UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sith

The Walking Dead

Recommended Posts

E tudo ficou pior por Morgan não se sentir de maneira nenhuma culpado e se conformar tão placidamente com a iminente morte do cara que cuidou dele, o curou de sua síndrome de "clean", lhe ensinou o caminho das pedras p/ viver em paz consigo mesmo e com o mundo apocalíptico... impávido colosso FDP !

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Walking Dead | Glenn voltará à série… mas não da forma que você o conhece

walkingdeadmorteglenn-640x360.jpg
 
[Este post contém uma coletânea de spoilers, então, se você não tem acompanhado The Walking Dead, você pode não querer ler o resto desta história. Mas recomendo muito assistir o último episódio de TWD e então ler este artigo]

Por João Sampaio

É seguro dizer, por enquanto, que a maioria dos espectadores de The Walking Deadacredita que Glenn (Steven Yeun) ainda está vivo, mesmo que tenhamos visto com nossos próprios olhos Nicholas se matar e carregar Glenn junto com ele para um abismo de walkers.

Mas, se vimos os vagantes tirar as tripas de Glenn de seu peito e fazer um belo banquete com seu corpo – mas eram aquelas realmente as tripas de Glenn? Era realmente o seu corpo? – talvez não devemos ter tanta certeza disso, pois agora temos mais uma prova de que o ex-potencial companheiro de quarto de Sheldon Cooper e o marido de Maggie está totalmente a salvo.

Em uma entrevista exclusiva a MTV, o produtor executivo da série, David Alpert, discutiu o teórico destino de Glenn. Há algo nesta entrevista que certamente nos dá muita esperança. O produtor, que diz receber milhares de e-mails enfurecidos por dia, foi perguntado: “Eu só vou pedir para que você me de uma resposta muito simples: Glenn está morto ou ele está vivo?”.

É aí que Alpert nos dá as pistas e resposta que tanto desejamos. “Eu diria que o mais importante sobre Glenn é que ele tem sido há um bom tempo o ombro amigo de Rick, ele tem sido o cara que está sempre pronto pra ajudar”, disse o produtor.

 

Depois de lembrar aos leitores sobre a batalha de Rick e Shane que destacou a primeira temporada, Alpert também disse: “Eu sinto que o Glenn sempre foi o cara que dá uma segunda chance para todos, dá a todos a oportunidade de melhorar, de evoluir. Ele é o cara que nunca matou ninguém a sangue frio. Ele sempre foi o cara. Então acredito que – independente do que aconteceu com Glenn – o Glenn que conhecemos está morto”.

“Nicholas deu um tiro na cabeça e levou Glenn com ele. Então foi isso que custou a ele ser um bom rapaz. Assim, o Glenn bom rapaz, independentemente do que tenha acontecido com ele, não existe mais”, acrescentou Alpert.

Não estamos totalmente certos do que isso significa exatamente, mas o nosso melhor palpite é que Glenn de alguma forma sobreviveu. Existem diversas teorias que podemos apontar, com duas delas sendo as mais interessantes até agora, mas o que nos interessa aqui é que um dos personagens que acompanhamos por tanto tempo não está morto, quer dizer, pelo menos não o seu corpo.

O showrunner Scott Gimple afirmou em recente entrevista que só descobriremos se o personagem realmente morreu “na metade da temporada”.

O próximo episódio de The Walking Dead vai ao ar em 8 de novembro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais uma teoria do Glenn é ele tomar um banho de sangue e ficar fora o alvo dos zumbis como a Michonne fazia ou era sangue zumbi?

 

Gente, uma vez discutimos se a contaminação ela pelo ar...

 

Teve um episodios que fiquei meio assim, a ideia era, quando Rick metralhava o trio no trailer, pensava que logo em seguida eles se transformar, achei que era até um erro da produção porque não aconteceu, ai no episodio seguinte do Morgan, ele mata o pai e o filho na floresta, achei que iriam se transformar na hora, até então no episodios que achava mais um erro, mas não foi, vimos o filho transformado aparecer, responsavel por matar o Eastman, até então tinha tirado minhas duvidas, o cara ai não foi mordido e sim foi morto pelas mãos do Morgan, mesmo assim se transformou e evidentemente parece uma contaminação pelo ar, todos tem a doença no sistema, ela ativa quando morrem, sendo assim falar que Rick depois que cortou a mão e falam em contaminação com o sangue zumbi..., acho improvável? porque cada um já tem a infecção no sistema? ou será que é diferente neste caso..., a ponto dele ainda correr o risco de cortar a mão por uma infecção?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito facil virar o "mestre zen" e dar liçao de moral depois que mata o unico cara que fodeu desgraçadamente com sua vida ANTES do apocalipse zumbi... Ao meu ver, os wolf sao mais proximos do unico entre os 825 a ser realmente mal do que aos outros 824 que tinham alguma salvacao... E o morgan fica nessa vibe maldita...

 

Sou mais como o mike do breaking bad, sem medidas paliativas... Tem que meter bala ou faca na caveira... Ficar nessa de "toda vida importa" e gandhi e whe are the world num mundo pos apocaliptico é pedir para nao durar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse banho de sangue só funcionaria se fosse sangue de zumbi.

Em "Fear Walking Dead" Ortiz, antes de morrer, diz que estão todos infectados  e a mordida causa uma infecção fatal (sei lá se vale para "TWD" tb).

Daí, sei lá, acho que o que mata é a infecção causada pela mordida.

Faz supor que a contaminação tenha sido pelo ar mesmo.

 

Sobre a zumbização, ela pode demorar de 3 minutos a 8 horas, depende de cada um.

 

É que como a a´serie tá indo bem, eles ainda não falarão de uma busca pela cura.

 

Sabe o que?  Seria bem legal se eles descobrissem que alguém do grupo fosse imune  !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito facil virar o "mestre zen" e dar liçao de moral depois que mata o unico cara que fodeu desgraçadamente com sua vida ANTES do apocalipse zumbi... Ao meu ver, os wolf sao mais proximos do unico entre os 825 a ser realmente mal do que aos outros 824 que tinham alguma salvacao... E o morgan fica nessa vibe maldita...

 

Sou mais como o mike do breaking bad, sem medidas paliativas... Tem que meter bala ou faca na caveira... Ficar nessa de "toda vida importa" e gandhi e whe are the world num mundo pos apocaliptico é pedir para nao durar...

 

Concordo plenamente!

 

Não gostei desse episódio, ainda não consigo engolir essa vibe pacifista do Morgan. Por outro lado também não dá pra ser matar ou morrer o tempo inteiro, mas  na moral tu ver o cara matando a machadada alguém, passando o facão em mulheres indefesas e ainda querer ficar de papinho? na na na

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu gostei do episodio e estava claro que em algum momento eles iriam desacelerar o ritimo dos 3 primeiros episodios, eles aproveitaram para fazer isso nesse quarto (Here's Not Here) e de quebra aproveitaram para revelar o passado do Morgan entre o que aconteceu na 3° temporada e no fim da 5° que é algo que a maioria aparentemente tinha curiosidade, já que o Morgan mudou muito de personalidade/postura desde a ultima aparição dele na 3° temporada. A historia em si não foi surpreendente porque ja sabiamos que o Morgan tinha surtado naquele ultimo encontro com o Rick no arco da prisão e ele deu algumas dicas nos ultimos episodios da trajetoria dele, como por exemplo um "queijeiro" ter ensinado ele a lutar com o bastão.

 

Mesmo assim o episodio foi bem conduzido compensando a previsibilidade e a participação do John Carroll Lynch como o mentor do Morgan foi muito boa com um personagem com uma historia interessante (o lance da esposa/filha foi simples mas bem utilizado). A morte dele pelos zumbis foi previsivel tambem mas não achei "boba", ele deu um descuido tentando ajudar o Morgan e acabou si dando mal, algo semelhante ao que aconteceu com o Tyrese. Acho importante esse tipo de morte, porque mostra os zumbis como a força principal que move esse mundo e acrescenta uma certa verossimilhança ao mesmo já ninguem vai ficar alerta o tempo todo, ou é aprova de falhas, ou vai ter mortes espetaculares.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho louvável, exemplar, cativante a mentalidade pacifista, mas ela é inócua nesse ambiente hostil onde o risco para sua a vida é extremamente elevado. Acho legal mostrarem que boa parte dos indivíduos pode ter uma redenção. Mas para isso muito se coloca em jogo e mais uma vez a sobrevivência é comprometida. Morgan não pode ser líder, sua doutrina do Aikido e outras pacifistas em frente a povos dominadores, conquistadores levou quase a extinção e ou se não ao extermínio de nações indígenas e outros povos pelo mundo.  

 

A cultura dominante é dominante porque ela é beligerante e não pacifista. É assim que funciona o mundo infelizmente. O ocidente hoje controla quase o mundo todo porque investiu em tecnologia bélica. A diplomacia e valores não letais pouco ou nada definem os rumos do mundo. Então imagina isso em mundo quebrado por um evento pós-apocalíptico? Sou pragmático, cético e desconfiado com a eficiência real mesmo em um mundo sem zumbis.

 

Eu sou contra qualquer guerra de dominação e nessas horas o pacifismo é bem vindo, mas não contra uma guerra defensiva ou guerra justa. É necessário lutar e matar às vezes sujar as mãos para sobreviver em guerras por defesa de uma dominação, para lutar contra agressores e ameaças diversas até de predadores não humanos. Não temos garras e dentes de grandes predadores mortais, mas temos a mente humana que pode ser usada para criar formas diversas de competição na luta pela vida.

 

Aikido não é uma cultura majoritária e dominante do mundo por que será? Povos dominadores usaram a espada e não a cruz para impor sua cultura sobre o mundo.

 

Pacifismo é um ato nobre, mas ineficiente na luta pela vida. Isso me lembrou do excelente filme “A Missão” que expõem bem esse tema:

 

 

SE eles tivessem mais combatentes e menos índios dóceis talvez as probabilidades de sobrevivência fossem maiores contra uma ofensiva genocida.

 

Para ilustrar mais a informação em outras épocas:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas nem tanto ao ferro, né?

Tipo, fui contra a morte de Pete, pq, sendo pragmática, ele seria útil por ser o único médico ali (hoje sabemos que há mais uma).

Fora isso, Rick instaurou a pena de morte e a ditadura em Alexandria.

Ele mesmo julgou, condenou e executou o réu.

 

Quem sabe se ele não tivesse usado o método pacifico que o queijeiro usou com Morgan hoje ele não estaria vivo, "recuperado" e clicando em Alexandria ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa questão de recuperado já custou uma vida de um inocente, que também era importante para a comunidade Jujuba. Será que não custariam outras vidas no processo? Exemplo a fraqueza de Glenn com Nicholas selou seu destino e comprometeu os resultados de sucesso maior. Para eles faltam recursos e pessoas ao gastar recursos com um possível problema Pete, eles perdem tempo, pessoas e se ariscam a ficarem ainda mais vulneráveis. São fadados a extinção.

 

O renascimento de uma civilização mais parecida com a nossa só surgiu em função de mais recursos, estabilidade, tecnologia e força bélica superior aos seus rivais. As "civilizações do Crescente Fértil" surgiram com esses fatores. Solo fértil, tecnológica da agricultura, comércio estável com as cidades vizinhas e poder militar de exércitos superiores.

 

Os egípcios, Sumérios e Fenícios, por exemplo, só progrediram por muito tempo ou até certo ponto por isso e criaram colônias além mar. Os Britânicos criaram seu imenso império de sangue. Tinha colônias nos cinco continentes em outras palavras recursos quase inesgotáveis, poder bélico e comércio muito mais diversificado devida a revolução industrial e por fim a maior marinha do mundo. À medida que essas civilizações evoluíram, se progridem também os valores e a "humanidade" que conhecemos hoje.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa questão de recuperado já custou uma vida de um inocente, que também era importante para a comunidade Jujuba. Será que não custariam outras vidas no processo? Exemplo a fraqueza de Glenn com Nicholas selou seu destino e comprometeu os resultados de sucesso maior. Para eles faltam recursos e pessoas ao gastar recursos com um possível problema Pete, eles perdem tempo, pessoas e se ariscam a ficarem ainda mais vulneráveis. São fadados a extinção.

 

O renascimento de uma civilização mais parecida com a nossa só surgiu em função de mais recursos, estabilidade, tecnologia e força bélica superior aos seus rivais. As "civilizações do Crescente Fértil" surgiram com esses fatores. Solo fértil, tecnológica da agricultura, comércio estável com as cidades vizinhas e poder militar de exércitos superiores.

 

Os egípcios, Sumérios e Fenícios, por exemplo, só progrediram por muito tempo ou até certo ponto por isso e criaram colônias além mar. Os Britânicos criaram seu imenso império de sangue. Tinha colônias nos cinco continentes em outras palavras recursos quase inesgotáveis, poder bélico e comércio muito mais diversificado devida a revolução industrial e por fim a maior marinha do mundo. À medida que essas civilizações evoluíram, se progridem também os valores e a "humanidade" que conhecemos hoje.

Concordo em parte, mas nesse pragmatismo todo eles podem se perder no caminho, perder sua humanidade.

Tu cita recursos e pessoas, Pete era uma pessoa e um recurso, do mais importantes por ser médico, diga-se.

O que tu cita como fraqueza de Glenn considero força. Nicholas tb era valioso, numa batalha kamikaze de 5.000/1.

 

E convenhamos  a morte de Pete está envolto em desejos de Rick pela mulher dele e, não dá p/ ignorar, a manipulação maquiavélica de Carol pilhando o cara, antes do julgamento.

Peter poderia ser preso ou banido.

 

A pergunta que não quer calar é, se superarem o apocalipse zumbi, que espécie de ser humano restará como herança da espécie ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Walking Dead | Temos 99,9% de certeza que personagem não está morto

No penúltimo episodio de The Walking Dead, algumas pessoas choraram desesperadamente pela provável morte de um dos principais personagens da série até então. Mas antes de ir mais adiante, cuidado com os SPOILERS! Se seguir em frente a partir daqui é por sua conta e risco!

 

No episódio “Thank You”, terceiro episódio desta incrível sexta temporada de The Walking Dead, vimos a provável morte de Glenn, quando Nicholas acabou levando-os a um beco sem saída. Os dois então subiram em cima de uma lixeira e tentaram desesperadamente matar os milhares de zumbis que surgiram em meio ao nada (curioso, não? Mas ok, é logicamente explicável), com seus modestos dois revólveres.

 

A situação que já era fácil so melhorou depois que os vagantes preencheram todo o espaço em volta deles, deixando-os completamente sem saída. É aí que Nicholas, desesperado, dá um tiro em sua própria cabeça, mas não antes de dizer “Obrigado.” (Espero que tenham entendido essa referência).

Não só Nicholas deixa seu companheiro sozinho em torno de uma horda de walkers, mas acidentalmente leva Glenn junto em sua queda. Em torno de uma aura de pânico, Glenn permanece no chão, extasiado pelo torpor enquanto os caminhantes parecem devorar seu tórax e tirando de lá suas supostas entranhas enquanto ele se desespera.

Agora os seguidores da série na internet estão tentando de todas as formas descobrir odestino de Glenn. Talvez alguns estejam pensando que depois de assistir alguém tendo seus órgãos arrancados de seu corpo teria alguma possibilidade de cura ao estilo Wolverine, mas o que temos até agora é um desfecho ao melhor estilo George R. R. Martin.

 

Em primeiro lugar, nós vimos com esses olhos que a terra há de comer que o corpo de Nicholas caiu por cima do de Glenn. Ou, pelo menos foi o que pareceu, não?

 Poderia ser que, ao invés de estar devorando Glenn, os walkers tivessem na verdade devorando Nicholas? A teoria é que os caminhantes estão rasgando o peitoral de Nicholas, não o de Glenn. Se você assistir a cena, o peito de Glenn aparece desajeitadamente, não seria estranho se não fosse o seu peito, apesar de tudo. Como é que Glenn escaparia se este for o caso? Ele poderia cobrir seu corpo com o de Nicholas e camuflar-se ou deslizar sob a lixeira.

O Reddit, um fórum online muito popular nos EUA, veio com uma teoria perfeitamente plausível: Tudo aquilo acontecera na cabeça de Nicholas! Durante todo o episódio focado em Nicholas, vimos as diversas vezes em que ele “se perdeu” em seus devaneios psicóticos, em um deles quando entrara em um beco e vira um colega ser destroçado pelos walkers. Naquele momento, Glenn chama sua atenção para voltar e eles se dirigem para fora do beco e é quando se deparam com milhares de vagantes onde antes não existia nenhum.

Após decidirem se abrigar em um armazém (algo muito comum na série) vimos diversos pontos extremamente discutíveis sob as decisões tomadas pelos personagens que conhecemos a tanto tempo. Não me lembro, de outra oportunidade em que o grupo de Rick decidisse por sair de um abrigo atirando contra os walkers, ainda mais sem que algo fosse questionado.

Sei que muitos argumentariam que os walkers cercavam o abrigo e que não haveria outra esc… opa, não haveria outra escolha? Como sabemos disso? Porque não se explorou (como em toda a história dessa incrível série) as possibilidades, a misteriosa porta de onde saíram os vagantes, se havia algum depósito no armazém, ou uma saída dos fundos. Junte isso ao inédito fato de Deryl Dixon deixar algum companheiro pra trás (HAHAHA) e você terá cada vez mais confiança para acreditar nessa teoria.

walking-dead-s06e3-glenn-eaten.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

99.9% de certeza só quem lê spoilers :D

 

Ninguem sabe os numeros do universo de Walking Dead, este mundo se passa nos States, temos tantos continentes, algumas cidades bem distantes de qualquer tipo de contaminação, Alasca, Groenlândia, então muito dificil a humanidade se extinguir tão facilmente, apenas os paises com liberdade de armamento como os States as pessoas tem mais chance de sobrevivencia onde tinha a cada esquina uma loja de armas, enfim não acredito em recuperação imediata, demora muito tempo, algumas pessoas são irrecuperáveis, os Lobos mostraram que realmente agem de uma forma insana de matar sem um pingo de remorso, para mim deviam simplesmente serem aniquilados porque neste mundo em Alexandria, com poucas pessoas, não se pode dar ao luxo de arriscar e reintegrar pessoas, pode dar errado e quem dominará Alexandria será o sistema dos Lobos quando eles dominarem o local, viraria algo como Mad Max, já o que Deanna em Alexandria tentam fazer é ampliar e criar famílias que são escolhidas a dedo, muito ao contrario do pensamento do Morgan, vai ter um atrito ai entre pensamentos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

É aquela velha pergunta: quem nós somos e as coisas que nós precisamos fazer para sobreviver são duas coisas diferentes?

Eu acho que sim e que não ao mesmo tempo. Em um mundo pós-apocalíptico teríamos que tomar decisões moralmente dificeis para sobrevivermos mas ao mesmo tempo não podemos nos perder como seres humanos. Nem tudo é preto no branco, há várias camadas entre os dois e por isso é tão difícil e é uma jornada extremamente desgastante para quem a vivencia (Rick e amigos hehehe). Não tem como julgarmos as escolhas do Rick, da Carol, do Morgan, do Glenn, do Daryl pq simplesmente eles estão tentando fazer o melhor que podem na situação que estão.

 

Eu confiaria no meu instinto que é a única coisa que se pode confiar em um mundo totalmente arrasado e sem leis. Dependendo da pessoa e da situação eu não pensaria duas vezes....em matar ou dar outra chance  :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×