Jump to content
Forum Cinema em Cena
Tannenbaum

Central de Notícias

Recommended Posts

Amigo afirma que viu Marcelo atirar em casa

Um colega de classe de Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13 anos, foi ouvido ontem no DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) e disse que viu o amigo atirar em casa.

O estudante e outro colega haviam prestado depoimento anteriormente, mas foram chamados outra vez para esclarecer algumas dúvidas.

Ambos reafirmaram que Marcelo sabia atirar.

Eles também disseram que o amigo tinha uma espingarda de pressão e que comentava que queria matar os pais.

 

____________________________________________________________

Vixi o que poderia ser um menino de 13 anos matando os pais..., nunca se sabe se foi um grupo..., explicaria até o fato de um garoto de 13 anos sozinho ser improvável de matar 4, o caso parecia fechado, é a qualidade da CSI Brasileira...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Programa nº 2133

>>Caluda! Os cubanos vêm aí

>>Orgulho e preconceito

Por Luciano Martins Costa em 22/08/2013 no programa nº 2133 | 0 comentários

 

 

Só se houve falar nisso.

Não entendo qual o problema aqui, estão oferecendo empregos que foram recusados.

Quem ganha é o povo já que a maioria desses médicos são experientes e até graduados e tals.

 

Essa teoria da conspiração de implementação de  comunismo é genial !!!!!    kkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nunca imaginei que o Brasil, filhos de indios, morenos na sua grande maioria ainda ficassem nesse de preconceito, racismo...

 

___________________________

 

   

Jornalista diz que médicas cubanas "têm cara de empregada doméstica"

 

27ago2013---jornalista-do-rio-grande-do- Médicos estrangeiros chegam ao Brasil para o programa Mais Médicos64 fotos62 / 64
27.ago.2013 - Uma jornalista do Rio Grande do Norte afirmou nas redes sociais que as médicas cubanas que chegaram ao Brasil para atuar no programa Mais Médicos tinham cara de empregada doméstica e duvidou que elas realmente fossem profissionais de saúde. "Me perdoem se for preconceito, mas essas médicas cubanas têm uma cara de empregada doméstica. Será que são médicas mesmo?", questionou em um post no Facebook que gerou polêmica Reprodução/Facebook

Uma declaração de uma jornalista do Rio Grande do Norte sobre a aparência das médicas cubanas que chegaram ao Brasil para atuar no programa Mais Médicos gerou polêmicas nas redes sociais nesta terça-feira  (27). Micheline Borges afirmou que as cubanas tinham cara de empregada doméstica e duvidou que elas realmente fossem profissionais de saúde. "Me perdoem se for preconceito, mas essas médicas cubanas têm uma cara de empregada doméstica. Será que são médicas mesmo?", questionou em um post no Facebook.

"Afe que terrível. Médico, geralmente, tem postura, tem cara de médico, se impõe a partir da aparência...Coitada da nossa população. Será que eles entendem de dengue? Febre amarela? Deus proteja O nosso povo!", continuou a mensagem.

Mesmo depois de ser criticada, a jornalista respondeu a algumas mensagens em sua página. "Gente, eu penso assim. Me perdoe se vocês não pensam igual a mim. Paciência.... kkkkk aparência conta sim! Se eu chegar numa consulta e encontrar um médico com cara de acabado ou num escritório de advocacia o advogado mal vestido vou embora. O mesmo acontece com um restaurante. Você primeiro come com os olhos para depois comer com a boca. A aparência do prato é tudo", justifica em um comentário.

Depois da repercussão negativa da declaração, Borges excluiu o perfil no Facebook e a conta no Twitter.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chef Jamie Oliver Vence Demanda Judicial Contra McDonald’s

 

O chef Jamie Oliver justo acaba de vencer uma batalha contra a mais poderosa cadeia de Junk Food do mundo. Uma vez que39061fee424990a212b2572386da4edb9e8-300x Oliver demonstrou como são produzidos os hambúrgueres, McDonald’s anunciou que mudará a receita.

De acordo com Oliver, as partes gordurosas da carne são “lavadas” com hidróxido de amônia e, em seguida, são utilizadas na fabricação do “bolo” de carne para encher o hambúrguer. Antes deste processo, de acordo com o apresentador, essa carne já não era apropriada para o consumo humano.

Oliver, chef ativista radical, que assumiu uma guerra contra a indústria de alimentos, diz: estamos falando de carne que tinha sido vendida como alimento para cães e após este processo é servida para os seres humanos. Afora a qualidade da carne, o hidróxido amônia é prejudicial à saúde.

Qual dos homens no seu perfeito juízo colocaria um pedaço de carne embebido em hidróxido amônia na boca de uma criança?

Em outra de suas iniciativas Oliver demonstrou como são feitos os nuggets de frango: Depois de serem selecionadas as “melhores partes”, o resto- gordura, pele, cartilagem, víceras, ossos, cabeça, pernas -  é submetido a uma batida -  separação mecânica -  é o eufemismo usado por engenheiros de alimentos, e, em seguida, essa pasta cor de rosa por causa do sangue é desodorada, descolorida, reodorizada e repintada, capeadas de marshmallow farináceo e frito, este é refervido em óleo geralmente parcialmente hidrogenado, ou seja, tóxico.

Nos EUA, Burger King e Taco Bell já abandonaram o uso de amônia em seus produtos. A indústria alimentar utiliza hidróxido de amônia como um agente anti-microbiano, o que permitiu ao McDonald’s usar nos seus hambúrgueres, carne, de cara, imprópria para o consumo humano.

Mas ainda mais irritante é a situação que essas substâncias à base de hidróxido de amônia sejam consideradas “componentes legítimos em procedimentos de produção” na indústria de alimentos, com a bênção das autoridades de saúde em todo o mundo. Portanto, o consumidor nunca poderá se informar quais produtos químicos são colocados em nossa comida.

 

Adoro esse cara!

Além de ser talentosissimo na cozinha faz trabalhos voluntários, especializando jovens cozinheiros pobres e os contrata em seus restaurantes.

 

Outra que soube dele é sua tentativa inglória d emudar a merenda das escolas por um cardápio mais saudável.

Engraçado que ele esbarre menos  na rejeição incial das crianças mas muito mais nas dos pais que preferem comidas indusstrializadas por serem mais rápidas e práticas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Belas iniciativas do rapaz

____________________________________

 

Mulheres são condenadas a indenizar Habib's após organizar protesto contra a rede

 

A Justiça de Piracicaba condenou três mulheres que organizaram um protesto contra o Habibs, através do Facebook, a pagarem uma indenização de R$ 100 mil à rede --R$ 33,3 mil cada uma. A decisão é do dia 6 de agosto e foi divulgada nesta terça-feira (27).

 

Na visão do Judiciário, a iniciativa teve "o intuito de abalar a reputação" do comércio ao induzir a "sociedade a não consumir os produtos por ela fornecidos". As rés também terão de se retratar na rede social, sob pena de multa diária de R$ 100 por descumprimento. Cabe recurso da decisão.

 

A sentença foi dada pelo juiz Marcos Balbido da Silva, da 2ª Vara Cível. Ele argumentou ainda que a publicação na rede social foi utilizada sem que a empresa pudesse se defender ou se pronunciar sobre o caso.

 

A ação foi ajuizada em fevereiro de 2013, depois que as três mulheres marcaram, através da rede social, um protesto contra o Habib's por conta da morte de um cachorro que foi retirado da loja por uma funcionária. Ao ser colocado para fora da unidade, o animal acabou atropelado. A morte do animal causou comoção na cidade. O fato ocorreu em 21 de janeiro e a manifestação seria em 13 de fevereiro.

 

Indignadas com a ação da funcionária, as três mulheres criaram um evento na rede social chamado 'Boicote Geral ao Habib's Piracicaba'. Na ocasião, a página teve grande repercussão, mas acabou deletada duas horas antes do protesto marcado.

 

No processo, as três mulheres afirmaram que são voluntárias de uma ONG (Organização Não Governamental) de proteção aos animais e que não organizaram os protestos, apenas reproduziram as matérias publicadas na imprensa. O Habib's, por sua vez, apontou que elas organizaram a ação, tese aceita pelo juiz.

 

Procurado, o Habib's limitou-se a informar que, por tratar-se de decisão judicial, o caso seria conduzido pelo departamento jurídico da empresa e que, por isso, não haveria pronunciamento. A unidade onde ocorreu o fato também foi procurada, mas limitou-se a informar que o local é uma franquia e o processo foi ajuizado pela sede da empresa e que, por isso, a unidade não se pronunciará, mas que "espera o trâmite da Justiça".

 

 

Outro lado

As mulheres foram procuradas, mas optaram por pronunciarem-se através de seu advogado, Homero de Carvalho. Ele informou que já entrou com o pedido de recurso contra a decisão, seja a anulação ou redução do valor da multa.

Ele afirmou ainda que as três são pessoas pobres e que não têm condições de pagar a multa. "Elas também já concordaram em fazer a retratação no Facebook", disse o advogado.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah... Tem nego que é chato demais... Não faz sentido organizar manifestação de boicote só prq uma funcionaria tirou o cachorro de dentro da loja e colocou na rua... Queria o que? Que deixasse o cachorro la dentro perambulando? Daí se encontram pelo de cachorro, se o cachorro caga ou mija la dentro, e se a Vigilância sanitária pega, ou algum cliente denuncia ou processa por alegar que encontrou pelo de cachorro na comida?

 

Amo cachorros e gatos, me dá aperto no coração ver cachorros e gatos na rua, mas porra, dá licença né? Não são de responsabilidade do restaurante, fizeram o que tinha de fazer... E não foi errado...

 

Ah vá...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Se for dirigir, não beba… leite!

Do jeito que as coisas estão, até o leite vai ser proibido pela lei seca!

Contaminação com álcool etílico!

Brincadeiras a parte, mais um caso de contaminação de leite.

Desta vez, a contaminação foi com álcool etílico e envolve uma carga de aproximadamente 33,5 mil litros da BRF S.A. (também conhecida como Brasil Foods) que foram industrializados e colocados para consumo, no mercado brasileiro.

Elegê e Batavo

A BRF é a dona de diversas marcas de produtos alimentícios, como: Perdigão, Sadia, Qualy, Becel, além das marcas de leite Elegê e Batavo!

M.A.P.A.

A notícia foi divulgada pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, o qual, através da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor daquela capital, recebeu do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (M.A.P.A.) documentação informando a detecção de álcool etílico em carga de leite cru refrigerado, processado pela BRF.

O produto contaminado foi recebido na unidade da empresa, localizada em Teutônia (no Vale do Taquari), em 5 de agosto, e os resultados só foram divulgados nesta sexta feira, 30 de agosto!

Falta de fiscalização

Ninguém fiscaliza porra nenhuma, e quem se fode é sempre o consumidor!

O governo tira o corpo fora, dizendo:

“independentemente da atividade fiscalizatória realizada pelo Ministério da Agricultura, é de responsabilidade das indústrias de laticínios analisar previamente o leite cru e, constatando a sua inconformidade, rejeitá-lo, impedindo que chegue ao mercado de consumo” (de acordo com as palavras do Promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho).

Esse tipo de discurso é equivalente a um fazendeiro deixar para o “lobo” tomar conta do seu galinheiro. É óbvio que vai dar merda!

Multas

A Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor também está solicitando informações à empresa a fim de avaliar se houve ou não descumprimento de um outro caso de contaminação (desta vez com formol) também envolvendo a empresa BRF. Caso positivo, poderá haver a incidência das multas previstas no TAC  (Termo de Ajustamento de Conduta) entre a empresa e o Ministério Público do Rio Grande Sul, assinado no dia 25 de junho de 2013.

Para variar, o máximo que vai acontecer é uma “multazinha” simbólica, e no final, todos viverão felizes para sempre como se nada tivesse acontecido :-/

Regra ou exceção?

Os casos de contaminação ou adulteração de leite não são nenhuma novidade… na verdade, são bem frequentes! Vira e mexe aparecem casos de leite contendo: FormolÁgua OxigenadaÁcido NítricoSoda CáusticaUréia e por aí vai!

A dúvida que fica é:

- com tantos casos assim, será que a adulteração e/ou contaminação de leite é a regra ou a exceção?

Somos mamíferos

Talvez, a melhor solução, é observarmos o comportamento dos demais mamíferos existentes na natureza e tomar apenas o leite materno (enquanto somos criança)! Pois depois de adulto, nenhum outro mamífero toma leite (se alguém souber, por favor, avise-me!), e muito menos um mamífero que tome leite de outra espécie! (se alguém souber tb, é só me avisar!) ;-)

Abraços,

Otário A. Anonymous

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

E o pior é que enqto não vem a público litros e,itros já foram bebidos, inclusive por crianças...aff!

E o pior (2), é que compramos marcasmais conehcidas (supostamente melhores) pensando em estar utilizando produtos melhores.  Ledo engano!

Talvez se a multa fosse pesad p/ todos, inclusivo aí o fiscal responsável e não só o fabricante, isso inibisse mais  esse tipo de crime.

 

By the way, sobre isso de adultos não toamrem leite, me parece que tem um estudo, na China, acho, de que a incidência de quase zero de cancer.

Mito a parte... sei lá, como viver sem capucino ?!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sabe o pior, que isso acontece direto em vários produtos, o autor do texto colocou os links todos até...

 

outro caso de contaminação  FormolÁgua OxigenadaÁcido NítricoSoda CáusticaUréia

 

como confiar em produtos que fazem parte do nosso dia a dia..., e não é só leite, o outro dia ainda vimos o suco de Maça Ades com Soda..., melhor preparar teu proprio suco, comprar sua vaca...e ordenhar vc mesmo... :D, vc ouve coisas como pequenas rãs em sacos de vegetais, camisinha até em latas de tomate!!! e aquele todynho com certas substancias, larvas em chocolates famosos... argh :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois do famigerado e nojento "coliformes fecais" apelei p/ o leite em pó, mas nem sei se este tb é 100% seguro e nem quero saber.

Cabou-se a praticidade com segurança dos enlatados, empacotados e afins. Agora é tu comprar orgânicos e passar mais tempo na cozinha.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caso New Hit: 2 garotas estupradas por 8 homens e o silêncio na mídia

05/09/2013 | Publicado por Jarid Arraes em Mídia
 

A grande mídia televisiva tem um modus operandis bastante perverso quando se trata de promover sensacionalismo; por isso, nem sempre essa é a melhor forma de ficar a par das últimas notícias. Enquanto todo o foco das atenções é direcionado para casos das regiões Sudeste e Sul, temas e situações extremamente pertinentes para o povo brasileiro são deixados de lado.

New-hit.jpg

Shows da banda New Hit se multiplicaram, enquanto vítimas precisam de proteção policial (Divulgação)

Um exemplo dessa seletividade excludente é o caso das duas adolescentes que foram estupradas pelos 8 integrantes da banda New Hit, em Ruy Barbosa, Bahia. Há mais de um ano os estupradores permanecem impunes, mesmo após todo tipo de averiguação e análises de DNA, que atestam que o sêmen encontrado nas vítimas pertence a seis deles e comprovam a participação dos outros dois. As meninas de 16 anos, que entraram no ônibus do grupo para pedir autógrafos, foram estupradas em turnos enquanto um PM estava do lado de fora do ônibus e garantia que ninguém interrompesse. Como se não bastasse esse cenário, que já é um horror para qualquer mulher, os membros da banda ainda criaram uma nova música com uma letra intimidadora e as garotas passaram a receber ameaças de morte.

Enquanto as duas garotas precisaram recorrer a proteção policial para terem um pouco de segurança, os shows da banda New Hit se multiplicaram. Vários grupos feministas em todo o país, como por exemplo o Núcleo Negra Zeferina, sempre presente nos protestos e campanhas de conscientização, pressionaram casas de eventos a cancelarem contratos com a banda. Mas apesar de todos os esforços, desde o registro da ocorrência há mais de um ano, o julgamento já foi adiado duas vezes. Na última terça-feira o julgamento teve início e a defesa dos músicos foi novamente vitoriosa em adiá-lo para os dias 17, 18 e 19 desse mês. Mesmo com todo esse infindável drama e dificuldade judicial, e apesar do nível hediondo do crime, a grande mídia continua não dando atenção para o caso.

Quando o assunto é estupro, a cobertura jornalística é bastante uniforme: há muitas insinuações a respeito do caráter das mulheres estupradas, sempre abordando o tema como se tudo não passasse de fantasia e invenção da vítima, sem qualquer compromisso em facilitar um debate sério e efetivo sobre o problema. Há muita misoginia em nossa cultura e, ao contrário do que o senso comum prega, o jornalismo não é uma entidade imparcial e imune aos valores culturais da sociedade. Portanto, jornalistas também reproduzem e naturalizam idéias e atitudes machistas. É muito difícil encontrar profissionais empáticos no meio jornalista e os crimes sexuais são sempre encarados com muita naturalidade.

new-hit.jpg

Meninas teriam entrado em ônibus da banda New Hit para pedir autógrafos (Divulgação)

Mesmo que a mídia pareça repudiar tão veementemente casos de abuso sexual contra menores de idade, não há real esforço em levar o crime da banda New Hit ao conhecimento da população. É notável que as vítimas não são da elite do sudeste, mas sim garotas simples do interior da Bahia, no Nordeste do Brasil, e não há glamour em armar um sensacionalismo ao redor do caso. Não é absurdo perceber o elitismo midiático, que se junta à misoginia para omitir crimes de forma assustadora e quase inacreditável.

É muito preocupante pensar que um estupro coletivo de duas garotas menores de idade, cometido por oito homens e com a ajuda de um Policial Militar, não cause choque. Os estupradores continuam livres, fazendo shows em ambientes lotados de outras adolescentes, e ninguém parece se perturbar com a possibilidade de mais moças serem estupradas. Não é preciso ser grande entendedor da Lei para concluir que homens que estupram seguidamente duas adolescentes são um grupo perigoso que precisa ser detido. Mas a realidade é que quando as vítimas tomam coragem para denunciar seus agressores, além de desacreditadas, precisam lidar com a omissão da justiça.

Apesar da grande responsabilidade que a mídia tem por essa falta de atenção ao crime, não seria correto achar que o problema é culpa exclusiva dos jornalistas. A reprodução da misoginia e do ódio ao feminino, visualizando mulheres sempre como “piriguetes”, “vadias” e “estupráveis”, não é exclusividade dos meios midiáticos. Esses valores são uma parte vergonhosa, mas inegável da cultura brasileira. Os pensamentos de que algumas mulheres valem mais que outras, que certos tipos de roupa provocam estupro e que a culpa pelo estupro é da vítima são as causas desse tipo de quadro assustador.

Não adianta considerar o caso das garotas de Ruy Barbosa como algo isolado. O estupro é uma ocorrência social profundamente enraizada em nossa cultura. Não é verdade que todos estupradores são sociopatas que atacam desconhecidas em becos escuros: pelo contrário, denúncias mostram que a maioria dos estupradores são pessoas comuns, como pais, tios, irmãos, namorados, amigos… e músicos. Os integrantes da New Hit são considerados homens comuns, mas são admirados, e a intensidade do crime cometido é severamente reduzida ou até mesmo ignorada.

É preciso falar mais sobre os estupradores da banda New Hit em apoio as duas vítimas, para gerar mais pressão popular e para que o crime jamais seja esquecido. Façamos o julgamento ocorrer o quanto antes e com justiça, em solidariedade às garotas e às milhares de mulheres que são estupradas todos os dias em situações comuns. Enquanto mulheres forem encaradas como presas sexuais, sem o direito de dizer não, a impunidade permanecerá em casos de estupro. Somente ao levantarmos a voz será possível alguma transformação relevante em nossa sociedade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

TERRORISMO & DEMOCRACIA

 

A detenção de David Miranda, o medo como arma

Alberto Dines | Programa nº 698 | 27/08/2013 | 0 comentários

 

 

http://www.youtube.com/watch?v=jn7J_WJMd_4#t=613

 

A detenção do brasileiro David Miranda no aeroporto de Londres e a apreensão dos seus equipamentos com todo o valioso conteúdo não são questões que dizem respeito exclusivamente à imprensa. Qualquer cidadão, suspeito ou não, poderia sofrer os mesmos constrangimentos – e este é o problema. O caso não é privado, restrito, afeta a todos os cidadãos do mundo, viajantes ou não, defensores ou não dos direitos e garantias individuais.

David Miranda não é jornalista nem estava em missão jornalística, embora faça parte da família de Glenn Greenwald, no momento o jornalista mais em evidência em todo o mundo pela divulgação dos documentos que comprovam o controle americano das comunicações internacionais.

A luta contra o terrorismo que serviu de pretexto para a detenção de David Miranda não pode ser travada às custas da democracia; se assim for, o terrorismo sairá sempre ganhando, já que o seu objetivo final é enfraquecer o Estado de direito para impor o vale-tudo.

As denúncias contra a espionagem digital americana são dirigidas contra o gigantesco aparelho de segurança dos Estados Unidos que não é uma entidade estanque, isolada, é um sistema umbilicalmente ligado, alimentado e dependente das operadoras multinacionais de comunicação digital.

Cada clique que damos em nossos smartphonestablets e notebooks, por mais inocente que seja, conecta-se de alguma maneira ao Leviatã que quer saber tudo mas não admite ser devassado nem questionado.

Esta edição do Observatório da Imprensa não é sobre David Miranda, é sobre você.

 

Link.: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/videos/view/o_medo_como_arma

 

 

Plutão:

 

O PRISM que é o programa de vigilância megalomaníaco que sabe tudo. Sabe tudo mesmo. As suas intimidades mais sigilosas sobre cada pessoa no mundo digital não é segredo para eles, que olham a fechadura sem o menor problema. Deveria ser repudiado com louvor e ser levado a sério por todos, que valorizem a liberdade.

Hoje o "Big Brother” ou “Grande Irmão" do Romance de George Orwell virou pura realidade. Por enquanto vigiam apenas. E muitas pessoas sem um pingo de consciência aceitam. E manhã vai ser o que? Pessoas numeradas e campos de concentração? Para mim é uma evidente escalada do fim das liberdades, que é realmente motivada por lucro $ e crescente sede de poder absoluto dos EUA.

"O poder tende a corromper, e o poder absoluto corrompe absolutamente, de modo que os grandes homens são quase sempre homens maus."

Essa citação era de Lord Acton que era Historiador.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Caso New Hit: 2 garotas estupradas por 8 homens e o silêncio na mídia

05/09/2013 | Publicado por Jarid Arraes em Mídia

 

A grande mídia televisiva tem um modus operandis bastante perverso quando se trata de promover sensacionalismo; por isso, nem sempre essa é a melhor forma de ficar a par das últimas notícias. Enquanto todo o foco das atenções é direcionado para casos das regiões Sudeste e Sul, temas e situações extremamente pertinentes para o povo brasileiro são deixados de lado.

New-hit.jpg

 

Deixa alguém da família capar qquer um deles p/ tu ver como justiça, mídia, direitos humanos, whatever aparecem clamando p/ que medidas sejam tomadas!

 

Que haja tais estupradores já é ruim, imagine algo acontecendo assim coma conivência de um policial, a quem supostamente tu deveria pedir proteção... aff !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deviam e fazer duas duplas e eles se pegarem entre si obrigatoriamente com uma arma na cabeça deles, isso se já não fazem isso na boa..., porque sempre numa boy band, 50% do grupo é gay...

_________________________________________________________________

 

Enquanto nos EUA os medicos tentam ser bons humorados... exageradamente...

 

 

uma-paciente-norte-americana-esta-proces

Médico é processado por desenhar bigode em paciente e postar no Facebook

 

Uma paciente norte-americana abriu um processo contra um hospital da Califórnia depois de descobrir que um anestesista desenhou um bigode nela enquanto estava inconsciente aguardando cirurgia. A brincadeira foi fotografada com um celular e, segundo testemunhas, a imagem teria sido publicada no Facebook.

Segundo o "Daily Mail", Veronica Valdez, 36, realizou uma cirurgia em um dedo no Torrance Memorial Medical Center em outubro de 2011. Enquanto estava inconsciente, o anestesista Patrick Young usou esparadrapos para deixá-la com um bigode falso e ainda criou lágrimas de mentira abaixo de seu olho esquerdo.

Uma enfermeira então teria usado um celular para tirar uma foto de Veronica e comentado que a paciente "parecia membro de uma gangue de rua". Veronica também era funcionária do hospital, no qual trabalhou na área de suprimentos por 13 anos, e era amiga do anestesista e da equipe que realizou o procedimento cirúrgico.

Durante audiência do processo, Yang admitiu ter feito a brincadeira e disse ter pensado que Veronica iria achar graça e gostar daquilo. O anestesista alega que a foto foi apagada pela enfermeira logo após ser tirada, mas testemunhas ouvidas no caso dizem ter visto imagens da brincadeira postadas no Facebook.

O julgamento do caso deve ocorrer em janeiro de 2014. Yang continua trabalhando no hospital; a instituição considerou o ato como "falta de profissionalismo", mas não o demitiu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu quero ver o dia em que os "meninos", adolescentes do sexo masculino, começarem a correr aos gritos atrás de girl bands e forem abusados sexualmente pelas cantoras/dançarinas.

os caras vivem se mostrando, apela direto para o físico e as letras de suas músicas não tem nada a mais do que referências ao sexo, as menias queriam fazer o que no "ônibus" dos caras?

 

o dia em que as mulheres pararem de agir como tietes, dominarão o mundo.

 

é só meu ponto de vista, e isso não é ser machista, muito pelo contrário.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Anonymous invade perfil do Twitter do jornal O Globo

 

Yahoo! Brasil – 46 minutos atrás

 

twitter_globo.jpg

 

O grupo Anonymous fez mais uma vítima nesta sexta-feira (06). Hackers invadiram o perfil no Twitter do jornal O Globo, por volta das 14h, trocou a foto de perfil e escreveu mensagens chamando a população para ir às ruas das principais capitais do país amamhã. Também foram postadas críticas ao jornal.

Leia também:

Anonymous ataca sites do MP, Alerj, Câmara e Detran

“Sorry (Desculpe)! Mais um perfil desses porcos invadido”, diz o primeiro tuíte assinado pelo  Anonymous.

Ontem, em seu perfil no Facebook, o grupo assumiu a autoria do ataque às páginas do Ministério Público do Rio, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), da Câmara de Vereadores do Município do Rio e do Departamento Estadual de Trânsito do Rio (Detran-RJ).

 

Link.: http://br.noticias.yahoo.com/anonymous-invade-perfil-do-twitter-do-jornal-o-globo-182520821.html

 

Plutão: Chupa Globo e autoridades. :lol::P:ph34r:

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Posted Today, 13:59

Músico Champignon é encontrado mortoinfoglobo_logo.jpgPor O Globo | Agência O Globo – 7 horas atrás

 

 
 

 

 

 

 

 

 

0909_champingnon_mat.jpgVizinhos chamaram a polícia após ouvir tiros na casa do músico. (Foto: Fred Cappellato / Reprodução / Facebook …

 

Luiz Carlos Leão Duarte Júnior, de 35 anos, ex-baixista da banda Charlie Brown Jr, mais conhecido como Champignon, foi encontrado morto na madrugada desta segunda-feira. Segundo a polícia, ele se matou em seu apartamento no Jardim Caboré, na Zona Oeste de São Paulo. O caso foi registrado na 89ª DP.

 

Vizinhos chamaram a polícia após terem ouvido disparos por volta da meia-noite. Uma equipe do Samu foi ao local e encontrou Champignon morto em seu escritório com um tiro na boca. A mulher do músico, que estava em casa, foi levada para um hospital em estado de choque.

Champignon era atualmente vocalista da banda A Banca, criada pelos integrantes remanescentes do Charlie Bronwn Jr. após a morte de Chorão no dia 6 de março deste ano.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nem merece comentário um suicida, mesmo porque quem se fode são os que ficam lamentando... os Pais, irmãos, família, amigos e fãs...

 

E meu Deus..., o que tem de gente zoando e rindo sobre a morte..., a ponto da própria irmã falar isso em reportagem, para que tenham o minimo de respeito que alias se vê muito desrespeito nas redes sociais..., não é de agora, já há um tempo vemos também alguns apelões que tem Vlog por ai, onde dão noticias e ficam zoando até qdo se fala em pessoas que morreram..., esta nova geração está desfreada ribanceira abaixo... esperar o que quando vc liga uma TV e alem de novelas de merda você vê grande parte... a violência...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...