Jump to content
Forum Cinema em Cena

Batman - The Dark Knight (# 4)


Big One
 Share

Recommended Posts

 

 

Entendi... só pensei que fosse uma inspiração relativa à historia' date=' não à ambientação. TDK tem influências tanto no modo de Mann filmar LA quanto no roteiro, com estrutura e temática semelhante. De Niro e Pacino tem a mesma relação simbiótica que Coringa e Batman. A diferença é que no filme de Nolan isso ficou um pouco mais explícito do que no filme de Michael Mann.

[/quote']

 

Confesso que na aparência temática eu não pensei. As inspirações visuais são até bem óbvias, como disse antes... mas a princípio não vejo muito da narrativa de Blade Runner em Begins. Wayne/Batman e Deckard são tipos solitários, certo... mas com jornadas bem distintas. E definitivamente os vilões do filme do Nolan têm motivações bem diferentes da dos replicantes. Até na estrutura não se parecem muito, Batman é mais episódico... referenciando mais os próprios filmes anteriores do Nolan...

Lucas2008-12-12 17:51:43

Link to comment
Share on other sites

Pessoal' date=' não sei pq vocês se estressam com o Perucatorta. Não dá pra levar a sério o que ele diz. Levem na brincadeira e pronto.

Sobre TDK ser profundo, não acho que seja um termo correto. É na realidade um blockbuster de bastante conteúdo. Acho que seria o mais correto a se dizer. Falar também que é um filme divertido também não seria ideal. "Divertido" é Transformers, Indiana Jones, Speed Racer. A atual franquia do Nolan tem uma carga de drama um pouco alta para chamarmos aquilo de "divertido".
[/quote']

 

Eu me divirto muito com coisas dramáticas... Quem foi que disse que drama e diversão são excludentes entre si?

 

Para mim são.

Se vc se diverte com desgraça o problema é seu.

.

.

.

Medo.
Link to comment
Share on other sites

 

O bom é que isso é sua opinião. Que aliás' date=' nem é tão sua assim...E sim, levo muito mais a sério um filme do Batman do que opiniões pseudo-intelectuais. Acrescenta muito mais.[/quote']

Ok, então me diga o que foi acrescentado com o filme do Batman.

É claro que tu não vai querer responder isso...

 

Não foi você que fugiu de um texto meu tempos atrás e admitindo que não o tinha lido?

 

Pois é, não sou eu que se furta das coisas.

 

Batman sempre acrescentou coisas na minha vida. Desde o gibi e filmes. São coisas que realmente influenciaram no meu desenvolvimento durante a infância e adolescência (assim como outras obras assim o fizeram).

 

Agora, o que TDK acrescentou para cada um é algo muito subjetivo e pessoal. Então o que eu puser aqui não passará de blá, blá, blá para você. Como eu já disse, você e alguns só entram aqui para tirar onda das opiniões do pessoal. Logo, pessoas como você que se passam por intelectualóides valem o mesmo que nada para mim. Afinal, só estão aqui para tumultuar. A prova disso é que para um pessoa que acha TDK raso, vc posta demais por aqui.
leoJoker2008-12-12 18:28:51
Link to comment
Share on other sites

Como esperado, pergunta não respondida.

 

 

 

E desde quando filmes rasos não podem ser discutidos? O problema aqui não é a profundidade do filme. O problema é a profundidade da discussão (ex: terno do duas caras). Eu acho Transformers raso. Isso não significa que eu não possa discutir o que penso sobre ele de forma não-rasa.

 

 

 

Poderíamos, por exemplo, iniciar uma discussão do porque Ledger pega o filme e bota no bolso (assumindo isso como fato).

 

 

 

Seria apenas porque ele é melhor ator que Bale e Eckhart?

 

Seria porque o personagem é melhor?

 

Seria porque as escolhas na formação do Batman foram erradas (voz ridícula)?

 

Seria porque Duas Caras é um personagem muito mal formado, até em comparação com o personagem Harvey Dent?

 

 

 

Pra mim todos estes fatores pesam. Mas será que não é um mérito do Nolan ter claramente percebido que ele tinha ouro em mãos e ter valorizado isso? Talvez. Seria porque ele é o único não over--explicado? Pode ser.

 

 

 

O problema é que aqui neste tópico a premissa básica é que o filme é a OP do universo. E aí ficamos limitados a discussões fúteis (e que não abalam de forma alguma a suposta qualidade do filme).

 

 

 

Outro problema é que sempre temos como "argumento" o lance de estar nos quadrinhos, o que é obviamente estúpido (e não vou explicar novamente porque).

 

 

 

 

 

 

 

Perucatorta2008-12-12 18:53:52

Link to comment
Share on other sites

 

A razão do sucesso do Ledger é, claro, a sua entrega ao papel, nos entregando uma fabulosa e intensa atuação somado à natureza do personagem e à maneira que foi inserido na trama. O Coringa atravessa o filme no meio... não tem ideologia, não tem moral... e detona as mesmas dos heróis e dos bandidos também. Porra... é difícil não gostar de um pesonagem tão filho da puta como este! O próprio Duas-Caras é uma derivação dos objetivos do Coringa...

Lucas2008-12-12 19:18:51

Link to comment
Share on other sites

A razão do sucesso do Ledger é' date=' claro, a sua entrega ao papel, nos entregando uma fabulosa e intensa atuação somado à natureza do personagem e à maneira que foi inserido na trama. O Coringa atravessa o filme no meio... não tem ideologia, não tem moral... e detona as mesmas dos heróis e dos bandidos também. Porra... é difícil não gostar de um pesonagem tão filho da puta como este! O próprio Duas-Caras é uma derivação dos objetivos do Coringa...
[/quote']

 

Exatamente. E não dá para dizer que o Ledger roubou o filme. Para roubar o filme o personagem tem que funcionar sozinho na trama... e o Coringa, sem o Batman e o Harvey Dent não funcionaria bem.

 

Depois, o próprio Batman já teve seu foco em Batman Begins. Natural que um personagem NOVO cause um zumzumzum a mais. Eckhart teve uma atuação tão boa quanto a do Ledger, a diferença é que o Coringa chama mais atenção. SEMPRE chamará. Mas TODOS os personagens do filme são bem construídos.
Link to comment
Share on other sites

É' date=' ele ainda acha TDK profundo. E eu sou o pires...[/quote']

depende do ponto de referencia, em relação aos filmes blockbuster, arrasa quarteirão, filmes de verão, sim, ele é profundo, pq sendo um arrasa quarteirão, ele é um dos blockbuster que mais embanhado está de conteudo dramatico e introspectivo-critico!

 

agora, se voce acha que eu estou querendo alça-lo a filmes de dramaturgia outra cujo intuito é primáriamente fazer um retrato da visão do diretor sobre algum aspecto de nossa alma, ou nosso cotidiano. Ai eu te digo que não, pq caso fosse feita essa comparação, o TDK seria raso como um pires realmente.

 

mas assim como não gosto de dar qualificações pra produções artisticas, pois cada um tem seu conteudo viceral partindo de um ponto intencional, também não acho correto fazer grupos que segregam e taxam superficialmente as realizações, a não ser a mais basica, o que é arte e o que não é arte, ao meu ver!

 

Para mim, The Dark Knight é um filme bem mais profundo do que normalmente seria pra um filme cuja a intenção é angariar fãs. Normalmente, o conteúdo de um filme cujo ponto parte do agrado da maioria, é normal que sejas apenas reprodução de fórmulas de sucesso e sem a preocupação em expressar e/ou criticar a nossa existencia. E mais, o TDK consegue abordar questões que vão além do maniqueismo politico, chegando ao nosso costume de pensar, como a questão da violência, caso seja instigado. vivemos diariamente essa questão em nossas megalopoles, a cada tiro, a cada criança morta, mais se assemelha aos dois barcos boiando no oceano, onde os tripulantes estão loucos para apertar o gatilho que afundará o barco outro. E o que falar da busca pelo dinheiro? quem é vilão realmente? quem é heroi realmente? quem mata pelo prazer, quem luta pelo bem da sociedade?(isso está inserido em todos os filmes de heroi, como natural, mas não está expresso como questinavel)

 

Pra mim, o filme é filme, acima de tudo, quem atribui tarjetas de identificação dos filme são os que julgam, e não o próprio filme que nasce sem essa tarja, e o meu julgamento é que TDK é um dos melhores arrasa quarteiros que eu já vi, pois tem conteúdo dramaturgo bem mais denso e viceral do que a grande maioria cuja a intenção é a mesma, a de superlotar as salas de cinema em todo o mundo!

 

já Transformers não há conteudo algum, não há ideia filosófica, não há expressão do autor, não há retrato da sociedade, não há uma idéia em jogo, não há nada, o que há é apenas uma linha de acontecimentos, estória que já fora explorado por outras obras, que serviram para as cenas de explosão surgirem e darem a tonica do filme.

 

Agora, se você quer tarjar filmes, e assim, segrega-los pela simples definição da tarja, o faça, você deixará de ver aspectos de alguns filmes simplesmente pela tarja que você o pos. Essa tarja, ao meu ver, faz o espectador ter uma visão pre-concebida a respeito da obra, o levando a sempre a boiar na lamina da água, pelas próprias aspirações a respeito do filme.

 

e se eu estou discutindo com você a respeito de alguma coisa, seria redundante dizer que estou te levando a sério

 

Respondendo o Peruca :       

 

 

 

1 - E vc ' date=' sabia quem era Nolan antes de "Batman Begins" ? Conhecia Michael Bay antes de Transformers ? É claro que irá dizer que sabia , afinal , falo com uma "enciclopédia viva" do cinema repleta de toda ... deixe-me ver ... "sapiência" . Mas pode relaxar , ainda que vc não os conhecesse (ou ainda não conheça , sei lá ...) , nada que uma locação dos filmes produzidos por ambos não resolva , certo ? Ou será que alugando não vale para seu conceito de "conhecer" , ó , "grande enciclopédia" ?

 

2  -  Uau , é sério isso que vc disse ? Vou me esforçar para crer nisso ...

 

 

3 - Importantíssima mesmo , tanto que vc não resistiu se meter nela e permanece até agora .

 

4 - Se não é relevante discutirmos o que está no filme num tópico que , por um acaso , fala do  mesmo filme , então discutiremos sobre o quê , cara pálida , Demolidor ?
[/quote']

bem, cuco, o que eu entendo da origem da discussão é querer achar pelo em ovo, quando nem há ovo!

 

não há uma intencionalidade do Nolan em por o Coringa na cadeia de maquiagem e assim sendo uma charada do diretor, uma sacada, ou o que seja que aches que consta no filme. Ali foi um furo, nada de sacada, pois a sacada do Nolan, assim como de qualquer diretor, está NO FILME, nas relações dos personagens e com o desenrolar da história!

 

as relações politicas e sociais que vemos na nossa sociedade, algumas delas está sendo explorada no filme, é só ver na história. Mas para por ai, por exemplo, quando disse que a cena do barco representa todo o caos que vivemos em nossas grande cidades, não quis dizer que o Nolan quis retrata-las nessa e nas demais cenas, apenas quis dizer que o diretor inseriu um ponto de vista a respeito da violência que vai de encontro com o que vemos hoje, que basta uma razão oriunda do meio, ou das intenções culturais dos que perpetuam o ambiente para que haja atos ou desejos de violência. Que o homem é um ser maleavel pelo que julga certo, e o que julga certo tem mais relação com o que valorizam de valor do que a justiça pura.

 

o filme não é uma expressão artistica, somente pela arte, não é uma exposição de história e fatos, que estariam em uma galeria, pela simples intenção de expor a ideia do autor. É um filme cuja a intenção é lotar as salas de cinema, e dar a elas a história que as agradariam, só que dentro dessa intenção, Nolan injetou vários conteúdos que enriqueceram a estória, conteúdos esses que podemos ver em nosso dia-a-dia, e essa injeção é uma visão do Nola, com a intenção de expressar seu ponto de vista do que ve na sociedade ou de apenas deixar a drama mais rica e envolvente pra agradar os fãs? isso só o Nolan pode responder

 

Como esperado' date=' pergunta não respondida.

E desde quando filmes rasos não podem ser discutidos? O problema aqui não é a profundidade do filme. O problema é a profundidade da discussão (ex: terno do duas caras). Eu acho Transformers raso. Isso não significa que eu não possa discutir o que penso sobre ele de forma não-rasa.

Poderíamos, por exemplo, iniciar uma discussão do porque Ledger pega o filme e bota no bolso (assumindo isso como fato).

Seria apenas porque ele é melhor ator que Bale e Eckhart?
Seria porque o personagem é melhor?
Seria porque as escolhas na formação do Batman foram erradas (voz ridícula)?
Seria porque Duas Caras é um personagem muito mal formado, até em comparação com o personagem Harvey Dent?

Pra mim todos estes fatores pesam. Mas será que não é um mérito do Nolan ter claramente percebido que ele tinha ouro em mãos e ter valorizado isso? Talvez. Seria porque ele é o único não over--explicado? Pode ser.

O problema é que aqui neste tópico a premissa básica é que o filme é a OP do universo. E aí ficamos limitados a discussões fúteis (e que não abalam de forma alguma a suposta qualidade do filme).

Outro problema é que sempre temos como "argumento" o lance de estar nos quadrinhos, o que é obviamente estúpido (e não vou explicar novamente porque).

[/quote'] !

 

concordo, o nivel de discussão aqui tava ... raso, mas sobre a voz, isso é meramente subjetivo, alguns curtiram(eu por exemplo) outros não. o Duas-caras ao meu ver foi muito mais bem desenvolvido do que o Coringa, que era um personagem que veio, como deveria ter vindo, de lugar algum, era essa  a sua proposta, um ser sem origem, mas muito carregado.

 

agora, o Duas-caras foi tão bem desenvolvido que não teve furos, foi um processo natural. Sua caminhada do começo ao fim, foi impactante, mas nada flutuante, impossivel, fantastica!

 

mas de fato, o filme aqui estava sendo retratado como uma obra prima, sem erros, de tudo piamente planejado, cuja a intenção foi a mais pura de Nolan, com as mais sinceras intenções!
Gustavo Adler2008-12-12 21:14:51
Link to comment
Share on other sites

 

Tipo, fugindo um pouco do assunto... Só eu que achei a aparência do Duas-Caras implausível? Eu sei desde criança que o globo ocular não pode ficar exposto sem que o tecido morra! É um erro muito grotesco para o filme. E os implantes de pele seriam urgentes para evitar infecções. Não era coisa para perguntar ao Dent se ele queria ou não... era obrigatório. Com meus conhecimentos de leigo, também sei que a bochecha é crucial na articulação de palavras, e isso teria influenciado na dicção do personagem. A dor também devia ser insuportável. E como ele dormia se um olho não se fechava? os músculos queimados não foram danificados? Que pisada de bola hein senhor Nolan...

 

Confesso que na aparência temática eu não pensei. As inspirações visuais são até bem óbvias' date=' como disse antes... mas a princípio não vejo muito da narrativa de Blade Runner em Begins. Wayne/Batman e Deckard são tipos solitários, certo... mas com jornadas bem distintas. E definitivamente os vilões do filme do Nolan têm motivações bem diferentes da dos replicantes. Até na estrutura não se parecem muito, Batman é mais episódico... referenciando mais os próprios filmes anteriores do Nolan...

[/quote']

Então, é nisso que tá pegando... Acho que ele se referia mais à técnica mesmo, criando uma Gotham atmosférica, caótica e chuvosa. O Narrows é bem parecido com a LA de Blade Runner no que se refere à ambientação e à decadência. Quanto à narrativa, seguiu a linha do Superman de Dick Donner, mas menos linear, o que é comum na filmografia de Nolan. O negócio em TDK foi mais profundo, mergulhando de cabeça em Fogo Contra Fogo. Resta a dúvida de qual será a inspiração pro terceiro filme...

 

Link to comment
Share on other sites

Tipo' date=' fugindo um pouco do assunto... Só eu que achei a aparência do Duas-Caras implausível? Eu sei desde criança que o globo ocular não pode ficar exposto sem que o tecido morra! É um erro muito grotesco para o filme. E os implantes de pele seriam urgentes para evitar infecções. Não era coisa para perguntar ao Dent se ele queria ou não... era obrigatório. Com meus conhecimentos de leigo, também sei que a bochecha é crucial na articulação de palavras, e isso teria influenciado na dicção do personagem. A dor também devia ser insuportável. E como ele dormia se um olho não se fechava? os músculos queimados não foram danificados? Que pisada de bola hein senhor Nolan...

Confesso que na aparência temática eu não pensei. As inspirações visuais são até bem óbvias, como disse antes... mas a princípio não vejo muito da narrativa de Blade Runner em Begins. Wayne/Batman e Deckard são tipos solitários, certo... mas com jornadas bem distintas. E definitivamente os vilões do filme do Nolan têm motivações bem diferentes da dos replicantes. Até na estrutura não se parecem muito, Batman é mais episódico... referenciando mais os próprios filmes anteriores do Nolan...

Então, é nisso que tá pegando... Acho que ele se referia mais à técnica mesmo, criando uma Gotham atmosférica, caótica e chuvosa. O Narrows é bem parecido com a LA de Blade Runner no que se refere à ambientação e à decadência. Quanto à narrativa, seguiu a linha do Superman de Dick Donner, mas menos linear, o que é comum na filmografia de Nolan. O negócio em TDK foi mais profundo, mergulhando de cabeça em Fogo Contra Fogo. Resta a dúvida de qual será a inspiração pro terceiro filme...

 

você encontrou mais um furo, mas isso é pequenisse!
Link to comment
Share on other sites

 

 

Para mim são.

Se vc se diverte com desgraça o problema é seu.

.

.

.

Medo.

 

E de que esgoto você tirou que drama = desgraça sempre?

 

Comentário meio off topic' date=' mas vendo o novo filme dos Coen, me lembrei direto dos fãzóides do Batman... Não sei porquê...

 

06 
[/quote']

 

Ah tá...

 

Do esgosto da sua colocação é que não foi.

 

Drama: Um filme do gênero normalmente envolve conflitos sentimentais humanos, muitas vezes com um tema geral triste. É entendido também como uma forma acentuada de tragédia.

 

Se você se diverte com esse tipo de coisa. Ok. Parabéns para você. Cada louco com sua mania. Como eu disse acima, o problema é realmente seu.
leoJoker2008-12-13 11:51:51
Link to comment
Share on other sites

Mas eu não dei conceito nenhum, filho... Foi você quem se meteu a besta a querer explicar... Analfabetismo funcional é dose...

 

E de onde você tirou esse conceito simplista "muitas vezes com tema geral triste"? De algum site do tipo "Herói" ou "Omelete"?

 

E outra: há vários níveis diferentes atingidos pelo conceito da palavra "diversão". Mas é algo difícil a se processar quando se conversa com gente com mentalidade de ensino fundamental...

 

E é impressionante... a cada novo post de alguns aqui, o filme dos Coen cresce cada vez mais...
Dr. Calvin2008-12-13 12:01:08
Link to comment
Share on other sites

 

Para mim são.

Se vc se diverte com desgraça o problema é seu.

.

.

.

Medo.

 

E de que esgoto você tirou que drama = desgraça sempre?

 

 

 

realmente, desgraça é o achado de que drama se resume a unicamente essa possibilidade!

 

drama é, ao meu ponto de vista, toda história que envolve sentimentos e relações humanas, seja ela triste, alegre, enfatica ou serena. Na verdade, acho que não dá para definir drama, pois o que leva a comoção? qual desenrolar de fatos envolve a emoção humana, ou eleva-se a emoção? até uma cena de ação pode ser um drama.

 

um romance pode ser um drama, e pode ser bem feliz, em que os conjuges tem uma trajetória comovente, sem aspectos que nos trazem tristeza, de paixão calorosa, ou tenue, mas sempre trazendo a emoção a tona do espectador.
Link to comment
Share on other sites

 

Para mim são.

Se vc se diverte com desgraça o problema é seu.

.

.

.

Medo.

 

E de que esgoto você tirou que drama = desgraça sempre?

 

 

 

realmente' date=' desgraça é o achado de que drama se resume a unicamente essa possibilidade!

 

drama é, ao meu ponto de vista, toda história que envolve sentimentos e relações humanas, seja ela triste, alegre, enfatica ou serena. Na verdade, acho que não dá para definir drama, pois o que leva a comoção? qual desenrolar de fatos envolve a emoção humana, ou eleva-se a emoção? até uma cena de ação pode ser um drama.

 

um romance pode ser um drama, e pode ser bem feliz, em que os conjuges tem uma trajetória comovente, sem aspectos que nos trazem tristeza, de paixão calorosa, ou tenue, mas sempre trazendo a emoção a tona do espectador.
[/quote']

 

Concordo plenamente. Mas... desgraça maior é dizer que DRAMA DIVERTE. Drama não DIVERTE. Não em sua maioria e NO CONTEXTO que estava se falando no tópico. Reflexões.

 

Agora, o Calvin, como engraçadinho que é, jogo as palavras e depois ficar escorregando entre elas. Ele sabe o que ele quis dizer e entendeu muito bem o que eu disse.
leoJoker2008-12-13 13:56:50
Link to comment
Share on other sites

Ah sim... Woody Allen é mestre em obter diversão (no sentido mais simplista da palavra) de situações dramáticas... Vai ver Woody é um louco com sua mania...

 

 

06

 

Situação dramática não é DRAMA amigo. Isso você pode ter até em um filme de comédia. E Woody Allen só tem realmente 2 filmes bons. O resto é superestimado.

 

Bom, vc faz parte daquela divisão de usuários escrotos. Tá aqui só para tirar onda. Então ok. Não vou perder tempo discutindo isso, porque daqui a pouco estarei disvirtuando o tópico (se é que eu já não o fiz).
leoJoker2008-12-13 14:01:05
Link to comment
Share on other sites

Hahahahahahahahaha... Resposta previsível para um fazóide do Batman...

 

E tem mais pérolas...

 

Calvin' date=' não se preocupe, com certeza já vi mais filmes que você.
[/quote']

 

Será? 17

 

06

 

Pensando melhor, é verdade... eu não vi todos os filmes, séries, cartoons e outras coisas já feitas sobre o Batman...

 

06
Dr. Calvin2008-12-13 14:04:03
Link to comment
Share on other sites

Concordo plenamente. Mas... desgraça maior é dizer que DRAMA DIVERTE. Drama não DIVERTE. Não em sua maioria e NO CONTEXTO que estava se falando no tópico. Reflexões.

 

Agora' date=' o Calvin, como engraçadinho que é, jogo as palavras e depois ficar escorregando entre elas. Ele sabe o que ele quis dizer e entendeu muito bem o que eu disse.
[/quote']

 

Liso com um pau de sêbo... 06
Link to comment
Share on other sites

Hahahahahahahahaha... Resposta previsível para um fazóide do Batman...

 

E tem mais pérolas...

 

Calvin' date=' não se preocupe, com certeza já vi mais filmes que você.
[/quote']

 

 

06

 

Pensando melhor, é verdade... eu não vi todos os filmes, séries, cartoons e outras coisas já feitas sobre o Batman...

 

06

 

Não sabe o que perdeu.
Link to comment
Share on other sites

É... sou um ser infeliz mesmo... ao invés de escolher Batman, caí na besteira de escolher Kubrick, Allen, Antonioni, Tarkovski, Truffaut, Leone, Hitchcock, Peckinpah, Ford, Cronemberg, Fincher, Carpenter, Scorsese, DePalma, Copolla, Shyamalan, Spielberg, Verhoeven, etc, etc, etc...

 

06
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...