Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

sr. Pablo, não generalize apontando apenas os evangélicos como os principais responsáveis pela "discriminação sexual", visto que qualquer um na sociedade que se diz a favor ou "nada contra" a causa gay muda radicalmente sua opinião quando essa causa entra pra dentro de suas casas, ou seja o filho do vizinho pode, o meu não...não sejamos hipócritas a ponto de jogar toda a culpa em cima dos evangélicos como vc o faz em sua crítica...é certo que há evangélicos extremamente radicais em relação ao homossexualismo, mas isso não é regra....assim como existem não-evangélicos mais radicais ainda a ponto de espancar gays até a morte...faz tempo que leio suas críticas e em algumas delas é notório sua "aversão" aos evangélicos....conheço muitos evangélicos, alguns são radicais a ponto de afirmar que estamos possuídos pelo demônio, outros são mais centrados, equilibrados e pensam com a razão....assim como em qualquer setor da sociedade existem os radicais, inclusive em suas atitudes.....lamentável....

crazy2009-02-24 13:57:54
Link to comment
Share on other sites

Ah crazy,para com isso.Em nenhum instante foi dito que os evangélicos são responsáveis por alguma coisa,o que foi explícitamente escrito é que o próprio Sr.Marco Ribeiro recusou o trabalho por ser pastor evangélico, para "evitar aborrecimentos" pois tem "a voz envolvida em outras questões". Leia a matéria linkada da Folha On Line,voce vai notar que se trata de uma informação e não de um julgamento.

 
Dado2009-02-24 16:17:51
Link to comment
Share on other sites

ainda sim acho a crítica em sua parte final tendenciosa.....pois o fato do dublador ter se recusado a participar não tem relevância nenhuma em relação à própria crítica publicada....soa muito forçado, principalmente quando ligado a certos aspectos do filme em tela e o julgamento não está na Folha mas na crítica do editor em sua parte final...repito...por que citar apenas os evangélicos? o pré-conceito parte apenas deles?

crazy2009-02-24 16:36:30
Link to comment
Share on other sites

Não tenho nem motivo prá parecer defensor de alguma coisa,até porquê se o Pablo quiser ele mesmo que escreva sobre sua crítica.

O que me incomodou é que voce distorceu um pouco as coisas.

Não foi escrito que os evangélicos são responsáveis pela discriminação sexual,voce disse isso e "desfiou o rosário" além de usar subjetividades.

E outro detalhe: quem colocou os evangélicos na berlinda foi o prórpio pastor Marco Ribeiro que recusou o trabalho dando motivos absurdos, aposto que o Pablo ficaria feliz em não passar aos leitores uma notícia de lamentável teor homofóbico.
Link to comment
Share on other sites

Caro amigo Pablo, sou leitor assíduo do CeC e quase sempre concordo com suas críticas. Contudo, no caso deste filme, apesar de não ter assistido ao mesmo, posto minha humilde opinião à respeito do dito: "mais um exemplo de pastores que, em sua inabalável certeza de falarem por Deus, se entregam sem reservas a incitar o ódio entre seus filhos (ou os homossexuais foram criados por Xenu?)". De fato, todos fomos criados por Deus, inclusive o diado, que em uma de suas escolhas resolveu se igualar a Deus (ou você concorda com a opinião dele?), ou mesmos genocidas como Hittler ou pedófilos que inflam o nosso mundo, o que nos difere deles são nossas escolhas. Assim sendo, todos nós, criaturas do Deus Altíssimo, somos livres nas nossas escolhas, só que algumas delas não vão de encontro com a vontade do nosso Criador, onde encontramos em Sua Palavra, somente para reflexão: "porque até as suas mulheres trocaram o modo natural de suas relações íntimas, por outro contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo em si mesmos a merecida punição do seu erro." Romanos 1.26;27.

Sei que você, caro Pablo, escritor com uma grande gama de conhecimento sobre diversos assuntos, terá argumentos de sobra para contestar o que esponho neste tópico, contudo, não falo por mim, mas baseado na Palavra de Deus, e duvidar da Sua Palavra é o mesmo que duvidar de Sua própria existência. Deixo minhas sinceras considerações.
Link to comment
Share on other sites

Crítica boa, concordo com quase tudo; a cena final é simplesmente perfeita e impactante. O filme não inovou e seguiu uma "cartilha" da cinebiografia, mas o personagem fala por si só, é força pura. Gostei de o Pablo ter falado sobre os trejetos do Penn, e como, habilmente, ele conseguiu equilibrar sua atuação, sem parecer forçado. Na sessão de cinema que vi as pessoas riam com vários momentos engraçados do filme, e não o faziam de forma pejorativa, por um trejeito a mais, e sim pela simpatia e próprio humor da cena. Para os homofóbicos acho difícil, mas para as pessoas, a maioria, que não conhecem ou convivem com homossexuais, a vigura de Milk se mostrou apaixonante e elas se relacionaram e vibraram com ele por suas conquistas e vitórias; e isso se deve, claro, a sem dúvidas incrível jornada de Milk, mas também a atuação mais equilibrada que já vi, de Penn, um papel muito, mas muito complicado.

 

E é homossexualidade, e não homossexualismo, pois o sufixo ismo remete a doença, e a orientação homossexual já foi, cientificamente comprovada, como algo comportamental, não doentio.
Link to comment
Share on other sites

Não tenho nem motivo prá parecer defensor de alguma coisa' date='até porquê se o Pablo quiser ele mesmo que escreva sobre sua crítica.

O que me incomodou é que voce distorceu um pouco as coisas.

Não foi escrito que os evangélicos são responsáveis pela discriminação sexual,voce disse isso e "desfiou o rosário" além de usar subjetividades.

E outro detalhe: quem colocou os evangélicos na berlinda foi o prórpio pastor Marco Ribeiro que recusou o trabalho dando motivos absurdos, aposto que o Pablo ficaria feliz em não passar aos leitores uma notícia de lamentável teor homofóbico.
[/quote']

 

Dado, pra vc os motivos do dublador parecem absurdos mas para ele não, e isso tem que ser respeitado assim como os direitos homossexuais....qualquer motivo apresentado não dá direito de criticá-lo, cada um tem sua escolha e seus motivos para tal, assim como os homossexuais....e com certeza não distorci nada, basta ler nas entrelinhas  da crítica....e é preciso ter cuidado ao usar a palavra homofobia, ela não é tão simples como parece ser....
crazy2009-02-24 20:34:21
Link to comment
Share on other sites

Bom crazy,a coisa tá ficando meio nonsense aqui.Por isso mesmo vamos esclarecer a situação prá que as coisas não tomem proporções desagradáveis.

 

Você fala em respeito aos direitos dos homossexuais,mas é exatamente isso que se está defendendo quando se critica a POSIÇÂO HOMOFÓBICA do pastor Marco Ribeiro,costumeiro dublador do Sean Penn,desde que não seja numa personagem homossexual claro.Já que este senhor se dá ao direito de fazer este tipo de julgamento,será que ele se opôs a dublar também "Os Últimos Passos de Um Homem" quando Penn interpretou um assassino cruel e condenado à morte?

 

Óbvio que como um ser humano livre ele pode recusar um trabalho e dar a explicação que quiser,se quiser,mas também é legítimo que receba criticas por isso, principalmente se ele ocupa uma posição de liderança e de certa forma até pública,ou seja,invariávelmente vai influenciar muita gente. Repito: absurdo sim,e irresponsável.

 

Um ultimo detalhezinho crazy: sei perfeitamente o uso correto da palavra "homofobia",a usei de forma correta e perefeita para expressar o que eu queria.
Dado2009-02-24 22:34:01
Link to comment
Share on other sites

Bom crazy' date='a coisa tá ficando meio nonsense aqui.Por isso mesmo vamos esclarecer a situação prá que as coisas não tomem proporções desagradáveis.

 

Você fala em respeito aos direitos dos homossexuais,mas é exatamente isso que se está defendendo quando se critica a POSIÇÂO HOMOFÓBICA do pastor Marco Ribeiro,costumeiro dublador do Sean Penn,desde que não seja numa personagem homossexual claro.Já que este senhor se dá ao direito de fazer este tipo de julgamento,será que ele se opôs a dublar também "Os Últimos Passos de Um Homem" quando Penn interpretou um assassino cruel e condenado à morte?

 

Óbvio que como um ser humano livre ele pode recusar um trabalho e dar a explicação que quiser,se quiser,mas também é legítimo que receba criticas por isso, principalmente se ele ocupa uma posição de liderança e de certa forma até pública,ou seja,invariávelmente vai influenciar muita gente. Repito: absurdo sim,e irresponsável.

 

Um ultimo detalhezinho crazy: sei perfeitamente o uso correto da palavra "homofobia",a usei de forma correta e perefeita para expressar o que eu queria.
[/quote']

 

Não preciso que me esclareça nada Sr. Dado, não se esforce pra isso, depois do "prá que as coisas não tomem proporções desagradáveis" (?!), já vislumbro onde pode chegar tal discussão...não perco mais meu tempo....06
crazy2009-02-24 23:12:27
Link to comment
Share on other sites

A coisa esquentou aqui, hein?? Acho que a coisa toda precisa ser esclarecida...

 

Não vi o Pablo dizer ESPECIFICAMENTE que os preconceituosos são apenas os evangélicos... Aliás, isto está claro em um trecho de sua crítica:

 

Mas talvez a decisão mais acertada de Gus Van Sant' date=' no que diz respeito ao elenco, tenha sido usar apenas imagens de arquivo para retratar a desprezível Anita Bryant em vez de escalar uma atriz para interpretá-la: usando a religião como arma em prol da intolerância, Bryant divide, com vários supostos “pastores” (como aquele que mencionei em minha crítica sobre O Menino do Pijama Listrado e em meu blog), a convicção de falar por um Deus cruel e preconceituoso que, convenientemente, viabiliza o crescimento da fama e da fortuna de seus mensageiros através dos discursos recheados de veneno que condenam a diferença e a individualidade.[/quote']

 

Veja que o Pablo separa as coisas colocando cada gato no seu saco. A religião não é intrinsecamente ruim ou maléfica, mas pode ser utilizada (como já o foi no decorrer da história) para fins excusos, como o fez a Bryant e o senador no filme em questão.

 

Quantas vezes citei "evangélico" na oração acima? Pois é... detalhe básico: sou um evangélico (seja lá o que isso queira dizer), já que congrego em uma igreja batista que é tida como "evangélica"...

 

Não obstante, infelizmente é preciso reconhecer que as maiores manifestações inflamadas e exageradas contra os homossexuais atualmente saem justamente do seio evangélico. Negar isso é ser CEGO e BURRO. Entretanto, isto não implica que todo evangélico seja homofóbico.

 

PORÉM, deve-se sopesar que o Crazy levantou pontos importantes em seu post.

 

De fato, muitas pessoas demonstram verdadeiro apreço pela causa homossexual, até a água bater em seus traseiros. Aí vem a hipocrisia da qual nenhum setor da sociedade está imune, seja o religioso, seja o liberal.

 

Outra coisa que deve ser levada em consideração, é que a decisão do Marco Ribeiro é legítima e totalmente bíblica. Temendo represálias por causa de um possível escândalo que o trabalho poderia gerar em sua congregação, nada mais justo que ele se abstenha de fazê-lo. Isto é um princípio cristão, uma questão de CONSCIÊNCIA para com o próximo que pode não ter o entendimento adequado sobre a complexidade da questão ora posta. Um crente pode beber bebida alcoólica se quiser, não existe proibição expressa pra isso na Bíblia. Porém, há uma exortação severa em se fazer isso perto de alguém que acha que beber é errado. Pra quê vou criar indisposição com o meu próximo por causa de algo tão fútil? Orgulho? Será que o Marco Ribeiro era o único investido de capacidade para fazer a dublagem?

 

Aí entra uma premissa curiosa e perigosa: se o Marco Ribeiro não fosse cristão, sua decisão estaria na crítica do Pablo e o cara estaria sendo acusado aqui neste tópico de homofobia?

 

Vejam só que no link postado na crítica do Pablo sobre a recusa do ator/pastor em fazer a dublagem, há uma informação preciosíssima que ao visto foi ignorada aqui:

 

"Não é que [Ribeiro] tenha algo contra homossexuais, é que as pessoas ao seu redor confundem sua profissão de ator com o lado religioso", afirmou Marlene Costa, 55, diretora de dublagem de "Milk", que substituiu Ribeiro pelo ator Alexandre Moreno.
 

 

Ou seja, concluir que o cara é homofóbico vem de onde mesmo? Dele ter supostamente afirmado no site de sua igreja que "famílias de homossexuais seriam uma distorção do que Deus disse sobre o que deveria ser a família", informação essa que não pode ser corroborada, já que não há links para a página da igreja e pelo que entendi, o Pablo DEDUZIU a homofobia do pastor/ator pelo link da notícia que informa a recusa deste em dublar o filme?

 

Isso não seria preconceito? image026

 

Dizer também que é conveniência da parte dele ter recusado a dublagem aqui quando a fez há mais de 10 anos quando o personagem em questão era um assassino é de uma ingenuidade absurda. Pergunta oportuna: ele era pastor lá atrás? Falava atrás de um púlpito e, nesta função, tinha o DEVER de dar o exemplo como líder espiritual que HOJE ele é? A resposta vai encerrar a questão de forma cabal.

 

E antes que alguém venha com mais discursos inflamados anti-cristãos, pergunto: qual foi a postura de muitos aqui quando foi veiculada a informação de que o presidente Lula era um beberrão?

 

E ainda que exista tal afirmação do Marco Ribeiro no site de sua igreja, biblicamente ela está correta. Senão vejamos:

 

Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe' date=' e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.[/quote']

 

Esta é a definição de família sob a égide bíblica - que chama para si a autoridade de ser a Palavra de Deus, portanto não é conversa de pastor mal intencionado. É questão de acreditar que o que está escrito fora determinado por Deus ou não.

 

Isto não significa que existe legitimidade para se discriminar homossexuais ou para impedir projetos de lei que visem legalizar a união CIVIL entre homossexuais. Como já bem apontado pelo Pablo e por tantos outros, é uma questão de direito civil e de democracia. Ou é por inteiro ou não é. Não tem meio termo.  

 

Outra coisa estúpida é afirmar que homossexualidade é opção. Somente um cristão totalmente deslocado da realidade afirmaria tal coisa. Infelizmente sou forçado a reconhecer que existem muitos cristãos nessa condição e, sim, isto é uma vergonha.

 

Enfim, não gostaria de tocar neste assunto, mas sinto que existe uma falha de compreensão crassa aí em ambos os lados e me sinto no DEVER de colocar os pingos nos is. Penso que se o cristão deve vir a público expressar-se, deve fazê-lo com sabedoria e para esclarecer às pessoas como a fé cristã funciona na prática. O trabalho que tem sido feito atualmente é digno de reprova, mas isto não legitima ninguém acusar de HOMOFOBIA as escolhas de alguns cristãos que visam o bem dos seus que podem interpretar mal alguma conduta.

 

E chega de falar sobre isso... 06 
Link to comment
Share on other sites

Tenho muito orgulho de ser um privilegiado em poder ler as críticas do Grande Pablo.

Sempre acompanho suas matérias, nem sempre concordo, mas respeito o trabalho desse grande crítico.

 

Pablo... só queria te dizer que suas palavras me encheram de lágrimas.

Mesmo sem ter visto o filme, em cada linha que escreveu consigo captar os momentos, as situações, as pessoas.

 

Vivemos numa sociedade absurda mesmo...

Aqueles que se dizem pregadores da paz usam palavras de um livro totalmente manipulado ao longo dos séculos, para pregar o seu ódio.

Eu queria ver se essas mesmas pessoas que se acham superiores gostariam de ser discriminados. Tratados como lixo.

Enfim... nem perco meu tempo com religião, que é a pior coisa que o homem inventou.

 

Pablo... obrigado pela crítica!

Vou assistir o filme essa semana e retorno aqui pra comentar um pouco mais.

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
  • 1 month later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...