Jump to content
Forum Cinema em Cena

Home Theater


Shiryu
 Share

Recommended Posts

Então eu poderia fazer isso' date=' sem problemas? Não vou fritar as caixas?? 06[/quote']

 

Dê uma olhada na impedância e na potência admitida antes... 06 

 

 


O que o Dook está tentando fazer? Explodir o quarto dele? Pergunto isso porque uso na sala aquele meu sonzinho Sony FH-B900 que tem 50 rms e eu não consigo chegar à metade do volume. E até antes disso, o som que ele emite parece que diminui o tamanho da tela.

 

Às vezes nem se trata de explodir o quarto ou a sala. Um ht 5.1 distribui de forma equitativa e sem exageros o som de um filme, então nem sempre vai parecer que a potência é exagerada porque o equipamento funciona como uma equipe, com cada parte dele fazendo o que foi projetado para fazer.

 

O som dos diálogos não são embolados porque eles têm uma caixa dedicada para esse fim a mesma coisa com o surround (que ainda podem ser melhorados usando caixas dipolares), os som graves possuem também uma caixa com amplificador próprio, o resultado? Dependendo da qualidade do equipamento a sensação de se estar em uma sala de cinema, isso NUNCA vai acontecer com apenas 2 caixas. O estéreo é ótimo para ouvir música e embora o som multicanal para música tenha ardorosos defensores eu arriscaria dizer que a sensação de se ouvir música de qualidade em estéreo é insuperável. Mas para filmes a história é outra. Ou seja, podemos ser até enganados pelos muitos modos de simular surround mas isso só até ouvir um ht de verdade.

 

Eu entendo o Calvin, aumentar o volume enquanto se assiste "O Encurralado" em dts é quase involuntário... 06

 

  
Link to comment
Share on other sites

Taí uma coisa que eu nunca entendi' date=' 35 mm, Super 35 mm, Super 70 mm (ou algo parecido).

E Titanic é 2.20 : 1, não 2.35 : 1.
[/quote']

 

Posso falar besteira aqui, mas é melhor que vc continuar na dúvida:

 

35mm é o "formato" (não sei se é a lente da câmera ou o tipo da película) em que os filmes são feitos hoje, os 2,35:1 pelo menos... O cara filma uma cena e a lente da câmera ANAMORFIZA a imagem já dando o aspecto 2,35:1 na película.

 

Super35mm é um método mudernoso a partir do 35mm tradicional onde o diretor filma em 1,37:1 (o fullscreen de cinema) e na edição ele "escolhe" a janela que quer, 2,35:1, 2,0:1, whatever... Dizem que é um processo mais barato, dá mais liberdade ao diretor que escolhe a janela que quer depois de ver a coisa pronta e ao mesmo tempo o material original filmado não sofrerá tanta perda na passagem pro 1,33:1. A lente que anamorfiza para 2,35:1 em 35mm convencional custa horrores... Porém no Super35mm o processo de anamorfização é feito na edição e aí pra mim fica tudo na mesma... Sem falar no problema do filme com efeitos especiais que, no final, vai ser tudo mutilado mesmo. Particularmente eu tenho um problema com o Super35mm. A profundidade dele é ZERO, vc só sente que está vendo um filme widescreen pq a tela é retangular, mas em termos de profundidade, de informação mesmo na tela, pra mim, não rola... Super35mm é um meio de "forçar" um 2,35:1 num filme 1,37:1

 

Super70mm, até onde eu sei, é um formato especial para onde são convertidos alguns filmes antigos filmados em Cinerama, VistaVision (esse é ABSURDO, te dá uma profundidade sem tamanho em uma janela de 1,66:1), etc. Mas vou confirmar isso pra você...

 

E tem mais de onde saiu...
Link to comment
Share on other sites

 

Pois é e isso é algo impossível de explicar para o Shiryu, no momento... 19

[/quote']

 

Eu entendo vocês. Parcialmente. Antes tinha uma tv Sony KV-29XTR30 e um Pioneer DV-656A que processava DTS e eu sempre tinha um susto quando o caminhão passava e, ao contrário de vocês, eu abaixava o volume.06

 

Link to comment
Share on other sites

 

Taí uma coisa que eu nunca entendi' date=' 35 mm, Super 35 mm, Super 70 mm (ou algo parecido).

 

E Titanic é 2.20 : 1, não 2.35 : 1.

[/quote']

 

Posso falar besteira aqui, mas é melhor que vc continuar na dúvida:

 

35mm é o "formato" (não sei se é a lente da câmera ou o tipo da película) em que os filmes são feitos hoje, os 2,35:1 pelo menos... O cara filma uma cena e a lente da câmera ANAMORFIZA a imagem já dando o aspecto 2,35:1 na película.

 

Super35mm é um método mudernoso a partir do 35mm tradicional onde o diretor filma em 1,37:1 (o fullscreen de cinema) e na edição ele "escolhe" a janela que quer, 2,35:1, 2,0:1, whatever... Dizem que é um processo mais barato, dá mais liberdade ao diretor que escolhe a janela que quer depois de ver a coisa pronta e ao mesmo tempo o material original filmado não sofrerá tanta perda na passagem pro 1,33:1. A lente que anamorfiza para 2,35:1 em 35mm convencional custa horrores... Porém no Super35mm o processo de anamorfização é feito na edição e aí pra mim fica tudo na mesma... Sem falar no problema do filme com efeitos especiais que, no final, vai ser tudo mutilado mesmo. Particularmente eu tenho um problema com o Super35mm. A profundidade dele é ZERO, vc só sente que está vendo um filme widescreen pq a tela é retangular, mas em termos de profundidade, de informação mesmo na tela, pra mim, não rola... Super35mm é um meio de "forçar" um 2,35:1 num filme 1,37:1

 

Super70mm, até onde eu sei, é um formato especial para onde são convertidos alguns filmes antigos filmados em Cinerama, VistaVision (esse é ABSURDO, te dá uma profundidade sem tamanho em uma janela de 1,66:1), etc. Mas vou confirmar isso pra você...

 

E tem mais de onde saiu...

 

Dook, poderia me indicar alguns filmes onde o filme parece "razo" e outros onde a profundidade é ignorante?

 

Deixa eu ver se eu te entendi e tentar acertar um filme onde a profundidade é boa: logo que a cena deixa de ser fullscreen e o widescreen EXPLODE na sua cara em Mad Max The Road Warrior, aquela cena onde a câmera parece ter sido fixada no parachoque do carro. Sempre que vejo esta cena eu pareço mergulhado em uma vastidão sem fim.

 

Link to comment
Share on other sites



Dook' date=' poderia me indicar alguns filmes onde o filme parece "razo" e outros onde a profundidade é ignorante?[/quote']

 

O próprio Titanic é um exemplo de falta de profundidade... mesmo no widescreen vc sente que tem alguma coisa faltando ali...

 

Um exemplo de filme com profundidade espetacular: Rastros de Ódio, que assisti esses dias. O filme tem proporção 1,78:1 e foi filmado em VistaVision, segundo alguns dos melhores diretores, este foi o meio mais fantástico de filmagem já criado. Assista o DVD duplo e veja. Outros filmes em VistaVision são Janela Indiscreta (absuuuurdo, há um mundo inteiro num aspecto de 1,66:1), Os 10 Mandamentos e Vertigo.


Deixa eu ver se eu te entendi e tentar acertar um filme onde a profundidade é boa: logo que a cena deixa de ser fullscreen e o widescreen EXPLODE na sua cara em Mad Max The Road Warrior' date=' aquela cena onde a câmera parece ter sido fixada no parachoque do carro. Sempre que vejo esta cena eu pareço mergulhado em uma vastidão sem fim.
[/quote']

 

Exatamente... pq? Pq o formato Panavision (35mm) que é utilizado hoje te dá essa profundidade magnífica. Vc SENTE o tamanho da tela, mesmo numa TV 40" como é a sua, insignificante se comparada à uma tela de cinema. Agora imagina assistir isso em 1981??

 

Mas mesmo o Panavision padece ante à amplitude do VistaVision... A minha Pana parecia uma porta para outra dimensão. Eu nunca tinha sentido isso antes, sinceramente... Outro que te dá essa sensação é 2001, filmado em Cinerama que é o precursor dos IMAX de hoje...
Link to comment
Share on other sites

Cara, estou sentindo isso vendo essa cena de Mad Max no meu monitor de 19 polegadas wide e quando vejo na crt de 21". Nem precisa ser na tv de 40".06

 

Preciso rever 2001 e vou ver estes filmes que vc me indicou. Se tem 2 coisas que eu gosto em filme (bem, em filme que é feito para mostrar muita coisa) é a profundidade da imagem (sinto isso em algumas cenas de Twister, principalmente na metade do filme, onde os carros estão saindo de Wakita) e outra coisa que eu gosto bastante é de filme com boa profundidade de som. Não gosto daqueles filmes que se tem o som "bombado", prefiro ver um filme onde o som parece vir bem de longe (e meu som tem um ótimo efeito surround, que acentua isso).

 

Link to comment
Share on other sites

Por sinal, eu estava vendo algumas cenas do Blu-ray de 2001, e a profundidade do filme em si, aliada à profundidade da alta definição fazem com que eu me sinta dentro do filme, e isso em uma tela de 32". Fico imaginando o que eu sentiria de tivesse uma tela bem grande Full HD. Ia ter um orgasmo aqui...06

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

Dook' date=' qual o título original de Rastros de Ódio?

[/quote']

 

The Searchers

 

Eu tenho o DVD duplo e é recomendadíssimo.

 

 

 

 

E foi lançado em BD também e pretendo comprar, apesar do áudio DD mono.

Freak2008-05-31 00:14:48

Link to comment
Share on other sites

Já viram a notícia do contra-ataque que a Toshiba está preparando contra o Blu-Ray? Não é um novo formato, mas uma evolução na tecnologia upscale. Na verdade um mega-hyper-fucking-upscale que fará os dvd´s convencionais chegarem muito perto da qualidade dos sinais em alta definição. Bom, depois de ver com meus próprios olhos a resolução de um BD, acho muito difícil um upscale operar esse milagre, se bem que eu acho que a tecnologia upscale pode ainda melhorar bastante, o problema é a qualidade das gravações dos dvd´s, que possui bastante falhas. Para alguém que coleciona filmes, mesmo que se passe ter discos com melhor qualidade de imagem, você terá que fazer o mesmo que vai fazer com os Blu-Ray: recomprar sua coleção.

 

De qualquer forma, taí o tópico e umas fotos do tal upscale:

 

http://www.htforum.com/vb/showthread.php?t=69472

 

SD com zoom 4x:

sr_org_big.jpg

 

SD com o super upscale:

sr_srsr.jpg

 

Link to comment
Share on other sites

Então cara, se realmente conseguirem atingir tal nível de processamento, vai ser ótimo, pois assistiremos material SD com maior qualidade, mas pelo que eu andei lendo, a Toshiba garante que esse upscale fará a diferença entre o Blu-Ray e o DVD ser praticamente nula, o que me parece nesse caso, mais ser uma bela dor de cotovelo.

Link to comment
Share on other sites

Uns dvd´s que são facilmente upscalado são Miami Vice, Collateral (nivel de detalhes desses 2 é impressionante), O Último Samurai (imagem suave, mas sem falhas), os filmes com certificado THX que eu tenho aqui também são muito bons, Superbit nem se fala, mas tem uns que as falhas são nítidas (Piratas do Caribe) e outros que realmente só um milagre pode salvar.

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...