Jump to content
Forum Cinema em Cena

Batman V Superman: Dawn of Justice


AnakinSkywalker
 Share

Recommended Posts

621 milhões para um filme de origem não é ruim! E pode chegar a 700 pq ainda vai estrear em alguns lugares e ficar em cartaz em outros por um tempo. Se não chega a 1 bilhão, a culpa é da Warner que não fez estréia global e ainda lançou em um 3D que nem é 3D de verdade.

 

Quanto aos críticos, são um bando de paga pau do Donner e do Superman DEUS! 

 

O problema do filme para  Warner, segundo os analistas de mercado, é q ele tinha q passar dos 700 milhões para efetivamente dar lucro... ele pode ter custado 225 milhões para ser feito, mas mto desse dinheiro veio de grupos de investdores q, além de quererem seus dinheios de volta, ainda ficam com uma bela porcentagem, e a bilheteria internacional, ainda é dividido entre as distribuidoras regionais e tal.. no final, a Warner não teve menos de 100 milhões de lucro... A Baiana chegou a falar q o filme precisava de 730 milhões para a Warner ter lucro, já q todo o dinheiro impregado primeiro vai para os credores...

Link to comment
Share on other sites

já que não há vantagem alguma em guardar segredo.

 

Vantagem, tem.

Se estiverem, o anúncio posterior de retorno do ator aumentaria o hype de forma astronômica, ainda mais se o motivo alegado for um "roteiro fantástico" irrecusável.

Link to comment
Share on other sites

Vantagem, tem.

Se estiverem, o anúncio posterior de retorno do ator aumentaria o hype de forma astronômica, ainda mais se o motivo alegado for um "roteiro fantástico" irrecusável.

 

 Vantagem maior seria fazer o anuncio desde já, criando um hype que cresceria exponencialmente ao longo de dois anos. Expectativa é mais potente que a surpresa. Regra básica do marketing. A Marvel Studios que o diga.

 

 Em resumo, a Warner não teria vantagem em mentir sobre o fim do universo do Nolan.

Link to comment
Share on other sites

E pra que criar outro Batman??? É só usar os princípios do Batman do Nolan.

 

Exato, nem precisa ser o Bale, mas os princípios, não algo totalmente diferente,algo que fosse condizente com o que funcionou. O próprio Batman do game Arkhan poderia servir de inspiração. Não precisam reinventar a roda.

Link to comment
Share on other sites

Expectativa é mais potente que a surpresa.

 

A não ser que o hype já seja alto simplesmente por conta da união de Batman e Superman no mesmo filme.

 

Nesse caso, com Bale sendo anunciado depois, a Warner ganharia os dois: expectativa e surpresa.

 

A surpresa acrescenta ao hype já alto. Não é porque a Marvel Studios obteve sucesso que chegamos ao topo do marketing.

Link to comment
Share on other sites

 PRIMO, você sabe que mercadologicamente isso faz menos sentido do que "matar" a trilogia do Nolan. Se existia um momento ideal para quebrar a surpresa e anunciar o retorno do Bale, ou pelo menos a continuidade da trilogia do Nolan, o momento foi ontem. Não se pode ter expectativa e surpresa. São opostos.

 

 Em resumo, Bale tá fora. Aceite. :D

 

 BIG ONE, Mas não tem como fazer algo totalmente diferente do que o Nolan fez mesmo. A principal diferença do Batman do Nolan para o das Hqs é que ele não tem um cérebro capaz de rivalizar com o de Sherlock Holmes. No resto, o Nolan foi bem fiel.

 

 Mas mesmo assim, o filme vai ter que apresentar algum background pro personagem e seu universo. Por que querendo ou não, não é o mesmo Batman do Nolan. É outra versão do personagem.

Link to comment
Share on other sites

Se existia um momento ideal para quebrar a surpresa e anunciar o retorno do Bale, ou pelo menos a continuidade da trilogia do Nolan, o momento foi ontem. Não se pode ter expectativa e surpresa. São opostos.

 

 Em resumo, Bale tá fora. Aceite. :D

 

Viajou, Questão! Não estou aqui defendendo ou não o retorno do Bale, mas sim avaliando o hype. Dentro do contexto de expectativa que já está formado, um anúncio COMO o do retorno dele apenas acrescentaria um gigante hype. Tah todo mundo falando do encontro entre Batman e Superman. Ponto. Bale seria agora uma carta para continuar tranquilamente na manga. Expectativa e surpresa são opostos dentro da redoma em que está seu argumento. Fora dela, uma tem a prerrogativa de somar à outra.

Link to comment
Share on other sites

O problema do filme para  Warner, segundo os analistas de mercado, é q ele tinha q passar dos 700 milhões para efetivamente dar lucro... ele pode ter custado 225 milhões para ser feito, mas mto desse dinheiro veio de grupos de investdores q, além de quererem seus dinheios de volta, ainda ficam com uma bela porcentagem, e a bilheteria internacional, ainda é dividido entre as distribuidoras regionais e tal.. no final, a Warner não teve menos de 100 milhões de lucro... A Baiana chegou a falar q o filme precisava de 730 milhões para a Warner ter lucro, já q todo o dinheiro impregado primeiro vai para os credores...

 

Segundo alguns analistas. Mais uma vez, estás tratando algo pontual como fato. Vale lembrar: o Box Office Mojo, que é A referência em bilheteria, aponta MoS como tendo desempenho dentro dos parâmetros reais, ou seja, um filme que não é um fenômeno, mas dá lucro, justifica o investimento. Todo o resto que citaste pode ser resumido em uma palavra: padrão. Todos os filmes de alto orçamento jogam por essas regras. MoS é um dos filmes mais caros da história, mas não é o mais. E poucos filmes triplicam seu orçamento (o valor citado naquele artigo da Bahiana que debatemos ontem foi 675 milhões, três vezes o orçamento, não 730 milhões), e aí está a diferença entre ser um filme rentável e ser um fenômeno, coisa que obviamente MoS não é. A título de exemplo, a franquia de mais sucesso da DC no cinema, TDK, começou com Begins, que ficou 75 milhões abaixo de triplicar o orçamento. MoS ainda está em cartaz, ainda tem a estreia no Japão, e está com 635 milhões de dólares na conta (valores ainda parciais), ou seja, 40 milhões abaixo do ponto de triplicar seu orçamento.

Link to comment
Share on other sites

 

  JACK RYAN, concordo que recontar a origem do Batman em detalhes não faria sentido. Mas é necessário que seja dado o mínimo de background sobre este novo Batman e seu universo, afinal, este será o 1º filme deste novo Batman.  Acho que podem fazer, em menor escala, o que Tim Burton fez em BATMAN, que não se trata de um filme clássico de origem.

 

Pois é a isso que me refiro: esse background, quase que com certeza, será alguma sutil conexão com os Batman do Nolan. Nem que seja só pra constar no trailer, alguma conexão me parece obrigatória, pq seria tolice, financeiramente, não fazê-lo.

Link to comment
Share on other sites

texto da marvetinha Bahiana  :D

 

 

 

 

Quando Batman encontrou Super-Homem: o que está por trás do anúncio mais explosivo da Comic-Con 2013

Ana Maria Bahiana

 

20/07/2013 21:26

 

 

logo.jpg

Logo do projeto Batman/Super-Homem, anunciado hoje na Comic-Con

Então: o Batman estava lá em Gotham City, no seu bat-barzinho, sossegado no seu canto com seu drinque quando… ei, quem é esse cara de azul piscando pra mim?

Era o Super-Homem. E aí…

Bom, vamos encurtar a história: a Warner anunciou agora à tarde, no famoso Hall H da Comic Con que o próximo filme do Super-Homem será o próximo filme do Batman. E vice versa. Em resumo – a temporada norte-americana verá o primeiro filme dos dois super-heróis mais populares do mundo, juntos. “Vocês tem que concordar, isso é pra lá de mitológico”, disse Zack Snyder, falando para um Hall H lotado e mudo, em choque. “Ter o Super-Homem e nosso novo Batman cara a cara vai ser incrível, eles são os maiores super-heróis do mundo!”

O anúncio – feito por Syder e Diane Nelson, presidente da DC Entertainment, o braço de produção audiovisual da DC Comics – pegou todo mundo de supresa. Oficialmente, o evento da Warner na Comic-Con era para promover Gravity, Godzilla, o novo 300 e outros filmes do estúdio.

O que já estou chamando de “sanduíche de super-herói” está sendo escrito neste momento (pelo mesmo David Goyer de Homem de Aço, mais Snyder). Snyder será o diretor, e Christopher Nolan o produtor executivo ( o que significa, na estrutura daqui, que ele estará mais distante da produção do que esteve em Homem de Aço. Charles Roven e Deborah Snyder, que pegaram o pesado tanto de Homem de Aço quanto da trilogia Batman de Nolan, serão os produtores.

A produção começa ano que vem, com o lançamento previsto para meados de 2015, bem a tempo de fazer frente ao segundo Vingadores, e abrindo o calendário de novas parcerias Warner/DC: The Flash em 2016 e Liga da Justiça em 2017.

Henry Cavill retornará como Clark Kent/Super-Homem, mas ainda não se sabe quem será Batman. Christian Bale disse para quem quisesse ouvir que este seria sua derradeira morcegada mas…. Quem sabe, uma boa negociação pode mudar sua ideia. A referência de Snyder a “nosso novo Batman”, contudo, indica que vamos ver mesmo um novo morcegão.

Por que a Warner optou por não colocar nas telas um segundo Homem de Aço, pura e simplesmente, e resolveu colocar o Batman na jogada ? Lembram quando eu dizia e repetia, lá no twitter, que eu só ouvia infos de que uma sequel não estava decidida de jeito nenhum?

Eu gostaria muito de dizer que é porque a bat-trilogia Nolan é infinitamente superior ao Homem de Aço, mas, como sempre, são os  números que valem. Homem de Açocustou 225 milhões de dólares e, até agora, rendeu 621.8 milhões de dólares em todo o mundo. O Cavaleiro das Trevas Ressurge custou 250 milhões mas rendeu mais de um bilhão de dólares na bilheteria mundial.

Embora a Warner, como era de se esperar, tenha dito que o filme de Snyder “desempenhou como esperávamos”, a verdade é que ele teria que ter rendido mais de 675 milhões para dar lucro – e, se eu me lembro bem, a cantoria eufórica aqui, lá para os lados de Burbank era “vamos passar de um bilhão, fácil!!”.

Desde que a Disney emplacou 1 bilhão e 500 milhões de dólares em bilheteria mundial com Vingadores, este se tornou o número mágico que todo estúdio almeja atingir para se considerar parte do jogo do arrasa-quarteirão.

Em bom português: Batman tem que dar uma força ao colega de azul. Uma tremenda bat-força, aliás. Conseguirá, Robin?

 

 

Fonte: http://anamariabahiana.blogosfera.uol.com.br/2013/07/20/quando-batman-encontrou-super-homem-o-que-esta-por-tras-do-anuncio-mais-explosivo-da-comic-con-2013/

Link to comment
Share on other sites

Bahiana tá mais pra Nolanette que Marvette...

 

Só esquece que compara MoS que é um filme "original" com uma sequência, que é TDK...

 

Se quisesse ser justa, compararia MoS com BB...

Não a mínima faz diferença ela fazer essa comparação, o problema é que pelo jeito a Warner também pensa assim...

 

Mesmo sendo "filme de origem mimimi", ele custou 225 milhões, que deixa claro que a Warner tava sim apostando numa bilheteria maior pra ele e pelo jeito o filme não chegou no patamar que ela esperava. A Marvel foi bem mais esperta e fez "filme de origem mimimi" com custos menores pros seus heróis.

Link to comment
Share on other sites

Bahiana tá mais pra Nolanette que Marvette...

 

 

Não a mínima faz diferença ela fazer essa comparação, o problema é que pelo jeito a Warner também pensa assim...

 

Mesmo sendo "filme de origem mimimi", ele custou 225 milhões, que deixa claro que a Warner tava sim apostando numa bilheteria maior pra ele e pelo jeito o filme não chegou no patamar que ela esperava. A Marvel foi bem mais esperta e fez "filme de origem mimimi" com custos menores pros seus heróis.

 

"Filme de origem mimimi" não, isso é um fator existente e crucial. Não adote uma postura canalha para tentar invalidar visões contrárias sem usar de argumentos.

Link to comment
Share on other sites

Concordo com o JAILCANTE. O "problema" é que MOS teve um custo muito maior do que os filmes "abre franquia" da Marvel, ou que o próprio BEGINS. Esta longe de ser um fracasso financeiro, mas esta longe de ser um fenômeno também. O filme com certeza deu lucro, mas acredito que a Warner esperava que desse mais.

 

 

Pois é a isso que me refiro: esse background, quase que com certeza, será alguma sutil conexão com os Batman do Nolan. Nem que seja só pra constar no trailer, alguma conexão me parece obrigatória, pq seria tolice, financeiramente, não fazê-lo.

 

 Ai é que tá, JACK RYAN. O Batman que aparecera no filme do Snyder não é o mesmo Batman da trilogia TDK. Nolan, Snyder, Goyer, Jeff Robinov, e mais umas três ou quatro pessoas diretamente ligadas a produção desses filmes já afirmaram que aquele universo criado na trilogia "morreu".

 

  Sé é uma tolice comercial ou não, são outros quinhentos. Mas é o que eles vão fazer. E não serão os primeiros, vide o Hulk e o Homem Aranha.

Link to comment
Share on other sites

Concordo com o JAILCANTE. O "problema" é que MOS teve um custo muito maior do que os filmes "abre franquia" da Marvel, ou que o próprio BEGINS. Esta longe de ser um fracasso financeiro, mas esta longe de ser um fenômeno também. O filme com certeza deu lucro, mas acredito que a Warner esperava que desse mais.

 

 

Tá aí a diferença entre uma argumentação e uma tentativa de impor sem fundamentar.

 

Pois então, Questão, foi isso o que eu disse em um post anterior, MoS não é um fenômeno de bilheteria, mas pintá-lo com tons de fracasso é uma leitura parcial da realidade. E sobre isso de a Warner esperar mais, talvez, mas não creio que fosse muito mais. Vale lembrar dois pontos fundamentais:

 

- Antes da estreia do filme, tirando uns malucos que falavam em um bilhão, dois bilhões, vinte bilhões, as previsões quase todas colocavam como teto 800 milhões. Se 800 milhões é o teto da expectativa, é racional imaginar que algo próximo de 700 milhões não é uma decepção para o estúdio, por mais que pudesse estar racionalmente esperando algo mais (digamos, para efeito de argumentação, que 750 milhões seria um valor excelente).

 

- A própria Warner colocou como previsão oficial para o fim de semana de estreia (descontada a quinta) 80 milhões. Pode ter sido falsa humildade, pode ter tido uma margem de erro, mas o filme fez 116 milhões no período em questão. São 36 milhões a mais.

 

No fim das contas, o que eu questiono é essa onde repentina de avaliações pessimistas, justamente quando a Warner vem com notícias positivas, de que as coisas estão finalmente se movendo.

 

 Ai é que tá, JACK RYAN. O Batman que aparecera no filme do Snyder não é o mesmo Batman da trilogia TDK. Nolan, Snyder, Goyer, Jeff Robinov, e mais umas três ou quatro pessoas diretamente ligadas a produção desses filmes já afirmaram que aquele universo criado na trilogia "morreu".

 

  Sé é uma tolice comercial ou não, são outros quinhentos. Mas é o que eles vão fazer. E não serão os primeiros, vide o Hulk e o Homem Aranha.

 

 

Como já foi dito, Questão - e gostaria que não ignorasses esse argumento novamente - isso não está escrito em pedra. O ator mudará, o diretor mudará, mas insinuar que esse Batman passou por algo que foi mostrado na trilogia do Nolan é uma possibilidade real. Num exemplo bem porco - até pq, se eu tivesse talento pra escrever roteiros, estaria rico e famoso, hehehe - o Super diria pro Batman "você é o justiceiro que enfrentou o Coringa". Bingo, cena do trailer.

Link to comment
Share on other sites

Acho que a Warner tava esperando demais para um filme onde todo mundo já conhece a origem o personagem, tenho escutado gente falando que não foi ver o filme por causa disso. Mas mesmo assim não foi um fracasso nas bilheterias por que a marca Superman ainda atrai interessados.

Link to comment
Share on other sites

 Em pedra, nada esta escrito, JACK RYAN. Mas as evidencias são bem fortes.

 

 Evidência A

 

 Zack Snyder disse: “Estou empolgado para começar a trabalhar novamente com Henry Cavill no mundo que criamos e mal posso esperar de expandir o universo DC neste próximo capítulo. Vamos falar sério: é algo pra l[a de mitológico ter o Super-Homem e nosso novo Batman se encarando, uma vez que eles são os maiores super-heróis do mundo”

 

 Evidência B

 

 Jeff Robinov, o presidente da Warner Bros disse  "Com O Homem de Aço] estamos definindo o tom para os filmes que virão a seguir. Nesse sentido, O Homem de Aço sem dúvida é um primeiro passo, enquanto os Batman de Nolan eram esperta e deliberadamente isolados. O que Zack e Chris fizeram com este filme agora foi permitir espaço para introduzir outros personagens desse mesmo universo"

 

Evidência C

 

David Goyer disse " Zack Snyder disse que Bruce Wayner existe nesse universo. Seria um Bruce Wayne diferente do universo do Cavaleiro das Trevas de Christopher".

 

 

 Então JACK RYAN, a possibilidade de ser o mesmo Batman da trilogia do Nolan até existe. Mas vamos convir que tendo em vista as declarações é uma possibilidade mínima, e na qual pessoalmente, eu não boto a menor fé.

Link to comment
Share on other sites

 Em pedra, nada esta escrito, JACK RYAN. Mas as evidencias são bem fortes.

 

 Evidência A

 

 Zack Snyder disse: “Estou empolgado para começar a trabalhar novamente com Henry Cavill no mundo que criamos e mal posso esperar de expandir o universo DC neste próximo capítulo. Vamos falar sério: é algo pra l[a de mitológico ter o Super-Homem e nosso novo Batman se encarando, uma vez que eles são os maiores super-heróis do mundo”

 

 Evidência B

 

 Jeff Robinov, o presidente da Warner Bros disse  "Com O Homem de Aço] estamos definindo o tom para os filmes que virão a seguir. Nesse sentido, O Homem de Aço sem dúvida é um primeiro passo, enquanto os Batman de Nolan eram esperta e deliberadamente isolados. O que Zack e Chris fizeram com este filme agora foi permitir espaço para introduzir outros personagens desse mesmo universo"

 

Evidência C

 

David Goyer disse " Zack Snyder disse que Bruce Wayner existe nesse universo. Seria um Bruce Wayne diferente do universo do Cavaleiro das Trevas de Christopher".

 

 

 Então JACK RYAN, a possibilidade de ser o mesmo Batman da trilogia do Nolan até existe. Mas vamos convir que tendo em vista as declarações é uma possibilidade mínima, e na qual pessoalmente, eu não boto a menor fé.

 

Beleza, Questão, contanto que a possibilidade de diálogo esteja aberta, cada um com sua opinião. Se cada um tem sua verdade absoluta, não precisa de fórum.

 

E eu sei dessas declarações. Lembra que, não muito tempo atrás, fui eu que trouxe a matéria do Collider sobre o Batman ser outro e o Bale estar fora (quando estávamos trollando o Primo sobre as esperanças dele, hehehe)? Mas essas declarações - as duas últimas - foram dadas antes de que houvesse qualquer notícia de que o próximo filme já traria o Batman de volta. Se falava, à época, em um novo filme do Homem-Morcego pra depois de um eventual filme da Liga, ou seja, alguns anos pra frente. A menos que tudo isso já viesse sendo trabalhado a meses em segredo (e a Warner até hoje não deu pinta de ter essa capacidade de planejamento), a situação mudou. E, como eu tentei exemplificar, é possível não trazer de volta todo o universo de TDK, mas não descartá-lo por completo ao mesmo tempo. Qualquer easter egg ou pequena referência já seria suficiente pra deixar os fãs em frenesi e aumentar o hype.

Link to comment
Share on other sites

Enfim, do jeito que estou argumentando, parece que eu tenho uma preferência pessoal forte. Não é o caso. Se não fizerem qualquer referência aos filmes do Nolan, beleza. Se fizerem e for boa ou inócua, beleza também. Só vou achar ruim se forçarem uma conexão que fique a bangu.

Link to comment
Share on other sites

. E, como eu tentei exemplificar, é possível não trazer de volta todo o universo de TDK, mas não descartá-lo por completo ao mesmo tempo. Qualquer easter egg ou pequena referência já seria suficiente pra deixar os fãs em frenesi e aumentar o hype.

 

 

  Mas não sei se essa é uma postura que eu gostaria que a historia tomasse, JACK RYAN.

 

  Acho que o filme tem que assumir um lado e deixar isso claro. Ou é o mesmo Batman da trilogia do Nolan (independente do interprete ser o Bale ou não) ou é um Batman diferente. O publico tem que saber que Batman é aquele. Se a Warner quer mesmo criar um UDC cinematográfico, isso é primordial.

 

 De qualquer forma, seja o Batman do Nolan ou não, o morcego vai ter que ter o seu passado trazido a tona de forma não sutil. Por que se for o Batman do Nolan, vão ter que construir toda a situação de Bruce Wayne deixando a aposentadoria, e tendo que "ressucitar" publicamente, já que não é só o Batman que é dado como morto no fim da trilogia, Wayne também. Vide como isso foi construído no final de TDKR, não vejo isso acontecendo em dois minutos de filme.

 

 Se for um novo Batman, vão ter que dar o mínimo de background de personagem, para marcar bem que este Batman não é o mesmo Batman do Nolan, embora claro, detalhes sejam dispensáveis neste caso.

Link to comment
Share on other sites

Eu estou com um pouco de receio quanto a isso de Batman num filme do Superman. Sei lá, temo que a Warner pise na bola outra vez e faça mais um Superman sem cenas épicas de combate(como foi Returns). Pois de inicio, seriam desenvolvido nessa trama: Superman, Batman e Lex Luthor. Mas vamos ser bem honestos, Lex nunca foi rival físico para o homem de aço e é de uma tolice absurda imaginar Luthor saindo no braço com ESTE SUPERMAN. Decepcionadíssimo com a possibilidade de produziram mais um filme sem um elemento tão essencial nos dias de hoje e mais, sem explorar um novo vilão da galeria de vilões do Superman. Se isso acontecer mesmo, será a prova definitiva do quanto é preciso mudar o Superman nas HQs. Não dá mais pra continuar do jeito que está e espero sinceramente, que novos 52 faça tudo o que o homem de aço tanto precisa. Tenho esperança nisso, pelo que ando lendo dessa empreitada. Até pq, é um Superman mais modernizado de fato. MAIS ATÉ do que o Super de MOS. Só faltam remodelarem alguns de seus vilões a modo de torna-los mais atrativos e quem sabe, criar alguns novos(pq não?).

 

Espero que esse Superman and Batman tenha pelo menos 3 horas de duração. Pq ai, podemos ter esperanças de ver algo NOVO lá! Podemos torcer para que não nos tirem o que tanto demorou para ocorrer e que graças a deus, ocorreu em MOS. Podem falar o que quiser, mais nada em nenhum filme do Super, supera as cenas de ação de MOS. Isso foi muito foda e já deveria ter ocorrido há tempos. 

Link to comment
Share on other sites

O problema todo é a aparente falta de planejamento da Warner... mês passado anunciaram MoS2 para 2014, aí vem a bilheteria e não alcançou o resultado esperado, muda tudo e coloca o Batman para dar mais bilheteria? Meio complicado não? Com isso não dá para levar a sério informações da Warner...

Link to comment
Share on other sites

Ih, olha o chororô por causa do texto da Bahiana, "tem que compara com BB" dizem. A verdade é essa,chamaram o Morcego pra dar um empurrão'no Zé Cuecão. Quando saiu BB os tempos eram outros o blockbusters não tinham atingido 1 bilhão ainda e Batman estava morto e enterrado. Ele renasceu das cinzas. Foi fraco na bilheteria, mas tinha um bom filme alí. Mas de novo, os tempos eram outros. Nos dias de hoje BB não sobreviveria.

 

O resto é história, Bátima tem uma trilogia sólida da qual me agrada demais e quanto mais eu penso a respeito desse filme, mais eu desgosto da idéia.

 

Qto ao Bale, só vejo uma maneria dele voltar. A Warner dar rios de dinheiro, dando o percentual da bilheteria. Mas pelo jeito será outro, que venha.

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...