Jump to content
Forum Cinema em Cena
Mr. Scofield

American Horror Story

Recommended Posts

Fodástico o episódio final. Muito bem bolada a ideia de criá-lo em torno da entrevista. As pontas soltas foram bem amarradas.

 

 

As reviravoltas foram pequenas e bem-vindas. O destino do Kit me agradou bastante. O das crianças dele, um pouco menos, já que parecia que seria algo mais bombástico. Ainda assim, o passeio deles com a Jude foi tri.

Aliás, quem achou que no fim os aliens seriam o centro da trama quebrou a cara, eles mal fazem parte. Mas não importa, o que importa é que o episódio foi muito bom.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu achei o episódio fraco. Foi mais um epílogo super estendido, do tipo que tem em muitos filmes após o clímax. Todas as grandes estórias já tinham sido (mal) resolvidas nos episódios anteriores. 

 

A identidade do Blood Face Cover era óbvia. Não gostei do personagem do Johny. O seu pouco tempo em tela não foi suficiente para que eu me importasse com o seu destino.  Não me convenceu o ódio pela mãe, já que qualquer pessoa minimamente inteligente perceberia que o impacto emocional de ter sido estuprada por um psicopata era grande demais para conseguir criar um filho fruto desse crime. Psicopatas burros e carentes não são personagens interessantes. 

 

Não entendi muito o mote da jornada do Johny. Havia alguma ironia, karma, mensagem? Filhos de serial killers sempre serão desprezíveis como os pais? Estupradas devem tomar conta dos filhos para não criar novos serial killers? O assassinato do filho seria um preço pela sua ambição (se bem que até gostou de fazê-lo...)?

 

A queda do Cardeal também foi muito anticlimática. Nem um minuto de tempo de tela para a resolução do último dos grandes vilões. A cena do suicídio foi pouco cerimoniosa e criativa, a exemplo dos finais dos demais vilões da temporada: Mary, Dr Arden e Oliver. 

 

Kit tomando conta da Jude? Já não basta ter de criar dois filhos sozinhos, decide adotar uma velha louca, como forma de esquecer um passado traumático.Não pensou na segurança de suas crianças? E o Kit não devia ter um bom emprego, devia penar para sustentá-los. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

visto o 13º.

ep. emocionante e muito bem dirigido, a parte das cenas de cima, boas..

final esperado, e com os desfechos coerentes, kit foi com os ...

lana me surpreendeu msm..hehe

agora esperar pela 3ª temp.

realmente a parte do johnny foi pequena e bem fraca..::::

Share this post


Link to post
Share on other sites

culpe-me, mas as explicações da segunda temporada foram muito tolas. Na minha acepção, foram muitas pontas soltas. SPOILERS:

1) Qual a explicação para as experiências do Dr Arden? Ele transformava os pacientes do hospício em zumbis. A explicação é que ele queria desenvolver uma nova raça humana, imune a um ataque nuclear. E o o Monsenior achava que o Dr Arden estava conduzindo uma pesquisa séria, embora antiética contra a polio e pensava que a potencial cura lhe daria status suficiente para tornar-se Papa. Qual a relação entre tudo isso? A solução contra a guerra nuclear é a construção de uma civilização zumbi (com pessoas burras, deformadas, incapazes de se locomovemr e se comunicarem)? O que tem isso a ver com a cura da polio? Como o Monsenior não supervisionava essas supostas experiências (já que dava cobertura)? Mesmo se conseguisse uma vacina contra a polio, do que isso lhe adiantaria para a hierarquia da igreja católica?

2) No começo da temporada, acharam indícios que ligavam Kit ao assassinato da esposa, supostamente cometido pelo BF. Como o Kit foi confundido com o BF, se nem mesmo o corpo da sua ex-esposa foi encontrado (pois, ela foi abduzida)? Um corpo qualquer é achado sem peles na sua casa e a sua esposa some e já concluem que você é o assassino e psicopata procurado. Tinha certeza que havia ao menos reconhecido o corpo. O retorno dela viva foi uma trapaça do roteiro. 

3) Outra trapaça do roteiro foi a sobrevivência da garota atropelada. A Jude atropela a garota por causa da bebida. Por causa do trauma de ter assassinado alguém, converte-se em freira, vira abstêmia. Muitos anos depois, descobre que a menina sobreviveu... Qualquer pessoa antes de tamanha penitência, iria procurar saber se a garota sobrevivera... Outro trapaça do roteiro... 

4) Além disso, muitas das estórias esbarraram em clichês mal executados. Então, o Oliver tornou-se um psicopata por sentir falta de contato materno quando infante. Sentia uma compulsão de colecionar peles de mulheres por volta dos 30. Em outras palavras, um piscopata obcecado pela mãe, algo bem comum. Agora, o Oliver deve ter capturado a Dana umas 3 vezes e sempre ficava naquele chove não molha, mato ou não mato. E a situação oposta ocorreu, ao menos uma vez. No fim, a Dana conseguiu desmascará-lo ao gravar uma "confissão" (nossa, algo nunca visto na TV antes, não?). Outros clichês mal executados: morte da Mary (apelar para que a alma da pessoa possuída lute contra o possuidor), tornando bem decepcionante uma derrota tão fácil da melhor vilã da temporada; os suicídios tão poucos cerimoniosos de Dr Arden e do monsenior. O primeiro por uma crise de ciúmes; o segundo numa ap

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah, meu Deus, agora vou ter que ver.

 

FEBRUARY 26, 2013 01:26 PM PST

Exclusive: American Horror Story Season 3 Pits Jessica Lange Against… Kathy Bates!

 

blog_jessica_kathy.jpg?w=640American Horror Story is ratcheting up the Misery in Season 3.

Oscar winner Kathy Bates is nearing a deal to join FX’s hit spookfest as a nemesis to Jessica Lange, TVLine has learned exclusively.

Bates will play the best friend of Lange’s new character, who turns into her enemy.

RELATED | American Horror Story Season 3 Scoop: Evan Peters Will ‘Probably Be Playing a

Details on Horror Story‘s third season remain scarce, but series cocreator Ryan Murphy previously confirmed that Lange will play a “glamour cat leading lady,” in stark contrast to her gloomy Asylumwardrobe. Ryan also teased that the new season will be “more historical in nature” and take place in modern day. But just like past seasons, we will see different “time periods” and “there [will] also be different cities.”

Horror Story vets reuniting with Lange in Season 3 include Lily Rabe, Sarah Paulson, Evan Peters, Taissa Farmiga and Bates’ former Six Feet Under co-star Frances Conroy.

Bates is coming off a two-season run on NBC’s Harry’s Law.

 

Kathy Bates, uhu! E sendo antagonista da Lange, uhu duplo!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ryan Murphy reveals the witchy new title for 'American Horror Story'

Jessica Lange, Sarah Paulson, Lily Rabe take the stage with a surprise guest

BY LIANE BONIN STARR SATURDAY, MAR 16, 2013 1:14 AM

 
243
21
2
 
 
share-24x24.gif
 
 
American-Horror-Story_article_story_main

 "American Horror Story"

Credit: FX

Joining some of the stars of "American Horror Story: Asylum" at PaleyFest in Beverly Hills, Ryan Murphy gave the audience a tantalizing hint of what's to come in season three. "I can't tell you what it's about," he admitted, before revealing the new title: "Coven." "It's a really cool idea we've been talking about for a couple of years," he added. 

He also revealed that the show, which has been heavily reliant on sound stages in the first two seasons, will be hitting the road this time around, shooting in New Orleans and "a couple of different cities." 

Jessica Lange, who received a standing ovation when she took the stage, smiled mysteriously when asked about the "glamor cat" role she's supposedly going to play. "I don't know what a glamor cat is, but I am excited," she said. 

Kathy Bates, who came out to wild applause halfway through the program as a "surprise guest," was also cryptic about her role on the show. When asked if she could compare her season three character to the one she played in "Misery," she grinned. "I don't know until I've gotten in and walked around in her shoes, but I'm awfully excited." Bates admitted to being a huge fan of the show and begging her old friend Lange to ask Murphy to create a role for her. 

Fans of the second season were also treated to some recollections that offered a behind-the-scenes perspective on filming. Sarah Paulson, remembering the first day of filming, complimented Evan Peters on their spanking scene, says, "It's a nice ass you have." 

Peters didn't say much, but did admit to having read "Fire in the Sky" to get perspective on his UFO-haunted character. "Read that book. Horrible book."

Co-creator Brad Falchuck admitted that the skin lampshades in Dr. Thredson's house were inspired by real-life serial killer Ed Gein. That they featured nipples was creative flourish. They were a "fun, sort of sexy way [to reference Gein]. You don't want an elbow lamp, you want a titty lamp."

On a lighter note, Lily Rabe and Paulson joked about Rabe's guitar playing. Rabe and co-star Zachary Quinto, who plays banjo, would practice during breaks, a  habit Rabe accused Paulson of hating. "It was 'Rainbow Connection' every day. Shut up with the 'Rainbow Connection!'" Paulson said, laughing. 

Lange admitted that there wasn't anything she refused to do, though she was sad one scene was cut. "I did want to have sex with the Monsignor [Josef Feinnes], but they cut it short." 

Murphy, like Lange, struggled to think of anything he wouldn't consider for the show, admitting, "Never say never. The show is so fun to do... I used to say [i wouldn't use] vampires, but not now." 

 

Read more at http://www.hitfix.com/starr-raving/ryan-murphy-reveals-the-witchy-new-title-for-american-horror-story#ixqEQuTH6IA3loQO.99

 

Coven significa um grupo de bruxas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

NEWS/ American Horror Story: Gabourey Sidibe Joins theCoven

by Tierney BrickerToday 10:50 AM PDT

  •  
  •  
 
reg_600.gab.ls.7812.jpgMatt Sayles/AP Photo
watch_with_kristin.jpg

The coven is welcoming a new member!

Oscar nominee Gabourey Sidibe is joining the third season of FX's anthology hitAmerican Horror Story: Coven.

Creator Ryan Murphy announced the casting news on Twitter, tweeting, "Thrilled to announce Oscar nominee Gabourey Sidibe is joining the cast of American Horror Story: Coven."

NEWS: Get all the latest details on AHS' third season

Sidibe, who currently stars alongside Laura Linney on The Big C, joins fellow AHSnewcomer Kathy Bates for the highly anticipated new season, which will film on location in New Orleans among other places.

Jessica Lange, Evan Peters, Lily RabeFrances ConroySarah Paulson and Taissa Farmiga are all confirmed to return for season three.

Of Coven, Murphy recently teased, "It's a really cool story we've been talking about for a couple of years. So we're going to do that."

 

Do E! Online.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais gente pro elenco:

 

MAY 12, 2013 09:02 AM PDT

American Horror Story Casting News: Angela Bassett, Patti LuPone Join Season 3′s Coven
Get More: Casting News

Oscar-nominated actress Angela Bassett and Broadway legendPatti LuPone are joining the cast of American Horror Story: Coven, the witch-themed third chapter of FX’s hit spookfest.

AHS cocreator Ryan Murphy announced the news onTwitter early Sunday.

RELATED | Glee‘s Jonathan Groff to Romance Taylor Kitsch in Ryan Murphy’s HBO Film The Normal Heart

She joins returning AHS fixtures Lily Rabe, Sarah Paulson, Evan Peters, Frances Conroy and Taissa Farmiga, in addition to fellow newbies Gabourey Sidibe and Oscar winner Kathy Bates.

Coven will mark the first time AHS will go on the road and shoot on location. (The Harmon House and asylum interiors of Seasons 1 and 2 were sets on a studio.) “The fun thing is researching what are the really haunted places in America, and we have a couple doozy locales,” Murphy revealed at Paley Fest last month.

RELATED | Ryan Murphy’s Sexy Pilot Open Lands at HBO

And while the name Coven implies a central storyline pertaining to witches, Murphy noted that the scares will come from a variety of sources. “It’s about a lot of things,” he added.

Murphy had also previously stated that the new season will be “more historical in nature” and take place in modern day. But just like past seasons, we will see different “time periods” and “there [will] also be different cities.” Bates and Lange, meanwhile, will portray best friends-turned-arch enemies.

 

Matéria do TV Line.

Share this post


Link to post
Share on other sites

E mais um nome para o enorme elenco:

 

 

American Horror Story Casts Emma Roberts
   
a_146x97.jpg

American Horror Story has cast Emma Roberts in the upcoming witch-centric, New Orleans–set third season. According to TVLine, Roberts — whose Fox pilot didn't get picked up — will play a "self-involved party girl." She joins AHS returning cast members Taissa Farmiga, Evan Peters, Sarah Paulson, Lily Rabe, Francis Conroy, and Jessica Lange, as well as fellow new members of the fold Gabourey Sidibe, Kathy Bates, Angela Basset, and Patti Lupone. AHS: Coven doesn't start up until October, but baffling horrors and disfiguring surprises surround us at all times.

 

Matéria da Vulture.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

American Horror Story será exibida na Band

Canal fará dobradinha de horror com episódios de The Walking Dead
Marcelo Hessel
05 de Novembro de 2013
 
Enquanto o canal pago Fox  exibe a terceira temporada de American Horror Story na TV por assinatura brasileira, a Band  acaba de comprar os direitos de exibição da série na TV aberta.

Segundo a Folha de S. Paulo, a primeira temporada vai ao ar a partir de janeiro, e formará uma dobradinha de "noites de horror" com The Walking Dead - que está indo para sua terceira temporada na Band.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Assisti as três temporadas recentemente (uma por semana) e curti bastante. A proposta de fazer uma historia fechada por temporada é bastante interessante. É como se a cada temporada você assistisse uma série diferente (já que cada temporada possui identidades bem distintas) mas mantendo mais ou menos o mesmo núcleo de atores, e é claro, a "trindade" temática do horror, que são tramas girando em torno de sexo, sangue, e morte. Abaixo, uma rápida analise das temporadas.

 

 MURDER HOUSE

 

  A temporada de estreia de o tom do nível de horror que seguiria pela série inteira, contando uma típica historia de uma família disfuncional que se muda para uma casa mal assombrada. Embora eu não considere a melhor temporada de AHS, "Murder House" é sem duvida a mais focada, já que temos protagonistas muito bem definidos e uma temática clara. Utilizando-se muito bem dos clichês do subgênero em que a historia estava inserida, esta temporada (como todas as outras) constrói com competência, toda uma mitologia própria em torno da tal casa.

 

Cada membro da Família Harmon tem seu próprio arco dramático, que ao meu ver são muito bem resolvidos ao longo dos episódios. Ao mesmo tempo, mostrou que o grande trunfo da série estava em suas atuações. Jessica Lange (que se tornou a atriz símbolo da série) constrói uma vilã perigosa e ao mesmo tempo divertida. E Evan Peters (que fez parte do elenco fixo das três temporadas) tem aqui o seu melhor trabalho como o psicótico Tate. Inclusive o romance adolescente que ele vive com a filha do casal que vai morar na casa (Taissa Farminga) é interessante pra caramba, diferente de 90% dos romances teens visto em séries de TV. Com reviravoltas bem aplicadas ao longo da temporada e personagens cativantes, "Murder House" foi um ótimo começo.

 

ASYLUM

 

  Ao meu ver, esta 2ª temporada foi a melhor da série, não só por ser a mais intensa, mas de certa forma ser mais madura que as outras duas. Muita gente reclama da sopa temática que a temporada propôs, envolvendo serial killers, alienígenas, cientistas loucos e demônios, mas acho que cada trama foi muito bem conduzida, se cruzavam onde tinham que se cruzar, e depois se resolviam de forma satisfatória. Mesmo com elementos tão diferentes, acho que tudo foi costurado com muita competência para criar a mitologia que cerca o sanatório Brierclief.

 

  As melhores atuações da série também se encontram em "Asylum". Jessica Lange simplesmente destruiu como a Irmã Judy, que é a grande figura dramática da temporada, retratando de forma natural e coesa as diversas transformações pela qual a personagem passa. James Cromwell fez do Dr. Arden uma figura perturbadora e odiosa, mas que apesar de seu descaso pela vida humana (afinal, o homem é um nazista) tem o seu lado humano desenvolvido, especialmente pelo seu amor platônico pela Irmã Mary Eunice (Lily Rabe). Falando nela, a atriz também manda muito bem como a inocente freira que é possuída pelo demônio, e alterna com competência entre uma moça desesperada para se libertar da influência demoníaca, e uma mulher manipuladora e sarcástica, disposta a destruir tudo o que é bom.

 

  Em resumo, ASYLUM pra mim foi a temporada mais bem realizada da série, além de possuir os momentos mais fortes dramaticamente e esteticamente falando.

 

COVEN

 

  Esta 3ª temporada se mostrou como a mais "pop" da série, ao mostrar o dia-dia de jovens bruxas em Nova Orleans, vivendo em uma escola para "garotas especiais" o que ecoa obras recentes da cultura pop como "Harry Potter" e "X men", coisa que a série tem consciência e tira sarro disso. O plot da temporada não era ruim, já que em contraste com aquelas adolescentes cheias de vida, tínhamos a corrida da Bruxa Mor Fiona (Jessica Lange) contra a morte, e principalmente contra a velhice. Ser visivelmente mais "Teen" que suas antecessores também não era um problema.

 

 O problema de "Coven" era que ele apresentava boas ideias para depois abandona-las ou resolve-las de maneira simplista. Se um episódio termina de maneira alucinante, mostrando uma possível guerra entre as "Bruxas de Salem" e as "Feiticeiras Vodu", mostrando as bruxas sendo atacadas por todos os lados, tal conflito é logo esquecido nos episódios seguintes. Caçadores de bruxa surgem provocando medo nas personagens, mas o problema também é facilmente resolvido.

 

  O desenvolvimento de alguns personagens (especialmente os jovens) também soa "saltado". Afinal, em um episódio vemos Zoe (Taissa Farminga) como a mais tímida entre elas, para no episódio seguinte revelar-se uma líder nata. O triangulo amoroso que se forma entre Zoe, Madison (Emma Roberts) e Kyle (Evan Peters) tinha potencial, mas é muito mal desenvolvido. Alias, toda a historia envolvendo Kyle, um rapaz que morre no primeiro episódio para ser trazido de volta como um zumbi é muito ruim. Uma tentativa fracassada de repetir o bem sucedido romance teen da 1ª temporada.

 

 COVEN tem coisas boas, e não é uma total perda de tempo. Todo o arco de Fiona e de sua filha Cordelia (Sarah Paulson) que dirige a escola de bruxas é muito bem desenvolvido. Mas ao final da historia, fiquei com a impressão que COVEN tinha potencial para ser muito melhor do que foi. As peças e boas ideias estavam ali. Só não foram bem utilizadas ou foram mal utilizadas mesmo.

 

 Mesmo assim, me tornei fã de AMERICAN HORROR STORY, e aguardo agora por FREAK SHOW, quarta temporada, que vai se passar em um circo na década de 50.

Share this post


Link to post
Share on other sites

American Horror Story: Freak Show | Revelada a personagem de Sarah Paulson - veja foto Quarta temporada será ambientada em um parque de diversões/circo na década de 1950

Aline Diniz

12 de Junho de 2014

 

58
 

 

 

 

Pouco ainda se sabe sobra a quarta temporada de American Horror Story, intitulada Freak Show. Agora, Sarah Paulson  resolveu compartilhar  em seu Twitter uma foto da sua personagem - ou melhor, suas personagens. Confira:

American-Horror-Story-Freak-Show-Sarah-P

 

 

 

 

"Estou muito animada para interpretar Bette E Dot nessa temporada. Duas cabeças são melhores que uma!", escreveu a atriz, sem dar mais detalhes sobre as personagens.

Jessica Lange, Angela BassettGabourey Sidibe, Frances Conroy e Jamie Brewer também estarão no elenco de Freak Show com Paulson, enquanto Emma RobertsDenis O'Hare ainda estão em negociações. Michael Chiklis  foi o primeiro novo ator a se juntar à série, que será ambientada em um parque de diversões/circo, na década de 1950.

A série já passou por uma casa mal-assombrada (1ª temporada), hospital psiquiátrico (2ª temporada) e um clã de bruxas - leia a crítica da terceira temporada. Ainda não há data de estreia para American Horror Story: Freak Show, que é exibida nos EUA no FX. No Brasil, a série vai ao ar pelo canal pago Fox.

 

 

FONTE: OMELETE

 

 Claro que se a historia vai girar em torno de um show de horrores, teria que ter a figura clássica das gêmeas siamesas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Finn Wittrock estará na nova temporada de American Horror Story
Postado por  Silvana Perez  no dia 25/07/2014

Intitulada Freak Show, quarta temporada da série mostra um dos últimos shows de horrores dos Estados Unidos.

Finn-Wittrock.jpg

Wittrock foi confirmado para a nova temporada, que estreia em outubro.

A quarta temporada de American Horror Story, Freak Show, trará de volta boa parte do elenco visto nas temporadas anteriores. Porém, o criador e produtor executivo da série, Ryan Murphy, postou uma mensagem em seu Twitter anunciando um novo rosto no elenco: Finn Wittrock (foto, Masters of Sex).

Freak Show estreia em outubro com elenco composto por Jessica Lange, Denis O’Hare,Emma Roberts, Gabourey Sidibe, Jamie Brewer, Evan Peters, Kathy Bates, Sarah Paulson, Angela Bassett, Frances Conroy e Michael Chiklis. Wes Bentley (Jogos Vorazes) aparece como ator convidado.

A nova temporada da série será ambientada em Jupiter, Flórida, em 1950. Jessica Langeinterpreta uma alemã expatriada que dirige um dos últimos shows de horrores dos Estados Unidos. Com treze episódios, Freak Show acompanha o grupo enquanto eles fazem de tudo para manter seus negócios fluindo.

 

FONTE: BOCA DO INFERNO

Share this post


Link to post
Share on other sites
American Horror Story: Freak Show | Conheça os personagens da quarta temporadaConheça o elenco completo
Aline Diniz
27 de Julho de 2014
4
 
 

Foi anunciado durante a San Diego Comic-Con 2104 o elenco completo - e seus personagens - de American Horror Story: Freak Show. Confira:

  • Jessica Lange será Elsa Mars
  • Kathy Bates será Effil Darling
  • Angela Bassett será Desiree Dupre
  • Michael Chiklis será Wendell del Tolito
  • Sarah Paulson será Bette and Dot Tattler
  • Emma Roberts será Maggie
  • Evan Peters será Jimmy Darling

Foram revelados poucos detalhes sobre os personagens, apenas que Peters é filho de Chicklis, que e marido de Bassett e ex-marido de Bates.

John Carroll Lynch (Ilha do Medo, The Americans) é a nova adição ao elenco. O ator viverá a "criação mais assustadora da série até agora", mas não foi revelado especificamente quem ele interpretará, somente que será o vilão.

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites
American Horror Story: Freak Show | Menor mulher do mundo se junta ao elencoJyoti Amge entra para a quarta temporada da série
Aline Diniz
13 de Agosto de 2014
11
 
 

O criador de American Horror Story, Ryan Murphy, divulgou em seu Twitter a nova contratação para a quarta temporada da série, intitulada Freak Show.

novidade no elenco é Jyoti Amge, que atualmente é a detentora do título de menor mulher domundo pelo Livro Guiness dos Recordes. Não foi divulgado qual será seu papel na série.

Veja a foto publicada por Murphy de Amge e Jessica Lange:

American-Horror-Story-Freak-Show-Jessica

 

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quarta temporada de “American Horror Story” ganha data de estreia 
Bizarrices estão a caminho 
Por Arianne Brogini - 15/08/2014 10:45 
 

  fto_ft1_34082.jpg Jessica Lange volta na quarta temporada da série

O seriado de terror vem aí em mais uma temporada, sua quarta, e já se sabia que a estreia seria em outubro. Agora saiu a data exata: dia 8 daquele mês. Este quarto ano tem o subtítulo Freak Show e a história acontece durante os anos 50, num parque de diversões com shows de aberrações, com tipos deformados, amputados e coisas do tipo. 

 

FONTE: OCAPACITOR

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, AHS é ótimo.

Assumo que a primeira e a segunda temporada foram meio sem noção... Houve vários errinhos básicos mas a produção continuou arrasando. Agora, Coven foi muito bem feito. Adorei a história das bruxas de salém e eu sabia desde o começa quem seria a próxima suprema (2 bjs). Pra quem ainda não assistiu e desconhece: cada temporada conta uma história diferente.

Mal posso esperar pela quarta :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...