Jump to content
Forum Cinema em Cena

Obsessão Brasileira por Futebol


Recommended Posts

 

Eu acho que o argumento do Scof perde forças ao citarmos o Vôlei masculino. Somos uma potência do vôlei mundial' date=' com 8 títulos na Liga (alo lado da Itália), e 2 na copa, ficando só atrás da Rússia.

 

Valorizam o vôlei como o futebol? Não. São patriotas no Vôlei como no Futebol? Não.

 

Para mim, há uma obsessão tremenda por futebol, o que é prejudicial até na varloização de outras atividades esportivas.

 

[/quote']

O argumento não consiste só nos títulos mundiais. Há o tradicionalismo do futebol, a cultura de nosso país e o fato de atingir todas as classes sociais e permitir ascensão meteórica a pessoas praticamente desconhecidas e muitas vezes garotos pobres e humildes (mesmo que essa quantidade seja infinitesimal). Não há comparação com o voleibol. Nenhum esporte se equipara ao futebol no nosso país.

 

Link to post
Share on other sites
  • Replies 123
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

 

 

Scofa' date=' sua teoria não resiste à uma análise Tostines...

[/quote']

Se você inverter causalidades jamais concluirá absolutamente nada sobre nada. Eu acredito ser absolutamente coerente pensar assim e isso não significa que seja verdade universal.

Mr. Scofield2010-07-07 15:48:37

Link to post
Share on other sites

 

Scofa' date=' sua teoria não resiste à uma análise

Tostines...

[/quote']

Se você inverter causalidades jamais concluirá

absolutamente nada sobre nada. Eu

acredito ser absolutamente coerente pensar assim e isso não significa

que seja verdade universal.

 

 

 

Concluirá sim. Muitas coisas tem uma origem. Neste caso específico, não

creio.

 

 

 

Definir os fatores pelos quais o futebol é o esporte mais popular do

mundo e do Brasil é complicado realmente. Mas definitivamente não é

porque somos bons nisso apenas. O contra-exemplo do volei é perfeito.

 

 

 

De qualquer forma, achei besta você diminuir a capacidade brasileira por

ser "só" no futebol. Esportes podem não fazer parte ativa de sua vida,

mas muita gente "perde" muito tempo de sua vida praticando/torcendo.

 

 

 

Mas o mais absurdo é o "argumento" do Nostromo que diz que devemos

cuidar de nossas vidas ao invés de torcer por caras do outro lado do

mundo. Irônico isso vindo de alguém que passa horas debatendo no tópico

de religião sem possuir religião alguma.

 

 

 

Link to post
Share on other sites

 

Não acho que sejam eventos esportivos, mas exatamente o futebol. E a questão é extremamente simples: o Brasil é o melhor mundo nesse quesito. Tem mais títulos mundiais, gera jogadores renomados e salários altíssimos. As pessoas gostam de ter algo para se orgulhar.[/quote']

 

 

 

Eu falei em geral. Não apenas o Brasil. Em todo o mundo tem sempre

algum esporte que faz as pessoas perderem (ou investirem?) seu

torcendo, comemorando ou lamentando as vitórias ou derrotas de

determinado time, discutirem a ponto de se matarem, etc, etc...

 

 

 

De qualquer forma, concordo com você. Apenas não compreendo essa necessidade de se orgulhar dos feitos de outros. Para mim é bizarro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas o mais absurdo é o "argumento" do Nostromo que diz que devemos

cuidar de nossas vidas ao invés de torcer por caras do outro lado do

mundo. Irônico isso vindo de alguém que passa horas debatendo no tópico

de religião sem possuir religião alguma.

 

 

 

 

 

 

 

 

Torcer, chegando a deixar de lado suas responsabilidades por causa de

uma futilidade como futebol, é uma coisa. Discutir determinado assunto

em seu tempo livre é outra bem diferente.

 

 

 

 

Argumento absurdo é vir comparar os níveis de desenvolvimento de dois

países baseado apenas em patriotismo e ainda associar isso a

solidariedade... Realmente patriotismo gera muita preocupação com o bem

estar do outro... Deve ser por isso que no sul dos EUA ainda acontecem atos públicos de segregação racial, como os bailes de formatura separados para negros e brancos. É muita união e muito

amor entre os compatriotas americanos!! O Brasil tem mesmo muito a aprender com o patriotismo deles, hein?! 060606

 

E ainda fica magoadinho... 06

 

Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

Torcer' date=' chegando a deixar de lado suas responsabilidades por causa de

uma futilidade como futebol, é uma coisa. Discutir determinado assunto

em seu tempo livre é outra bem diferente.

[/quote']

 

É igualmente "inútil", já que vc não convencerá ninguém com sua cruzada anti-religião.06

 

Link to post
Share on other sites
Torcer' date=' chegando a deixar de lado suas responsabilidades por causa de uma futilidade como futebol, é uma coisa. Discutir determinado assunto em seu tempo livre é outra bem diferente.[/quote']

 

Então a sua vida é extremamente ociosa... 06

 
Link to post
Share on other sites

 

Definir os fatores pelos quais o futebol é o esporte mais popular do

mundo e do Brasil é complicado realmente. Mas definitivamente não é

porque somos bons nisso apenas. O contra-exemplo do volei é perfeito.

eu não saberia dizer qual fator tornou o futebol no esporte mais popular do brasil, mas para mim é claro que o que o mantem nessa posição atualmente é puro status quo. Um menino quando nasce aprende desde pequeno que o brasil é o país do futebol. Seu pai é doido por futebol, seus primos são doidos por futebol, seus colegas de escola são doidos por futebol. As chances são de que esse menino, crescendo nesse ambiente, se tornará alguém que gosta de futebol. Pq os brasileiros amam futebol, novela, carnaval, etc? Para mim é simplesmente pelo fato de costume. Todo mundo faz então você cresce participando daquilo e provavelmente passa a gostar também. Alguns chamam isso de cultura.

Pq, por exemplo, os brasileiros não gostam de baseball? Existe alguma característica inerente do povo brasileiro que o faz não gostar desse esporte? Para mim a resposta está na exposição. Se você nascesse e vivesse em algum país onde todos gostassem de baseball, as chances seriam de que você provavelmente gostaria de baseball também. Poucas pessoas conseguem criar e perpetuar constumes diferentes daqueles que a maior parte da população de país compartilha.

 

ps: que fique bem claro que estou generalizando, não estou focando nas minorias (brasileiros que não gostam de futebol, brasileiros que gostam de baseball, etc).

 

Link to post
Share on other sites

 

Pra mim fica bem claro que o futebol se tornou o que é porque pode ser praticado por qualquer um e em qualquer lugar. Não precisa de piso especial, de acessórios complicados e caros, de lugares reservados, etc.

 

Falaram aí de exposição e de costume. Até concordo, em partes.

Um exemplo: Mesmo que o hockei tivesse imensa exposição, em países subdesenvolvidos/pobres ele nunca seria um esporte popular, de massa. As pessoas poderiam até torcer mas praticar não. Poderiam até torcer/acompanhar mas nunca com o mesmo fervor e paixão de quem torce e PRATICA (como é caso do futebol).

 

Ou seja, ia virar um esporte da elite/classe média do pais. Enquanto a massa mesmo (que é sempre a maioria esmagadora) ia procurar outro esporte.

 

 
Link to post
Share on other sites

 

É sério' date=' Renato. E não é só o vôlei. Acho triste que dão atenção para outros esportes aqui no Brasil só em Olimpíadas. Afinal, quem fica torcendo por Cesar Cielo e acompanha todos os mundiais?

Cito os EUA como exemplo. São fantáticos por Futebol Americano, Baseball, Hockey, Basquete... Lá não falta esporte que forneçam atitudes patrióticas.

[/quote']

 

Bem simplista e totalmente equivocada sua comparação.

 

Nos Eua, as escolas tem piscinas, quadras, ginásios, campos, existem as ligas universitárias... Os caras PRATICAM tudo isso aí desde cedo (não é uma coisa distante que ele só vê pela TV em época de Olimpíada).

 

Aqui no Brasil, se tiver cadeira pro aluno sentar e prof pra dar aula, o cara já tem que se dar por satisfeito. 06

 

Não sei aí mas aqui mesmo em Salvador, não tem ginásio e nem piscina olímpica...

E o cara vem me falar dos Eua...07

 

 

 

 
Sall2010-07-08 13:17:51
Link to post
Share on other sites

 

Pra mim fica bem claro que o futebol se tornou o que é porque pode ser praticado por qualquer um e em qualquer lugar. Não precisa de piso especial' date=' de acessórios complicados e caros, de lugares reservados, etc.

 

 

 
[/quote']

 

Eu tinha feito um post falando justamente isso, mas daí apaguei. Futebol é um dos esportes mais acessíveis, já que não possui pré-requisitos para jogadores. Até vôlei e basquete possuem pré-requisitos, já que, no geral, seus jogadores são altos, com no mínimo uns 1,85m de altura (tem jogador menor que isso? Tem. Mas são pouco numerosos). E no Brasil, a média é em torno de 1,70 (se não me engano).

 

Em hóquei, vc precisa de pista de gelo, equipamento e saber patinar. Em futebol americano e rugby, vc tem que ter um determinado porte físico (o que automaticamente desqualificaria os meninos de periferia, que no geral, são magros). Em natação, vc deve saber nadar e aprender as diversas técnicas do esporte. E por aí vai.
Lumière2010-07-08 13:03:16
Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

 

 

De qualquer forma' date=' achei besta você diminuir a capacidade brasileira por

ser "só" no futebol. Esportes podem não fazer parte ativa de sua vida,

mas muita gente "perde" muito tempo de sua vida praticando/torcendo.

 

 

 

 

[/quote']

Eu gostaria de responder, mas não tem nem como, já que eu não disse nada disso, você subverteu absolutamente tudo. 06

A última frase é sensacional, principalmente fazendo uma crítica a uma suposta crítica que eu não fiz, até porque EU adoro futebol.  06

 

Vale dizer que o vôlei NÃO representa um  contraexemplo. O Brasil é potência no vôlei há quantos anos, 10? 20?

Mr. Scofield2010-07-08 13:06:08

Link to post
Share on other sites

Algumas pessoas acreditam que futebol é uma questão de vida ou morte, e eu fico muito desapontado com essas atitudes. Eu posso te assegurar que é muito, muito mais importante que isso.

 

- Bill Shankly

 

 

 

Quem disse isso foi um escocês. Não é só o brasileiro que é fanático. Argentinos, uruguaios, italianos, alemães, ingleses, holandeses são até mais fanáticos que a gente.

Link to post
Share on other sites

 

 

É sério' date=' Renato. E não é só o vôlei. Acho triste que dão atenção para outros esportes aqui no Brasil só em Olimpíadas. Afinal, quem fica torcendo por Cesar Cielo e acompanha todos os mundiais?

 

Cito os EUA como exemplo. São fantáticos por Futebol Americano, Baseball, Hockey, Basquete... Lá não falta esporte que forneçam atitudes patrióticas.

[/quote']

 

Bem simplista e totalmente equivocada sua comparação.

 

Nos Eua, as escolas tem piscinas, quadras, ginásios, campos, existem as ligas universitárias... Os caras PRATICAM tudo isso aí desde cedo (não é uma coisa distante que ele só vê pela TV em época de Olimpíada).

 

Aqui no Brasil, se tiver cadeira pro aluno sentar e prof pra dar aula, o cara já tem que se dar por satisfeito. 06

 

Não sei aí mas aqui mesmo em Salvador, não tem ginásio e nem piscina olímpica...

E o cara vem me falar dos Eua...07

 

 

 

 

Opa. Pera lá.

 

Falta de infraestrutura nunca foi obstáculo para o esporte. NUNCA mesmo.

 

Se os caras podem pegar uma bola e jogar futebol em um terreno baldio, o que os impede de, ao invés de chutar, usarem as mãos para jogar vôlei? Quem disse que para jogar basquete precisa ter uma quadra perfeita? Piscina? PISCINA? O litoral brasileiro é um dos maiores do mundo. Lugar para nadar não falta.

 

Dinheiro só é obstáculo para esporte quando este envolve necessidade de equipamento, como o Hockey, por exemplo.

 

Não precisa muito mais do que um taco e uma bolinha para jogar baseball, não é mesmo?

 

E depois eu que falo asneiras... A partir do ponto que para praticar a maioria dos esportes você só precisa de uma bola, a falta de infraestrutura não é nenhum obstáculo.

 

Se fosse assim, não teríamos nenhum jogador de futebol. Afinal, no Brasil não se tem "gol's", "campos" e etc, não é mesmo?

 

E depois a minha visão é simplista? Tsc tsc. 09 Pra rir mesmo.

 

Sabe qual é o esporte mais praticado na Índia? Inclusive nas favelas? O cricket. Você acha que eles possuem ginásios para jogar? Não. Então pronto.

 

Link to post
Share on other sites

E essa história de que o futebol é mais acessível pela falta de exigência física é bullshit também. Isso não impede ninguém de praticar, muito menos de torcer. Sou baixinho e adoro ver basquete e vôlei. Mais que futebol. Qual a relação? Inclusive, já pratiquei ambos.  

 

Link to post
Share on other sites

 

cara, se o seu esporte preferido não é o mais popular do país, só lamento...06

 

Tá parecendo dor de cotovelo isso. E já que vc pratica, esqueceu que pro basquete se precisa da tabela e da cesta...

 

E já que citou a Índia, porque convenientemente esqueceu os alemães, ingeleses, holandeses, italianos, argntinos, uruguaios citados pelo colega aí?

 

Como se gostar de futebol fosse um crime.

 

Sobre infraestrutura, nem vou perder meu tempo comentando as besteiras ditas aí.

 

 

 

 

 

 

 

 
Link to post
Share on other sites

 

É igualmente "inútil"' date=' já que vc não convencerá ninguém com sua cruzada anti-religião.06

[/quote']

 

 

 

Nunca disse que não era algo "inútil".

 

 

 

"Convencer" nunca foi minha intenção.

 

 

 

E eu nunca promovi uma "cruzada anti-religião".

 

 

 

Criança é um problema... Nada sabe e ainda quer discutir. 06

 

 

 

 

 

Então a sua vida é extremamente ociosa... 06

 

Certamente não tanto quanto a sua, visto que eu posto muitíssimo menos do que você.  06

 

Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como se cantar o hino e hastear a bandeira fosse contribuir para melhorar alguma coisa. Esse tipo de palhaçada patriótica não presta para nada.

 

Além disso' date=' orgulho só faz sentido quando é em relação a algum ato consciente seu. Nascer no país x ou y é puro acaso. Não há motivo para ter orgulho disso.

[/quote']

 

Engraçado, o patriotismo tornou os EUA o maior país do mundo. Vc pode gostar ou odia-los, mas não pode negar isso.

 

Aqui, onde não existem patriotas, cada um quer salvar o seu e foda-se o resto. Olha que beleza...

 

 

nossa, que simplismo 12

 

 

 

Engraçado' date=' o patriotismo tornou os EUA o maior país do mundo. Vc

pode gostar ou odia-los, mas não pode negar isso.

 

Aqui, onde não

existem patriotas, cada um quer salvar o seu e foda-se o resto. Olha que

beleza...

[/quote']

 

Correção: "o maior país de bitolados do

mundo".

 

São maiores em que? Só em economia e poderio militar.

Educação pública decadente, tecnologia inferior à européia e à asiática,

política ambiental praticamente inexistente, saúde pública inexistente,

política externa baseada em espionagem e ameaças, frequente

envolvimento em guerras causadas por eles mesmos quase sempre por

motivos fúteis, discriminação (religiosa, sexual, social e racial) muito

pior que aqui, eleições suspeitas, corrupção frequentemente envolvendo o

alto escalão do governo, violência institucionalizada, moralismo

hipócrita...  Essa imagem romantizada que os brasileiros tem dos EUA é

tão engraçada... 06

 

E patriotismo não é contrário e nem

exclui o egoísmo. Aliás os americanos, como eu tive o desprazer de ver

pessoalmente durante alguns anos, mantém o "foda-se" ligado praticamente

o tempo todo. Brasileiros são bem mais solidários que os americanos,

mesmo não sendo patriotas.

 

Os patriotas em geral são os que mais

prejudicam seus países. O orgulho nonsense os leva a apoiar guerras

idiotas, ideologias bizarras (nacionalismo, nazismo e comunismo só para

citar algumas que ganharam força com o discurso patriota), ditaduras,

exclusão social, discriminação, leis absurdas, censura, moralismo... O

patriotismo começa cheio de boas intenções, mas mais cedo ou mais tarde

vira idiotismo. Os EUA são um exemplo vivo disso.

 

Precisamos é de

gente educada, consciente de seus direitos e deveres e respeitadora das

leis. Não de abobalhados cantam o hino e reverenciam um pedaço de pano

colorido, fingindo se importar uns com os outros, mas que votam mais na

final do American Idol que nas eleições para presidente.

 

O nacionalismo pode até não culminar em um país xenofóbico e autoritário, mas é um desvio de ética e de senso. Ora, a pátria é só um local onde pessoas habitam e são formadas/formão pelas suas culturas, o que tem-se que ter como prioridade é o bem estar das pessoas. Se um humano está sendo embarrado de ter o bem estar que ele julgues, deve-se trabalhar para que esses embarreiramentos ruem, independentemente se ele é Brasileiro, Argentino, Mexicano, Americano. Pois estes embarreiramentos te impediam caso estivesse na situação dele, ou te embarreirarão em alguma situação ou já te embarreira em algum ambito que foge da "asa" da sua consciêcia.

 

O nacionalismo é mais uma questão de referência e apego ou desgosto aos aspectos que as relações e sua cultura formam, apego ou desosto ao dia a dia, do que amor por uma instituição, por uma representação de sua terra. Quando o nacionalismo deixa de ser uma relação direta com o dia-a-dia, e passa a ser um "culto" a uma coisa, a um símbolo representativo, a uma "instituição", passa a existir uma estereotipação, uma relação danosa, um desvio de consciência. ai o cidadão deixa de agir integrante e integrado a cultura, direcionado a ela, para agir direcionado aos estimulos que remetem à criatura País, passa a até mesmo a enturvar as relações que sua cultura forma por conta das respostas ao símbolo da pátria.

 

O Futebol é mais uma relação cultural, uma tradição, ritual. Na prática, não tem nada haver com pátria, pois os jogadores não tem nada haver com pátrias de chuteiras 03

 

 

É impressionante como ele fecha os olhos para todos os séculos de

história dos dois países' date=' para dezenas de fatores como colonização,

localização, tempo de existência, recursos naturais, povos residentes,

imigração, cultura(s), etc, etc... e considera o patriotismo idiota como

o único fator de desenvolvimento.

 

É, a Alemanha é mais forte

porque os alemães são patriotas... 09

 

Mas é mesmo um gênio esse moço!

Continue assim! Os outros é que são estranhos e vivem em um mundinho

próprio. 060606[/quote']

 

Pois é, o simplismo dele recai no próprio pé do cidadão!

 

Graças ao nacionalismo Alemão que os germanicos exploraram a Africa e a Ásia, misturando etnias, desfigurando culturas e povos,...

 

E graças a essa exploração com base na estimulação nacionalista que os Alemães se desenvolveram militarmente e economicamente, até mesmo pro preparo de outra guerra. Hitler não teria "erguido" a Alemanha se não tivesse se preparando pra Guerra.

 

 E para ir mais além, e para ser mais profundo, a grande maioria dos pensadores socio-etnocêntricos da época eram Alemães, que defendiam a eugenia e deram sustento pro Darwinismo social e pra visão deturpada de Hitler de raça superior. Para vermos como a morfologização de uma pátria ou raça, ou algum segmento que crie e dê forma a um simbolo, causa um deturpamento, uma visão estereotipada.

Gustavo Adler2010-07-09 03:41:58

Link to post
Share on other sites

E essa história de que o futebol é mais acessível pela falta de exigência física é bullshit também. Isso não impede ninguém de praticar' date=' muito menos de torcer. Sou baixinho e adoro ver basquete e vôlei. Mais que futebol. Qual a relação? Inclusive, já pratiquei ambos.   [/quote']

 

Eu não falei nada de torcer, falei em participar de competições.
Lumière2010-07-09 04:05:01
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...