Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2011: Indicados e Previsões


Recommended Posts

Não gosto nadinha da edição de A Origem. Aliás' date=' não tem muita coisa que eu goste naquele filme.

O som, talvez. E algumas partes da interpretação da Marion Cotillard. Só.[/quote']

 

Pq?

 

Boa parte do "magnetismo" que o fime consegue (seu principal trunfo), se deve à edição.

 

 

 

 
Link to post
Share on other sites
  • Replies 2.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Guidon, como eu já disse na comunidade, não entendo a surpresa. Não lembro de ter dito nunca que Portman era a melhor das indicadas, até por que, só assisti Minhas Mães e Meu Pai alguns dias atrás e, após assisti-lo, posso dizer que considero Bening melhor do que Portman. Mas, antes, já tinha assistido Inverno da Alma, e Jennifer Lawrence não deve nada as duas indicadas. Ainda não assisti Blue Valentine e Rabbit Hole, mas, gente com quem me identifico muito disse que Michelle Williams é a melhor das cinco. Ou seja, independente de quem levar, essa seleção do Oscar 2011 de Melhor Atriz foi muito melhor do que a seleção do Oscar 2010.
Link to post
Share on other sites

Olhando os vencedores do Oscar de melhor filmedos últimos 55 anos, constata-se que desses vencedores, 46 filmes também levaram melhor diretor, enquanto que 29 levaram montagem e 28 levaram roteiro adaptado.

 

Nesses 55 anos apenas TRÊS filmes levaram o prêmio principal sem ter ao menos vencido uma dessas 3 categorias. Me refiro a Gladiador, Carruagens de fogo e Shakespeare Apaixonado.

 

O discurso do Rei será o terceiro filme a conseguir essa proeza? Em 55 anos!!

 

Apenas UM FILME (Traffic), nos últimos 55 anos de história da Academia, levou diretor, montagem e roteiro adaptado (possíveis Oscars do A Rede Social) e perdeu melhor filme.

 

Conclusão:

 

A Rede Social perderá melhor diretor ou montagem ou roteiro. Se ele ganhar todos (o que é MUITO provável), ele vai vencer melhor filme também! Sync2011-02-18 15:51:32

Link to post
Share on other sites

Não gosto nadinha da edição de A Origem. Aliás' date=' não tem muita coisa que eu goste naquele filme. O som, talvez. E algumas partes da interpretação da Marion Cotillard. Só.[/quote']

 

 

 

 

Pq?

 

 

 

Boa parte do "magnetismo" que o fime consegue (seu principal trunfo), se deve à edição.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Então, comigo esse filme não tem magnetismo algum. Quanto à edição, ela se limita a acompanhar as explicações do roteiro, esse é o único foco. A obsessão pra explicar tudo é tanta que o Nolan nem se demora nos planos mais bonitos do filme.

 

 

 

E a sequência na neve é ainda pior editada. Ficou tudo muito confuso ali.

 

 

Link to post
Share on other sites
Não gosto nadinha da edição de A Origem. Aliás' date=' não tem muita coisa que eu goste naquele filme. O som, talvez. E algumas partes da interpretação da Marion Cotillard. Só.[/quote']


Pq?

Boa parte do "magnetismo" que o fime consegue (seu principal trunfo), se deve à edição.

 


Então, comigo esse filme não tem magnetismo algum. Quanto à edição, ela se limita a acompanhar as explicações do roteiro, esse é o único foco. A obsessão pra explicar tudo é tanta que o Nolan nem se demora nos planos mais bonitos do filme.

E a sequência na neve é ainda pior editada. Ficou tudo muito confuso ali.

 

O cara tem que desenvolver o roteiro sobre 6 esferas de ação, sendo que 4 são simultâneas!! Tendo que dar a isso tudo coesão e ritmo (muito ritmo) para prender seu espectador por LONGOS 148 minutos. Não é tarefa fácil...  e até quem não gosta cita como mérito o fato dele realmente segurar o espectador até o fim.

 

A parte da neve pra mim faz o filme cair uns pontos, quase lamentável comparado à tudo o que vinha até ali (imagino o fator comercial pesando e Nolan pensando em algo mais "frenético" e com mais "adrenalina"... pensou errado, resultando no ponto falho de sua produção (desde a idéia de colocar essa sequência no filme, passando pela execução etc). E mesmo assim a edição se virou como pôde.

 

Entendo quem não gostou do "didatismo excessivo" mas se tudo fosse apenas jogado na nossa cara sem as devidas apresentações da lógica interna do filme, não teria o mesmo efeito sobre mim além de facilmente poder se transformar num samba do crioulo doido.

 

 
Link to post
Share on other sites

 

Olhando os vencedores do Oscar de melhor filmedos últimos 55 anos' date=' constata-se que desses vencedores, 46 filmes também levaram melhor diretor, enquanto que 29 levaram montagem e 28 levaram roteiro adaptado.

 

 

 

Nesses 55 anos apenas TRÊS filmes levaram o prêmio principal sem ter ao menos vencido uma dessas 3 categorias. Me refiro a Gladiador, Carruagens de fogo e Shakespeare Apaixonado.

 

 

 

O discurso do Rei será o terceiro filme a conseguir essa proeza? Em 55 anos!!

 

 

 

NUNCA, nos últimos 55 anos de história da Academia, um filme levou diretor, montagem e roteiro adaptado (possíveis Oscars do A Rede Social) e perdeu melhor filme.

 

 

 

Conclusão:

 

 

 

A Rede Social perderá melhor diretor ou montagem ou roteiro. Se ele ganhar todos (o que é MUITO provável), ele vai vencer melhor filme também! [/quote']

Traffic acho que levou montagem, roteiro adaptado e diretor

 

Link to post
Share on other sites
Olhando os vencedores do Oscar de melhor filmedos últimos 55 anos' date=' constata-se que desses vencedores, 46 filmes também levaram melhor diretor, enquanto que 29 levaram montagem e 28 levaram roteiro adaptado.

Nesses 55 anos apenas TRÊS filmes levaram o prêmio principal sem ter ao menos vencido uma dessas 3 categorias. Me refiro a Gladiador, Carruagens de fogo e Shakespeare Apaixonado.

O discurso do Rei será o terceiro filme a conseguir essa proeza? Em 55 anos!!

Apenas UM FILME (Traffic), nos últimos 55 anos de história da Academia, levou diretor, montagem e roteiro adaptado (possíveis Oscars do A Rede Social) e perdeu melhor filme.

Conclusão:

A Rede Social perderá melhor diretor ou montagem ou roteiro. Se ele ganhar todos (o que é MUITO provável), ele vai vencer melhor filme também! [/quote']
Traffic acho que levou montagem, roteiro adaptado e diretor

 

De fato. Afinal, apenas 3 vencedores de filme não venceram uma desses 3 categorias (Shakespeare, Carrugens e Gladiador), logo, a exceção só poderia ser justamente em um desses anos. Óbvio né.

 

Daí eu fui olhar no ano do Shakespeare e vi que Ryan ganhou diretor, montagem, mas havia perdido roteiro.

 

E no ano de Carruagens de fogo, Reds tinha vencido diretor acho, mas perdido montagem pro Indiana Jones. (Não tenho absoluta certeza do Indiana, pq to no meu estágio e aqui não entra o IMDB).

 

Mas esqueci de olhar o ano do Gladiador. E, você está certíssimo, Traffic ganhou os três. Obrigado por avisar. Vou retificar lá.
Sync2011-02-18 15:55:36
Link to post
Share on other sites

Mas lembrem que o ano do Gladiador X Traffic x Tigre e o Dragão foi um ano dificílimo e muito apertado. Qualquer um dos três poderia vencer.

 

E esse ano estamos dando como 100% a vitória de O discurso do Rei, mas olhando nas estástica descobrimos que um filme que leva Direção, Montagem e Roteiro Adaptado tem chances ENORMES E COLOSSAIS de vencer melhor filme.

 

A história do Oscar dá completo e absoluto aval para a vitória de A rede social, se ele levar diretor, montagem e roteiro adaptado.

 

 

Por essas e outras que Fincher tem que perder diretor, para que a vitória do Rei seja minimamente lógica.

 

--------------------------------------------------------------------

Isso Nelson. Era Reds mesmo. É que tem o nome parecido com Bugsy. Não ter o IMDB é foda. 06
Sync2011-02-18 15:56:29
Link to post
Share on other sites

Vi Never Let Me Go. É, para mim, o filme mais subestimado da temporada. Dirigido de maneira poética, a narrativa consegue escapar do racional e do emocional, entrando num terceiro caminho; um "lirismo pessimista", eu diria. Repleto de silêncios e pausas, o filme recebe grande contribuição da fotografia (beneficiada por belíssimas paisagens) e da trilha sonora. O trio principal se sai muito bem, com destque para Carey Mulligan, em uma atuação incrivelmente sensível. Um título que merece ser visto.

Link to post
Share on other sites

 

A graça da cerimônia do Oscar costuma ser' date=' normalmente, as técnicas. São raras as surpresas nas principais categorias (apesar que atriz coad esse ano pode haver um Upset), restando às técnicas eventuais surpresas.

 

O Bafta costuma acertar algumas categorias técnicas sim. Ele não é 100%, mas é um bom parâmetro. Nas últimas quatro edições ele tem uma média de acerto de 3, ou seja, 75%. Tem categoria que o acerto foi maior (tô no estágio, logo, sem minhas tabelas. Logo não sei precisar), mas a média é 3.

 

Considerações sobre as técnicas:

 

Edição: A técnica mais importante é um mistério por enquanto. A lógica seria A origem, mas sequer foi indicado. A rede social seria a escolha natural, frente à ausência do filme de Nolan. Mas parece um cenário esquisito o filme do facebook ganhar Diretor-Roteiro-Montagem e perder filme, como vai perder. Então O discurso do rei vencerá aqui??

 

Figurino: Atwood é uma lenda. Ela merece sempre. Ganhou o BAFTA e se desenha como favorita por Alice.

 

Direção de Arte: A escolha natural seria A origem, até porque ganhou o BAFTA. Mas seria um categoria a mais para O discurso do Rei laurear sua noite.

 

Trilha Sonora: A técnica mais provável para O discurso do Rei. Desplat tá com muita moral, o trabalho é ótimo e o filme de Hooper precisa ganhar alguma técnica. Que seja essa então.

 

Fotografia: O natural seria Bravura Indômita, até para compensar Roger Deakings. O sindicato apontou A origem como a melhor, o que abriu de vez a corrida. O BAFTA foi para Bravura, vou nela por enquanto.

 

Efeitos Visuais, Som e Efeitos Sonoros: Trio para A Origem.
[/quote']

 

Tudo caminha pros seguintes fatos:

 

A Rede Social ser o novo Traffic.

 

O Discurso do Rei ser o TCCdoBB.

 

A Origem papando os prêmios de O Discurso do Rei.

 

Link to post
Share on other sites
Nightcrawler, desde que a categoria de Melhor Edição do Oscar foi criada, ainda na década de 1930, nunca um filme venceu em Melhor Filme após ter sido ignorado tanto em Melhor Edição como em Melhor Direção. Desde que o SAG foi criado, na década de 1990, apenas Coração Valente venceu em Melhor Filme sem ter sido indicado em Melhor Elenco naquele prêmio. Seu principal concorrente, Apollo 13, foi indicado em Melhor Elenco no SAG, porém, mesmo tendo vencido o DGA, não estava indicado em Melhor Diretor. Se é possível pensar em prêmios para A Origem (e é, claro), não reserve suas esperanças para a categoria principal.
Link to post
Share on other sites

Após ter visto, entre os filmes desta temporada de premiações, performances extraordinárias como as de Pete Postlethwaite, Blake Lively e Dale Dickey em papéis relativamente pequenos nos filmes The Town (os dois primeiros) e Winter's Bone, cheguei à conclusão de que seria muito interessante se Academia criasse uma nova categoria de atuação - ou melhor, duas, uma para cada gênero: Melhor Ator e Melhor Atriz em Participação Limitada (ou qualquer outro termo que se refira a isso). Uma categoria para intérpretes com pouco tempo de tela, cujos personagens não fazem parte diretamente do arco dramático central, mas que possuem funções específicas em algum(s) momento(s) da trama. Outros exemplos recentes: Josh Brolin em True Grit, Winona Ryder em Black Swan, Juliette Lewis em Conviction. Exemplos passados: Julianne Moore em A Single Man, Hal Holbrook em Into the Wild, Ruby Dee em American Gangster, Vanessa Redgrave em Atonement, Judi Dench em Shakespeare in Love, e por aí vai.  Oberon2011-02-19 22:07:41

Link to post
Share on other sites

Acho que a categoria de Ator/Atriz Coadjuvante está ai para isso né?

 

Já fui assistir True Grit 2X no cinema...estou encantando com esse filme....seria muito bacana se tivessemos algumas surpresas nessas categorias principais....não quero The King's Speech vencendo...

 

 

Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

Announcements


×
×
  • Create New...