Jump to content
Forum Cinema em Cena

Esquadrão Suicida - (Suicide Squad, 2016)


Recommended Posts

  • Replies 1.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

E para o desespero do SLASH     Esquadrão Suicida | Lex Luthor de Jesse Eisenberg pode integrar a equipeEstúdio estaria em negociações com o ator Natália Bridi 24 de Outubro de 2014 21 

Para ter sucesso onde Superman falhou(O cinema), a Warner aposta numa equipe de personagens sombrios Enquanto a Marvel Comics vai somando lucros ao produzir as adaptações cinematográficas de seus p

O que me anima é que essa falação em volta do Coringa do Leto lembra muito a falação do elenco em volta do Coringa do Ledger

Subirá.

Deus te ouça... :(

“Esquadrão Suicida é pior que Quarteto Fantástico”

Os críticos especializados não curtiram Esquadrão Suicida, nova aventura da DC/Warner, embora muitos jornalistas de sites mais voltados para a cultura nerd e do nicho de quadrinhos tenham reservado alguns elogios para o filme.Confira alguns trechos das principais críticas lançadas até agora:
 
“Esquadrão Suicida é a aventura divertida e cheia de ação da DC que os fãs estavam esperando, entregando duas horas de tiradas incríveis, cenas de ação insanas, uma Arlequina perfeita e outros atores encarnando bem seus personagens” – ComicBook
 
“Apesar de sua estrutura ser estranha, faz sentido que Esquadrão Suicida não jogue pelas regras. Cheio de atitude, esse conto de anti-heróis é diversão feroz, cheio de personagens curiosos e cenas de ação caóticas” – Comic Book Resources
 
“Para a DC, que estragou tudo com Batman vs Superman esse ano, Esquadrão Suicida é um pequeno passo a frente que poderia ter sido um salto gigantesco se quisesse” – Entertainment Weekly
 
“Um esforço confuso que nunca se torna tão divertido quanto promete ser, Esquadrão Suicida nos apresenta a uma galeria curiosa de vilões e em seguida não faz nada de interessante com eles” – The Hollywood Reporter
 
“Esquadrão Suicida não é um filme terrível […], mas também não é muito bom. Um esforço medíocre com ideias muito comuns de rebelião e salvação” – The Playlist
 
“Esquadrão Suicida é tão pouco inspirado, tão tedioso e não-reflexivo, que seu único ato de destruição pode ser contra os filmes de super-heróis que não são da Marvel – se você pode acreditar nisso, Esquadrão Suicida é pior do que Quarteto Fantástico” – Vanity Fair
Link to post
Share on other sites

 

Deus te ouça... :(

“Esquadrão Suicida é pior que Quarteto Fantástico”

 

 

É soto, tudo isso é muito triste. A marvel venceu e formou a opinião dos críticos de como se deve fazer esse tipo de filme.

 

E a warner/DC está cometendo erro atrás de erro. As regravações , descaracterização de personagens e etc.

 

Repare nessa campanha de marketing ridícula onde usaram tudo quanto é história de baixaria para promover o filme:

 

- O jared leto teria enviado camisinha usada e um porco morto para produção.

- A atriz que disse que uivou nua com o capeta sob a luz do luar.

- O ator que disse que usou drogas para interpretar seu personagem.

- As atrizes que revelaram onde fizeram orgias sexuais.

e etc.

 

A campanha de marketing também erra ao vender o filme errado , como erraram em BvS.

 

Isso é ridículo e absurdo, uma apelação para tentar vender um filme de qualidade duvidosa. Um filme sobre uma equipe com NOVE membros e os caras focando o marketing num personagem que nem é um desses nove( o coringa). 

 

"Toda a subtrama Joker não tem qualquer influência sobre o filme e poderia ser extirpado sem perder nada. " - Devi Faraci.

 

Um personagem que deveria ficar escondido a 7 chaves, no máximo fazendo uma ponta na origem da Arlequina.Tinha que ter algo muito errado mesmo.Seria como se em guardiões da galaxia , a marvel focasse o marketing do filme no Tanus...E esse coringa é o que menos teve tempo de tela dentre todos os coringas já feitos, é um mero coadjuvante .

 

NOTA: Neste atual momento está 33% no rotten e caindo cada vez mais, já é o novo BvS. E o diretor David Ayer já se defendeu no twitter :

 

https://twitter.com/DavidAyerMovies/status/760563205068431360

Link to post
Share on other sites

David Ayer responde se deve voltar para sequência

David-Ayer-e-Will-Smith.jpg

Interpelado pelo ComicBook sobre a possibilidade de uma sequência de Esquadrão Suicida, que já estava sendo comentada por todos os astros do filme e pela DC/Warner, o diretor David Ayer desconversou.“Eu meio que esperava estar livre desse pessoal agora”, brincou. “Na verdade, tudo é possível. Se o filme se conectar com os fãs, seria um prazer voltar. Eu o fiz para os fãs, pessoas como eu. Mas antes que eu volte e coloque minha cabeça na guilhotina de novo, temos que acertar algumas coisas”.
 
 
David Ayer responde às críticas negativas no Twitter
As críticas negativas que Esquadrão Suicida tem recebido dos veículos especializados parecem não ter afetado tanto o diretor David Ayer. O diretor respondeu aos detratores com classe no Twitter:“Prefiro morrer de pé do que viver de joelhos – Emiliano Zapata”, escreveu, em espanhol.
 
Margot Robbie e Príncipe Harry trocam mensagens: “Ele responde muito rápido”

margot-harry.jpg

Estrela de Esquadrão Suicida, um dos maiores nomes de Hollywood no momento, e… amiga virtual do Príncipe Harry? Isso mesmo, Margot Robbie está trocando mensagens de texto com o quase-monarca inglês, e tem detalhes para contar.“Ele responde muito rápido, diferente de mim”, riu Margot em entrevista ao Extra. “Eu demoro dias, semanas para responder. Ele é amigo de Cara [Delevingne], e nos conhecemos através dela e viramos amigos”.“Foi muito constrangedor, porque não o reconheci. Ele estava de óculos e sem sua coroa [risos]. Eu achei que ele era Ed Sheeran – ele ficou muito bravo e quase me expulsou da festa”, contou.
 
meu, ainda essas patacoadas??? ja deu, ne?? :angry:
Jared Leto “presenteia” apresentador com cobra em programa ao vivo
A aparição de Jared Leto no programa The Tonight Show com Jimmy Fallon foi marcada por um momento bem ao estilo Coringa: evocando as histórias do set de Esquadrão Suicida em que Leto mandava “presentinhos” bizarros para o elenco, o ator deu uma cobra de presente para Fallon. Confira o momento mais abaixo.
 
 
 
 

 

Link to post
Share on other sites

Mas que ficou engraçado ficou kkkkk

 

 

Olha o Thiago Romariz no Twitter

 

"Esquadrão Suicida Coringa Ultimate Edition. Me chamem quando essa sair"

 

E o Érico Borgo

 

"Esquadrão Suicida podia ser bem melhor. Roteiro inexistente para personagens legais. Tom inconstante. Pelo menos o design é bom."

 

"Zoado. Queria muito estar feliz. Queria muito ver o filme que os trailers venderam."

Link to post
Share on other sites

E o Érico Borgo

 

"Esquadrão Suicida podia ser bem melhor. Roteiro inexistente para personagens legais. Tom inconstante. Pelo menos o design é bom."

 

"Zoado. Queria muito estar feliz. Queria muito ver o filme que os trailers venderam."

 

 

Do Borgo não dou 2 semanas pra ele tá falando: "O filme é lindo, eu que me enganei". rsrs

Link to post
Share on other sites

Bom...pelo menos, o que pode nos dar alguma esperança é o fato da produção do filme ter acontecido antes das mudanças administrativas na DC Films.

Pode ser que isso altere os filmes a partir da Liga (se o filme for mesmo essa bomba).

 

Não vi o filme ainda, então, como não avalio pelo olhar dos outros, não tenho minha opinião.

 

Batman v Superman teve problemas, mas gostei muito da versão estendida (o que me faz concordar em um ponto com o Rick, o de que a Warner vende mal seus filmes). Consigo buscar entender a visão do diretor sobre o filme, o que muda a interpretação quando se assiste pela segunda vez e elimina o fato de comparar para que os filmes da DC Films tenham que ter o mesmo teor dos da Marvel Studios.

 

Então, por enquanto, tenho esperanças...

Link to post
Share on other sites

esta critica tupiniquim do uol deu 2,5 de 5   :(

Esquadrão Suicida

Após uma enxurrada de críticas a Batman vs Superman, a DC parecia ter embaixo da manga sua cartada final, sua jogada surpresa, um sucesso inegável: Esquadrão Suicida. Afinal, como dar errado a reunião de vilões icônicos da editora, ainda mais com a presença de um novo Coringa? Tendo isso em vista, a Warner e a DC apostaram todas suas fichas no filme. A fim de agradar amantes e detratores da batalha entre seus maiores heróis, Esquadrão Suicida foi remontado, refilmado, mas sempre com a promessa de se manter a visão de David Ayer, diretor e roteirista do longa. Pois é, a DC prometeu muito… e não entregou tudo isso.
Após os 123 minutos, o que se vê é um filme que clama por atenção a todo instante, acreditando cegamente numa fórmula mágica do sucesso. Assim, Esquadrão Suicida é um filme que contém ação, misturado a tiradas cômicas, cheio de efeitos especiais, com uma infinidade de referências a filmes anteriores e posteriores do universo compartilhado da DC (os famosos easter eggs), e nessa obsessão em agradar acaba apenas revelando uma série de falhas e sua insegurança em conceber um filme diferente.
Embalado por diversas músicas pops, Esquadrão Suicida tem um início bastante promissor ao buscar uma maneira diferente de apresentar seus personagens como se fosse realmente um dossiê. Assim, por flashbacks curtos e alguns títulos estampados de forma estilosa na tela, o espectador compreende as nuances e características dos protagonistas daquele grupo, como o Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Magia (Cara Delevingne) e Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje). E se a primeira vista tal estratégia parece conceder certa energia ao projeto, ao longo da projeção nota-se uma ideia mal planejada, culminando num longa que acaba abusando dos flashbacks para explicar ações que a narrativa em si não dá conta.
Assim, a ideia interessante de reunir uma série de vilões perigosos rumo a uma missão quase impossível vai aos poucos se esvaindo, uma vez que precisa disputar espaço com uma série de informações, como o passado de Coringa, o pequeno envolvimento do Batman com a trama e até mesmo indícios da criação da Liga da Justiça. Dessa maneira, Esquadrão Suicida torna-se um longa que busca abranger uma série de questões do universo DC, não percebendo e não se concentrando no rico material que havia a sua disposição. Isto gera uma espécie de desencontro entre as diversas narrativas abordadas, parecendo que nunca o que é dado nas telas é o suficiente, fazendo com que as participações de Batman e até mesmo do tão divulgado Coringa, que tem pouco tempo de tela, se afastem do verdadeiro conflito, da narrativa que importa no projeto, tirando o brilho de Esquadrão Suicida.
Ayer subverte propositalmente algumas expectativas em torno de Esquadrão Suicida, fato sempre interessante, mas que necessita planejamento. Assim, o longa não relega seus personagens a seres sempre obscuros, sujeitos moralmente duvidosos, mas sim pessoas que ainda contém uma persona fora da vilania e que por mais improvável que seja possuem seu lado heroico. E quase nessa investigação chega um momento que o realizador tenta conceber uma obra sobre a própria figura do amor dentro daquela gangue, não um amor idealizado, mas sim a parte mais dura desse sentimento, a obsessão, a explosão e até a corrosão.
É esse amor (ou a falta dele) que está na essência da vilania daqueles homens, o fator comum de Arlequina, Pistoleiro, El Diablo, Katana e o resto do esquadrão e até a base para aquela união ser possível. No entanto, o que parece ser uma ideia arriscada para um filme de heroi, e por isso torna-a interessante, acaba sendo mais uma vez má utilizada, já que o filme está mais preocupado em se divertir com aqueles personagens ao invés de investigar minimamente o universo psicológico de cada um. Ser irônico ou divertido não quer dizer excluir a dramaticidade de um filme, porém, Esquadrão Suicida utiliza o caminho mais fácil e seu humor para apaziguar as relações entre seus personagens, dessa forma, momentos que necessitam desse maior envolvimento entre personagens e público, parecem ser apenas jogados na tela, sem cuidado algum, provocando apenas mais momentos dissonantes.
Assim, Esquadrão Suicida parece não confiar nas suas próprias ideias, rendendo-se a tudo que deu certo alguma vez no cinema de ação nos últimos cinco anos, por exemplo, um terceiro ato que culmina numa batalha idêntica a outros tantos filmes, até mesmo Caça-Fantasmas (2016). E se os filmes anteriores da DC derrapavam em menor ou maior grau, pelo menos demonstravam certa honestidade ao não abandonar de maneira alguma suas convicções, sejam elas visuais ou temáticas. Filmes que não se traíam, que tentavam ser únicos e apenas um, não buscando de maneira abusiva um apoio em sucessores ou antecessores, longas que afundavam abraçados com seus realizadores, frutos de ideias que podiam ou não dar certas, mas ideias que buscavam certa originalidade.
Esquadrão Suicida é apenas uma busca intensa por popularidade, que se empalidece na sua tentativa de deixar seus vilões mais coloridos, mais divertidos e mais engraçados. O longa é uma tentativa exagerada para rebater as críticas e conseguir uma aceitação, e nessa jornada, muitas características tiveram que ser abandonadas, resultando num filme mais genérico, mais parecido com tantos outros que se vê por aí. Por incrível que pareça, Esquadrão Suicida demonstra-se o menor filme do universo DC.
Link to post
Share on other sites

tomara que não tenha fazóide-bomba no meio... :rolleyes: os cara pira com essas teses conspiratórias...opa!  :D

Fãs fazem petição para fechar famoso site de críticas após reviews negativos

esquadraosuicida.jpg

 
Fãs de Esquadrão Suicida estão organizando uma petição online para fechar o Rotten Tomatoes, site conhecido por reunir avaliações de críticos profissionais e amadores sobre filmes.Até o momento, o longa sobre os vilões da DC apresenta uma pontuação baixa, tendo apenas 34% de críticas positivas. Segundo os organizadores do abaixo-assinado, o Rotten Tomatoes “injustamente sempre dá comentários ruins para filmes do universo estendido da DC, como Batman vs Superman: A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida, o que afeta a opinião das pessoas, mesmo em casos de ótimos filmes”, implicando que o website tem algum plano obscuro de prejudicar o universo cinematográfico da editora.De qualquer forma, a maioria dos críticos não gostou muito de Esquadrão Suicida, que chegou até a ser comparado com o fracassado reboot de Quarteto Fantástico .
Link to post
Share on other sites

 

Segundo os organizadores do abaixo-assinado, o Rotten Tomatoes “injustamente sempre dá comentários ruins para filmes do universo estendido da DC, como Batman vs Superman: A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida, o que afeta a opinião das pessoas, mesmo em casos de ótimos filmes”, implicando que o website tem algum plano obscuro de prejudicar o universo cinematográfico da editora.

 

 

Esses aqui são os @rick mas de universos paralelos ao nosso. Mundos distorcidos em relação ao nosso. Como eles vieram para aqui, eu não sei. Tem que perguntar pro Flash... hehe

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...