Jump to content
Forum Cinema em Cena

Superman: Man of Steel (2010)


joao_spider
 Share

Recommended Posts

Nessas horas Singer deve estar pensando Se eu tivesse feito um retorno melhor, como eu queria ver isso. Seria divertido demais, alias ia gravar pra assistir nos dias em que estivesse precisando me alegrar um pouco 06

 

Já pensaram se o filme da Liga fizer sucesso e a Warner mandar o Bryan Singer e sua turma embora e contratam o George Miller para dirigir MOS e o 3º filme? Sem brincadeira, se isso acontecer VAMOS FAZER UMA FESTA AQUI NO TÓPICO06, bolo, refrigerante, salgadinhos e todo mundo convidado 06

 

Fora Singer!

Venha fazer parte dessa corrente pra frente 06
Slash2007-09-21 22:51:47
Link to comment
Share on other sites

Meu deus entro no tópico para ver se leio algo no mínimo inspirador para me dar força e aguentar a ansiedade de ver o Superman em 2009 e leio que a Warner vai dar prioridade ao filme da Liga da Justiça.po que esculaço com o Super não tenho nada contra a Liga mais deixar o azulão do lado e na geladeira até 201004 e muita sacanagem vou esperar o Brian Singer se pronuciar já que o Jason o filho da Lois com o Super deve ser parte essêncial da sequência no Man of Steel já vai estar um pré adolescente em 2010 então eles não podem atrasar a produção 09

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sim' date=' Superman precisa de um Mario Puzo, e não de dois moleques com Dougherty e Harris.[/quote']

 

Infelizmente Mario Puzo morreu em 99, mas tem salvação e o nome é Paul Dini (MOS seria o primeiro filme com atores que ele escreveria)

 

com MOS o Paul Dini escreveria o roteiro com Bruce Timm (fazendo o mesmo que Edward Norton está fazendo em Incrivel Hulk) e a dupla consertaria as cagadas que Bryan Singer andou cometendo em Superman - o retorno (a dupla Paul Dini e Bruce Timm tem muito mais experiência com o Superman do que Bryan Singer, Michael Dougherty e Dan Harris que não entendem nada da mitologia do personagem)

 

Com Paul Dini e Bruce Trimm o uniforme lendário das HQs voltaria, Superman não teria filho com Lois Lane (já que ele girou a terra pela 2ª vez), Lex Luthor ficaria mais sério e agiria como um empresário (mas continuaria sendo a maior mente criminosa do mundo), e Superman ficaria frente a frente com o Darkseid (que seria a grande ameaça que só o Superman pode enfrentar)

 

E com certeza Keri Russel seria uma boa Lois Lane

 

 

 

 

cinéfilo2007-09-25 15:44:22

Link to comment
Share on other sites

Estou muitíssimo indignado com a última resolução em torno do Superman,que não acho justo nem apropriado adiarema para o ano de 2010, fala sério cacete cade os respeitos pelos fãs que esperaram com determinação e entusiasmo o Returns em 2006,que batizou praticamente a volta necessária do herói a nossa memória e coração que e uma produção recente e vai ganhar fiéis seguidores com o passar do tempo,afinal e o tipo de fita que leva a inevitável sequência que consome o processo de 2 à 3 anos para aproveitar o " sucesso do quero mais".Tudo bem que o Returns foi apenas um bom filme e poderia ser bem melhor mas para existe o Man of Steel para tirar isto a limpo.Mas entretanto oque esta acontecendo e que os ambiociosos executivos da Warner estão desesperado para bater de frente com a hegemonia da Marvel para um mano a mano. Já que recentemente a Marvel assinou um contrato de 600 milhões com a Paramount para investir diretamente e vitalizar os seus heróis (Homem de Ferro,Hulk) do 1 escalão e do 2 também sem interferência externa criando uma autonomia sem precedentes e se tornado finalmente a Marvel Studios algo se não me engano a DC/Warner já tinha uma certa exclusividade há varios anos,mas infelizmente não souberam aproveitar a dinâmica e potencial dos seus personagens reproduzindo de forma tardia mais eficiente suas produções badaladas: Batman Begins 2005 e Superman Returns 2006 deixando um generoso espaço de tempo para a distinta concorrente trabalhar com paz e tranquilidade desde 2000 (X-men)

Agora a Warner/DC planejam uma escalada suprema ao poder em produções já anuciadas com Watchmen/Dir:Zack Snider,Shazam/dir:Peter Segal e Liga da Justiça/Dir/:George Miller
Link to comment
Share on other sites

Todas estas produções que eu citei acima e para o ano de 2009 em reposta saudável a Marvel  que inclusive ja tem agendando Wolwerine/Dir:Gavin Hood,Thor/Dir:Mattew Vaugh,Homem Formiga/Dir: Edgar Wrigth e talvez o Capitão América para o ano de 2009 também

Até aí tudo bem mas cade o Superman que já havia sido prometido de presente para 2009, que a matéria-prima em negócio de heróis e ficou nós devendo um retorno mais antológico e triunfal

E Man of Steel pode ser uma revelação ao brincar dignamante e de forma sábia com o mito do Superman e fazer várias auto-descobertas na sua imensa cultura pop nós brindando com uma aventura no mínimo espetácular .Eu só espero que os malditos burocratas da Warner pensem bem e cumpram o bendito cronograma para 2009

Ate lá fé em Deus03
Link to comment
Share on other sites

Na verdade não é um "reerguimento" da Marvel e sim dos heróis na tela grande. A Marvel fez o que a DC/Warner tentava nos últimos vinte anos. Começou realmente com Blade e findou com X Men - O Filme a possibilidade de se fazer sucesso com filmes de super-heróis (que aliás, desde então, não se pode ficar sem filmes de heróis no ano).

A Warner só está percebendo isso agora (possivel motivo de lançar às pressas o filme da Liga da Justiça). É possivel que com um sucesso do filme da liga, abram-se espaços para os principais heróis da DC e principalmente pra fazerem um filme do Superman com mais cuidado e tranquilidade. Se The Man of Steel só sair em 2010 e isso significar um filme mais bem trabalho, eu não vejo problemas. Vai que numa dessa, a Warner decide tomar um outro rumo para o Super (como a Marvel está fazendo com o Incrível Hulk)?

Se bem que eu gostei do que o Singer fez com o Homem de Aço...se fosse pauleira pura, perderia o sentido de ponte entre os filmes antigos e os futuros.
Cir-El2007-09-26 09:16:07
Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

que ponte? não vi ponte nenhuma

 

Bryan Singer fez cagada atrás da outra em Superman - o retorno (apesar de ter feito uma boa coisa que foi botar Brandon Routh como Clark/Superrman):

 

- Escolheu Kate Bosworth ao invés da Keri Russel pra ser a Lois Lane

 

- repetiu uma cena do Superman II (Lex Luthor entrando na Fortaleza da Solidão para pedir informações sobre os cristais)

 

- mudou o design do uniforme (desculpem os que gostaram desse novo visual do uniforme do Bryan Singer, mas o visual das HQs é clássico)

 

- botou coisas desnecessárias (Nova Krypton e filho do Superman)

 

cinéfilo2007-09-26 15:15:19

Link to comment
Share on other sites

que ponte? não vi ponte nenhuma

 

A idéia do Singer ao fazer Superman - O Retorno era de não apenas trazer o Homem de Aço de volta ao cinema' date=' mas respeitar o que já foi feito (e bem feito, diga-se de passagem). Pra fazer isso, optou de usar a história utilizada em Superman I e II como base e seguir apartir dai. Singer foi ousado, pois as comparações seriam inevitáveis. Ele não poderia simplesmente começar um filme sem reambitalizar o Superman nos dias atuais (os "antigos" são do final dos anos 70). Pra isso serviu Returns. Reambitalização para os tempos modernos.

Bryan Singer fez cagada atrás da outra em Superman - o retorno (apesar de ter feito uma boa coisa que foi botar Brandon Routh como Clark/Superrman):

- Escolheu Kate Bosworth ao invés da Keri Russel pra ser a Lois Lane

Eu também não achei legal a indicação da Kate. Nos extras do DVD, da pra perceber que rolou uma tensão na escolha da atriz. Não senti muita quimica entre ela e o Brandon, mas um pouco também pela forma que Lois foi abordada no filme (como mãe, mulher mais madura).


- repetiu uma cena do Superman II (Lex Luthor entrando na Fortaleza da Solidão para pedir informações sobre os cristais)

Na verdade' date=' não foi apenas essa cena, mas várias (incluindo algumas falas) que Singer chupinhou dos filmes antigos. Como disse antes, Singer foi muito ousado em querer fazer um filme atual do Super respeitando os filmes antigos. Acredito que nenhum diretor pensaria nisso (e nem era a intenção dos executivos da Warner até então). Ele deve ter pensado: "Bom, vamos fazer as pessoas lembrarem e entrarem novamente no clima dos filmes do Donner e vamos colocar algumas reviravoltas pra contarmos nos próximos filmes". Acabou virando um filme-continuação com cara de filme-tributo.


- mudou o design do uniforme (desculpem os que gostaram desse novo visual do uniforme do Bryan Singer, mas o visual das HQs é clássico)

 

Sei que o uniforme atual das HQs é o mais lembrado pelos fãs, pois está sendo usado a muitos anos, mas esse não é o uniforme original do Superman. O uniforme dele já passou por algumas estilizações ao longo dos anos e cada artista da um toque diferente. Eu gostei do uniforme, por atualizar (trazendo cores menos vivas) sem fugir do "classico" (o simbolo ta lá, assim como o azul, a cueca por cima da calça, as botas e a capa vermelha...ah...não citei o pega-rapaz na testa...).

- botou coisas desnecessárias (Nova Krypton e filho do Superman)

 

Novas idéias são sempre bem vindas. Eu, particularmente não apreciei a idéia do filho, pois pode trazer problemas pra uma futura sequência. Novas idéias são sempre colocadas nas HQs (que agora estão aos poucos se adequando aos filmes, como o "s" no peito, a fortaleza da solidão, o planeta diário) pra que as histórias ganhem mais dinâmicas. Se vocês estão cansados de Zod e novos "últimos" kryptonianos, saibam que as novas histórias do Super que sairão no Brasil os terão. E as histórias dos filme dificilmente seguem a cronologia (que é mais confusa que tudo...) das HQs.
Cir-El2007-09-27 09:29:28
Link to comment
Share on other sites

A maior falha do Bryan Singer foi não ter colocado um vilão fisico para confrontar o Superman, vendo o resultado da bilheteira e as criticas isso ficou mais do que evidente. Foi como disse na página 47 deste mesmo tópico, teria sido muitooo melhor gastar  milhões com sequências em CGI entre Superman e Erradicador(ou Metallo) do que não gastar e amargar menos de 400 milhões na bilheteria mundial. O que nos dias de hoje é pouco, tal resultado causou desanimo dos executivos da Warner e a consequência veio com esse atraso de MOS.

 

 Se bem que eu gostei do que o Singer fez com o Homem de Aço...se fosse pauleira pura, perderia o sentido de ponte entre os filmes antigos e os futuros.

 

E mais uma vez digo que vcs adoram meter o pau em filme 100% pauleira mais quando ocorre o oposto ninguém fala absolutamente NADA.

 

Filme bom tem que ter a dose certa de história e pauleira, Homem Aranha  e principalmente Homem Aranha 2 estão ai pra provar isso.

 

Fora Singer!

Faça parte dessa corrênte pra frente 06
Link to comment
Share on other sites

Falou bem, Slash.

 

Tbm estou na corrente torcendo pela saída de Singer.

 

Os executivos da Warner realmente perceberam que houve um problema com SR, tanto que afirmaram que não assinariam nada caso não vissem algo realmente bom pra continuação. Isso aconteceu há algum tempo atrás.

A Warner faria certo em tirar Singer, Routh, Bosworth e os escritores amigos de Singer da franquia, fingir que SR nunca aconteceu e recomeçar a franquia novamente com uma equipe totalmente nova.

 

Quanto a dizerem que o Singer foi ousado, se analisarmos, o contrário aconteceu.

Ele copiou cenas dos filmes antigos, diálogos e se protegeu atrás de uma historinha água com açucar que não só provou ser entediante como feriu o núcleo do Super-Homem.

O Singer foi um covarde. Apostou em um tema universal pra conseguir bilheteria. Homem engravida mulher mas a abandona para perseguir objetivos pessoais, volta e quer retomar o relacionamento com o amor da sua vida, mas ela já está comprometida.

 

Mais alguns erros:

Uniforme do Super com cores fracas?

Super-Homem falho, mesquinho, destruidor de lares, depressivo ( por mulher ), usando de suas habilidades para invadir a privacidade dos outros, engravidando uma mulher e deixando ela pra trás com a criança?

Isso não é o Super-Homem.

 

Engraçado que o Singer escolheu mostrar o Super-Homem como um humano, mas esquece que isso não é "Heroes" e o Super-Homem não é o Homem-Aranha ou o Batman ( heróis um pouco mais centrados em realidade, mas com os seus aspectos irreais, é claro ).

 

E faltou tbm um vilão com força física suficiente pra bater porrada com o Homem de Aço. Chega de pegar gatinhos na árvore, levantar pedras, parar aviões ou helicópteros. Um luta de verdade seria altamente interessante.

 

Caso alguns não se recordem, o plano de Lex é simplesmente ridículo. O cara destroi metade dos EUA e espera que os sobreviventes paguem a ele em que, conchinhas do mar?

Os bancos foram destruidos juntos.

E quem pagaria pra morar na New Kripton de pedra?

Baseado nesse plano e nos planos dos filmes anteriores, eu costumo chamar o Lex do cinema de "Lex, o corretor de imóveis malvado". É o título perfeito pra um vilão imbecil. kkkkkk. culpa dos roteiristas. kkkkkkk.

 

Bem, esses foram meus 2 centavos à respeito do assunto.

 

Tenho que estudar Delphi...abraço a todos.
Kabuki_Jo2007-09-27 15:32:23
Link to comment
Share on other sites

Nossa...que drama gente....kkkk

 

Bom vamos lá...

 

 

Falou bem' date=' Slash.

 

Tbm estou na corrente torcendo pela saída de Singer.

 

Os executivos da Warner realmente perceberam que houve um problema com SR, tanto que afirmaram que não assinariam nada caso não vissem algo realmente bom pra continuação. Isso aconteceu há algum tempo atrás.

A Warner faria certo em tirar Singer, Routh, Bosworth e os escritores amigos de Singer da franquia, fingir que SR nunca aconteceu e recomeçar a franquia novamente com uma equipe totalmente nova.

 

Quanto a dizerem que o Singer foi ousado, se analisarmos, o contrário aconteceu.

Ele copiou cenas dos filmes antigos, diálogos e se protegeu atrás de uma historinha água com açucar que não só provou ser entediante como feriu o núcleo do Super-Homem.

O Singer foi um covarde. Apostou em um tema universal pra conseguir bilheteria. Homem engravida mulher mas a abandona para perseguir objetivos pessoais, volta e quer retomar o relacionamento com o amor da sua vida, mas ela já está comprometida. [/quote']

 

Na minha opnião ele foi ousado sim (E eu não estou fazendo coro de FICA SINGER, desde que o filme seja bom, pode ser quem for...), porque nenhum outro diretor pensaria em fazer um filme como esse. É que quem foi fã dos filmes antigos acabou achando legal essa idéia de fazer uma homenagem (pelo menos é assim que eu encaro, já que eu acredito que o Singer seria capaz de montar uma história nova, vide X men). Já os mais novos e habituados com os filmes de ação preferem mais porrada. Tudo bem que poderia ter um Metallo, ou Bizarro pradar uns socos, mas o conceito me agradou. Pelo menos essa é minha OPNIÃO.

 

 

Mais alguns erros:

Uniforme do Super com cores fracas?

Super-Homem falho' date=' mesquinho, destruidor de lares, depressivo ( por mulher ), usando de suas habilidades para invadir a privacidade dos outros, engravidando uma mulher e deixando ela pra trás com a criança?

Isso não é o Super-Homem.[/quote']

 

Eu não chamaria de "erros"...principalmente se analizarmos a própria história do Superman nas HQs. O Superman já teve cores mais claras e até mais escuras (como no desenho dos anos 40 e na série de TV Lois & Clark) e já foi mostrado de diversas formas (como invencível, como mais "humano"...é tudo ponto de vista). E o que é o Superman? É dificil definir nos tempos modernos...são quase 70 anos de história.

 

Engraçado que o Singer escolheu mostrar o Super-Homem como um humano' date=' mas esquece que isso não é "Heroes" e o Super-Homem não é o Homem-Aranha ou o Batman ( heróis um pouco mais centrados em realidade, mas com os seus aspectos irreais, é claro ).[/quote']

O mais engraçado é que a tendência das HQs atuais da DC é exatamente aproximar seus heróis de um lado mais "humanizado" (vide Crise de Identidade, Crise Infinita e 52). 

 

E faltou tbm um vilão com força física suficiente pra bater porrada com o Homem de Aço. Chega de pegar gatinhos na árvore' date=' levantar pedras, parar aviões ou helicópteros. Um luta de verdade seria altamente interessante.

 

Caso alguns não se recordem, o plano de Lex é simplesmente ridículo. O cara destroi metade dos EUA e espera que os sobreviventes paguem a ele em que, conchinhas do mar?

Os bancos foram destruidos juntos.

E quem pagaria pra morar na New Kripton de pedra?

Baseado nesse plano e nos planos dos filmes anteriores, eu costumo chamar o Lex do cinema de "Lex, o corretor de imóveis malvado". É o título perfeito pra um vilão imbecil. kkkkkk. culpa dos roteiristas. kkkkkkk..[/quote']

Nesse ponto eu concordo contigo. Lex poderia ter sido melhor aproveitado (O Lex de Smallville é perfeito), mas se a proposta do Singer era de fazer uma continuação (ou homenagem, sei lá....) dos filmes antigos, não dava pra radicalizar muito...

 

Bem' date=' esses foram meus 2 centavos à respeito do assunto.

 

Tenho que estudar Delphi...abraço a todos.
[/quote']

 

Só lembrando que isso é uma discussão de OPNIÕES... Não quero sou e não pretendo ser dono de verdade alguma.

 

Abraço galera!
Cir-El2007-09-28 08:58:02
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...