Jump to content
Forum Cinema em Cena

O Que Nós Buscamos Nos Filmes?


Rodion
 Share

Recommended Posts

Semana passada perguntava-se por aqui sobre o motivo de gostarmos de determinados filmes que nos desagradam, mas não inteiramente. Os filmes "ruins" de que gostamos.

 

Uso as aspas porque a idéia me é muito estranha, desculpem. Quando consigo retirar de um filme um elemento que me sacode o espírito e o humor, que provoque minha sensibilidade ou que toque nos temas que para mim são caros - seja no cinema, na literatura, ou em qualquer outra expressão de arte, por exemplo, a pintura - enfim, apenas reconhecer nele um detalhe que espelha a minha natureza se faz o bastante para que eu passe a vê-lo com outros olhos. Isso vale mesmo para filmes que não me empolgam e cuja a execução tenho muito para censurar.

 

Não tenho dúvida de que é assim para todos. Numa palavra, quero dizer que não me parece natural não gostar de um filme cujas poucas qualidades importam e tomam mais espaço na nossa cabeça do que o que não gostamos de ver e podemos esquecer, desprezar, etc.

 

 

Me passou pela cabeça que vale a pena nos perguntarmos a respeito do nosso envolvimento com as coisas para as quais nos dedicamos e, depois disso, identificar temas que nos são caros.

 

É para tanto que estou abrindo o tópico. Gostaria de saber o quanto cada um se envolve e o que procura nos filmes. Vamos falar de nossas visões pessoais.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Pois é, essa semana vim me perguntando exatamente isso, o que me leva a gostar de um filme? Me perguntei isso porque assisti recentemente a filmes super Hyper como Avatar e Inimigos Públicos e foi uma decepção só. Avatar ainda tem os efeitos especiais interessantes, mas um enredo fraquíssimo e nada original, totalmente chupado de filmes como dança com lobos e o último samurai. Inimigos Públicos nem se fala, filme xarope, querendo ser introspectivo, mas sem sucesso, é tudo raso, romance raso, polícia e ladrão raso, o Ó do borogodó, e todo mundo falando bem dessa que foi uma das maiores bombas de 2009 pra mim.

 

 

 

Enfim, eu fiquei me perguntando, porque eu assisto a esses filmes e eles não me chamam em nada a atenção e outros tosquíssimos oitentistas como O Vingador do Futuro é um verdadeiro clássico de ficção científica, muito mais interessante que Avatar, por exemplo. Eu sempre digo que gosto de um filme quando eu assisto ele pela primeira vez ao final dos créditos eu tenho vontade de ir correndo pro computador procurar tudo a respeito dele ou então mesmo apertar play e assisti-lo novamente.

 

 

 

Acho que o que me dá essa sensação é quando o filme tem algo novo ou ao menos algo velho com uma abordagem original. Sobre esse segundo caso, o que mais chamou minha atenção nos últimos tempos foi o sueco Deixe Ela Entrar, que utiliza todos os clichês batidos de vampiro e cria um filme completamente original, ficando melhor que qualquer anterior a ele – obviamente melhor que Crepúsculo, mas eu acho que ficou melhor mesmo que Entrevista com o Vampiro.

 

 

 

Assim, acho que o filme além dessa identificação que você citou, precisa ter o algo mais, uma perspectiva que você não está habituado a ver, que prenda você na poltrona, pois ruma ao desconhecido.

 

Krakhecke2010-01-25 22:53:34

Link to comment
Share on other sites

Minhas expectativas, toda vez que acomodo minha bunda magrela numa poltrona a fim de assistir a um filme, seja ele qual for, são sempre as mesmas: saborear uma experiência prazerosa, independentemente do gênero.

 

Esse prazer pode ser de diversas ordens, desde a mais pura diversão à mais profunda melancolia. E não há qualquer tipo de hierarquização nesse nível, o importante é a intensidade com que essa sensação atinge o alvo (eu, no caso).

 

Por isso que sempre digo que os melhores filmes, ou os realmente bons, são aqueles que permanecem conosco. Quanto mais tempo, melhor. Gasto boa parte do meu tempo livre com o cinema para me satisfazer com pouco. Eu quero, como nosso colega disse sabiamente na postagem inicial, algo que seja capaz de sacudir meu espírito e meu humor.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Bom!!É difícil, mas acho que o que busco nos filmes, além da experiência prazerosa (concordo com o Gago), é uma forma de sair deste mundo real chato que nos cerca!É trabalho, contas e etc. Mas não só isso, afinal nem todo filme é ficção. Temos maravilhas como "O menino do pijama listrado" entre tantos que nos mostram,ou nos remetem a fatos.

Acho que o que busco é um roteiro diferente, que nos faça pensar ou imaginar coisas novas. Adoro ver como o homem é capaz de usar essa poderosa arma que tem, a criatividade (melhor que outras que acabam com histórias esta arma cria novas).
Link to comment
Share on other sites

 Depende do momento... Às vezes, pura diversão escapista. Outras, "catarse" e outras, algo que possa me surpreender, instigar.

 Acontece de às vezes nem procurar nada e aí, de repente, o filme me fisgar, mexer comigo de forma insuspeita.

 De um jeito ou de outro, busco filmes que sejam inteligentes e honestos, que não subestimem a minha inteligência.
Link to comment
Share on other sites

 Nossa (Õ,Ô), acho legal buscar uma coisa diferente e tal, sei q é a sua opinião, mas tente não subestimar o trivial. As vezes é melhor q qualquer "prato novo".

 

 Quanto a pergunta do topico, acho q não a uma resposta objetiva pra isso. Eu simplesmente gosto d ver filmes. Acho q a resposta mais proxima da verdade é o puro prazer da diversão e emoção q o cinema proporciona.
Link to comment
Share on other sites

  • 1 year later...

Bem, é pra mim muito abrangente essa pergunta: pq vai depender tb do momento q me encontro.

No exato instante q tou na frente da tela, ou telona, pra mim é um momento muit mágico, eu me transporto para akele momento do filme, da história, do personagem, e tento participar nakele instante de td q se passa e chegar ao fim junto com eles, basicamente eu acredito q minha fascinação por filmes seja esta.

Se em algum momento eu tiver chatiada, na hora do filme, se o filme for bom, ela vai embora pra bemmmm lonnge..:: 03

Pra mim, so deveria passar filmes e filmes, seria mara...:::

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

Minhas expectativas' date=' toda vez que acomodo minha bunda magrela numa poltrona a fim de assistir a um filme, seja ele qual for, são sempre as mesmas: saborear uma experiência prazerosa, independentemente do gênero.

 

Esse prazer pode ser de diversas ordens, desde a mais pura diversão à mais profunda melancolia. E não há qualquer tipo de hierarquização nesse nível, o importante é a intensidade com que essa sensação atinge o alvo (eu, no caso).

 

Por isso que sempre digo que os melhores filmes, ou os realmente bons, são aqueles que permanecem conosco. Quanto mais tempo, melhor. Gasto boa parte do meu tempo livre com o cinema para me satisfazer com pouco. Eu quero, como nosso colega disse sabiamente na postagem inicial, algo que seja capaz de sacudir meu espírito e meu humor.

 

[/quote']

 

Eu concordo quase plenamente. Só o último parágrafo que eu discordo um pouco. Eu acho que duas horas de diversão plena, mesmo que esquecível, é bem bom também.

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Eu busco uma outra realidade. Não ser eu mesmo, digamos assim. Poder sair da minha própria pele, conhecer outra visão de mundo e voltar ao final das duas horas.

 

 

 

E, como o Gago, também acho que os filmes bons são aqueles que ficam por mais tempo. Os realmente bons não só resistem à ação do tempo, chegam a se fortalecer com ele.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que buscamos várias coisas, de repente um prazer que achamos que queremos, uma estética que gostamos ou achamos que gostamos. Mas eu reparo que muitas pessoas gostam de certos filmes por pura identificação. Com o personagem ou com a história, por mais mirabolante que ela seja. Você sempre busca encontrar um pouco de você dentro do filme, ou suas motivações.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Primário - buscar diversão.

 

Secundários: Existe também a busca por informação inicial por algum tipo de assunto no caso de alguns documentários ilustrativos. Algumas vezes eles são tediosos e não tão divertidos, mas o assunto pode enriquecer de alguma forma. Naturalmente é ingênua a visão de conhecimento de um assunto por meio de um filme, uma vez que ele reflete a visão de seu autor ou as conclusões dele ou grupo observado, por isso o "inicial".

 

A identificação que a Fran falou aí (e que concordo) fica melhor quando falamos em pistas para o auto-conhecimento, o que também é divertidíssimo. Se você observar bem o que aprecia em algo, provavelmente vai perceber várias identificações diretas ou indiretas com sua própria experiência de vida. Existem, portanto, associações diretas (quero ver o filme x porque parece ser bem legal - mas é um adendo a [insira o nome de qualquer bela atriz com beleza escultural] aparecer nua) ou indiretas (adoro ver violência porque no fundo gosto de ver a transgressão da moral e da ética habituais em cenários extremos ficcionais - em que ninguém efetivamente sofre dano). Se você quiser se aprofundar, vai encontrar várias respostas sobre os porquês de você gostar de algumas coisas.

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Eu acho que buscamos várias coisas' date=' de repente um prazer que achamos que queremos, uma estética que gostamos ou achamos que gostamos. Mas eu reparo que muitas pessoas gostam de certos filmes por pura identificação. Com o personagem ou com a história, por mais mirabolante que ela seja. Você sempre busca encontrar um pouco de você dentro do filme, ou suas motivações.

 

[/quote']

 

 

 

Eu penso mais ou menos isso. Geralmente procuro ver filmes onde eu possa ver a interação entre os seres humanos de diferentes temperamentos, filmes onde eu possa me identificar com personagens, o estado em que eles se encontram eles se encontram, suas motivações e o que fazem pra sair da situação. Mas também gosto de outros tipos de filmes que dependem do estado de humor em que eu me encontro e a percepção que tenho deles. Às vezes vejo filme que detesto, em outro momento vejo o mesmo filme e gosto. Depende do meu estado de humor e da interpretação que tenho deles. Vejo filmes onde eu detesto quase todos os elementos, mas me identifico com algum personagem, situações ou apenas uma linha de diálogo e por mais que eu saiba que aquele filme é ruim no meu contexto geral, eu acabo gostando somente por um detalhe. Também existem filmes onde eu gosto de tudo, mas um detalhe pode desfazer tudo o que eu gostei nele.

 

 

 

É por isso que eu gosto dos mais variados filmes que não tem nada haver um com o outro, não importa sobre o que seja, como 2001 - Uma Odisseia no Espaço, Herói, (500) Dias com Ela, Encontros e Desencontros, Ichi - The Killer, Joheunnom nabbeunnom isanghannom, Os Indomáveis (adoro o personagem Ben Wade), Como Perder um Homem em 10 Dias, Crank e Crank - High Voltage (acho que sou o único no mundo que adora esses 2 filmes, por serem politicamente incorretíssimos). Não importa o gênero, quase sempre me identifico com algum personagem, suas atitudes, situações ou simplesmente aqueles filmes que não tem nada a dizer, é pura diversão sem noção, como Stallone Cobra ou Crank, que escancaram e destoem os padrões politicamente corretos da sociedade.

 

 

 

Eu me auto-intitulo um sem personalidade para filmes.

Link to comment
Share on other sites

Shiryu, ainda não vi Crank 2, mas adoro aquele filme, talvez seja o mais próximo que um filme chegou de um video game. Além de ser politicamente incorreto em todos os sentidos, os personagens são todos subversivos. E acho que nesse filme você compra a motivação do Chev e sua condição para sobreviver.

 

Independente do filme ser bom ou ruim, e independente de eu assistir o filme sabendo ue é ruim ou descobrindo depois de ver, eu sempre busco identificação, ou com o personagem, ou com esses outros elemento que o Shiryu disse. Com temperamento, motivações, situações, histórias.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...