Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2011: Indicados e Previsões


Nightcrawler
 Share

Recommended Posts

O mais depreciativo na opinião do cara é que ele coloca que a atuação contida e discreta é maior ou melhor do que uma atuação histriônica ou afetada. Ok, às vezes menos é mais, mas não existe uma regra, não dá pra dizer que uma postura como a de Hoffman ou Bale é pior do que os outros, são representações diferentes apenas. Não se trata necessariamente de exercícios de ego...Thiago Lucio2011-01-27 19:53:54
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 2.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Fogueira das vaidades: Sobre atuacoes. Eu compreendo atuacao para cinema da seguinte maneira' date=' especialmente atores hollywoodiano, ex: acabei de ver Bravura indomita e é nitidamente claro que o Jeff esta interpretando por todos os poros, no mal sentido eu digo. Ele náo some no personagem, voce ve ali um tour de force. E incomoda realmente voce apreciar uma atuacao narcisista. Posso exemplificar milhares de atuacoes assim, mas deixarei para o grande degustador de cinema perceber essa nem tao sutil diferenca entre atuar e viver um papel.  [/quote']

 

acho que foi mais ou menos por aí o que o autor do texto quis ir, principalmente a parte em negrito (pelo menos foi o que passou pra mim)...  e não que o cara estava ditando o que é certo ou errado, ou o que tem mais ou menos valor.

 

De qualquer maneira, uma análise interessante como bem disse o Guidon.

 

 

 
Link to comment
Share on other sites

Fogueira das vaidades: Sobre atuacoes. Eu compreendo atuacao para cinema da seguinte maneira' date=' especialmente atores hollywoodiano, ex: acabei de ver Bravura indomita e é nitidamente claro que o Jeff esta interpretando por todos os poros, no mal sentido eu digo. Ele náo some no personagem, voce ve ali um tour de force. E incomoda realmente voce apreciar uma atuacao narcisista. Posso exemplificar milhares de atuacoes assim, mas deixarei para o grande degustador de cinema perceber essa nem tao sutil diferenca entre atuar e viver um papel.  [/quote']

 

acho que foi mais ou menos por aí o que o autor do texto quis ir, principalmente a parte em negrito (pelo menos foi o que passou pra mim)...  e não que o cara estava ditando o que é certo ou errado, ou o que tem mais ou menos valor.

 

De qualquer maneira, uma análise interessante como bem disse o Guidon.

 

 

 

 

 

Eu acho o ponto de vista interessante, embora eu discorde da primeira parte.  Ele por exemplo elogiou os tremiliques constrangedores da Hathaway (leia-se a atuação como um todo) nesse filme idiota do levanta velho.  Eu detestei!06
Link to comment
Share on other sites

A Streep vai ser indicada pelo papel da Margaret Tatcher e a Kate deve entrar pelo filme do Polanski' date=' qualquer que seja o ano que ele for lançado.  Sem contar que esse ano ela certamente vai ganhar o Emmy, o Globo e o SAG ano que vem pela minissérie do Haynes.[/quote']

 

 

 

Sim, ganhará os três!

Link to comment
Share on other sites

MAis sobre atuacoes. Acabei de ver o filme O vencedor. Ai uma grande exemplo de atuacao em que o ator some no personagem: Melissa Leo, fantastica. Voce ja viu aquela mulher em varios lugares. Sem afetacao, organica, excelente. Ja o BAle, fiquei um pouco com o pe atras, me lembrou a atuacao do Pitt em 12 macacos, uma atuacao um pouco alem do necessario. Enfim, mas a Leo matou a pau.

Link to comment
Share on other sites

Fogueira das vaidades: Sobre atuacoes. Eu compreendo atuacao para cinema da seguinte maneira' date=' especialmente atores hollywoodiano, ex: acabei de ver Bravura indomita e é nitidamente claro que o Jeff esta interpretando por todos os poros, no mal sentido eu digo. Ele náo some no personagem, voce ve ali um tour de force. E incomoda realmente voce apreciar uma atuacao narcisista. Posso exemplificar milhares de atuacoes assim, mas deixarei para o grande degustador de cinema perceber essa nem tao sutil diferenca entre atuar e viver um papel.  [/quote']

 

acho que foi mais ou menos por aí o que o autor do texto quis ir, principalmente a parte em negrito (pelo menos foi o que passou pra mim)...  e não que o cara estava ditando o que é certo ou errado, ou o que tem mais ou menos valor.

 

De qualquer maneira, uma análise interessante como bem disse o Guidon.

 

 

 

 

Eu acho o ponto de vista interessante, embora eu discorde da primeira parte.  Ele por exemplo elogiou os tremiliques constrangedores da Hathaway (leia-se a atuação como um todo) nesse filme idiota do levanta velho.  Eu detestei!06

 

cara, como vc ama a Hathaway né...06

 

Não vi muita coisa dela mas a acho bem sem graça, falta algo... apesar de bonita.

 

PS: E que filme é esse do levanta velho?06

 

 

 
Sall2011-01-28 09:35:35
Link to comment
Share on other sites

MAis sobre atuacoes. Acabei de ver o filme O vencedor. Ai uma grande exemplo de atuacao em que o ator some no personagem: Melissa Leo' date=' fantastica. Voce ja viu aquela mulher em varios lugares. Sem afetacao, organica, excelente. Ja o BAle, fiquei um pouco com o pe atras, me lembrou a atuacao do Pitt em 12 macacos, uma atuacao um pouco alem do necessario. Enfim, mas a Leo matou a pau.[/quote']

 

Vc que já viu os dois filmes:

apesar de uma ser protagonista de fato, qual atriz coadjuvante premiaria?

A novata Steinfeld ou a Melissa?

 
Link to comment
Share on other sites

Uma familiar minha de 12 anos, desde que começou essa época de apostas para o Oscar (dezembro/2010), aposta em "O Discurso do Rei". Se ela acertar, vou ficar com raiva de ela ter conseguido prever, mesmo que o filme seja bom e eu acabe apostando nele na reta final. Por outro lado, ano que vem vou pedir para ela fazer a previsão de todos os indicados ainda na primeira etapa para eu ganhar o Bolão. 06.gif

Link to comment
Share on other sites

Fogueira das vaidades: Sobre atuacoes. Eu compreendo atuacao para cinema da seguinte maneira' date=' especialmente atores hollywoodiano, ex: acabei de ver Bravura indomita e é nitidamente claro que o Jeff esta interpretando por todos os poros, no mal sentido eu digo. Ele náo some no personagem, voce ve ali um tour de force. E incomoda realmente voce apreciar uma atuacao narcisista. Posso exemplificar milhares de atuacoes assim, mas deixarei para o grande degustador de cinema perceber essa nem tao sutil diferenca entre atuar e viver um papel.  [/quote']

 

acho que foi mais ou menos por aí o que o autor do texto quis ir, principalmente a parte em negrito (pelo menos foi o que passou pra mim)...  e não que o cara estava ditando o que é certo ou errado, ou o que tem mais ou menos valor.

 

De qualquer maneira, uma análise interessante como bem disse o Guidon.

 

 

 

 

Eu acho o ponto de vista interessante, embora eu discorde da primeira parte.  Ele por exemplo elogiou os tremiliques constrangedores da Hathaway (leia-se a atuação como um todo) nesse filme idiota do levanta velho.  Eu detestei!06

 

cara, como vc ama a Hathaway né...06

 

Não vi muita coisa dela mas a acho bem sem graça, falta algo... apesar de bonita.

 

PS: E que filme é esse do levanta velho?06

 

 

 

 

 

Eu realmente amo a Hathaway06  O pior é ouvir que ela era a melhor atriz no ano em que foi indicada ao Oscar (sim, eu ouvi isso, por incrível que pareça!).  Ela ganha um Oscar logo, logo, eles se apaixonaram por ela não sei porque cargas d'água.  Não acho feia, mas tampouco bonita.  O filme do levanta velho é Love and others drugs, um dos temas (dizem que tem mais temas do que O retorno do rei tem finais) é o surgimento do azulzinho viagra, que o James Cameron esqueceu de incluir em Avatar.
Link to comment
Share on other sites

Pois é, a Leo é meio que desconhecida, quantos filmes nós vimos dela?Eu confesso que só Frozen River. Se começar a chamar atenção sempre, veremos repetições, inevitável. Falam do Bale, pelos trailers e vídeos a atuação dele me lembrou um pouco a de "O Operário". É aquela coisa, fisicamente transformada, a pessoa já leva metade dos pontos - a Academia adora uma maquiagem, um ator que emagreceu tantos quilos -; se você é bonzinho, se esforça um pouco mais?Oscar!

Link to comment
Share on other sites

Por incrível que possa parecer, a temporada de premiações do circuito de crítica norte-americano só terminou hoje, com a Denver Film Critics Society liberando sua lista de vencedores: The Social Network em Filme, Direção e Roteiro Adaptado; Inception em Roteiro Original; Firth, Portman, Bale, Leo nas categorias de atuação.

 

Ao todo foram 30 órgãos. Eis o placar final:

 

Filme

The Social Network: 25

Inception: 2

127 Hours: 1

Black Swan: 1

The King's Speech: 1

Winter's Bone: 1

 

Direção

David Fincher: 22

Christopher Nolan: 6

Darren Aronofsky: 3

Olivier Assayas: 1

Danny Boyle: 1

 

Ator

Colin Firth: 17

Jesse Eisenberg: 6

James Franco: 6

Colin Farrell: 1

 

Atriz

Natalie Portman: 19

Jennifer Lawrence: 5

Annette Bening: 2

Kim Hye-ja: 1

Lesley Manville: 1

Giovanna Mezzogiorno: 1

Michelle Williams: 1 

Ator Coadjuvante

Christian Bale: 22

Geoffrey Rush: 3

John Hawkes: 2

Niels Arestrup: 1

Armie Hammer: 1

Mark Ruffalo: 1

 

Atriz Coadjuvante

Hailee Steinfeld: 11

Melissa Leo: 9

Jacki Weaver: 4

Amy Adams: 2

Mila Kunis: 1

Juliette Lewis: 1

Lesley Manville: 1

Olivia Williams: 1

 

Roteiro

The Social Network: 27

Inception: 8

The King's Speech: 3

The Kids Are All Right: 2

Black Swan: 1

Buried: 1

Four Lions: 1

Oberon2011-01-28 18:01:48
Link to comment
Share on other sites

MAis sobre atuacoes. Acabei de ver o filme O vencedor. Ai uma grande exemplo de atuacao em que o ator some no personagem: Melissa Leo' date=' fantastica. Voce ja viu aquela mulher em varios lugares. Sem afetacao, organica, excelente. Ja o BAle, fiquei um pouco com o pe atras, me lembrou a atuacao do Pitt em 12 macacos, uma atuacao um pouco alem do necessario. Enfim, mas a Leo matou a pau.[/quote']

 

Vc que já viu os dois filmes:

apesar de uma ser protagonista de fato, qual atriz coadjuvante premiaria?

A novata Steinfeld ou a Melissa?

 

Apesar de ter gostado muito da garotinha de Bravura indomita, sem duvida alguma a Melissa LEo. Em Frozen river ela da uma intensidade, um sofrimento a personagem, que somente uma atriz sensivel, com um bom estofo emocional conseguiria. 
Link to comment
Share on other sites

MAis sobre atuacoes. Acabei de ver o filme O vencedor. Ai uma grande exemplo de atuacao em que o ator some no personagem: Melissa Leo' date=' fantastica. Voce ja viu aquela mulher em varios lugares. Sem afetacao, organica, excelente. Ja o BAle, fiquei um pouco com o pe atras, me lembrou a atuacao do Pitt em 12 macacos, uma atuacao um pouco alem do necessario. Enfim, mas a Leo matou a pau.[/quote']

 

Vc que já viu os dois filmes:

apesar de uma ser protagonista de fato, qual atriz coadjuvante premiaria?

A novata Steinfeld ou a Melissa?

 

Apesar de ter gostado muito da garotinha de Bravura indomita, sem duvida alguma a Melissa LEo. Em Frozen river ela da uma intensidade, um sofrimento a personagem, que somente uma atriz sensivel, com um bom estofo emocional conseguiria. 

 

É, em Rio Congelado ela manda muito bem mesmo.

 

 
Link to comment
Share on other sites

Fogueira das vaidades: Sobre atuacoes. Eu compreendo atuacao para cinema da seguinte maneira' date=' especialmente atores hollywoodiano, ex: acabei de ver Bravura indomita e é nitidamente claro que o Jeff esta interpretando por todos os poros, no mal sentido eu digo. Ele náo some no personagem, voce ve ali um tour de force. E incomoda realmente voce apreciar uma atuacao narcisista. Posso exemplificar milhares de atuacoes assim, mas deixarei para o grande degustador de cinema perceber essa nem tao sutil diferenca entre atuar e viver um papel.  [/quote']

 

acho que foi mais ou menos por aí o que o autor do texto quis ir, principalmente a parte em negrito (pelo menos foi o que passou pra mim)...  e não que o cara estava ditando o que é certo ou errado, ou o que tem mais ou menos valor.

 

De qualquer maneira, uma análise interessante como bem disse o Guidon.

 

 

 

 

Eu acho o ponto de vista interessante, embora eu discorde da primeira parte.  Ele por exemplo elogiou os tremiliques constrangedores da Hathaway (leia-se a atuação como um todo) nesse filme idiota do levanta velho.  Eu detestei!06

 

cara, como vc ama a Hathaway né...06

 

Não vi muita coisa dela mas a acho bem sem graça, falta algo... apesar de bonita.

 

PS: E que filme é esse do levanta velho?06

 

 

 

 

 

Eu realmente amo a Hathaway06  O pior é ouvir que ela era a melhor atriz no ano em que foi indicada ao Oscar (sim, eu ouvi isso, por incrível que pareça!).  Ela ganha um Oscar logo, logo, eles se apaixonaram por ela não sei porque cargas d'água.  Não acho feia, mas tampouco bonita.  O filme do levanta velho é Love and others drugs, um dos temas (dizem que tem mais temas do que O retorno do rei tem finais) é o surgimento do azulzinho viagra, que o James Cameron esqueceu de incluir em Avatar.

 

06 06

 

Sobre o filme, já sei qual é. Entrou em cartaz esse final de semana aqui... As chamadas na TV estão passando desde ontem.

 

 
Link to comment
Share on other sites

A Melissa Leo é uma ótima atriz. Conheci ela em "21 Gramas", ela estava magnífica fazendo par de cena com o Benicio Del Toro, as sequências entre os dois, a carga dramática que a sua personagem carrega em função dos demônios que o homem que ela ama carrega em sua mente pelo peso da culpa é de uma intensidade ímpar muito em função da sua intensa performance.

 

Ela mandou muito bem em "Três Enterros". É um personagem secundário que funciona como um elo emocional para o personagem de Tommy Lee Jones, tem uma participação relativamente pequena, mas é como se a sua personagem representasse um suspiro de vida para o personagem de Jones assim como ele acaba funcionando para ela também. Sua atuação é marcante, sensível, naturalista.

 

Eu gostei dela em "Rio Congelado", até acho que o filme é ela muito mais do que o filme em si, mas ainda assim considero que ela esteve melhor em "21 Gramas" e até mesmo em "Três Enterros". Ou seja, os 3 trabalhos que eu vi dela são muito apreciáveis, ainda não a vi errando.
Thiago Lucio2011-01-28 22:06:28
Link to comment
Share on other sites

Concordo, acho que entre as indicadas daquele ano ela estaria em segundo, só atrás da Winslet mesmo.  Ficaria até na minha lista definitiva: Winslet, Thomas, Leo, Hawkins e Streep.  Eu gosto bastante da Hathaway em Rachel... só não concordo que ela era a melhor.  A Rosemerie DeWitt tá superior a ela no filme.

Link to comment
Share on other sites

Não lembrava dela em 21 gramas e em Três enterros.

 

 

 

Mas gosto dela em Rio Congelado.

 

 

 

 

 

Legenda de O Discurso do Rei pronta. Se eu não assistir hoje de madrugada não consiguirei assisti-lo até segunda a noite.

 

 

 

Dormir menos para assistir ao candidato a "futuro front-runner do Oscar"? Sim! 06.gif

Link to comment
Share on other sites

O Discurso do Rei *****

 

 

 

Ele é tudo que A Rede Social não é. É tradicional, é emotivo, tem muita cara de Oscar e cheio de atores consagrados. A única semelhança entre os dois é que ambos são bons filmes.

 

 

 

Impossível não gostar de O Discurso do Rei. Filme finíssimo, absurdamente bem atuado e muito bem escrito. Não é seco como A rede social e nem melodramático como Shakespeare Apaixonado. É na medida. Natural.

 

 

 

Talvez a trama seja um tanto insólita demais (um rei apreendendo a discursar), o que impossibilita muitas reviravoltas e resulta em um filme até que previsível onde de nada muito espetacular acontece.

 

 

 

A gente já viu 500 filmes britânicos de época que ficam encantados com a sua própria beleza técnica e deixa de lado a trama. Aqui não. Seus figurinos e a direção de arte são orgânicos e não tiram a atenção daquilo que é mais importante: a história. Ou seja, por mais que seja um filme que permitira verdadeiros espetáculos visuais, o filme tomou bastante cuidado e concentra sua maior qualidade em cenas simples e internas, quase teatrais.

 

 

 

O ponto alto do longa são suas atuações, sobretudo na relação entre Rush e Firth. Sempre que os dois estão juntos o filme fica mais interessante. Rush está espetacular e talvez tenha sido sua melhor atuação em muitos anos e para mim poderia vencer o Oscar tranquilamente. Ele é 40% do filme quase. Adoro a Helena Boham Carter, então sou suspeito para falar, mas adoro sua presença no filme. Pena que tem pouco tempo em cena.

 

 

 

Já o mais badalado Colin Firth dá nos nervos com a sua gagueira. Como deve ser horrível essa doença, em querer falar algo e não conseguir. Firth é o centro do filme e segura bem o difícil papel.

 

 

 

Gostei bastante também da trilha sonora, do Alexandre Desplat. Talvez usada em excesso, mas belíssima. Mas em alguns momentos me lembrou trabalhos do Alan Silvestri, principalmente a de Forrest Gump.

 

 

 

 

 

Mas a pergunta que todos aqui do tópico querem saber: é melhor que A Rede Social? São dois bons filmes e qualquer um dos dois que vencer, o prêmio estará em boas mãos. Mas acho que, pelo bem do Oscar, é melhor que A Rede Social vença, pq é mais atual, mais inovador, mais inteligentes e mais "corajoso" que o Rei.

 

 

 

Sync2011-01-29 15:04:43

Link to comment
Share on other sites

Download my friend.  Pra mim assistir a todos os indicados aos Oscars principais (tirando roteiros e filme estrangeiro) só me falta ter Biutiful, que só vou ver por causa do Bardem.  Todos os outros eu tenho baixados, já assisti The Kids..., Black Swan e comecei a ver Winter's Bone mas não terminei.  Mas de cara já dá pra dizer que mereceram as indicações a melhor filme, Portman está extraordinária (novidade...), Bening idem e Lawrence ainda não consegui gostar, mas não terminei de ver o filme.  Crime foi deixar Black Swan de fora de roteiro.  E ontem consegui Blue Valentine com legendas, tô muito feliz.

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...