Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2011: Indicados e Previsões


Nightcrawler
 Share

Recommended Posts

 

 

Eu torço contra o filme mexicano.  E ainda duvido que entre e se entrar' date=' perde.  Eu achei presunçoso e muito prepotente quando o Iñarritu declarou que Babel não deveria ser comparado a Crash, que pra ele é um filme muito ruim.  Eu concordo, não dá pra comparar mesmo, porque o filme do Haggis é excelente e o dele tem um argumento excepcional mas uma realização sofrível.  Não acho que seus filmes são grande coisa, a única coisa realmente maravilhosa que ele fez foi 21 Gramas, mas com uma ajuda e tanto do elenco, montagem e roteiro. 

 
[/quote']

 

Concordo demais com relação à Babel, bom argumento que se desenvolve num filme nada orgânico, cansativo e pedante. O menos bom da trilogia, adoro Amores Brutos e 21 gramas (que tem um elenco e atuações de arrepiar, adoro particularmente Naomi Watts). Já Crash... é mais complicado rs...  mas não odeio.

 

.....

 

Até cheguei a pensar que o Brasil poderia entrar na lista do Oscar, já que na categoria de Melhor Filme Estrangeiro muita barbaridade já entrou e filmes muito piores do que o  candidato brasileiro já até ganharam. Pensei que o lado político poderia nos ajudar.

 

Mas percebo que a Academia tem acertado mais nessa categoria com o passar dos anos, quem sabe os votantes estão começando a realmente ver os filmes?

 

Se o Brasil quiser concorrer ao Oscar novamente tem que começar a escolher filmes melhores, não os com melhores bilheterias. E ainda reinvindico um cinema mais livre da linguagem de novela que impregna muitos dos nossos filmes, carentes de bons roteiros e bons diretores. O pior é que existem bons novos cineastas, com bons filmes, que passam batido...

 

 

 

Leleo2011-01-20 12:11:08

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 2.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Tem duas categorias que eu simplesmente me recuso a fazer qualquer tipo de previsão:

 

 

 

Filme estrangeiro

 

Canção

 

 

 

Esse papinho de "filme que agradará o Oscar" é balela. Manda o melhor e ponto. O Oscar não tem qualquer lógica e critério nessa categoria mesmo.Sync2011-01-20 12:49:12

Link to comment
Share on other sites

 

Pra quem pretendia esperar até 25 de Fevereiro para ver Blue Valentine no cinema' date=' esqueça. A Paris Filmes mudou a data para 17 de Junho e soltou o título em português... Namorados Para Sempre

 

Pai nosso que estais no céu... 14

[/quote']

 

Pior notícia do ano? (as duas, do prazo e do nome)

 

Link to comment
Share on other sites

Aí é que tá: Babel só vale pelo segmento do Japão (a Rinko Kikuchi devia ter levado Oscar) já Crash vale pelo filme todo, eu realmente não me incomodo com os clichês desse filme, mas numa análise mais genérica, ele e o filme do Iñarritu estão no mesmo balaio, como foi dito, foi muita prepotência ele meter o pau e o filme dele não ser maravilhoso.   É ok e graças ao Japão.

 

Sobre o Brasil no Oscar, todos nós sabemos que, por mais que A vida é bela seja um ótimo filme, Central é melhor e aqueles Oscars foram comprados.  Realmente eu acho que o Walter faz filmes que conseguem agradar a eles, Abril despedaçado deu azar.  Linha de passe é um filme excepcional e realmente houve um jantar em homenagem a ele lá em L.A. e vários membros da comissão foram prestigiar e exibiram o filme.  Ao final, muitos deles "brigaram" com o Waltinho, falando que o filme era perfeito pra dar o Oscar pro Brasil.  Eu pessoalmente concordo com o Sync, tem que mandar o melhor mesmo.  Esse ano temos Xingu do Cao Hamburger, o filme do Vicente Amorim, do Breno Silveira....
Link to comment
Share on other sites

O Iñarritu é bem esnobe mesmo, e sem necessidade, é o mais fraco dos seus três mexicanos que eram tão falados há alguns anos - Cuáron e Del Toro. Falando em Cuáron, essa piada que se tornou o novo filme dele tem me deixado irritado, sou fã, o último é de 2006, o maravilhoso Children of Men, e até hoje, nada. Só tenho azar com diretores, outro meu favorito, o PTA, tá aí empacado também, uma pena.

Link to comment
Share on other sites

Talvez seja isso Panta, ele tem tanta necessidade de parecer um grande diretor que acha que sendo esnobe vai conseguir o respeito de um grande diretor.  Acho que a prova que Biutiful não vai muito longe pode estar no próprio Globo de Ouro, que fez a bobagem de premiar Babel (um único prêmio) mas não deram o de filme estrangeiro, cometendo a maior surpresa em cinema da noite, porque embora eu achasse que o Depp fosse levar, também seria possível na minha cabeça uma vitória do Giamatti e do Spacey (que provam que não gostam mesmo dele) como ator Musical/comédia. 

Link to comment
Share on other sites

 

Nos últimos anos, tenho ficado com uma certa raiva desse comitê que escolhe o representante do Brasil no Oscar... mto sem noção. Não sei se Lavoura Arcaica (que eu amo) e Abril Despedaçado foram indicados em seus anos.

 

......

 

Vi Blue Valentine, de cortar o coração... muito lindo.

 

Apaixonado pela atuação de Williams e Gosling... torcerei p eles entrarem no Oscar, mas acho bem difícil.

 

 

 

Leleo2011-01-20 15:06:49

Link to comment
Share on other sites

Tive que ver Blue Valentine também. Acabou comigo de um modo devastador, como poucos filmes puderam.

 

Sem excessos, sem maniqueísmos, somente a direta construção da cena e dos personagens. Montagem brilhante, com raccord e elipses de cair o queixo a qualquer tradicional cineasta que pode filmar o tanto que for, ainda pode aprender sobre domínio narrativo de um filme com a direção do Derek Cianfrance.

 

E o Ryan Gosling, inteiro dentro do papel, espetacular. Mas Michelle Williams...Michelle Williams!!!

 

 

Link to comment
Share on other sites

Nos últimos anos' date=' tenho ficado com uma certa raiva desse comitê que escolhe o representante do Brasil no Oscar... mto sem noção. Não sei se Lavoura Arcaica (que eu amo) e Abril Despedaçado foram indicados em seus anos.

......

Vi Blue Valentine, de cortar o coração... muito lindo.

Apaixonado pela atuação de Williams e Gosling... torcerei p eles entrarem no Oscar, mas acho bem difícil.


[/quote']

 

 

 

Leleco, o ano de Lavoura foi o mesmo de Abril.  O último foi o escolhido. Participou da Seleção Oficial do Festival de Veneza 2001 e ganhou um daqueles prêmios dados pelo público (foi a última vez que um filme brasileiro entrou), ficou em segundo lugar no NBR, ganhou L.A., foi indicado pra quase todos prêmios de crítica, concorreu ao Globo, ao BAFTA mas no Oscar...  Eles preferiram indicar Lagaan, filme que acho que ninguém aqui viu, mas passou certa vez na TV, é um filme indiano bem Bollywood, com música, romance impossível, uma coisa totalmente desprezível, um horror.  Definitivamente eles não tiveram capacidade pra entender esse belo filme do Waltinho, talvez ficaram comparando com Central, aí ele perde, mas é ótimo.
Link to comment
Share on other sites

Vi ontem 127 horas.

 

 

 

História belíssima e um protagonista super forte. Boyle mostra que é mesmo um diretor talentoso e mesmo quando parece ter feito um filme menor, já fica acima da média que a maioria dos cineastas.

 

 

 

O filme é todo no Franco, sem dúvida. E ele segura bem o protagonista e constrói muito bem o fundamental elo entre o espectador e protagonista. Uma má atuação afundaria o filme, o que não acontece.

 

 

 

A montagem não é tão feliz como a de Quem quer ser um milionário, apesar de competente, no entanto seu maio acerto técnico reside na fotografia e na trilha sonora.

 

 

 

Meu ranking dos supostos postulantes ao Oscar desse ano:

 

 

 

1.Toy Story 3

 

2.A rede social

 

3.Cisne Negro

 

4.A origem

 

5.Minhas mães e meu pai

 

6.127 horas

 

 

 

 

 

Verei hoje The Town.

Link to comment
Share on other sites

Blue Valentine e Rabbit Hole adiados? São as piores notícias q a gente poderia receber nesta temporada! Enquanto isso a gente tem q engolir O Turista e Zé Colmeia nos cinemas...Ninguém merece esse sistema de distribuição de filmes no Brasil! Essas distribuidoras disputam tanto os filmes do Oscar e quando adquirem, ficam guardando eles  ad eternum ! Se naum tem cacife pra distribuir q ao menos deixe pra outra q realmente tenha intenção d exibí-lo a tempo! 11

 

Pan, onde vc viu q Rabbit Hole estrearia em maio? (Se é q será em maio, eles adiam tanto, ainda mais depois do Oscar...)
Link to comment
Share on other sites

Pois é, na certa vão fazer como a Sony fez com The Last Station. Adiam tanto q acaba q o filme estreia um ano depois de sua edição do Oscar. Será q naum tem ninguém dentro da Paris Filmes q perceba q este tipo de filme tem um publico específico e q é muito mais lucrativo lançá-los durante sua temporada de prêmios? É mesmo difícil de entender o raciocínio e a logística das distribuidoras no Brasil.

Link to comment
Share on other sites

Saíram as indicações do CESAR;

 

Best Film

Heartbreaker (L’Arnacoeur), dir: Pascal Chaumeil
Of Gods and Men (Des Hommes Et Des Dieux), dir: Xavier Beauvois
Gainsbourg (Vie Héroïque), dir : Joann Sfar
Mammuth, dir : Benoît Delépine, Gustave Kervern
Le Nom Des Gens, dir: Michel Leclerc
The Ghost Writer, dir : Roman Polanski
On Tour, dir: Mathieu Almaric

Best Foreign Film
Les Amours Imaginaires, dir: Xavier Dolan
Bright Star, dir: Jane Campion
The Secret In Their Eyes, dir: Juan José Campanella
Illegal, dir : Olivier Masset-Depasse
Inception, dir : Christopher Nolan
Invictus, dir : Clint Eastwood
The Social Network, dir : David Fincher

Best First Film
Heartbreaker (L’Arnacoeur), dir: Pascal Chaumeil
Gainsbourg (Vie Héroïque), dir : Joann Sfar
Simon Werner A Disparu, dir : Fabrice Gobert
Tête De Turc, dir : Pascal Elbé
Tout Ce Qui Brille, dir : Géraldine Nakache

Best Documentary
Benda Bilili !, dir: Florent de la Tullaye, Renaud Barret
Cleveland Contre Wall Street, dir : Jean-Stéphane Bron
Entre Nos Mains, dir: Mariana Otero
Océans, dir : Jacques Perrin, Jacques Cluzaud
Yves Saint Laurent – Pierre Bergé, L’Amour Fou, dir : Pierre Thoretton

Best Animated Film
Arthur 3 Et La Guerre Des Deux Mondes, dir : Luc Besson
L’Homme A La Gordini, dir : Jean-Christophe Lie
L’Illusioniste, dir : Sylvain Chomet
Logorama, dir : H5
Une Vie De Chat, dir : Jean-Loup Felicioli, Alain Gagnol

Best Actor
Gérard Dépardieu, Mammuth
Romain Duris, Heartbreaker (L’Arnacoeur)
Eric Elmosnino, Gainsbourg
Jacques Gamblin, Le Nom Des Gens
Lambert Wilson, Of Gods and Men (Des Hommes Et Des Dieux)

Best Actress
Isabelle Carré, Les Emotifs Anonymes
Catherine Deneuve, Potiche
Sara Forestier, Le Nom Des Gens
Charlotte Gainsbourg, L’Arbre
Kristin Scott Thomas, Sarah’s Key

Best Supporting Actor
Niels Arestrup, L’Homme Qui Voulait Vivre Sa Vie
François Damiens, Heartbreaker (L’Arnacoeur)
Gilles Lellouche, Les Petits Mouchoirs
Michael Lonsdale, Of Gods and Men (Des Hommes Et Des Dieux)
Olivier Rabourdin, Of Gods and Men (Des Hommes Et Des Dieux)

Best Supporting Actress
Anne Alvaro, Le Bruit Des Glaçons
Valérie Bonneton, Les Petits Mouchoirs
Julie Ferrier, Heartbreaker (L’Arnacoeur)
Karin Viard, Potiche

Best Director
Mathieu Amalric, On Tour
Olivier Assayas, Carlos
Xavier Beauvois, Des Hommes Et Des Dieux
Bertrand Blier, Le Bruit Des Glaçons
Roman Polanski, The Ghost Writer

Best Newcomer (Female)
Leïla Bekhti, Tout Ce Qui Brille
Anaïs Demoustier, D’Amour Et D’Eau Fraîche
Audrey Lamy, Tout Ce Qui Brille
Léa Séydoux, Belle Epine
Yahima Torrès, Vénus Noire

Best Newcomer (Male)
Arthur Dupont, Bus Palladium
Grégoire Leprince-Ringuet, La Princesse De Montpensier
Pio Marmaï, D’Amour Et D’Eau Fraîche
Raphaël Personnaz, La Princesse De Montpensier
Edgar Ramirez, Carlos

Best Original Screenplay
Mathieu Almaric, Philippe Di Folco, Marcelo Novias Teles, Raphaëlle Valbrune, On Tour
Bertrand Blier, Le Bruit Des Glaçons
Etienne Comar, Xavier Beauvois, Des Hommes Et Des Dieux
Benoît Delépine, Gustave Kervern, Mammuth
Baya Kasmi, Michel Leclerc, Le Nom Des Gens

Best Adapted Screenplay
Julie Bertuccelli, L’Arbre
Jean Cosmos, François-Olivier Rousseau, Bertrand Tavernier, La Princesse De Montpensier
Robert Harris, Roman Polanski, The Ghost Writer
Eric Lartigau, Laurent De Bartillat, L’Homme Qui Voilait Vivre Sa Vie
François Ozon, Potiche

Best Original Score
Bruno Coulais, Océans
Alexandre Desplat, The Ghost Writer
Grégoire Hetzel, L’Arbre
Delphine Mantoulet, Tony Gatfil, Liberté
Yarol Poupaud, Bus Palladium
Philippe Sarde, La Princesse De Montpensier

Best Sound
Philippe Barbeau, Jérôme Wiciak, Florent Lavallée, Océans
Jean-Marie Blondel, Thomas Desjonquières, Dean Humphreys, The Ghost Writer
Jean-Jacques Ferran, Vincent Guillon, Eric Bonnard, Des Hommes Et Des Dieux
Daniel Sobrino, Jean Goudier, Cyril Holtz, Gainsbourg

Best Cinematography
Christophe Beaucarne, On Tour
Caroline Champetier, Des Hommes Et Des Dieux
Pawel Edelman, The Ghost Writer
Bruno De Keyzer, La Princesse De Montpensier
Guillaume Schiffman, Gainsbourg

Best Editing
Luc Barnier, Carlos
Annette Dutertre, On Tour
Hervé de Luz, The Ghost Writer
Marie-Julie Maille, Des Hommes Et Des Dieux
Marilyne Monthieux, Gainsbourg

Best Costume Design
Olivier Bériot, Adèle Blanc-Sec
Pascaline Chavanne, Potiche
Alexia Crisp-Jones, On Tour
Marielle Robaut, Des Hommes Et Des Dieux
Caroline De Vivaise, La Princesse De Montpensier

Best Art Direction
Michel Barthélémy, Des Hommes Et Des Dieux
Guy-Claude François, La Princesse De Montpensier
Albrecht Konrad, The Ghost Writer
Christian Marti, Gainsbourg
Hugues Tissandier, Adèle Blanc-Sec

Best Short Film
Logorama, dir: H5
Monsieur L’Abbé, dir: Blandine Lenoir
Petit Tailleur, dir : Louis Garrel
Un Transport En Commun, dir : Dyana Gaye

Une Pute Et Un Poussin, dir : Clément Michel

-----

 

Of Gods and Men lidera as indicações com 11, seguido por Gainsbourg e The Ghost Writer com 8. Engraçado ver o Heartbreaker na lista, acho que merecia mais indicação em ator mesmo só. Kristin Scott Thomas lembrada pelo terceiro ano consecutivo. Bright Star em filme estrangeiro!
Link to comment
Share on other sites

Le bruit des glaçons, indicado a 3 Césars, foi o primeiro filme

que eu vi quando vim morar na França. Tenho um carinho enorme pelo

filme, que é lindo... com um roteiro fantástico, sensível e inteligente e

uma atuação maravilhosa de Anne Alvaro e um elenco maravilhoso. Quem gosta do cinema francês,

vai amar esse filme...

 

 

 

O argumento é super interessante: um escritor alcóolatra recebe a visita incarnada do seu câncer e tem que lidar com a presença nada agradável dessa visita. É uma comédia dramática muito boa. 

 

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...