Jump to content
Forum Cinema em Cena

Guerreiro (Warrior, Gavin O'Connor, 2011)


Jack Ryan
 Share

Recommended Posts

Nenhuma nova onda escapa ao cinema americano, e a moda do MMA/UFC recebeu tratamento em grande estilo da parte de Hollywood.

 

 

 

warrior-movie.jpg

 

 

 

Digo "em grande estilo" não pq Warrior seja uma grande produção, cheia de estrelas no elenco e com marketing de primeira linha. Não, Guerreiro é de primeira linha no que se trata do filme mesmo. Baseado em uma premissa inteligente, que homenageia Rocky sem tornar-se um genérico deste, o filme do diretor Gavin O'Connor combina drama pessoal, familiar, insere-se no contexto da crise econômica e dos atoleiros militares americanos - sem exageros - e vai fundo nas peculiaridades do ultimate fighting. Quem não conhece o esporte conseguirá provavelmente acompanhar; quem conhece terá o bônus de perceber que várias técnicas e golpes particulares são trabalhados nas lutas.

 

 

 

Pelo menos uma sacada do roteiro é brilhante: ao dividir o foco do filme entre dois personagens irmãos, Guerreiro mostra duas versões do mesmo lutador - mais uma vez, Rocky Balboa. Todo fã vai se lembrar que Rocky tinha duas linhas: o boxeador raivoso, determinado, capaz de massacrar adversários; e o rapaz bondoso, honesto, um pouco inseguro, que luta para garantir o bem estar e o futuro da família. Aqui, embora não de forma caricata, cada irmão representa uma faceta do que seria o lutador completo. O desenrolar da trama trabalha bem esse contraste, e o desfecho o coroa de forma praticamente genial.

 

 

 

Há que se destacar ainda o elenco, cujo desempenho já seria suficiente para carregar o filme nas costas. E, como não precisam fazer isso, pois contam com um roteiro inteligente e uma direção segura, os atores apenas brilham. Ainda bem que Guerreiro não concorre ao Prêmio CeC deste ano, se não eu teria que editar os indicados de pelo menos três categorias.

 

 

 

P.S.: não é exatamente "em cartaz nos cinemas", mas como o filme será lançado no Brasil essa semana para locação, achei por bem colocar o tópico aqui.Jack Ryan2012-01-15 13:31:24

Link to comment
Share on other sites

A tempos não via um filme do gênero, de inicio parece uma versão moderna de Rocky, mas ele fica no mais original possivel e acaba se destacando, quando vi o filme, estava também com o filme The Fighter que o Bale ganhou Oscar, The Wrestler com o Rourke que foi indicado para o Oscar, nenhum deles se comparou a este filme, o The Fighter é uma historia já vista por ai, o Wrestler fala de um veterano de luta livre um ex-idolo em decadência pelo peso da idade e os problemas de saúde, mais dramático, mas o Warrior preenche todos os espaços, para mim não tem nada a mais do que Rocky para Warrior, nenhum outro filme fez a minha a cabeça a não ser esses dois.

Link to comment
Share on other sites

Eu gostei muito deste filme. Considero-o até um pouco melhor que "Lutador" e "O Vencedor" pelo conjunto da obra. As atuações do trio central é maravilhoso, de arrepiar. E eu não sei se acontece com vocês, mas ver o Nick Nolte interpretando estes sujeitos "amaldiçoados", amargurados, que parecem sempre carregar um "background" pesado é sempre de arrepiar. Impossível não se emocionar. O Tom Hardy é surpreendente, ele faz aquele tipo de personagem de poucas palavras, mas que deixa a sua marca em cada fotograma (ou o que seja), é um monstro no sentido físico, mas através da sua força dramática dentro da narrativa. O Joel Edgerton foi uma grata surpresa, uma atuação serena, sensível e bastante eficiente. Se fosse pra dizer o que não gostei, certas reviravoltas dramáticas no 3º ato (descobrindo que eles são irmão, um correndo o risco de ser preso) e por mais que tenha achado as cenas de luta empolgantes, sempre achava em alguns momentos que existia um corte mal encaixado que evitava de acompanhar a conclusão de um golpe para acompanhar a reação da platéia. Ainda assim, muito bom. 8.5/10 Thiago Lucio2012-01-15 19:26:53
Link to comment
Share on other sites

Não vejo o Hardy dessa maneira, não há como analisar um talento que tem poucas falas e interpretações sem ver a versatilidade, o que surprende mesmo neste ator é a cara fechada e o corpo cheio de musculos e mais nada, Já o Nolte parece um homem amargurado por natureza, o que é uma grande vantagem para o personagem dele neste filme, fora a experiencia dele de décadas, o que faz ele ter uma certa presença, mas isso é uma opinião pessoal, não deixa de ser o destaque do filme, fora a dama da Jennifer Morrison como a esposa. 01.gif

Link to comment
Share on other sites

Qdo assisti esse filme, coisa de dois meses atras, fui com pe achando q fosse ver mais um Rocky-O Lutador-Menina de Ouro da vida mas achei uma mistureba de tds esses colocados de forma (quase) original...na verdade o filme nao é de pancadaria e sim de redencao dos trio dos envolvidos.. o pai para com os filhos, q por sua vez tb estao tretados entre si..haja dramalhao! O torneio apenas cataliza tb. Enqto um busca ganhar pra superar dividas , o outro o faz apenas pra expurgar fantasmas..Mas o q eleva este filme a patamar acima de dramalhao raso sao as atuacoes, das quais ganha disparado o Hardy.. meu, o cara e um animal pronto pra explodir!

Q venha Warrior 2 -  Revanche de Koba...160506

 

Link to comment
Share on other sites

Revanche de Koba 06.gif

 

Na grande luta final, os dois irmãos se unem para enfrentar o russo. 06.gif

 

 

 

Nem sei dizer qual das atuações eu achei melhor. O Nolte chuta muitos traseiros, e é quem recebe menos tempo de tela. Dentre os dois protagonistas, há psiques tão diferentes, e tão bem trazidas à vida, que é difícil apontar o melhor. To quase pra concordar com o Soto e dizer que o Hardy leva vantagem, mas por pouco. A Jennifer Morrison tá bem tb, mas não chega a fazer frente pro trio.

Link to comment
Share on other sites

Ótimo. A história é ligeiramente tradicional nos caminhos que segue mas a forma como o O'Connor conduz tudo faz toda a diferença. Existe uma certa autoridade na direção dele que faz com que o filme ganhe vida desde a cena inicial. E todos os 3 atores tão excelentes, o Hardy me lembrou inclusive em alguns momentos o Brando em Sindicato de Ladrões com aquela expressão no rosto...

 

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...