Jump to content
Forum Cinema em Cena

Um Parto de Viagem, Todd Phillips (Comédi


CACO/CAMPOS
 Share

Recommended Posts

Robert Downey Jr. integra o elenco - 27/07/2009 13:53

robertdowneyjr_01.jpgO ator Robert Downey Jr. (Bem-Vindo ao Jogo) estará no elenco da comédia Due Date, de Todd Phillips, informou a Variety.

Na trama, Downey será um pai esperançoso que viaja ao lado de um parceiro nada ideal. Ele se esforça para chegar ao destino antes do aniversário de seu primeiro filho. O ator Zach Galifianakis irá interpretar o parceiro.

De acordo com Phillips, está será uma comédia "sobre camaradas sem camaradas".

As filmagens irão começar em setembro em Los Angeles, Arizona e Atlanta.

Michelle Monaghan é escalada para a comédia - 18/09/2009 13:15

michellemonaghan_02.jpgApós umas férias desde 2008, Michelle Monaghan (Controle Absoluto) se juntará a Robert Downey Jr. e Zach Galifianakis para atuar na comédia Due Date, da Warner Bros.

Segundo a Variety, a atriz contratada dará vida à esposa grávida do protagonista, vivido por Downey Jr. O marido da personagem é um pai esperançoso que viaja ao lado de um parceiro nada ideal, papel de Zach Galifianakis. Ele se esforça para estar em casa a tempo do nascimento do seu primeiro filho.

A comédia será comandada por Todd Phillips, que dirigiu recentemente o sucesso de crítica e bilheteria Se Beber, Não Case.

Em breve, Monaghan será vista nos cinemas no drama elogiado pela crítica Trucker, que, segundo rumores, pode render uma indicação à atriz para Oscar.

Jamie Foxx se junta ao elenco - 01/10/2009 10:11

jamiefoxx_01.jpgRobert Downey Jr., Zach Galifianakis e Michelle Monaghan vão ganhar companhia no elenco de Due Date. O próximo ator a entrar para equipe é Jamie Foxx (O Reino).

Na comédia de Todd Phillips, Foxx interpretará um homem que, no passado, foi namorado da esposa do protagonista, vivido por Downey Jr., e, hoje, é seu melhor amigo.

Segundo o The Hollywood Reporter, as filmagens de Due Date começam ainda neste trimestre em Atlanta, Novo México e Los Angeles, para um lançamento previsto para 5 de novembro de 2010.

Donwey Jr e um dos melhores atores do momento e numa comédia tem tudo para arrebentar.
CACO/CAMPOS2010-08-11 19:15:41
Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Assista ao trailer de Due Date!

O filme conta a história de Peter, um cara que está para ser pai pela primeira vez, e está viajando para a encontrar a mulher, que está para dar à luz. Problemas acontecem e ele se vê preso à um aspirante a ator, que faz da sua vida um inferno durante toda a viagem. Com Robert Downey Jr. e Val Kilmer.

 

 

 

< ="http://www.within.com/widget.js">

Related%20Posts%20with%20Thumbnails

Due-Date-552x368.png

Eu poderia falar das qualidades cômicas do Robert Downey Jr, o glorioso Segundinho, e dar como exemplo o ótimo Beijos e Tiros, onde ele contracena com o Val Kilmer. Eu poderia também falar sobre o Zach Galifianakis, o gordo foda de Se Beber, Não Case, mas eu não farei isso.

Eu só vou largar o trailer de Due Date, filme que reúne os dois atores, Jamie Foxx, e que é dirigido por Todd Philips, do já citado Se Beber, Não Case e Dias Incríveis. =)

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...
  • 1 month later...
  • 1 month later...

Crítica: Um Parto de Viagem

O humor é masculino, mas as gargalhadas são unissex

Para Todd Phillips, a melhor época da comédia foram as décadas de 1970 e 1980, quando o politicamente incorreto ainda não era a regra e as pessoas se divertiam com um pouco mais que uma ou duas piadas de peido. O cineasta referencia frequentemente o humor de gênios dessa era, como John Belushi - de quem pretende produzir a cinebiografia -, e explora em seu trabalho as relações de fraternidade entre homens.

As mulheres, afinal, como nos filmes de Judd Apatow, não têm vez no cinema de Phillips. São as prostitutas, loucas ou esquisitonas encontradas pelos protagonistas. No máximo aparecem em cenas pelo telefone, esperando (im)pacientemente os maridos. O diretor não parece entender o universo delas, pouco se importa ou, simplesmente, extravasa suas próprias frustrações a respeito do sexo oposto nas suas produções. Phillips é a resposta masculina aos filmes de Meryl Streep (o único "strip" do qual ele quer saber é outro).

Misógino ou não, pouco importa. A busca pela liberdade do cineasta, que atingiu excessos memoráveis em Se Beber Não Case (The Hangover, 2009), agora em Um Parto de Viagem (Due Date, 2010) espelha o clássico Antes Só do que Mal Acompanhado (Planes, Trains and Automobiles, 1987), mas com seu excelente humor leviano.

Como no filme de John Hughes, dois personagens completamente diferentes, incapacitados de viajar de avião, precisam aprender a confiar um no outro se quiserem chegar aos seus destinos. O filme de 1987 tinha Steve Martin e John Candy como esses dois sujeitos. Aqui, Robert Downey Jr. interpreta um pai "grávido" numa viagem de carro com o parceiro inusitado (Zach Galifianakis), correndo para chegar ao parto de seu primeiro filho.

As semelhanças são inegáveis, mas os personagens não poderiam ser mais diferentes. Downey Jr. é o retrato do homem domado contemporâneo, que tenta viver dentro das regras da sociedade mas, estressado, explode ao menor sinal de que as coisas estão fugindo ao controle e à lógica. Galifianakis, por sua vez, interpreta seu mais complexo personagem até aqui, o cheio de surpresas Ethan Tremblay.

As situações apresentadas não chegam perto da explosão de incorreção que foi Se Beber Não Case, mas há muito mais espaço para as drogas e o rock'n'roll (a cena de "Hey You" do Pink Floyd é memorável). Já o sexo está representado na masturbação. Há, afinal, algo mais misógino que mostrar o "sexo solitário" como vício masculino? Não se trata de uma comédia-família, portanto, mas as gargalhadas - unissex - estão garantidas.

Link to comment
Share on other sites

Não só Antes Só do que Mal Acompanhado, mas várias comédias já usaram desse artifício de juntar dois caras completamente diferentes em uma longa viagem. A sensação de "já vi esse filme antes" é palpável... mas não chega a incomodar muito. 

 

Galifianakis praticamente repete o mesmo tipo de Se Beber, Não Case, o que definitivamente não é ruim... ainda funciona e muito bem! O homem é uma peça! Também dá muito certo a parceria com Robert Downey Jr. (mas só eu ri na sala quando o seu personagem diz que nunca se envolveu com drogas...). Por mais bizarros, improváveis os acontecimentos e sem noção o comportamento dos personagens, os dois conseguem traduzir como se fossem coisas fortuitas do cotidiano... como se essas figuras pudessem existir. A cena do ensaio no banheiro é um exemplo de grande cena de atuação... e não só como comédia.

 

Um Parto de Viagem não é tão doidamente engraçado como Se Beber, Não Case... mas é muito bom mesmo assim. Acima da média das comédias atuais...
Link to comment
Share on other sites

Esse tipo de comédia é geralmente um amontoado de clichês sim, etc e tal, mas o segredo é o elenco...e se hj há um elenco capaz de me fazer ansiar em ver uma comédia desse tipo, eu garanto que Robert Downey Jr. e Zach Galifianakis fazem parte dele.

E dizem que a química entre os dois já é suficiente para deixar o filme hilário.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Cara, ser uma comédia de fórumula pronta dos anos 80 é o menor dos problemas desse filme. É ruim por diversas outras razões, e os próprios atores sabem disso. Tá escrito na cara do Roberto Downey JR que ele só está lá para pegar um cheque e ficar de molho até o Sherlock Holmes 2 o Homem de Ferro 3.

 

Eu fiz uma resenha sobre esse filme, e um quadrinho também, para quem quiser ver.

 

Link to comment
Share on other sites

Valeu Alexander!

 

Sim, fui eu mesmo. É um projeto paralelo que eu tenho, mas um dia espero publicar isso, mas ainda tenho que definir um estilo de desenho. Eu quero fazer um cartoon que não seja necessariamente uma carica dos atores mas que também eles sejam facilmente sejam reconhecidos.

 

Todo sábado tem quadrinho novo, visita lá!

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

Estilo Simpsons e Family Guy?

 

Vi a tirinha de RED. Bolei de rir! Muito bom! Tá favoritado! =]

 

Mais ou menos chapa. O negócio desses dois shows é que são cartuns, com um traço característico. Por isso quando eles fazer uma "caricatura de alguém", eles apenas colocam um ou dois traçõs marcantes da pessoa en questão, nariz afinado, orelhas grades, mas não se desvia do traçõ original, como os olhos esbugalhados de famili guy. Enquanto isso, lembra das paróridias de filmes das antigas revistas "MAD"? pois bem, o desenhista não fixava um estilo, apenas fazia caricaturas dos atores. O que é legal, mas não dá uma unidade gráfica nem identidade para o desenhista, saca?

 

Eu quero achar o meio termo, entre cartum e caricatura, mas não é fácil não, até mesmo para modelar os corpos eu tô apanhando, não sei se faço mais deformado, ou não, enfim, esse blog também é para aprendizado, e desenhar só se aprende fazendo, muito, mas MUITO MESMO!!!

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...