Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2012: Indicados e Previsões


ltrhpsm
 Share

Recommended Posts

Nunca vi tanta merda junta... Olha só que vídeo horrível: www.youtube.com/watch?v=Qy4FCwg9WPEO cara é muito sem noção' date=' ignorou completamenete os prêmios dos Sindicatos... Além de pronunciar com sotaque AMERICANO os nomes de Dujardin e Hazanavicius.

 

 

 

[/quote']

 

Parece até de propósito (ou é?).

 

boiei na maionese detected.

 

Igual aos caras prevendo Desejo e Reparação levando melhor filme só porque levou o Globo de Ouro, kkkkkkkkk

 

 

Link to comment
Share on other sites

O que todos temem é a razão por trás da incômoda vitória de The Help no SAG, que é a verdadeira aberração das premiações. Jamais esquecerei que Quem Quer ser um Milionário venceu o SAG, sendo que Dev Patel foi o único indicado(que sequer venceu) na ocasião, enfiado bisonhamente na categoria de ator coadjuvante pra não levantar suspeitas...

 

Stradivarius2012-02-14 18:16:14

Link to comment
Share on other sites

 

Nunca vi tanta merda junta...

 

Olha só que vídeo horrível: www.youtube.com/watch?v=Qy4FCwg9WPE

 

O cara é muito sem noção' date=' ignorou completamenete os prêmios dos Sindicatos... Além de pronunciar com sotaque AMERICANO os nomes de Dujardin e Hazanavicius.

 

 

[/quote']

 

 

O cidadão acabou de chegar de uma missão espacial.

 

Link to comment
Share on other sites

 

Carta aberta da Association of Black Women Historians a respeito do "The help"' date=' vale a pena ler!

 

http://www.abwh.org/index.php?option=com_content&view=article&id=2%3Aopen-statement-the-help

[/quote']

Concordo em praticamente tudo sobre o filme. Ele é preconceituoso ao tentar lutar contra o preconceito, já que os "brancos" é que salvam os pobres negrinhos no filme.

 

Link to comment
Share on other sites

 

Eu acho terrível como é negada a nós a percepção das relações de poder e discriminação em que estamos imersos. Colaboram muito pra essa invisibilização esses filmes todos mostrando conquistas dos negros como mera coisa

concedida por brancos e quase como um favor.

 

A Emma Stone praticamente

salva o dia nesse filme. As lutas dos negros ficam mascaradas, de agentes de suas conquistas eles são tornados seres cujos avanços são

facilitados por algum branco muito bonzinho, visionário e subversivo. O protagonismo de suas próprias

histórias de horror e luta acaba sendo dividido com os brancos, os únicos responsáveis por todo o processo de marginalização historicamente imposto ao negro. E isso quando tal protagonismo não é simplesmente limitado ao branco nesses filmes. Pode ver que se discute muito, sobre o "The help", quem que de fato protagoniza a história. Não é uma coisa tão claramente posta no filme, algo inquestionável.

 

Eu fico pensando também que assuntos difíceis como esse não deveriam virar filme pra gente comer pipoca, dar uma choradinha de canto e sair leve do cinema, feliz, pensando que o problema ficou isolado lá no passado. Pior ainda é ver um filme assim receber tantos prêmios. Parece a própria coroação de nossa imbecilidade. Sou exagerado? Não sei... acho que não, acho que estamos pensando pouco, cada vez menos mesmo.

 

 

rselistre2012-02-14 22:03:43

Link to comment
Share on other sites

Eu não tenho esse problema com The help, pois vejo a história como um mero recorte da luta contra a segregação. O filme não é sobre a Emma Stone acabando com a segregação nos EUA (e ela não consegue sequer resolver o problema na sua cidade, só o piora), é apenas a representação de UMA DAS tentativas que aconteciam no país naquele momento - simultaneamente à toda a luta dos próprios negros pelos seus direitos, como os personagens acompanham através dos noticiários.

 

Já foram feitos inúmeros filmes sobre os negros tentando acabar com a segregação. Por que esse precisava ser mais um?

Link to comment
Share on other sites

 

Visto O Artista. 

O filme está mais para uma bonita homenagem aos

primórdios do cinema do que realmente ser o melhor filme do ano.  O roteiro é simples, o que tornaria uma

vitória ao prêmio de roteiro original um exagero, porém adequado.  Dito 

isto, tem um trabalho de montagem excelente, uma bela fotografia e um

uso da trilha sonora de maneira inteligente e vigorosa.  Berenice Béjo tem um trabalho notável, mas o

filme tem em seu protagonista o maior êxito. 

Jean Dujardin faz jus ao Oscar que certamente vai ganhar, usando sua

principal matéria prima, o rosto, com uma excelência digna de grandes

atores.  Não é necessário ouvir sua voz

para entender as fases, sentimentos  e

momentos pelos quais seu personagem passa. 

Uma grande atuação inquestionavelmente. 

Eu diria que, para o cinema em 2011, ele é a versão masculina da

encantadora e irresistível Jessica Chastain, ambos os grandes mestres do

carisma no cinema ano passado.

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Concordo totalmente guidon, vi o filme hoje, e não consegui ver nada além do "correto, divertido e bom" nele. Acho que muito do buzz em cima do filme é justamente por ele ser uma produção muda lançada agora, e só, e a discussão sobre a qualidade da narrativa, dos atores, e de todo o resto fica de lado. Como em "Dogville", onde o fato de ser filmado "num teatro sem cenário" demandava muito da discussão, deixando o roteiro, a história, para escanteio. É um roteiro simples, como os roteiros de filmes mudo - dos poucos que vi - costumavam ser. É muito divertido, agradável, tem sacadas ótimas, mas não seria o melhor do ano.

 

 

 

Vi "Tintim" também. Que filme LINDO, impecável, muito bom. A história é um episódio longo das Aventudas de Tintim, acho que fizeram o que puderam, não é SUPER criativa, mas funciona, e é correta. Mas a captura de movimentos que fizeram, e o 3D - é excelente, como deve ser, com percepção de profundidade, e não baboseira jogada na sua cara - são impressionantes, mesmo!pantalaimon2012-02-15 01:20:20

Link to comment
Share on other sites

O Artista fala muito mais sobre a figura do artista que do cinema mudo (ótima escolha do título), discordo totalmente deste rótulo de "mera homenagem".

 

A questão do velho dando lugar ao novo, e depois voltando ao sucesso demonstra bem como a arte vive de ciclos e tendências. Podem até chamar de fábula, mas o filme é muito merecedor dos louros que vem colhendo...

Link to comment
Share on other sites

Apostas no GoldDerby:

 

Melhor Filme

1 - The Artist (54%)

2 - Hugo (11%)

3 - The Descendents (10%)

4 - The Help (9%)

 

Melhor Diretor

1 - Hazanavicius (62%)

2 - Scorsese (19%)

 

Melhor Ator

1 - Dujardin (48%)

2 - Clooney (35%)

 

Melhor Ator Coadjuvante

1 - Plummer (70%)

2 - von Sydow (10%)

 

Melhor Atriz

1 - Davis (54%)

2 - Streep (29%)

 

Melhor Atriz Coadjuvante

1 - Spencer (67%)

2 - Bejo (14%)

 

Melhor Roteiro Original

1 - Midnight in Paris (57%)

2 - The Artist (23%)

 

Melhor Roteiro Adaptado

1 - The Descendents (52%)

2 - Moneyball (26%)

 

Melhor Animação

1 - Rango (67%)

2 - Gato de Botas (13%)

 

Melhor Filme Estrangeiro

1 - A Separation (66%)

2 - In Darkness (15%)

 

Melhor Documentário

1 - Paradise Lost 3 (39%)

2 - Pina (36%)

 

Melhor Direção de Arte

1 - Hugo (67%)

2 - The Artist (15%)

 

Melhor Cinematografia

1 - The Tree of Life (48%)

2 - Hugo (23%)

3 - The Artist (20%)

 

Melhor Figurino

1 - The Artist (38%)

2 - Jane Eyre (27%)

 

Melhor Edição (Montagem)

1 - The Artist (51%)

2 - Hugo (28%)

 

Melhor Maquiagem

1 - The Iron Lady (50%)

2 - Harry Potter 7.2 (39%)

 

Melhor Trilha Sonora

1 - The Artist (67%)

2 - Hugo (15%)

 

Melhor Canção

1 - Man or Muppet (80%)

2 - Real in Rio (20%)

 

Melhor Edição de Som

1 - Hugo (48%)

2 - The Girl with thw Dragon Tatoo (18%)

3 - War Horse (15%)

 

Melhor Mixagem de Som

1 - Hugo (55%)

2 - War Horse (17%)

3 - Transformers (15%)

 

Melhor Efeitos Visuais

1 - Rise of the Planet of Apes (57%)

2 - Harry Potter 7.2 (19%)

3 - Hugo (17%)

 

Melhor Curta

1 - Raju (30%)

2 - Pentecost (26%)

 

Melhor Curta Documetário

1 - The Tsunami and the Cherry Blossom (28%)

2 - Incident in the New Bagdad (23%)

3 - God is the Bigger Elvis (21%)

 

Melhor Curta Animação

1 - La Luna (39%)

2 - The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore (24%)

 

http://www.goldderby.com/odds/index/18#

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

O jornal O Globo a traz hoje: Israel foi indicado ao Oscar de Filme Estrangeiro 4 vezes nos últimos 5 anos.

 

 

 

Israel' date=' menor que o estado de Sergipe, vale dizer.[/quote']

 

 

 

Claro, Isral é parte dos Estados Unidos e vice-versa. Assim como filmes com temática de sofrimento no Oriente Médio e do Holocausto quase sempre recebem indicação.

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...