Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
Rayden

Universal/Fox/Warner /Studio Canal -Distribuidoras

Recommended Posts

Segundo o Jotacê a Universal finalmente reconheceu a bobeira de não ter entrado na onda azul aqui no Brasil. Ao que parece teremos em breve títulos como De Volta Para o Futuro, Bastardos Inglórios, O Lobisomem, O Enigma de Outro Mundo, Psicose, Arrasta-me Para o Inferno e outros sem precisar importar.

É esperar pra ver se não é mais uma promessa vã, tá tudo aqui: http://bjc.uol.com.br/2010/09/02/bomba-universal-reconhece-o-erro-sobre-blu-ray-no-brasil/

 

 

 
[/quote']

Essa eu só acredito vendo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que bom então que a Imagem Filmes optou pelo aspecto 1.78.

 

Tudo bem que o diretor optou por 2.35, mas o pessoal da Imagem Filmes aqui no Brasil tem toda a razão e sabe mais do que ele. 10 Alguém aproveite para avisar o diretor que a distribuidora corrigiu o erro e ainda teve a aprovação de todos os "respectivos diretores" - seja lá quem forem estes trastes.

 

Foi a pior justificativa que já vi, nem sequer tentaram "remediar" a cagada, mantiveram o nariz empinado! Que humildes... 18
Gui Marchetti2010-09-24 09:14:15

Share this post


Link to post
Share on other sites
IMAGEM FILMES: POLÊMICA SOBRE QUALIDADE DE BLU-RAY

 

 

 

 

 

resenha_spacer1.gif

resenha_sobre1_r12_c1.gif

resenha_com_top.gif

auidio_video.gif

 

A Imagem Filmes nos enviou via Twitter uma resposta

a um post que fizemos com referência a uma observação técnica que

fizemos sobre o filme “Missão Quase Impossível”. Como sempre fizemos

nestes anos todos' date=' informamos a você, leitor, a nossa resposta enviada,

na íntegra:

“Obrigado pela sua resposta, via Twitter,

sobre uma observação que fizemos relatando que o filme no formato

Blu-ray intitulado “Missão Quase Impossível” está com uma qualidade de

imagem apenas razoável, não condizente com o formato, onde dissemos que

“BLU-RAY de ‘Missão Quase Impossível’ ocupa menos de 16Gb, quase um

DVD... Essa é a Imagem Filmes!”. O respaldo da afirmação é simples,

apenas técnico. Não é verdade que, conforme informado no seu blog,

“expandir os dados de um filme para o tamanho que a mídia azul

comporta, não significa melhora na qualidade do filme, ou seja, não

adianta aumentar a banda de dados apenas para ocupar o espaço que o

disco oferece”. Uma das vantagens do formato é exatamente esta, de

fazer uma transferência de filmes realizados em película ou já gravados

no formato digital ter maior espaço em disco para se obter uma menor

compressão da imagem, já que a produção original se utiliza de uma

grande quantidade de “pixels”, ou seja, o menor valor “físico” de uma

imagem digital. Para que se tenha uma maior qualidade visual, quanto

menor a compressão, maior será a sua qualidade de imagem, respeitando

outros aspectos técnicos da limitação do formato, já que a película ou

as técnicas de filmagens no formato digital superam em muito o espaço

“físico” digital. A saber: menor compressão=melhor qualidade da imagem,

que é administrada pelos softwares que fazem este trabalho de

digitalização (ou só de compressão, dependo do caso). Há padrões de

algorítimos que fazer esta compactação, neste caso em MPEG-4 AVC, o

melhor “codec” disponível até o momento. Mas são necessários ajustes

conforme a coloração, luminosidade, níveis de transição de contraste e

outros fatores para que cada cena tenha uma melhor otimização na sua

compactação. Há mais componentes envolvidos, como a taxa de

transferência do leitor do para a tela da TV, chamado de “bitrate”. E,

segundo softwares que dispomos para comprovar a curva desta

transferência, ela está também baixa. Tem média de 12812 kbps, contra

“average bitrate of 17Mbps” encontrado na resenha do site www.blu-ray.com,

referência para o assunto.  Isto independe dos esforços da empresa que é

citada na resposta, onde segundo vocês ”o fato de não usar toda a

capacidade do disco, não significa que esteja desperdiçando recursos e

prejudicando a qualidade final, desde que se observem os critérios

técnicos de compressão e utilize softwares profissionais high end para

este fim”. E sabemos da competência da Careware (“os nossos filmes são

autorados pela Careware, uma empresa pioneira em autoração de Blu-Ray

no Brasil”), o fato não é relevante se a transferência for bem

realizada.  Para não tenhamos que nos aprofundar muito em quesitos mais

técnicos (temos além de softwares que analisam e comprovam tudo o que

dissemos, segmentos de imagem, “frames” capturados comparativos com a

vossa edição e a americana), o nosso comentário é procedente. Não

adianta dizer que “é importante lembrar também que este filme é

relativamente curto, 94 minutos, para efeito de comparação e

referência, há autoração com total de vídeo de até 200 minutos em um

disco de BD-25”. Sim, é possível colocar 20 elefantes num automóvel

Gol, mas garanto que eles ficariam melhor ambientados em um campo de

futebol. A lembrar apenas que a capacidade de uma nova tecnologia serve

para que tenhamos uma maior qualidade e seu uso de forma mais adequada

garante a sua migração. Espero que estes comentários sejam avaliados

apenas como uma crítica construtiva, para que todos nós, consumidores,

Imprensa, distribuidoras e demais empresas envolvidas tenhamos o mesmo

objetivo: satisfação com liberdade de escolha. É louvável o empenho da

Imagem filmes em lançar filmes no formato, mas a qualidade é sempre

fundamental. De nada adianta quantidade sem qualidade, só prejudica. O

site DVD Magazine está em operação há 9 anos, sempre tentando fazer da

informação imparcial uma forma de fazer com que os leitores tenham uma

referência ao adquirir, seja via locação ou por compra dos produtos, a

maior e melhor qualidade possível. Também erramos, mas estamos atentos.

Afinal, são mais de 2 milhões de leitores, que ao longo destes anos,

são a nossa força para continuarmos o nosso trabalho.

 

Mais uma vez gostaríamos de agradecer a

oportunidade de fincarmos novamente canal para o bem de quem temos em

comum: os leitores e consumidores. Edinho Pasquale

 

Editor

 

DVD Magazine”

Como

o espaço de resposta é restrito ao blog da empresa, colocamos aqui um

pequeno complemento: comparações de algumas imagens capturadas do

Blu-ray original distribuído aqui com a do site “www.blu-ray.com"), com

a versão americana, além do gráfico da taxa de “bitrate” do produto

nacional. VEJA AQUI.

[/quote']

 

 

FONTE: http://www.dvdmagazine.com.br/drops_arquivos/imagem_missao1.html

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

EUROPA FILMES MUTILA JOVEM RAINHA VITÓRIA

 

poster339520101022001544.jpg

 

 

 

 

resenha_genero_top.gif

Romance, Drama

 

Um belo filme “de época”' date=' que ganhou um Oscar® de Melhor Figurino, tem

seu lançamento em DVD para locação. Mas a edição é lamentável. A

qualidade da imagem está fraca, com falta de definição e com compressão

aparente, além de não estar no formato original do cinema (está com a

proporção 1.85:1 contra 2.35:1 do original, o que significa um corte nas

laterais da imagem).[/quote']

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pérola da Europa Filmes no BD de O Massacre Da Serra Elétrica (2003):

 

Colocou a indicação da censura (com as inadequações) em plena capa!

 

massacrebluray2_thumb.jpg

 

massacrebluray5_thumb.jpg

 

Ainda por cima não incluiu os extras, provavelmente para não gastar com um disco de camada dupla.

 

Por pouco comprei esta porcaria de edição, na semana que ia fazer a compra vi o anúncio na seção de futuros lançamentos da DVD World e passei um e-mail para a súcia da distribuidora para confirmar as especificações do disco. Como de praxe, nem responderam, fiquei com o americano da New Line por apenas US$ 10,00.

 

Imagens do site Blog do Jotacê (http://www.blogdojotace.com.br), matéria "CARAY! Massacraram a capa do Massacre!" (http://bjc.uol.com.br/2010/11/30/caray-massacraram-a-capa-do-massacre/)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Imagem Filmes Mutila Blu-ray de O VENCEDOR

 

poster357920110525231955.jpg

formatotela1720051122183329.jpg

 

Um dos filmes com maior número de indicações ao Oscar® deste ano tem seu

lançamento em alta definição por aqui. E como (quase) sempre' date=' uma

grande pisada na bola da Imagem Filmes. Mesmo se considerarmos que o

pretexto que o lançamento seja para locação, dificilmente a

distribuidora lança produtos melhores em Blu-ray depois da “janela”,

quando da venda. O problema começa com o formato da imagem. Lançado nos

cinemas com proporção de tela 2.40:1, teve “respeitado” seu lançamento

no mercado americano. Aqui, houve cortes nas laterais da imagem para se

“adequar” ao formato padrão de uma TV wide (1.78:1). Já vimos isso

antes, quando os DVDs eram “mutilados” para se adequar ao formato de

tela de widesceen (16x9) para standart (4x3). O tempo deu razão aos que

exigiam manter o formato com a concepção de formato segundo a visão do

Diretor. Mas em BD o erro, repito, se repete. E com uma absoluta falta

de explicação plausível. O outro grande problema é a ausência de

material extra. Há apenas um trailer do filme. No mercado americano, por

exemplo, há uma trilha de comentários em áudio, dois featurettes

completos em HD e cenas excluídas.

[/quote']

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

CARAY! Califórnia mutila e “enterra vivo” filme de Ryan Reynolds!

 

 

 

 

Bruno Cabral | jun 07, 2011 |

 

O filme Enterrado Vivo (2010), dirigido pelo espanhol Rodrigo Cortés e protagonizado por Ryan Reynolds, foi sucesso de crítica e recebeu 10 indicações ao prêmio Goya Awards (inclusive de melhor filme), onde levou 3 prêmios!

Um filme claustrofóbico e angustiante, que conta a história de um

motorista de caminhão americano, Paul Conroy (Ryan Reynolds), que acorda

enterrado em um caixão de madeira quando fazia um serviço no Iraque.

Sem saber quem pode tê-lo posto ali e por que, só dispõe de um celular e

um isqueiro para tentar escapar.

A obra chegou ao Brasil pela produtora independente Califórnia Filmes.

Eu tive o prazer de assistir o filme no cinema, e aguardava

ansiosamente para revê-lo em Blu-ray com toda a qualidade que o formato

dispõe! Infelizmente, a Califórnia nos “brindou” com uma edição SEM áudio HD e com formato de tela MUTILADO!

O Blu-ray foi lançado por aqui no mercado rental em janeiro deste ano, e

agora em junho chega no varejo com a mesmíssima edição!

img_02

 

Blog do Jotacê - http://bjc.uol.com.br/2011/06/07/caray-califrnia-mutila-e-enterra-vivo-filme-de-ryan-reynolds/

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Recentemente comprei os BDs de POR UNS DÓLARES A MAIS e TRÊS HOMENS EM CONFLITO ambos da MGM/FOX e incrível, apenas POR UNS DÓLARES tem legenda em apenas um dos extras, sendo que o TRÊS HOMENS só possui legendas em alemão e em inglês ! Dos 15 BDs que tenho em casa apenas esses 2 não tem opção de legendas em português nos extras.........Nesse quesito a Warner está de parabéns, pois seus BDs possuem mais de 20 idiomas nas legendas........Minduim2011-06-14 17:09:42

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Íntegra do artigo... medo, muito medo...

Caray! Imagem Filmes fu*** com Piranha!

Em janeiro deste ano, o Blu-ray nacional do filme Piranha (2010), do diretor Alexandre Aja (Viagem Maldita), chegou ao mercado de locação pelas mãos da Swen Filmes, conhecida também como Imagem Filmes.

Este Blu-ray apresentou sérios problemas de qualidade, como mostra a resenha do site DVD Magazine:

Seguem algumas citações da resenha:

“A qualidade da imagem é sofrível nesta edição, com

fraca qualidade de detalhes, apesar da sua boa coloração. Mas o pior é o

de ter uma proporção de tela diferente da edição dos cinemas e do BD do

mercado internacional.
Aqui se tem uma proporção de 1.85:1, contra 2.35:1 na edição original
. Talvez este fato demonstre a queda de qualidade, visível na comparação das imagens desta edição e da americana.
O mais incrível é que o filme tem a proporção original no início do filme e nos créditos finais
.”

“O gráfico da “taxa de transmissão”, o chamado “bitrate”, também indica esta deficiência. Está formatado num
disco de camada simples (BD25)
, cuja imagem ocupa apenas 17.010.118.656 bytes.”

“O áudio está correto no idioma original, com trilha em HD, mas

não agrada a distribuição dos canais, que dão ênfase para os efeitos e

“sustos” nos canais surround. A trilha sonora acaba ficando obscura.”

“Material extra? Nesta edição,
nenhum
.”

img_023.jpg

Com isso fica claro a “bomba” que é essa edição! Após essa resenha,

entramos em contato com a Imagem Filmes e fizemos inúmeras reclamações.

Pelo Twitter, em 28 de janeiro, a produtora se pronunciou sobre o

assunto em resposta ao BJC (clique nas imagens para acessar os tweets,

enquanto estes não são deletados):

img_tw_01.jpg

img_tw_02.jpg

Ou seja, a Imagem prometeu que em 6 meses (um bom tempo para

re-autorar o filme) seria lançada a edição nas lojas para os

consumidores, e esta então teria ao menos o problema do formato de tela

corrigido.

Os 6 meses se passaram, o Blu-ray entrou em pré-venda em algumas

lojas, e no dia do lançamento (22/06), comprei a minha edição na DVD World. Quando o produto chegou veio a surpresa, o disco é O MESMO da edição para locação! As imagens abaixo ilustram o caso:

img_032.jpg

Fomos enganados pela Imagem Filmes! Provavelmente mandaram aqueles

tweets para “acalmar” os ânimos dos colecionadores, pensando: “Ah, em 6 meses eles nem lembrarão disso.

Entramos em contato com a empresa ontem (27/06) para esclarecer este caso, e tivemos apenas a resposta que Piranha “será relançado em BD 3D exatamente como é o BD americano 3D.” Ou seja, mais promessas e nenhuma explicação pelo ocorrido com a versão 2D.

 

É claro que é muito mais fácil e barato colocar o mesmo disco da

edição de locação nas lojas para o consumidor final. Mas o grande

problema aqui foi a informação dada pela empresa aos consumidores em seu

perfil oficial no Twitter, prometendo uma edição e entregando outra.

Pelo jeito, mesmo com os protestos a Imagem Filmes continua ignorando os

formatos de tela originais, e nem ao menos para se espelhar na atitude

da Califórnia Filmes, que cometeu o mesmo erro com “Os Mercenários”, mas correu atrás e lançou uma das melhores edições do ano em Blu-ray (do mercado nacional)!

A Califórnia pisou na bola com o Blu-ray de “Enterrado Vivo”, mas pelo menos foram honestos em admitir que o Blu-ray para venda seria o mesmo mutilado do mercado de locação:

tweet_03.jpg

A Imagem Filmes coleciona fatos bizarros e absurdos:

Sem esquecer que foi um Blu-ray da Imagem um dos primeiros a ser pirateado de forma “perfeita” (qualidade idêntica ao original):

Fica difícil enxergar um futuro melhor para um produtora que mente

para os clientes e usa desculpas para mutilações. Vou bater novamente na

mesma tecla, mutilação só serve para desvalorizar o próprio produto!

Abra os olhos Imagem Filmes! E trabalhe muito para ganhar a confiança

dos consumidores, que hoje prefere um disco pirata a uma edição da

Imagem Filmes!

Aos fãs de terror: não se esqueçam que Pânico 4 está nas mãos da Imagem Filmes, e em breve chegará ao mercado de home vídeo. Este filme tem formato de tela original 2.35… Já podem se preocupar!

img_043-550x387.jpg

 

Pode largar a faca, amigo! Provavelmente VOCÊ será o próximo mutilado!

NOTA DO JOTACÊ:

O BJC a partir de hoje adotará uma postura diferente em posts desse tipo. Estamos cansados de tentar o contato através de SACs

e assessorias de imprensa que, na maioria das vezes, não dão retorno ou

não levam adiante as questões aqui divulgadas (e, por que não dizer,

denunciadas pelo site). Vamos agora publicar em aberto os contatos

diretos das pessoas responsáveis pelos lançamentos nacionais, não só com

o intuito de reclamar, mas também de elogiar suas atidudes se assim

forem merecedores.

Claro que sempre aconselhamos que os protestos sejam feitos de

maneira ordeira e educada, afinal aqui no BJC ninguém está brincando ou

fazendo bulling de maneira gratuita. Mas definitivamente essas pessoas precisam ficar sabendo da nossa insatisfação. Se você acha que Piranha

não é um filme bom ou que não merece tal mobilização, lembre~se que o

próximo da fila pode ser um filme que você é fã. Aqui vale o espírito

coletivo da nossa comunidade de colecionadores e não individualismos ou

egoísmos de qualquer natureza.

Não desistimos do mercado nacional, nem vamos desistir. Temos certeza que ele pode mudar para melhor e que muitas pessoas dependem dele para colecionar, seja lá o motivo dessa dependência (dependência financeira, problemas com o idioma estrangeiro, etc).

Portanto, se você está insatisfeito com a Imagem Filmes e os

constantes casos de mutilação, Blu-rays sem extras, entre tantas

atitutes que esta produtora toma em relação ao mercado de home video nacional, mande seu e-mail de reclamação para o contato abaixo:

O colecionador brasileiro clama pelo mínimo de qualidade!

 

 

Dook2011-06-30 10:23:58

Share this post


Link to post
Share on other sites

Direto do Blog do Jotacê:

 

 

Imagem Filmes – O Retorno: A Mutilação Continua!

 

 

 

Bruno Cabral | jul 12, 2011 

 

 

 

 

 

banner_post.jpg

Os posts informando casos de mutilação de tela aplicados pela Imagem Filmes

em seus títulos estão cada vez mais frequentes. Os “casos isolados”,

onde o formato de tela original é respeitado nos títulos da produtora,

estão cada vez mais raros. Além do problema da mutilação, esta produtora

parece ter adotado outra regra: NADA de extras nos Blu-rays!

Leia também

Temos mais duas vítimas do facão da Imagem Filmes (com citações das resenhas feitas pelo site DVD Magazine):

O Vencedor (2010)

Filme indicado a 7 OSCAR, incluindo melhor filme e melhor diretor,

mas o tratamento que o Blu-ray recebeu por aqui é digno do Framboesa de

Ouro!

cover_vencedor.jpg

:

O problema começa com o formato da imagem. Lançado nos cinemas com

proporção de tela 2.40:1, teve “respeitado” seu lançamento no mercado

americano. Aqui,
houve cortes nas laterais da imagem para se “adequar” ao formato padrão de uma TV wide (1.78:1)
.

Já vimos isso antes, quando os DVDs eram “mutilados” para se adequar ao

formato de tela de widescreen (16×9) para standard (4×3). O tempo deu

razão aos que exigiam manter o formato com a concepção de formato

segundo a visão do Diretor. Mas em BD o erro, repito, se repete.
E com uma absoluta falta de explicação plausível
. O outro grande problema é a
ausência de material extra
. Há apenas um trailer do filme. No mercado americano, por exemplo, há uma trilha de comentários em áudio, dois
featurettes
completos em HD e cenas excluídas.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Do Blog dos Maníacos por Filmes:

 

Será a Lume Filmes a nova Continental?

 

 

 

Ontem eu assisti o DVD “A Mãe e a Puta”, lançado pelo distribuidor Lume Filmes e que eu comprei recentemente em uma promoção.

Desde o início é possível ver a baixa

qualidade da gravação. Entretanto, para a minha surpresa, descobri que o

filme é na verdade uma gravação da televisão francesa. No início dos

créditos, há um anúncio da programação para a quarta-feira (“mercredi”)

seguinte, que corre acima do nome dos atores. Se bobear, é a gravação

que está disponível na Internet.

 

O mais triste é que a Lume cobra mais caro por seus DVDs do que a Versátil.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Putz! Nunca vi nenhum dvd da Lume' date=' mas pelo que leio não valem muito a pena...

[/quote']

 

Tenho vários. Alguns são bem toscos, mesmo (Underground, O Conformista, Vá e Veja). Outros me parecem bem aceitáveis (Sansho, Pai e Filha, Os Imorais). Basicamente, depende de onde eles obtêm a cópia.

 

Cremildo2011-10-14 10:38:35

Share this post


Link to post
Share on other sites

A ironia quanto a Imagem Filmes é que parece que o 3D de seus títulos em bd estão mantendo a linha original. Então fica a dica pra quem quiser comprar Piranha em bd, faça como eu e espere a chance de comprar o filme na versão 3D, além de conter tb a versão 2D, ainda mantém o aspecto original da tela ao contrário do bd somente 2D que eles mesmo lançaram.

 

É, vá entender.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...