Jump to content
Forum Cinema em Cena

Lula, o Filho do Brasil


Jorge Soto
 Share

Recommended Posts

  • Replies 107
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Reclama não, aqui nem tem cinema... aff!

Vou concordar ctg, gosto demais da spoladore e da Fernandinha, acho ela super versátil e filmes como "Saneamento Básico" e "Os Normais" só são o que são por causa dela.

 

Mas nesse filme muitos são os elogios feitos p/ Pires, se bem que dizem que a mama de Lula era uma figurinha:

"Nesta família ninguém vai ser ladrão ou prostituta".

06

 

 

Anyway, sei lá como vou fazer p/ ver esse filme, viu? 09
MariaShy2010-01-06 11:23:49
Link to comment
Share on other sites

Vi o filme segunda-feira. Infelizmente [porque esperava um filme melhor, pois Fábio Barreto tinha um puta personagem e história de vida nas mãos] o ano mal começou e já temos a primeira grande decepção. "Lula, O Filho do Brasil". Como trunfo seu elenco principal e a grande popularidade de Luiz Inácio Lula da Silva, como ponto negativo a irregularidade no desenvolvimento da trama. "Lula..." na sua primeira metade [quando retratando a infância e adolescência do personagem título] é muito bom, mas na sua segunda [mostrando o Lula sindicalista] fica cansativo ao abordar o sindicalismo [tema pouco apreciado pelo brasileiro em geral] de forma pouco envolvente e atraente. Me incomodou também o fato do ator Rui Ricardo Diaz não manter a voz característica do Lula o tempo inteiro. Ele a usa somente em momentos específicos [nos discursos por exemplo]. Nota: 2 estrelas de 5.

Link to comment
Share on other sites

Deve fazer pela panfletagem política no cinema, mais ou menos o que O Mágico de Oz fez pelo  Technicolor no final da década de 30. Posso até imaginar os sets de filmagens com toda a produção de bonezinho do PT na cabeça e broche do presidente na camisa. Fábio Barreto fez um filme bem-feito e cheirosinho - afinal, é o que se faz quando se quer vender algo, não é? Mas o esforço de profissionais gabaritados como Antônio Pinto - cuja trilha se esforça, inutilmente, pra dar qualquer carga dramática ao filme - não pode encobrir a mediocridade de quem está no comando. Esse Lula – O Filho do Brasil é decalque de alguma ilustração do best-seller “Como Fazer uma Cinebiografia Medonha”. Pra começar, o básico:  o herói é filmado com devoção digna de santidade. Seria o jovem Luiz Inácio uma vaca sagrada ou um andróide construído para lutar contra as forças do mal? Só não digo que ele tem superpoderes porque, se tivesse, não teria sofrido o acidente que lhe custou o dedo. Dando continuidade à cartilha: flashbacks a gosto (a partir da metade, um a cada cinco minutos), uma tomada campo contra/campo dentro de uma sala de cinema (por que sempre nesse tipo de fita o cidadão precisa babar por algum clássico na telona? E tem que ser um Chaplin, claro…), construção episódica, didatismo descarado… Acaba que as más intenções não são nem o principal problema do filme.  E quase que eu esqueço da nota: -13 com louvor.

Link to comment
Share on other sites

Já que o Pablo não escreve sobre filmes nacionais, infelizmente e lamentavelmente pelo seu ponto de vista (é claro)... segue o que ele postou no twitter...

 

""Lula" tem sérios problemas de direção (claro) e, pior, castra politicamente o protagonista. Mas ganha na emotividade e nas atuações. 3/5."

 

PS: Mas espero que ele não volte a escrever a partir deste, convenhamos...03 
Thiago Lucio2010-01-07 22:08:51
Link to comment
Share on other sites

Sobre castrar politicamente, talvez o diretor tenha sido deamsiadamente cuidadoso em deixar a politica de fora p/ que seu filme não fosse tachado de pró de apologia a Lula e tals.

De repente o cuidado com essa parte aí tenha sido demais.

 

Mas isso de dividir opiniões vai ser inevitavel, é uma forte figura politica e mais ainda governando.

Tipo tu tá vivenciando o desfecho do filme na real.
MariaShy2010-01-07 22:15:08
Link to comment
Share on other sites

Sobre castrar politicamente, talvez o diretor tenha sido deamsiadamente cuidadoso em deixar a politica de fora p/ que seu filme não fosse tachado de pró de apologia a Lula e tals.

De repente o cuidado com essa parte aí tenha sido demais.

 

[/quote']

 

 

a última coisa que eu pensei é que estava vendo um filme pró-lula ou pró-PT.

 

 

 

 

 

 

 

ps:. nooooooooooooooooooooooooooooooooooooot!!!!!! [/borat]
Jonny Greenwood2010-01-07 22:25:29
Link to comment
Share on other sites

Sobre castrar politicamente, talvez o diretor tenha sido deamsiadamente cuidadoso em deixar a politica de fora p/ que seu filme não fosse tachado de pró de apologia a Lula e tals.

De repente o cuidado com essa parte aí tenha sido demais.

 

 

 

 

a última coisa que eu pensei é que estava vendo um filme pró-lula ou pró-PT.

 

 ps:. nooooooooooooooooooooooooooooooooooooot [/borat']

 

Uai, mas eu me referia a um provável pensamento do diretor, não exatamente da platéia, embora isso possa acontecer, sim.

 

Droga de quote
MariaShy2010-01-07 22:28:46
Link to comment
Share on other sites

Sobre castrar politicamente, talvez o diretor tenha sido deamsiadamente cuidadoso em deixar a politica de fora p/ que seu filme não fosse tachado de pró de apologia a Lula e tals.

De repente o cuidado com essa parte aí tenha sido demais.

 

[/quote']

 

 

a última coisa que eu pensei é que estava vendo um filme pró-lula ou pró-PT.

 

 ps:. nooooooooooooooooooooooooooooooooooooot [/borat]

Uai, mas eu me referia a um provável pensamento do diretor, não exatamente da platéia

 

 

ele pode até ter pensado isso, mas só pensado. na prática, o filme faz exatamente o inverso. não vejo uma pessoazinha sequer - que não seja militante -  saindo da sala achando que viu algo além de propaganda política superproduzida. pode até gostar, claro, mas esse caráter sem-vergonha vai reconhecer.

 

meida de quote.
Jonny Greenwood2010-01-07 22:32:55
Link to comment
Share on other sites

e não sei se a "castração política" do pablo significa isso que vc interpretou...

 

aliás' date=' pq ele não resenha filme brasileiro?
[/quote']

 

O Pablo não escreve sobre filmes nacionais por uma questão de ética. Ética dele, deixemos claro. Eu não vou usar palavras "doces" e sofisticadas pra explicar, mas basicamente é pq como ele possui projetos relacionados ao cinema, não apenas à crítica, ele não quer se "queimar" com os demais profissionais da área. Por exemplo, ele está sendo responsável pelo roteiro de um filme X. Nesse filme X, o diretor de fotografia é o mesmo daquele filme Y que ele achincalhou em sua crítica. Vai que o responsável pela trilha é o Marcos Viana ("Olga"). Não concordo com isso, nunca concordei e nunca concordarei. Acho que as pessoas devem (ou pelo menos deveriam) ter um discernimento sobre as coisas. Até porque se ele pensa nisso com relação ao cinema nacional, o que impede que ele eventualmente trabalhe com um profissional estrangeiro ou em um projeto internacional? Ou será que as ambições dele são limitadas? Sei lá. Mas ele já deixou claro tb que está pensado sobre isso.

 

Infelizmente, me parece que ele escreverá sobre o filme do Lula, pelo que ele comentou no twitter, o que é uma pena. Acho um pouco "oportunista" da parte dele começar a fazer isso a partir justamente deste. Mas até aí é uma opinião minha mesmo... ele é livre pra fazer o que quiser e ter a ética que ele julga ser mais importante pra ele e tal.

 

De qualquer forma, ainda assim, por tudo o mais que ele é, ele é o cara!!!!10
Link to comment
Share on other sites

O Pablo é como qualquer crítico. Escreve bons e maus textos. Admiro a coragem dele em defender filmes que são, muitas vezes, massacrados pelo mainstream da crítica. Ao mesmo tempo, já se mostrou inflexível com filmes aclamados, mostrando, no mínimo, personalidade.

 

Também lamento sua escolha pelo filme do Lula. Não li a resenha ainda, mas pelo que entendi ele elogia o elenco e nada mais. Um bom sinal.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...