Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
-felipe-

Quem Quer Ser um Milionário?

Recommended Posts

Indianos protestam em frente à casa de ator de 'Quem quer ser um milionário?'

Em Mumbai, manifestantes reclamam do título do longa, que foi indicado ao Oscar nesta quinta-feira, 22

Do EGO, no Rio

Reprodução%20/Reprodução

Protesto contra o filme 'Quem quer ser um milionário', em Mumbai, nesta quinta, 22

"Quem quer ser um milionário?" tem dado o que falar - literalmente! Depois de faturar o Globo de Ouro de Melhor Filme e ser indicado ao Oscar, o longa dirigido por Danny Boyle tem enfrentado protestos na Índia, onde se passa a história. Nesta quinta-feira, 22, dezenas de pessoas se reuniram em frente à casa de um dos astros da história, o ator Anil Kapoor, em Mumbai (foto ao lado). Os manifestantes reclamam do título do filme, que em inglês é "Slumdog Millionaire", algo como "Vira-lata Milionário" ou "Favelado Milionário".

 "Sou pobre, mas não quero que se refiram a mim como um cachorro", disse Rekha Dhamji, que participava do protesto, segundo o site Faded Youth. Algumas pessoas exibiam cartazes com dizeres como "Pobreza à venda" e "Eu não sou um cachorro". De acordo com o site, Nicholas Almeida, que organizou a manifestação, planeja, ainda, entrar na Justiça para que o nome original do longa seja alterado.

 "Quem quer ser um milionário" é uma adaptação de "Sua resposta vale um bilhão", livro do indiano Vikas Swarup que conta a história de um menino que vive nos guetos de Mumbai e que ganha uma bolada milionária em um programa de televisão. Os produtores do show, porém, alegam que um menino inculto como ele só pode ter trapaceado e se recusam a pagar o prêmio.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Totalmente rídiculo esses protestos. O pessoal só quer aparecer.

Primeiro, protestar na frente da casa do ator? Qual o sentido?

 

E protestar porque? É um filme, apenas e não um atestado de verdade. Pior que isso só alguns brasileiros xingando os criadores de Simpsons por aquele episódio do Brasil.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabou de ganhar o SAG. :D

 

SAG Awards

Author: Ryan Adams

25 Jan

Film
Ensemble Cast: Slumdog Millionaire
Lead Actress: Meryl Streep, Doubt
Lead Actor: Sean Penn, Milk
Supporting Actress: Kate Winslet, The Reader
Supporting Actor: Heath Ledger, The Dark Knight

Lifetime Achievement Award: James Earl Jones

Share this post


Link to post
Share on other sites

- Quem Quer Ser um Milionário? (Slumdog

Millionaire). Enfim baixei e vi este filme que anda tão ovacionado

ultimamente pela critica. E Gostei. A história de fundo é clichezaça,

porém desenvolvida e montada de forma inteligente, servindo de base

inclusive para mostrar uma realidade miserável da India. Trilha Sonora

e Fotografia muito boas.

Mas não é melhor que Benjamin Button.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Escrito em:26/1/2009

SAGs, REWIND

425.slumdog.millionaire.cast.012509.jpg

Eu não resisto a dizer : eu bem que avisei. Ano do Búfalo no Calendário Lunar Chinês, mas Ano do Cachorro Magro em Hollywood. Por tudo o que ele representa, na tela e fora dele, a dupla história de triunfo sobre adversidade que é Slumdog Millionaire é o filme que dá o pulso da temporada. O filme no qual as pessoas querem votar.
O que mais dizer? A vitória de Meryl muda tudo. Adeus, Anne.  (Para voces verem: Meryl foi duramente criticada, na imprensa, por sua atuação “caricata” em Dúvida. Não concordo. O filme não é essa brastemp, mas não por conta dela. Freiras sinistras, minhas caras e caros, existem.  Mas é só para mostrar que crítica é crítica, prêmio é prêmio).
Mas Kate venceu como coadjuvante com um filme no qual ela é lead, para a Academia. Que bicho vai dar?
E agora Sean passou Mickey na Corrida do Ouro.
No mais, feliz por House e Mad Men, sempre no meu coração.

 

Fonte: Ana Maria Bahina

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei de ver uma entravista do Boyle na CNN e percebi que não tinha postado minha opinião ainda. :D

Eu achei o filme muito bom, principalmente na parte técnica. Fotografia sensacional, edição idem, direção idem. Só não considero arrebatador. Não a ponto de ganhar todos os prêmios como vem fazendo. De qualquer forma, tem os créditos finais mais animados que eu já vi. Jai Ho! 4,5/5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Slumdog visto.

 

10.gif

 

 

 

Acho que a difícil recepção de "Slumdog" para alguns diz respeito às expectativas. Ninguém viu nada parecido. Não pretende ser um filme de arte, nem tão pouco é um pipoca autêntico americano e nem é um autêntico Bollywood. Não pretende ser uma obra-prima como "Benjamin", não pretende ser grandioso como "Autralia", nem pedante como "Revolutionary", não alça vôos estéticos...

 

 

 

Afinal, qual é a do Boyle?

 

 

 

Este inglês tem muitos outros méritos, fincados no que concerne o nosso tempo e que extrapolam o simples preencher a cartilha de quesitos técnicos. Aliás, isso ele cumpre bem também, né? Por tudo que a fita representa (a indústria precisa repensar nesse tempo de crise se precisa mesmo gastar milhões para emocionar alguém sentado na cadeira) já considero o melhor da temporada.

 

 

 

JAI HO!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse daqui me pegou pela energia e vida que exala da câmera de Boyle. Pela cumplicidade que ele parece ter com os personagens (alegre quando estão alegres, tristes quando estão tristes). Montagem e fotografia se unem para criar um visual que ajuda nesse carga de sentimentos, assim como movimentos de câmera arrojados (ou a própria câmera na mão).

 

Ele tem personalidade. Pegou uma história clichê e transformou num bom entretenimento, que empolga, cativa e faz torcer (quase pulei nos momentos finais do programa). Mais uma prova da versatilidade de Boyle.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gostei mais pelo modo como trata o evento celebridade. Sabe o menino

correndo pelo autógrafo? É demais. O apresentador competindo pelo

estrelato com Jamal também. E ainda tem a repercussão do programa, que

funciona em duas frentes: reitera o comentário e ainda amarra a trama,

que é muito simpática, embora esquemática demais e superficial quando

tenta versar sobre outras coias, como uma criminalidade ao mesmo tempo

subterrânea e basilar num país que cresce à medida que soterra seu

próprio povo na miséria. De todo modo, é um filme bacana, mesmo

distante daquilo que Boyle tem de melhor a oferecer.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gostei mais pelo modo como trata o evento celebridade. Sabe o menino

 

correndo pelo autógrafo? É demais. O apresentador competindo pelo

 

estrelato com Jamal também. E ainda tem a repercussão do programa' date=' que

 

funciona em duas frentes: reitera o comentário e ainda amarra a trama,

 

que é muito simpática, embora esquemática demais e superficial quando

 

tenta versar sobre outras coias, como uma criminalidade ao mesmo tempo

 

subterrânea e basilar num país que cresce à medida que soterra seu

 

próprio povo na miséria. De todo modo, é um filme bacana, mesmo

 

distante daquilo que Boyle tem de melhor a oferecer.

 

[/quote']

 

 

 

[2]

 

 

 

Aquela cena é demais mesmo!

 

 

 

Pelo menos Boyle versa sobre esses temas com mão leve, sem ser pedante. Foi uma opção inteligente porque se ele começasse a fazer um tratado social no meio daquele love story seria demasiadamente pretensioso e desnecessário. Mas ainda assim está tudo lá! A Índia está lá!

 

 

 

Outra coisa que gostei em "Slumdog" foi a inversão de valor em relação ao conhecimento: Jamal com a bagagem de vida que ele tem vence num programa que pretende ser um teste para os mais ricos em intelectualidade e cultura acadêmica! E, claro, a forma como Boyle utiliza flashbacks para contar a façanha de Jamal torna tudo muito empolgante.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Quem Quer Ser um Milionário?" possui semelhanças com "Cidade de Deus"

CRISTINA FIBE
LEONARDO CRUZ
da Folha de S.Paulo

Ops, já vi esse filme.

Essa é a impressão que os dez primeiros minutos de "Quem Quer Ser um Milionário?" passam à plateia. Especialmente se for uma plateia brasileira.

Divulgação

Quem%20Quer%20Ser%20um%20Milionário?,%20de%20Danny%20Boyle,%20é%20o%20favorito%20ao%20Oscar%20de%20melhor%20filme

"Quem Quer Ser um Milionário?", de Danny Boyle, é o favorito ao Oscar de melhor filme

A câmera na mão, os enquadramentos, as cores quentes e até a aparição de uma galinha escancaram a influência que "Cidade de Deus", de Fernando Meirelles e Kátia Lund, exerce sobre o longa do britânico Danny Boyle, grande favorito a melhor filme no próximo Oscar.

A estética similar predomina nas longas sequências de perseguição em favelas presentes tanto na abertura da fita nacional de 2002 quanto no início do filme anglo-indiano, rodado em Mumbai no ano passado. César Charlone, 50, diretor de fotografia de "Cidade", reconheceu semelhanças e disse ser amigo de Anthony Dod Mantle, fotógrafo de "Milionário". Mantle, contou Charlone, "gosta muito" de "Cidade de Deus".

"A gente trocou figurinha. Estamos muito interessados nos novos equipamentos digitais. Anthony fez quase tudo em digital. Isso é algo que o 'Cidade' foi um dos primeiros a fazer, misturar 16 mm com 35 mm e finalizar em digital. E ele fez o mesmo, misturou os dois." Além de, provavelmente, reforçar as cores na pós-produção.

"É um pouco [parecido]... Todo mundo está sempre copiando um ao outro, né? É natural. Eu copio todo mundo. E o Anthony deve ter copiado 200 mil filmes, e alguma coisa do 'Cidade de Deus' deve ter ficado."

"Público decide"

Ouvido pela Folha, Danny Boyle se enervou com o paralelo e disse detestá-lo. Ao site First Showing, porém, afirmou admirar o filme brasileiro, que não reviu para evitar influências, e admitiu: "Obviamente, você pode ver similaridades com 'Cidade'".

Discreto, Fernando Meirelles, 53, disse ser "muito ruim" comentar o paralelo. "Não vi, não posso falar. Mas, se achar parecido, não quero falar. O Danny Boyle já falou que não é. Prefiro deixar a última palavra com ele, e o público decide."

Além da estética, os dois têm um ponto comum na trama: o protagonista que consegue deixar a favela. Em "Cidade de Deus", o narrador é Buscapé, garoto que encontra no fotojornalismo a opção ao tráfico. Em "Milionário", Jamal é o menino que troca o crime por bicos e subempregos até ir parar no "Show do Milhão" local.

Jorge Soto2009-02-16 13:02:28

Share this post


Link to post
Share on other sites

Achei um pouquinho melhor que mais ou menos. Tem todos os elementos de uma fábula, com tudo o que isso tem de bom (o ritmo, a identificação com os protagonistas) e de ruim (todo o resto da sociedade é tão mau que vira uma grande caricatura, como aconteceu com o gângster Javed, que de tão perverso e grosso parece mais um ogro). Tem umas cenas lindas, como o encontro com o garoto cego, e outras terríveis, como o "This is the real India!" após um carro ter sido depenado.

No finalzinho o filme cresce muito. Além do aspecto da celebridade que o Carioca chamou a atenção com toda razão, tem a questão da formação do herói, que é um conceito social. Lá pelas tantas Jamal está praticamente dotado de superpoderes, só faltou a capa e a cueca por cima da calça. Acho que a própria noção de celebridade é uma reformulação do conceito de herói e Boyle, que é um diretor inteligente, brinca com isso, salvando o filme de ser ruim.

 

Slumdog não durou muito na minha cabeça mas enquanto o via, sentia nele um charme todo especial.

 

...num país que cresce à medida que soterra seu próprio povo na miséria. 

 

Isso foi bacana. Tive essa compreensão - não necessariamente ligada à miséria - quando vi um sítio arqueológico descoberto enquanto eram feitas ampliações num metrô subterrâneo. Cidades erguidas por cima de cidades.

 

E fico conjecturando quem irá nos suceder na próxima camada de solo e de tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

o filme é bem mais lúdico q o de Meirelles, ja q foi dada essa comparacao estetica.. o final ja fala por si, com aquela coreografia tipica de producoes bollyhoodianas... onde td é alegria...em ritmo de carnaval, mesmo estando na m..06 claro q a empatia e identificacao com os personagens é totalmente creditada aos atores, em atuacoes bem sinceras..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem Quer Ser um Milionário? (Slumdog Millionaire, Reino Unido, 2008, Dir.: Danny Boyle e Loveleen Tandan) - 10/10

 

Jamal

é um garoto que sofreu muito na vida. Perdeu a mãe quando pequeno, foi

vítima de um explorador de crianças, é humilhado pelo seu irmão mais

velho e, quando consegue a chance de mudar de vida, num programa como o

Show do Milhão, é preso por suspeita de fraude... Isso não o impede de

lutar pelos seus ideais, mesmo que todo mundo conspire contra.

 

A história é muito

pesada, mas é contada de um jeito tão leve, tão inocente, tão divertido

que fica igualzinho a um filme de Frank Capra com maneirismos pop. A

edição ágil, fotografia belíssima, todos os infinitos flashbacks e a

trilha sonora dançante contribuem para tornar o filme uma experiência

divertida e bem edificante.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...