Jump to content
Forum Cinema em Cena

Qual seu filme favorito da franquia A Hora do Pesadelo?  

13 members have voted

  1. 1. Qual seu filme favorito da franquia A Hora do Pesadelo?

    • A Hora do Pesadelo
      10
    • A Hora do Pesadelo 2 - A Vingança de Freddy
      0
    • A Hora do Pesadelo 3 - Os Guerreiros dos Sonhos
      1
    • A Hora do Pesadelo 4 - O Mestre dos Sonhos
      0
    • A Hora do Pesadelo 5 - O Maior Horror de Freddy
      0
    • A Hora do Pesadelo 6 - Pesadelo Final - A Morte de Freddy
      2
    • O Novo Pesadelo - O Retorno de Freddy Krueger
      0


Recommended Posts

  • 2 months later...
  • Replies 117
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Tópico para discutirmos os filmes de um dos maiores personagens do terror, Freddy Krueger.

Freddy vs. Jason eu não incluí porque acho que destoa dos demais da série, mas não deixa de ser um bom filme. Eu tenho os 7 e pretendo começar a maratona semana que vem, depois decido o meu vot

A HORA DO PESADELO esta prestes a ganhar um remake, oq dá fim a antiga franquia. Para fazer um aquecimento, estou propondo uma analise, debate, resenha, critica, ou como queiram chamar, d cada filme d

Robert Englund usa a maquiagem de Freddy mais uma vez em Nightmares in the Makeup Chair

Postado por  Silvana Perez  no dia 03/02/2017

Documentário de Mike Kerz mostra o maquiador Robert Kurtzman aplicando a maquiagem no ator enquanto este compartilha histórias da franquia

 Share
Nightmares-in-the-Makeup-Chair-2017.jpg

Em 2014 aconteceu a Chicago’s Flashback Weekend, que marcou a última vez que Robert Englund usou a maquiagem de Freddy Krueger. Mas os fãs poderão ver o ator usando a maquiagem que o consagrou mais uma vez em Nightmares in the Makeup Chair, documentário dirigido por Mike Kerz filmado principalmente durante o evento, em que Englund conta histórias de bastidores enquanto o maquiador Robert Kurtzman aplica a maquiagem.

 

“Nightmares in the Makeup Chair é minha carta de amor à franquia A Hora do Pesadelo e à maquiagem prática”, afirmou o próprio Englund. “Eu sempre fiquei impressionado com os talentosos maquiadores. Do rascunho à escultura, eles criam o desenho. Então, da fina precisão do molde à fabricação da máscara quase tão fina quanto papel. Então, o processo de aplicação no qual eu me sento na cadeira de maquiagem e me torno sua tela viva enquanto eles me colam e pintam a máscara. Este documentário não apenas captura seu talento, mas eu acho que pode inspirar uma nova geração de artistas de efeitos práticos. Eu fiquei feliz em me tornar Freddy mais uma vez para compartilhar o processo de maquiagem com os fãs”.

 

“Eu me inspirei nas fotos vintage do lendário artista Jack Pierce aplicando a maquiagem de Frankenstein em Boris Karloff“, contou o diretor Kerz. “Infelizmente, aquelas sessões nunca foram documentadas em filme. É por isso que nós criamos nosso documentário – fãs verão duas lendas modernas do terror trabalhando. Robert Englund está fascinante compartilhando histórias sobre os filmes A Hora do Pesadelo e Freddy. E é incrível ver Robert Kurtzman aplicar os vários estágios de maquiagem para transformá-lo em Freddy Krueger”.

 

Nightmares in the Makeup Chair será lançado neste ano, em um festival ainda a ser anunciado. 

 

FONTE: BOCA DO INFERNO

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...
  • 2 weeks later...

Revi esse Pesadelo 3 no fim de fevereiro.

 

Mais um filme querido. Acho que todos da série, pra mim, são, mesmo os mais fracos, acabam sendo nostálgicos (mas excluo o Novo Pesadelo e o remake - tenho problemas com eles).

 

Esse terceiro filme em tese é o final. Bolaram uma coisa legal pra acabar com o Freddy de vez. Faz mais sentido do que o final "verdadeiro" do Pesadelo Final. Pena que o 4º filme fez pouco desse final e o Freddy volta do nada como se nada tivesse rolado aqui.

Link to post
Share on other sites
  • 4 weeks later...
  • 2 months later...

Robert Englund revela qual é sua morte favorita da franquia ‘A Hora do Pesadelo’

Na franquia de ‘A Hora do Pesadelo’, 40 vítimas já passaram pelas mãos de Freddy Krueger, mas qual delas seria a favorita de seu intérprete original, Robert Englund?
 

Durante a convenção Monsterpalooza em Los Angeles, o ator participou de um painel de perguntas e respostas sobre a série de filmes e acabou revelando qual a sua morte favorita.

Segundo o ator, sua morte favorita pertence ao filme ‘A Hora do Pesadelo 6 – Pesadelo Final – A Morte de Freddy’:

 

“Sua mente explode aos moldes de Cronenberg. Os caras amavam fazer isso. Mas sim, a que eu amo é uma verdadeira sequência politicamente incorreta, sabe. E eu odeio o fato…eu conheço vários, nem sei qual o termo politicamente correto mais…eu não acho que seja deficiente – atores portadores de necessidades especiais. Deus, eu trabalho com atores que estão em cadeiras de rodas ou possuem problemas de visão e eles não querem interpretar pessoas super duper boazinhas o tempo todo. Eles simplesmente não precisam ser o cara bom. Ou cara legal. Ou o santo. Ou o mártir. Eles querem ser os caras maus, os vilões também. E eu amo o politicamente incorreto nisso. Freddy é um serial killer com oportunidades iguais. Ele não se importa se você possui problemas de audição. Ele vai te pegar. Essa é minha morte favorita. Por conta de todas as ramificações que surgem daí”.

 

 

FONTE: CINEPOP

 

Hehehehe. Nesse ponto, Freddy é mesmo um cara inclusivo e livre de preconceitos. :D

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
  • 3 years later...

 

 um importante membro da família Elm Street se vai

 

John Saxon, de A Hora do Pesadelo, morre aos 83 anos

Morte do ator foi causada por uma pneumonia

  •  
  •  
  •  
  •  
NICOLAOS GARÓFALO
25.07.2020
22h59

John Saxon, conhecido por participações na franquia A Hora do Pesadelo e pelo longa Operação Dragão, morreu neste domingo (25). Segundo a esposa do ator, Gloria, a causa da morte foi uma pneumonia (via THR).

 

Ao longo de sua carreira, Saxon também atuou em O Homem com a Lente Mortal, Um Tira da Pesada 3 e God’s Ears.

Saxon deixa dois filhos, um neto e um bisneto.

 

FONTE: OMELETE

 

Além de A HORA DO PESADELO, também esteve no clássico setentista NATAL NEGRO, e trabalhou com o mestre Mario Bava em A GAROTA QUE SABIA DEMAIS.

 

R.I.P

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Vídeo interessante. Uma série de perguntas e respostas sobre a série (em inglês):

 

Uma pergunta interessante que ele faz aí é 'como o Freddy é derrotado de forma diferente em cada filme'?

E a resposta que ele dá, até faz sentido (nem tanto, mas ok, é plausível). É que o Freddy também obedece as regras do "sonhador" e cada sonhador ali no final tem pensa em algo diferente pra derrotá-lo. No primeiro filme, Nancy recebe a informação de que a força dele vem do medo (Glen fala pra ela sobre algo que leu em um livro), e assim ela retira a força dele ao demonstrar que não tem medo. No quarto filme, Alice lembra das regras do "Mestre do Sonhos" e aí aplica pra vencer ele. E etc.

Outra coisa é sobre a morte da babá no Novo Pesadelo. Ela não estaria dormindo ali, só o menino, então como o Freddy conseguiria pegar ela? Ali ele diz que esse filme não é o Freddy em si, e sim, um monstro que simularia o Freddy. E as regras de como ele age, o filme não deixa claro. Ele simularia o Freddy, mas não 100%.

Link to post
Share on other sites

A Hora do Pesadelo (A Nightmare on Elm Street, Dir.: Wes Craven, 1987) 5/4

200px-Nightmare01.jpg

A Hora do Pesadelo 2 - A Vingança de Freddy (A Nightmare on Elm Street 2 - Freddy's Revenge, Dir.: Jack Sholder, 1985) 2/4

230px-Nightmare_Elm_Street_2.jpg

A Hora do Pesadelo 3 - Os Guerreiros dos Sonhos (A Nightmare on Elm Street 3 - Dream Warriors, Dir.: Chuck Russel, 1987) 3/4

235px-Nightmare_Elm_Street_1987.jpg

 

Assisti os 3 primeiros filmes da franquia nesse fds. Estranho que sempre considero o fim da Parte 3 como "verdadeiro final" da série (pelo jeito como destroem o Freddy), então, fico com impressão que a relevância da série acaba ficando só nesses 3 filmes (gosto dos demais, mas meio que o 3º filme fecha mesmo o lance). 

Estranho que em relação a história, o 1º filme tem essa ligação maior como o 3º filme: Freddy ataca nos sonhos, personagens do 1º filme voltam no 3º (Nancy e seu pai) e etc. Senso de continuidade bem maior no 3º filme do que no 2º. Como se o 2º filme nunca estivesse existido. Mas em relação a clima de terror e ambientação, o 1º acaba tendo sim ligação maior com o 2º filme. O 2º filme por mais que tenha mudado coisas ali (Freddy agora ataca no mundo real), ainda tem cara de terror mais sério que tinha no 1º filme. Talvez porque os 2 filmes foram feitos quase juntos no começo/meio dos anos 80 (84 e 85), e nessa época os filmes do gênero ainda se levavam mais a sério (mesmo muita coisa sendo 'camp', o gênero tinha uma certa sobriedade, não ria muito de si mesmo no início da década). O 3º já saiu em 1987, e ali o gênero já zoava de si mesmo (muito terrir surgiu ali). Nisso, o 3º filme o considero mais "leve" que o 2º de forma geral (não tenho muito argumentos sobre isso, é mais uma sensação mesmo).

Ainda considero o 3º filme, a melhor sequel de A Hora do Pesadelo, o que atrapalha, pra mim, é que não gosto tanto do lance do 'X-men contra Freddy', uma equipe ali de jovens que vão combatê-lo. Prefiro o lance de personagem solo se matando e se 'virando nos 30' pra salvar os outros (como acontece nos demais filmes da série).

Já o 2º filme, atrapalha o fato de terem jogado fora a ótima mitologia do Freddy, de atacar nos sonhos e etc, pra colocar algo já meio desgastado que é o lance de possessão. A Hora do Pesadelo 2 é basicamente um remake de Amityville 2: Família muda pra casa nova, ali tem uma entidade que usa o filho mais velho do casal pra matar pessoas. Mas como disse, o que salva é que ele ainda tem clima bom de filme terror que herdou do primeiro filme (temos a cena do ônibus, a cena de morte do amigo do Jesse, o final na fábrica e outras que são bem climáticas).

Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...

Vídeo interessante falando 'quando a série A Hora do Pesadelo acabou' (em inglês)

 

Sim, ele fala justamente da Parte 4. No filme, morreram os últimos sobreviventes da Parte 3, que eram os filhos dos pais que mataram Freddy, e assim a motivação dele foi pro ralo. Mas continuou a matança mesmo assim. Ali, ele fala que a série acabou.

 

É complicado falar mal da Parte 4 já que gosto dela, mas é a realidade. Ignoraram o que o filme anterior fez. Sim, é ruim um filme fazer um enorme malabarismo pra matar o Freddy e no filme seguinte, ele simplesmente surgir do nada. Sim, é ruim matar os sobreviventes do filme anterior, só pra aumentar o número de mortes e mais nada (pior, os 3 personagens estavam meio chatos ali e assim ninguém ligou pra mortes deles). Tem muitas decisões questionáveis ali, mas no fim, deixaram tudo passar porque o povo só queria ver o Freddy matando criativamente novos adolescentes e fim.

 

Até se for analisar a Parte 5 do Sexta-feira 13, sendo feito depois do 'Capítulo Final', até ali o pessoal tinha uma ideia pra continuar. Pode não ter sido tão bem realizada, mas, tinham um plano ali. Não fizeram o filme em cima do nada (até o ressuscitamento do Jason na Parte 6 foi algo bem planejado). Já a Parte 4 do A Hora do Pesadelo, não tinham ideia de continuidade, se tiveram, jogaram tudo no lixo pra só fazer mais um filme seguindo a fórmula da Parte 3 (mas sem a substância que esse filme tinha).

(Curioso que um dos roteiristas, Brian Helgeland, chegou a ganhar um Oscar uns anos depois por L.A. Confidencial)

 

Meu ranking atual: 1, 3, 2, FvJ, 4, 5, 6, 7, Remake.

Link to post
Share on other sites

 

Sequências alternativas para a série

 

 

 - Honestamente, nunca gostei do final do primeiro filme, mas o final original do Wes onde é revelado que tudo foi um pesadelo também não me agrada muito não

- Li essa versão alternativa do A HORA DO PESADELO 3 que o Wes escreveu. Muito dos personagens que estão no Pesadelo 3 que foi pro cinema estão neste roteiro, mas tem alguns que morrem aqui e ficam vivos no cinema, e vice versa (nessa versão do Craven, a Nancy sobrevivia). O Freddy era bem menos piadista também, mas no geral, prefiro muito mais a versão que foi pro cinema.

 

- Fico curioso pra saber como teria sido este A HORA DO PESADELO 4 que o Wes propôs, com os sonhos sendo usados pra viajar no tempo. Mas honestamente, algo me diz que foi melhor não saber. Hehehehe

 

- Este A HORA DO PESADELO 6 alternativo do Peter Jackson tinha um conceito curioso e metalinguístico, mas meio difícil de se levar a sério. Por outro lado, o PESADELO 6 de verdade também era meio difícil de se levar a sério. Hehehehe. Mas a ideia do Jackson de explorar mais o funcionamento do mundo dos sonhos era bem curiosa.

- Esta Prequel que pensaram em fazer contando os crimes do Freddy antes da morte dele, com uma pegada a lá HENRY: RETRATO DE UM ASSASSINO, seria bem despropositada, ao meu ver. Um filme de "A Hora Do Pesadelo", sem pesadelos, e sem o fator "Slasher" (coisa que o 2, apesar de não ter pesadelos, tem).

 

 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...