Jump to content
Forum Cinema em Cena
tne end

Medicina: Difícil Profissão

Recommended Posts

Mas mudando de pato para ganso' date=' alguém que saiba sobre doação de orgãos poderia me explicar uma coisa, eu escutei na TV que existe dois tipos para a doação, um é quando existe morte encefalica, e o outro?

 

Obs sou professora feliz da vida02
[/quote']

 

Em vida, oras. 06

 

Doar o rim, o pâncreas, parte do pulmão ou do fígado e a medula.

 

060606

 

também não é esse tipo de doação, e uma outra justificativa de morte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu assisti no jornal da  Band News, mas eu estava com pressa, tinha que sair, o medico que estava dando entrevista estava dizendo como era dificel chegar em uma familia e pedir a doação de orgãos. Mas eu ia sair e ele ainda não havia falado sobre o outro tipo de doação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse papo de que o curso de medicina é mais dificel pq tem mais duração é só história. Como disse o Moonsorrow, o curso é mais extenso. Esse curso com qq outro tem suas dificuldades e facilidades.

Nenhum curso  é mais que outro, e qq profissional é importante sim, dentro de suas areas.

E quando não sabemos que queremos procuramos ajuda profissional (psicologo). Desmerecer qq profissional, de qq area, mostra que essa pessoa não esta preparada para ser um bom profissional, nem preparado para estudar o quer que seja.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sinceramente, os cursos de humanas só não tem uma extensão que condiz com o quão extenso é o conteúdo simplesmente pq as instituições de ensino superiores não teriam condições de manter seus alunos dos cursos de humanas o resto de suas vidas em sala de aula, pois é esse o tempo necessário pra se abarcar parte (não todo) do conhecimento da área de humanas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Qd se quer ser um bom profissional, depois de formados tem "N" cursos de especialização.

 

Qto a Medicina acho que há todo um endeusamento dela.

Todo pai queria (quer?) um filho doutor, pq ser chamado assim, era um estato e tanto.

Não sem motivos pq o tal doutor é o cara que salva vidas.

Há o dom tb.

 

By the way, não nos esqueçamos de que antes que  qquer doutor escrevesse uma receita sequer, ele teve que passar pelas maõs de uma "reles" professorinha primária que deve ter cursado reles 4 anos e que ainda assim deu conta de transformá-lo num nada "reles" doutor.

 

Anyway, toda profissão tem seu valor e o mais importante é que tu seja o melhor profissional na sua área, seja ela qual for 03.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ahh... que canseira.... vamos lá. O povo já se cansou mesmo...

 

 

 

King' date=' sugiro que você estude um pouco mais da história das profissões, da história da profissionalização, da sociologia das profissões.

 

 

 

De onde veio a medicina? Uma profissão com mais de 2000 anos de história... As disciplinas que hoje constituem o curso médico aparecem ANTES ou DEPOIS da própria profissão? Antes das universidades, como se fazia um médico??? O que eu estou falando está absolutamente fundamentado... (aliás, minha grande produção científica no mestrado foi justamente um artigo sobre profissionalização médica e farmacêutica).

 

 

 

Com relação ao ESCOPO de conhecimentos que compõe a GRADE curricular de um curso superior contemporâneo, é tanto verdade dizer que, CONSIDERANDO APENAS O CONHECIMENTO ACADÊMICO, NENHUM profissional poderia atuar no ramo do outro, pois OS DIFERENTES CURSOS SE DIFERENCIAM POR MEIO DE SUAS RESPECTIVAS GRADES CURRICULARES. Ou seja, você trai seu próprio argumento, qdo diz que "PARA UM MÉDICO, SERIA POSSÍVEL EXERCER A FARMÁCIA" - e repito: considerando APENAS as suas formações acadêmicas. Isto é ABSOLUTAMENTE inverossímil. Suponha que eu pegue um médico que nunca entrou em um laboratório, por exemplo, de produção de fármacos e peça que ele sintetize e purifique, hum, o ácido acetilsalicílico... Ele não vai sair do lugar... Ou que produza um gel-creme não-iônico, por exemplo... idem! Agora, se este mesmo médico, por algum motivo, seja lá qual for, houver TRABALHADO e houver sido INSTRUÍDO em laboratórios de produção de fármacos ou medicamentos, ele poderia realizar, talvez estas duas ações! A institucionalização dos saberes nas universidades é um processo social que, historicamente, vem DEPOIS do surgimento destas duas profissões. É perfeitamente possível que QUALQUER ser-humano seja treinado a praticar QUALQUER profissão e ISTO VAI ALÉM dos saberes formais institucionalizados nas universidades... Vai muito além!

 

 

 

O que acontece especificamento no caso medicina-farmácia é que OS SABERES ADQUIRIDOS PELA EXPERIÊNCIA DO FARMACÊUTICO PODEM SER UTILIZADOS EM DIAGNÓSTICOS REALIZADOS POR ESTE MESMO PROFISSIONAL. Devemos lembrar que os farmacêuticos são procurados por parte da população justamente para este fim. E o que barra o profissional no sentido de não ultrapassar sua área de atuação profissional, geralmente, não é o conhecimento acumulado (seja ele formal ou empírico) e sim a regulamentação das profissões. Isto não significa que a medicina também não tenha campos de atuação altamente dependentes de técnica especializada (como, por exemplo, suturas e cirurgias). A recíproca já não será verdadeira... Nenhum médico, SE NÃO TREINADO, seria capaz de produzir dez cápsulas de qualquer medicamento... Estou dizendo que é mais fácil para o farmacêutico APRENDER COM A EXPERIÊNCIA que "sudorese, febre alta >38º, dor torácica ventilatório-dependente, tosse produtiva com escarro amarelo-acastanhado" são indicativos de pneumonia bacteriana do que um médico saber sintetizar e purificar um hormônio esteroidal, por exemplo. O conhecimento é muito mais prático no primeiro caso que no segundo, onde são necessários conhecimentos formais e técnicos altamente especializados, que não virão com a "experiência" diária do médico apenas. Quando o farmacêutico opta não DIAGNOSTICAR e TRATAR este pneumonia ele não o faz não porque não possui CONHECIMENTO que o respalde (mesmo porque qualquer farmacêutico saberia qual antibiótico indicar em um PNM comunitária - ao contrário da grande maioria da classe médica, altamente corrompida pelos "mimos" da indústria farmacêutica). Ele não faria isto em respeito ao limite estabelecido legalmente entre as diferentes atuações profissionais. Eu prefiro dizer, "olha, o senhor possivelmente está com uma pneumonia, mas o senhor deve ir ao médico, porque este diagnóstico deve ser confirmado por um hemograma e um Rx torácico." Eu, como farmacêutico, FIZ o diagnóstico, mas não tenho métodos para CONFIRMAR OU REFUTAR a hipótese - entra aí o médico. E continuo: "além do mais, gostaria de informar que só o médico, LEGALMENTE, pode lhe indicar um ATB" - desta forma, eu não me responsabilizo, ILEGALMENTE, por esta tomada de decisão. Acho que a farmácia é uma área do conhecimento que incomoda tanto a classe médica justamente por isto... é possível ao farmacêutico aprender o atendimento primário ao paciente unicamente com sua experiência... E não é possível ao médico aprender, por exemplo, a fabricar um determinado medicamento unicamente em sua própria experiência profissional.[/quote']

 

 

 

puxa, legal.

 

 

 

Se ocorre em qualquer curso' date=' qual a sustentação de sua afirmativa? Acho que você não entendeu o post, leia de novo, estou mostrando diferenças entre raciocínios e entre complexidades entre cursos. Estou mostrando que não possível fazer uma comparação de NÍVEL de raciocínio ou complexidade entre coisas tão diferentes. É como comparar o número 2 com uma maçã. Explique melhor sua afirmativa.

 

[/quote']

 

 

 

Você colocou sua explicação para tentar provar que o curso de história é tão difícil quanto de medicina dizendo que o de história exigia estudo extra e fora da faculdade. Concordo com isso. Porém, qualquer curso necessita desse estudo extra. Portanto seu argumento não convém.

 

 

 

Explicado?

 

 

 

O primeiro parágrafo demonstra só que você está aqui só pra causar

 

 

 

A kika tá gostando 06.gif

 

 

 

(às vezes duvido até que você mesmo acredite no que está falando)

 

 

 

06.gif

 

 

 

Já que não consegue se destacar por suas argumentações' date=' tenta desesperadamente por outros meios (nesse caso, defendendo sem nenhum argumento uma postura totalmente estúpida). Pelo menos, nisso você tem méritos, fazer o Moon e o Jack postarem aqui foi um grande feito, mas sinceramente, é triste ver alguém chegar nesse ponto. [/quote']

 

 

 

Eu começei sendo moderado, com muito respeito. Mas as ofensas foram inúmeras de vocês (iron, Scofield e principalmente o berro dágua). Apesar de não me importar nem um pouco (pra mim isso só demonstrou a infantilidade de vocês) fui obrigado a descer ao mesmo nível, ao ponto de dizer certas verdades que não são convenientes de se dizer. E mesmo assim vocês continuam nessa roda. Note que, quando o Moon e o Jack entraram no debate comigo, os tratei com respeito, porque eles não se dirigiram a mim com ofensas. Foram muito mais adultos que vocês e, portanto, não direi o tipo de coisa que disse a vocês.

 

 

 

Querem xingar? Xinguem, vai. Ameba, nível intelectual baixo, BV, virgem. Isso só revela mais sobre vocês. Agora, quando eu disser o que deve ser dito, não vão sair por aí chorando como os bebês que parecem ser.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Eu começei sendo moderado' date=' com muito respeito. Mas as ofensas foram inúmeras de vocês (iron, Scofield e principalmente o berro dágua). Apesar de não me importar nem um pouco (pra mim isso só demonstrou a infantilidade de vocês) fui obrigado a descer ao mesmo nível, ao ponto de dizer certas verdades que não são convenientes de se dizer. E mesmo assim vocês continuam nessa roda. Note que, quando o Moon e o Jack entraram no debate comigo, os tratei com respeito, porque eles não se dirigiram a mim com ofensas. Foram muito mais adultos que vocês e, portanto, não direi o tipo de coisa que disse a vocês.

 

 

 

Querem xingar? Xinguem, vai. Ameba, nível intelectual baixo, BV, virgem. Isso só revela mais sobre vocês. Agora, quando eu disser o que deve ser dito, não vão sair por aí chorando como os bebês que parecem ser.[/quote']

 

Conta tudo pra sua mãe...1906

06

Share this post


Link to post
Share on other sites
Leia os parágrafos em azul e verde e veja como todos os meus argumentos de que você se frustrou por achar que não tem capacidade de passar em um curso como medicina te fez elevar excessivamente o status do curso (defesa para ter justificativa de nunca ter tentado...falar em ter saco para o curso é bastante esclarecedor' date=' já que não justifica nada). Quanto ao parágrafo em azul, é lamentável. Além de não demonstrar conhecimento (há salários altíssimos, até bem maiores que dos médicos em áreas como direito ou no poder público: o último tem cargos acessíveis a qualquer profissional que tem um curso superior, por exemplo), demonstra uma revolta com a sociedade que chega a dar pena (citar a profissão inclusive que escolheu no mesmo parágrafo é bem sintomático).

 

[/quote']

 

 

 

Primeiro: eu não sou frustrado por medicina. Estou muito entusiasmado e disposto a ser um Eng. Cada vez mais me encanto com a profissão e com as ciências exatas. Mas paro por aí aqui. Talvez eu nem acredite no que estou escrevendo 06.gif

 

 

 

Segundo: sei muito bem que há professores que ganham muito bem. Entretanto, quantos são? Todos? Pouquíssimos. São aqueles que acabaram de sair da faculdade? Não, mas aqueles que já fizeram pós, mestrado e alguns até doutorado.

 

 

 

Deixa eu te falar: se o salário te frustra tanto que tem que usar argumentos como "Medicina se estuda mais" para se justificar sua frustração por achar que não tem capacidade de fazer o curso e minimizar as outras profissões uma dica: cara' date=' a vida não é só dinheiro. Existe paixão pela profissão, existe conhecimento fora da área médica, existe até compensação financeira sim, e por fim, existe felicidade, a felicidade de se poder escolher o que você quis se tornar e poder se dedicar a isso. Sério, cara, pesquise outras áreas, se quiser fazer medicina faça, se quiser apoio psicológico vocacional, obtenha, mas diminua essa frustração, sua necessidade de destaque e a projeção dela nos outros, ela só é nociva pra você mesmo. [/quote']

 

 

 

06.gif

 

 

 

Essa eu não esperava de você, Scofield: a dica do paz e amor. Você me lembra muito uma professora que eu tenho.

 

 

 

Se a vida não é só dinheiro, dê aulas gratuitamente para os pobres. Dê aquilo que você tem e fique somente com o necessário. Esqueça esse terrível capitalismo, una-se ao ideal socialista, vamos dar as mãos e cantar. Chega de guerra, chega de competição, chega de imperialismo americano. Vamos viver em amor, paz e igualdade...

 

 

 

Sinto muito, Scofield. Se você acha que dinheiro não é tudo, eu até respeito. Mas não venha achar que eu vou cair nessa. Como um bom calvinista (xi, entrou religião, corta essa parte) eu acredito que dinheiro é tudo na vida. Não vou estudar pra caramba, seja em que área for, pra ganhar pouco. Amor à profissão fica em segundo plano. Estudo para trabalhar. Trabalho para ganhar dinheiro. Ganho dinheiro para ter uma melhor qualidade de vida e, assim, serei feliz (e predestinado?).

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Como um bom calvinista (xi' date=' entrou religião, corta essa parte) eu acredito que dinheiro é tudo na vida. Não vou estudar pra caramba, seja em que área for, pra ganhar pouco. Amor à profissão fica em segundo plano. Estudo para trabalhar. Trabalho para ganhar dinheiro. Ganho dinheiro para ter uma melhor qualidade de vida e, assim, serei feliz (e predestinado?).[/quote']

 

Daqui há alguns anos a gente conversa... Garanto pra vc... Por mais dinheiro q vc ganhe, é péssimo trabalhar com o q vc não gosta...

 

E, uma observação... Seus conhecimentos sobre religião são mais parcos impossíveis pra falar uma atrocidade dessa sobre o calvinismo... Eles não acreditavam que dinheiro é tudo na vida...03

Share this post


Link to post
Share on other sites
E' date=' uma observação... Seus conhecimentos sobre religião são mais parcos impossíveis pra falar uma atrocidade dessa sobre o calvinismo... Eles não acreditavam que dinheiro é tudo na vida...[/quote']

 

 

 

Não. Só incentivavam o capitalismo e diziam que os ricos eram predestinados por Deus. E ainda tinha os puritanos, calvinistas extremistas cuja vida se resumia em trabalho e oração.

 

 

 

Daqui há alguns anos a gente conversa... Garanto pra vc... Por mais dinheiro q vc ganhe' date=' é péssimo trabalhar com o q vc não gosta...

 

[/quote']

 

 

 

Ora essa, ninguém faz só o que gosta. Para termos certos prazeres, necessitamos de certos desprazeres também. Quem com lágrimas semeia com júbilo ceifa...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Puta que pariu!!! Sou realmente obrigado a ler essas coisas? Numa hora dessas é que eu me pergunto se seria tão ruim ser cego...

 

Eles não diziam que os ricos eram predestinados por Deus à salvação... Diziam sim que a capacidade de enriquecimento era uma das formas de se demonstrar a possibilidade de salvação... Quanto ao incentivo ao capitalismo... Até podemos sim falar que foi uma espécie de incentivo, mas nada exacerbado ou declarado... Era mais uma questão cultural... Mas pra isso eu teria que reler Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo... De Max Weber... Um livrinho fino e denso da área de humanas, que eu já li duas vezes e estou precisando reler pra rever uns conceitos e tal... Pq, sabe comé... Os cursos de humanas são mais fáceis né? Então, a gente lê várias vezes as mesmas coisas só por esporte, pq é fácim...03

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

kika!!!

 

desculpe se não te respondi...

sim anda complicado o rpoblemas dos tranplantes: acredite dificil mesmo. vou enumerar alguns:

falta estrutura de captação de orgaos.

falta centros especializados

falta politica nso hospitais .

falta doadores!!( é incrivel cmo existem no brasil, pessoas e suas familias que se negam em doar orgãos!!!mais do que vc imagina..)

existe poucos especialistas em transplantes e o poucos que o fazem não querem que existam mais centro. sim ha um dificuldade tremenda para realizar estas especializações..

e muitos outrso...

Share this post


Link to post
Share on other sites

King por essas e outras é que você devia rever os seus conceitos sobre história. Você acha fácil, mas a realidade não corresponde à sua expectativa, pois o que você diz não tem embasamento algum, e sai umas afirmações estapafúrdias.

É como eu sair repetindo receitas do senso comum para o coração e me sentir o doutor! Afinal das contas, medicina é tão fácil quanto eu imaginava...A vovó já sabia...

 

Agora que ganhar dinheiro? Que tal traficar pó? Virar servidor público e desviar recursos também é uma boa...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Querem xingar? Xinguem' date=' vai. Ameba, nível intelectual baixo, BV, virgem. Isso só revela mais sobre vocês. Agora, quando eu disser o que deve ser dito, não vão sair por aí chorando como os bebês que parecem ser.

[/quote']

 

 

A verdade é um prato que se come cru.06060606

 

 

 

Anaki, veja seu nome em uma lista de aprovados antes de vir falar merda.

 

 

Detalhe eu vi meu nome em 3 listas (UNESP, UNICAMP e UFSC)03 tente me superar, passe em um bom curso na politecnica da USP então falaremos no mesmo nível, estou com torcicolo e não gosto de ficar olhando pra baixo pra conversar
Berro dágua2008-09-22 23:13:58

Share this post


Link to post
Share on other sites
kika!!!

 

desculpe se não te respondi...

sim anda complicado o rpoblemas dos tranplantes: acredite dificil mesmo. vou enumerar alguns:

falta estrutura de captação de orgaos.

falta centros especializados

falta politica nso hospitais .

falta doadores!!( é incrivel cmo existem no brasil' date=' pessoas e suas familias que se negam em doar orgãos!!!mais do que vc imagina..)

existe poucos especialistas em transplantes e o poucos que o fazem não querem que existam mais centro. sim ha um dificuldade tremenda para realizar estas especializações..

e muitos outrso...

[/quote']

 

Tne End,

Mas e toda essa campanhas, inclusive quando alguém morre e tem na carteia de mtorista ou em outro documento, isso ajuda na doação de orgãos?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

 

 

 

Se a vida não é só dinheiro' date=' dê aulas gratuitamente para os pobres. Dê aquilo que você tem e fique somente com o necessário. Esqueça esse terrível capitalismo, una-se ao ideal socialista, vamos dar as mãos e cantar. Chega de guerra, chega de competição, chega de imperialismo americano. Vamos viver em amor, paz e igualdade...

 

 

 

Sinto muito, Scofield. Se você acha que dinheiro não é tudo, eu até respeito. Mas não venha achar que eu vou cair nessa. Como um bom calvinista (xi, entrou religião, corta essa parte) eu acredito que dinheiro é tudo na vida. Não vou estudar pra caramba, seja em que área for, pra ganhar pouco. Amor à profissão fica em segundo plano. Estudo para trabalhar. Trabalho para ganhar dinheiro. Ganho dinheiro para ter uma melhor qualidade de vida e, assim, serei feliz (e predestinado?).[/quote']

Como os outros parágrafos falam por si (veja isso aqui: "Você colocou sua explicação para tentar provar que o curso de história

é tão difícil quanto de medicina dizendo que o de história exigia

estudo extra e fora da faculdade. Concordo com isso. Porém, qualquer

curso necessita desse estudo extra. Portanto seu argumento não convém.

", King, certamente que o argumento não convém, eu não falei NADA disso que disse aí em cima, inclusive falei que os dois cursos  não podem ser comparados por terem raciocínios diferentes -  há frases no mesmo post de onde você tirou essa conclusão que CONTRADIZEM essa mesma conclusão, mas você insiste em não entender nada, não sei nem o que dizer mais), vou resumir tudo em uma frase: que vida triste você tem, King.

Não vou falar frases ofensivas mais simplesmente porque você passou a me dar pena, não é impressão não, mudei mesmo minha postura. Tanto pela frustração generalizada ainda mais clara com todos os seus discursos que você tem e quer impor aos outros (embora insista em dizer o contrário) quanto com a que terá pela frente. Olha quanta gente tá aqui te dizendo o contrário, será que você não reflete nem um pouco?

Que pena, tão novo e já está assim.  Espero realmente que mude essas perspectivas.. 09

Mr. Scofield2008-09-23 11:27:43

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho medo do profissional que se tornará.

Medicina não tem espaço, pelo menos deveria não ter, para egoísmo. É a profissão em que a pessoa mais se entrega e se dedica ao outro. Tem que viver com dedicação (em todas as horas) para resolver o problema dos outros e viver com frustração (alegria também).

Conheço médicos ricos, mas que não têm tempo algum para si mesmos...Fico pensando como alguém assim se sairá na profissão...
Conan o bárbaro2008-09-23 12:27:35

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Ele escolheu a Engenharia ao invés da Medicina, segundo ele. Profissão belíssima também, fiz Engenharia Química por três semestres, conheço muito pouco, mas posso dizer que realmente é fascinante. Não sei se ele vai conseguir adentrar o curso em uma boa universidade um dia (com pensamentos assim acho muito difícil, não conheço ninguém tão imaturo, nem mesmo jovens adolescentes que estão pra formar no segundo grau), mas se um dia isso acontecer, espero que saiba apreciar a profissão e tratar o curso com dignidade ou sofrerá enormemente pela escolha.

Não temo pela sociedade como o Conan porque normalmente ela própria se encarrega de destruir indivíduos assim e mostrar pra eles como as coisas funcionam - o que é felicidade real, o que é satisfação profissional, dentre outros (o pior é usar a afirmação dessas idéias horríveis como "veja como eu sou verdadeiro", como se fosse um anseio de todo mundo se revelar assim...triste 06).

Mr. Scofield2008-09-23 13:59:23

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que lindinho... Agora todo mundo ficou com dó. Despenso 14.gif

 

 

 

Anaki' date=' veja seu nome em uma lista de aprovados antes de vir falar merda.

 

 

 

 

 

Detalhe eu vi meu nome em 3 listas (UNESP, UNICAMP e UFSC) tente me superar, passe em um bom curso na politecnica da USP então falaremos no mesmo nível, estou com torcicolo e não gosto de ficar olhando pra baixo pra conversar

 

 

 

[/quote']

 

 

 

Que legal, berro. Meus paravéns pelo sucesso no vestibular. Só falta uma coisa pra você: agir como alguém que fez tudo isso. É difícil acreditar que pessoas tão infantis e baixas como você passam na Unicamp. Difícil mesmo. Prefiro não acreditar em você, porque se acreditar, perderia a vontade de entrar numa faculdade...

 

 

 

 

 

Tenho medo do profissional que se tornará.

 

Medicina não tem espaço' date=' pelo menos deveria não ter, para egoísmo. É a profissão em que a pessoa mais se entrega e se dedica ao outro. Tem que viver com dedicação (em todas as horas) para resolver o problema dos outros e viver com frustração (alegria também).

 

Conheço médicos ricos, mas que não têm tempo algum para si mesmos...Fico pensando como alguém assim se sairá na profissão...[/quote']

 

 

 

Puxa, Conan. Gostei muito de suas palavras. Mas, se reparar, é exatamente aquilo que eu escrevi algumas páginas atrás 03.gif

 

 

 

Não temo pela sociedade como o Conan porque normalmente ela própria se encarrega de destruir indivíduos assim e mostrar pra eles como as coisas funcionam - o que é felicidade real' date=' o que é satisfação profissional, dentre outros (o pior é usar a afirmação dessas idéias horríveis como "veja como eu sou verdadeiro", como se fosse um anseio de todo mundo se revelar assim...triste ). [/quote']

 

 

 

Scofield, acorde. Não estamos na ideologia marxista.

 

 

 

Eu disse que dinheiro é tudo. Você agora afirma que a sociedade ultra-capitalista de hoje destrói pessoas com meu pensamento. Foi uma grande piada a sua. Se tivesse graça.

 

 

 

------------------------------------------------------

 

 

 

Agora, um comentário interessante que eu preparava o momento para dizê-lo:

 

 

 

Eles não diziam que os ricos eram predestinados por Deus à salvação... Diziam sim que a capacidade de enriquecimento era uma das formas de se demonstrar a possibilidade de salvação... Quanto ao incentivo ao capitalismo... Até podemos sim falar que foi uma espécie de incentivo' date=' mas nada exacerbado ou declarado... Era mais uma questão cultural... Mas pra isso eu teria que reler Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo... De Max Weber... Um livrinho fino e denso da área de humanas, que eu já li duas vezes e estou precisando reler pra rever uns conceitos e tal... Pq, sabe comé... Os cursos de humanas são mais fáceis né? Então, a gente lê várias vezes as mesmas coisas só por esporte, pq é fácim...[/quote']

 

 

 

King por essas e outras é que você devia rever os seus conceitos sobre história. Você acha fácil' date=' mas a realidade não corresponde à sua expectativa, pois o que você diz não tem embasamento algum, e sai umas afirmações estapafúrdias. [/quote']

 

 

 

Realmente eu sei que é falsa a afirmativa de que os calvinistas acreditam que os ricos são predestinados. Até porque sou calvinista, e não acredito nisso.

 

 

 

Então por que fiz a afirmação? Exatamente porque é isso que se ensina nas escolas. Um dos motivos que me levou a odiar professores de história foi quando eu descobri que sabia mais que eles em alguns aspectos. Aquela típica comunista na insípida propaganda "diga não ao nazismo, diga sim ao socialismo", mas ela não sabia nem explicar porque os judeus foram vítimas de perseguição. Foi ofensivo ouvir na aula uma professora de escola particular dizer "os judeus eram perseguidos porque alguém tinha que ser vítima na história". Da mesma forma nessa questão calvinista. Em livros se mostra que eles acreditam no salvo/rico, o que eu sei, como um calvinista, que não é verdade. Isso me levou à conclusão que o curso de história era estúpido, junto de seus educadores. Mas, depois da explicação do iron, real, fiquei mais irritado ainda, porque o errado é ensinado, mesmo sabendo eles do certo. 14.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vai a merda cara... Fica generalizando por causa das "Marias cotinhas" que te deram aula... Enfia isso tudo vc bem sabe onde... E vai ofender outras pessoas, mas não um professor formado em um dos melhores cursos do país, que tem orgulho e sabe defender seus argumentos, mesmo quando ele se altera... Vc, a todo instante só fala merda e mais nada... E, mais a mais, o assunto já disvirtuou a muito tempo... O tópico já fugiu de onde ele deveria estar... Estamos todos, moderadores (eu e Scofa) e outros por aqui fazendo um enorme flood, essa é a bem da verdade... Afinal de contas, esse bate boca de qual é o curso mais difícil e por aí vai não leva a lugar nenhum e não tem ligação com a proposta do tópico, que é pra falar da "difícil" vida de um médico...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Que legal' date=' berro. Meus paravéns pelo sucesso no vestibular. Só falta uma coisa pra você: agir como alguém que fez tudo isso. É difícil acreditar que pessoas tão infantis e baixas como você passam na Unicamp. Difícil mesmo. Prefiro não acreditar em você, porque se acreditar, perderia a vontade de entrar numa faculdade...


[/quote']

 

O fato de eu ter entrado nas duas melhores universidades do país não me alterou como pessoa, se você acha só pessoas imbecis e retrogradas como você estão em boas universidades, é melhor tirar seu burro da chuva, aliás tipos como você mofam longos 4 ou 5 anos em cursinho.

Acredite se quiser, não me faça vir esfregar as listas de aprovação na sua cara03

 

Anakin, se coloque em seu lugar de VERME pois você vai se FUD** muito pra poder virar BIXO e mesmo quando você for BIXO, você vai aprender muito antes de ser VETERANO

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...