leitores que, sem saber como lidarem com opiniões divergentes, partem para ataques sem fundamento.

Na boa Pablo, assim como você defende seu ponto de vista nos filmes, que inúmeras vezes estou de acordo, não é justo você me condenar por criticar a sua crítica não é?

Vc não criticou a critica dele, vc deu xilique de fã e o desrespeitou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

vocês figurantes estão reclamando demais...

 

deveriam dar graças a deus que Bryan Singer assumiu o filme e colocou limites no Jon Peters (o homem que arruinou a carreira do Batman no cinema), afinal vocês figurantes que adoram detratar o filme já viram as tenebrosas versões do roteiro do filme que o Jon Peters queria filmar, mas foi engavetado

 

com exceção da versão do Kevin Smith que era mais próxima das sagas A Morte do Superman e Retorno do Superman da HQ

 

vocês queriam que tivesse isso:

 

Jor-El criando Brainiac e desprezando o

computador por ocasião do nascimento de seu filho Kal-El; o perverso cérebro

eletrônico destruindo Krypton por ressentimento; sua fusão, na Terra, a Lex

Luthor a fim de formar o vilão amálgama Lexiac. (versão do Tim Burton para o filme que se chamaria Superman Lives)

 

O planeta natal de Kal-El não explode e Krypton foi vítima de um golpe militar planejado por Zod,  em vez de acharem a cápsula de Krypton na estrada, o casal (Kent) se depara com a nave no quintal de casa; Lex Luthor é agente da CIA,   a terra é ivadida pelas tropas de Zod (com direito a aranhas gigantes),  Jor-El conversa com seu filho no além e o convence a ressuscitar; assim como Kal-El  Lex Luthor é Kryptoniano (esse festival de bizarrices seria o roteiro aprovado pra ser rodado, mas graças a deus JJ Abrams que escreveu isso na sua fase pré-Lost pulou fora junto com o McG)

 

 

 

 

 

 

cinéfilo2006-7-16 19:5:13

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse é um forum aberto e democrático.

O objetivo dele é interligar fãs de cinema e outras midias.

Há espaço para qualquer tipo de discução.

E o melhor. Todos podem se defender com ampla liberdade, inclusive o Pablo. É até difil "discutir" com ele que é cobra criada e sabe escrever bons textos, com poucos erros de português.

Mas o que foi levantado aqui é de total pertinência.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em face á repercusão da sua crítica sobre o filme Superman - o Retorno' date='  Pablo Villaça elaborou um texto sobre as malfadadas estrelinhas:

Leiam, discutam e opinem.

Tópico novas mensagens

A maldição das estrelinhas...

Pablo Villaça


[/quote']

Como bem lhe convém, aí está o Pablo querendo se justificar pela lambança de sua crítica... não pensei que ele fosse chegar a tanto... bastava um comentário no blog...

Aí está a prova de que, como eu falei, há pessoas que realmente só buscam, na crítica, uma mera confirmação de suas próprias opiniões.

"Lambança"? Perdoe-me, Rrocha, mas tenho plena convição acerca do que escrevi. A Conversa de Cinéfilo não foi escrita para me "desculpar" por nada, porque não julgo que isso seja necessário, mas simplesmente para corrigir conceitos equivocados por parte de leitores que, sem saber como lidarem com opiniões divergentes, partem para ataques sem fundamento.

Na boa Pablo, assim como você defende seu ponto de vista nos filmes, que inúmeras vezes estou de acordo, não é justo você me condenar por criticar a sua crítica não é?

Vc não criticou a critica dele, vc deu xilique de fã e o desrespeitou.

Exerci meu direito democrático de opinião. Não xinguei ninguém.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

371848-2391-ga.jpg

smiley4.gif Usem esse novo notebook para escrever as suas mensagens!!!

371857-1517-ga.jpgou esse teclado' date=' ou que sabe esse mouse

371855-1005-ga.jpg

Será que esse novo Superman só foi feito para resgatar a imagem dele nos cinemas ou para fazer dinheiro mesmo????

[/quote']

 - As duas coisas!
smiley4.gif

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em face á repercusão da sua crítica sobre o filme Superman - o Retorno' date='  Pablo Villaça elaborou um texto sobre as malfadadas estrelinhas:

Leiam, discutam e opinem.

Tópico novas mensagens

A maldição das estrelinhas...

Pablo Villaça


[/quote']

Como bem lhe convém, aí está o Pablo querendo se justificar pela lambança de sua crítica... não pensei que ele fosse chegar a tanto... bastava um comentário no blog...

Aí está a prova de que, como eu falei, há pessoas que realmente só buscam, na crítica, uma mera confirmação de suas próprias opiniões.

"Lambança"? Perdoe-me, Rrocha, mas tenho plena convição acerca do que escrevi. A Conversa de Cinéfilo não foi escrita para me "desculpar" por nada, porque não julgo que isso seja necessário, mas simplesmente para corrigir conceitos equivocados por parte de leitores que, sem saber como lidarem com opiniões divergentes, partem para ataques sem fundamento.

Na boa Pablo, assim como você defende seu ponto de vista nos filmes, que inúmeras vezes estou de acordo, não é justo você me condenar por criticar a sua crítica não é?

Vc não criticou a critica dele, vc deu xilique de fã e o desrespeitou.

Exerci meu direito democrático de opinião. Não xinguei ninguém.

Não vc deu xilique, não tem o direito de falar assim com ninguém aqui:

Ele é malandrão e ainda tenta se safar usando exemplo de filmes diferentes entre si.

O Pablo é trabalhador, pai de familia, não é obrigado a aguentar esperneio de idiotas.

Mosna2006-7-16 19:11:14

Share this post


Link to post
Share on other sites

mass...eu ainda acho q o filme compriu seu papel...

 

Ele não podia dar exatamente uma continuidade direta aos 2 filmes anteriores..e ja ir jogando informações e tal

ele tinha q dispertar um interesse para ver os 2 primeiros filmes...e alem disso conquistar um publico novo...por isso não deu para desenvolver esse filme bem..

Confesso que eu fiquei um pouco descepcionado com o filme...

e concordo com o pablo em alguns pontos da critica dele...

mas eu curti o filme e achei que diverte e muito, e ainda acho que o pablo foi meio duro com o filme...

talvez ele tambem tenha se descepcionado...eu esperava mais, mas não chego a odiar o filme

eu curti..acho que o superman voltou bem, e o que mais me deixou chateado com esse filme, foi o roteiro, o que eles fizeram com a Lois e tal....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu vi o filme..Achei bem normal, em certas partes chegando a ser fraco..

 

Ele está indo a baixo do esperado, não?

 

Então..Tomara que não tenha uma continuação..Essa enxurrada de filmes de super-heróis tá dando no saco já..

Share this post


Link to post
Share on other sites

<font style="color: rgb(0' date=' 0, 153);" size="3"><span style="font-family: Times New Roman,Times,serif;"> mdg... se não gosta de filmes de super-herois entao nao assista... Existem inumeros outros tipos de filmes em cartaz... pq nao da uma olhada?</span>[/quote']

 

Ué, e eu não assisto eles? smiley5.gif

 

Cara, eu gosto de cinema, não tenho culpa..Mesmo sabendo que as possibilidades de eu gostar filmes são baixas..Eu vou ver igual..O que há de errado nisso?

 

Nunca viu um filme com um "pé atrás"? smiley18.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em face á repercusão da sua crítica sobre o filme Superman - o Retorno' date='  Pablo Villaça elaborou um texto sobre as malfadadas estrelinhas:Leiam, discutam e opinem.

 

<TABLE height=14 cellSpacing=1 cellPadding=3 width="100%" bgColor=#ffffff><T><T><T><T><T ><T><T>

 

<T>

 

<TR>

 

<TD align=middle width="1%" background="" bgColor=#f1f0f0>alt= </TD>

 

<TD width="41%" background="" bgColor=#f1f0f0 ="text"><A title="This topic was started: 15/Jul/2006 em 21:54" href="forum_posts.asp?TID=11783">A maldição das estrelinhas...</A></TD>

 

<TD width="15%" background="" bgColor=#f1f0f0 ="text"><A title="This topic was started: 15/Jul/2006 em 21:54" href="javascript openWin'pop_up_profile.asp?PF=1&FID=16','profile','toolbar=0 ,location=0,status=0,menubar=0,scrollbars=1,resizable=1,widt h=590,height=425'">Pablo Villaça</A></TD></TR></T></T>& lt;/T></T></T></T></T></T>& lt;/TABLE>

 

[/quote']

 

Como bem lhe convém, aí está o Pablo querendo se justificar pela lambança de sua crítica... não pensei que ele fosse chegar a tanto... bastava um comentário no blog...

 

 

Aí está a prova de que, como eu falei, há pessoas que realmente só buscam, na crítica, uma mera confirmação de suas próprias opiniões.

 

"Lambança"? Perdoe-me, Rrocha, mas tenho plena convição acerca do que escrevi. A Conversa de Cinéfilo não foi escrita para me "desculpar" por nada, porque não julgo que isso seja necessário, mas simplesmente para corrigir conceitos equivocados por parte de leitores que, sem saber como lidarem com opiniões divergentes, partem para ataques sem fundamento.

 

Na boa Pablo, assim como você defende seu ponto de vista nos filmes, que inúmeras vezes estou de acordo, não é justo você me condenar por criticar a sua crítica não é?

 

 

Vc não criticou a critica dele, vc deu xilique de fã e o desrespeitou.

 

 

Exerci meu direito democrático de opinião. Não xinguei ninguém.

 

 

Não vc deu xilique, não tem o direito de falar assim com ninguém aqui:

 

 

<TABLE cellSpacing=0 cellPadding=2 width="100%" bgColor=#ffffff><T>

 

<T>

 

<TR>

 

<TD ="text">

 

Ele é malandrão e ainda tenta se safar usando exemplo de filmes diferentes entre si.

 

O Pablo é trabalhador' date=' pai de familia, não é obrigado a aguentar esperneio de idiotas.

</TD></TR></T></T></TABLE>[/quote']

 

 

 

Sem querer defender ninguém, Mosna... mas quem está esperneando agora é você.

 

 

 

Vc é fã do Pablo, parente, alguma coisa assim...? Ou vc é o Darth Maul, antigo usuário do fórum? Estou seriamente desconfiado que é...RAZIEL2006-7-16 20:26:23

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em face á repercusão da sua crítica sobre o filme Superman - o Retorno' date='  Pablo Villaça elaborou um texto sobre as malfadadas estrelinhas:Leiam, discutam e opinem.
<TABLE height=14 cellSpacing=1 cellPadding=3 width="100%" bgColor=#ffffff><T><T><T><T><T ><T><T>
<T>
<TR>
<TD align=middle width="1%" background="" bgColor=#f1f0f0>alt= </TD>
<TD width="41%" background="" bgColor=#f1f0f0 ="text"><A title="This topic was started: 15/Jul/2006 em 21:54" href="forum_posts.asp?TID=11783">A maldição das estrelinhas...</A></TD>
<TD width="15%" background="" bgColor=#f1f0f0 ="text"><A title="This topic was started: 15/Jul/2006 em 21:54" href="javascript openWin'pop_up_profile.asp?PF=1&FID=16','profile','toolb ar=0 ,location=0,status=0,menubar=0,scrollbars=1,resizable=1,widt h=590,height=425'">Pablo Villaça</A></TD></TR></T></T>& amp; lt;/T></T></T></T></T></T>& amp; lt;/TABLE>

[/quote']


Como bem lhe convém, aí está o Pablo querendo se justificar pela lambança de sua crítica... não pensei que ele fosse chegar a tanto... bastava um comentário no blog...



Aí está a prova de que, como eu falei, há pessoas que realmente só buscam, na crítica, uma mera confirmação de suas próprias opiniões.


"Lambança"? Perdoe-me, Rrocha, mas tenho plena convição acerca do que escrevi. A Conversa de Cinéfilo não foi escrita para me "desculpar" por nada, porque não julgo que isso seja necessário, mas simplesmente para corrigir conceitos equivocados por parte de leitores que, sem saber como lidarem com opiniões divergentes, partem para ataques sem fundamento.


Na boa Pablo, assim como você defende seu ponto de vista nos filmes, que inúmeras vezes estou de acordo, não é justo você me condenar por criticar a sua crítica não é?



Vc não criticou a critica dele, vc deu xilique de fã e o desrespeitou.



Exerci meu direito democrático de opinião. Não xinguei ninguém.



Não vc deu xilique, não tem o direito de falar assim com ninguém aqui:



<TABLE cellSpacing=0 cellPadding=2 width="100%" bgColor=#ffffff><T>
<T>
<TR>
<TD ="text">

Ele é malandrão e ainda tenta se safar usando exemplo de filmes diferentes entre si.


O Pablo é trabalhador' date=' pai de familia, não é obrigado a aguentar esperneio de idiotas.

</TD></TR></T></T></TABLE>

 

[/quote']

Sem querer defender ninguém, Mosna... mas quem está esperneando agora é você.

Vc é fã do Pablo, parente, alguma coisa assim...? Ou vc é o Darth Maul, antigo usuário do fórum? Estou seriamente desconfiado que é...

 

Agora a casa caiu...mas desculpe me manifestar, não sei se o "Mosna" é clone ou não...

Mas acho q vc ta pegando no pé do Rrocha...poxa deixa q ele se entenda com o pablo...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em face á repercusão da sua crítica sobre o filme Superman - o Retorno' date='  Pablo Villaça elaborou um texto sobre as malfadadas estrelinhas:Leiam, discutam e opinem.
<TABLE height=14 cellSpacing=1 cellPadding=3 width="100%" bgColor=#ffffff><T><T><T><T><T ><T><T>
<T>
<TR>
<TD align=middle width="1%" background="" bgColor=#f1f0f0>alt= </TD>
<TD width="41%" background="" bgColor=#f1f0f0 ="text"><A title="This topic was started: 15/Jul/2006 em 21:54" href="forum_posts.asp?TID=11783">A maldição das estrelinhas...</A></TD>
<TD width="15%" background="" bgColor=#f1f0f0 ="text"><A title="This topic was started: 15/Jul/2006 em 21:54" href="javascript openWin'pop_up_profile.asp?PF=1&FID=16','profile','toolb ar=0 ,location=0,status=0,menubar=0,scrollbars=1,resizable=1,widt h=590,height=425'">Pablo Villaça</A></TD></TR></T></T>& amp; amp; lt;/T></T></T></T></T></T>& amp; amp; lt;/TABLE>

[/quote']


Como bem lhe convém, aí está o Pablo querendo se justificar pela lambança de sua crítica... não pensei que ele fosse chegar a tanto... bastava um comentário no blog...



Aí está a prova de que, como eu falei, há pessoas que realmente só buscam, na crítica, uma mera confirmação de suas próprias opiniões.


"Lambança"? Perdoe-me, Rrocha, mas tenho plena convição acerca do que escrevi. A Conversa de Cinéfilo não foi escrita para me "desculpar" por nada, porque não julgo que isso seja necessário, mas simplesmente para corrigir conceitos equivocados por parte de leitores que, sem saber como lidarem com opiniões divergentes, partem para ataques sem fundamento.


Na boa Pablo, assim como você defende seu ponto de vista nos filmes, que inúmeras vezes estou de acordo, não é justo você me condenar por criticar a sua crítica não é?



Vc não criticou a critica dele, vc deu xilique de fã e o desrespeitou.



Exerci meu direito democrático de opinião. Não xinguei ninguém.



Não vc deu xilique, não tem o direito de falar assim com ninguém aqui:



<TABLE cellSpacing=0 cellPadding=2 width="100%" bgColor=#ffffff><T>
<T>
<TR>
<TD ="text">

Ele é malandrão e ainda tenta se safar usando exemplo de filmes diferentes entre si.


O Pablo é trabalhador' date=' pai de familia, não é obrigado a aguentar esperneio de idiotas.

</TD></TR></T></T></TABLE>

 

[/quote']

Sem querer defender ninguém, Mosna... mas quem está esperneando agora é você.

Vc é fã do Pablo, parente, alguma coisa assim...? Ou vc é o Darth Maul, antigo usuário do fórum? Estou seriamente desconfiado que é...

 

Agora a casa caiu...mas desculpe me manifestar, não sei se o "Mosna" é clone ou não...

Mas acho q vc ta pegando no pé do Rrocha...poxa deixa q ele se entenda com o pablo...

Estou tentando...
Acho que ele ficou ofendido com o "malandrão", e se foi, já me desculpei. Espero ser abslovido...smiley4.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Em face á repercusão da sua crítica sobre o filme Superman - o Retorno' date='  Pablo Villaça elaborou um texto sobre as malfadadas estrelinhas:Leiam, discutam e opinem.

 

<TABLE height=14 cellSpacing=1 cellPadding=3 width="100%" bgColor=#ffffff><T><T><T><T><T ><T><T>

 

<T>

 

<TR>

 

<TD align=middle width="1%" background="" bgColor=#f1f0f0>alt= </TD>

 

<TD width="41%" background="" bgColor=#f1f0f0 ="text"><A title="This topic was started: 15/Jul/2006 em 21:54" href="forum_posts.asp?TID=11783">A maldição das estrelinhas...</A></TD>

 

<TD width="15%" background="" bgColor=#f1f0f0 ="text"><A title="This topic was started: 15/Jul/2006 em 21:54" href="javascript openWin'pop_up_profile.asp?PF=1&FID=16','profile','toolb ar=0 ,location=0,status=0,menubar=0,scrollbars=1,resizable=1,widt h=590,height=425'">Pablo Villaça</A></TD></TR></T></T>& amp; lt;/T></T></T></T></T></T>& amp; lt;/TABLE>

 

[/quote']

 

Como bem lhe convém, aí está o Pablo querendo se justificar pela lambança de sua crítica... não pensei que ele fosse chegar a tanto... bastava um comentário no blog...

 

 

Aí está a prova de que, como eu falei, há pessoas que realmente só buscam, na crítica, uma mera confirmação de suas próprias opiniões.

 

"Lambança"? Perdoe-me, Rrocha, mas tenho plena convição acerca do que escrevi. A Conversa de Cinéfilo não foi escrita para me "desculpar" por nada, porque não julgo que isso seja necessário, mas simplesmente para corrigir conceitos equivocados por parte de leitores que, sem saber como lidarem com opiniões divergentes, partem para ataques sem fundamento.

 

Na boa Pablo, assim como você defende seu ponto de vista nos filmes, que inúmeras vezes estou de acordo, não é justo você me condenar por criticar a sua crítica não é?

 

 

Vc não criticou a critica dele, vc deu xilique de fã e o desrespeitou.

 

 

Exerci meu direito democrático de opinião. Não xinguei ninguém.

 

 

Não vc deu xilique, não tem o direito de falar assim com ninguém aqui:

 

 

<TABLE cellSpacing=0 cellPadding=2 width="100%" bgColor=#ffffff><T>

 

<T>

 

<TR>

 

<TD ="text">

 

 

Ele é malandrão e ainda tenta se safar usando exemplo de filmes diferentes entre si.

 

O Pablo é trabalhador' date=' pai de familia, não é obrigado a aguentar esperneio de idiotas.

</TD></TR></T></T></TABLE>

 

[/quote']

 

 

 

Sem querer defender ninguém, Mosna... mas quem está esperneando agora é você.

 

 

 

Vc é fã do Pablo, parente, alguma coisa assim...? Ou vc é o Darth Maul, antigo usuário do fórum? Estou seriamente desconfiado que é...

 

Vai ver ele tá ganhando algum por fora pra defender o Pablo com tanta veemência assim...

 

Cara, não é a primeira vez que Pablo faz uma crítica mal humorada como a que ele fez sobre o Superman Returns... E ele nem é crítico perfeito, como todos nós ele tem suas falhas... Quanto a ele ser pai de família e tal, isso não tira o direito de alguém que naum tenho gostado do que ele falou deixe claro que não gostou e que não concorda com o que ele escreveu a respeito do filme...

 

Sunderhus

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Superman - O Retorno / nota: smiley10.gifsmiley10.gifsmiley10.gifsmiley10.gif

O filme ficou dentro das minhas expectativas. Nem abaixo e nem acima. Talvez só tenha me decepcionado um pouco com o desfecho' date=' mas no geral, achei um filme maravilhoso.

A abertura do filme já entrou pra história como a mais linda e empolgante de todos os tempos. Méritos para a tradição respeitada das clássicas letras tridimensionais voadoras.

Na verdade, mérito para as inúmeras referências feitas ao filme de 78, que deixou este novo filme realmente com cara de seqüência (e não uma nova origem), puxando da nossa memória, situações do primeiro filme, amarrando bem as histórias. Gostei da repetição de falas, como a do Superman sobre viajar de avião ser a forma mais segura, e da Kitty sobre o pai de Lex. E o que dizer sobre a cena final, do Super voando sobre a Terra e dando um sorrisinho pra câmera? smiley32.gif Se eu disser que ainda esperava um sorriso mostrando os dentes, vão me xingar de 'xiita doente', então vou 'ficar calado' smiley36.gif

Mérito para a ausência de um super vilão (que obviamente deve surgir nas futuras seqüências). O que matou o filme do Hulk foi akele "homem-absorvente" (pai de Bruce). Sempre vi o Superman como um cara que pega ladrões, evita catástrofes e tira gatinhos do alto de árvores. Dessa forma, a gente consegue imaginá-lo de forma plausível no nosso mundo real. E que bom que substituiram o "American Way" por um conceito mais global (como comentou Perry).

Como tantos já bateram nessa tecla, a produção é impecável. A trilha é maravilhosa, mas também, re-adaptando os temas originais, não tinha como errarem. Até o tema do vôo do Super com Lois, é uma versão adaptada do filme de 78. Agora senti muita falta do novo tema presente no segundo trailer (aquele que mostra em detalhes o tiro no olho).

As atuações do elenco, de um modo geral, estão todas razoavelmente boas. Esperava mais de Spacey, mas o cara mandou bem. Bosworth ficou um pouquinho acima da expectativa. Routh não foi excepcional, mas se saiu bem. E discordo que ele não tenha conseguido diferenciar o Clark do Superman. Com um simples "tchauzinho" desengonçado ele fez Lois e o noivo desmancharem suas suspeitas. smiley36.gif Agora realmente achei muito estranho a forma fria com que Lois tratou Clark. Não foi condizente com a história dos dois.

Com relação ao filho do Superman, confesso que via com maus olhos essa trama. Mas da forma que foi abordada, achei até interessante. Só senti falta da referência sobre a noite de amor que houve em Superman 2. Eu ouvi pessoas no cinema comentando que não entendiam como aquele menino podia ser filho do Superman. Só espero que nos próximos filmes não façam nenhuma besteira do tipo "super boy".

Mas como eu disse no início, o que me desapontou foi o desfecho do filme. De uma forma geral, achei que o filme teve pouca ação. Eu esperava um desfecho mais interessante para Luthor. E achei o "coma e despertar" do Superman, muito sem sal, sem emoção, mal explorado.

De um modo geral, achei o filme muito bom e ressuscitou a franquia do homem de aço em grande estilo, à altura da mitologia do herói.

............................................................ ........

[/quote']

 

Grande Alexander, wellcome back dude..

 

Sobre a risadinha no final, acho que ela é bem mais representativa do que aparece, o fato deste Superman não rir com os dentes, reflete bem a diferença entre Clark-Reeve e o Clark-Routh. O do Reeve, era mais alegre, mais leve, mais simpático, este do Routh é mais introspectivo, mais sério, e diria um pouco triste.

 

Eu também acho que o filme caiu na final, deu aquela esticada a mais e terminou num anti-climax, é como num show, onde a banda costuma tocar aquele grande hit e terminar o show em alta, mas não, Singer terminou o show tocando uma baladinha.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Saiu no OMELETE:

 

Superman - O retorno: Continuação ameaçada e um making of

Por Érico Borgo
17/7/2006

envie_amigo.gif

16p.jpgA continuação de Superman - O retorno parecia certa... até que a bilheteria do filme nos Estados Unidos não correspondeu às expectativas dos executivos da Warner Bros. Rumores indicam que a seqüência só será produzida se o filme conseguir passar a barreira dos 200 milhões de dólares nos EUA, o que está parecendo bastante difícil.

No momento, o longa de Bryan Singer já caiu para a quarta colocação no ranking da bilheteria semanal com apenas 163,64 milhões de dólares. Mundialmente, soma apenas 199,44 milhões (contando com a bilheteria nos EUA), mas ainda não abriu em todos os mercados.

Assim, parece que o lançamento de um novo longa com o Homem de Aço - que certamente terá seu orçamento reduzido - dependerá muito de sua arrecadação no mercado de DVD. Uma pena, pois a aventura é realmente boa. Tão bacana que até Richard Donner, o diretor do filme da década de 1970, comentou à BBC que adorou o longa e que achou Brandon Routh "maravilhoso. Ele trouxe sua própria identidade ao Super-Homem e fez um belo trabalho".

Em outra notícia relacionada, um vídeo making-of da cena em que o Super-Homem coloca o ônibus espacial em órbita foi divulgada pela Sony Imageworks. O trecho é curto, mas surpreendente por mostrar a construção do herói digital nas cenas de ação. Confira aqui (link externo - o Omelete não controla seu conteúdo).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...