Jump to content
Forum Cinema em Cena

O Cinema Brasileiro Sofre Preconceito


eccsssss
 Share

Recommended Posts

Não sei se é porque as produções norte-americanas usam e abusam de efeitos especiais ou se os brasileiros têm vergonha de sua origem, mas na minha opinião o cinema brasileiro deveria ser muito mais valorizado. Claro, existem aqueles filmes "meia-boca", inassistíveis, mas por outro lado existem produções nacionais de alta qualidade - algumas que até já foram indicadas ao Oscar, vide "Central do Brasil". E o que dizer de "Diários de Motocicleta" (apesar de ser um filme latino, o diretor é brasileiro), que recebeu Oscar de melhor canção original? Não canso também de citar o fabuloso "Netto Perde Sua Alma", aliás, até já postei outro tópico sobre ele, na seção Filmes em Geral, se quiserem dar uma olhada por lá.

Gente, dêem mais valor aos nossos filmes! O cinema não é só EUA e efeitos especiais. ABRAM SUAS MENTES!!!

Link to comment
Share on other sites

Este preconceito, se existe, é de pessoas que ainda não assistiram aos bons filmes brasileiro. E não me refiro somente aos filmes lançados depois de Carlota Joaquina, considerado o marco da retomada do cinema nacional.

Eu adoro cinema nacional. Aliás, eu adoro cinema indiferente ao idioma dos seus intérpretes, diretores e produtores. Se for um bom filme, me comover às lágrimas ou matar-me de rir, ótimo. O que menos importa é a nacionalidade. Afinal, a emoção é universal.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Geeeeeeeeeeeente! Que coisa

bonita que vc falou eccsssss! de verdade, sempre tive essa

opinião...mas é incrível realmente o quanto as pessoas tem preconceito

com os filmes nacionais. Além desses que vc citou ''Carandiru'' e ''Os

dois filhos de Francisco'' são fantásticos...

Concordo plenamente com voce.

Quem não curte os bons filmes brasileiros e acham que não estão sendo

preconceituosos precisam rever seus conceitos sobre o que é e Amor à

Pátria e Preconceito.

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Ainda existe um grande preconceito por grande parte do público médio brasileiro contra o seu própio cinema. Em geral causado por quem ainda tem a impressão de que ainda estamos na época onde só existiam pornochanchadas e coisas piores, como a dita retomada ainda é recente, ainda vai demorar um pouco mais até a concientização de que também fazemos filmes de qualidade.

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

existe o preconceito de cinema nacional sim, qual eu participo q filme nacional não faz blockbusster com historias ficticias... resolvido, e quando faz sai merdas como aquaria... eu só vejo mesmo filmes q dão uma diversão votlada ou em ação ou em ficção e o cinema nacional não investe nisso... só tem filme serio e chato

só consigo gostar e ter votnade de ver e ver de 2 filmes, apenas 2, nacionais, o alto da compadecida (embora em vez de passar em grandes cidades é engraçado e tem ficção no final) e caceta e planeta a taça do mundo é nossa, eu adoro filmes trash toscos e nonsense, e esse é ridiculo a ponto de eu gostar...

como eu odeio drama, o menos pior do cinema nacional é a comedia, mas ainda tem tm coisa ruim, e o necessario pra fazer filmes q me agradam é dinheiro em grande quantidade....

Link to comment
Share on other sites

Este preconceito existe em todo lugar. Tenho certeza de que na Turquia, existem turcos que odeiam seu cinema. A verdade é que existe filmes bons e filmes ruins em todo lugar do planeta e pessoas que julgam uma certa classe de filmes, apenas por primeira impressão. Mas o verdadeiro cinéfilo encara qualquer filme, independente de seu tema ou nacionalidade.
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Este preconceito existe em todo lugar. Tenho certeza de que na Turquia' date=' existem turcos que odeiam seu cinema. A verdade é que existe filmes bons e filmes ruins em todo lugar do planeta e pessoas que julgam uma certa classe de filmes, apenas por primeira impressão. Mas o verdadeiro cinéfilo encara qualquer filme, independente de seu tema ou nacionalidade.[/quote']

 

 

 

Exatamente. E digo mais: pra cada um filme interessante, há centenas de porcarias. Por que eu tenho que aplaudir a todos os filmes "made for tv" da Rede Globo? E, pelo amor de Deus, "Diários de Motocicleta" NÃO é brasileiro. É uma co-produção entre países da américa latina e EUA (o Brasil não participa da produção do filme. Apenas o diretor que é brasileiro).

Link to comment
Share on other sites

 

Mas não é por isso que o cinema brasileiro não sofre preconceitos.Ele sofre por outros motivos.Coisa de passado, e não de agora.Hoje mesmo na escola um professor foi passar o filme "Lamarca" com Paulo Betti, que por sinal é bom, daí uma amiga minha falou:"Ah não! Filme brasileiro?!!" Sem nem ao menos saber da historia. E não acho que pra cada um filme bom há centenas de porcarias, o que acontece é que essas porcarias é que infelizmente são mais visíveis em termos de publicidade aos olhos daqueles não cinéfilos que só vão no cinema por causa do trailler que passa na TV da Globo.

 

tigomelo2006-6-19 19:24:51

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

bom

 

 

eu gostei de ver Cidade de Deus, Deus é Brasileiro, Os Normais - o filme, Cazuza - o tempo não pára, Concerto campestre e 2 filhos de francisco no cinema e não tive nenhum preconceito

 

quando era pequeno eu sempre pedia pros meus pais pra assistir os

filmes dos Trapalhões (o último filme deles que vi no cinema foi Os

Trapalhões e a Árvore da Juventude) até o Inspetor Faustão e o Mallandro: a missão (primeira e única) eu assisti com 10 anos no cinema e não tive preconceito nenhum.

 

O Rap do Ovo que o Sergio Mallandro e o Faustão cantam no final é clássico (aqui vai a letra dele)

 

Piu piu... Piu piu piu!!!

 

 

 

(Mallandro)

 

O ovo é do povo

 

Do ovo é que vem tudo

 

Do ovo nasce o pinto

 

E os pássaros do mundo

 

Do ovo e do óvulo

 

nasceram os animais

 

Nasceu Adão e Eva

 

e foi nascendo muito mais

 

 

 

O ovo... Meu ovinho!!!

 

 

 

Tem ovo chocando

 

com todo cuidado

 

Tem ovo de páscoa

 

tem ovo estalado

 

Tem ovo de pato

 

tem ovo de pombo

 

Tem ovo de tudo

 

Até Ovo de Colombo!!

 

 

 

(crianças) Ié ié ié!!!

 

Piu piu!!

 

Ié ié ié

 

Piu piu piu!!

 

 

 

(Faustão)

 

Falando de ovo

eu gosto é de cozido

 

Ele é que me deixa forte

 

pra encarar qualquer bandido

 

Pegue um ovo de codorna

 

sempre que lhe der vontade

 

Mas cuidado com esse ovo

ele é o ovo da verdade

 

(continuação)

 

Quando eu como desse ovo

minha pista vai esquentando

 

Vou seguindo nessa pista

 

pra acabar com o contrabando

 

Joga ovo minha gente

 

que pra mim nunca é de mais

 

Vou entrando nessa briga

 

pra salvar os animais

 

 

 

(Crianças)

 

A bicharada e o caçadôôôôôr

 

Parece filme de terrôôôr

 

E pra acabar com o casôôÔ

 

Chame o Malandro e o Inspetôôôr!!

 

(repete 3x)

 

 

aqui está a cena clássica (Sergio Mallandro e Faustão cantando esse clássico)

 

 

 

 

 

 

 

sobre o lance do preconceito acho que isso depende da pessoa...

 

eu por exemplo odiei assistir Carandiru no cinema

 

cinéfilo2006-7-31 14:27:28

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

a verdade é que ja esta mais do que na hora do cinema brasileiro ousar um pouco, pq nunca vemos filmes de fição científica de super heróis ou ação no nosso cinema, nosso cinema não sai disso ou é drama ou história real ou comédia e nuncaaaaaaaaaaaa sai disso, pq não ousam um pouco e saem da mesmice.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

 

 

 

 

 

a verdade é que ja esta mais do que na hora do cinema brasileiro ousar um pouco' date=' pq nunca vemos filmes de fição científica de super heróis ou ação no nosso cinema, nosso cinema não sai disso ou é drama ou história real ou comédia e nuncaaaaaaaaaaaa sai disso, pq não ousam um pouco e saem da mesmice.[/quote']

 

concordo plenamente com você

 

Em Brasília tá sendo rodado um filme de ação brasileiro chamado Federal com a participação do ator Michael Madsen que faz um agente gringo

 

o SBT Brasil mostrou as filmagens e o ator americano falou com exclusividade

cinéfilo2006-9-13 2:39:21

Link to comment
Share on other sites

Olha, particularmente eu não concordo que o cinema brasileiro, precisa fazer ficção científica, filmes de ação, etc. O nosso cinema pode sim, ter sua marca particular, não precisa acompanhar as grandes "ondas", "Cidade de Deus" na minha opinião é um dos melhores filmes que eu já vi, "Central do Brasil" também, não troco nenhum dos dois, por nenhum "Matrix", fico muito feliz pelo nosso cinema, e acho que hoje em dia, é um dos mais inventivos. Diferente do cinema americano, que vem decaindo, e hoje é bastante sem graça.

Link to comment
Share on other sites

 

 

filmes inventivos?

 

No ano que foi lançado o Cidade de Deus foi muito criticado pelos "fãs do cinema novo e criticos especializados no brasil" por parecer filme americano graças a magnifica montagem (que merecia o oscar) e por ser um filme comercial

 

por isso tiro o chapéu para o Fernando meirelles:

 

- Foi sincero e disse que o Senhor dos Anéis mereceu vencer as 11 estatuetas (apesar de ter torcido para o Cidade de Deus ganhar o oscar de melhor edição)

 

- Não se importou com as criticas que Cidade de Deus recebeu respeitando elas até e admitiu que fez um filme sincero mesmo ele sendo comercial

 

- Apesar de estar chateado pela esnobação em 2003, ele ficou feliz pelo fato do Cidade de Deus estar pela 2ª vez no mercado americano com as 4 indicações ao oscar em 2004

 

- Disse que o filme Cidade de Deus reabriu a porta do Brasil para Hollywood (Carlos Saldanha, Rodrigo Santoro e Luciano Szafir são a prova disso)

 

Assinou uma importante parceria com a Universal Pictures

 

 

 

Infelizmente o cinema brasileiro está empacado nas comédias com liguagem televisiva (apesar de estar com vontade de ver o filme Seus Problemas Acabaram no cinema e tenho a mórbida curiosidade de ver a Xuxa fazendo papel de gêmeas no novo filme dela), dramas que falam dos anos de chumbo da ditadura militar e dramas mostrando aquilo que estamos cansados de ver nos telejornais (favelas,   prostitutas, lixão, meninos de rua e sertão nordestino)

 

Acho que precisamos renovar o cinema brasileiro usando a nossa criatividade e claro o deboche que temos para fazer filmes de ficção cientifica, terror, animação (depois de Cassiopéia e o Grilo Feliz cadê a animação brasileira?) e ação (como o recente Federal que é um filme policial)

 

mas claro mantendo as comédias com linguagem televisiva, os dramas que falam da ditadura militar e os dramas que falam dos nossos problemas sociais

 

cinéfilo2006-9-17 9:35:47

Link to comment
Share on other sites

O cinema brasileiro é ótimo. Logicamente que nunca chegaremos ao nível técnico de Hollywood, e é praticamente impossível faz filmes de ação ou super-herói no Brasil. Muito menos as animações milionárias, que o Brasil definitivamente não tem dinheiro pra fazer.

Aliás, eu acho que nem é necessário isso, o Brasil não deve seguir os padrões americanos de fazer cinema. O cinema brasileiro tem que achar um identidade própria, assim como fizeram Glauber Rocha e Rogério Sganzerla nos anos 60 e 70. Atualmente existem países com um cinema ótimo e próprio, único, como por exemplo o o cinema francês, o italiano, e até mesmo o argentino.

Não gosto da Globo Filmes, porém reconheço que ela está sendo importante para trazer público aos filmes nacionais. São filmes que tem linguagem televisiva, muito ruins do ponto de vista artístico, mas que tem trazido algum resultado nas bilheterias. Espero que em breve não seja mais necessário esses filmes de linguagem televisiva, após o público voltar a acostumar ver filmes nacionais, e então a Globo Filmes poderá produzir quem sabe somente filmes com linguagem de cinema como Cidade de Deus, Carandiru, Lisbela e o Prisioneiro, O Maior Amor do Mundo, etc.     E acho que os filmes da Xuxa e do Didi podem continuar existindo, pois tem um público fiel, e são filmes que dão lucro.

 

Agora o cinema nacional tem produzido MUITO filme bom nos últimos anos, !!!

Para citar alguns dessa década, todos no mínimo interessantes: Cinema Aspirinas e Urubus ; Cidade Baixa ; Quase Dois Irmãos ; Estamira ; À Margem do Concreto ; Lavoura Arcaica ; Redentor ; Cabra-Cega ; Bens Confiscados ; Garotas do ABC ; O Homem que Copiava ; Houve Uma Vez Dois Verões ; Durval Discos ; Separações ; Feminices ; Cafundó ; Narradores de Javé ; Benjamim ; Lisbela e o Prisioneiro ; Crime Delicado ; O Invasor ; Árido Movie ; A Concepção ; A Máquina ; Abril Despedaçado ; Desmundo ; O Homem do Ano ; O Caminho das Nuvens ; Cazuza ; Casa de Areia ; Os 2 Filhos de Francisco ; Amarelo Manga ; Tapete Vermelho ; O Prisioneiro da Grade de Ferro ; Edifício Master ; O Fim e o Princípio ; Ônibus 174 ; Madame Satã ; Latitude Zero.

Aí, são pelo menos uns 30 filmes interessantíssimos nacionais, dos últimos 6 anos.

 

e para quem reclama que não tem FICÇÃO CIENTIFICA no Brasil, sugiro que assistam: REDENTOR ; A MÁQUINA; e ainda NINA (que eu não gosto, mas tem seus fãs, e reconheço q é um filme único no cinema atual).

Link to comment
Share on other sites

Com relação ao comentário do cinéfilo, CIDADE DE DEUS é inventivo sim, o que ñ tem nenhuma relaçao com parecer ou ñ com cinema americano, vide, que todos os filmes de Tarantino são inventivos, disse inventivo no sentido de trazer algo novo e relevante, ñ no sentido de inovar, senão falaria inovadores, ñ inventivos.

Também discordo quando Christoperh_P diz que o cinema brasileiro ñ chegaria ao nível técnico do Hollywoodiano, cito novamente CIDADE DE DEUS como exemplo, CASA DE AREIA, também é outro exemplo, que para mim ñ perdem em nada, tecnicamente falando para os filmes americanos.

E um dos motivos que eu considero dos mais fortes, com relação ao preconceito ao nosso cinema, é exatamente esse, a descrença, e o sentimento de que sempre estaremos atrás do cinema americano. Que infelizmente são vistos como o supra sumo da obra cinematografica.

Link to comment
Share on other sites

Nós estávamos falando sobre isso hoje no workshop de produção. O professor estava falando que um país sem cinema é uma país sem rosto. Por isso mesmo o Brasil precisa ter um "rosto" próprio e não um "rosto" americano. Mas o brasileiro prefere assistir ao americano, saber dos gostos deles, de gangteres e Nasa, enfim coisas que não fazem parte da nossa realidade. Apenas quando nós nos reeducarmos e apreendermos a olhar ao nosso redor é que o cinema brasileiro vai conseguir alcançar um sucesso considerável. Eu não estou falando de qualidade, porque isso já encontramos. Estou falando de um mercado mais aberto e de público para esse material.

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

O cinema brasileiro é ótimo. Logicamente que nunca chegaremos ao nível

técnico de Hollywood' date=' e é praticamente impossível faz filmes de ação ou

super-herói no Brasil. Muito menos as animações milionárias, que o

Brasil definitivamente não tem dinheiro pra fazer.[/quote']

 

Bom...

 

Você não sabia, mas está sendo rodado em Brasilia um filme policial chamado Federal que tem a participação do ator americano Michael Madsen

 

nós temos capacidade sim de fazer filmes de ação já que nossos filmes policiais como: Bellini e a Esfinge, O Invasor, O Dia da Caça, O Homem do Ano e O Matador trouxeram essa linguagem de filmes de ação pro cinema brasileiro

 

E sobre a animação temos sim como fazer animações milionárias, afinal o desenho Grilo Feliz, o diretor Carlos Saldanha (que criou o Scrat um personagem antológico) e o filme Cassiopéia são a prova concreta disso..

 

aliás o Toy Story da Pixar/Disney não foi o pioneiro da animação digital.

 

o pioneiro da animação digital é brasileiro e se chama Cassiopéia

 

 

Cinema Aspirinas e Urubus ; Cidade Baixa ; Quase Dois Irmãos ; Estamira

; À Margem do Concreto ; Lavoura Arcaica ; Redentor ; Cabra-Cega ; Bens

Confiscados ; Garotas do ABC ; O Homem que Copiava ; Houve Uma Vez Dois

Verões ; Durval Discos ; Separações ; Feminices ; Cafundó ; Narradores

de Javé ; Benjamim ; Lisbela e o Prisioneiro ; Crime Delicado ; O

Invasor ; Árido Movie ; A Concepção ; A Máquina ; Abril Despedaçado ;

Desmundo ; O Homem do Ano ; O Caminho das Nuvens ; Cazuza ; Casa de

Areia ; Os 2 Filhos de Francisco ; Amarelo Manga ; Tapete Vermelho ; O

Prisioneiro da Grade de Ferro ; Edifício Master ; O Fim e o Princípio

Ônibus 174 ; Madame Satã ; Latitude Zero.



Estamira interessante? O que você vê de interessante numa catadora de lixo?

 

ora por favor...

 

 

É por isso que o cinema brasileiro está estagnado e tem muito preconceito' date=' pois só tem filmes politicos, drama de favela, drama no sertão nordestino e documentário. Está na hora de renovar e não mudar a identidade, pois parece que o cinema do brasileiro só vive nos anos 60 e 70

 

 

na minha opinião filmes interessantes são esses:

 

Cidade de Deus; Concerto Campestre; Durval Discos ; Separações ; Feminices ; Redentor; O Homem que Copiava ; Houve Uma Vez Dois Verões; Meu Tio Matou Um Cara (vc esqueceu desse); Ilha das Flores; Bellini e a Esfinge; O Invasor ; Lisbela e o Prisioneiro ; Cazuza - o tempo não pára; ; Desmundo (esse tenho em dvd se me der vontade vou ver se é interessante ou não); O Xangô de Baker Street; A Máquina; Copacabana (também tenho em dvd tem cara de ser interessante); Deus é Brasileiro; Crime Delicado ; O

Invasor; Tapete Vermelho ; 2 Filhos de Francisco ; Benjamim; No coração dos Deuses (esse tenho em dvd também).

 

obs: alguns filmes citados eu não vi

 

 

 

 

 

que todos os filmes de Tarantino são inventivos, disse inventivo no

sentido de trazer algo novo e relevante, ñ no sentido de inovar, senão

falaria inovadores, ñ inventivos.

 

Tarantino não é inovador? Já visse Pulp Fiction e Kill Bill (os dois volumes)? se já viu me diga se esses filmes são inventivos.

 

aliás o diretor é tema de um curta-metragem brasileiro chamado Tarantino's mind que os personagens do Selton Mello e do Seu Jorge conversam sobre a mente do Quentin Tarantino (a conversa é sobre o que se passa dentro da mente dele)

 

cinéfilo2006-9-17 9:40:6

Link to comment
Share on other sites

Quanto ao Tarantino admito que posso ter me expressado mal, porém, não sou da teoria de que ele é um gênio, acho que ele tem um grande conhecimento sobre cinema, e domina a câmera, roteiro, com muita propriedade, o cara sabe fazer filmes. Mas acho que ter um filme, que duas pessoas discutem suas idéias, é um pouco exagerado, analise um filme de Tarantino e você vai ver entretenimento puro e simples, mas não descerebrado, ele sabe conduzir diálogos, mas colocá-lo num pedestal, acho um certo exagero.

E como o Cinéfilo, é preconceituoso, como assim "O que você vê de interessante numa catadora de lixo?" Será que por ser uma catadora de lixo, ela não teria nada a acrescentar a ninguém?? Acho que o cinema retrata de certa forma a identidade de um povo, em determinado momento de sua história, vide o pós-guerra do Vietnã, onde vários filmes com tom revanchista foram lançados, como "Rambo", "Bradock", etc., se o cinema brasileiro, retrata favelas, Nordeste, é por que de uma forma ou de outra, essa é a realidade do nosso povo, nega-la, seria negar nossa própria identidade. Assim nosso cinema, seria só mais um que tenta imitar um padrão já estabelico.

Link to comment
Share on other sites

 

E como o Cinéfilo' date=' é preconceituoso, como assim "O que você vê de interessante numa catadora de lixo?"[/quote']

olha.. me desculpe se exaltei nessa hora, mas não preconceituoso.. leia meu post (quem a letra do rap do ovo)

eu gostei de ver Cidade de Deus' date=' Deus é Brasileiro, Os Normais - o

filme, Cazuza - o tempo não pára, Concerto campestre e 2 filhos de

francisco no cinema e não tive nenhum preconceito

 

quando era

pequeno eu sempre pedia pros meus pais pra assistir os

filmes dos Trapalhões (o último filme deles que vi no cinema foi Os

Trapalhões e a Árvore da Juventude) até o Inspetor Faustão e o

Mallandro: a missão (primeira e única) eu assisti com 10 anos no cinema

e não tive preconceito nenhum.

 

sobre o lance do preconceito acho que isso depende da pessoa...

 

eu por exemplo odiei assistir Carandiru no cinema  [/quote']

 

Acho que o cinema retrata de certa forma a identidade de um povo' date=' em determinado momento de sua história, vide o pós-guerra do Vietnã, onde vários filmes com tom revanchista foram lançados, como "Rambo", "Bradock", etc., se o cinema brasileiro, retrata favelas, Nordeste, é por que de uma forma ou de outra, essa é a realidade do nosso povo, nega-la, seria negar nossa própria identidade[/quote']

 

Então nossa identidade é mostrar tudo aquilo que a gente tem de ruim...

 

pelo visto os cineastas brasileiros tem aversão pela renovação, pois acham que o filme vai ficar igual ao cinema americano

Link to comment
Share on other sites

algumas coisas:

-ESTAMIRA é maravilhoso. O filme consegue pensar sobre o mundo através da visão de uma catadora de lixo.  O seu comentário soou preconceituoso sim, cinéfilo.

-Eu não acho que o Tarantino seja inovador. Mas isso é uma opinião.

-Na boa, esse filme do Michael Madsen parece ser muito ruim. O cara (com exceção dos filmes de Tarantino) só tem se metido em projetos ruins. E não vejo nenhum dos filmes que você citou como "filmes de ação", especialmente Bellini e a Esfinge e os do Beto Brant. São filmes policiais, que mostram o submundo do crime urbano no Brasil, mas não são filmes de ação.

Mas existe sim um filme brasileiro chamado Confronto Final,  um filme de Alonso Gonçalves e com o Jackson Antunes, que é uma clara tentativa de se fazer filmes estilo Van Damme e Charles Bronson no Brasil. Tem explosões, lutas coreografadas e tudo o mais. E é absolutamente ridículo, e constrangedoramente hilário. Uma das piores coisas que já vi na minha vida.

-O Brasil pode sim ter filmes com a mesma qualidade de algumas boas produções americanas, Cidade de Deus é um exemplo e talz. O que eu quis expressar ali foi em relação aos filmes de ação ou superherói. Eu acho que o Brasil nunca conseguirá fazer um Superman, ou um X-Men ou Senhor dos Anéis e coisas do tipo. E nem é necessário. Mas em relação a dramas e talz, daí sim, o Brasil tem uma boa qualidade e inclusive alguns ótimos profissionais.

-Sobre as animações, que eu saiba O Grilo Feliz levou anos para ser feito, e de nenhuma maneira pode ser considerado uma animação milionária. O Carlos Saldanha é contratado pela Pixar, e é um diretor. O diretor do filme é brasileiro, mas não é um filme brasileiro. Até porque no momento o Brasil tem a capacidade de produzir uma animação dessas e nem de gastar dezenas de milhões na produção de uma.   (obs: desconheço essa produção chamada Cassiopéia)

-Qual é o problema com documentários ?

-E o Brasil tem que fazer filmes sobre o Brasil. E como este é um país cheio de problemas, não há nada de errado em termos vários filmes que se passem em favelas e no sertão nordestino, etc. Aliás, eu acho que isso é um reflexo da forte influência da tv e da Rede Globo no país. Já que todas as novelas nacionais tem o tal "padrão Globo de qualidade" e não mostram problemas do país, se passam sempre nas classes médias altas das grandes cidades e finge que não existe pobreza no país. Não deixa de ser uma forma de alienação, e o cinema está aí para isso.  É a minha visão.

-E a identidade de um país TAMBÉM é mostrar o que temos de ruim. Mas não somente isso, lógico.

 

e cinéfilo, não entendi porque você colocou alguns filmes em negrito ali...

Christopher_P2006-9-17 15:13:41
Link to comment
Share on other sites

 

 

os filmes em negritos são para discordar de você... não vi nada de interessante no filme  Latitude Zero (eu assisti e achei uma porcaria)

 

é pelo visto minha tese de que os cineastas brasileiros não gostam de renovação e atualização está certa, nossos cineastas não saem do cinema marginal e cinema novo estão encalhados na extinta Embrafilme

 

falar de brasil sobre o brasil. Parece que há cineastas brasileiros que tem aversão à ousadia preferindo recorrer as idéias do cinema novo e cinema marginal

 

Bela forma de patriotismo glamourisar o crime, prostituição, as favelas e a seca do sertão nordestino.

 

É por isso que o cinema brasileiro está estagnado. O cinema brasileiro é um cinema de um gênero só e raramente tem comédia, ficção e terror, pois fazer esses gêneros são estreotipados de filmes da Rede Globo (no caso das comédias) e filmes com cara de americanos (no caso dos filmes ficção, ação e terror)

 

O Carlos Saldanha trabalha na Blue Sky e não na Pixar

 

 

 

cinéfilo2006-9-17 15:54:32

Link to comment
Share on other sites

nossa, quer dizer vc não viu NADA  de interessante em Cinema Aspirinas e Urubus, Cidade Baixa , Lavoura Arcaica, Casa de Areia, ou Onibus 174?       Uau, pra mim todos esses filmes estão perto de serem obras-primas (exagerando um pouquinho com o Cidade Baixa e Casa de Areia, claro).

 

E sim, existem alguns cineastas brasileiros que recorrem ao cinema novo e marginal. Mas não é  maioria.

E não acho que o cinema glamourize o sertão ou a favela, etc. 

Link to comment
Share on other sites

não é por falta de dinheiro não é falta de ousadia msm, quando falo que nosso cinema não sai daquela coisinha é pq não sai msm, ou é comédia ou drama ou documentário, parece que estamos sempre nos anos 60 ou 70, dizer que prefirimos ver rambo ou coisas da nas algo que não é da nossa realidade mas por que o cinema nacional tem que ser esse choque de realidade 24 horas? quem disse que o cinema americano não retrata a realidade? pelo contrário eles tbm retratam a realidade, nós é que não siamos de coisinha msm, não é preconceito não, por exemplo se muitas pessoas gostam de ficção científica ou filmes de super-heróis vão ter que recorrer a qual cinema ao estrangeiro ou ao nosso? respondam essa pergunta e automaticamente vç responderão se existe preconceito ou falta de ousadia.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...