UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
ltrhpsm

Política/Eleições 2010

Recommended Posts

E mulherada' date='  vamos votar em uma mulher para presidente!!! 16[/quote']

Que idéia idiota... não se vota em um(a) político(a) por causa do sexo dele(a)... 14

 

Pelo que sei, no segundo turno, vamos escolher entre José Serra e Dilma Roussef, que me consta nesse embate estarão um homem e uma mulher. Nesse sentido fiz o comentário de se votar em uma mulher, visto que eu JAMAIS votaria no José Serra, não por ele ser homem, e sim por não considerá-lo competente para o que se propõe. Mas essa é apenas a minha opinião.<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Em uma sociedade democrática, democracia que a Dilma lutou para restabelecer, nos é permitido ter opiniões contrárias sem medo de sermos perseguidos por isso. Eu não voto em Serra, mas nem por isso eu critico quem o faz, porque a política se faz através da pluralidade de opiniões, o contrário disso são os estados totalitários, já passamos por isso em vários momentos da nossa história política. E mais uma vez, essa é apenas a minha opinião.

 

Para quem acredita que a candidata é burra, eis alguns cargos que ela ocupou:

“Secretaria da Fazenda de Porto Alegre(RS); Presidente da Fundação de Economia e Estatística do Estado do Rio Grande do SUL, Secretária de Estado de Minas e Comunicação do Estado do RS, Coordenadora da Equipe de Infra Estrutura do Governo de Transição de FHC para Lula, Ministra de Estado de Minas e Energia do Brasil e Ministra-Chefa do Gabinete Civil do Governo Federal. Titulada pela Faculdade de Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, tem título de Mestra.”

Fran, em hipótese nenhuma eu votaria em alguém levando em consideração apenas seus órgãos genitais, conforme colocou o companheiro, se fosse fazer isso, com certeza não votaria em mulher, minha praia é outra! 06

MariaShy, obrigada pelo carinho, mais modelo de mulher inteligente é você!

 

laure2010-10-04 22:42:49

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Por isso é que eu discordo' date=' veementemente, quando se fala que o Bolsa Família existe apenas pra ajudar vagabundo ou para comprar votos. Essas distorções podem existir sim, é até natural - infelizmente, o bicho homem é falho mesmo - que isso ocorra. Mas isso não exclui, de forma alguma, o bem que ele fez em termos de inclusão social e de cidadania.

 
[/quote']

 

Seu texto foi tão bem escrito quanto inocente, especialmente neste trecho que quotei. Acreditar na correção do povo brasileiro é pior do que acreditar em duende.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os instituos erraram..de novo....em 2006 foi supresa geral qdo Lula não ganhou no primeiro turno contra Alckimin..hj o Jornal Nacional tentou amenizar e justificou por meio dos representantes dos institutos que eles apntam "tendências"..ok...e a tendência do Senador Aloysio que de 3° pulou pra Senador mais votado..??? E Dilma no primeiro turno???...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mesma coisa com o povinho lá do "DF". Aquela tal Roriz no 2ºturno??

 

 

 

Também fiquei espantado com essa da Weslian Roriz. Se o Lula tivesse o mesmo poder de transferência de voto que o Joaquim teve, a Dilma teria levado no 1o turno, hehe.

 

 

 

Sem brincadeiras, é de surpreender porque havia três candidaturas no DF, que tem um colégio eleitoral reduzido e, pelo menos na nossa visão preconceituosa de "estrangeiro", é um estado em que não há tão forte um coronelismo ou indicação de votos para um desconhecido como pode ocorrer no Norte-Nordeste e mesmo no interior dos demais estados (vide Campos dos Goytacazes, no RJ).ltrhpsm2010-10-05 00:45:58

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os instituos erraram..de novo....em 2006 foi supresa geral qdo Lula não ganhou no primeiro turno contra Alckimin..hj o Jornal Nacional tentou amenizar e justificou por meio dos representantes dos institutos que eles apntam "tendências"..ok...e a tendência do Senador Aloysio que de 3° pulou pra Senador mais votado..??? E Dilma no primeiro turno???...

 

 

 

 

Que eu saiba' date=' tirando o Vox Populi, nenhum instituto arriscou Dilma no primeiro turno. Quanto a eleição pro Senado, o grau de incerteza é muito grande, ainda mais em anos de dois nomes, pois a maioria do eleitorado cita no máximo um e não é capaz de indicar o segundo tão claramente.

 

 

 

Em 2006, aqui no Rio os instituos indicavam Jandira Feghali, do PCdoB (agora deputada federal), como eleita ao Senado numa disputa acirrada com Francisco Dornelles, do PP. Na reta final, César Maia abandonou a candidatura de Sirkis, do PV (também deputado federal eleito em 2010), e o voto conservador em Dornelles levou-o a uma vitória não captada pelas pesquisas.

 

 

 

Agora em 2010 diziam que Romário seria o segundo mais bem votado e foi apenas o sexto, enquanto que Marcelo Freixo sequer estava entre os dez primeiros, mas acabou sendo o segundo.

 

 

 

No caso de SP, pareceu-me que o Aloysio recebeu votos de quase todos os eleitores do Alckmin. E deu pra ver a cara de felicidade do Alexandre Garcia ao citar a sua vitória que se inspirou no nome de FHC.

 

 

 

Por isso que o nome se chama pesquisa de boca de urna, indicando prováveis tendências (e elas deixam bem claro as cidades pesquisadas, o total de eleitores etc, facilitando ou não pros partidos em suas campanhas) e eu não vejo problema nenhum em errar. Aliás, que bom (principalmente pra você nos dois casos citados) que eles erraram, né? A propósito, sinto que os partidários, quando conseguem uma virada sobre as pesquisas mostram-se raivosos sobre as mesmas, como se elas fossem vilãs e contrárias aos seus candidatos. Oras, se as pessoas se deixam levar pelas pesquisas, que votem PL contrário, ou que restrinjam a "facilidade" de se fazer uma pesquisa.

 

 

 

Não, é burrocracia mesmo... a mentalidade do "votar no menos pior" é indefensável em qualquer cenário. Não deveria ser atitude de uma sociedade que passou 20 anos sob ditadura sem poder exercer a cidadania do voto.

 

 

 

Se você me apresentar uma figura pública que já exerceu um mandato ou tem representatividade de votos e não tem qualquer problema na sociedade, da ordem que for, e ainda tiver coincidência de concordância com os meus ideias políticos, voto sem titubear. Mas a humanidade é ruim, Dook. Uma coisa é votar no "menos pior", outra é no "que rouba, mas faz" (aí já é outra discussão, até porque vamos à discussão das diversas formas de roubo - direta, indireta, dinheiro, órgão público, liberdade dos cidadãos etc) ou ainda num Tiririca da vida.ltrhpsm2010-10-05 01:06:02

Share this post


Link to post
Share on other sites
A Mulher Pêra recebeu 0 votos... Mas como isso é possível' date=' nem a família votou?[/quote']

 

 

 

Ele recebeu votos sim (acho que uns 3.000 ou algo parecido). O que acontece é que aparentemente a candidatura dela foi "cancelada" (me esqueci o termo tecnico).

 

 

 

Mas a Tati Quebra-Barraco foi um fiasco e o Bebeto só se elegeu deputado estadual porque veio pelo PDT, que, pra quem não sabe, tem uma força absurda no Rio, afinal é o partido do Brizola. NUNCA que ele terá a expressividade de um Romário, veio no embalo de Wagner Montes e Cidinha Campos.

 

 

 

Falando em famosos, Jean Willys e Stepan Nercessian elegeram-se deputados federais por aqui.

 

 

 

Não torcia por Jean, mas como segundo nome do PSOL será interessante observar a sua passagem por lá, e que fique claro que, assim como Bebeto, não foi ele que puxou votos; muito pelo contrário, o Chico Alencar que fez com que ele ganhasse a vaga como deputado federal menos votado no Rio. Em nenhum momento apareceu como "Jean do BBB" ou coisa parecida. Já o Nercessian teve boa passagem como vereador e também procura trabalhar muito além do campo cultural.ltrhpsm2010-10-05 00:46:15

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Mesma coisa com o povinho lá do "DF". Aquela tal Roriz no 2ºturno??

 



Também fiquei espantada com essa da Weslian Roriz. Se o Lula tivesse o mesmo poder de transferência de voto que o Joaquim teve' date=' a Dilma teria levado no 1o turno, hehe.

Sem brincadeiras, é de surpreender porque havia três candidaturas no DF, que tem um colégio eleitoral reduzido e, pelo menos na nossa visão preconceituosa de "estrangeiro", é um estado em que não há tão forte um coronelismo ou indicação de votos para um desconhecido como pode ocorrer no Norte-Nordeste e mesmo no interior dos demais estados (vide Campos dos Goytacazes, no RJ).

 

[/quote']

 

Pois é. Toda opinião que só se baseia no "achismo" e no "ouviu falar" e opiniões de pessoas que nunca pisaram no local sobre o qual estão falando cai nessa categoria "visão estrangeira preconceituosa". Mas o que não falta são pseudos-intelectuais dentro do mundinho deles que acham que tem todas as soluções do mundo... 

 

e btw, nesse tempo todo de fórum só agora fiquei sabendo que tu é mulher.06

 

 
Sall2010-10-05 00:36:32

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sou homem, rapaz, digitei errado. Lá vou eu pro Pablito. Terei de dar explicações à imprensa e fazer igual à Dilma, aparecer no batizado pra se mostrar anti-aborto, rs.

 

 

 

-----

 

 

 

Pra não ser flood, um dado interessante aqui no Rio: Alessandro Molon (PT), Solange Amaral (DEM), Vinícius Cordeiro (PTdoB) e Paulo Ramos (PDT) obtiveram mais votos na candidatura para prefeito em 2008 do que para deputado em 2010 (somente o primeiro e o último elegeram-se). Todavia, Chico Alencar (PSOL) quadruplicou a sua quantidade em relação ao pleito municipal de dois anos atrás. Confesso que como sou novato na área não sei se isso acontece com mais frequência ou foi mera coincidência, mas taí mais um dado extraordinário em sua eleição.

 

 

 

-----

 

 

 

Quanto à esfera nacional, observando os resultados país afora observei que Lula pode até ter falhado em não garantir Dilma no primeiro turno e desprezar a força de Marina Silva (já que Serra estacionou após cair), mas o fato de ter posto Ciro Gomes de lado foi fundamental.

 

 

 

PSB foi o que elegeu com mais facilidade três governadores: Eduardo Campos, Cid Gomes e Renato Casagrande ganharam de lavada. Está aí um partido cujo comportamento pode ser decisivo nos próximos anos. Além disso, Lula eliminou nada mais nada menos do que quatro fortes líderes de oposição: Heráclito Fortes, Tasso Jereissati, Artur Vigílio e Marco Maciel.

 

 

 

Por outro lado, sabemos que o PMDB não deverá ser fiel no caso de uma vitória de Serra no primeiro turno; logo não dá pra ter noção real do tom que o Senado e a Câmara adotarão em relação ao próximo mandato.

 

 

 

Finalmente, eu torço para que Marina não declare apoio a nenhum dos candidatos, mesmo votando em Dilma e sabendo do risco de sua derrota. Digo isso porque até acreditaria em Marina para 2014, mas para isso ela não pode se sacrificar desde já. Claro que o PV deverá adotar uma postura mais à direita, mas seria fundamental para ela como nova líder política permanecer-se neutra e questionadora de qualquer um dos governantes eleitos.ltrhpsm2010-10-05 00:59:28

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Eu sou homem' date=' rapaz, digitei errado. Lá vou eu pro Pablito. Terei de dar explicações à imprensa e fazer igual à Dilma, aparecer no batizado pra se mostrar anti-aborto, rs.

 

[/quote']

 

06

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

 

 

 

 

Pelo que sei' date=' no segundo turno, vamos escolher entre José Serra e Dilma Roussef, que me consta nesse embate estarão um homem e uma mulher. Nesse sentido fiz o comentário de se votar em uma mulher, visto que eu JAMAIS votaria no José Serra, não por ele ser homem, e sim por não considerá-lo competente para o que se propõe. Mas essa é apenas a minha opinião.

 

Em uma sociedade democrática, democracia que a Dilma lutou para restabelecer, nos é permitido ter opiniões contrárias sem medo de sermos perseguidos por isso. Eu não voto em Serra, mas nem por isso eu critico quem o faz, porque a política se faz através da pluralidade de opiniões, o contrário disso são os estados totalitários, já passamos por isso em vários momentos da nossa história política. E mais uma vez, essa é apenas a minha opinião.

 

Para quem acredita que a candidata é burra, eis alguns cargos que ela ocupou:

“Secretaria da Fazenda de Porto Alegre(RS); Presidente da Fundação de Economia e Estatística do Estado do Rio Grande do SUL, Secretária de Estado de Minas e Comunicação do Estado do RS, Coordenadora da Equipe de Infra Estrutura do Governo de Transição de FHC para Lula, Ministra de Estado de Minas e Energia do Brasil e Ministra-Chefa do Gabinete Civil do Governo Federal. Titulada pela Faculdade de Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, tem título de Mestra.”

[/quote']

 

Você pode ter a opinião sexista que quiser. E manifestar-se livremente. Assim como eu posso criticar suas opiniões e você pode criticar as minhas. Isso aqui é um fórum, não o seu blog. 03

 

Quanto a luta da Dilma, eu ri. Lutou sim... para trocar a ditadura de direita pela ditadura de esquerda. Com direito até a cumplicidade em atos de terrorismo e em assassinatos. Ela e seus aliados são tão canalhas quanto o governo militar.

 

Quanto aos cargos dela, e daí? Todos de indicação. Quais são as realizações de Dilma nesses cargos? Em nenhum deles ela fez algo de significativo. Em alguns nada fez. Cargo ocupado não é atestado de inteligência. Ainda mais se for por indicação de "companheiros".

 

Sabe como ela chegou ao cargo de secretária de fazenda de Porto Alegre? Indicada, a pedidos de seu marido, Carlos Araújo, pelo prefeito Alceu Collares (que aliás esteve envolvido em corrupção e foi até condenado a devolver dinheiro aos cofres públicos). E dizem que a secretaria era uma bagunça.

 

E presidente da FEE-RS? Indicada. Novamente por Alceu Collares, novamente a pedido do marido, mesmo depois de ser exonerada da diretoria geral da câmara de vereadores por não cumprir o horário de trabalho.

 

O que ela fez no ministério de minas e energia, para o qual ela foi indicada? Se apossou de idéias de outras pessoas e governos. E ainda deixou a situação energética chegar ao ponto de termos um grande apagão recentemente. Sorte dela que ela já não era mais a ministra quando isso aconteceu, não é? Assim a bomba estourou no colo de outro, enquanto ela se escondia para não manchar a imagem perto do período eleitoral.

 

Será que em algum momento da vida ela ocupou algum cargo por merecimento?

 

E ela é mesmo mestra? Porque ela já mentiu sobre ser doutora e foi desmascarada. Será que ela concluiu mesmo o mestrado?

 

Que belo exemplo ela é para os brasileiros. Uma "profissional" que só consegue cargos

por indicação do marido ou de amigos, que é cúmplice em crimes, que

rouba idéias dos outros, que se alia com corruptos, frauda o próprio currículo...

 

Tenho medo do seu conceito de "inteligência". Isso parece mais com esperteza. Mas é apenas a minha opinião. 09

Nostromo2010-10-05 04:18:24

Share this post


Link to post
Share on other sites


...Quanto aos cargos dela' date=' e daí? Todos de indicação. Quais são as realizações de Dilma nesses cargos? Em nenhum deles ela fez algo de significativo. Em alguns nada fez. Cargo ocupado não é atestado de inteligência. Ainda mais se for por indicação de "companheiros".

Sabe como ela chegou ao cargo de secretária de fazendo de Porto Alegre? Indicada a pedidos de seu marido, Carlos Araújo, pelo prefeito Alceu Collares (que aliás esteve envolvido em corrupção e foi até condenado a devolver dinheiro aos cofres públicos). E dizem que a secretaria era uma bagunça...


...Será que em algum momento da vida ela ocupou algum cargo por merecimento?

[/quote']

 

para os comentários em negrito:

 

O pior é que isso não é "privilégio" apenas de Dilma, infelizmente. Me conte novidades.

 

 

 

 
Sall2010-10-05 02:18:14

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Os instituos erraram..de novo....em 2006 foi supresa geral qdo Lula não ganhou no primeiro turno contra Alckimin..hj o Jornal Nacional tentou amenizar e justificou por meio dos representantes dos institutos que eles apntam "tendências"..ok...e a tendência do Senador Aloysio que de 3° pulou pra Senador mais votado..??? E Dilma no primeiro turno???...

 

 

 

 

Que eu saiba' date=' tirando o Vox Populi, nenhum instituto arriscou Dilma no primeiro turno. Quanto a eleição pro Senado, o grau de incerteza é muito grande, ainda mais em anos de dois nomes, pois a maioria do eleitorado cita no máximo um e não é capaz de indicar o segundo tão claramente.

 

 

 

Em 2006, aqui no Rio os instituos indicavam Jandira Feghali, do PCdoB (agora deputada federal), como eleita ao Senado numa disputa acirrada com Francisco Dornelles, do PP. Na reta final, César Maia abandonou a candidatura de Sirkis, do PV (também deputado federal eleito em 2010), e o voto conservador em Dornelles levou-o a uma vitória não captada pelas pesquisas.

 

 

 

Agora em 2010 diziam que Romário seria o segundo mais bem votado e foi apenas o sexto, enquanto que Marcelo Freixo sequer estava entre os dez primeiros, mas acabou sendo o segundo.

 

 

 

No caso de SP, pareceu-me que o Aloysio recebeu votos de quase todos os eleitores do Alckmin. E deu pra ver a cara de felicidade do Alexandre Garcia ao citar a sua vitória que se inspirou no nome de FHC.

 

 

 

Por isso que o nome se chama pesquisa de boca de urna, indicando prováveis tendências (e elas deixam bem claro as cidades pesquisadas, o total de eleitores etc, facilitando ou não pros partidos em suas campanhas) e eu não vejo problema nenhum em errar. Aliás, que bom (principalmente pra você nos dois casos citados) que eles erraram, né? A propósito, sinto que os partidários, quando conseguem uma virada sobre as pesquisas mostram-se raivosos sobre as mesmas, como se elas fossem vilãs e contrárias aos seus candidatos. Oras, se as pessoas se deixam levar pelas pesquisas, que votem PL contrário, ou que restrinjam a "facilidade" de se fazer uma pesquisa.

 

 

 

Não, é burrocracia mesmo... a mentalidade do "votar no menos pior" é indefensável em qualquer cenário. Não deveria ser atitude de uma sociedade que passou 20 anos sob ditadura sem poder exercer a cidadania do voto.

 

 

 

Se você me apresentar uma figura pública que já exerceu um mandato ou tem representatividade de votos e não tem qualquer problema na sociedade, da ordem que for, e ainda tiver coincidência de concordância com os meus ideias políticos, voto sem titubear. Mas a humanidade é ruim, Dook. Uma coisa é votar no "menos pior", outra é no "que rouba, mas faz" (aí já é outra discussão, até porque vamos à discussão das diversas formas de roubo - direta, indireta, dinheiro, órgão público, liberdade dos cidadãos etc) ou ainda num Tiririca da vida.

 

Mesmo assim..todos eles deram fora da margem de erro...e qto á Senador se eh dificil que muidem ou deixem de fazer pq apontar que um candidato está na frente qdo se descobre que não está é de uma irreponsabilidade sem tamanho pq as pesquisas definem alinanças,estratégias e influenciam até voto de eleitores...

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

O grau de incerteza de Presidente a Deputado Estadual é crescente. Quanto mais nos aproximamos do último, mais "bairrista" a eleição se torna e mais difícil é de se conseguir uma amostragem significativa.

 

Um candidato a Deputado Federal ou Estadual pode ter uma região de influência muito grande em uma determinada localidade e influenciar diretamente nos resultados, uma vez que a porcentagem de pessoas necessárias para eleição é relativamente pequena. Para calcular essas grandes distorções os Institutos de Pesquisa teriam de realizar amostragens incrivelmente difíceis vinculando a estimativa a regiões de influência de cada candidato dentro dos estados, o que me parece incrivelmente inviável (pequenas e médias cidades se tornam extremamente importantes  nesse tipo de pesquisa por causa do, repito, número relativamente baixo de votos para a eleição).

 

Se toda pesquisa possui um grau de incerteza elevado (vide o resultado para presidente que está sujeito à dinâmica do que ocorre todo dia nos bastidores), imaginem para os cargos correspondentes a esferas menores.

 

É muito importante compreender que essas pesquisas indicam um tipo de tendência como o Lt bem falou, mas não devem ser levadas como 8 ou 80 jamais. A maior confiabilidade ocorre com cargos de nível nacional porque as regiões de abrangência de voto são maiores e mais facilmente delimitadas, mas dificilmente são certeiras.

 

O que os Institutos demonstraram era uma tendência de queda de Dilma e subida de Marina, por exemplo, no caso de Presidente. Dimensionar isso é muito difícil e não creio ser objetivo de uma pesquisa amostral.

Mr. Scofield2010-10-05 08:48:26

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

Não' date=' é burrocracia mesmo... a mentalidade do "votar no menos pior" é indefensável em qualquer cenário. Não deveria ser atitude de uma sociedade que passou 20 anos sob ditadura sem poder exercer a cidadania do voto. [/quote']

 

 

 

Se você me apresentar uma figura pública que já exerceu um mandato ou tem representatividade de votos e não tem qualquer problema na sociedade, da ordem que for, e ainda tiver coincidência de concordância com os meus ideias políticos, voto sem titubear. Mas a humanidade é ruim, Dook. Uma coisa é votar no "menos pior", outra é no "que rouba, mas faz" (aí já é outra discussão, até porque vamos à discussão das diversas formas de roubo - direta, indireta, dinheiro, órgão público, liberdade dos cidadãos etc) ou ainda num Tiririca da vida.

 

Você descontextualizou o que eu disse... 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Por isso é que eu discordo' date=' veementemente, quando se fala que o Bolsa Família existe apenas pra ajudar vagabundo ou para comprar votos. Essas distorções podem existir sim, é até natural - infelizmente, o bicho homem é falho mesmo - que isso ocorra. Mas isso não exclui, de forma alguma, o bem que ele fez em termos de inclusão social e de cidadania.

 
[/quote']

Seu texto foi tão bem escrito quanto inocente, especialmente neste trecho que quotei. Acreditar na correção do povo brasileiro é pior do que acreditar em duende.

 

Não entendi. Onde está a inocência no texto, se eu admiti que há distorções na aplicação do Bolsa Família?

 

O que eu quis dizer foi que, a despeito destas distorções - pois o programa não é perfeito e nenhum o será - o Bolsa Família faz mais bem à sociedade do que mal. Nunca afirmei a "correção do povo brasileiro".

 

Share this post


Link to post
Share on other sites


(...)


Quanto a luta da Dilma' date=' eu ri. Lutou sim... para trocar a ditadura de direita pela ditadura de esquerda. Com direito até a cumplicidade em atos de terrorismo e em assassinatos. Ela e seus aliados são tão canalhas quanto o governo militar.

(...)

 

[/quote']

 

Você, de fato, acredita nisso? Não há qualquer base minimamente razoável que suporte essa afirmação. A luta contra o totalitarismo militar  nas décadas de 60 e 70 jamais poderia, em qualquer hipótese, se transformar em "ditadura de esquerda". Não havia apoio da grande massa da população, da mídia ou de quaisquer setores relevantes da sociedade. Um bando de estudantes armados, isolado econômica e politicamente, tem o poder de constituir uma ditadura?

 

Esse, infelizmente, é o tipo de factóide plantado por camanhas eleitorais vazias de projetos, que tentam angariar votos por meio da disseminação do medo.

 

Não há, aliás, a menor chance, nem mesmo ínfima, de se instalar qualquer ditadura de esquerda no Brasil no futuro. Nunca houve isso nem nunca haverá.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Não entendi. Onde está a inocência no texto' date=' se eu admiti que há distorções na aplicação do Bolsa Família?

 

O que eu quis dizer foi que, a despeito destas distorções - pois o programa não é perfeito e nenhum o será - o Bolsa Família faz mais bem à sociedade do que mal. Nunca afirmei a "correção do povo brasileiro".

 
[/quote']

 

Eu não acho que traga mais bem à sociedade do que mal, justamente por tornar os mortos de fome dependentes monetários do governo. Ele está provocando que pessoas sem estrutura tenham mais filhos pra ter mais dinheiro. Além disso, esse dinheiro que é dado está achatando a classe média, criando um gap ainda maior com a classe altíssima, que não é afetada pois sonega impostos.

 

Pra mim ele falha em várias frentes:

 

- Crianças vão para a escola que é péssima e não ensina nada. Isso só teria validade se escolas ensinassem algo de útil.

 

- As pessoas que recebem preferem isso à trabalhar (não todas, claro) pois quando deixam de ser elegíveis ao programa, querem voltar à ele.

 

- Dá-se dinheiro à quem não sabe o que fazer com ele.Se ao invés disso fossem dados alimentos, roupas, moradia, etc, seria garantido que o nosso dinheiro fosse utilizado pra algo útil.

 

Enfim, é extremamente óbvio que dar dinheiro pra quem elege Tiririca não é uma boa idéia.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que faz mais bem do que mal a sociedade o bolsa familia.....

 

o kakoserrano generaliza tudo.....tu tem uma visão errada da coisa ...e poe isso como uma verdade absoluta......o bolsa familia é um programa de apoio emergencial....com o intuito de evitar que as pessoas morram de fome.....

 

concerteza essas pessoas que preferam receber o bolsa familia à trabalhar são a minoria cara....

 

quanto a se dá alimentos invés de dinheiro.....tu não ta pensando no todo....imagina a dificuldade de se implantar isso....a logistica envolvida e estrutura que requer isso.....por que estaria lidando com alimentos que se estragam......iria ter desperdicio .....os gastos envolvidos nisso seriam maiores.....

 

quanto ao comentario final.....sem comentarios.....so o que tem é gente com educação....que deveria ser esclarecida.....votando em gente corrupta......Maluf....Collor.....gente envolvida no mensalão......e agora tiririca e jogadores de futebol que mal sabem ler e escrever.....

 

mais de 1.350 milhoes de votos é muita coisa.....e o pior de tudo é o tiririca levando junto varios outros deputados do mesmo partido.....

 

isso é foda....tinha que ter uma reforma politica....muitos deputados não se elegeram.....mesmo tendo mais votos do que outros que se elegeram

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas é claro que precisa ler mais. O que o Tulkas escreveu tem muito fundamento, aliás.

 

A necessidade de reforma política que ele mencionou no último parágrafo é algo que cientistas políticos do Brasil inteiro vêm comentando há muito tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah Alex, mal aí, mas não dá pra concordar com quem acha que todos tem educação, só precisa de mais esclarecimento... Foi neste contexto que escrevi minha indignação irônica. O que menos existe neste país é gente com educação. Aliás, começo a entender a seriedade daquilo que o Cristovam Buarque falou 4 anos atrás no último pleito e a maioria (eu incluído) não deu atenção. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Não entendi. Onde está a inocência no texto' date=' se eu admiti que há distorções na aplicação do Bolsa Família?

 

O que eu quis dizer foi que, a despeito destas distorções - pois o programa não é perfeito e nenhum o será - o Bolsa Família faz mais bem à sociedade do que mal. Nunca afirmei a "correção do povo brasileiro".

 
[/quote']

Eu não acho que traga mais bem à sociedade do que mal, justamente por tornar os mortos de fome dependentes monetários do governo. Ele está provocando que pessoas sem estrutura tenham mais filhos pra ter mais dinheiro. Além disso, esse dinheiro que é dado está achatando a classe média, criando um gap ainda maior com a classe altíssima, que não é afetada pois sonega impostos.

Pra mim ele falha em várias frentes:

- Crianças vão para a escola que é péssima e não ensina nada. Isso só teria validade se escolas ensinassem algo de útil.

- As pessoas que recebem preferem isso à trabalhar (não todas, claro) pois quando deixam de ser elegíveis ao programa, querem voltar à ele.

- Dá-se dinheiro à quem não sabe o que fazer com ele.Se ao invés disso fossem dados alimentos, roupas, moradia, etc, seria garantido que o nosso dinheiro fosse utilizado pra algo útil.

Enfim, é extremamente óbvio que dar dinheiro pra quem elege Tiririca não é uma boa idéia.

 

O recado que esse post me passa é o seguinte: "os pobres - que também são burros - que se fodam, não é culpa minha eles terem nascido assim. E tem mais: como os ricos sonegam impostos, os pobres é que vão pagar por isso, já que não é justo tirar da classe média, até porque esta não está disposta a ter qualquer responsabilidade social. É melhor deixar tudo como está, não tem solução mesmo". É isso?

 

Se a resposta for positiva, isso é tão contrário ao que eu penso que deve ser a atuação estatal que não há razão para comentar nada, seria absolutamente inútil tentar trocar qualquer idéia com você. É melhor deixar quieto, então. 

 

No entanto, você não respondeu a minha pergunta, e nesse ponto eu vou insistir: onde está a inocência no meu texto, se eu admiti que há distorções na aplicação do Bolsa Família?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×