UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
Mr. Scofield

Religião (#4)

Recommended Posts

Concordo que o ciclo só vai se desfazer quando houver mudança de posturas. E elas só ocorrerão quando as raízes forem cortadas. Elas estão lá nesse caso. A crítica é totalmente procedente, portanto. Porque se relevarmos o que vemos de errado por qualquer motivo nada acontece. O que muda é ver um comentário diferente de um ateu que propague o respeito advindo de ideias que venham do seio do grupo. Esse ateu independe de idade porque absorve as ideias centrais do grupo e as processa chegando a conclusão de que suas crenças são de suma importância mas particulares, que cada um tem seu ponto e é feliz com ele. Enquanto isso, o que vi nessa fala do menino é o resultado de ideias que mostram que nada mudou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E muitas vezes não vai ver! Sempre tem um espírito de porco de qualquer "lado" que seja...

Por isso o cristão deve relevar, pensar um: "Pai, perdoai-os, eles não sabem o que dizem!" (ou fazem, sei lá), dar a outra face e seguir em frente...

 

Assim como o ateu deve fazer o mesmo pensando: "Ok, tá bom então, beleza champs!", baixar a cabeça e seguir em frente...

 

Não dá para idealizar e achar que só vai ocorrer mudança quando a "raiz" for cortada... Que raiz? Corte a sua raiz e siga em frente... Cada um deve cuidar da própria raiz e ajudar os semelhantes à cuidar das suas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que você não entendeu ainda o ponto. Estou criticando duas coisas aqui: primordialmente a postura da ATEA que considero péssima e parece não ter mudado, ajudando na formação de indivíduos que propagam o menosprezo a outras crenças mas também a forma de manifestação do garoto, que considero incoerente e danosa (e que POSSO criticar por achar que, pela idade, já deveria saber respeitar os outros e, ainda, porque se passou por tanto como ele mesmo citou, sua postura deveria ser um pouco mais madura).

 

A raiz da qual estou falando é a de quem forma posturas que menosprezam/diminuem o outro e sua fé e não crítica a quem tem fé em qualquer uma das vertentes possíveis. Vê se eu vou ignorar comportamentos que considero nocivos. Ficou louco? Não tem nada a ver com o que eu falei e é papel FUNDAMENTAL de quem discorda criticar mesmo até para gerar reflexão. O que estou mudando quando fico calado?

 

By the way, sempre fui um respeitador de TODAS as religiões, você pode atestar com qualquer um do fórum, então poupe-me de discursos moralistas mas vazios e sem substância.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu entendi o ponto. A primeira crítica quanto a postura da ATEA, por mais que você diga que também recrimina a postura das religiões que fazem o mesmo, é reflexo de algumas "instituições religiosas" que também não respeitam e menosprezam outras crenças. Simples ação e reação. Enquanto tiver gente que ataca, vai ter gente que se defende.

Tem gente que ataca gratuitamente, imagine se defendendo.

 

Aos 13 anos então? Idade que nem personalidade formada tem direito? Que age mais pelo coletivo do que por si só?

Tem gente com 60 anos sem personalidade e que age mais pelo grupo do que por si só, imagine alguém de 13 anos.

 

Sinceramente não vi no relato dele algo danoso, ofensivo ou com intenção de menosprezar qualquer religião que seja. Acho que tá procurando pelo em ovo.

Pelo que li, é mais um desabafo pessoal do que um ataque gratuito.

 

"Tenho 13 anos e cada membro da minha família tentava me 'empurrar' pra uma religião diferente, até que eu descobri a ATEA e percebi tudo aquilo que minha família me dizia não fazia sentido algum quero agradecer a ATEA por abrir meus olhos"

 

Para ele não fazia sentido algum o que lhe diziam e tentavam lhe empurrar... Ele, Gustavo Queiroz, 13 anos, não viu sentido no que lhe diziam. 

 

Quem ele ofendeu? Me aponta onde ele foi danoso em seu "desabafo"?

Desabafar sobre algo que não fazia coerência para ele é ser incoerente?

Ele não criticou, ele não ofendeu outras religiões gratuitamente. Ele apenas disse que tentaram empurrar.

 

Você, o Dook e vários outros possivelmente dizem coisas que não vão fazer sentido para mim. Se eu disser: "O que vocês dizem não faz sentido algum para mim", após um post de vocês, eu estou ofendendo vocês? Criticando ou diminuindo vocês? Sério isso?

 

Dizer que não acredita em Deus é tão ofensivo assim?

 

Sinceramente a ofensa está mais na cabeça de quem lê e se ofende do que nas palavras dele.

 

Reafirmo que não tem nada na postura dele que menospreze ou diminua outra religião para outro senão ele mesmo. Ele não falou que a religião dos parentes é errada, que os parentes religiosos dele são idiotas. Não existe uma manifestação de ódio sequer, nada...

 

O problema é que você diz que é fundamental discordar e criticar mas acha errado ele ter discordado! E ele não criticou nada! Apenas discordou!

 

Não faz sentido achar o desabafo dele nocivo...

Se você acha que meu discurso é moralista mas vazios e sem substância, é um direito seu, mas o que você está dizendo neste caso não faz sentido algum para mim.

 

Tem hora que ficar calado muda mais do que ficar vociferando...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Saga, só li por alto. Sério mesmo. Já deixei claro o que quis dizer. Se não entendeu, ou discorda, ou teria outra postura, ok. Não pretendo ser a verdade absoluta e muito menos considero que debates precisam ser competições de quem está certo ou errado. Portanto, encerrei.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Soltam as crianças na internet e dá nisso, 13 anos na cara e já entendeu todo o sentido da vida e já pode ingressar na militância ateísta.

 

999401_150170238514713_1722907075_n.png

 

O que acho mais curioso e irônico é que a mensagem dele é extremamente eivada de um discurso religioso em relação a ATEA, como se ela tivesse feito ele enxergar a verdade... É um discurso bíblico, encontrado em João 8:32...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu entendi o ponto. A primeira crítica quanto a postura da ATEA, por mais que você diga que também recrimina a postura das religiões que fazem o mesmo, é reflexo de algumas "instituições religiosas" que também não respeitam e menosprezam outras crenças. Simples ação e reação. Enquanto tiver gente que ataca, vai ter gente que se defende.

Tem gente que ataca gratuitamente, imagine se defendendo.

 

Aos 13 anos então? Idade que nem personalidade formada tem direito? Que age mais pelo coletivo do que por si só?

Tem gente com 60 anos sem personalidade e que age mais pelo grupo do que por si só, imagine alguém de 13 anos.

 

Sinceramente não vi no relato dele algo danoso, ofensivo ou com intenção de menosprezar qualquer religião que seja. Acho que tá procurando pelo em ovo.

Pelo que li, é mais um desabafo pessoal do que um ataque gratuito.

 

"Tenho 13 anos e cada membro da minha família tentava me 'empurrar' pra uma religião diferente, até que eu descobri a ATEA e percebi tudo aquilo que minha família me dizia não fazia sentido algum quero agradecer a ATEA por abrir meus olhos"

 

Para ele não fazia sentido algum o que lhe diziam e tentavam lhe empurrar... Ele, Gustavo Queiroz, 13 anos, não viu sentido no que lhe diziam. 

 

Quem ele ofendeu? Me aponta onde ele foi danoso em seu "desabafo"?

Desabafar sobre algo que não fazia coerência para ele é ser incoerente?

Ele não criticou, ele não ofendeu outras religiões gratuitamente. Ele apenas disse que tentaram empurrar.

 

Você, o Dook e vários outros possivelmente dizem coisas que não vão fazer sentido para mim. Se eu disser: "O que vocês dizem não faz sentido algum para mim", após um post de vocês, eu estou ofendendo vocês? Criticando ou diminuindo vocês? Sério isso?

 

Dizer que não acredita em Deus é tão ofensivo assim?

 

Sinceramente a ofensa está mais na cabeça de quem lê e se ofende do que nas palavras dele.

 

Reafirmo que não tem nada na postura dele que menospreze ou diminua outra religião para outro senão ele mesmo. Ele não falou que a religião dos parentes é errada, que os parentes religiosos dele são idiotas. Não existe uma manifestação de ódio sequer, nada...

 

O problema é que você diz que é fundamental discordar e criticar mas acha errado ele ter discordado! E ele não criticou nada! Apenas discordou!

 

Não faz sentido achar o desabafo dele nocivo...

Se você acha que meu discurso é moralista mas vazios e sem substância, é um direito seu, mas o que você está dizendo neste caso não faz sentido algum para mim.

 

Tem hora que ficar calado muda mais do que ficar vociferando...

 

Acho curioso que no final do post ele insinua que o melhor para o Scofa é ficar calado... kkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Saga, só li por alto. Sério mesmo. Já deixei claro o que quis dizer. Se não entendeu, ou discorda, ou teria outra postura, ok. Não pretendo ser a verdade absoluta e muito menos considero que debates precisam ser competições de quem está certo ou errado. Portanto, encerrei.

 

E vc fez exatamente o que ele disse para você fazer ao final do post... Uma pena isso...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sunder, não temos dez anos. Eu respondi o post do Saga, só não nos moldes que você quis. Discussões pra mim são expositivas de opiniões e não tentativas de provas que você está certo e o outro errado, que, além de imaturo é estúpido porque fica uma grande repetição e bate voltas chatos e desgastantes. O Saga simplesmente entende a temática com outra perspectiva e discorda do meu ponto. O resto é decorrente de nossas características emocionais impregnadas nos posts (por isso alguma exaltação no decorrer das postagens). Não vejo nenhuma possibilidade de consenso, uma vez que discordamos em bases fundamentais. Me retiro de todas as discussões nas quais acredito que não acrescentarei nada (ou o contrário) ao interlocutor. Isso é batalha de ego e pelamor, né. Ficar botando fogo insinuando besteiras é plenamente incoerente com uma postura adulta. Minha opinião está toda exposta nos posts anteriores. E a do Saga também. Conselho? Acrescente algo produtivo da próxima vez. Suas interpretações de ambos os posts foram...né?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sunder, não temos dez anos. Eu respondi o post do Saga, só não nos moldes que você quis. Discussões pra mim são expositivas de opiniões e não tentativas de provas que você está certo e o outro errado, que, além de imaturo é estúpido porque fica uma grande repetição e bate voltas chatos e desgastantes. O Saga simplesmente entende a temática com outra perspectiva e discorda do meu ponto. O resto é decorrente de nossas características emocionais impregnadas nos posts (por isso alguma exaltação no decorrer das postagens). Não vejo nenhuma possibilidade de consenso, uma vez que discordamos em bases fundamentais. Me retiro de todas as discussões nas quais acredito que não acrescentarei nada (ou o contrário) ao interlocutor. Isso é batalha de ego e pelamor, né. Ficar botando fogo insinuando besteiras é plenamente incoerente com uma postura adulta. Minha opinião está toda exposta nos posts anteriores. E a do Saga também. Conselho? Acrescente algo produtivo da próxima vez. Suas interpretações de ambos os posts foram...né?

 

Eu estava considerando a discussão de vocês dois produtivas, por isso lamentei o fato dela ter se encerrado, só isso...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para os que fazem vista grossa, eu não farei ou vou parar de ignorar os fatos:

 

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A visita do papa e o Estado laico

Alberto Dines | Programa nº 673 | 23/07/2013 | 1 comentários

 

 

 

 

http://videos.ebc.com.br/vod/c5/c571d39a139185bf10997767dbf633f9.mp4

 

 

Observatório da Imprensa de terça-feira (23/7) foi um programa gravado e contou com a participação do deputado federal Jean Wyllys, do historiador Daniel Aarão Reis e do filósofoRoberto Romano, debatendo com Alberto Dines sobre a prática do Estado Laico no Brasil e do espaço reservado pela imprensa ao assunto.

O papa Francisco chegou ao Brasil para participar da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro. A vinda do pontífice ao país pela primeira vez, atraiu milhares de peregrinos e estima-se que o evento contou com cerca três milhões de pessoas.

A ocasião é oportuna para o debate sobre oEstado laico, mas a mídia nacional ainda não abriu espaço para esta pauta.

A questão da laicidade do Estado ficou no foco na mídia a partir da posse do pastor Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Ele aprovou, recentemente, um decreto que permite a “cura gay”, contrariando organizações de direitos humanos. Outro assunto que provocou reações negativas foi o projeto do Estatuto do Nascituro, que pode dificultar a realização do aborto previsto em lei.

Link.: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/videos/view/a_vinda_do_papa_e_o_estado_laico

 

Para refrescar a memória:

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estamos mesmo comparando a discussão do estado laico entre essas duas figuras?

 

Papa - chefe de estado que veio para uma visita e é representante da Igreja Católica mundialmente reconhecido, que não tem nenhuma relação com a política em si no Brasil diretamente

 

Feliciano - DEPUTADO BRASILEIRO, que deixa claro ser representante de uma facção evangélica (com óbvias dificuldades em entender a diferença entre o social e a crença) e que influencia em DECISÕES POLÍTICAS e é Presidente da Comissão de Direitos Humanos criada pelo GOVERNO, atuando ativamente em aprovação de leis e criação de projetos, mundialmente contestado.

 

Meu DEOS.

 

Em tempo: a maior parte do pessoal não percebe que está defendendo um estado ATEU com o nome de LAICO. Não me parece ser a mesma coisa.

 

OBS: Sunder, sua imagem de assinatura tem mais de 4,3 Mb. Vou retirar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que você e outros não sabem bem o que é estado laico. Estado laico não é estado ateu Scofield sem religiões. Estado laico não é ter privilégios para nenhum segmento religioso e não religioso em detrimento dos outros. Evitando conflitos, evitando homogeneidade e aceitando pluralismo da diversidade humana.

Deixa-me colocar em pauta os privilégios dessa classe.

Igrejas não pagam impostos.

 

Visita do Papa. Custo nas costas do contribuinte independente de sua crença deveria se cobrada apenas dos cristãos católicos. Seria o mais justo.

 

Crucifixo nos estabelecimentos do estado e em outras representações.

 

Ensino religioso dado nas escolas em foco à religião cristã. Isto ignorando a diversidade religiosa do mundo e demais valores não religiosos.

 

O uso das concessões das redes televisivas públicas, para um editor chefe fazer UM favorecimento religioso, ideológico dele e com isto CONQUISTANDO mais fieis.

 

Vale lembrar que em poucos dias a igreja católica e outros segmentos cristãos diversos repudiaram aprovação da utilização da pílula do dia seguinte. Mesmo por se tratando de estupro. Por tudo isto e muito mais a igreja e religião se mete demais nas nossas vidas e no estado. ESSE É O PROBLEMA. Vocês podem ignorar, mas isto é um problema sério sim. Tudo isto põe o estado dito laico em xeque é mais como simbólico.

 

Fora o golpe de estado aqui com apoio incondicional de vários líderes religiosos como Padres, Cardeais e Bispos.

 

Golpes de estado com apoio da Igreja Católica foram passos fundamentais em várias ditaduras de direita na America Latina durante a “Guerra Fria”. Argentina, Brasil, Chile sempre teve o dedo podre de radicais Cristãos. Veja bem estou criticando não todo o cristianismo em si e sim a parcela radical e colaborativa desses golpes de estados.

 

Isto tudo é um problema sério sim é um fato sim de crise, pois a humanidade não é homogênea. Estabelecer padrões totais para todos acreditarem em algo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Plutão, leia o post anterior. O que você respondeu ultrapassa tanto o que eu disse que nem consigo te responder.

 

talvez a única coisa que eu possa falar é sobre o custo da visita do papa cair sobre o contribuinte. O que disse é até ingênuo e há evidências explícitas. Me responda: por quanta coisa você paga que não te beneficia? Para você um governo só pode tomar atitudes que beneficie a todos os contribuintes? Não consigo nem processar um argumento desses.

Share this post


Link to post
Share on other sites

“Me responda: por quanta coisa você paga que não te beneficia”?

 

Muita. Mas o ponto não é esse do que debati. O foco é o estado laico. É ou não é laico? Não vejo isto como laico.

 

 E mesmo que for pagar pelo que não me “beneficia” pelo estado e eles são muitos por ai. Basta lembra-se de inúmeros projetos sociais como Bolsa família, Bolsa escola, Bolsa maternidade etc. Nenhum deles me beneficia e também não me incomoda. E por que não me incomoda? Bem pelo simples fato de ser algo real e palpável, que ajuda a sociedade como um todo direta ou indiretamente. Pois movimenta a economia e melhora a qualidade de vida, reduz a desigualdade gritante do passado, que por sua vez ajuda na redução da violência, fome e doença etc.

 

Isto diretamente não me ajuda em nada, mas indiretamente ajuda. Alias não existe essa de ações do estado que me lembre de que não beneficia a todos direta e indiretamente. Já nesse caso especifico da Jornada e o Papa isto não benéfica nem os fieis. Afinal preces e orações não consertam ruas, não educa o povo e não cura doenças terminais.

 

A única coisa não laica que beneficia a todos ai são os feriados.

 

Isenção de imposto só beneficia a igreja mesmo, ensino religioso, meios de comunicação 0800 ajuda no número de crescimento de fieis e no aumento da arrecadação de dízimo.

 

O fato é esse o evento só beneficia a própria e Riquíssima Igreja Católica Apostólica Romana. E depois como uma serpente ela conspira contra o estado que a alimenta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

“Me responda: por quanta coisa você paga que não te beneficia”?

 

Muita. Mas o ponto não é esse do que debati. O foco é o estado laico. É ou não é laico? Não vejo isto como laico.

 

 E mesmo que for pagar pelo que não me “beneficia” pelo estado e eles são muitos por ai. Basta lembra-se de inúmeros projetos sociais como Bolsa família, Bolsa escola, Bolsa maternidade etc. Nenhum deles me beneficia e também não me incomoda. E por que não me incomoda? Bem pelo simples fato de ser algo real e palpável, que ajuda a sociedade como um todo direta ou indiretamente. Pois movimenta a economia e melhora a qualidade de vida, reduz a desigualdade gritante do passado, que por sua vez ajuda na redução da violência, fome e doença etc.

 

Isto diretamente não me ajuda em nada, mas indiretamente ajuda. Alias não existe essa de ações do estado que me lembre de que não beneficia a todos direta e indiretamente. Já nesse caso especifico da Jornada e o Papa isto não benéfica nem os fieis. Afinal preces e orações não consertam ruas, não educa o povo e não cura doenças terminais.

 

A única coisa não laica que beneficia a todos ai são os feriados.

 

Isenção de imposto só beneficia a igreja mesmo, ensino religioso, meios de comunicação 0800 ajuda no número de crescimento de fieis e no aumento da arrecadação de dízimo.

 

O fato é esse o evento só beneficia a própria e Riquíssima Igreja Católica Apostólica Romana. E depois como uma serpente ela conspira contra o estado que a alimenta.

 

Wrong answer. Te incomoda mais pelo simples fato de você ser ateu (e, no caso, uma espécie de ANTI). E ateus normalmente se incomodam com as religiões, ainda mais no seu caso que é marcadamente anti-catolicismo. As bolsas família, bolsa maternidade e outros não são pontos de discussão, mas você paga por exemplo por salários altíssimos de seus governantes. E décimos quartos, seus auxílios moradia e muito mais. ISSO é você pagar por coisas nas quais não beneficiam a população.

 

O meu comentário foi EXCLUSIVAMENTE com relação a esta frase aqui (como não percebeu sugiro que leia de novo o post anterior): "A ocasião é oportuna para o debate sobre oEstado laico, mas a mídia nacional ainda não abriu espaço para esta pauta."

 

Não abriu porque a discussão aberta com relação ao Feliciano é justificável pelos motivos que citei, com relação ao papa não.

 

Em tempo: a visita do papa gerou MUITO dinheiro por aí, não seja por isso. E sim, girou a economia, o comércio, etc. As cifras não sei se são verdadeiras, então não falarei delas, mas certamente gerou (para aqueles que acham que o estado só funciona para gerar e produzir riqueza).

 

De resto, você viaja demais na ânsia de expor seu ponto (que todos já entendemos e há várias coisas que concordo), mas perde completamente o foco do que levantei na discussão. Por exemplo, falar de isenção de imposto não tem nada a ver com o que ressaltei no post anterior.

 

Em tempo: a política de COTAS é uma ação que não beneficia a todos direta ou indiretamente, inclusive prejudica alguns grupos por ser medida corretiva conceitualmente. A aberração é tão grande que há categorias dentro das categorias. Se você deu o azar de ser pobre mas não ser negro, meu velho, babau, você será prejudicado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não tenho nenhum problema com a JMJ.

Para mim é bem claro, o governo não "bancou" a JMJ, ele investiu na JMJ.

Da mesma forma que com a Copa e as Olimpíadas o país investe para receber estes eventos que trarão turistas e dinheiro, o país investiu na JMJ.

 

Não sei se têm alguém aqui do Fórum que é do Rio, eu sou do Rio e pude ver como estes "peregrinos" gastaram dinheiro.

Fui comer na Parmê e tinha uma mega fila só de "peregrinos" e todos estavam com estes "kits", até o cartão de alimentação que eles pagavam pela pizza era da JMJ.

Um amigo meu que é taxista falou que lucrou bastante com este evento.

Até a bandidagem gostou, porque o assalto rolou solto.

 

Por mim, pode ter todo ano.

 

Uma coisa que reparei é que nenhum deles tinha uma bíblia na bolsa, heuheuheuh.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dook,

Como você entende o texto de João 3:13 ?

 

"Ademais, nenhum homem ascendeu ao céu, senão aquele que desceu do céu, o Filho do homem"
 
Segundo este texto, ninguém foi para o céu, só Jesus.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×