Jump to content
Forum Cinema em Cena

Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 1


Recommended Posts

 

 

De nada' date=' Cesar Trek. É, é uma opção da Rowling, né.

 

A Isabela e todos os críticos que falaram que não precisava de terem dividido em 2 filmes não sabem o volume de informações que vem na parte II. Seria impossível, a história já está corrida sendo em duas partes, imagina se fosse em uma... sem contar que dessa vez os produtores quiseram dar um presente aos fãs, independentemente do que os outros pensassem, e tentar dar a maior qualidade possível a esse projeto. Se os fãs gostaram, ótimo. O filme foi feito pra eles.

 

[/quote']

 

Pois é. Esse primeiro foi bastante coisa, e tem a mesma quatidade de informação na segunda parte, ainda mais que vai entrar na história o lance das Relíquias da Morte além das Horcrux.

 

Não se se foi certo ou errado dividir em 2. Mas a Isabela Boscov, senhor ...  acho ela meio sem noção.

 

Ela disse, na crítica de Inception, que os motivos para uma inserção de idéia ser mais difícil eram inexplicáveis e insondáveis ... Acho que ela foi no banheiro nessa hora na sessão, só pode. Não existe filme mais didático que Inception. 06.gif

Fran Pierri2010-11-21 14:34:01

Link to post
Share on other sites
  • Replies 71
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Ela disse' date=' na crítica de Inception, que os motivos para uma inserção de idéia ser mais difícil eram inexplicáveis e insondáveis ... Acho que ela foi no banheiro nessa hora na sessão, só pode. Não existe filme mais didático que Inception. 06.gif
[/quote']

 

Me achava um mutante até agora. Achava que era só eu que achava isso do filme. É que vejo tanta gente masturbando mentalmente sobre Inception, mas ele é tão auto-exlicativo, que não vejo lugar ali para essa masturbação mental toda. Nem falando da qualidade do filme em si, mas realmente a história é toda "redonda e fechada", sem muito lugar para devaneios.
Link to post
Share on other sites

 

Ela disse' date=' na crítica de Inception, que os motivos para uma inserção de idéia ser mais difícil eram inexplicáveis e insondáveis ... Acho que ela foi no banheiro nessa hora na sessão, só pode. Não existe filme mais didático que Inception. 06.gif

[/quote']

 

Me achava um mutante até agora. Achava que era só eu que achava isso do filme. É que vejo tanta gente masturbando mentalmente sobre Inception, mas ele é tão auto-exlicativo, que não vejo lugar ali para essa masturbação mental toda. Nem falando da qualidade do filme em si, mas realmente a história é toda "redonda e fechada", sem muito lugar para devaneios.

 

Sim, eu achei o filme muito bom, adorei mesmo. Assisti esse filme segurando a poltrona do cinema, sabe ... tensa. Mas o filme é super didático, no início você até pensa que vai ser uma viagem a coisa toda, mas o filme vai te dando as informações de forma muito natural, sem deixar a gente com cara de burro sabe ... pelo menos é o que eu acho ...

 

Mas enfim, isso já nos diz o que a Boscov deve realmente ter ido no banheiro ou encher o saco da pipoca nessa hora ...

 

E Harry Potter realmente ficou muito bom. Fui com pessoas que não leram o livro e conseguiram entender super bem a trama, sempre uma pergunta aqui ou ali pra saber mais a fundo, mas por cima conseguiram seguir a história e entender os dramas.

 

Link to post
Share on other sites

Cara Fran Pierri, não sou o fã de livro, mas gostei de todos os filmes do HP, com excessão desse, que sou obrigado a concordar com a Isabela.

 

E concordo com ela pelo sentido do cinema, afinal, até hoje todos os filmes foram satisfatórios, ou seja, como filme, eu entendi as histórias e me diverti, mesmo sem ter acesso a todas as informações dos livros, então por que mudar agora?

 

SPOILER

 

Analisando do Principe Mestiço para o próximo filme em 07/2011, a única coisa relevante pra mim (como seguidor dos filmes) foi saber sobre as Reliquias da Morte e a cena final onde o Voldemort acha a varinha. Nem a morte do Dobby me emocionou, afinal pra mim ele nem existia mais, foi uma surpresa ve-lo. Então partindo desse ponto de vista, sou obrigado a concordar com a Isabella Boscov.
Link to post
Share on other sites

 

Cara Fran Pierri' date=' não sou o fã de livro, mas gostei de todos os filmes do HP, com excessão desse, que sou obrigado a concordar com a Isabela.

 

E concordo com ela pelo sentido do cinema, afinal, até hoje todos os filmes foram satisfatórios, ou seja, como filme, eu entendi as histórias e me diverti, mesmo sem ter acesso a todas as informações dos livros, então por que mudar agora?

 

SPOILER

 

Analisando do Principe Mestiço para o próximo filme em 07/2011, a única coisa relevante pra mim (como seguidor dos filmes) foi saber sobre as Reliquias da Morte e a cena final onde o Voldemort acha a varinha. Nem a morte do Dobby me emocionou, afinal pra mim ele nem existia mais, foi uma surpresa ve-lo. Então partindo desse ponto de vista, sou obrigado a concordar com a Isabella Boscov.
[/quote']

 

A morte do Dobby é muito mais emocionante para quem leu os livros. O personagem, ao contrário do filme, aparece, além do livro 2, no livro 4, no livro 5, no livro 6 e por fim no livro 7. Foi um personagem muito bem trabalhado nas histórias, sem dúvida um dos melhores da série.

 

Quanto ao que é relevante para o filme: tirando a história das Relíquias, o filme quase todo gira em torno do Medalhão, que por ser uma Horcrux, é fundamental para a trama como um todo. Não acho que o esteja no filme seja enrolação pra ganhar dinheiro, como a Isabela Boscov disse. Cenas com o elfo Monstro: como conseguir o medalhão; cenas do Ministério: roubo do medalhão; cenas na cabana: discussões sobre a espada que destrói o medalhão; cena da Batilda: busca pela espada que destrói o medalhão... enfim, tudo no filme foi importante para que culminasse na destruição do medalhão pelo Rony. Que me desculpe a Isabela, mas o filme todo tem uma cronologia que não poderia ser suprimida. E eu, como fã dos livros, não iria gostar nem um pouco se essa ordem de acontecimentos fosse alterada.

 

Link to post
Share on other sites

MEGA SPOILER

 

Estava discutindo a questão da morte do Dobby com uma pessoa e interessante que a morte dele emociona mais que a morte do Sirius, que era o padrinho do Harry, sua única família.

 

Mas vi como uma intensão clara da JK de nos mostrar que o único breve fio de esperança de Harry se foi sem ao menos poder conhecê-lo, por isso não gera emoção, apenas uma revolta muito grande.

 

E Dobby era o mais fiel dos fiéis, o elfo livre que era AMIGO do Harry Potter, era um igual e tratado como um igual pelo bruxo que derrotaria o Lord das Trevas.

 

Engraçado que não teve aquele lance do monstro, que o Harry tratou monstro com a dignidade que Sirius não fez, e que o monstro ficou emocionado e feliz com a atitude de Harry de terminar o serviço de Régulo.

 

 

Link to post
Share on other sites

 

 

   608 páginas deThe Deathly Hallows(edição americana)nunca iriam funcionar  em um único filme e muita

informação.nessa primeira parte faltaram alguns momentos que adoro e considero importantes.Morte do rabicho,Rádio Potter.... A festa de

aniversário,presente do Hagrid...  infelizmente seria impossivel colocar tudo no filme.

 

 

Sara Winchester2010-11-22 22:18:09

Link to post
Share on other sites

Vamos lá. Apesar de ter lido todos os livros e de meu TCC ter sido sobre Harry Potter, não acho que eu seja um fã cuja opinião dos filmes possa ser desmerecida apenas por conta disso. Antes de falar do Deathly Hallows, acho importante mencionar que não gosto muito dos filmes do HP. É divertido ver como que os produtores visualizaram coisas que eu tinha lido e ver tudo com trilha sonora (que tem decaído muito), mas no geral é só um oba-oba sem muito apreciação. Todos foram bem ruinzinhos, com exceção do 3 que foi até interessante e do 5 que foi divertidinho. O pior com certeza foi o 6, quase dormi no cinema de tédio.

 

 

 

Mas o 7 foi genuinamente bom. O que sempre me irritava nos filmes do HP era uma total negligência dos detalhes, do ritmo e da naturalidade. Então tínhamos cenas de 30 segundos em que ninguém falava em uma velocidade normal, tudo era atuado sem naturalidade (gente em pé em círculo se olhando, com as mãos para baixo). Ou então tínhamos algum personagem dizendo "Ouvi seus gritos", quando a pessoa em questão estava falando apenas levemente acima do tom. Era impossível não ter a sensação de que ninguém que trabalhava no filme sabia o que estava fazendo e o que estava acontecendo na cena. Será que ninguém no estúdio levantava a mão e falava, "olha, acho que isso não fez sentido".

 

 

 

E acho que finalmente tudo mudou em Deathly Hallows. Pela primeira vez temos cenas respiradas, silêncios entre as falas, pausas para que tanto os personagens quanto nós possamos contemplar o que aconteceu e quais as consequências disso. A atenção para os detalhes de atuação, mise-en-scéne, edição passa uma impressão muito boa de trabalho minucioso, caprichoso e bem-feito. As várias cenas em silêncio ficaram muito boas, como a de Harry contemplando seu antigo armário (notaram o detalhe dos soldadinhos de chumbo, um deitado e outro de pé?) e a cena em que Harry e Hermione dançam.

 

 

 

É claro que o que Hollywood acha que é uma cena contemplativa é ainda muito rápida pra mim e realmente não tem nenhuma cena em que não acontece NADA! Percebo que discordo de muita gente quando digo isso, mas é muito importante para um filme ter cenas em que não acontece nada. Ainda mais em um filme como esse. Existem muitas, muitas outras coisas mais importantes num filme do que enredo. Para alguém que reclama demais sobre estruturas de enredo, dizendo que um filme acaba ficando desajeitado, corrido, lento demais, chato, etc, por causa do enredo, eu digo: volte a ler Goosebumps.

 

 

 

Eu não sei de onde as pessoas tiraram que necessariamente a série HP teria que terminar com Harry e Voldemort se enfrentando. Com certeza é uma gente muito bem adestrada por filmes de ação em que o bandido e o mocinho se enfrentam (sem armas!) e o bandido cai de um precipício ou em uma hélice. A ameaça à ordem patriarcal eliminada, o mocinho pode instaurar a família nuclear heterossexista beijando a mocinha e bagunçando o cabelo da criança mais próxima. Esperar algo assim de HP é muita miopia, e o 7º livro coloca POUQUÍSSIMA ênfase no enfrentamento físico, presencial final entre Harry e Voldemort.

 

 

 

Mas vamos para algo mais estruturado. Comecemos pelos pontos negativos, então:

 

 

 

1. Apesar de ser interessante o foco constante no trio durante as cenas de acampamento (que pra mim é a melhor parte do 7º livro), senti falta de um contato maior com o mundo exterior. Através da visita de Lupin, do Potterwatch e do quadro do Phineas Nigellus (todos excluídos do filme) o trio é capaz de tecer uma imagem muito mais complexa do conflito que está acontecendo no mundo mágico. Ao focar somente no trio e em sua tentativa de derrotar Voldemort, o filme acaba defendendo um moralismo de bem contra o mal simplista em que jovens-fofos-apaixonados têm que matar logo o cara-esqusito-careca-absolutamente-maléfico para poderem casar, ter filhos e assistir TV. No livro fica muito mais claro que o "inimigo" é algo muito mais disperso e difícil de localizar, o que eu acho que é um insight político muito mais relevante para nossa conjuntura.

 

 

 

2. Apesar de o cuidado com o ritmo ter melhorado uns 3500%, ainda tinha umas coisas que ficaram esquisitas. O início do filme ficou ÓTIMO, com um impacto emocional impossível de ignorar com o discurso do Scrimgeour. Mas a transição para a primeira cena com enredo, em que o Moody começa a explicar o plano de fuga, ficou MUITO abrupta, e quase achei que o filme ia desandar.

 

 

 

3. Detesto algumas caracterizações que acabaram ficando mais exarcebadas nesse filme. Detesto a Bellatrix da Bonham-Carter com todas as minhas forças, acho ela patética e quase cômica, não dá pra levar ela a sério. Parece uma vilã de videogame de luta, em que algum tipo de violência/força feminina é sempre equacionada com hiper-sexualização. A Bellatrix do livro não tem tempo pra se preocupar em ser sexy e bonita. Acho o Wormtail meio idiota também.

 

 

 

4. Alguns detalhes de enredo não poderiam ter sido excluídos. Não por purismo, mas porque realmente atrapalham a coesão interna do filme. Me parece ridículo que o filme se importe tanto com a tentativa da Hermione de proteger seus pais mas totalmente ignore as medidas tomadas por Ron para proteger sua família, ainda mais porque ele se mostra o tempo todo preocupado. Acho que a questão de a espada de Gryffindor ser falsa ou não deveria ter sido incluída na cena em Malfoy Manor. Acho que o trio deveria ter tido tempo de discutir as Deathly Hallows, falar sobre a Capa da Invisibilidade que eles já têm e, é claro, faltou os ótimos capítulos em que Harry se vê seduzido pela possibilidade de possuí-las e dominar a morte. Acho indesculpável pular essa que é a questão mais importante do livro e talvez da série inteira.

 

 

 

5. Gostei de onde o filme terminou e do clima de desesperança que deixou na boca. Só acho que com o mesmo enredo poderiam ter feito algo mais climático e conclusivo. Poderiam ter incluído as coisas que acontecem antes de Voldemort pegar a Elder Wand, que são as cenas de Harry decidindo se vai correr atrás dos Horcruxes ou das Deathly Hallows, conversando com o duende e com o Ollivanders. Aquilo tinha um potencial de suspense ótimo para terminar o filme com Voldemort e a varinha.

 

 

 

6. Todas as cenas em Godric's Hollow tinham que ser muito mais ansiosas, deprimentes, claustrofóbicas e assustadoras. Pra mim é a parte mais aterrorizante do livro, não ficou o suficiente no filme.

 

 

 

Agora vamos para as coisas boas!!

 

 

 

1. Como disse, adorei a atenção aos detalhes, aos personagens, o tom sutil e não-forçado em que quase tudo acontecia - os diálogos, os olhares, os graus de conflito ou aproximação. Como disse antes, o jeito que o filme começa é genial. No geral, o filme todo ficou muito bem acertado no tom, o clima desesperado, ansioso, introspectivo e abertamente pessimista. Muito, muito eficaz.

 

 

 

2. As atuações e a direção de atores estava muito boa também. Dessa vez as nuances entre o trio estavam muito críveis e as sobrancelhas da Hermione ficaram quietas! A cena em que Harry e Hermione dançam ficou ÓTIMA, assim como quase todas as cenas que centravam no suposto triângulo entre os três - a abordagem ficou séria, adulta e detalhada, demonstrando bem a importância que os produtores colocaram nos personagens nesse filme.

 

 

 

3. Muito semelhante aos pontos acima, acho que a edição ficou muito boa. E nela pode-se ver a atenção aos personagens, ao detalhe a às atuações. Peguem como exemplo a cena em que colocam Harry na frente de Draco para ser reconhecido. Os filmes anteriores evitariam o close, filmariam todo mundo parado em volta dos dois, com uma música levemente dissonante em crescendo. Nesse filme temos uma cena em que a tensão intrínseca da cena é deixada respirar e contaminar a audiência, os closes, os olhares, o silêncio, tudo funciona para me convencer que, dessa vez, os produtores (e os atores) SABIAM o que eles queriam que acontecesse na cena.

 

 

 

4. As cenas no Ministério ficaram muito interessantes! Estava curioso para ver como seria uma cena tão longa atuada por outros atores e gostei MUITO. Na verdade, até percebi que tinha horas que me identificava mais com o Harry transfigurado do que com o Radcliffe! Enfim, ficaram muito, muito boas as cenas, apesar dos exageros de rosa nas roupas da Umbridge.

 

 

 

Enfim, acho que essas são as coisas mais importantes. No geral, acho que fica o gosto de atenção e trabalho bem-feito por parte dos produtores, e isso é o que mais importa. Não fiquei nem um pouco irritado com a separação em dois filmes, justamente porque acho as cenas de acampamento tão cruciais, e assim elas tiveram tempo para respirar.

Link to post
Share on other sites

SPOILERS

 

4. Alguns detalhes de enredo não poderiam ter sido excluídos. Não por purismo' date=' mas porque realmente atrapalham a coesão interna do filme. Me parece ridículo que o filme se importe tanto com a tentativa da Hermione de proteger seus pais mas totalmente ignore as medidas tomadas por Ron para proteger sua família, ainda mais porque ele se mostra o tempo todo preocupado. Acho que a questão de a espada de Gryffindor ser falsa ou não deveria ter sido incluída na cena em Malfoy Manor. Acho que o trio deveria ter tido tempo de discutir as Deathly Hallows, falar sobre a Capa da Invisibilidade que eles já têm e, é claro, faltou os ótimos capítulos em que Harry se vê seduzido pela possibilidade de possuí-las e dominar a morte. Acho indesculpável pular essa que é a questão mais importante do livro e talvez da série inteira.

 

 

[/quote']

 

Radek, eu realmente nem havia pensado na cena do Harry com o Duende na Mansão dos Malfoy.

 

O que senti mais falta foi justamente essa questão das Relíquias da Morte x Horcrux na cabeça do Harry.

 

Mas vamos ver o que irão fazer na segunda parte. Já que provavelmente teremos um início no chalé das conchas com uma conversa entre Harry e o Duende.

 

Link to post
Share on other sites

Gostei do filme. Achei superior em muitos aspectos aos anteriores e tiveram cenas que valeram a pena. Separar o livro em 2 filmes foi necessário como já citaram antes, proporcionando momentos muito mais bem trabalhados e cenas mais calmas, necessárias. Condensar todos os acontecimentos do livro deixaria muitos furos de roteiro e pouca explicação, com os personagens correndo pra todo lado. Tem muita coisa ainda para o próximo filme.

Link to post
Share on other sites

 

Gostei do filme. Achei superior em muitos aspectos aos anteriores e tiveram cenas que valeram a pena. Separar o livro em 2 filmes foi necessário como já citaram antes' date=' proporcionando momentos muito mais bem trabalhados e cenas mais calmas, necessárias. Condensar todos os acontecimentos do livro deixaria muitos furos de roteiro e pouca explicação, com os personagens correndo pra todo lado. Tem muita coisa ainda para o próximo filme.[/quote']

 

Sim, porque esse último livro fecha praticamente todas as brechas dos outros 6 livros. Como fazer isso em um filme só?!

 

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

 

 

 

 

 

Assisti o filme, aí vão as facadas:

 

SPOILERS:

 

* Depois que li essa "crítica" (de Fã) do Pablo confesso que fiquei até motivado a ver o filme, e de fato fui. As primeiras sequencias de cenas e aquela trilha me fizeram pensar que eu finalmente iria ver um HP decente, ou "sombrio" como retratado nesta crítica. rs

 

* Pensei errado, dessa primeira sequencia até os créditos caiu na mesma merreca de enredo estúpido, de personagens estúpidos e vazios.

 

* O harry bosta não é ninguém, mas tudo acontece a favor dele por ser protagonista! hehehehehe

 

* O filme continua com cenas cretinas que começam com pavor, suspense e termina com um "raiozinho mágico". Exemplo (A cena que a senhora de transforma na maligna serpente que dá altas investidas pra acabar HP e Hermione renderia uma boa batalha, mas como era previsivel um raio deu jeito na bichona (Me pergunto se apenas um raiozinho daqueles vai acabar com o LORD DAS TREVAS! lol)

 

* O filme quase inteiro eles passam dentro de um campo de força, feito sob feitiço que os protegem completamente dos inimigos, os tornando invisiveis (ironic on) Isso me fez morrerrrr de medo do filme mais sombrio da série!!!! (ironic off)

 

* Depois de ficarem presos no porão, com aqueles 3 bruxos dominando a sequencia (que primeiramente apresentam ao publico idiota como bruxos poderosos) ele pega o espelho, pede uma ajuda nada básica, aparece o elfo/smeagol, que ao sairem para o que seria uma bela e suada batalha que não começa e 3 segundos a cena ultra maligna é terminada pq o elfo/smeagol derrubou o lustre do teto, terminando assim uma luta de grandes bruxos! - OH!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!16

 

* Harry Potter é procurado em todos os lugares, mas sem muito esforço pra entrar e conseguir o colar da bruxa senhora, mais fácil foi pra sair!!! :lol:

 

* A espada (que eu pensei, nossa ele irá enfrentar muitos obstaculos para conseguir, causando inclusive tensão entre os colegas hehehe), numa noite qualquer a espada veio de presente! heheheheheheheheh

 

 

PELO O AMOR DE DEUS... ainda pouco estava ali no orkut lendo uns falando sobre cenas antologicas... 

 

 

 

 

Cacique2010-12-12 23:28:05

Link to post
Share on other sites

 

Crítica do filme 5: "Daniel Radcliffe' date=' por sua vez, concentra-se na instabilidade emocional de Potter, retratando com sensibilidade o processo de auto-conhecimento de um adolescente repleto de dúvidas sobre si mesmo".

Crítica do filme 6: "Daniel Radcliffe mais uma vez se sai admiravelmente bem" (mais uma vez? admiravelmente?)

 

 

Aham. 10

 

Crítica do filme 7: "Radcliffe mais uma vez é bem sucedido ao retratar o peso experimentado por Harry diante de sua perigosa jornada"

 

Será que é verdade? Dado o histórico, duvido muito.

[/quote']

 

Não não é verdade, nem no 5, nem 6 e muito menos 7! 03

 

Link to post
Share on other sites

 

Concordo com o Cacique com todas as minhas forças.

 

O filme é bem dirigido, atuações razoáveis, muito bom tecnicamente.

 

Mas a história é péssima.

 

O filme é um Deus ex machina abulante.

 

Tudo no filme, absolutamente tudo, ou cai do céu para os personagens ou é conseguido de maneira banal.

 

Já esperava uma nota alta do Pablo pelo filme ter referências superficiais e esdrúxulas a regimes ditatoriais. Mas nota 5...

 

Por favor...

 

 

 

parreirasgl2010-12-13 18:11:58

Link to post
Share on other sites

Me incomoda muito essas pessoas que não sabem nada de Harry Potter criticando o filme.

Realmente, não deveria ser assim, o filme teria que se sustentar pra quem não leu os livros... mas o fato é que o filme é pra quem conhece a história mais a fundo. Tudo no filme parece rápido demais, fácil demais, quando na verdade não é. Lendo o livro, você sente aquilo que eles estão vivendo, os problemas que estão passando, os perigos os quais estão enfrentando.

 

Sim, o filme é nota 10 em aspectos técnicos, para vocês. Porque vocês só entendem os aspectos técnicos. Não sabem o que é realmente Harry Potter. Nem saberão até ler os livros.

Para quem leu HP7, este é "O" filme da série. Por ser fiel, e por passar pelo menos um pouquinho mais do que é a emoção de ler um livro de Rowling.

 

Outra coisa: o filme NÃO ACABOU. Essa foi apenas metade dele. Então não deem opiniões sobre o que ainda será resolvido (e uma dessas coisas é a questão da espada ter aparecido "do nada" - NÃO, ela NÃO apareceu do nada). Além disso, tudo na série caminhará para o final; é como se fosse apenas UMA história, dividida em 7 (ou 8, no caso dos filmes). Verão como tudo faz sentido em Julho de 2011, desde "A Pedra Filosofal".

 

Por fim, a trama de HP não é baseada em lutas, batalhas, ação sem fim. Talvez até haja um pouco mais destas cenas na parte II, mas a ação é segundo plano nessa saga. O principal vai muito além disso. É uma história que lida com a essência das personagens, com o que elas estão sentindo e vivendo.

 

 

Link to post
Share on other sites

 

 

 

Você mesmo disse tudo, Matheus.

 

O filme deveria se sustentar sozinho.

 

Se o filme foi feito só pra quem leu o livro, eles deveriam nos avisar. O trailer poderia trazer essa informação, tipo assim: "Harry Potter 7.1! Já nos Cinemas! Só para quem leu os livros!".

 

Afinal, a maioria esmagadora do público é composta de espectadores casuais.

parreirasgl2010-12-13 18:11:09

Link to post
Share on other sites

Mais um fãzóide criticando os críticos porque eles não leram o livro...

 

 

 

E' date=' como sempre, tentando fazer parecer que HP é algo mais que uma obra literária medíocre para adolescentes.[/quote']

 

 

 

Podemos começar um novo tópico de Religião aqui. Posso citar N passagens do livro pra dizer que é uma obra incrível. 06.gif

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...