Jump to content
Forum Cinema em Cena

Política/Eleições 2010


ltrhpsm
 Share

Recommended Posts

 

 

Depende' date=' eu considero as públicas do município muito boas. Já as do estado não.

Tive (na época) uma educação primária muito boa. Hoje em dia, tenho dois sobrinhos que estudam em escolas distintas. Um em particular, e outro na mesma que estudei. E o estudo é o mesmo, o que difere é que na particular eles ficam discutindo quem tem o celular/tênis mais bonito.
[/quote']

 

Mas aí é que está. A maioria da população frequenta escolas de péssimo nível.

 

Mas acho que nem precisamos entrar em detalhes. Olhando a questão de maneira global, você realmente acha que a educação no Brasil está boa?

 

Novamente, esqueçamos partidos e etc. Todos os políticos que já estiveram no poder não olharam a questão corretamente.

 

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 1.2k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

 

 

Faz diferença sim..bolinha de papel não é nada, já um rolo de fita é algo, tem peso e forma..a pessoa sente..põe a mão na cabeçamas logo passa..ele na hora sentiu..não viu o que o acertou. Estou defendendo a diferença entre o nada e alguma coisa..estão falando em farsa, o que caacteriza má fé, estou falando de que ele foi atingido sim, houve exagero na reação..mas não foi um caso Rojas onde nada o atingiu e ele similou daí a diferença.

 

 

 

Big One2010-10-22 10:49:52

Link to comment
Share on other sites

 

Mensalão do DEM...

chega ao coordenador de campanha de Serra.

 

"Carta Capital aponta

que presidente do PSDB é o principal citado em vídeo apreendido pela PF

durante a Caixa de Pandora; Revista sustenta que caso foi abafado pela

campanha tucana

 

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Publicado em 17/10/2010, 16:15

 

Sérgio

Guerra (esquerda) e Agripino Maia são os principais citados pela

funcionária que coordenava os trabalhos do mentor do esquema (Foto: José

Cruz. Agência Brasil)

São Paulo – As investigações que revelaram o

esquema conhecido como Mensalão do DEM continuam a pleno vapor e

chegaram ao presidente do PSDB, Sérgio Guerra, também coordenador da

campanha de José Serra à Presidência da República.

 

A análise de

um dos CDs apreendidos pela Polícia Federal durante a Operação Caixa de

Pandora coloca em cena os nomes de Guerra e do senador Agripino Maia, do

DEM do Rio Grande do Norte. Os dois e o ex-governador do Distrito

Federal, Joaquim Roriz, eram os políticos que mais recebiam ligações de

uma funcionária da empresa de coleta de lixo que comandava a arrecadação

e a distribuição ilegal de recursos. Essa funcionária, identificada

como Dominga, era quem coordenava os trabalhos de Eduardo Badra,

ex-diretor da Qualix e mentor do crime. De acordo com reportagem da

Carta Capital desta semana, o dinheiro de propina era acomodado em

caixas de papelão com montantes de 50 mil reais.

 

O repórter

Leandro Fortes aponta que os investigadores da Polícia Federal estão de

olho, principalmente, nos contratos de lixo do Distrito Federal. A

partir do governo Roriz, a coleta de dejetos passou a ser terceirizada,

tendo a Qualix como principal vencedora de concorrências ou mesmo como

beneficiada por convênios feitos sem licitação. A partir de 2006, no

governo tucano de Maria Abadia, outras empresas passaram a receber os

bilionários contratos, sempre suspeitos. Os esquemas continuaram durante

o governo de José Roberto Arruda (DEM), cotado para ser o vice de Serra

até acabar preso pela PF".

 

 

Tulkas2010-10-22 10:47:16

Link to comment
Share on other sites

 

Farsa da Globo e de Serra

Professor revela farsa da globo e serra.

PROFESSOR REVELA FARSA DA GLOBO

Marina Suzuki

.

A grande armação pró-Serra do Jornal Nacional

Por

José Antonio Rocha

22 de outubro de 2010

.

José

Antonio Meira da Rocha. Professor de Jornalismo Gráfico da Universidade

Federal de Santa Maria, Centro de Educação Superior Norte-RS

(UFSM/CESNORS), campus de Frederico Westphalen, Rio Grande do Sul,

Brasil.

.

Toda a produção jornalística pode ser digitalizada. Tudo

o que é publicado está à mercê de chatos que salvam, gravam,

colecionam, digitalizam com plaquinhas de 120 reais. Como eu, que gosto

de gravar TV na minha Pixelview PlayTV Pro.

.

Por isso, hoje, é

inconcebível que a grande imprensa, sofrendo há muito com as mudanças

provocadas pela digitalização, tente enganar seu digitalizado público

com armações grotescas como esta aprontada pelo Jornal Nacional de

2010-10-22, com ajuda da Folha.com e do repórter Ítalo Nogueira.

.

Será

que a velha mídia não se dá conta que qualquer pessoa pode gravar TV e

passar quadro-a-quadro? E que, fazendo isto, a pessoa pode ver que não

há nenhum rolo de fita crepe sendo atirado contra o candidato José

Serra?

.

Que o detalhe salientado em zoom numa extensa matéria de 7

minutos não passava de um artifact de compressão de vídeo sobreposto à

cabeça de alguém ao fundo? Que não se vê no vídeo quadro-a-quadro nenhum

objeto indo ou vindo à cabeça do candidato?

.

E a Globo ainda vai procurar a opinião de um “especialista” de reputação duvidosa…

Tudo

pode ser digitalizado, menos a credibilidade de um veículo

jornalístico. E este único ativo que sobra à velha mídia, ela joga

fora…]

. http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=1689

 

 

Tulkas2010-10-22 10:49:52

Link to comment
Share on other sites

 

 

Faz diferença sim..bolinha de papel não é nada' date=' já um rolo de fita é algo, tem peso e forma..a pessoa sente..põe a mão na cabeçamas logo passa..ele na hora sentiu..não viu o que o acertou. Estou defendendo a diferença entre o nada e alguma coisa..estão falando em farsa, o que caacteriza má fé, estou falando de que ele foi atingido sim, houve exagero na reação..mas não foi um caso Rojas onde nada o atingiu e ele similou daí a diferença.

 

 

 

[/quote']

 

Por isso que o caso muda de Rojas para Rivaldo:

 

1237035219_rivaldo-ball-to-the-face.gif

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

Faz diferença sim..bolinha de papel não é nada' date=' já um rolo de fita é algo, tem peso e forma..a pessoa sente..põe a mão na cabeçamas logo passa..ele na hora sentiu..não viu o que o acertou. Estou defendendo a diferença entre o nada e alguma coisa..estão falando em farsa, o que caacteriza má fé, estou falando de que ele foi atingido sim, houve exagero na reação..mas não foi um caso Rojas onde nada o atingiu e ele similou daí a diferença.

 

 

 

[/quote']

O problema que eu vejo nesse episódio todo (e em vários outros) é que TUDO, absolutamente TUDO vira arma eleitoral para criar polêmica e desestabilizar um candidato. Se não é farsa é uma tremenda conspiração do outro para derrubar.

Neste caso, o que irrita é que praticamente não se fala da ideia (muito mais provável) de ser um cara que gosta do PT, não gosta do Serra e jogou o rolo de fita simplesmente porque quis.

Tudo tem que ter envolvimento da grande cúpula do PT ou do PSDB, só falta falar que a Dilma mandou através de cartas misteriosas pessoalmente a pessoa fazer isso ou que o Serra mandou um militante de seu partido se disfarçar de petista e jogar o negócio para criar a situação.

 

EDIT: Já falaram. 06

 

Desde que o Leonardo Quintão aqui em MG subiu horrores na pesquisa para Prefeito de BH por causa de um golpe desse tipo e depois perdeu por causa de outro, venho observando esses efeitos estúpidos no eleitorado, um lixo.

 

Parece que os candidatos ficam "brincando" de fazer o outro oscilar (quem consegue criar um episódio mais maléfico e mudar as pesquisas mais rápido).

Mr. Scofield2010-10-22 10:57:40

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

 

Faz diferença sim..bolinha de papel não é nada' date=' já um rolo de fita é algo, tem peso e forma..a pessoa sente..põe a mão na cabeçamas logo passa..ele na hora sentiu..não viu o que o acertou. Estou defendendo a diferença entre o nada e alguma coisa..estão falando em farsa, o que caacteriza má fé, estou falando de que ele foi atingido sim, houve exagero na reação..mas não foi um caso Rojas onde nada o atingiu e ele similou daí a diferença.[/quote']Por isso que o caso muda de Rojas para Rivaldo:1237035219_rivaldo-ball-to-the-face.gif

TouchéBig One2010-10-22 12:07:03
Link to comment
Share on other sites

 

 

Depende' date=' eu considero as públicas do município muito boas. Já as do estado não.

Tive (na época) uma educação primária muito boa. Hoje em dia, tenho dois sobrinhos que estudam em escolas distintas. Um em particular, e outro na mesma que estudei. E o estudo é o mesmo, o que difere é que na particular eles ficam discutindo quem tem o celular/tênis mais bonito.
[/quote']

 

Mas aí é que está. A maioria da população frequenta escolas de péssimo nível.

 

Mas acho que nem precisamos entrar em detalhes. Olhando a questão de maneira global, você realmente acha que a educação no Brasil está boa?

 

Novamente, esqueçamos partidos e etc. Todos os políticos que já estiveram no poder não olharam a questão corretamente.

 

 

A questão da educação vem sendo melhorada pelo governo atual. As 14 universidades criadas, além de interiorizar o ensino, são, em sua maioria, de licenciatura. É bem difícil fazer uma revolução educacional quando não se tem professores capacitados. O déficit criado na época de FHC, que congelou os salários do professor, criou um rombo na educação. O ProUni e outros meios de se fazer entrar na faculdade, dão prioridade para que novos e capacitados professores possam dar aula. Além disso, era muito difícil querer tirar um professor da metrópole e colocá-lo no interior, isso está mudando.

 

Link to comment
Share on other sites

 

Farsa da Globo e de Serra

Professor revela farsa da globo e serra.

PROFESSOR REVELA FARSA DA GLOBO

Marina Suzuki

.

A grande armação pró-Serra do Jornal Nacional

Por

José Antonio Rocha

22 de outubro de 2010

.

José

Antonio Meira da Rocha. Professor de Jornalismo Gráfico da Universidade

Federal de Santa Maria' date=' Centro de Educação Superior Norte-RS

(UFSM/CESNORS), campus de Frederico Westphalen, Rio Grande do Sul,

Brasil.

.

Toda a produção jornalística pode ser digitalizada. Tudo

o que é publicado está à mercê de chatos que salvam, gravam,

colecionam, digitalizam com plaquinhas de 120 reais. Como eu, que gosto

de gravar TV na minha Pixelview PlayTV Pro.

.

Por isso, hoje, é

inconcebível que a grande imprensa, sofrendo há muito com as mudanças

provocadas pela digitalização, tente enganar seu digitalizado público

com armações grotescas como esta aprontada pelo Jornal Nacional de

2010-10-22, com ajuda da Folha.com e do repórter Ítalo Nogueira.

.

Será

que a velha mídia não se dá conta que qualquer pessoa pode gravar TV e

passar quadro-a-quadro? E que, fazendo isto, a pessoa pode ver que não

há nenhum rolo de fita crepe sendo atirado contra o candidato José

Serra?

.

Que o detalhe salientado em zoom numa extensa matéria de 7

minutos não passava de um artifact de compressão de vídeo sobreposto à

cabeça de alguém ao fundo? Que não se vê no vídeo quadro-a-quadro nenhum

objeto indo ou vindo à cabeça do candidato?

.

E a Globo ainda vai procurar a opinião de um “especialista” de reputação duvidosa…

Tudo

pode ser digitalizado, menos a credibilidade de um veículo

jornalístico. E este único ativo que sobra à velha mídia, ela joga

fora…']

. http://www.novae.inf.br/site/modules.php?name=Conteudo&pid=1689

 

 

 

É, aquele perito lá... 06 Expulso da Unicamp por desvio de verbas. Muito bom perito. 06

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

 

Faz diferença sim..bolinha de papel não é nada' date=' já um rolo de fita é algo, tem peso e forma..a pessoa sente..põe a mão na cabeçamas logo passa..ele na hora sentiu..não viu o que o acertou. Estou defendendo a diferença entre o nada e alguma coisa..estão falando em farsa, o que caacteriza má fé, estou falando de que ele foi atingido sim, houve exagero na reação..mas não foi um caso Rojas onde nada o atingiu e ele similou daí a diferença.[/quote']Por isso que o caso muda de Rojas para Rivaldo:1237035219_rivaldo-ball-to-the-face.gif

Touché

 

 

 

E no caso do Rivaldo não há má fé?

 

 

 

Uhum, tá.

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

A questão da educação vem sendo melhorada pelo governo atual. As 14 universidades criadas' date=' além de interiorizar o ensino, são, em sua maioria, de licenciatura. É bem difícil fazer uma revolução educacional quando não se tem professores capacitados. O déficit criado na época de FHC, que congelou os salários do professor, criou um rombo na educação. O ProUni e outros meios de se fazer entrar na faculdade, dão prioridade para que novos e capacitados professores possam dar aula. Além disso, era muito difícil querer tirar um professor da metrópole e colocá-lo no interior, isso está mudando.

[/quote']

 

Não.

 

O ensino público nunca esteve tão ruim. Pare de colocar toda a culpa no PSDB e somente venerar o PT. Ambos são culpados.

 

É isso que eu falo. A gurizada não sabe defender um lado e perceber suas falhas e os méritos do outro. Não percebem que qualquer argumento fica enfraquecido quando repleto de amor (ou ódio).

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

 

 Você está me confundindo com outra pessoa: o Sapiente aqui é o kako' date=' não eu.

 

 No mais, ok! Se é o que pensa... Be happy! Cada um no seu quadrado, né?

 

 PS: Seu post anterior é uma pérola. Pra mim, sério candidato a post do ano no Pablito Awards. Principalmente a parte destacada acima. Hermético... oops
[/quote']

 

os "favelados do tráfego" ao invez de ser porteiro, ou de entrar em um clube luta pra seguir carreira de lutador, vão pro tráfego justamente porque lá eles vão ser respeitados, temidos, eles serão alguém, comprarão um relógio caro, e chamarão a atenção das mulheres.

 

Não negue, você só vai trabalhar em alguma profissão porque será respeitado como trabalhador, admirado pelo seu trabalho, será alguém na sua profissão, poderá comprar o objeto que o fará bonito, ou um "manifesto", condizente com suas atitudes(estética ideológica), um objeto que lhe dará facilidades para conviver na sociedade e ir aonde os seus amigos, seus chefes, seus familiares, seus colegas de trabalho... estão, e chama a atenção das mulheres pela seu carater ou pela sua intelectualidade, ..., pois a mulher que estiver contigo terá um parceiro independente, ou inteligente, ou bondoso...

 

Eu só faço biologia porque quero ser um pesquisador respeitado, com PHD  em etologia, influente na área de pesquisa, .....(etc, etc)...

 

Caso contrário, se a atitude de vida escolhida fosse nobre per si, tu iria quebrar pedras para construir sua casa, ou para construir sei lá o que for, e eu vagarei pela mata estudando os animais e formularei meus próprios pensamentos sem escrever nada, sem passar nada pra ninguém, e iria até meu ultimo dia de vida parando só pra descançar/dormir, me alimentar. Mas você não estaria construindo nada, trabalhando em nada, assim como eu não estaria estudando nada, formulando pensamento sobre nada, afinal uma pedra só é uma pedra porque dois discutiram acerca dela 03

 

 

Gente' date=' passei aqui só pra postar a próxima capa da VEJA! Bombástica!!

Veja%20-%20Capa%20-%20Fita%20adesiva.jpg

 

Que agora, graças as câmera do SBT, descobriu-se: era, na verdade, uma bolinha de papel!

 

lol.gif

 

Esse Nosferatu...

 

[/quote']

 

comunistas ... 06

 

MEU DEUS, ESCONDAM SUAS CRIANÇAS NOS ARMÁRIOS, OS COMEDORES DE CRIANCINHAS ESTÃO DE VOLTA 06

 

 

 

 

 

 

Nesse caso específico é teoria da conspiração.

 

 

 

Há duas imagens de coisas jogadas no Serra. Uma do SBT' date=' que é a da tal

bolinha de papel aí corta e vai para ele falando no celular uns 20

minutos depois. E outra de um repórter da Folha de São Paulo, feita com

um celular e que mostra outra coisa maior sendo jogada no Serra, depois

da bolinha de papel, e com ele pondo a mão na cabeça na hora.

 

 

 

Segundo um perito, a imagem do SBT é mesmo de uma bolinha de papel ou

algo tão leve quanto. Enquanto a imagem do repórter da Folha é mesmo de

algo maior e mais pesado com um formato semelhante ao de um rolo de

fita. Ambas foram feitas no mesmo evento, mas em momentos diferentes.

Graças à edição preguiçosa (ou maliciosa?) do SBT, o Serra passou por

mentiroso.

 

 

 

De qualquer forma, ele está exagerando e se fazendo de vítima mesmo.

 

[/quote']

 

Sobre teoria da conspiração, TODAS as revistas são políticas, emitem o que acreditam e julgam ser importante pra a população(política, pois para acreditar que é importante pra um grupo se faz necessário ter alguma importância na vida própria, seja de forma direta ou indireta. E ai que entra a política, pois a importância do fato é na verdade o interesse em inlfuênciar a sociedade em que vive quanto a sua opinião, sua posição perante o fato), e Isso ATÉ um periódico científico está inserido. O que diferencia é o grau de critérios, de exigencias quanto a embasamentos e de clarezas, muitas revistas populares são inúteis quanto a transmitir fatos e extremamente úteis quanto a influenciar e inflacionar idéias, sensacionalistas, beirando a má fé.

 

 

 

A questão da educação vem sendo melhorada pelo governo atual.

As 14 universidades criadas' date=' além de interiorizar o ensino, são, em sua

maioria, de licenciatura. É bem difícil fazer uma revolução educacional

quando não se tem professores capacitados. O déficit criado na época de

FHC, que congelou os salários do professor, criou um rombo na educação.

O ProUni e outros meios de se fazer entrar na faculdade, dão prioridade

para que novos e capacitados professores possam dar aula. Além disso,

era muito difícil querer tirar um professor da metrópole e colocá-lo no

interior, isso está mudando.

[/quote']

 

De fato, o aumento de cursos de licenciatura foi um investimento na educação, E MAIS, agora está surgindo(bem timido é verdade) pesquisas na área de educação, a UNIRIO está com um estágio remunerado pra um grande grupo de estudantes envolvendo justamente pesquisas voltados pra licenciatura. E isso vem alicerçado por uma mudança de planos promovido pelo MEC em que, além do famigerado aumento de 8 para 9 anos de formação escolar(o que por si só não é nada e não gera nada), inseriu um enfoque e planejamento na inserção de temas transversais envolvendo interdisciplinaridade, e metodos em que envolva a construção do saber.

 

Bem, tudo isso é lindo e maravilhoso, mas no papel pode ser um desastre estrondoso, só resultando em manter a educação no nível em que está. Pois não há uma direção de como as matérias podem ser dadas interdisciplinarmente, quais as formas e as naturezas dos métodos e modelos didáticos. Resultando em uma ineficiência quanto ao grau de importância, de quantidade, e da qualidade em que os temas transversais são inseridos nos diversos temas e matérias; e o que significa, para o MEC, interdisciplinaridade e em que grau e forma. Ou seja, as mudanças promovidas pelo Ministério de Educação, além de não efetivamente garantirem tais mudanças, uma vez que precisa de verba e fiscalização, falha quanto a objetivação e materialização desses planos.

Gustavo Adler2010-10-22 20:54:24

Link to comment
Share on other sites


Mas aí é que está. A maioria da população frequenta escolas de péssimo nível.

Mas acho que nem precisamos entrar em detalhes. Olhando a questão de maneira global' date=' você realmente acha que a educação no Brasil está boa?

Novamente, esqueçamos partidos e etc. Todos os políticos que já estiveram no poder não olharam a questão corretamente.
[/quote']

Velho, sabemos que não esta boa, aliás, não sei se num todo já foi boa um dia.

Mas eu noto que ela tem melhorado (as públicas). Não falo da educação que vem de casa para a escola, falo daquela que vai da escola para a casa. O governo atual esta atuando na quantidade, ao meu ver isto é válido. O que irá diferenciar as pessoas são os princípios que elas possuem, a vontade de buscar o algo a mais.

Mesmo se tivéssemos o ideal hoje, ter quantidade e qualidade, não acredito que as pessoas (num todo) teríam o impeto necessário para buscar este algo a mais.

PS: como a raça dos políticos é derivada dos FDPs, acredito que no Brasil nunca teremos o ideal.
Link to comment
Share on other sites

 

Velho' date=' sabemos que não esta boa, aliás, não sei se num todo já foi boa um dia.

Mas eu noto que ela tem melhorado (as públicas). Não falo da educação que vem de casa para a escola, falo daquela que vai da escola para a casa. O governo atual esta atuando na quantidade, ao meu ver isto é válido. O que irá diferenciar as pessoas são os princípios que elas possuem, a vontade de buscar o algo a mais.

Mesmo se tivéssemos o ideal hoje, ter quantidade e qualidade, não acredito que as pessoas (num todo) teríam o impeto necessário para buscar este algo a mais.

PS: como a raça dos políticos é derivada dos FDPs, acredito que no Brasil nunca teremos o ideal.
[/quote']

 

Eu vejo 3 problemas major:

 

1) O lance de não poder repetir de ano (não sei se é só em SP isso): obra do Covas (PSDB). Acho isso um absurdo, faz com que a gurizada pouco se lixe em aprender, pois sabem que vão passar.

 

2) A questão da segurança mesmo. Professores são ameaçados por pequenos marginais, que obviamente influenciam os não marginais formando um ciclo que só faz dar merda.

 

3) Devido ao péssimo ensino que tiveram, os professores são ruins. Junte-se ao fato de que quem é professor só o é porque não teve opção melhor e temos a bosta feita. Aliás, esse é o problema da polícia também.

 

 

Link to comment
Share on other sites

 Aqui em Minas também tinha esse negócio do estudante não ter que repetir de ano... Mas, viram a bosta que deu e o povo reclamando e acabaram com isso.

 

 Até hoje fico impressionado por saber que pessoas com formação pedagógica e "vasto currículo acadêmico" terem aprovado essa abominação na época...

 

 Fim dos tempos!!    
Link to comment
Share on other sites

 

Velho' date=' sabemos que não esta boa, aliás, não sei se num todo já foi boa um dia.

Mas eu noto que ela tem melhorado (as públicas). Não falo da

educação que vem de casa para a escola, falo daquela que vai da escola

para a casa. O governo atual esta atuando na quantidade, ao meu ver isto

é válido. O que irá diferenciar as pessoas são os princípios que elas

possuem, a vontade de buscar o algo a mais.

Mesmo se tivéssemos o ideal hoje, ter quantidade e qualidade, não

acredito que as pessoas (num todo) teríam o impeto necessário para

buscar este algo a mais.

PS: como a raça dos políticos é derivada dos FDPs, acredito que no Brasil nunca teremos o ideal.
[/quote']

 

Eu vejo 3 problemas major:

 

1)

O lance de não poder repetir de ano (não sei se é só em SP isso): obra

do Covas (PSDB). Acho isso um absurdo, faz com que a gurizada pouco se

lixe em aprender, pois sabem que vão passar.

 

2) A questão da

segurança mesmo. Professores são ameaçados por pequenos marginais, que

obviamente influenciam os não marginais formando um ciclo que só faz dar

merda.

 

3) Devido ao péssimo ensino que tiveram, os professores

são ruins. Junte-se ao fato de que quem é professor só o é porque não

teve opção melhor e temos a bosta feita. Aliás, esse é o problema da

polícia também.

 

 

Nisso eu vou ter que concordar com você......esses 3 problemas que você citou são graves....mas os politicos querem saber é do indice de aprovação no final do mandato.....pra dizer pro povo que a educação melhorou......

 

e acrescento mais um de grande importancia....os pais pouco se importam....as crianças vão para a escola....e muitas simplesmente não querem saber de apreender.....so quer saber de brincar.....se danar

 

quando chamam os pais pra informar isso.....eles dizem que não tem jeito....que ja bateram nele.....e não adiantou......lol

 

Lembrando que o Governo Federal é responsavel pelo ensino superior......e nesse realmente houve uma melhora....recebeu mais investimentos....mas não pode ficar nas mãos somente dos municipios e dos estados os investimentos no ensino fundamental e medio.....o Ensino de Base é o mais importante.......

 

Para que haja uma transformação na Educação no país.....sinceramente acho dificil......tem que mudar tudo......melhor formação dos professores........estrutura das escolas......melhor salário para os professores......para isso precisa de muitos recursos..... bilhoes.....

 

 

Tulkas2010-10-23 08:32:02

Link to comment
Share on other sites

 

Inocência pensar que o governo e consequentemente as elites estão interessados em melhorar a educação e outras coisas nesse país.

 

Então cabe a cada um aproveitar as oportunidades que aparecem.

 

Se um cara recebe bolsa-família, que ele saiba aproveitar essa grana emergencial pra sair do sufoco.

Se o cara ganha uma bolsa de estudos ou mesmo se vira nos 30 pra pagar uma privada, que ele saiba aproveitar a faculdade da melhor maneira possível (foda-se se o ensino tá uma merda e se as faculdades particulares só querem saber de arrecadar as mensalidades dos aunos. Isso não vai mudar.)

 

Digo isso pq muita gente estudou até o ensino médio nesse mesmo ensino caótico que aí está, e nem por isso hoje eles são menos profissionais ou menos preparados que outro qualquer. Nessa eu tô com o Tulkas quando diz que "O que irá diferenciar as pessoas são os princípios que elas possuem, a vontade de buscar o algo a mais."

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...