Jump to content
Forum Cinema em Cena
Nacka

O Que Você Anda Vendo e Comentando?

Recommended Posts

A Vida dos Outros

Filmão alemao q so pude ver faz pouco tempo e q remete a uma especie de BBB totalitario' date=' tipo 1984, Brazil com A Conversação, do Copolla. O casal central ta de parabens mas quem rouba a cena é o careca no cartaz abaixo, q faz o frio especialista em interrogatorios na Alemanha oriental antes da queda do muro de Berlim, q encarregado de vigiar um dramaturgo suspeito, termina descobrindo mesmo q o regime q defende não era assim tão santo e decente qto pensava. A mudança pelo qual seu personagem passa ao final emocionante  nao deixa de ser uma bela homenagem póstuma ao referido ator, q faleceu um pouco antes da estreia do filme. 10/10

vida.jpg

[/quote']

 

 

Filme ímpar, de qualidades extraordinárias e incrivelmente fantástico.  Quem lembra da reação do diretor ao receber o Oscar?  Genial!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Primeiro filme visto de 2011:Cyrus-Boa dramédia que nas mãs dos Farrelys seria uma mina de ouro para situações escatologicas.O que não acontece nas mãos de Duplass.Bom filme,boas atuações de Reilly e Catherine Kenner e Jonas Hill.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Achava que "Memórias de um Assassino " fosse perfeito ! 13

[/quote']

 

não acho.

Por isso que disse que Mother supre o que me incomodava em Memórias.

 

Aliás, arriscaria dizer que também devia incomodar o diretor, já que fez um filme com a mesma temática, mas dessa vez com um final satisfatório06

 

OBS: o final na verdade é brilhante.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Mother" é estupendo, mas nem é SÓ pelo final satisfatório.

Gostei como é mostrado tãoooo sutilmente a insanidade dela muito bem  mascarada por zelo, amor maternal...

 

By the way, nessa vibe de "Memórias de um Assassino" tem  o estupendo "Chaser" e "I Saw The Devil".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na minha interpretação do filme, a mãe não é louca. Pelo menos, não até o finalzinho.

 

"Mother" é estupendo, mas nem é SÓ pelo final satisfatório.

Gostei como é mostrado tãoooo sutilmente a insanidade dela muito bem  mascarada por zelo, amor maternal...

 

By the way, nessa vibe de "Memórias de um Assassino" tem  o estupendo "Chaser" e "I Saw The Devil".
[/quote']

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah, sei lá, Tem aquela dança dela no arrozal (?)...achei que ela dá vários indícios de que seja.

Spoiler:(tipo  a maneira como ela mata é sem culpa, sua única preocupação é  encobrir as provas).


By the way, o pprio filho no final se espanta ao deduzir o que a mama dele fez.

Share this post


Link to post
Share on other sites

De Pernas para o Ar (2010) 5,4/10

Lição 1:

 

Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.

Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.

Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.

Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.

Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.

Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.

...

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
De Pernas para o Ar (2010) 5,4/10

Lição 1:

Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.
Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.
Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.
Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.
Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.
Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.
...

[/quote']

 

qual atriz gostosa?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rob, você já viu Mother? Prefere Memórias ou Mother?

 

"Mother" é estupendo, mas nem é SÓ pelo final satisfatório.

Gostei como é mostrado tãoooo sutilmente a insanidade dela muito bem  mascarada por zelo, amor maternal...[/quote']

 

opa, mas nem disse que é o final que o torna estupendo. É o final um dos elementos que me faz preferir esse a Memórias.
Renato2011-01-02 00:34:29

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

"Mother" é estupendo, mas nem é SÓ pelo final satisfatório.

Gostei como é mostrado tãoooo sutilmente a insanidade dela muito bem  mascarada por zelo, amor maternal...

 

By the way, nessa vibe de "Memórias de um Assassino" tem  o estupendo "Chaser" e "I Saw The Devil".
[/quote']

 

Concordo, não é o final de Mother que faz dele um filme memorável e sim sua construção do primeiro ao último frame. O final de Memórias de um Assassino é coerente, já que se baseia numa história verídica, onde o assassino nunca foi pego.

 

Eu gosto bastante de Chaser, mas não acho que possa ser colocado no mesmo patamar dos filmes de Bong Joon-ho. Já I Saw the Devil, esse sim merece figurar entres os melhores filmes Sul-coreanos da década. Aliás Joon-ho, Ji-woon e Chan-wook formam um trio fuderoso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Deveriam mudar o nome do tópico para "Que Spoiler Você Anda Soltando"...

 

O pessoal com tanto tempo de fórum e ainda não aprendeu a comentar sem soltar o que não deve 09

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Buried (Rodrigo Cortés, 2010)

 

É um filminho corajoso, tenho que

admitir. Porém, devo constatar que um diretor e atriz melhores fizeram

mais em 10 minutos de Kill Bill. Além disso, tem duas cenas que me

irritaram. Nestas cenas, a câmera se afasta do cara uns 10 metros, um

cara em um caixão. WTF? Isso é a mesma coisa que ir no circo ver a Monga

e o cara esquecer parte da cabeça da fantasia de gorila.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

De Pernas para o Ar (2010) 5,4/10

Lição 1:

 

Não ver filmes só por causa de atrizes gostosas.

...

 

[/quote']

 

Liçao 2;

 

Não considerar atrizes feias e magrelas como a Ingrid Guimarães gostosas.06

 

Edit: Vi que você se referia à Maria Paula. Tá perdoado.06

 

MariaPaula-hg-20091030.jpg

 

kakoserrano2011-01-02 10:07:44

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Ingrid Guimarães é feia (tanto é que seu trabalho ficou limitado a comédias...), mas ela tem um corpo razoável pra legal sim.

 

 
Sall2011-01-02 10:10:06

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

lembrando que dizer que uma garota tem o "corpo legal" não significa achar GOSSSTOSA. As meninas do volei de quadra da Seleção brasileira tem corpos legais (afinal, são atletas) mas não as acho exatamente boazudas/gostosas. O mesmo com a Ingrid.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lembrando que, obviamente, a atriz ser limitada a comédias quer dizer que ela não é gostosa.

Mas, realmente, a Ingrid é uma franguinha perto da Maria Paula.
[/quote']

Isso foi genial.06

 

Oi??! Quem disse isso em vermelho? Scofield e a sua grande capacidade de interpretação me deixa emocionado... as marias que só repetem o que os outros falam só me fazem rir mesmo.

Não sei de onde tiraram que atriz de comédia não pode ser gostosa.

Essas pérolas e esses meninos criados no AP da vovó me divertem...06

 

Por ser feia com cara de cavalo com fome, ela nunca protagonizará uma novela gobal por exemplo, ficará relegada as comédias e papéis cômicos (o que não quer quizer que ela perderá seu quesito "gostosura" por isso).

 

Mas viva aos leitores do  fórum e aos fbs...

 

 

 

 

 

 

 

 
Sall2011-01-02 13:32:05

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

Ainda em 2009...

 

 

O Chamado 2 (Hideo Nakata) - 2/5

 

 

ring2.jpg

 

Talvez o maior exemplo recente de tantas idéias boas com MUITAS decisões equivocadas. Chamar Hideo Nakata, o diretor do original japonês foi um passo, a princípio, acertado, pois o filme ganha com cenas absolutamente assustadoras que um diretor yankee não seguraria para não chocar os aborrecentes americanos. Por outro lado, Nakata parece empolgado demais com a máquina de Hollywood ou então desaprendeu tudo que sabia (e que fez do original de 1998 uma experiência perturbadora) optando por decisões estéticas constrangedoras como uma fotografia esquisita, defeitos especiais de quinta categoria e uma limitação assustadora para contornar os absurdos do roteiro. E por falar em roteiro, decisão acertada de tentar fazer uma sequência e não um remake (algo que James Cameron fez em Aliens), colocando a premissa "você deve matá-lo para salvá-lo" que, se bem desenvolvido, geraria uma tensão absurda e um clima angustiante. Mas não é o que ocorre aqui, onde os problemas narrativos do primeiro se repetem e se acentuam, com toneladas de informação que para nada servem e jogam o filme em inúmeras direções. Com destaque para a péssima participação de Carrie, a Estranha, o filme caminha razoavelmente bem boa parte do tempo, com alguns problemas aqui e ali, pontuado pela trilha do Hans Zimmer mais uma vez marcando presença, mas avacalha naquele final apelativo onde a lógica interna (que já não era lá essas coisas) vai literalmente pro fundo do poço. Uma pena...

 

Dook2011-01-02 17:23:27

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Evil Dead 3: Army of Darkness (1992, Sam Raimi) - Muito mais humor que terror, na verdade o terror é nulo e não há a menor intenção em assustar ou tentar chocar como o primeiro. A história é afetada, tem viagem no tempo, exército de esqueletos, castelo e cenas de humor, só que falham quase sempre e não tem graça. O livro macabro está lá, mas só isso mesmo que resta do filme original. Ao contrário de 'Return of the Living Dead', que tem boas piadas, esse "terror" não funcionou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Daybreakers

 

 

Daybreakers - Primeiro, deixem eu elogiar o BD deste filme. Imagem cristalina e som em inglês DTS-HD MA 7.1 e português DTS-HD MA 5.1 Making Of, Comentários e... um curta sensacional. E é de quem? De quem? Imagem Filmes! Wow! Surpresas boas acontecem...

 

O mercado de filmes no Brasil é uma icógnita. Os caras despejam coisas que nem dá pra imaginar como foram parar em uma telona de Multiplex perto da sua casa e mandam outras direto para o mercado de vídeo. É o caso deste aqui, além de ter recebido o título pavoroso de 2019: O Ano da Extinção.

 

A visão de um mundo povoado por vampiros vivendo como pessoas normais enquanto os humanos são caçados até a extinção já é boa suficiente para gerar um filme no mínimo diferente mas o australiano Daybreakers vai além, os diretores Peter e Michael Spierig (também diretores de Undead) subvertem a noção que conhecemos dos vampiros e com os sanguessugas no centro da ação, depois de uns 30 minutos de filme (com um suicídio sensacional) o bicho pega, tudo que o Blade queria ser (e nunca conseguiu). Ethan Hawk e Willen Dafoe no elenco.

 

Karatê Kid - Ok. Mordi a língua, esse é bem bom.

 

Revisto: Exterminador do Futuro - A Salvação. Desceu bem melhor nessa revisada, vi a versão estendida (embora as mudanças para a versão de cinema sejam bem poucas), o que acontece é que se você tem uma mídia como o blu-ray e um disco como esse com opções de assistir junto com o diretor, explicando cada cena (tudo legendado)... é um troço muito bacana, embora McG esteja longe da redenção tenho que admitir que o cara manda bem nas cenas de ação. A culpa foi do Bale... 06

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Já em 2010:

 

007 Contra a Chantagem Atômica (Terence Young) - 4/5

 

thunderball57oz.jpg

 

Debút no mundo azul... Imagem cristalina, som DTS-HD-MA com toda a sua glória e....... o filme menor do Sean Connery no papel que o deixou famoso. É também o primeiro filme da série com budget estratosférico, o que se tornaria padrão daqui pra frente. É também o primeiro de longa duração (130 minutos) e filmado no formato 2,35:1, certamente para dar escopo épico às aventuras do agente. E é lindão durante 80 minutos perdendo o rumo a partir do terço final onde o plot fica meio confuso e coisas vão acontecendo sem que se dê espaço para acompanhar, acabando abruptamente. Um filme que quer ser maior do que já é. Felizmente, o diretor Young em sua terceira (e derradeira) direção na série entende do riscado e aproveita toda a estrutura técnica à sua disposição, entregando cenas aéreas lindas, momentos de ação duca, complexas sequências submarinas e edição intrincada enfatizando o tamanho descomunal do filme. Depois de três entradas modestas e arrebatadoras, Bond épico acabou sendo vítima da sua própria grandeza. Mas ainda assim, um filmaço.

 

Dook2011-01-02 21:57:43

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×
×
  • Create New...