Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
Renato

Karate Kid (remake)

Recommended Posts

Novo Karatê Kid já prepara continuação

 

kartatas1.jpg

 

Pois é, nerdaiada que acomoda o girolete... Parece que a improvável união de Jackie Chan com Jaden Smith deu mais certo do que todos previam... A nova versão de Karatê Kid tá indo tão bem que praticamente garantiu uma continuação.

[Mais:]

Pelo menos é o que pensa o diretor da bagaça, Harald Zwart... Numa entrevista ao MTV Movies, o cabra disse que eles já estão anotando diversas ideias e que, apesar de não ter nada oficializado com a Sony, ele pensa sim numa continuação pro filme.

Depois de elogiar o estúdio, dizendo que eles mantiveram ótimas relações com ele durante todo o processo de feitura do filme, Zwart diz que imagina o novo Karatê Kid seguindo rumos próprios, sem seguir obrigatoriamente pelo mesmo caminho das continuações do filme dos anos 80...

Ou seja, se o filme ganhar uma continuação, certamente não será parecida com Karatê Kid 2, onde ficamos conhecendo mais do Sr. Myagi numa aventura que se passou no Japão.

Vale lembrar que o filme fez mais de 50 mijones de doletas só no primeiro final de semana de exibição nos EUA, e que só passa por aqui em agosto (dia 27).

O que eu acho? Pô, sacanagem se o cara não mostrar a história do Jackie Chan no segundo filme... O velho china não merece ser coadjuvante do chassi de grilo do Jaden Smith!

Já sobre a Sony ser um estúdio lindu e maravilhosu, acho que o Harald Zwart devia conversar com o Sam Raimi pra saber o que ele pensa disso, depois de ter sido chutado do Homem-Aranha por querer fazer um filme com o Abutre.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tão desinteressante quanto o original de 1984.

 

Só o que se salva no filme é o novo protagonista, que não tem aquele aspecto afeminado que o Daniel LaRusso do Ralph Macchio tinha. As lutas são melhores. E uma ou outra piadinha esperta.

 

Fora isso, o filme é totalmente esquecível como o original.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

 

 

 

eu vi no cineclick a entrevista do Jackie Chan e do Jaden Smith)

 

no final dessa entrevista passou uma cena que o chinesinho valentão chama o Dre de "Karate Kid" antes de dar a porrada no Dre

 

é dessa cena que o título do remake (que é o mesmo do original) foi mantido

 

cinéfilo2010-08-31 12:58:59

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gostei!

 

Tem todos os clichês que se pode esperar de um remake de um filme da sessão da tarde feito na década de 80, mas com um grande coração para contrabalancear as coisas. Personagens e atores ótimos (Jackie Chan tá incrível!), piadinhas boas, drama excelente (espetacular o momento do Chan no carro) e os 140 minutos passam voando.

 

Entretanto, devo concordar com a maioria e dizer que a parte do torneio é meio decepcionante mesmo (as coreografias são legais, mas em nenhum momento você acredita que os rivais do Dre tem alguma chance de ganhar, um pouco de incerteza não faria mal). Ainda assim, já é uma das melhores surpresas de 2010.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Filme devertidinho até, mas longe de representar algo mais importante. Não foi toda a bomba que parecia, mas também totalmente esquecível. Não me acostumei o filme todo ao fato do protagonistas e os adversários serem tão jovens. Tira muito do impacto que poderia causar em alguma cena mais violenta. A trilha também não ajuda muito. Poderia se chamar Kung-Fu Kid também, já que de Karate só o nome para chamar a atenção.

Share this post


Link to post
Share on other sites

KARATÊ KID - 8.5/10 - O filme vai te cativando gradativamente e rompe qualquer tipo de resistência que você eventualmente venha a ter por se tratar de uma refilmagem de um filme marcante da sua infância. Aliás, o que há de muito bom neste aqui é que apesar de usar a marca, não se trata necessariamente de uma refilmagem. É apenas uma nova história contada a partir de uma premissa semelhante, mas com virtudes e qualidades próprias. Uma gratíssima surpresa! O diretor Harald Zwart realiza um belíssimo e ágil trabalho, a narrativa não se apressa em estabelecer o plot, desenvolve os personagens e suas relações com sabedoria e paciência oriental, onde tecnicamente tudo funciona muito bem, especialmente montagem, fotografia e trilha sonora. Eis um casamento perfeito de tudo isso. O jovem Jaden Smith tem boa presença de cena e herda o carisma e senso de humor do pai, deixando de lado a péssima impressão de "O Ano Em Que a Terra Parou", e Jackie Chan parece muitíssimo à vontade na pele do mestre, mas sem deixar de transmitir a carga dramática que torna o seu personagem ainda mais complexo. Pode até ser considerado como um filme "feijão com arroz" até porque de fato é, afinal o arco dramático é pra lá de conhecido e manjado, mas você nota que houve o interesse em realizar um filme com essência e de qualidade, isso é perceptível e o resultado é bastante recompensador.

 

PS: Esse filme consegue coexistir com o filme original perfeitamente bem. Até porque, como disse, não consigo vê-lo como uma refilmagem, exceto pelo uso da marca. Será que não poderiam chamá-lo de "Kung Fu Kid" ? Seil lá...
Thiago Lucio2010-09-19 11:53:30

Share this post


Link to post
Share on other sites
O que me espanta é a duração do filme. Duas horas e 20 minutos. Não me recordo' date=' mas acho que o original que vi tantas vezes na sessão da tarde não tinha isso tudo. [/quote']

 

Cara, isso realmente tinha me impressionado, mas tenho que reconhecer que o filme é muito bem contado, a narrativa não se apressa ao narrar a história, em desenvolver os personagens. A participação do Dre no torneio, por exemplo, se dá com 45 minutos de filme, o que é bastante coisa. Existe depois toda a parte de treinamento e preparação, os conflitos entre os personagens se desenvolvem, inclusive a subtrama romântica de Dre com a chinezinha, além do passado dramático do personagem do Chan. E depois vem o clímax com o torneio em si que, infelizmente, traz o filme pra baixo já que o momento mais desinteressante do filme.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

... E depois vem o clímax com o torneio em si que' date=' infelizmente, traz o filme pra baixo já que o momento mais desinteressante do filme.[/quote']

 

 

 

Pois é. por isso dei 8/10. O que deveria ser a cereja do bolo é a parte mais fraca...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Thiago Lúcio, discordo veementemente de você!

 

O filme é um remake do primeiro ao último minuto! Todos os elementos do original estão presentes nessa nova versão:

 

- Bulling

- Romancezinho leve

- O drama do mestre que perdeu a família

- O mestre carrasco da academia que desafia o herói

- O treinamento que não parece treinamento (pinta a cerca = tira casaco)

- O mestre com a técnica de cura rápida

- O golpe sujo pra tirar o herói do torneio

- O golpe final pra vencer a luta

 

Entre tantos outros pontos idênticos que não consigo lembrar aqui...
Alexander_Bell2010-09-22 12:36:23

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alexander, confesso que não tenho o filme original tão "fresco" assim na memória e acabei nem fazendo todos estes elos de semelhança, mas embora concorde com você que estes elementos estão presentes nos dois filmes, não acho que o filme atual perde na comparação. Eu consigo gostar dos dois filmes independentemente. Ser a refilmagem de outro filme é algo que me passa quase despercebido, até considero-os independentes, pois gosto de ambos por motivos específicos.

Thiago Lucio2010-09-23 20:57:17

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu fui ver esse filme com total repulsa,Pensava,até pode surgir um bom Daniel Sam,mais não um Senhor Miagy como o do Morita,achei que ia detestar quanto a maioria dos Remakes,mais como ja falaram aqui o filme vai cativando aos poucos,o muleque parecia que ia sair um perfeito canastrão,mais no decorrer do filme foi convencendo,o Jackie Chan foi uma surpresa maior,um mestre tão carismático quanto o Miagy,concordo com o Alexander em gênero,número e grau quanto o Remake ser identico,mais eu estava a tanto tempo sem ver o original que isso nem pesou,até o momento de curar o garoto e do Golpe Final,igualzinho ao Original,o ponto fraco foi mesmo esse,o campeonato pelo menos poderia ter sido completamente diferente,mais a cara de choro do Xiao Dre foi muito mais convicente que a cara de mulherzinha do Daniel Sam quando apanhava,talvez por ser um garotinho,outro que foi quase um ponto fraco,muito crianças os protagonistas,mais levemos em consideração que o Diretor certamente pensava nas sequêcias e que o(s) garoto(os) cresceria(m).Código (F)2010-11-17 16:59:57

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...