Jump to content
Forum Cinema em Cena
Oberon

Oscar 2012: Previsões

Recommended Posts

Sorkin e Zaillian de volta ao Kodak Theatre?

 

The writing shines in dense and rewarding ‘Moneyball’

Posted by Kristopher Tapley · 11:53 am · September 13th' date=' 2011

 

 

moneyball.gifBennett Miller’s “Moneyball”

is a tightly constructed piece of work, thematically layered, rich in

substance, hard work from two of the best writers in the business

clearly evident. And the last thing it is is a sports movie.

The film is about so much. It’s a David vs. Goliath story of changing

the status quo. It’s a journey through the hardship of self-confidence.

Most importantly, though, for me, it’s a story about the quest for the

unattainable being the reward.

Brad Pitt stars as Billy Beane, a former hot baseball prospect out of

high school who passed on a Stanford scholarship for a chance to go

pro. He was smooth-talked by scouts who knew, with every fiber of their

being, that this guy had what it took. And anyone in their right mind

would have paid handsomely for him to come to their team and prove them

right. But Beane’s journey through the sport became one of understanding

that no one knows anything about another man’s destiny.

[/quote']

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Deu saudades do Bart! Quem é velhão aqui e lembra?

 

 

 

A cada postagem do guidon' date=' eu me pergunto se ele é algum discípulo (se não, o próprio) do Bart. Estou ficando velho mesmo, até no fórum tenho lembranças tardias, hehe. Daqui a pouco serei um dinossauro como o Dook, o Amfibio, o Soto...

 

 

 

Confesso que ainda não entendi como tudo começou, mas tudo bem. O legal é que o tópico está bastante animado; mal imagino isso aqui na véspera das indicações e do próprio Oscar, haha! Fez até o Nacka aparecer no tópico do Oscar.

 

 

 

Bom, depois do e-mail que eu recebi sobre o Fernando, escrito por ele, falando do processo do 360 onde ele terminava com algo assim:

 

 

 

"Quero terminar logo e me livrar desse filme"

 

 

 

Nunca fui fã do Meirelles. Acho Cidade de Deus e Ensaio Sobre a Cegueira ruins mesmo; tem algumas coisas aproveitáveis, mas nada que justifique a adoração do público brasileiro. Gosto apenas de O Jardineiro Fiel, principalmente pelo Fiennes - que eu acho pouco comentado - e pela Weisz. Porém, aguardarei os comentários gerais para saber se darei ou não uma nova chance.

 

 

 

Só uma curiosidade: todo mundo criticou o guidon por falar mal da seleção de Veneza antes de ter visto os filmes; porém já houve várias críticas a 360. Nessa horas, sinto falta do The Fox (se bobear, está aqui com outro nick), que me chamava de "a contradição em pessoa", para lhe mostrar com quem aprendi, hehe.ltrhpsm2011-09-13 21:26:43

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 - Sobre as novas atrizes: tem uma nova safra boa vindo aí - Elle e Dakota Fanning' date=' Ellen Page, Saiorse Ronan, Abigail Breslin (minha preferida), Haille Steinfeld, Wasikowska...[/quote']

 

 

 

Creio que eu e o Beckin falávamos mais de atrizes jovens e lançadas recentemente do que propriamente crianças como as que você citou (exceto a Page), hehe.

 

 

 

Das mencionadas acima, creio mesmo no potencial da Elle Fanning (não é só o FeCamargo que é apaixonado por ela; porém eu gostaria de tê-la como filha, rs) e da Saoirse Ronan. Já a Hailee Steinfield foi uma verdadeira decepção em True Grit: achei suas falas meio cuspidas, não fosse o poder das falas e a importância da personagem, duvido que seria lembrada.

 

 

 

--------------------------------------

 

 

 

Para fechar: pelas razões que o guidon falou - a politicagem exagerada do Padilha (eu também votei no Freixo; o problema é que o PSOL acha-se acima do bem e do mal) - incomodou-me bastante em Tropa de Elite 2.

 

 

 

Particularmente, meu lado "Amfibio" exalta o primeiro, justamente pelo que criticam: a falta de pudor na sanguinolências, as cenas violentas, as falas icônicas. Uma divertida e original - não entendam por engraçada, por favor - caricatura do tema.

 

 

 

O segundo tendeu mais para um Michael Moore - de quem eu até gosto em geral - e, apesar de também ter ótimos momentos e uma trama muito bem delimitada, com roteiro coeso e envolvente, senti falta do Capitão Nascimento de verdade ali. Houve muitos coadjuvantes e sub-tramas, fora as várias paródias a "personagens da vida real" da política carioca (e aí o filme coloca 'qualquer semelhança é mera coincidência', que cara-de-pau!, haha).ltrhpsm2011-09-13 21:48:06

Share this post


Link to post
Share on other sites

- Apocalipse Now é 500x melhor que Kramer X Kramer, que já é um bom filme.

 

 

 

- Se Tropa 2 não for escolhido pelo Brasil, parei.

 

 

 

- E talvez a atuação da Meryl em Kramer não tenha sido das mais espetaculares. Tiveram outras melhores dela que não foram premiadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O fórum tá pegando fogo' date=' pois temos de volta nosso querido polemizador (existe essa palavra, Arnaldo?) Ronny! Com aquele aqui, não tem post mal explicado que passe batido (fora essa calhordice dele em falar que Alexander Payne > Sofia Coppola, mas aí é questão dele ser um canalha e etc). 16

 

Sobre as milhares de indicações da Meryl Streep, que é uma atriz magnífica, nem todas foram merecidas e raríssimas vezes, a meu ver, ela merecia se sagrar vencedora. Diferentemente do Ronny, acho que ela estava muito digna em Kramer vs. Kramer e mereceu o prêmio (ainda que eu seja dos que ama "Tracy's face"), assim como em A Escolha de Sofia. Além desses, merecia um Oscar por As Pontes de Madison (ou dois), ainda que fosse naquele ano fudido, cheio de grandes interpretações. Mas tá bom, né? Pra mim, tipo Kate Winslet, fodona e tal, mas que nunca foi minha favorita, em nenhum dos anos (sim guidon, eu acho a Mira Sorvino excelente e etc).

 

 

 

 

[/quote']

 

 

Mas eu não disse nada, tava quietinho.06  Eu sei que você acha ela excelente, mas por mim podia dar descarga no vaso.  Detesto.  E olha como a gente concorda muitas vezes: também acho a Sofia a melhor indie que surgiu nos últimos tempos, e com sobras.03

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

1991 - Geena Davis.

 

 

 

Sabe que eu também acho ela fodona no filme, mas pra mim seria impossível não votar na Foster.  E concordo com Ronny, ela devia ter ganho por Nell, embora eu não tenha visto a vencedora.  E como tenho dito, creio que a maior ameaça pra Close é Michelle.  Acho que ela cresce muito até o final do ano.  E Streep de fora. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Na minha opinião' date=' Trabalhar Cansa deveria ser o escolhido, disparado... Mas como o lobby se faz presente na escolha dos filmes nacionais. Sempre fez, não fico supreso se Tropa de Elite II for agraciado, o que seria uma burrada, pois escolher uma sequência de algo que não foi reconhecido nos festivais americanos como representante é muito tosquice. Trabalhar Cansa vem de Cannes e agora vai pra Londres, mas enfim.Tem cada coisa que se vocês soubessem... [img']smileys/06.gif" align="absmiddle" alt="06" />

 

 

 

 

Carandiru também foi a Cannes, e na seleção da Palma de Ouro, que é a mais pica grossa.

 

 

 

Ou seja...Carandiru é um LIXO. Foi pelo Babenco, e só...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu considero somente 3 atuacoes fantasticas da Meryl Streep: A mulher do tenente frances, A morte lhe cai bem e O diabo veste Prada. O respo, alguns superestimados: horrivel em duvida, Julie e Julia, nao deu vida a personagem, ficou na forma.

 

Outra chamar Jessica Lange de merda (calma la) Se vc nao viu Blue Sky, veja novamente. Nell (mulher retardada) é facil de fazer.

 

Glenn Close em Ligacoe nao tem pra ninguem.

 

E em 91 a melhor do ano era Geena Davis em Thelma e Louise (apesar que Clarice Starling  ser uma das minhas heroinas).  

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que vai a Elizabeth Olsen vai ter a mesma recepção que a Gabourey Sidibe e a Jennifer Lawrence tiveram nos últimos Oscar?

 

Confesso que ando bem curioso para ver a interpretação dela, ainda mais por ser tão diferente do estilo que consagrou suas irmãs gêmeas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por mais que Clooney seja elogiado, pra mim ele é sempre a mesma coisa. Eu só consigo enxergar o solteirão convicto, com toques de Cary Grant e ar de convencido.

 

É uma pena que tantos atores melhores não recebam nem metade da estima que tem o Sr. Clooney.

 

descendants-header.jpg

------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------

Notebook

thedailyMUBI Notebook

Finland's choice for the foreign language Oscar race: Aki Kaurismäki's LE HAVRE @THR bit.ly/oExuC3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém sabe se este filme encontrou distribuidor ou se realmente será lançado este ano nos EUA? Mais uma colaboração entre Oren Moverman e Woody Harrelson.

 

Moverman’s expressive ‘Rampart’ offers tour de force performance from Woody Harrelson

Posted by Kristopher Tapley · 8:26 am · September 14th' date=' 2011

 

harrelson1.gifOren Moverman’s “Rampart”

is absolutely fantastic. Top to bottom, it’s a considerable directorial

achievement, and an exciting, brazen departure from his excellent 2009

debut, “The Messenger.”

The film — from an original screenplay by James Ellroy, re-written by Moverman — uses the 1999 Los Angeles Police Department Rampart corruption scandal

as a frame, a state of mind, a narrative hook, an atmosphere for

conveying an intense, probing, yet curiously vague character study in

the form of LAPD officer “Date Rape” Dave Brown (Woody Harrrelson).

“Date Rape” got his nickname from his own scandal, the murder of an

alleged serial rapist years ago, a situation Brown explains away at a

bar with a casual, “I may or may not have done it but he’ll never hurt

another woman again.” That gives you an idea where this guy is coming

from. The world is black and white for him (or so he’d like it to be).

But he’s haunted by its inherent grays.

Continue reading »

 

[/quote']

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Almodóvar, Zambrano e Villaronga disputam indicação ao Oscar

O%20diretor%20Pedro%20Almodóvar%20pega%20o%20ator%20Antonio%20Banderas%20no%20colo%20depois%20da%20sessão%20de%20fotos%20de%20A%20pele%20que%20Habito

 

"A pele que habito", último filme do ganhador do Oscar Pedro Almodóvar, e

outros dois dramas cujos temas são o pós-guerra e o franquismo - "La

voz dormida", de Benito Zambrano, e "Pa negre", de Agustí Villaronga, o

vencedor dos prêmios Goya -, são os três filmes pré-selecionados pela

Academia de Cinema para representar a Espanha no Oscar.

 

O candidato definitivo que vai concorrer ao Oscar de melhor filme em

língua estrangeira e que também vai representar o cinema espanhol no

prêmio Ariel do México será decidido em uma segunda votação na Academia

de Artes e Ciências Cinematográficas da Espanha em 28 de setembro.

 

 

Nelson Gadelha2011-09-14 13:12:39

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre o Clooney, estava vendo umas foto-montagens de um fotógrafo canadense e encontrei esta aqui:

 

project_iconatomy_640_high_02.jpg

 

 

 

Pode soar um pouco escandaloso mas acho que tem tudo a ver. A persona de ambos é encantadora, mas logicamente que Cary Grant é lembrado com mais entusiasmo prque já FEZ sua carreira, enquanto o outro ainda está em atividade. Clooney pode não ter o "dom" da atuação, mas é um cara extremamente esforçado e comprometido nos projetos com que se envolve.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A atuação do Clooney que mais curto é justamente uma dele que não foi indicada a nada e nem comentada muito... no caso a de "The American", do Anton Corbjin.

 

Mas no geral gosto até dos desempenhos dele. Não o indicaria por Up in the Air ou por Conduta de risco por exemplo mas são apresentações decentes, com boa presença e que ajudam a sustentar os filmes.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu considero somente 3 atuacoes fantasticas da Meryl Streep: A mulher do tenente frances' date=' A morte lhe cai bem e O diabo veste Prada.[/quote']

 

Voce considera A Morte lhe Cai Bem e O Diabo Veste Prada os grandes momentos de Streep e me pede pra reavaliar Jessica Lange na merda tandesca Blue Sky?

É isso?

Minha querida, faça-me o favor...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meu querido Ronny, nao vou discutir com vc porqure provavalmente vc ainda tava nos cueiros enquanto eu ja via grandes filmes. Sei  do que estou falando e tenho embasamento. Bom, vc tem muito o que  aprender ainda, mas vamos ter paciencia. 06Beatrixx Kiddo2011-09-14 15:55:59

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

Embasamento para falar de atuação é meio estranho, transforma a coisa toda numa matemática ou numa ciência, ainda mais parando pra pensar que esse embasamento todo vem de alguém que me solta algo assim: A personagem Nell é retardada, por isso é fácil fazer... Tenho medo! 06

 

...

 

Eu antigamente defendia muito o tal do embasamento, conhecer o que é atuar, enfim, alguns aqui lembram disso... Tem uns anos, dois mais precisamente, que venho cada vez mais acreditando na subjetividade presente no cinema, o que para uns é para outros não... Não sei... Tem um tempo já que venho revendo muitos conceitos meus. Está gostoso esse processo... Por isso que ler a Beatrixx defendendo sua escolha sobre as atuações preferidas de Meryl justificada no embasamento dela me soa tão "defensive way"...

 

...

 

Esse trailer do filme do Crowe me soou bem estranho... Esse personagem protagonista, fugindo de alguma coisa, sempre com um reencontro interior com o seu eu mesmo ao final, parece uma releitura do Elizabethtown. As similaridades me gritam no trailer.

 

Agora essa coisa aí dele parar num Zoo sem saber é so fucking weird! 06 Eu ficava imaginando que a qualquer momento ia pular um sapinho falante da Disney ou algo assim... 06

 

Só espero que o meu amor, Elle Fanning, não esteja lá pra ser o interesse romântico do filhote do Matt Damon... 11

 

 

 

 

 

 

 

 

FeCamargo2011-09-14 16:37:13

Share this post


Link to post
Share on other sites
Meu querido Ronny' date=' nao vou discutir com vc porqure provavalmente vc ainda tava nos cueiros enquanto eu ja via grandes filmes. Sei  do que estou falando e tenho embasamento. Bom, vc tem muito o que  aprender ainda, mas vamos ter paciencia. 06[/quote']

 

Gata, neste período era escasso bom sistema educacional no país? Porque vamos aprender a escrever direitinho pra se fazer entender, ok?

 

E antes, muito antes ver menos filmes e apreende-los verdadeiramente, com sabedoria e olhar, a depreender deles nada mais que achismos.

 

É por isso que de Meryl Streep (ou qualquer outro ator) não me permito considerar suas atuações mais superficiais e estereotipadas (mesmo que entregues com categoria) suas melhores.

 

Mas será que voce viu A Escolha de Sofia, Adaptação, Um Grito no Escuro ou Angels in America?

 

Mas que bagagem invejável, hein? NOT 06 06 06

 

Beijo no coração.
Ronny2011-09-14 16:35:26

Share this post


Link to post
Share on other sites
Embasamento para falar de atuação é meio estranho' date=' transforma a coisa toda numa matemática ou numa ciência, ainda mais parando pra pensar que esse embasamento todo vem de alguém que me solta algo assim: A personagem Nell é retardada, por isso é fácil fazer... Tenho medo! 06

 

Eu antigamente defendia muito o tal do embasamento, conhecer o que é atuar, enfim, alguns aqui lembram disso... Tem uns anos, dois mais precisamente, que venho cada vez mais acreditando na subjetividade presente no cinema, o que para uns é para outros não... Não sei... Tem um tempo já que venho revendo muitos conceitos meus. Está gostoso esse processo... Por isso que ler a Beatrixx defendendo sua escolha sobre as atuações preferidas de Meryl justificada no embasamento dela me soa tão "defensive way"
[/quote']

 

Enough said. 06
Ronny2011-09-14 16:42:09

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×
×
  • Create New...