Jump to content
Forum Cinema em Cena

O Exterminador do Futuro: A Salvação


Recommended Posts

Eu sinceramente achei o filme fraco e cheio de furos de continuação, enche o saco ver que esta historia pelo jeito ñao tem desfecho pois entra num ciclo sem fim de eventos entre passado e futuro que irão sempre se repetir inevitavelmente, o Connor nas historias anteriores era um cara totalmente apático e descrente do seu futuro como salvador da humanidade, este filme não da uma sequência da personalidade do personagem nem dos eventos anteriores. Sinceramente esperava mais.

 

Link to comment
Share on other sites

Antes de tudo, parabéns ao Pablo Villaça pela belíssima crítica. Vi o filme na estréia e entrei no site hoje pensando em ler a crítica de Pablo e para minha grata surpresa, tive a mesma visão que o crítico sobre o filme.

 

Gostei do filme, sinceramente essa nova franquia do Exterminador oferece uma grande história e claro, poderia ter sido melhor, mas entre gregos e troianos (entendam como fãs e não fãs da série Exterminador do Futuro) todos saíram ilesos.

 

Assisti na estréia, pois sou fã dos filmes e percebi que o filme agradou a todos na sala, pois o mesmo foi aplaudido em algumas cenas.

 

Bem... Exterminador do Futuro: A Salvação se resume a Sam Worthington. Christian Bale passa despercebido no filme, Christian Bale não... John Connor é coadjuvante no filme. Concordo com alguns colegas, que John Connor deveria ter sido desenvolvido nesse filme, mas ele é apenas um líder que já está pronto. Enquanto Sam, se mostra o verdadeiro herói do filme, uma pena ele ter de ficar de fora dos próximos filmes.

 

Pelo visto essa nova franquia (essa nova trilogia que fechará a série), preencherá apenas as lacunas abertas nos três (talvez só nos 2, pois o terceiro nada ali seja aproveitado), pois já vimos a criação do T-800, agora só falta o envio dos ciborgues para o passado (+ o T-1000) e claro, o fim da guerra com a vitória para os humanos.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Muito boa a crítica. Só que a nota sei lá.... Mulher-Gato ganhar 2 estrelas e esse 3 é meio :S  Acho que deveria ter "meia-estrela" ou pelo menos estender para 10 estrelas. Sou leitor antigo do site e já li uma crítica do Pablo (no filme Superman se não me engano), para não nos atermos na quantidade de estrelas, pois são passíveis de erro. O mesmo até reavaliou alguns filmes que já haviam recebido estrelas, com o argumento de que cada época é uma época. Porém, ao passo que essas influenciam nossa visão acerca do filme ou até mesmo na escolha de assistir ou não tal filme, seria mais correto e interessante torná-las mais coerentes com a complexidade da crítica. Fica aí a sugestão.

 

Bom, sobre a crítica ficou faltando mencionar a impressão sobre o schwarzenegger digital. Pelo visto não fedeu nem cheirou para o Pablo heheh

Gostei muito dos efeitos e do som! Muitas cenas boas de ação. Com certeza esse filme vale o ingresso. Bem melhor que o 3.

 

Link to comment
Share on other sites

 

Antes de tudo' date=' parabéns ao Pablo Villaça pela belíssima crítica. Vi o filme na estréia e entrei no site hoje pensando em ler a crítica de Pablo e para minha grata surpresa, tive a mesma visão que o crítico sobre o filme.

 

Gostei do filme, sinceramente essa nova franquia do Exterminador oferece uma grande história e claro, poderia ter sido melhor, mas entre gregos e troianos (entendam como fãs e não fãs da série Exterminador do Futuro) todos saíram ilesos.

 

Assisti na estréia, pois sou fã dos filmes e percebi que o filme agradou a todos na sala, pois o mesmo foi aplaudido em algumas cenas.

 

Bem... Exterminador do Futuro: A Salvação se resume a

Sam Worthington. Christian Bale passa despercebido no filme, Christian Bale não... John Connor é coadjuvante no filme. Concordo com alguns colegas, que John Connor deveria ter sido desenvolvido nesse filme, mas ele é apenas um líder que já está pronto. Enquanto Sam, se mostra o verdadeiro herói do filme, uma pena ele ter de ficar de fora dos próximos filmes.

 

Pelo visto essa nova franquia (essa nova trilogia que fechará a série), preencherá apenas as lacunas abertas nos três (talvez só nos 2, pois o terceiro nada ali seja aproveitado), pois já vimos a criação do T-800, agora só falta o envio dos ciborgues para o passado (+ o T-1000) e claro, o fim da guerra com a vitória para os humanos.

 

[/quote']

 

Eu gostaria de ver os humanos e as máquinas chegando a um acordo...

 

Link to comment
Share on other sites

no filme os t-800's eram zerinho de fabrica, logo a versão comum era os t-600's grandes, lentos e como o proprio reese disse no primeiro filme com a pele semelhante a borracha, no entanto marcus wright era um hibrido muito mais avançado, e que provavelmente foi desenvolvido bem antes dos t-600, parece que apos o desenvolvimento de marcus a skynet involuiu pq em comparação com os t-600 e os t-800 ele era muito mais elaborado, mas fora isso e outras pequenas coisas é um excelente filme.

Diogo Simões2009-06-08 19:40:03
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Esperava muito mais do filme, acho que porque o Christian Bale estava envolvido e pelo seu próprio orçamento (beirando os U$$ 200 milhões).

O filme não é ruim, mas ainda não responde algumas perguntas. Ainda me pergunto se o futuro pode ser alterado com viagens no tempo ou não. Na trilogia De Volta para o Futuro, a resposta é sim. No Exterminador do Futuro, ainda não temos a resposta, fica a sensação de que os eventos que acontecem no transcorrer dos filmes, jah estavam previstos, por exemplo, Kyle Reese voltando no tempo para proteger Sarah Connor e acaba se tornando pai de John Connor, o robo sendo esmagado (ainda no primeiro filme) e o seu braço mecanico sendo aproveitado para se criar toda uma nova tecnologia (os Exterminadores). Uma outra coisa, o filme deveria ser mais violento, em nenhum momento os exterminadores são uma verdadeira ameaça para John Connor.

Torço para que numa possivel continuação (ou não - o filme rendeu minguados U$$ 115 milhões, até o momento, nos EUA), algumas respostas comecem a serem respondidas.

 
Link to comment
Share on other sites

Já no terceiro filme fica claro que não é uma questão de mudar o futuro, é uma questão de "destino". John Connor está destinado a liderar a raça humana contra a Skynet. Mudaram o futuro sim, mas não evitaram a "guerra e a destruição".

Mudaram a skynet e a imagem que tínhamos dela apresentada nos primeiros filmes.

O que foi feito foi criarem um ponto de ligação entre o início da franquia e o seu fim, porém iniciando do ponto de vista de Cameron e terminando na ideologia de McG. É claro que o resultado não seria a perfeição, mas fez renascer a possibilidade da série terminar de forma decente, pois o T3 deixou muito a desejar.

Já nos primeiros filmes temos a idéia do que era os modelos T600, T800 e o "Infiltrator Marcus Wright".

Este primeiro filme da nova triologia não se trata de John Connor, o líder, podemos ver o mundo pós apocalipse e como foi a ascenção da skynet, deixando claro que a idéia não era exterminar os humanos, e sim escravizá-los, talvez criando uma civilização de "Marcus", ou apenas para usar o cérebro humano em coisas que as máquinas não seriam capazes. John Connor ao final se torno "o salvador", dando esperança e ganhando os créditos para qual estava destinado, liderar a humanidade.

Trilha sonora muito envolvente, a sensação nostálgica ao escutarmos variações da trilha original de Brad Fiedel é sensacional, tal como o trecho que aparece "Guns n' Roses" tocando na perseguição dos moto-terminators.

Vale lembrar que este filme teve algumas mudanças do seu roteiro original, que inicialmente terminaria com "John Connor" usando o corpo cibernético de Marcus Wright, fato que poderia dar outro rumo aos próximos filmes.

Sobre o Schwarzenegger digital, podemos encarar como uma homenagem ao ator, ou até mesmo fazer uma ligação ao Terminator 3 quando ele fala para o John: "Eu matei você". Inicialmente John teria de fato morrido penas mãos do T800, mas foi salvo pela doação do coração de Marcus. A Skynet pensa que John está morto, talvez mais uma alteração do futuro, pois o T800 foi destruido, logo, como ele dizer em 2003 que matou John Connor? HeHeHeHe

Mas o fato de no próprio Terminator 1 o John Connor do futuro já aparecer com as cicatrizes me deixa intrigado!

 

Gostei do filme 7/10

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
http://www.cinemaemcena.com.br/Ficha_filme.aspx?id_critica=7457&id_filme=161&aba=critica[/quote]

 

 

Pablo, Pablo, vc já foi mais justo! 08

 

Dar 3 estrelas pra isso??? Tá de sacanagem...

 

Olha, pessoal, eu adoro de paixão as atuações de Bale. Eu o admiro desde o filme "Equilibrium", mas nesse filme, vou te contar...Ele estava um Keanu-Neo puríssimo... Sem expressão, sem presença de cena, sem nada, coitado. No mínimo foi culpa do roteirista que nao sabe nem desenvolver o protagonista....Deus do céu....

 

Enfim, como diz meu amigo Mike, na escala de terror, dou 2/10 caveiras...
Link to comment
Share on other sites

Tb acho que 3 estrelas já é superestimar esse troço.

 

Mas o importante é que os argumentos do Pablo foram perfeitos. E estrelas são só um detalhe. Como diria o filósofo Carlos Alberto Parreira. rsrsrs

 

 

Olha, também achei o comentário de Pablo boa (como sempre, ele sempre faz comentários bons... mesmo que eu nao concorde), mas, achei incoerente as observações feitas com a classificação de estrelas.... até pq as "estrelinhas" são meio que um título para o comentário dele...quando se vê 3, vc já pensa...."ah, nao é aqueeeeeele filme, mas vale a pena ir no cine ver", e de acordo com o comentário dele, não é isso.... é mais pra "nem perca seu tempo e dinheiro, se quiser muito ver, espera chegar na locadora!"

 

Entendeu meu ponto de vista? Beijosssss
Link to comment
Share on other sites

Tb acho que 3 estrelas já é superestimar esse troço.

 

Mas o importante é que os argumentos do Pablo foram perfeitos. E estrelas são só um detalhe. Como diria o filósofo Carlos Alberto Parreira. rsrsrs

 

 

Olha' date=' também achei o comentário de Pablo boa (como sempre, ele sempre faz comentários bons... mesmo que eu nao concorde), mas, achei incoerente as observações feitas com a classificação de estrelas.... até pq as "estrelinhas" são meio que um título para o comentário dele...quando se vê 3, vc já pensa...."ah, nao é aqueeeeeele filme, mas vale a pena ir no cine ver", e de acordo com o comentário dele, não é isso.... é mais pra "nem perca seu tempo e dinheiro, se quiser muito ver, espera chegar na locadora!"

 

Entendeu meu ponto de vista? Beijosssss
[/quote']

 

 

Sim, entendi. Mas não acho que a crítica tenha sido tão negativa. Ele apontou tanto os erros quanto as coisas que ele gostou. Acabou dando 3 estrelas. 

 

Agora, fala isso pra ele. Não fui eu que dei a nota.06 Bjs!
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

O filme seria ótimo, se ñ tivesse "Terminator" no nome, sem clima, sem a atmosfera, sem o humor, sem protagonistas simpáticos como os dois primeiros filmes entregam, o filme me deixou muito frustrado nem a ponta virtual do Governator salva. Duas estrelas e olhe lá.

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 2 months later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...