Jump to content
Forum Cinema em Cena
Tensor

O Que Você Anda Vendo e Comentando?

Recommended Posts

Hasta la Vista

hasta-la-vista-venha-como-voce-e-poster-nacional.jpg

 

Obra-prima esse filme. O desfecho é óbvio, mas não me incomodei muito, porque a história te aproxima tanto dos personagens que você acaba sentindo por eles assim mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Santiago (2007) - 4,5/5

 

Meio raro postar sobre documentários por aqui, mas vá lá. O filme de João Moreira Salles é, além de um retrato sobre o mordomo de sua família, uma reflexão sobre o próprio ato de documentar. Salles lança um olhar sobre a tentativa frustrada que fez de gravar um documentário com o personagem Santiago (o mordomo) treze anos antes. E o que achei mais interessante é que ele escancara o fato de que se distanciou das verdadeiras vontades e da personalidade do mordomo. Na época, tinha um roteiro e uma direção tão prontos na mente que não deixou que Santiago inserisse comentários que tinha vontade de fazer ou sequer deu liberdade para que se movesse como queria. Salles assumiu a postura do patrão e Santiago do mordomo subserviente. O que vemos na tela nunca é aquilo que Santiago quer ser, mas sempre aquilo que Salles gostaria que ele fosse, talvez baseado nas próprias memórias. Enfim, excelente pra quem quiser saber um pouco mais sobre o fazer documental e essencial pra quem estuda o assunto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chronicle%2BMovie.jpg

 

 

Vi Chronicles ontem. É só aquilo mesmo? O filme traz alguma reflexão sobre responsabilidade mas é previsível até o talo e olha só, quando eu falei sobre o (mau) uso da câmera na mão disseram que este seria um bom exemplo do uso eficiente desta técnica, não é; as "soluções" encontradas para justificar alguém filmando o tempo todo são risíveis. Blergh...

Share this post


Link to post
Share on other sites

credo..eu ja nao gostei mto do REC 3 nao..ate pq foge da essencia dos anteriores: a camera na mao e primeira pessoa. Mas principalmente pq parece ser filme de outra franquia, tipo Zumbilandia, pq nao mete medo e ta mais pra terrir q a franquia q lhe deu origem. No geral vale como diversao descompromissada, mas q dispensa perfeitamente a marca REC.

 

Concordo Jorge, totalmente diferente da franquia, mas gostei do tema abordado, um aperitivo romántico, São Jorge e tal, o cara de armadura, filme diferente, é um filme mais "despedaçar os zumbis" do que aquela tensão tipico de filme de terror e das franquias, aquele thriller..., ainda fico entre todos eles com o The Dead, Zumbilandia e o Shaun of the Dead.

 

Esses dias vou ver um filme tailandês de terror que me pareceu meio O Grito chamado Phobia 2 (2009), vamos ver se é bom, 5 historias feito por 5 diretores.

Share this post


Link to post
Share on other sites

stake_land_poster-447x600.jpg

 

Stake Land

 

Filme decente de vampiros, maquiagem bem feita, bem convincente, dramática, num ambiente apocalíptico cheio de vampiros, a estoria roda entre um jovem rapaz que perde seus pais e é salvo por um sujeito que ensina ele a lidar com essas criaturas que parecem mais uma mistura de vampiros e zumbis, cruzando os EUA e lidando não só com vampiros mas também com os proprios humanos meio que parece uma terra de Mad Max, tem a atriz Kelly McGillis a loiraça do filme Top Gun que agora claro é uma senhora de idade e mais comportada :D, não lembra nada daquela personagem do filme do Tom Cruise, diria que o Tom está muito mais conservado do que ela e que a idade não lhe foi muito generosa...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chronicle%2BMovie.jpg

 

 

Vi Chronicles ontem. É só aquilo mesmo? O filme traz alguma reflexão sobre responsabilidade mas é previsível até o talo e olha só, quando eu falei sobre o (mau) uso da câmera na mão disseram que este seria um bom exemplo do uso eficiente desta técnica, não é; as "soluções" encontradas para justificar alguém filmando o tempo todo são risíveis. Blergh...

 

 

Com relação ao uso da câmera na mão, eu concordo com o que o Tensor falou anteriormente, porque pra mim funcionou legal. O filme pode não ser 100%, mas achei a história da construção de um vilão bem interessante.

Share this post


Link to post
Share on other sites

50088cc5b09e2.preview-620.jpg

 

The Dark Knight Rises: Achei que o filme ficou na linha tênue entre o bom e o razoável. Teve muita coisa que ficou bizarra nele. A única coisa que podemos dizer que ficou foda foi o Bane, que se mostrou um vilão e tanto e a Anne Hathaway que fez uma mulher gato com uma sensualidade sutil, porém realmente surpreendente!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com relação ao uso da câmera na mão, eu concordo com o que o Tensor falou anteriormente, porque pra mim funcionou legal. O filme pode não ser 100%, mas achei a história da construção de um vilão bem interessante.

 

A câmera na mão ficou óbvio pra mim que o diretor não ia sustentar aquilo por muito tempo e lá pelo meio do filme é possível ver cenas filmadas na terceira pessoa, do nada. E quanto ao vilão também ficou claro desde do início que o carinha com cara de doido ia surtar. É daqueles casos em que a ideia é melhor do que a execução.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Todo lo que Tu quieras

Drama espanhol razoável e redondinho q parece ser um amálgama de “Kramer vs Kramer”, “Tootsie” e “Priscila, Rainha do Deserto”. Nele acompanhamos um dedicado pai em se travestir de mulher pra suprir a carência da pequena filha pela figura materna, recém-vitimada por epilepsia fulminante. A infância e o jogo de disfarces (e papéis) se estende da família ao trabalho, e inclusive até uma comunidade homossexual, mas são tratadas de forma bem superficial. Tecnicamente bem feito, o destaque são mesmo as atuações, desde o pai, a fofucha (e espontânea) filhinha e a bicha velha, mas q infelizmente so conseguem sustentar a pelicula em parte, pois o ritmo, falta de profundidade e previsibilidade fazem com q este filme de premissa interessantemente inverossimil resulte nalgo apenas comercial, uma matinê básica ou apenas uma fábula edulcorada. 8/10

 

19501268.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Esses dias vou ver um filme tailandês de terror que me pareceu meio O Grito chamado Phobia 2 (2009), vamos ver se é bom, 5 historias feito por 5 diretores.

 

esse eu vi ja a algum tempo e ate comentei tb aqui.. inclusive o Phobia 1, q achei superior a sua sequencia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

entre_irmaos_2009_g.jpg

 

Entre Irmãos (Jim Sheridan, 2009) - 4/5

 

Um filme que conta de forma bastante cuidadosa o sentimento durante e pós guerra de um soldado atuante no Afeganistão, assunto tão bem explorado naqueles filmes sobre a guerra do Vietnã. Nesse, o cara ainda depara-se com a complicação de sentir que sua família foi usurpada pelo irmão. Atuações bacanas, especialmente a do Tobey Maguire. Um bom filme, com a delicadeza habitual do irlandês Jim Sheridan em retratar conflitos familiares.

 

20019892.jpg

 

A Perseguição (Joe Carnahan, 2011) - 2/5

 

Um grupo de trabalhadores, liderado por Liam Neeson, sofrem um acidente de avião e ficam isolados no meio da neve, no Alasca, cercados por lobos. Até que funciona como um bom passatempo, é uma espécie de "Premonição Na Neve" (SPOILERS? haha), onde os sobreviventes do acidente vão morrendo um por um, no meio do caminho, com mais dramas pessoais e inserção de dilemas religiosos, e etc, o que o torna bem menos divertido. Mas não é de todo ruim não.

 

apollo_18_3.jpg

 

 

Apollo 18 (Gonzalo Lopez Galego, 2011) - 1/5

 

Imagens divulgadas em um site, mais de trinta anos depois do suposto ocorrido, evidenciam o que teria sido a Apollo 18, a última missão tripulada à lua, e porque depois dela a Nasa não mais investiu em missões do tipo. A premissa é ótima, a execução péssima. Faltou pulso, havia potencial para que se tornasse o Alien do gênero, se tivesse sido bem feitinho. Um desperdício de uma boa idéia, e do meu tempo. Vale ver, só pela curiosidade mesmo, de quem gosta desse tipo de filme que finge ser documentário. Mas não esperem por muitos sustos, nem por grande tensão, como em A Bruxa de Blair e Atividade Paranormal, esse é bastante inferior.

Share this post


Link to post
Share on other sites

house_of_nine.jpg

Aprisionados (2005) - House of 9

 

Filme meio que sem criatividade por tentar pegar carona com Jogos Mortais, Cube e A Experiência, 9 pessoas são capturadas com personalidades variadas e colocadas numa mansão lacrada e o jogo fica para quem permanecer ganhar 5 milhões de dolares, como um Big Brother para uma pessoa, o veterano já falecido Dennis Hopper está no filme, o que torna o filme mais atrativo na interpretação, mas não é tudo aquilo por não ser tão original, mas com uma grande surpresa no final.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

ils_ver2.jpg

 

Ils [Them] 2006

 

Filme decente bem parecido com Os estranhos 2008, talvez tenha até sido influenciado por este filme para não ter que criar um remake e gastar em direitos, sobre um casal que estão numa casa meio afastada e parece que ela está sendo invadida, apenas o final e os causadores e que deixam uma surpresa, principalmente a declaração final, eu hein!

 

Phobia 1 e 2

 

Filmes antológicos tailandeses que lembra os filmes clássicos com vários contos de terror embutidos mencionados no post do Jorge já há um tempo.

 

Pelo fato de serem varios num filme, tem um ou outro que agrada mais, no geral são quase que umas perolas em se tratando de filmes daquele país por terem feito algo decente, bem estilo oriental de terror, acho que um dos diretores é do "Espiritos - A Morte Está ao Seu Lado (2004) - Shutter" que teve seu remake americano.

 

Também gostei do primeiro, só não achei a limitação em ver os mesmos atores nos dois filmes, apesar de que eles tem tudo a mesma cara..., opa!! que maldade... :D, coisa feia...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Battleship 2012

 

Pena que este filme jogou para o lixo a oportunidade de tornar realidade algumas animações japonesas do passado adaptados aos filmes, de inicio estava me dando uma nostalgia e me lembrou uma animação clássica japonesa onde o protagonista que é um exímio piloto meio que inconsequente e irresponsável a ao mesmo tempo engraçado entra de gaiato no exercito numa festa a convite de um amigo meio protetor (um personagem loiro bem parecido com o Alexander Skarsgård deste filme) no mesmo instante que acontece uma invasão alienigena e o cara acaba num caça para proteger o mundo de alienígenas, caça que se converte num poderoso Robot bem influenciado dos Transformers animação original, a animação se chamava Robotech que um dia vi por ai uma vez e curti demais a muitos anos atrás.

 

Neste filme vemos algo similar, o mesmo cara inconsequente, engraçado e irresponsavel, apaixonado pela garota e tal, ai está no meio do exercito no momento de uma invasão alienigena, bem parecido..., parecia que eu ia assistir a um filme que me lembrou de um outro recente, uma adaptação japonesa de uma animação para live-action chamada Space Battleship Yamato, pelo menos este pareceu mais decente no seu roteiro, mesmo não tendo tantos efeitos especiais.

 

Depois da nostalgia veio a agua fria, o filme vai rodando, vejo os tais efeitos especiais surpreendentes e tal, até que vai virando uma cáca, roteiro fraquinho, atuações fracas e ferrou tudo, possivelmente Hollywood fará um filme dessas animações clássicas no dia de São Nunca, porque este filme cagou tudo.

 

Vale apenas uma homenagem aos veteranos marinheiros e soldados, incluindo o cara sem pernas que na realidade foi um soldado, efeitos especiais mas um filme porcaria mal elaborado infelizmente, com falas as vezes infantis e se não fosse a presença dos japoneses seria uma total americanização num filme cheio de clichês ridículos e achei estranho o filme introduzir o futebol que mais parecia Rugby.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Starting out in the Evening

Indie adulto q passou desapercebido mas q prende por desenvolver seus personagens de forma bem, mas beeeeem arrastada. Velho escritor tem sua vida e obra revisitadas por uma ambiciosa e jovem estudante, q vê nele chance de sua tese de graduação. A metalinguagem do cinema e, no caso, da literatura, ao entrelaçar autor com seu personagem é algo recorrente nas telas, mas aqui os tds mundo termina vitima de seus “compromissos”, onde sempre acaba sobrando a amargura nas renuncias q disto surgem. Filme paradão, calcado mais nos diálogos e, principalmente, silêncios. Frank Langella aqui já matava a pau, bem antes do seu famoso "Nixon". 8,5/10

 

starting-out-in-the-evening-movie-poster-2007-1020405320.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

inside-2007-dvdrip-xvid-fragment.jpg

 

À l'intérieur (2007) (Inside)

 

Filme thriller e de terror francês, pesado e gore, atuações boas, tem um bom ritmo, porem se perde no final com cenas sem nexo, conta a historia de uma mulher que sofre um acidente de carro, aparentemente gravida e acaba perdendo seu marido ou namorado, na véspera de Natal resolve ficar sozinha, alguem bate na porta, uma mulher misteriosa querendo usar o telefone, a dona não abre por causa da violência local, então a tal mulher misteriosa começa a fazer aparições intimidando e querendo alguma coisa, a dona chama a policia, não acham ninguém, quando eles vão embora, começa uma guerra entre as duas, envolvendo visitantes e lutas sangrentas.

 

Quase vira um marco do gênero, mesmo assim um filme decente do gênero, apesar dos erros finais.

 

Pra mim o terror não está em filmes como Sexta feira 13, Massacre da Serra Eletrica, Pesadelo, Halloween, porque seus protagonistas não existem, são produtos de Hollywood, com super força, que nunca morrem, o verdadeiro terror acontece quando um humano qualquer tenta matar outro, o terror não está em criaturas, fantasmas, está entre o próprio pensamento humano e suas ações, desses sim devemos ter medo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

À MEIA LUZ Suspense atmosférico, envolto em sombras e neblina, cuja fotografia joga com luz e sombras no melhor estilo da velha Hollywood. Surpreendente prova da versatilidade de Cukor, mais conhecido por comédias "para mulheres". 4/5

 

O PECADO DE HADEWIJCH Uma jovem pretendente a friera é tão fanática que é expulsa do convento, só para então se juntar a um muçulmano que direciona a fé extremada da garota para atos de terrorismo. Triste, gélido, absorvente. 4/5

 

NEAR DARK Pérola dos anos 80. Vampiros, romance, estrutura e ambientação de western. Tomadas notrunas fantásticas. Elenco muito bem escolhido. Até o romance, que poderia ser água-com-açúcar, cativa. 4/5

Share this post


Link to post
Share on other sites

meu+primeiro+amor+meme+ana+paula+gomes.jpeg

 

Meu Primeiro Amor (Howard Zieff, 1991) - 5/5

 

Revisto, depois de muito tempo. Interessante constatar como continua cativante. SPOILER: Impossível não se emocionar com as sequências do funeral do garoto.

 

A-Inven%C3%A7%C3%A3o-de-Hugo-Cabret.jpg

 

A Invenção de Hugo Cabret (Martin Scorcese, 2011) - 5/5

 

Simples e maravilhoso, como todos os filmes realmente grandes. O melhor filme de todos os tempos da última semana.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jogos Vorazes

 

Não achei assim grande coisa este filme, está mais para os fãs de Twilight, achei algumas partes sem nexo e tal, troca de regras, depois volta? que isso?, um grupo onde apenas um deve ficar vivo?, os organizadores materializando quando bem entenderem?, adolescentes sendo colocados para se digladiarem numa arena futurista? crianças? pobres?, só podia ser um filme americano onde mostra claramente um espelho da verdadeira sociedade americana onde alguns surtam e entram em colégios atirando e apesar do tempo de duas horas, muita coisa ficou sem detalhes.

 

O detalhe para ficar demais para um determinado publico é a presença da garotinhado filme A Órfã.

Share this post


Link to post
Share on other sites

mr-nobody-2009-r4-customized-dvd-front-cover-4355.jpg

Mr. Nobody (2009)

 

Acho estranho que ao ver a bilheteria deste filme, ou está incompleto no IMDB ou não teve o destaque que deveria, deve ser por isso que o diretor do filme Jaco Van Dormael esteja meio parado porque achei este filme, bem trabalhoso e detalhado, com jogos de camera muito bem elaborados, apesar de ser um filme complexo demais, muita gente não vai achar isso, é um tipo de filme estilo Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças (2004), uns podem achar uma porcaria, outros uma obra prima, nas suas mais de duas horas de filme, e posso dizer que até o Jared Leto mandou bem ator fraquinho que é, engraçado que lembrei agora do video da fã se maquiando e ficando igual a ele em videos do Youtube que chega ser hilário a semelhança.

 

Enfim, é um filme intenso e inteligente que mostra os vários caminhos da vida de um homem por decisões tomadas, bem ficção cientifica também, envolvendo astrologia que aos mais leigos pode parecer tedioso demais, com pitada de romance envolvendo 3 mulheres em 3 planos de vida do protagonista, entre uma delas está a belíssima atriz Diane Kruger, acho que os fãs do filme do Jim Carrey irão adorar com pitada de efeito borboleta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lena

Curioso drama belga q se destaca principalmente pela estupenda atuação da robusta atriz no papel da personagem principal. Nele, acompanhamos a dita cuja, adolescente gordinha de família disfuncional, q td garotada do bairro come mas não quer se envolver. Mas td muda qdo conhece um ladrão pé-rapado q passa a "namorá-la", aumentando sua auto-estima. Mas a coisa entorna qdo o pai do rapaz passa a desejá-la tb. Tom documental legal, fotografia bonita, etc..mas o bom mesmo é a Emma Levie no papel-titulo desta anti-heroina, q faz td e mais um pouco apenas com linguagem corporal e, principalmente, pelo olhar. Espécie de “Preciosa” com "Perdas & Danos" q trata de emancipação, crise familiar e crescimento, não deixa de ser um drama adolescente q tds seus clichês, mas cuja narrativa ambígua assombra pelas decisões (moralmente questionáveis) q Lena vai tomando no decorrer da pelicula. Dureza é apenas sua longa e excessiva duração. 8,5/10

 

 

movie_poster_lena_belgium_by_ericvaneric-d48ewwu.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

meu+primeiro+amor+meme+ana+paula+gomes.jpeg

 

Meu Primeiro Amor (Howard Zieff, 1991) - 5/5

 

Revisto, depois de muito tempo. Interessante constatar como continua cativante. SPOILER: Impossível não se emocionar com as sequências do funeral do garoto.

 

Legal saber que mais alguém gosta muito do filme. Achei que fosse o único. :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

The_Tall_Man_2.jpg

The Tall Man 2012

 

É um filme thriller razoavel com a Jessica Biel, que aqui não está tão gata quanto nos outros filmes devido a sua maquiagem e sua personagem, conta a estoria de uma mulher que mora numa cidade onde anda desaparecendo crianças de uma forma misteriosa, posso dizer que de inicio tentei adivinhar o que acontecia a cada passo do filme, mas me deixou surpreso no decorrer dele que é melhor não comentar mais para não gerar spoilers, chega a ser um pouco original, um pouco distante dos clichês.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tão Perto e Tão e Forte Dir: Stephen Daldry

200px-Extremely_loud_and_incredibly_close_film_poster.jpg

 

 

 

Oscar Schel(Thomas Horn)l que tem uma ligação muito próxima com o dedicado pai Tomas Schell(Tom Hanks) ve o seu mundo desmoronar com a morte deste no ataque a torres gémeas em 11 de setembro, e como não tem o mesmo vinculo emocional com a mãe Linda(Sandra Bullock) o garoto tentar manter a presença do pai na sua vida a descoberta de uma misteriosa chave o faz procurar por toda a cidade de Nova York a ligação dela com Thomas, e encontrar diversas pessoas na busca ele acaba sendo ajudado por um misterioso inquilino idoso(Max Von Sydon) que se recusa a falar e tem um passado misterioso. Oscar que tem inúmeras fobias e um incrivelmente introvertido tem que desafiar os seus limites em busca da verdade, apesar do protagonista ser juvenil ser muito bom ele as vezes deveras irritante (o personagem) mais a historia e realmente muito boa e tem os codjuvantes que enche a tela emoção, gostei

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...