Jump to content
Forum Cinema em Cena

Che - O Argentino


Recommended Posts

  • Replies 68
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

o filme realmente e bom, pecando apenas pela longa duracao e por edulcorar justamente essas partes mais controversas do Che.. se for pra ficar com a imagem romantica dele, q seja apenas a de Diarios de Motocicleta. de resto, o elenco realmente manda bem e o estilao meio documental sao ptos positivos.

Link to comment
Share on other sites

O filme é bem bão. Me pareceu um documentário gigantesco, principalmente pelas partes em preto e branco, e funcionou comigo. É longo, com muita informação e, por isso, um pouco cansativo. Mas, como gosto do Che, é sempre bom assistir.

E, putz, o que é Benício Del Toro nesse filme??

Link to comment
Share on other sites

"esta

produção se preocupa em estabelecer o protagonista como um homem de

princípios, como alguém que não se interessa pela luta armada por ter

uma personalidade violenta ou por gostar de adrenalina, mas sim por

amar profundamente os camponeses que sofrem sob o jugo imperialista

que, no período pós-Guerra, caracterizou a principal estratégia

econômica norte-americana na América Latina."

 

Porque não me assustei ao ver isso ? Porque vc não esconde suas motivações políticas Pablo. Seu esquerdista de boutique. Só vc mesmo para ver o Tche como um homem de princípios. Um homem que matou um amigo porque este havia roubado um pedaço de pão, ou se vc preferir, o homem que criou o primeiro campo de trabalhos forçados da AL.

 

E vc acha legal que um americano possa fazer um filme sobre o Tche, entenda meu caro, nos EUA existe uma democracia. Vá em Cuba, e tente fazer um filme sobre as maravilhas da democracia. Tiro na nuca pra vc.

 

Link to comment
Share on other sites

"Justiçado" hein ! Será mesmo isso. Porque vc não escreve por A + B o que foi que ele fez. Como se as aspas fossem dar outro sentido.

 

Diga assim, ele MATOU. Afinal, ele não via problema nenhum em matar quem não tivesse a mesma opinião que ele. Ah ... e vc acha que ele lutava pelos camponeses.

 

Não sei se isso é ingenuidade sua, ou se é apenas má-fé.

 

Link to comment
Share on other sites

caso não fossem livres, michael moore não faria seus filmes e nem teria espaço na midia para os mesmos, por exemplo. Agora alguem aqui pode citar uma unica voz de dissidência em cuba? quem dera o povo brasileiro tivesse metade do espirito democratico norte-americano, não ficariam ululantes qd lula numa decisão completamente anti-democratica e que violentava claramente a constituição brasileira, ordenou a expulsão do larry roether, mas eu me pergunto com qual moral ou argumentos vc me vem falar em liberdade qd em nosso proprio governo temos criminosos como a dilma, dirceu e o judas do genoino, que se houvesse justiça nesse mundo teriam levado o seu de direito a muito tempo atrás. 

Link to comment
Share on other sites

Diogo, sugiro que você procure estudar a história recente do Brasil e da América Latina (golpes como efeito dominó a partir de 1964).  Os "guerrilheiros" só responderam a "guerra" financiada pelos EUA. A ditadura acabou com toda a possibilidade de crescimento/distribuição de renda que vinha sendo discutido para implementação de um novo projeto  econômico do governo João Goulart.

 

 

proprio governo temos criminosos como a dilma, dirceu e o judas do genoino, que se houvesse justiça nesse mundo teriam levado o seu de direito a muito tempo atrás. 

 

Se temos "criminosos" no governo, onde você acha que estão os assassinos em série que  agiam na operação OBAN, frequentavam o Doi-Codi para assistir/participar das sessões de tortura?

Sugiro que assista o documentário : Vlado - 30 Anos Depois. E leia Brasil nunca mais, para você ter noção de como eram torturados os presos políticos.
Link to comment
Share on other sites

primeiramente 64 não foi golpe, foi uma intervenção justa em um governo débil cuja principal figura era um presidente beberão e despreparado, e se formos falar da américa latina como não citar o belo legado econômico de pinochet no chile? E mais... se hoje a argentina vive com o pires na mão é em função dos ditos governos democráticos pós “ditadura”, e dizer que joão goulart tinha algum projeto é sacanagem, um imbecil de um ministro do trabalho que só fez  precipitar a queda de getulio, agora se vc chama de “guerrilheiros” maconheiros que covardemente metralhavam os quartéis na calada da noite, acertando não o alto oficialitado, mas sim jovens recrutas de 18 anos, marginais que aproveitaram o estado geral da nação para a pratica de assaltos, seqüestros e assassinatos( o nome lamarca lhe diz alguma coisa?), revelando sua real natureza, então só tenho a lamentar que hoje essas rapinas estejam no comando da nossa nação, e obviamente como bons guerrilheiros não são simpaticos a democracia ou a dissensão ou vamos esquecer do assassinato de celso daniel? e do mensalão? Diogo Simões2009-04-04 20:24:13
Link to comment
Share on other sites

se uma pessoa começa argumentando que 1964 não foi um golpe e sim uma intervenção, não tenho mais nada a debater com você.

Só uma ressalva, você sabe em que projeto econômico o governo militar se baseou para sair da crise de 1966????Espero que você não fique apenas no "achismo". Vá obter conhecimento nos livros de história/sociologia.

 

P.S: sempre me exalto com argumentos sem fundamentação teórica. O debate, da minha parte, acaba aqui.

 
laure2009-04-04 21:22:54
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...