Jump to content
Forum Cinema em Cena
Big One

The Dark Knight Rises (#2)

O Bane vai quebrar a coluna do Batman?  

45 members have voted

  1. 1. O Bane vai quebrar a coluna do Batman?

    • Sim
      20
    • Não
      25


Recommended Posts

Se for levado em conta o RT e o Metacritic, não é.

 

Na verdade, no Metacritc, TDKR está mais bem cotado que Avengers. No IMDB também.

 

No RT, o percentual de aprovação de Avengers é superior, mas o Average Rating dos dois filmes é igual, apesar de TDKR neste site ser menos cotado - o que indica que quem gostou deste apreciou mais o filme do que quem curtiu Avengers gostou do último (eita), embora, no final das contas, tenha aprovado ambos (tomate fresco) .

 

O que tenho lido, de um modo geral, nas críticas sobre o filme pode ser sintetizado assim:

 

TDK > TDKR > Vingadores

 

Para alguns críicos, "Os vingadores" sequer entraria nessa equação, por estar num patamar abaixo.

 

Por outro lado, há quem ache "Os Vingadores" divertido e TDKR chato.

 

A aprovação a "Os Vingadores" sempre me pareceu a aprovação a animações da Pixar. Todo mundo gosta, mas... (entenda quem quiser o que quiser).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas só tem uma pergunta que não quer calar: é melhor que Vingadores? Se não for é o que ta valendo :D

 

Eu acho que empata. Foram bem dentro de suas propostas, mas nada fora do normal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não vejo como comparar Batman com o Vingadores... são filmes com propostas bastante diferentes um dos outros, o único elo de ligação entre eles é q são filmes de HQ... se for para comparar Batman com outro filme de HQ, tem q ser com Marcas da Violencia, já q seu formato ficou mais similar... é quase como comparar Batman com Scott Pilgrim contra o mundo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

só pra citar um.... quando durante aquela "ÉPICA" (High Sarcasm mode ON) perseguição ao batmóvel do nada no meio de viaturas e helicópteros o bats ativa o "modo de invisibilidade" que é nada mais nada menos do que senão apagar os faróis do batmóvel e PRONTO no meio daquela porrada de polícia o cavaleiro das trevas SOME!!!!! não sou tão fanático por batman a ponto de deixar passar batido esse tipo de suspensão de descrença.....

sem contar a "atuação" dos policiais figurantes reagindo com fisionomias e gags durante toda a perseguição. Tipo o cara perguntando do batmóvel e depois vendo o carro passar e dizendo "esquece", entre outras. Vergonha alheia demais! :wacko:

 

Goyer e Nolan formam uma dupla de ótimas idéias às vezes pessimamente executadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não vejo como comparar Batman com o Vingadores... são filmes com propostas bastante diferentes um dos outros, o único elo de ligação entre eles é q são filmes de HQ... se for para comparar Batman com outro filme de HQ, tem q ser com Marcas da Violencia, já q seu formato ficou mais similar... é quase como comparar Batman com Scott Pilgrim contra o mundo...

 

Sith, mas o espectador tem todo o direito de comparar dois filmes através do simples prisma de qualidade da obra, execução. É plenamente possível, sim, comparar "Scott Pilgrim contra o mundo" com "Batman: o cavaleiro das trevas", por exemplo. Ambas são obras do cinema. Qual obra foi melhor executada? Simples, ao meu ver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se eu fosse fazer um ranking atual seria 1 - TDK 2 - TDKR 3 - BB .

 

O que diferencia mesmo o primeiro do segundo é a presença do Ledger que elevou e muito a qualidade do filme. TDKR tem lá seus momentos desregulares mas é mais divertido e menos analítico do que BB, o que já coloca ele num patamar superior.

 

Aliás, esse último filme da trilogia é meio que prato cheio pro povo que curte reclamar de "furos" ... :rolleyes: .

 

Eu concordo no que diz respeito a Selina Kyle. Uma pena que a personagem não tenho sido utilizada mais dentro da narrativa. Mas eu curti a abordagem que a Hathaway trouxe pro papel.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tensor quanto mais você defende pior fica. Cara isto não é uma piada voluntaria. A maioria percebeu isto aqui há muito tempo. É tão difícil notar? Além de você qual outra pessoa achou que é uma piada voluntaria? Até agora ninguém aqui.

 

Ah bom, pq os outros não acham eu vou deixar de achar. Baita personalidade a minha :D Eu vou deixar de achar se alguém me convencer de alguma forma que não é piada, confrontando aquilo que eu disse. O que ainda não aconteceu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sith, mas o espectador tem todo o direito de comparar dois filmes através do simples prisma de qualidade da obra, execução. É plenamente possível, sim, comparar "Scott Pilgrim contra o mundo" com "Batman: o cavaleiro das trevas", por exemplo. Ambas são obras do cinema. Qual obra foi melhor executada? Simples, ao meu ver.

 

Eu vou por aí também. Qual é o melhor filme? E nesse sentido tu pode comparar Die Hard com Beleza Americana.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que empata. Foram bem dentro de suas propostas, mas nada fora do normal.

 

Eu fiz essa brincadeira pq é a rivalidade do momento, é inevitável, não que eu esteja realmente preocupado com isso. Assim como muito provavelmente jorrem comparações entre Liga da Justiça e Avengers 2.

 

E sobre esse TDKR, se for do nível dos outros eu vou gostar menos que Avengers, se for muito melhor daí pode empatar ou superar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na verdade, no Metacritc, TDKR está mais bem cotado que Avengers. No IMDB também.

 

No RT, o percentual de aprovação de Avengers é superior, mas o Average Rating dos dois filmes é igual, apesar de TDKR neste site ser menos cotado - o que indica que quem gostou deste apreciou mais o filme do que quem curtiu Avengers gostou do último (eita), embora, no final das contas, tenha aprovado ambos (tomate fresco) .

 

O que tenho lido, de um modo geral, nas críticas sobre o filme pode ser sintetizado assim:

 

TDK > TDKR > Vingadores

 

Para alguns críicos, "Os vingadores" sequer entraria nessa equação, por estar num patamar abaixo.

 

Por outro lado, há quem ache "Os Vingadores" divertido e TDKR chato.

 

A aprovação a "Os Vingadores" sempre me pareceu a aprovação a animações da Pixar. Todo mundo gosta, mas... (entenda quem quiser o que quiser).

 

Inclusive algumas críticas contra TDKR me soaram um tanto estranhas...

 

Por exemplo, um comparou TDKR a Transformers, um outro disse que o filme é longo demais e uma outra deu RT em TDKR porém gostou de Cães e Gatos que tem 14% no RT.

 

São coisas que a vezes não dá pra entender !!!!

 

 

 

Se eu fosse fazer um ranking atual seria 1 - TDK 2 - TDKR 3 - BB .

 

 

Concordo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah bom, pq os outros não acham eu vou deixar de achar. Baita personalidade a minha :D Eu vou deixar de achar se alguém me convencer de alguma forma que não é piada, confrontando aquilo que eu disse. O que ainda não aconteceu.

 

Não foi isto que quis dizer, para ser levado a aceitar a opinião da maioria. afff!

 

Você esta evitando o bom senso de uma boa observação sem emoção Tensor. Esta fazendo uma analise diferente de tudo coerente até agora, por pura teimosia e não seguindo a razão e sim a emoção. Ignora o óbvio e tenta explicar o ocorrido na maneira mais improvável. Sendo que a resposta mais provável seja a mais plausível. Tudo bem se quer continuar achando que é piada voluntaria, mas é o único com intelecto de “Sheldon Cooper” até agora que pegou esta "mensagem" do filme. Hehehehe!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Inclusive algumas críticas contra TDKR me soaram um tanto estranhas...

 

Por exemplo, um comparou TDKR a Transformers, um outro disse que o filme é longo demais e uma outra deu RT em TDKR porém gostou de Cães e Gatos que tem 14% no RT.

 

 

Garanto que tu não foi atrás dos filmes que gostam ou não gostam os que avaliaram bem o TDKR. :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não viste meu top 2012 atualizado?

 

Depois eu vi sim. Goog, good :B

 

Não foi isto que quis dizer, para ser levado a aceitar a opinião da maioria. afff!

 

Você esta evitando o bom senso de uma boa observação sem emoção Tensor. Esta fazendo uma analise diferente de tudo coerente até agora, por pura teimosia e não seguindo a razão e sim a emoção. Ignora o óbvio e tenta explicar o ocorrido na maneira mais improvável. Sendo que a resposta mais provável seja a mais plausível. Tudo bem se quer continuar achando que é piada voluntaria, mas é o único com intelecto de “Sheldon Cooper” até agora que pegou esta "mensagem" do filme. Hehehehe!

 

Não acho que precisa de nenhum intelecto Sheldon Cooper. Existem piadas que eu não identifico onde outras pessoas sim. É simples.

 

Mas então ta, pegando aquele meu post me diga onde está a incoerência dele e me explique com fatos (que é o que ta parecendo) pq aquela fala não foi uma piada proposital (independente de ser boa ou ruim). Se não tiver fatos, beleza também, apenas me explique. E não é querer ir contra a maré, é que eu simplesmente expus nos meus comentários o que fez eu achar que aquilo foi uma piada. Quero que tu pegue ele e me explique o que eu pensei de errado ali. Se me convencer eu ficaria feliz, não quero entender errado algo que é óbvio para todo mundo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

rs... engraçado ver os antigos defensores ferrenhos de Begins, hoje, tacando pedra no filme. Acho Begins um filmaço, já o assisti umas 7 ou 8 vezes e em nenhum momento caiu no meu conceito. Ele apenas empalidece diante da obra-prima que é TDK.

 

O malucão dizendo "eu sou o diabo" é o que qualquer bandido que se acha fodão diria. Não sei porque a estranheza da fala.

 

E quanto ao "você foi envenenada, fique calma"... bem... é melhor do que dizer "você foi envenenada, entre em pânico!".

 

Begins tem seus defeitos, assim como TDK, mas ficar procurando pêlo em ovo pra falar mal do filme é má vontade em excesso.

 

ok essa foi pra mim hahahaha

 

pô Bell, mas é real cara, em 2005 os tempos eram outros, hoje em dia os fãzõides tem um pouco mais de cabeça fria pra analisar melhor o que foi batman begins.

mas vou tentar rever o filme em breve e comento melhor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Verdade. A Katie Holmes destrói todas as cenas de que participa em BEGINS. A cena em que Bruce mostra a arma pra ela no carro tinha um puta potencial drámatico, e a guria simplesmente acabou com a cena.

 

sim é verdade, tinha um bom potencial dramático e arruinaram bunitinho

 

agora aquele tapa não doeu no bale, doeu na platéia de tão malfeito hahaha

Share this post


Link to post
Share on other sites

Begins é bom (mas seria melhor sem as piadas e situações que não funcionaram), não é a toa que serve de escola pra muito reboot por ai. TDK é muito mais adulto e violento, lembrando os filmes do Scorcese.

 

faltou tesoura no begins, rsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Da primeira vez q eu vi Begins, odiei, achei ele mto chato e com um péssimo ritmo e atores, e o Bale não me descia como o Batman, q nem o Clooney, mas depois de TDK q já gostei mais, e revendo os dois essa semana, percebi q Begins tem sim seus momentos, mas isso não tampa eu achá-lo meio chato em 50% do filme, ou achar q tem mta história, e como o Dook mesmo lembrou, o Goyer só escreveu merdas sozinho até agora, tirando Batman e Cidade das Sombras (onde ele fez o roteiro), o cara só fez merda... a série do Blade, Motoqueiro fantasma 2, Jumper, flash forward, etc.. só merda... grande culpa dos dialogos com certeza é culpa dele (e nem vou falar q a batvoz do Bale me irrita hehe)

 

Mas apesar disso, o Begins funciona, é um bom filme apesar de não ter mta ação, mas o desenvolvimento do Bruce é mto bem feito e o Neason é sempre impecável, eu dou a ele nota 7/10

 

e pensar que o goyer se considera um grande admirador de quadrinhos...obviamente um péssimo adaptador.

 

hhhmmm, acho que da próxima vez seria mais prático colocar tudo num único post, :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

ADLER, não concordo totalmente com você. Claro que é incoerente você dizer que achou um filme excelente quando o viu pela primeira vez, e uma bosta na segunda, ou vice versa. Esse tipo de mudança não existe.

 

Não falei uma bosta, falei que não me cativava. posso ver um filme muito bom mas como já sei de co e salteado o discurso do filme, as cenas, as falas,... acaba que o roteiro do filme, a história em si, e até as cenas de ação (aqui cabe um detalhe que vou comentar posteriormente) se tornam discurso batido, continuam te agradando, você continua concordando com as qualidades do filme, porém a sua emoção ao ver o filme já não é a mesma. E não é com relação a surpresa...

 

Eu revi Superman, não me empolguei com o Super como me empolguei da primeira vez, mas sei reconhecer a maneira lírica, a ideia de um herói apresentado pelo filme, a pureza do perfeito, flertando com o ingênuo, ainda me ganha. O filme me ganha apesar da história do filme em si não despertar a mesma emoção. É algo como rever um momento que já passou de forma mais degustativa (não confundir com nostálgica, pois não estou querendo voltar a ter aquele momento, ou ter aquela sensação que tive quando assisti o Superman pela primeira vez, mas sim apreciando o momento que tive ou a experiência que o filme do superman é).

 

Mas acredito sim que um filme pode mudar (e essa mudança nem sempre acontece) em uma reasistida. Em primeiro ligar, e corrija-me se eu estiver errado, você valoriza muito a "surpresa" que um filme guarda em sua trama. Não que eu desvalorize essa experiencia, mas acho que as vezes é supervalorizado demais. uPor exemplo, um filme que depende da surpresa do expectador para ser um bom filme é um filme fraco, já que a partir do momento em que você conhece o segredo do filme, ele se torna totalmente banal.

 

Pois é, mas não estou falando do segredo, estou falando do ineditismo da obra, da ideia, de devido a ser uma experiência da qual você tem pela primeira vez você se apresenta ingênuo e se surpreende com a qualidade da obra (negativamente ou positivamente), já na re-assistida você sabe dos sentimentos que ela causou e já espera aquelas cenas. O filme pode não ter surpresa alguma (a grande maioria dos meus filmes prediletos não tem surpresa), mas a primeira vez que eu vi foi diferente das outras, não que eu gostei menos, mas que eu me envolvi emocionalmente de forma diferente. Só que essa foi a segunda vez, eu sei que se eu assistir a 3ª possivelmente esse sentimento irá dissipar e o filme se tornará apenas uma repetição de imagens já adquiridas em meu subconsciente em uma história já decorada.

 

Não estou dizendo que tanto uma boa obra quanto uma obra ruim morrem após a segunda assistida, pois uma obra inicialmente julgada ruim em uma re assistida pode ganhar mais respeito ou admiração e vice e versa, mas penso a experiência é totalmente diferente, você pode passar a adorar um filme que julgou ruim, mas certamente se você tivesse visto pela mesma perspectiva desde a primeira vez, a sua emoção seria totalmente diferente e realmente verdadeira. Sinto que a re assistida é mais uma contemplação, ou uma conscientização, do que uma vivência.

 

 

 

Eu, por exemplo, quando era adolescente, adorava muito o tubarão mais pelo tubarão do que pela história em si, logo eu não via a hora do tubarão aparecer. Apesar de bem da verdade, em muitas re-assistidas eu assistia toda a história para ter a tensão dos momentos que o tubarão iria aparecer. Mas essa tensão era mais quanto ao elemento tubarão (porque eu idealizava em minha cabeça a força do animal, e isso se deve graças aos documentários que via quando criança, aos contatos com animais, as pessoas, ...) e essa tensão nunca foi igual a intensidade vivida ao assisti-lo pela primeira vez.

 

Já com o Batman, como não sou fã e conheço um pouco a história do herói (passei a conhecer um pouco graças ao Batman de Burton), eu não me apego aos personagens, e sim a história. Estou pouco me importando com o personagem em si, a não ser que ele seja ruim, ou bom mas se for excelente mas descaracterizado, contando uma história descaracterizada mas genial, para mim o filme é genial. Um dos pontos que o pessoal critica os filmes do Nolan é que os seus personagens, por mais que sejam densos, pesados, sofrerem de algum drama, são muito distantes do público, não formam uma ressonância entre quem assiste e o drama vivido pelo personagem. Mas isso não me incomoda, uma vez que o que me causa ressonância é a ideia do drama fazendo efeito na história, não o personagem em si. Em Begins, apesar de ter me simpatizado MUITO com a forma que o Batmão ataca pelas sombras, em nenhum momento senti-me emocionado pelo Bruce e pelo seu drama particular, mas senti-me mais fisgado com *o fato de uma pessoa que sofrera com um ato imoral de terceiros viver e acabar buscando compreender a natureza da imoralidade gerar o mito Batman*.

 

Então, voltando ao que falei, as cenas de ação que me empolga não é pelas cenas de ação em si que mesmo revendo e revendo vou ama-las. Mas é pelo elemento que eu adoro e que está inserido no filme. Como não gosto tanto do Batman em si, logo nos filmes do Batman não há tanto esse efeito, já no Tubarão houve muito esse efeito na minha adolescência. Não eram as cenas de ação que me cativava nas re assistidas, mas o elemento "tubarão comedor de pessoas". Cheguei a assistir outros filmes de tubarão, mas como não tinha a mesma qualidade, preferia ver o do Spielberg.

 

 

Eu acredito que em sua maioria, filmes foram feitos para serem revistos. Eles sao quase como pessoas. Quanto mais vezes você vê, mais você conhece o filme. Por exemplo, a primeira vez que eu ví INIMIGOS PUBLICOS do Mann, achei o filme legal, mas um pouco fraco, pois não era o que eu esperava. Tinha achado bom, mas um pouco fraco. Entretanto, o filme subiu no meu conceito em uma segunda visita, pois a minha expectativa já não me atrapalhava mais.

 

Você disse que em uma segunda assistida, um filme cai por motivos obvios. Não poderia discordar mais. Alem do exemplo de INIMIGOS PUBLICOS, tanto O SEXTO SENTIDO quanto O GRANDE TRUQUE são filmes que só subiram no meu conceito na revisitada, justamente pelo fato de eu já conhecer os segredos do filme, e perceber que são filmes que tiveram suas tramas muito bem construidas.

 

No caso des filmes do Nolan, tanto TDK quanto O GRANDE TRUQUE são filmes que se mantiveram praticamente intactos desde a primeira vez que os vi.

 

BEGINS por questões que eu já expliquei aqui, caiu com o tempo. Não é ma vontade, como disse o BELL. Mas acho que o filme tem algumas sequencia mal decupadas, o texto não é brilhante, e o ritmo tambem esta longe de ser perfeito.

 

Mas atenção, não acho um filme ruim, longe disso. É um bom filme. Mas acho que tem muitos filmes do subgênero melhor que ele. E A ORIGEM, então? A primeira vez que eu assisti, achei um filme legalzinho, mas a anos luz da OP que pintavam. mas hoje acho um filme excessivamente pretensioso, que grita na cara do expectador o quanto é inteligente. Tambem não chega a ser ruim, mas chega bem perto disso, pois eu não tenho a minima vontade de ver de novo.

 

É, eu falei que um filme cai, mas não no sentido da qualidade que ela possui, mas de perder a intensidade de ter a experiência. Você pode saber que tal obra é genial, mas vai chegar um ponto que a experiência se torna de uma emoção serena ao invés de ser intensa.

 

 

Maioria das pessoas tão dizendo que esse é inferior ao TDK, e como já considero o TDK inferior aos Vingadores, então esse deve ser também.

 

Vou ver amanhã. Já tô com ingresso.

 

Que é isso, vingadores não chega nem aos pés de TDK. Vingadores é só entretenimento.

 

Esse é o prazer da arte, o que pra mim é um fato lógico, para outro é o oposto, mente simbólica já é subjetiva, e tratando de arte então.

 

Da primeira vez q eu vi Begins, odiei, achei ele mto chato e com um péssimo ritmo e atores, e o Bale não me descia como o Batman, q nem o Clooney, mas depois de TDK q já gostei mais, e revendo os dois essa semana, percebi q Begins tem sim seus momentos, mas isso não tampa eu achá-lo meio chato em 50% do filme, ou achar q tem mta história, e como o Dook mesmo lembrou, o Goyer só escreveu merdas sozinho até agora, tirando Batman e Cidade das Sombras (onde ele fez o roteiro), o cara só fez merda... a série do Blade, Motoqueiro fantasma 2, Jumper, flash forward, etc.. só merda... grande culpa dos dialogos com certeza é culpa dele (e nem vou falar q a batvoz do Bale me irrita hehe)

 

Mas apesar disso, o Begins funciona, é um bom filme apesar de não ter mta ação, mas o desenvolvimento do Bruce é mto bem feito e o Neason é sempre impecável, eu dou a ele nota 7/10

 

*Uma coisa, quando revi o Begins me dei conta do problema dele, e que ajuda a manter um distanciamento ao drama vivido pelo personagem, é que o filme perde muitas horas com detalhismos como o bumerangue, ou explicando a arma que evaporiza a água, bla bla bla, e deixa de explorar momentos cruciais que formam a psiquê do personagem e a filosofia do mesmo e do filme, como por exemplo ao invés de passar rapidamente no momento que o Bruce tem que roubar pela primeira vez para não passar fome, e como galga até assaltar sua própria empresa. Esses momentos sendo contados com um pouco mais de detalhes, explorando qual o estado de pobreza dele, a fome e a dúvida de assaltar, o medo de ser pego, e a excitação posterior (que foi só apresentada, bem apresentada até, para o espectador na forma das palavras de Bruce) e como consequente a subida para crimes mais perigosos, até se tornar um criminoso realmente, e como ele se vê, como um criminoso ou não , uns 10min ou 15min que o filme teria explorando o mal que o herói viveu para saber porque e como lutar pelo bem. E essa parte você pode alegar que em um filme que já tem didatismo demais seria mais uma história que iria aumentar ainda mais o enfado, só que essa parte se for bem contada, pode se tornar uma experiência bem envolvente, fazendo parte da ação do Batman como um todo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não acho que precisa de nenhum intelecto Sheldon Cooper. Existem piadas que eu não identifico onde outras pessoas sim. É simples.

 

Mas então ta, pegando aquele meu post me diga onde está a incoerência dele e me explique com fatos (que é o que ta parecendo) pq aquela fala não foi uma piada proposital (independente de ser boa ou ruim). Se não tiver fatos, beleza também, apenas me explique. E não é querer ir contra a maré, é que eu simplesmente expus nos meus comentários o que fez eu achar que aquilo foi uma piada. Quero que tu pegue ele e me explique o que eu pensei de errado ali. Se me convencer eu ficaria feliz, não quero entender errado algo que é óbvio para todo mundo.

 

Para terminar esta discussão inútil de uma vez: Aquilo não é piada voluntaria e nunca foi.

 

Falta de lógica pura sua Tensor. Na boa!

 

Afinal qual idiota faz uma piada “voluntaria” em uma situação de perigo, risco de morte e de tensão como aquela no filme?

 

Alias até o clima daquele momento do filme é inapropriado para uma piadinha na seqüência desenvolvida até então. Não criava este espaço, trilha sonora de ação, Batman apreensivo em tentar salvar a vida da garota que amava e tava sofrendo por causa da droga e sendo perseguido por toda polícia da cidade. Acha mesmo que existe a possibilidade para piada? Batman ali teria que ser sádico.

 

Se aquela cena da Rachel SOFRENDO é piada. Esta também é piada:

 

 

Ou esta cena:

 

Olha como eu acho graça: “Hahaha”!

 

Isto se chama sarcasmo “Sheldon Cooper”.

 

Assim qualquer cena é uma piada. E claro para achar graça desta situação, eu tenho que ter uma visão igual a do Coringa e ver o mundo do avesso ou de cabeça para baixo. Encerro por aqui.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...