Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2011: Indicados e Previsões


Nightcrawler
 Share

Recommended Posts

 

Péra aí! Como assim não restam dúvidas que o trabalho de Bening em Being Julia é melhor que o da Swank em Million Dollar Baby? Eu tenho dúvidas! Portanto' date=' comentário estranho esse seu.

 

E eu acho ela uma boa atriz e as três indicações prévias foram muito bem indicadas. Acontece que não me parece sacanagem comparar a atuação dela em The Kids Are Allright com esses Oscars simplesmente porque a atuação dela é pior que todas essas citadas. Eu vi o filme e pelo que entendi você ainda não. Ou seja...

 

E sobre a recepção do filme nos EUA e acredito que com relação à recepção brasileira quando estrear, faz algum sentido dentro da lógica de que filmes com temas assim já nascem ultra-hypados. Falar de uma família homossexual já é "louvável" e todo mundo sabe que a Academia e a crítica americana ama essa babaquice de ser indie e ser cool ao falar de "temas tabus". Seria lindo se prestasse, coisa que essa Lisa Cholodenko não consegue fazer, diante de sua magnífica incompetência.

 

Mas, não me tomem por extremista, pois todo o elenco (exceto Mark Ruffalo, que é péssimo ator) está bem. Julianne Moore é melhor que Bening, que está correta, e a Mia Wasikowska e o Josh Hutcherson são ótimos. Mas o nome nacional, por incrível que pareça, combina com o filme: Minhas Mães e Meu Pai é nome de comédia vagabunda; o filme é assim mesmo!

[/quote']

 

 

Acho que a gente tem uma relação muito boa e vc sabe o respeito que tenho por suas colocações.  Dito isso, olha Thico eu acho muito complicado dizer que ela está pior por exemplo que Paltrow (hoje uma grande atriz), mesmo sem ter visto o filme, mas ela nunca apresentou uma atuação ruim, até em filmes medianos como Correndo com tesouras está soberba.  Acho que grande parte aqui acha ela melhor que Swank, principalmente em 2005, embora eu goste muito da sua atuação no filme do Eastwood.  Se ela estiver correta, que bom, porque uma atuação correta da Bening é atuação festejada de muitas atrizes por aí, vide Anne Hathaway em Rachel... Knightley em Orgulho e Preconceito, enfim.  Não sou contra a dar prêmio pela carreira, como foi o caso do Scorsese, da Julia, da Sandra, prêmios que eu até acho que foram justos de merecimentos, mas era a Academia dizendo: "Marty, estamos tirando o peso que você nos representa das costas, Julia, valeu por ser uma grande estrela, Sandra, valeu pela simpatia, por ter vendido ingressos como nenhuma outra atriz antes..."  Lembrando que a grande Judi Dench ganhou um Oscar por apenas 8 minutos e por estar correta.  Todas as suas indicações foram grandiosas, com exceção de Chocolate.  E nem estamos falando de prêmios esquisitos como Helen Hunt, Zellweger, Hudson, Basinger, Sorvino...

Só não leve meu comentário para o lado pessoal.  Bening, pra mim, junto com Moore, Blanchett, Winslet e Paltrow são atrizes de um mesmo peso.  Todas excelentes.  Agora eu também preferia que Bening ganhasse por Mother and Child.

 

Mas guidon, não estou levando seu comentário para o lado pessoal, acredite. E caso isso tenha parecido evidente por conta do "tom" da minha resposta, peço desculpas. Mas eu realmente tenho problemas com colocações feitas baseadas pura e simplesmente em achismos. Daí o que eu disse, já que você de certo modo "defende" Bening, mesmo sem ter visto o filme.

 

Dito isso, vamos aos pontos. Que Annette Bening é uma boa atriz, isso eu não nego (e nem neguei em momento algum nos meus posts, muito pelo contrário). Mas nunca na história um ator chegou a ser considerado infalível. Todos eles erraram, talvez a exceção de James Dean, mas mesmo assim por ele ter morrido tendo feito somente aqueles três grandes filmes. Annette Bening pode errar na escolha de um papel e mesmo assim estar correta. Nem por isso ela merece ganhar um Oscar. Ela não está simplesmente pior que Gwyneth Paltrow, justamente por nem ela, nem Paltrow, estarem mal em seus papéis. Acontece que Paltrow ganhou um Oscar por uma atuação correta e até hoje é esculachada. Pelo menos ela era protagonista absoluta do filme. Bening, se ganhar, tem a historinha da carreira por trás. O que isso difere do caso de Paltrow? NADINHA! Os fatos, para mim, é que Paltrow, caso concorresse esse ano com Bening, ambas com as atuações dos filmes citados, deveria ganhar o Oscar, ainda que nenhuma realmente merecesse.

 

Outra coisa é que o papel é tão superficial que até mesmo a atuação que você citou em Correndo com Tesouras - e o filme - são melhores que os trabalhos em The Kids Are Allright. Se a premiação acontecer, será por conta de carreira, será por buzz, será pelo que for, menos por mérito. E para mim não adianta citar Oscar de gente que estava somente correta, porque isso não vale de nada. A Academia supostamente deveria premiar o melhor, mas premia a política. Annette Bening, se ganhar um Oscar por The Kids Are Allright, será o maior dos exemplos de política que dita as regras em premiações. Uma pena, ainda mais num ano que Juliette Binoche entrega seu melhor trabalho, algo antológico. E olha que ela tem uma carreira ainda mais respeitável...

 

E pra finalizar, Jennifer Hudson, Helen Hunt, Mira Sorvino e Kim Bassinger mereceriam mais o Oscar que Annette Bening, caso as atuações fossem nesse ano. Além do mais, Hunt e Sorvino mereceram seus prêmios em seus respectivos anos, na minha opinião. E mais, com atuações que vão além do que se presupõe como "correto".

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 2.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Ah, outra coisa: você citou Anne Hathaway...veja The Kids Are Allright e ache uma cena que chegue na metade da carga dramática que Hathaway atinge no embate com a mãe em Rachel Getting Married, ou na cena que ela revela o que aconteceu com o irmão. Acredite, não tem!

 

Link to comment
Share on other sites

E vi The Town, do Ben Affleck e já se tornou lugar comum dizer que ele deveria só dirigir filmes, já que ele é um ator bastante limitado, mas um diretor pelo menos interessante. O filme é meio padrão, mas gostaria de dizer que se Blake Lively recebesse uma indicação ao prêmio de coadjuvante, não me pareceria absurdo. E não seria a primeira vez que uma série adolescente revelaria uma atriz promissora (vide Michelle Williams, que de Dawson's Creek passou a ser considerada um dos melhores nomes da geração).

 

Ah, só pra constar, não estou comparando Blake Lively com Michelle Williams.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Ok Thico, a gente continua amigo ok?  Eu realmente torço pra Bening.  Como eu disse, mesmo sem ter assistido aos dois, preferia que ela ganhasse por Mother and Child.  Mas o buzz dela tá forte, com críticos, e eles não tem motivos pra sentimento de injustiça com ela.  Enfim, acho que aí entra gosto também.  Só sublinho, até engulo a Helen Hunt mas Sorvino jamais, além do filme que é um saco.

 

OFF:

DILMA A NOSSA PRESIDENTE!01
Link to comment
Share on other sites

Os críticos podem não ter sentimento de injustiça (?...), mas o buzz tem. É justamente aí que reside a "ciência" de se prever o Oscar, em lógicas como o bom e velho prêmio de consolação. Mas não digo que todo mundo irá achar o filme ruim como eu ou Bening irrelevante como eu. Só que também digo que não me lembro de um prêmio de interpretação tão absurdo como a possibilidade deste. Claro que tudo pode mudar e sinceramente torço por isso, pois caso contrário, a Academia estará ainda mais fundo e fundo em qualquer tipo de idéia de importância, ao menos para mim. 

 

Link to comment
Share on other sites

Mas Thico, mesmo que você discorde, premiar a Bening pelo "conjunto da obra" mesmo que por um trabalho, a seu ver, apenas correto não seria essa tragédia.  Poxa, ela é uma grande atriz e o Oscar faz isso mesmo, não tem jeito.  Prefiro ver ela ganhar do que Zellweger, Hudson, Berry...  São três exemplos de Oscar injustos que se basearam em razão de coisas muito menores (a cor da pele e o excesso de indicações sem prêmio).  Esse último seria o caso dela, mas nem se compara ela com a Renée.  Aí é inferno na certa, sem direito a perdão.06

Link to comment
Share on other sites

Eu não concordo muito com a colocação dos três exemplos citados como de mesma ordem, pois não acredito que sejam casos semelhantes. Halle Berry pode até ter sobre si as acusações de ter levado o prêmio por uma política de aceitação racial, mas eu acho que é uma atuação excelente. No meu gosto pessoal, premiaria Sissy Spacek, mas Berry não tem um Oscar injusto de maneira alguma. Jennifer Hudson também não ganhou um Oscar injusto ou absurdo. Era uma categoria fraca como um todo no ano que Hudson ganhou e que ela é a força maior de Dreamgirls, é inegável. Premiaria Adriana Barraza, mas sem muito entusiasmo por nenhuma das duas. E em qualquer caso, não se tratam de atuações corretas ou prêmios de consolação, pois são performances fortes.

 

Já Renée Zellweger...bem, essa está na mesmíssima condição de Annette Bening. Por conta de duas derrotas prévias - e consecutivas - ganhou força e hype para que a terceira lhe garantisse o prêmio. BINGO!

 

Eu acho sim guidon que Oscar por performance apenas correta é sim um absurdo, ainda mais caso você olhe direito para a concorrência da vitoriosa. Se não for justo, é injustiça, então que Annette Bening ganhe seu Oscar quando ele for dela de direito.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Vou tentar exemplificar melhor como eu vejo uma indicação/vitória de Annette Bening. Esse ano, Mo'Nique veio com um mega hype por conta do igualmente mega hypado Precious e acabou ganhando todos os prêmios do ano. A categoria dela era vergonhosa, com atuações bastante medianas. Mo'Nique não é brilhante, mas é a única coisa minimamente razoável em Precious (ela, não seu personagem), portanto eu digo que o Oscar dela, tendo em consideração suas concorrentes, foi justo. E daí, mesmo Mo'Nique não sendo uma grande merecedora do prêmio para mim, imagine se Maggie Gyllenhaal ganhasse o prêmio. Nunca entenderei a indicação de Gyllenhaal e é um papel semelhante ao de Bening, sem o hype. A atuação é correta, mas qualquer outra pessoa poderia fazer e de maneira alguma salta aos olhos no filme. Se Maggie Gyllenhaal ganhasse um Oscar por Crazy Heart, independente de Mo'Nique não ser brilhante, seria uma grande injustiça, simplesmente porque ela está medíocre.

 

Se Annette Bening ganhar um Oscar por The Kids Are Allright, será algo parecido.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Discordo de vcs! 06

Naum acho q exista uma tendência pela Annette Bening. A Portman tem a atuação mais elogiada do ano, mas naum sei se tem condições de vencer pelo fato de Black Swan ser um filme difícil. Portanto, até o momento, para mim, o buzz mais forte é o de Jennifer Lawrence. Se o Oscar fosse hj, talvez apostasse nela.
Link to comment
Share on other sites

Chamem de implicância, mas se esse filme entrar mesmo fácil na lista de 10, Annette Bening pode ganhar o Oscar e junto dela o Ben Affleck, como melhor ator pelo The Town!

 

Outra coisa que me faz relutar com relação a uma vitória dela: ela e Julianne Moore são protagonistas, mas poderiam ser ambas classificadas como coadjuvantes entre si. Não acredito que Bening tenha mais tempo de tela que Marion Cottilard, por exemplo, que apesar de protagonista em Nine, muita gente achou que deveria ter ido como coadjuvante (eu inclusive).

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

Bening to be honored at Santa Barbara fest

Posted by Guy Lodge · 11:10 am · November 1st, 2010

 

bening.jpgIt’s

not exactly a precursor, but the news we just received that Annette

Bening is to receive the American Riviera Award at next year’s Santa

Barbara International Film Festival is a bullish omen for her Oscar

chances.

The prize, a career achievement award given annually to “an actor who

has had a strong influence on American cinema,” has coincided with the

Academy Award more often than not in the past five years: Philip Seymour

Hoffman, Forest Whitaker and Sandra Bullock 03all scooped it up on their

campaign trails, while it presaged nominations for Tommy Lee Jones and

Mickey Rourke. Clearly, festival director Roger Durling and his team

think Bening’s hour has come.

Bening has a good relationship with the SBIFF: she was previously

honored with their Montecito Award in 2005. The award will presented on

January 28, the second day of the fest — accompanied, as is their

custom, by an onstage retrospective and Q&A with the actress. As

usual, Kris will be attending the festival to bring you the highlights

of the occasion. Press release excerpt after the cut.

Continue reading »

 

Cain2010-11-01 16:29:08

Link to comment
Share on other sites

Eu não concordo muito com a colocação dos três exemplos citados como de mesma ordem' date=' pois não acredito que sejam casos semelhantes. Halle Berry pode até ter sobre si as acusações de ter levado o prêmio por uma política de aceitação racial, mas eu acho que é uma atuação excelente. No meu gosto pessoal, premiaria Sissy Spacek, mas Berry não tem um Oscar injusto de maneira alguma. Jennifer Hudson também não ganhou um Oscar injusto ou absurdo. Era uma categoria fraca como um todo no ano que Hudson ganhou e que ela é a força maior de Dreamgirls, é inegável. Premiaria Adriana Barraza, mas sem muito entusiasmo por nenhuma das duas. E em qualquer caso, não se tratam de atuações corretas ou prêmios de consolação, pois são performances fortes.

Já Renée Zellweger...bem, essa está na mesmíssima condição de Annette Bening. Por conta de duas derrotas prévias - e consecutivas - ganhou força e hype para que a terceira lhe garantisse o prêmio. BINGO!

Eu acho sim guidon que Oscar por performance apenas correta é sim um absurdo, ainda mais caso você olhe direito para a concorrência da vitoriosa. Se não for justo, é injustiça, então que Annette Bening ganhe seu Oscar quando ele for dela de direito.
[/quote']

 

 

Comentários:

 

1- Concordo que Berry esteve muito bem no filme, mas pra mim ela era a "mais fraca" das indicadas, aquele Oscar era da Judi Dench (que ganhou por um trabalho "correto").

 

2- Discordo.  Ficar berrando o filme inteiro e não faz nada além disso (diferente da M'onique, onde concordo inteiramente contigo).  Tinha a Cate Blanchett, a Barraza, até a Breslin era melhor.  Minha super favorita Rinko Kikuchi, mas essa nunca ia ganhar.  Mas já nas indicações esqueceram da Toni Collette, Maribel Verdú, Lola Dueñas, Phyllis Summerville, Sharon Stone...

 

3- Aqui acho que você pega pesado.  Não tem como comparar a carreira da Bening com a da Zellweger, atriz que gostei em Jerry Maguire, Enfermeira Betty, Bridget Jones (o primeiro, claro), Chicago.  Mas ela está péssima em Cold Mountain, não chega nem ao suposto "corretismo" da Bening em Minhas mãe e meu pai.  Enfim, só comentários.   
Link to comment
Share on other sites

Acho que eles vão querer empurrar a Swank goela abaixo, assim como tentaram no começo com Hathaway.  Melhor atriz a minha torcida é clara pela Bening, mesmo que esteja só "correta".  Entre as coadjuvantes, gosto muito da Helena, mas pelo trailer me parece que a Amy Adams dá show em The Fighter.  Vai ser difícil escolher por quem torcer.

Link to comment
Share on other sites

Sync, não sei se é barbada não.  Acho que o Firth vem com grande força.  Será que o filme tem essa força toda, pra duas atuações premiadas?  Tomara, mas Adams está no páreo.  E Saulo, não sei porque, mas não consigo compartilhar da mesma opinião que você sobre a Portman, nem em Closer.  Sexy, mas não linda.

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...