Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2013: Previsões


Recommended Posts

  • Replies 2.3k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

(Um pouco off-topic) Crítica do João Pereira Coutinho, publicada hoje na Folha de S.Paulo:   "Cinema para adultos   Quentin Tarantino e Kathryn Bigelow são as polêmicas cinematográficas do momento.

Vou respirar fundo. Porque acabo de ver um filme brilhante, poderoso intelectualmente, IMPORTANTE, denso, magnífico, e, pra completar, injustiçado. "Zero dark Thirty" é es-pe-ta-cu-lar e paro aqui com

Também é hora de a gente se autoavaliar como fórum. Foi um ano bem difícil, com enormes bugs, paralizações técnicas, perda de comentaristas para o Facebook...Um ano difícil!    Senti a falta daquele

Posted Images

Pelo visto muita coisa aconteceu aqui durante o Carnaval. Vou tentar fazer um apanhado geral de tudo.
 

  • Para mim, Lincoln leva Filme, podendo ser desbancado por Silver Linings Playbook.
    Considero Argo fora de jogada. Não faz cabimento nenhum um filme ganhar como Melhor Filme do ano sem sequer ser indicado a Diretor, além do mais, acho que a Academia explicitaria toda a sua incoerência e, de certa forma, perderia um pouco sua credibilidade. Fora do campo das previsões meus favoritos continuam sendo Amour e Argo.
     
  • Eu fiquei balançado um pouco na categoria Atriz, mas minha torcida sempre será por Emanuelle Riva.
    Não desemereço nenhuma das indicadas, todas estão excelentes, com exceção clara da menina de Beasts of the Southern Wild, ainda mais por ter entrado no lugar de atrizes estupendas como Helen Mirren e Marion Cotillard. Me incomoda um pouco o "queridinha de Hollywood" de Lawrence, colocando-a um pouco a frente na corrida. Ela é excelente e sua atuação com certeza é uma das melhores do ano, mas ainda prefiro Riva e Chastain, que não são "queridinhas" e que, muito provavelmente, serão preteridas.
     
  • Ator está fechado: Daniel Day-Lewis. Apesar de achar Joaquin Phoenix melhor.
Link to post
Share on other sites

Só me falta ver No pra completar filme estrangeiro. Minha preferência está assim:

 

O Amante da Rainha

Amor

A Feiticeira da Guerra

Expedição Kon-tiki

 

Os três primeiros são muito bons, e ficam quase empatados. O quarto é bom, mas não está no mesmo nível.

Meu ranking está exatamente igual ao seu, e também me falta ver No. Alguém sabe se já vazou?

Link to post
Share on other sites

 

Pelo visto muita coisa aconteceu aqui durante o Carnaval. Vou tentar fazer um apanhado geral de tudo.

 

  • Para mim, Lincoln leva Filme, podendo ser desbancado por Silver Linings Playbook.

    Considero Argo fora de jogada. Não faz cabimento nenhum um filme ganhar como Melhor Filme do ano sem sequer ser indicado a Diretor, além do mais, acho que a Academia explicitaria toda a sua incoerência e, de certa forma, perderia um pouco sua credibilidade. Fora do campo das previsões meus favoritos continuam sendo Amour e Argo.

     

  • Eu fiquei balançado um pouco na categoria Atriz, mas minha torcida sempre será por Emanuelle Riva.

    Não desemereço nenhuma das indicadas, todas estão excelentes, com exceção clara da menina de Beasts of the Southern Wild, ainda mais por ter entrado no lugar de atrizes estupendas como Helen Mirren e Marion Cotillard. Me incomoda um pouco o "queridinha de Hollywood" de Lawrence, colocando-a um pouco a frente na corrida. Ela é excelente e sua atuação com certeza é uma das melhores do ano, mas ainda prefiro Riva e Chastain, que não são "queridinhas" e que, muito provavelmente, serão preteridas.

     

  • Ator está fechado: Daniel Day-Lewis. Apesar de achar Joaquin Phoenix melhor.

 

 

Ta arriscado de Argo levar 1 premio sò, o de filme.

Link to post
Share on other sites

Vou respirar fundo. Porque acabo de ver um filme brilhante, poderoso intelectualmente, IMPORTANTE, denso, magnífico, e, pra completar, injustiçado. "Zero dark Thirty" é es-pe-ta-cu-lar e paro aqui com as hipérboles.

 

Realmente, ver "Argo" premiado em vez de "Amour", "Django", e "ZDT" , só prova que estamos vivendo uma época de "culpabilização da dificuldade". Como se ser ambíguo, como se ser lento, como se olhar a história por novos ângulos fossem atos vergonhosos. Em todos os casos, culpa-se a dificuldade, para premiar o mais gostável.

 

Bigelow fez um filme de guerra em que os soldados são agentes de terno e gravata ao lado de (poucas) mulheres de perfil executivo. Um filme de procedimento: como chegar lá?!  Pístas falsas, captura de informações, anos de insistência, supercomputadores e quem sabe práticas medievais pra ajudar. Caminho a um objetivo no qual justiça e injustiça são uma grande zona gris. Chastain está excelente, compulsiva, fria (mas nervosa) um papel dificílimo, agravado pelo fato da personagem não ter como justificativa um filhinho pequeno em casa. Se ela fosse uma "mommy", o Oscar era dela, mas o roteiro do Boal evitou a cafonice. Seu roteiro não é história da carochinha, é ultrajornalismo.

 

Só o início já deveria dar a indicação a Bigelow. Mas o ato final é tão fantástico que as estatuetas de Direção dos próximos anos deveriam ser confiscadas até que alguém venha com algo no mínimo parecido.

 

Não vou discutir com os anti-americanos que tratam o filme como produto da CIA. Anti-americanismo é caso pra divã, inveja do forte. Nem vou perder meu tempo.

 

O que me irrita é criticarem uma obra não por ela em si, mas atacarem o autor.  O que quero dizer? Atacarem "ZDT" porque houve antes um "The Hurt Locker". Como se cinema fosse capítulos sequenciais de uma única novela. Acordem, detratores, o "autor" morre enquanto explicação para a obra. Não importa se o filme anterior daquele diretor  foi de guerra, ou se o próximo será de guerra também. O que importa é "aquele filme","este" filme, e o "futuro" filme. Três coisas distintas em si.

 

O filme foi prejudicado pelo lançamento tardio? Ou é apenas a mediocridade humana dando o seu tchauzinho?

Link to post
Share on other sites

Confesso que tenho meu sentimento de anti-americanismo que me deixou com um pé atrás com o filme da Bigelow, mas é uma grande obra cinematográfica. Eu disse após o filme, infelizmente o filme é bom :(

Mas não se trata só de anti-americanismo, mas anti-belicismo também (a palavra está correta?)

 

meu ranking atual

 

1-Am

2-DU

3-ZDT

4-Ar

5-LM

6-LOP

7-SLP

8-Li

 

Só falta BOSW pra completar e aí será a primeira vez que vi todos os indicados no cinema antes do oscar. :)

Já consegui assistir a todos no ano de Onde os Fracos não têm Vez, mas Conduta de Risco eu vi após a cerimônia.

 

PS: quando é o WGA e Eddies?

Link to post
Share on other sites

Zero Dark Thirty é realmente fenomenal... Eu entrei na sessão alguns minutos atrasado. Quando fiquei na próxima pra ver as cenas que perdi, acabei ficando mais um pouco (e mais um pouco....) até que tive que vazar senão não voltava pra casa. Mas só na reassistida imediata você já percebe um mundo de coisas novas, e isso é característica de uma grande direção. Bigelow está oficialmente cravada no meu calendário de "aguardando o próximo filme". E Sergio, vc falou do final, achei aquela cena a mais difícil para a Chastain. Um movimentinho de câmera diferente e a cena estava perdida, mas as duas tiraram de letra com maestria. Eu daria sim o Oscar pra Chastain sem problemas.

 

Zero Dark Thirty era o favorito pra fazer a limpa neste ano. No começo dos prêmios, chegou a vencer alguns, até a polêmica sobre tortura. Ela já passou, mas tirou todas as chances do filme vencer... Dá um certo alívio saber que se não fosse por esse ocorrido (que a partir de agora provavelmente será bem recorrente), ZDT provavelmente seria o favorito, e Bigelow estaria indicada.

Link to post
Share on other sites

Argo acaba de ganhar o ACE.

 

Argo ganhou os 7 principais prêmios até agora (DGA, PGA, SAG, BAFTA, Globo de Ouro, Critics Choice e ACE), algo que só ocorreu com Quem quer ser um milionário e O retorno do Rei.

 

Se ganhar o WGA hj se tornará o único, além de Quem quer um milionário?, a vencer os 8 prêmios. U-A-U. Só restava agora perder o Oscar...

Link to post
Share on other sites

Pessoal, vocês que vem acompanhando...Afleck perdeu algum como melhor diretor?

 

E que comentário excelente do Sérgio sobre ZDT e é por aí mesmo. Quase desbancou meu favorito, Django Unchained (e sim, mesmo sendo completamente Tarantinesco, eu adorar o estilo e ainda ter o Waltz e ainda ter uns trezentos pés atrás com a Bigelow).

 

ZDT é MUITO melhor que Argo. Django também. Enfim, pelo menos é um filme que considero mediano, mas decente. É uma incógnita muito grande pra mim a categoria de filme mesmo. Mas eu apostaria mais cartas em Argo.

Link to post
Share on other sites

Pessoal, vocês que vem acompanhando...Afleck perdeu algum como melhor diretor?

 

E que comentário excelente do Sérgio sobre ZDT e é por aí mesmo. Quase desbancou meu favorito, Django Unchained (e sim, mesmo sendo completamente Tarantinesco, eu adorar o estilo e ainda ter o Waltz e ainda ter uns trezentos pés atrás com a Bigelow).

 

ZDT é MUITO melhor que Argo. Django também. Enfim, pelo menos é um filme que considero mediano, mas decente. É uma incógnita muito grande pra mim a categoria de filme mesmo. Mas eu apostaria mais cartas em Argo.

Assisti Django 3 vezes kkkkkkkkkkkk

 

Não é o meu favorito, mas é de longe o único que tive vontade de rever imediatamente.

Link to post
Share on other sites

Comprei o livro "O lado bom da vida". Quem leu disse que o filme é completamente diferente, quase uma outra história (o pai é nulo no livro), realmente uma "adaptação" (em todos os sentidos da palavra) em vez de uma transcrição.  Só vou acreditar que "Argo" leve  Roteiro Adaptado quando o envelope for aberto. Seria derrotar um deus do teatro contemporâneo e um filme com lobby nas alturas ganhador do BAFTA.

Link to post
Share on other sites

Gustavo: terça-feira (19/02)

 

Argo venceu até o USC Scripter, se tornou o favorito pro WGA. Pode dar qualquer um, mas Argo tem boas chances sim.

 

A Ana Maria Bahiana trouxe mais algumas informações valiosas em seu blog, e ela levantou um ponto que na minha visão, acaba com as chances da Riva.

 

http://anamariabahiana.blogosfera.uol.com.br/

Link to post
Share on other sites

Achei a trilha sonora de Zero Dark Thirty injustiçada. Bem melhor que a de Argo que tem gente que diz que tem chance. É o mesmo autor, não é?

 

Sim.

 

Fiquei surpreso com a qualidade genérica da música de Desplat em Argo. A de ZDT é menos chamativa, mas muito mais funcional e tensa.

Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

Announcements


×
×
  • Create New...