Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2012: Previsões


Oberon
 Share

Recommended Posts

ATOR
Ryan Gosling (The Ides of March)
Ewan McGregor (Beginners)
Viggo Mortensen (A Dangerous Method)
Brad Pitt (A Árvore da Vida)
John C. Reilly (Carnage)

* Acho garantidas as indicações de Mortensen, Pitt e Reilly (assim como todos de "Carnage"). Torço para que o McGregor seja lembrado; Gosling tem boas chances no filme do George Clooney. Não gosto do Clooney como ator, parece sempre o mesmo. Como realizador ele é interessante. Ainda há possibilidade para a 1ª indicação de Antonio Banderas ((The Skin that I Inhabit). Torço para o Viggo.


 

ATRIZ
Glenn Close (Albert Nobbs)
Jodie Foster (Carnage)
Vanessa Redgrave (Anonymous)
Meryl Streep (The Iron Lady)
Michelle Williams (My Week with Marilyn)

* É emocionante só de imaginar a volta de Glenn (a última indicação dela foi em 1989, eu não tinha nem nascido!), junto com Streep e Foster, suas ex-concorrentes. Sem dúvida, o momento é dela e merece muitos prêmios. Michelle como Marilyn também é bacana, além da grande Vanessa Redgrave, que há muitos anos não é nomeada (não sei se ela tem mais chances de ser indicada aqui como protagonista e/ou como coadjuvante por "Coriolanus").


 

ATOR COADJVUVANTE
Kenneth Branagh ((My Week with Marilyn)
Hal Holbrook (Water for Elephants)
Sean Penn (A Árvore da Vida)
Christopher Plummer (Beginners)
Christoph Waltz (Carnage)

* Categoria ainda incerta pra mim. Podemos ter os veteranos Holbrook e Plummer (este com boas chances e se tornando então o vencedor mais velho do prêmio). Penn já tem dois e não deve levar, assim como Waltz que venceu recentemente. Branagh seria uma boa opção, interpretando aquele que deve ser seu ator preferido.


 

ATRIZ COADJUVANTE
Amy Adams (On the Road)
Keyra Knightley (A Dangerous Method)
Charlotte Rampling (The Eye of the Storm)
Vanessa Redgrave (Coriolanus)
Kate Winslet (Carnage)

* Se Amy for indicada, a vitória deve ser sua (4ª indicação na mesma categoria). Keyra tem chance; Charlotte Rampling pode finalmente ser lembrada depois de tantas décadas de carreira. Winslet ganhou em 2009 e deve ficar só na indicação. Quanto à Vanessa, ficarei satisfeito se ela for lembrada.

 

Sobre as categorias de atuação, meus palpites do mês são estes. Continuarei atualizando...
Renan Maia2011-03-23 11:47:52
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

 

 

 

To mal pela morte da uma das minhas atrizes favoritas. Vou rever Quem Tem Medo de Virgínia Woolf, De Repente No Último Verão e Gata em Teto de Zinco Quente. Liz era fantástica.

 

...

 

Deixando de lado meu amor pelo projeto de Carnage, acho impossível o filme ganhar quatro Oscar de atuação. Alguma vez isso já aconteceu? Acredito que o filme tenha indicações nas categorias:

 

Filme, Diretor, Roteiro Adaptado, Ator Principal, Atriz Principal, Ator Coadjuvante e Atriz Coadjuvante.

 

Dependendo de como for, Direção de Arte, Figurinos e Fotografia podem entrar também. Uma questão interessante é que eu acho que o projeto não terá trilha sonora, pois não tem onde inserir no contexto do filme. Polanski filmando em tempo real, sem outras locações, inserir uma trilha seria um "estupro" de linguagem e acho que ele não deve fazer isso.

 

 

 

FeCamargo2011-03-23 12:59:53

Link to comment
Share on other sites

Muito triste pela morte de Elizabeth Taylor, uma das maiores atrizes de todos os tempos. Ainda me lembro a primeira vez que vi um filme dela, Gata em Teto de Zinco Quente, há uns oito anos atrás, fiquei hipnotizado com sua beleza e talento. Descanse em paz.

...

Quanto a Carnage, não acredito em vitórias, mas as indicações provavelmente serão muitas.

Link to comment
Share on other sites



Adeus categorias de atuação do Oscar' date=' pois todas já tem dono. Será que finalmente um filme vai levar todas as categorias de atuação? As personagens são fantásticas, os diálogos fabulosos... E Polanski basicamente filmou a peça. 1h45 minutos de diálogo e uma locação, a sala de estar! Viceral!!![/quote']

Vamos com calma. 06.gif Uma coisa são quatro personagens estupendos e quatro intérpretes geniais, outra coisa é a pretensão premiável da Academia (e derivados), Jennifer Hudson, Reese Witherspoon, Renée Zellweger estão aí pra provar o contrario.

 

 

 

Ok Saulo, Zellweger e Hudson eu concordo plenamente, estavam péssimas.  Mas no caso da Reese, embora Felicity Huffman estivesse anos luz a frente dela, o Oscar não chegou a ser injusto, ela estava ótima no filme.
Link to comment
Share on other sites

O máximo que já aconteceu foi de um filme levar 3 prêmios de atuação.

 

Me recordo por ora de REDE DE INTRIGAS, que merecia ter levado todos os 4 além de Filme e Direção. Levou apenas Ator [Peter Finch], Atriz [Faye Dunaway], Atriz Coadj [beatrice Straight] e Roteiro.

 

 

 

network.jpg
Ronny2011-03-23 22:16:24
Link to comment
Share on other sites

Quatro atores ganharem pelo mesmo filme eu nunca vi, mas três já teve alguns casos sim. Outro exemplo é o de Uma Rua Chamada Pecado, em que Karl Malden, Vivien Leigh e Kim Hunter venceram (Humphrey Bogart venceu no lugar de Marlon Brando, o que é uma pena, pois Brando estava melhor).

 

Acho improvavel Christoph Waltz vencendo apenas dois anos após Bastardos, mas torço muito pelos outros.

 

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

 

 

Glenn Close é a protagonista de Albert Nobbs?

 

Sobre os prêmios de interpretação, esses dois casos são os únicos onde três atores de um mesmo filme ganharam Oscar de atuação, mesmo tendo indicações nas quatro categorias. Nunca ninguém levou os quatro (e faz quanto tempo que ninguém recebe as quatro indicações?).

 

EDIT

 

Respondendo a mim mesmo, parece que desde Reds, dirigido por Warren Beaty em 1981, que um filme não tem atores indicados nas quatro categorias do Oscar. Dúvida teve indicações em três categorias, As Horas também (não me recordo de outros, mas minha memória tá uma merda).

 

EDIT 2

 

As Good As It Gets, Good Will Hunting, Iris, Chicago, Million Dollar Baby...ihhhh, tem um monte. Mas quatro mesmo acho que parou no Reds.

Thico2011-03-24 00:38:07

Link to comment
Share on other sites

(...) Outro exemplo é o de Uma Rua Chamada Pecado' date=' em que Karl Malden, Vivien Leigh e Kim Hunter venceram (Humphrey Bogart venceu no lugar de Marlon Brando, o que é uma pena, pois Brando estava melhor).
[/quote']

 

Shame on me por esquecer essa obra-prima de Kazan, que junto de Brando empreendeu em UMA RUA CHAMADA PECADO uma revolução na forma de se atuar no cinema. Assistir ao filme é ver mais uma página da linguagem cinematografica sendo escrita. A vitória de Bogart, que nunca foi lá grandes coisas no ofício, é desses absurdos lamentáveis.

 

Interessante também que nesse ano a Academia tenha cometido um absurdo na categoria principal, premiando SINFONIA EM PARIS tendo UM LUGAR AO SOL (que leva meu voto) e UMA RUA CHAMADA PECADO no páreo.

 

Mesmo pra época fica dificil acreditar.
Link to comment
Share on other sites

Concordo em partes com vc Ronny, mas adorei o post. Apenas escolheria Uma rua chamada pecado como melhor filme esse ano, mas Um lugar ao Sol também é um grande filme (inclusive com a Taylor). A vitória de Sinfonia de Paris, no entanto, não é inexplicável. Ele é um filme que também tem sua importância na história do cinema por ser um musical exemplar de Vincent Minnelli (um grande diretor) , com sequências de danças impressionantes e uma estética belíssima, tem também o astro Gene Kelly arrebentando. Além de ser um filme bem mais digestivo do que Uma rua e Um lugar ao sol (o que a Academia normalmente escolhe). Infelizmente, é um filme que não envelheceu tão bem, ao contrário dos seus outros dois colegas que são clássicos incontestáveis.

 

Neste momento, faço uma grande pesquisa sobre Uma rua chamada pecado e o trabalho de adaptação realizado por Elia kazan, então o filme está na minha cabeça. Ele sem dúvida mereceria os 4 prêmios de atuação, talvez o melhor trabalho de elenco já visto em cena. E é interessante analisar como foi o trabalho por tràs disso. Por trás da adaptação da peça existem várias anedotas sobre o elenco, principalmente com relação a posição de Vivien Leigh (a estrangeira em meio de antigos colegas de peça). Enfim... estou absorvido pelo filme neste momento. Se vc quiser, a gente pode trocar idéias... 

 

Link to comment
Share on other sites

A explicação para a vitória de SINFONIA é quase a mesma que podemos empregar à vitoria de ROCKY em 76: Feel good movies enaltecedores em tempos dificeis. Minelli fez coisa muito melhor. Concordo com tudo o que disseste sobre SINFONIA, mas considero os prós do filme pálidos ante ao que UM LUGAR AO SOL e UMA RUA CHMADA PECADO representam (cinematograficamente, não seu valor temporal).

 

Mas é o Oscar, certo?

 

 

Leleo, imagino como deve ser exaustivo se debruçar sobre tudo o que cerca UMA RUA CHAMADA PECADO, hein? haha

 

E sim, podemos trocar uma idéia. (Nao lembro como se manda DM por aqui. hehe)
Ronny2011-03-24 13:15:44
Link to comment
Share on other sites

 

O máximo que já aconteceu foi de um filme levar 3 prêmios de atuação.

 

Me recordo por ora de REDE DE INTRIGAS' date=' que merecia ter levado todos os 4 além de Filme e Direção. Levou apenas Ator [Peter Finch'], Atriz [Faye Dunaway], Atriz Coadj [beatrice Straight] e Roteiro.

 

 

 

 

Acho as atuações de Network ótimas, mas tá longe de ser um dos meus favoritos do Lumet. Não sou dos maiores fãs do filme não, com exceção do terço inicial que é arrebatador.

 

Pra mim o filme que merecia ter levado naquele ano era Taxi Driver, com certeza.

 

---

 

Pessoal, votem no prêmio CeC, quem ainda não votou;

 

Anúncio

Icone da Mensagem

7° Prêmio do Fórum CeC - Indicados

Páginas1 2 3 4 5 6 7 ... 15 16

Big One

308

21594

Hoje as 18:36

por Thiago Lucio Ver Última Mensagem

 

Aproveitem que o prazo foi aumentado e participem da brincadeira. Passem lá também e digam o que acharam da lista, o que mudariam e tudo mais... lembrando que o critério de seleção foi o lançamento em circuito nacional

 

Link to comment
Share on other sites

Quando a Mia Farrow será lembrada pelo Oscar e outras premiações importantes?

 

Quanto mais o tempo passa e ela vai ficando mais velha, menos eu tenho esperanças.

 

Ela não recebe nem prêmios por sua carreira e seu trabalho humanitário.

 

Injustiças do cinema...
Renan Maia2011-03-27 10:53:45
Link to comment
Share on other sites

 

A explicação para a vitória de SINFONIA é quase a mesma que podemos empregar à vitoria de ROCKY em 76: Feel good movies enaltecedores em tempos dificeis. Minelli fez coisa muito melhor. Concordo com tudo o que disseste sobre SINFONIA' date=' mas considero os prós do filme pálidos ante ao que UM LUGAR AO SOL e UMA RUA CHMADA PECADO representam (cinematograficamente, não seu valor temporal).[/quote']

Eu também nem acho que Sinfonia seja o melhor do Minnelli, mas pelo que sei, na época o filme realmente foi considerado o melhor filme do ano e etc. Por cerca de 3 décadas ele foi considerado o melhor musical de toda a história do estúdio, o maior triunfo artístico e coisas do tipo. Em That's Entertainment, de 1974, O Frank Sinatra até comenta algo do tipo "deixamos para o final esse que é a maior realização de todos os musicais da Metro". Acho que só mesmo na década de 80 que Cantando na chuva se tornou o filme definitivo de Gene Kelly, deixando Sinfonia meio que de lado. Acho que Rocky nunca chegou a ter toda essa aclamação e reconhecimento.

 

Link to comment
Share on other sites

 

E mesmo antes de o tempo provar que se tratava de um surto coletivo... Mesmo assim, ''o maior musical da metro'' nao justifica uma vitória sobre o que Stevens e Kazan fizeram em seus respectivos filmes.

 

Mas sim, entendo.

Ronny2011-03-28 01:52:14

Link to comment
Share on other sites

Saiu o trailer de Midnight in Paris com uma cara de Vicky Cristina Barcelona. Particularmente, achei isso ótimo.

 

...

 

On the Road, A Dangerous Method e La Piel que Habito não devem ser lançados em Cannes. Veneza irá arrasar se os organizadores forem espertos, sem mencionar um eventual lançamento de Carnage no festival, como foi divulgado, o Oscar do ano que vem já estaria bastante delineado, sem dúvida.
Link to comment
Share on other sites

Saíram as primeiras reações de Hanna, novo de Joe Wright. E são as melhores possíveis.

 

 

A little bit of The Professional, a little bit of Dogtooth, a whole lot of awesome. Practically a lock for my top 10 of 2011 - SlashFilm.com

 

The best

arthhouse/multiplex hybrid since BOURNE in a dark coming-of-rage

fairy tale. Stunnning direction, simple run-or-die pleasures - MSN

 

Wright's first foray

into action filmmaking is a breathless barrage of expertly crafted

violence built on his familiar foundation of a strong story and

stronger characters. - MTV

 

Shot in four countries,

Hanna is an exhilarating breakout for Wright. Fast-paced and full

of ­wonders, this is Wright’s most audacious movie yet and may

prove to be one of the best of the year - ELLE

 

I thought Hanna was fantastic. The music by The Chemical Brothers

fits the movie perfectly and I’m sure it will surprise no one that I

thought Blanchett was fantastic as a ruthless intelligence operative - Collider

 

Saw the first great movie of 2011 not at Sundance tonight. Way to go Joe Wright. - HitFix

 

Mais em: http://www.imdb.com/title/tt0993842/board/thread/180244775?d=180244775&p=1#180244775

 

Link to comment
Share on other sites

 

Eu tb não esperava. Oq falam de Saoirse??? Por estrear nessa época, o filme não terá chance alguma.

 

...

 

Mildred Pierce em HD baixado, cópia linda. Verei hj as duas primeiras partes!

 

...

 

As duas primeiras partes de Mildred Pierce são fabulosas. Haynes faz um relato de uma época. Eu poderia ficar assistindo o dia todo. O ritmo, calmo, contando tudo com tempo, sem pressa... É fabuloso. Winslet? Ah Winslet... tão bom ver rugas no rosto dela... Uma atriz tão humana e sensível. Que trabalho especial...

 

 

 

FeCamargo2011-03-29 19:48:03

Link to comment
Share on other sites

Totalmente off, mas não tem como não manifestar minha profunda tristeza com a morte do ex vice-presidente José Alencar.  Homem, digno, com uma biografia impecável e de um exemplo de força, coragem e luta pela vida ímpares.  Uma grande perda para nosso País.  Se todos os homens públicos fossem como José Alencar...04

Link to comment
Share on other sites

Quanto à "Hanna", a Saoirse ainda é bem jovem, já teve uma indicação e deve ter outras no futuro. Não vejo muita chance em 2012.

Quanto a Cate, ela ainda só tem um Oscar de coadjuvante, mas merece mesmo um de principal (que ela devia ter ganho por "Elizabeth"). Outra indicação (e derrota) não ia contar muito.

 

Curioso pensar que filmes do próximo Oscar podem estrear no Brasil antes dos filmes indicados na última cerimônia. O descaso é uma coisa séria.
Renan Maia2011-03-30 08:56:36
Link to comment
Share on other sites

Recentemente dois filmes me chamaram muito a atenção através de seus trailers: Meek's Cutoff e Beginners.

 

O primeiro já foi até apresentado em Veneza ano passado, mas será lançado comercialmente nos EUA semana que vem. Me pareceu ter um ritmo lento e um aspecto ligeiramente surreal; algo original deve vir. Se a data de lançamento não atrapalhar, acredito que tem boas chances de ser o Winter's Bone dessa temporada. Pode render uma indicação como Melhor Atriz Coadjuvante para Michelle Williams.

 

Quanto ao segundo, eu não esperava muito. Mas me surpreendi; o filme pareceu ser bem interessante, de um estilo melancolicamente alegre, que foge dos convencionalismos - talvez eu esteja errado. No entanto, só vejo possibilidade de indicações em Ator Coadjuvante (Christopher Plummer) e Roteiro Original. Será lançado em junho.
Link to comment
Share on other sites

Também duvido que o filme de Polanski seja tão lembrado como vocês esperam. Espero coisa bem boa do filme, sim, porém em se tratando de Oscar, tanto frisson tão antes da temporada de premiações não leva a uma vitória. Mesma coisa para o filme do Malick. Se forem indicados mesmo nas categorias esperadas, estará dentro do previsto e só.

 

 

 

Finalmente encontrei alguém que concorda comigo quanto a Fim dos Tempos: acho-o quase genial como o FeCamargo, apesar de abaixo de O Sexto Sentido e Sinais.

 

 

 

O Thico externou perfeitamente tudo o que senti com Reino Animal: dá para dizer até que vimos exatamente o mesmo filme. Aproveitando o comentário para atriz coadjuvante, apesar de antes de ter visto os filmes torcer por uma surpresa contra Melissa Leo, hoje concordo integralmente com a sua vitória. Amy Adams ok, Jacki Weaver ok, Hailee Steinfield ok - apenas. Aliás, fiquei decepcionado com Bravura Indômita.

 

 

 

2011 ficou assim para mim, do que vi (entre parênteses, quem merecia ser indicado):

 

 

 

FILME: A Rede Social > Toy Story 3 > Cisne Negro > O Discurso do Rei > A Origem > O Vencedor > Bravura Indômita (só os quatro primeiros)

 

 

 

DIRETOR: Fincher > Arronofsky > O. Russel > Hooper > Coen (só top 2)

 

ATOR: Firth > Eisenberg > Bridges (idem)

 

ATRIZ: só vi a Portman (merecia)

 

ATOR COADJUVANTE: Rush > Bale > Renner (os três mereciam)

 

ATRIZ COADJUVANTE: Leo > Adams > Steinfield > Weaver > Bonham-Carter (só Leo)

Link to comment
Share on other sites

- OFF -

 

Vi agora há pouco THE WAY BACK, do Peter Weir.

Não há muito o que falar. O filme, inclusive, racionaliza muito pouco. O enredo é básico: Meia dúzia de caras resolvem fugir de um campo de concentração e vão passar por todo o tipo de penúria. Ok, tem-se aí a premissa de um filme de superação com vastas possibilidades dramáticas. Mas eis que o roteiro e a camera de Weir fazem de cada um desses homens fortalezas de si. O acesso a eles quase nunca é buscado e a luta pela liberdade aqui não é embasada por questões particulares a cada um deles. Trata-se de honra, de necessidade primária, que assim como respirar não exige justificação. Todos eles são impregnados dessa necessidade. Quando um perece, o filme não precisa de trilha sonora melosa ou close em rostos chorosos pra nos fazer enxergar que um grande homem sucumbiu. O filme é duro mas é ao seu tempo, que é o tempo dos personagens. As incontáveis e belíssimas tomadas abertas mostram tanto a imensidão do que deve ser percorrido quanto a dimensão dos personagens. A gente sente o peso da jornada junto com eles - e o que faz o filme é o desenvolvimento dessa noção de liberdade, que só cresce e ganha forma... Pra esses homens enfranquecerem-se a cada passo que dão em direção a ela. O efeito é desolador.

Peter Weir deve ter se incubido de algum desafio próprio a certa altura de sua carreira, só pode. THE WAY BACK torna mais difícil ainda apontar o seu melhor filme.


Obs: A cena da miragem é uma das mais bonitas que já vi na vida, pela estética e pelo significado.

 

E que vergonha da Academia. Que vergonha!!
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...