Jump to content
Forum Cinema em Cena

Fórmula 1 - Temporada 2014


Big One
 Share

Recommended Posts

Muito boa corrida hoje! Várias ultrapassagens, belas brigas, imprevistos. O Perez doidão foi um dos destaques, só faltou jogar retardatário pra fora da pista. O Webber, só pra variar, fez bobagem e podia ter entregue uma posição pro Alonso (não sei se ainda não pode ser punido com perda de posições pela colisão causada). As Ferrari, aliás, deram muito azar. Bom pro Vettel e pro Kimi.

Link to comment
Share on other sites

O Perez doidão foi um dos destaques, só faltou jogar retardatário pra fora da pista

 

Uahauhua. Foi mesmo.

 

Nao pude curtir muito a corrida, tive um baita imprevisto domingo e fiquei desanimado o resto do dia inteiro. Mas foi outra corrida muito boa, com varias disputas. Hamilton indo ate o fim pra passar Webber e Perez aproveitando o vacilo do Webber para passar nas ultimas curvas, sensacional.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Vettel pulando pra primeiro no início? Acho que não viste a mesma corrida que eu, não. Na corrida que eu vi, o Vettel ficou atrás do Nico até as paradas, perdeu posição pro Alonso e não esteve mais em condições de brigar pela ponta depois disso. Alonso, aliás, que consegui saltar na largada pq o Hamilton encaixotou o Raikkonen defendendo sua posição e deixou um corredor pro espanhol passar os dois. Isso provavelmente não influenciou o resultado final, já que a Ferrari estava mais rápida, mas o Raikkonen poderia ter se mantido à frente do Alonso e teríamos pelo menos uma boa briga. De qualquer forma, quase tudo que houve de emocionante aconteceu até o fim da primeira sequência de paradas nos boxes.

Link to comment
Share on other sites

Mas tecnicamente o UOL tá certo sim... O Alonso foi o Campeão do Grand Prix da Espanha de F1... cada Grand Prix apesar de serem considerados etapas do campeonato mundial da FIA, podem tb ser considerados cada Grand Prix um campeonato...

 

Isso é tradição desde a época dos Grand Prix pré-guerra q faziam parte do circuito europeu de Grand Prix, cada Grand Prix era um campeonato a parte. Um dos mais disputados era o Grand Prix da Alemanha, onde vários pilotos participavam apenas dele...

 

Mas é claro, o q o redator do UOL não deve saber de nada disso.. :P

Link to comment
Share on other sites

Vettel pulando pra primeiro no início? Acho que não viste a mesma corrida que eu, não. Na corrida que eu vi, o Vettel ficou atrás do Nico até as paradas, perdeu posição pro Alonso e não esteve mais em condições de brigar pela ponta depois disso. Alonso, aliás, que consegui saltar na largada pq o Hamilton encaixotou o Raikkonen defendendo sua posição e deixou um corredor pro espanhol passar os dois. Isso provavelmente não influenciou o resultado final, já que a Ferrari estava mais rápida, mas o Raikkonen poderia ter se mantido à frente do Alonso e teríamos pelo menos uma boa briga. De qualquer forma, quase tudo que houve de emocionante aconteceu até o fim da primeira sequência de paradas nos boxes.

 

Eu diria que enquanto não se definia quem faria tres e quem faria 4 paradas a corrida estava muito interessante. Na maior parte graças ao Raikkonen/Lotus que economizaram pneu barbaridade, ele andando com médios fez render mais que os pilotos que rodavam com pneu duro. E como o Massa sofre quando os pneus estao desgatados, ein. Com penus já bem usados, Alonso virando rápido, Vettel virando rápido, Raikkonen com médios virando rápido e ele ficando para trás. Ficou em terceiro graças à estrategia furada da RBR de  tres paradas, que tava na cara pelo meio da corrida que não daria certo.

Link to comment
Share on other sites

Oh!

 

 

17/05/2013 - 03h30
Chefe da McLaren comemora volta da parceira com a Honda

PUBLICIDADE

DE SÃO PAULO

 

selo-esporte-velocidade-100x100.jpgUma das mais icônicas e vencedoras parcerias da história da F-1 estará de volta a partir do Mundial de 2015.

Após deixar a categoria no final de 2008 com o fracasso de seu projeto de ter uma equipe própria, a Honda anunciou ontem que voltará a fornecer motores para a McLaren, que hoje possui acordo com a Mercedes.

Kimimasa Mayama/Efe 13136863.jpeg Martin Whitmarsh, durante entrevista

"Juntos, nós fomos responsáveis por alguns dos maiores e mais históricos momentos da história da categoria e deixamos um grande legado para o esporte", comemorou Martin Whitmarsh, chefe da equipe inglesa, que é apenas a sexta no Mundial de Construtores nesta temporada.

A bem-sucedida parceria McLaren-Honda, que durou de 1988 a 1992, conquistou 44 vitórias e oito títulos mundiais: quatro de pilotos e quatro de construtores.

"Em 1998 nós criamos o mais bem sucedido carro da história da F-1, o MP4-4, que venceu 15 das 16 corridas com Ayrton Senna e Alain Prost", completou o dirigente inglês.

A primeira aparição da fabricante japonesa na categoria aconteceu em 1964. Foram quatro anos na F-1, até sair do esporte depois da morte de um de seus pilotos, Jo Schlesser, no GP da França.

A Honda voltaria à F-1 em 1983 e continuaria até 1992, ano em que sua parceria com a McLaren chegou ao fim --antes havia fornecido motores também para a Williams.

Mais oito anos se passaram e os japoneses decidiram que era hora de retornar à categoria, desta vez como fornecedores da BAR. No final da temporada de 2005, no entanto, compraram a equipe e ficaram com um time próprio.

Em três anos, o time conquistou só uma vitória, em 2006, na Hungria, com Jenson Button, que voltará a correr com propulsores Honda, já que agora é da McLaren.

A mais recente volta da montadora à F-1 foi motivada em grande parte pela mudança no regulamento da categoria já a partir de 2014, quando os motores passarão a ser turbo de 1,6 litro.

"Pelas regras, os propulsores deverão ser menores, com sistema turbo e de recuperação de energia, o que se adequa melhor ao ambiente e à nossa produção de carros de passeio", disse Takanobu Ito, presidente da Honda.

Para tentar recriar a vitoriosa parceria com a McLaren, a montadora já começou a produzir várias unidades de teste do motor em sua fábrica, em Tochigi, no Japão.

 

Da Folha de São Paulo.

Link to comment
Share on other sites

Chegou aquela época "chata" do GP de Mônaco! \o/

 

 

Massa 'cola' em Alonso em Mônaco; Mercedes domina treinos livres

Do UOL, em São Paulo

23/05/201310h30
Ampliar
23mai2013---felipe-massa-conduz-sua-ferr Treinos livres - GP de Mônaco23 fotos17 / 23
23.mai.2013 - Felipe Massa conduz sua Ferrari pelas ruas do principado de Mônaco durante os treinos livres. Brasileiro andou muito perto de Fernando Alonso: Massa foi o quarto mais rápido do dia, a apenas 82 milésimos do companheiro de equipe Jean-Christophe
VEJA TAMBÉM

A Mercedes dominou os treinos livres para o GP de Mônaco nesta quinta-feira. Nico Rosberg foi o mais rápido nas duas sessões realizadas no circuito de rua de Monte Carlo e teve a companhia de Lewis Hamilton. A Ferrari mostrou um desempenho consistente: Fernando Alonso fez o terceiro melhor tempo do dia, seguido de muito perto por Felipe Massa.

Embora Alonso tenha levado a melhor sobre Massa nas duas sessões, a diferença entre eles foi bem pequena. No primeiro treino livre, o espanhol foi apenas 112 milésimos mais rápido do que o companheiro de equipe. Na parte final, o brasileiro conseguiu uma marca somente 82 milésimos inferior à de Alonso.

O resultado desta quinta deixa a Mercedes animada para o treino de classificação e para a corrida. Os carros da equipe têm sofrido com o elevado desgaste de pneus durante as últimas provas, comprometendo as chances de um bom desempenho de Rosberg e Hamilton. O asfalto em Mônaco tem abrasividade menor do que o das pistas anteriores, o que deve aumentar a competitividade de ambos no domingo.

Pole position nas duas últimas corridas (GPs do Bahrein e da Espanha), Rosberg 'voou' nas ruas do principado e cravou o tempo de 1min14s759. Ele foi o único a andar abaixo da casa de 1min15 e sobrou na pista. A distância entre ele e Hamilton, segundo mais rápido nesta quinta, foi superior a três décimos.

Enquanto Mercedes e Ferrari fizeram tempos muito bons, os pilotos da Red Bull tiveram desempenho discreto. Líder do Mundial, Sebastian Vettel foi o no mais rápido do dia e perdeu para Mark Webber, seu companheiro de equipe.

Quando faltavam cerca de 50 minutos para o fim da segunda sessão, Grosejan perdeu o controle de sua Lotus e bateu na saída da Saint-Dévote. O treino foi interrompido logo na sequência, mas por outro motivo: uma zebra danificada. O reparo levou poucos minutos e a sessão foi retomada.

O treino que define o grid de largada para o GP de Mônaco será realizado neste sábado a partir das 9h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Globo e acompanhamento do Placar UOL Esporte.

Link to comment
Share on other sites

É por causa dos códigos que o fórum não reconhece, aquilo era pra ser o crédito da imagem acima do texto, não parte do mesmo.

 

Olhem o que diz a Folha:

 

 

23/05/2013 - 21h44
Após problemas com os pneus, Pirelli ameaça deixar a F-1

PUBLICIDADE

 
 

DA REUTERS

selo-esporte-velocidade-100x100.jpgA fornecedora de pneus da Fórmula 1 Pirelli advertiu as equipes nesta quinta-feira que vai deixar a categoria no fim da temporada se um novo contrato a partir de 2014 não for acordado em breve.

O diretor de automobilismo, Paul Hembery, não escondeu sua impaciência ao afirmar a repórteres em Mônaco que o tempo está se esgotando para que a empresa italiana projete e teste os pneus adequados para as regras de 2014, que serão radicalmente diferentes.

"Aparentemente em 1º de setembro precisamos dizer a elas [equipes] tudo o que elas precisam saber sobre os pneus para a próxima temporada. Estamos agora em meados de maio, então vocês podem imaginar o quão ridículo é isto, uma vez que não temos ainda os contratos em vigor", disse ele. "Então, talvez não estaremos aqui de qualquer maneira."

Questionado sobre o quanto seriamente a Pirelli estava considerando deixar a F-1, o britânico acrescentou: "Em um certo momento alguém tem que tomar uma decisão."

"As coisas vão ficar, pelo que podemos ver, extremamente graves, porque as mudanças no próximo ano são tão substanciais que o esporte tem que tomar uma decisão rápida."

A declaração ocorre após uma série de reclamações de pilotos quanto ao desgaste excessivo dos pneus, o que fez com que a empresa anunciasse mudanças nos compostos a partir da temporada europeia.

A F-1 está mudando para um novo motor turbo de 1,6 litro V6 com sistemas de recuperação de energia na próxima temporada, e os pneus também terão que mudar para lidar com as características da nova unidade.

Link to comment
Share on other sites

"82 milésimos do companheiro de equipe Jean-Christophe"?

 

Fernando Jean-Christophe Alonso? :lol:

 

E olha só que chique o pessoal fazendo churras na lage em Monaco, kkk

 

Não entendi essa também, o "uikipédia" informa que o nome dele é Fernando Alonso Díaz :lol:

Link to comment
Share on other sites

Acabei não vendo a largada, acordei 5 minutos atrasado, mas parece que foi tranquila. Como, aliás, teria sido toda a corrida, não fossem as barbeiragens. Mônaco separa os homens dos meninos, e nessa o Grosjean e o Perez rodaram no teste. Do Chilton nem se fala, comprou o lugar e não merece estar ali. Massa tb foi mal. Legal ver o Rosberg ganhar, não tenho nenhum apreço pessoal por ele, mas é um resultado diferente, dá mais sabor.

 

Ah, o que disse Raikkonen:

 

APÓS TOQUE, KIMI DISPARA CONTRA PÉREZ: "DEVERIA LEVAR UM SOCO NA CARA" Campeão mundial descreve manobra de mexicano no GP de Mônaco como “estúpida”
26/05/2013
Kimi-Raikkonen-Monte-Carlo-2013-640x448.Kimi: fulo com Sergio Pérez em Mônaco (Foto: Andrew Ferraro/LAT)

Kimi Raikkonen disse que Sergio Pérez deveria “levar um soco na cara” em razão do incidente entre ambos no GP de Mônaco, na manhã deste domingo.

Na 69ª volta em Monte Carlo, Pérez e o finlandês lutavam pela quinta posição quando o mexicano forçou para cima do rival e furou um dos pneus traseiros da E21.

Por causa do toque, Raikkonen teve de ir aos boxes e despencou para 16º. Já o piloto da McLaren abandonou quatro voltas depois, com um problema de vazamento no motor.

No parque fechado, Kimi se mostrou furioso com o piloto da McLaren. Quando questionado se haveria a chance de os pilotos conversarem com Pérez sobre sua pilotagem agressiva, o finlandês foi irônico.

“Não, isso não iria ajudar. Talvez alguém pudesse dar nele um soco na cara”, disse o campeão mundial, que descreveu a manobra do mexicano como “estúpida” e já havia o criticado no rádio, durante a corrida.

Leia também:
Alonso reconhece postura conservadora e reclama: “Não tínhamos ritmo”
BLOG DO TAZIO: Rosberg, primeiro a repetir vitória do pai em Mônaco
“Não fui bom o suficiente”, admite Hamilton, 4º; veja declarações
VÍDEO: o show de Kimi em Mônaco

“Por causa disso, perdemos vários pontos para Sebastian [Vettel] no campeonato e não se pode dar o luxo de perder terreno assim. Ele me atingiu por trás e é isso. Se ele acha que tenho culpa por ele entrar tão rápido na curva, ele não tem a menor ideia do que está dizendo.”

Ainda em Monte Carlo, Alonso também disse que teve sorte por não se tocar com o mexicano. “Pérez, ele estacionou o carro dele na Rascasse e é o único comentário que posso fazer. Tive de cortar a chicane para evitar contato com ele”, disse o espanhol.

“Checo”, por sua vez, se defendeu das críticas e disse que Raikkonen não lhe deu espaço na curva. “Toquei o muro na entrada da curva e não tinha espaço. Foi realmente uma pena. Ultrapassei Jenson Button e Fernando Alonso e Jenson me passou ali. Tem que dar algum espaço”, declarou o piloto da McLaren.

Esta não é a primeira ocasião que Pérez se envolve em polêmicas dentro da pista. No GP do Bahrein, Buttoncensurou o mexicano por seu comportamento agressivo em disputas mano-a-mano na pista.

 

Essa é do blog do Tazio.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 2 weeks later...

Será que enfim, depois de 36 anos, me livrarei (nos livrarão) do Chatão Bueno aos domingos de F1?

 

http://televisao.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2013/06/15/fox-sports-ira-transmitir-a-formula-1-no-ano-que-vem.htm

 

Fox Sports irá transmitir a Fórmula 1 no ano que vem

Nada ainda é divulgado de forma oficial, mas nos bastidores já se dá como certa a entrada do Fox Sports na Fórmula 1, com transmissões - ao vivo – a partir do ano que vem.

Para a TV fechada, naturalmente. Globo na aberta. Quem deve perder com isso é o SporTV, que hoje tem transmitido treinos não oficiais e a reprise da corrida.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...