UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
-felipe-

Oscar 2010: Indicados e Previsões

Recommended Posts

Eu já tive a oportunidade de assistir a dois de seus filmes, e gostei bastante. É provavelmente muito distinto de tudo o que você já viu, dado que o Apichatpong Weerasethakul (não fiquem impressionados, eu copiei e colei) é o diretor que, hoje em dia, faz o cinema mais particular do mundo.

 

E aproveitando o ensejo, tenho que me render ao grupo dos que acharam essa lista postada pelo Alexei maravilhosa. Não é todo dia que a gente encontra As coisas simples da vida (que lá em casa é conhecido como o filme mais subestimado do mundo) tão bem colocado assim. Muito menos seguido por dois Lynch (que lá na minha humilde residência é conhecido como o maior diretor vivo). É a melhor compilação que vi do gênero.

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Lovely Bones é realmente uma atrocidade.

 

A idéia é boa, mas em vez de focar no lado espírita dessa menina morta, no não entendimento dela, na sua dor, nos seus questionamentos, além da dor da família em si, o desgramado do Jackson cria uma baboseira sem tamanho... Consegue tirar a pior atuação da Rachel Weisz, deixa o Marc Walbergh mais constrangedor que o de costume e transforma a Sarandon numa caricatura, fora o Tucci...

 

Saoirse Ronan se salva. É sem dúvida alguma a melhor atriz de sua geração e de umas para cima. Ela é fenomenal. Em Orgulho e Preconceito ele já tinha envergonhado qq um que contracenava com ela e neste aqui isso só aumenta devido a diferença de qualidade de atuação. Só de dar veracidade há tanta tosquice, ela já é merecedora de qualquer prêmio. Seu olhar é de uma maturidade.

 

E pensar que aquela coisa de Trashcious é que está indicada... ai, ai...

 

Dando uma olhada no IMDB, mal posso esperar pelos novos filmes de Ronan, The Way Back, com direção do Peter Weir e Hana, com direção do Joe Wright.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Perdão por este off-topic:

 

Better and better

Posted by Guy Lodge · 8:34 am · February 26th, 2010

 

 

Two weeks ago, Kris expressed his (and, well, pretty much everyone’s)

excitement over Todd Haynes’s HBO reimagining of “Mildred Pierce,” with

Kate Winslet stepping into Joan Crawford’s Oscar-winning shoes in the

title role.

Today, The Playlist passes on two further reasons to anticipate the

project, namely Guy Pearce and Evan Rachel Wood 05. The latter, in

particular, strikes me as a smart get — assuming, of course, that she’s

filling the place of Ann Blyth. The longer I think about it, the more

easily I can see Wood as Winslet’s daughter.

Does this have to be on TV? I’d watch four hours of this in a

theater, frankly.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Costume
Designers Guild winners


Posted by Ryan Adams On February - 26 - 201015 COMMENTS






victoria1.jpg



Sandy Powell won for excellence in period film for “The Young

Victoria,” Doug Hall earned the honor in contemporary film for “Crazy

Heart” and Monique Prudhomme took home the fantasy award for “The

Imaginarium of Doctor Parnassus.”

On the television side, Lou Eyrich won for contemporary television

series for “Glee,” Janie Bryant won for period/fantasy series for “Mad

Men” and Catherine Marie Thomas was the recipient for TV movie or

miniseries for “Grey Gardens.”


Share this post


Link to post
Share on other sites

 

FeCamargo,

 

apesar do grande talento de Ronan e de certo mérito dela em conseguir atuar bem naquela bagunça que é Lovely Bones, não merecia indicação nenhuma. E nem o Tucci... atuação superestimada. Mas gosto dele na cena da cabana (umas das pouquíssimas coisas boas do filme junto com a direção de arte).

 

PS: vc acertou o diretor e o errou o filme. Saoirse atuou (e roubou a cena) em Atonement, também do Joe Wright. Realmente ali ela mereceu a indicação e todo o oba-oba.

 

 
Sall2010-02-27 01:55:18

Share this post


Link to post
Share on other sites

É VERDADE!!! TROQUEI O FILME!!!

 

Quanto a indicação, apenas coloquei como tom comparativo para ilustrar o absurdo da indicação daquilo lá de Trashcious, enquanto essa menina faz o que faz em The Lovely Bones. Certo mérito é pouco, ela alcança uma densidade incrível em um papel ridículo. Méritos únicos dela. Se salvou no meio de uma bomba generalizada.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Perdão por este off-topic:

 

Better and better

Posted by Guy Lodge · 8:34 am · February 26th' date=' 2010

 

 

Two weeks ago, Kris expressed his (and, well, pretty much everyone’s)

excitement over Todd Haynes’s HBO reimagining of “Mildred Pierce,” with

Kate Winslet stepping into Joan Crawford’s Oscar-winning shoes in the

title role.

Today, The Playlist passes on two further reasons to anticipate the

project, namely Guy Pearce and Evan Rachel Wood 05. The latter, in

particular, strikes me as a smart get — assuming, of course, that she’s

filling the place of Ann Blyth. The longer I think about it, the more

easily I can see Wood as Winslet’s daughter.

Does this have to be on TV? I’d watch four hours of this in a

theater, frankly.

 

[/quote']

 

Jesus... infarto... Isso vai pro ar quando, pelo amor de Deus??? Final do ano??? 06

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nunca soube de ninguém ganhar coisa alguma por conta de rumores...

 

 

 

Dizem que o primeiro Oscar da Taylor foi decorrente dos boatos que ela estava prestes a morrer...

 

Mas ela tinha quase morrido, não era boato. Tinha feito uma traqueostomia e tal...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

e por falar em Guerra ao Terror...

 

alguém aqui já REVIU O FILME NO CINEMA??

Se sim' date=' qual foi a impressão? Continuou a mesma, diminuiu ou só aumentou?

 

Se eu gostei tanto vendo apenas no DVD, imagino que no cinema a coisa seja BEM melhor...

 

 

 
[/quote']

 

Eu revi e o filme ficou muito melhor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah, sei lá, comentei por ter sido um prêmio decorrente de sympathy votes. O engraçado é que ela mesma odiou BUtterfield 8, e acha que ganhou o Oscar pela operação.06

 

---

 

 

Milagre ver na lista este filmaço:

 

48. In the City of Sylvia. Pure filmic ecstasy, In the City of Sylvia begins with an apple, an orange, and a map. A man—scruffy, tormented, a romantic no doubt, suggesting a young Rimbaud or Modigliani—sits on a bed, scribbling on a notepad with the quiet desperation of someone who's blocked, trying to regain time or something lost to memory. At a coffee shop, an epic search begins. Built on sensuous interplays between the landscape of the human face and the labyrinthian streets of a small French town, reality and representation, the man behind the camera—Spanish filmmaker José Luis Guerín—creates a rapturously alfresco movie that uses an erotically voluptuous language of spatial-temporal equations to conflate one's love of people with one's love of movies. EG

 

---

 

 
Stradivarius2010-02-27 03:03:59

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

e por falar em Guerra ao Terror...

 

alguém aqui já REVIU O FILME NO CINEMA??

Se sim' date=' qual foi a impressão? Continuou a mesma, diminuiu ou só aumentou?

 

Se eu gostei tanto vendo apenas no DVD, imagino que no cinema a coisa seja BEM melhor...

 

 

 
[/quote']

 

Eu revi e o filme ficou muito melhor.

 

É exatamente a impressão que tenho. Que na telona o filme só cresce...

 

Fiz a pergunta pq já tinha gente dizendo que "pow, um filminho feito pra TV vai levar o Oscar"...

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Primeira vez que eu vejo alguém elogiando Mission to Mars.

 

Citaram vários filmes daquele diretor de nome difícil (que dirigiu Síndromes e um Século e Mal dos Trópicos). Alguém viu algo dele?

Eu vi Tropical Malady e é de cair o queixo. Concordo com o Vini na afirmação de que o cinema dele é possivelmente o mais particular do mundo, atualmente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Não foi só Tarantino que se "autovangloriou" em seu filme.

 

Desde o trailer de Avatar, vi que aquele "Outstanding" que Sam Worthington diz na cachoeira nada mais é do que o Cameron se auto elogiando.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que nada muda; Guerra Ao Terror grande vencedor da noite, felizmente.

 

 

 

E sobre esse trailer que o saulo postou, com a Hupert, muito bom, quero ver também; não sabia que o Lambert ainda existia, ;D. pantalaimon2010-02-27 17:02:04

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Nunca soube de ninguém ganhar coisa alguma por conta de rumores...

 

Acho que o Michael C.Hall foi premiado por conta de uma espécie de dívida que esses prêmios tinham com ele' date=' sempre indicado, tanto por Dexter quanto por Six Feet Under, e nunca campeão. Unindo a isso, a elogiadíssima quarta temporada de Dexter, nada mais lógico. A mesma coisa vai acontecer, muito em breve, quando o Hugh Laurie finalmente ganhar seu Emmy.
[/quote']

 

É claro que vc nunca soube, aliás nunca saberá, mas é óbvio que no mundo habitado por pessoas de pouca massa cinzenta estas questões trágicas sempre ajudam na balança na hora de escolher o nome de alguém. Fato. Apesar de tristemente achar que isso contou muito para sua vitória, (as notícias da doença começaram a pipocar desde novembro do ano passado), concordo plenamente que o fator recompensda tb contou (mas o cara é o cara, especialmente na genial quarta temporada). E realmente quero uma vitória do Hugh Laurie no Emmy, o seu House é antológico!

____________________________________________________

 

Quanto à atuaçãoes marcantes, além da Watts em 21 Gramas (a minha escolhida melhor da década), as minhas favoritas nesta primeira década de 2000 são:

 

- Natalie Portaman - Closer (um doce de candura! Gosto tanto dela que alguns usuários já me perguntaram se o meu sobrenome no fórum é uma homenagem à ela, mas não, é apenas uma feliz coincidência)

 

- Hillary Swank - Menina de Ouro (Muitos dizem que Menina de Ouro é um clichezão obsceno, mas fazer o quê se ele funciona tão bem? Além do que ela está demais neste, qualquer outra atriz transformaria sua Maggie em uma sapata esportista, enquanto que ela a fez com uma doçura única)

 

- Kate Winslet - Brilho Eterno (Minha assinatura já fala por mim, mas o quê dizer da Kate neste filme? Uma pérola (de cabelo alaranjado, verde e azul, é claro!)

 

Amy Adams - Junebug (pensem como esse papel poderia ser facilmente um passaporte para um framboesa! Caricato demais! Mas essa menina o faz de uma forma tão suave, tão encantadora, que me fez cair de amores por ela para sempre, além de que, na minha humilde opinião, 2005 só não foi um ano pífio em trabalhos femininos por causa dela)

 

 junebug.jpg

 

 

 

Como assim pifia ?!!!!!

 

como vc pode eskecer de Michelle Williams e Anne Hathaway em Brockback Mountain? Joan Allen , Felicity Hufman , Rachel Weisz...pode não ter tido uma unanimidade . .mas elas estavam muito bem

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem, como eu disse, "de acordo com a MINHA opinião". Foi um ano muito fraco ao meu ver, sim. Não houve um papel que realmente ME fizesse cair de amores, não. Concordo que a Williams e a Huffman estejam bem, mas Rachel Weisz? Acho a mais insonsa de todas. E reitero, 2005 só não foi de perda total, em papéis femininos, PARA MIM, por causa da Adams. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Mensageiro visto. É muito estranho a quebra de ritmo que acontece na metade do filme, me causou uma estranheza... Mas os dois atores estão ótimos, o Harrelson merece sua segunda indicação. Quem sabe um dia não implaca um favoritismo? Quem diria que o garçom dummy de Cheers ia vingar...

 

Agora falta só ver o Plummer dos coadjuvantes, e pelo visto vai demorar...

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deu A Fita Branca no ASC, e a associação de áudio deu o prêmio de Melhor Mixagem de Som para Guerra ao Terror.

 

Está acontecendo aquilo que eu estava imaginando, as categorias técnicas estão reticentes em dar prêmios para um filme em que o pós-filmagem é tão pesado como é Avatar. Talvez eles estejam, de fato, com medo de serem engolidos pelo CGI.

 

O pessoal de Avatar, agora, precisa intensificar a campanha mais do que nunca. Ainda acho que ele tem chances de ganhar até Melhor Filme, mas o Cameron precisa ajudar na campanha, mostrar uma humildade genuína (coisa que ele não tem). Essa postura de "eu sou o futuro" não está contribuindo.

 

 

 

Não foi só Tarantino que se "autovangloriou" em seu filme.

 

Desde o trailer de Avatar' date=' vi que aquele "Outstanding" que Sam Worthington diz na cachoeira nada mais é do que o Cameron se auto elogiando.

 

 
[/quote']

 

Cá pra nós, eu acho que ele faz isso no filme inteiro. Eu vejo Avatar como, antes de mais nada, um grande exercício de narcisismo. "Eu posso, eu quero, veja como eu sou Deus e moldo a realidade de acordo com a minha vontade", é o que Cameron fala pra mim durante todo o filme. Por isso é que a mensagem preservacionista, que eu gosto tanto e concordo, chegou já meio enfraquecida na minha mente, secundária.

 

Ainda assim, eu curto o filme. Não muito, mas curto. Se ele ganhar, teremos tido vencedores bem piores na história do Oscar.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×