Jump to content
Forum Cinema em Cena

Avante Vingadores: A ERA DE ULTRON (2015)


Recommended Posts

 

Veja abaixo algumas uma nota da entrevista:

"Não há obscuridade no Universo Marvel. Ele disse que todo ano os fãs lhe perguntam o próximo filme será mais sombrio ou pelo menos ficará um pouco. Feige respondeu que, apesar dos trailers darem essa impressão de ter uma desgraça iminente, os filmes não tem essa sensação, e nem terão. Ele esperava que as pessoas já tivessem compreendido isso antes - de que não teremos um mundo sombrio no Universo Marvel. O humor está no DNA da Marvel e eles não pretendem mudar".

 

Além de verdade, é estratégia. Reafirma marca e desfaz expectativas contra um "Marvel não consegue fazer tom pesado". Daí chega em "Guerra infinita" com aquele climão pesado de fim de toda a existência e deixa galera bolada, ainda que com piadinhas aqui e ali. Adoro esse cara aí.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 1.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Vale o tópico? Se não, vira post... AVANTE, VINGADORES! Primeiro filme nem estreou ainda, mas a sequência deve sair em 2015! Kevin Feige, presidente de produção da Marvel Studios, deixou escapar

O maior vilão do Homem Formiga é o Homem Docinho, é fato ou Homem Picnic

Eu já prefiro ser positivo e pensar no WINTER SOLDIER que tinha um trailer foda, e entregou um filme foda

Vamos lá, deixa eu ver se eu entendi:

 

Os personagens já reagiram ao peso, que no caso seria o fato deles possuirem habilidades sobre naturais, ou seja, sobre todas as outras criaturas no planeta terra, que lhes possibilita fazer coisas sobre naturais que todas as outras criaturas do planeta terra não faria, inclusive salvar alguém de ser baleada, de cair de um prédio, levantar um planeta, construir uma mega arma que não mata mas desmonta todo um exército, etc.

 

Bem, isso é algo que não se supera, porque caso se supere, eles não são super, não é mesmo?

 

A não ser que o objetivo do filme seja colocar a perspectiva de um herói, onde ser normal é ter essas habilidades (para nós divinas), e assim, a humanidade seria desprezada (Dr. Manhatan), ou poderia objetivar as habilidades humanas, focando nas pessoas, e tornando os heróis como secundários.

 

Mas a Marvel quer enaltecer os heróis, quer mostrar como seres SUPER, porém, quer pular justamente o que faz eles SUPER?

 

Ao meu ver, o problema não está em vários filmes usarem isso, porque isso É O QUE FAZ OS HERÓIS SEREM SUPER, seria o mesmo que filmar o céu e não mostra-lo azul. O problema é a forma, e a Marvel não precisaria tornar seus filmes em uma projeção sem significados.

 

Eles não são super. Ou pelo menos não no sentido que você quer dizer. Ninguém precisa ficar mais deslumbrado com ET, pois estes já invadiram Nova Iorque. No ponto que é o MCU está, desde 1944 que temos um Super-Soldado, o deslumbre já veio e ficou.

 

Apesar do filme não questionar a perspectiva do Super-herói, acredito que isso venha no Civil War, estamos num mundo onde é normal termos essa habilidades. Não vemos o Starlord vislumbrado com os diversas espécies de Xandar pois pra ele isso é normal. Stark já fez umas 50 armaduras, fez até uma exposição com uma, Banner já se jogou do avião e mostrou seu segredo... E o Cap então, socou Hittler mais de 100 vezes. O MCU também está cheio de outros supers, os caras da extremis de Iron Man 3, os Inhumanos em Agents of SHIELDs, Deathlok, os soldados Centopéia...

 

Deixa o espanto e sentimento de descoberta pras histórias de origem que estão vindo. Nada impede, é claro, o espanto da audiência, como Visão pegando Martelo, ou Quicksilver se matando, Cap mechendo o Mjolnir...

 

O que faz um herói é outra conversa bem mais longa e complexa, que assim como o céu, nem sempre é azul. Espero que essa analogia seja melhor que primeira :P

Link to post
Share on other sites

 

 

 

Além de verdade, é estratégia. Reafirma marca e desfaz expectativas contra um "Marvel não consegue fazer tom pesado". Daí chega em "Guerra infinita" com aquele climão pesado de fim de toda a existência e deixa galera bolada, ainda que com piadinhas aqui e ali. Adoro esse cara aí.

 

 

até porque sombrio não é sinônimo de sério.

 

vide capitas 2.

Link to post
Share on other sites

Não entendi, Mozts

 

Bem, eu achei AoU um tanto alegre demais, e por consequencia, o vilão e a missao ficaram sem importancia. No Cap 2 por exemplo, mesmo com Capitão sucedendo, há uma perda, uma consequencia, a destruição da SHIELD, Steve no hospital, Bucky sumindo no mundo... AoU é senti que ficou muito "yay, vai dar tudo certo, pois nós somos os Vingadores".

 

Acho que filme beneficiaria, por exemplo, que essa cena aqui  fosse diferente. Imagine que ao invés de salvar a mulher do carro, que o Cap tivesse visto ela caindo. Até a total destruição dessa cidade de Sokovia foi um tanto "sem peso".

Link to post
Share on other sites

Eu estou de acordo com o Feige e os colegas, mas vocês não acham que AoU teria beneficiado de um clima pouco mais fatalistico? Algo mais próximo do primeiro trailer que saiu?

 

Mozts, eu gostei do jeito que foi, mas talvez teria gostado mais se os plots dramáticos tivessem sido mais longos.

talvez assim teria gerado uma tensão maior ao filme.

Link to post
Share on other sites

Bem, eu achei AoU um tanto alegre demais, e por consequencia, o vilão e a missao ficaram sem importancia. No Cap 2 por exemplo, mesmo com Capitão sucedendo, há uma perda, uma consequencia, a destruição da SHIELD, Steve no hospital, Bucky sumindo no mundo... AoU é senti que ficou muito "yay, vai dar tudo certo, pois agente é Vingadores".

 

Acho que filme beneficiaria, por exemplo, que essa cena aqui  fosse diferente. Imagine que ao invés de salvar a mulher do carro, que o Cap tivesse visto ela caindo. Até a total destruição dessa cidade de Sokovia foi um tanto "sem peso".

 

pode ser.

 

mas o filme em algumas cenas antes dessa, mostra uma mulher caindo da cidade no ar, mas corta brevemente para outra cena, não mostrando a mulher despencar.

 

acredito que essa seja a marca da marvel, eles insinuam, mas não mostram.

Link to post
Share on other sites

Quanto a questão de descobrir os poderes e aproveitar isso eu acho que a leitura do Pablo foi um pouco limitada.

Explico. Acho que a transmissão dessa tentativa de mostrar ao público algo diferente e que sentimos fica naquele debate que já tivemos dos personagens usarem seus dons de maneira orgânica ou até "cool".

Apesar da perspectiva ser diferente o intuito e o objetivo dessas cenas me parece muito semelhante.

Link to post
Share on other sites

Comentário do Omelete sobre a Fase 2 da Marvel

 

 

Hessel fez comentário meio exagerado de que Homem de Ferro 3 tenha sido o filme mais arriscado da Marvel.

 

Bem, vejamos, de certa forma concordo com ele. HdF3 foi um filme arriscado pra Marvel porque simplesmente, o estúdio deu carta branca pro diretor (e RDJ também) pra fazer o filme do jeito que bem entender (tanto que ambos despirocaram totalmente do meio pro fim filme, e a Marvel deixou isso passar) e isso é bem arriscado. Mas no fim, o diretor não fez um filme fora da fórmula da Marvel, ele teve a liberdade, mas uma liberdade dentro da fórmula (liberdade meio limitada que creio foi ele mesmo que impôs, não necessariamente a Marvel). Tanto que HdF3 pode se dizer que é um filme fraco, mas ainda é um filme da Marvel.

 

No fim, Capitas 2  foi bem mais arriscado (ao meu ver) porque saiu da fórmula que a Marvel tinha adotado e mesmo que tenha adotado outra fórmula (Bourne) também consolidada, não era algo que a Marvel sabia fazer (ou que sabia que podia fazer), então sim, ela tava se arriscando muito mais. Hassel falou como se fosse fácil, fazer um filme Bourne. Não, não é (O Legado Bourne tá  aí pra provar isso), e ainda enfiar essa formula pra outro público que poderia facilmente rejeitar aquilo lá é perigosíssimo.

 

Acho que "perdoaria" o diretor do HdF3 se tivesse rolado ali o que rolou no Homem Aranha 3, onde o Sam Raimi foi pressionado por todos os lados (estúdio, fãs e etc)  e no fim falou um foda-se, e fez um filme fraco de propósito (ou quase de propósito). No HdF3 nem foi isso que rolou, foi só o astro (RDJ) tendo carta branca total no filme, depois do sucesso dos filmes anteriores, aí usou toda sua "liberdade criativa" pra fazer como quiser o filme, mas liberdade criativa é algo que tem que saber até onde ir e até onde não ir, e no caso, o problema é que não souberam fazer isso, e fizeram o filme dentro do umbigo do RDJ.

Link to post
Share on other sites

Eles não são super. Ou pelo menos não no sentido que você quer dizer. Ninguém precisa ficar mais deslumbrado com ET, pois estes já invadiram Nova Iorque. No ponto que é o MCU está, desde 1944 que temos um Super-Soldado, o deslumbre já veio e ficou.

 

Apesar do filme não questionar a perspectiva do Super-herói, acredito que isso venha no Civil War, estamos num mundo onde é normal termos essa habilidades. Não vemos o Starlord vislumbrado com os diversas espécies de Xandar pois pra ele isso é normal. Stark já fez umas 50 armaduras, fez até uma exposição com uma, Banner já se jogou do avião e mostrou seu segredo... E o Cap então, socou Hittler mais de 100 vezes. O MCU também está cheio de outros supers, os caras da extremis de Iron Man 3, os Inhumanos em Agents of SHIELDs, Deathlok, os soldados Centopéia...

 

Deixa o espanto e sentimento de descoberta pras histórias de origem que estão vindo. Nada impede, é claro, o espanto da audiência, como Visão pegando Martelo, ou Quicksilver se matando, Cap mechendo o Mjolnir...

 

O que faz um herói é outra conversa bem mais longa e complexa, que assim como o céu, nem sempre é azul. Espero que essa analogia seja melhor que primeira :P

 

É, acho que você tem razão, mas ainda sim, o filme peca em demasia em não abordar os sentidos de terem pessoas e seres e ameaças e personagens,.... De fato os heróis agora nessa fase já são parte do nosso mundo, mas ai é que tá, um mundo em que os humanos parecem bonecos, e os humanos especiais e sobre humanos é quem gera toda as sequencias legais. Falta um sentido pra isso tudo, entende?

 

E nesse filme ficou piorado, porque além de ter ser sequencias de ação e drama esteréis lotado de momentos cômicos, ainda é lotado de imagens de pose, os personagens parecem que estão dançando balé, lotado de cenas de pose, nada orgânico.

 

Fora as piadas que não funcionaram, dessa vez.

 

Gostei do filme, mas achei menos divertido que o primeiro, e tão esquecível quanto qualquer filmes marvel.

 

A morte do Mercúrio, por exemplo, nem parece que ALGUÉM morreu.

Link to post
Share on other sites

 

‘Os Vingadores 2′ ganha cartazes japoneses bastante inusitados

Publicado em 13/05/2015 por Renato Marafon

 

 

vingadoresjapones_1-650x400.jpg

Vingadores: Era de Ultron’ só chega nos cinemas japoneses em 4 de Julho, e a divulgação lá segue um caminho bem diferente da usada no resto do mundo.

Seguindo o trailer japonês cheio de spoilers e romance, que aparentemente promove um filme diferente do que está atualmente nos cinemas, chegou a vez dos cartazes serem divulgados.

 

Confira:

vingadores2_48.jpgvingadores2_49.jpgvingadores2_50.jpg

Em apenas vinte dias, ‘Vingadores: Era de Ultron‘ já conseguiu ultrapassar a marca dos R$ 100 milhões em bilheterias e se aproxima de 7,5 milhões de espectadores no Brasil. Segundo o FilmeB, o blockbuster da Marvel arrecadou mais R$ 16 milhões neste final de semana e manteve a liderança pela terceira semana consecutiva.

 

Link to post
Share on other sites

Vingadores: Era de Ultron - 3,0/5,0

 

Sem entrar muito em detalhes achei o filme apenas bom. Ponto. O primeiro é beeeeeem melhor em todos os sentidos. 

 

E nesse aqui, não gostei da trama e das lutas... Whedon filma tudo com cortes muito "rápidos" (mal filmado) pois, vááárias cenas, você simplesmente não consegue entender e sequer ver o que está acontecendo. Achei os efeitos de concepção do Hulk péssimos (nada realísta), personagens com poderes incompreensíveis (Ultron e Mercúrio) e tem até um "furo" absurdo em relação à um elemento primordial na trama SPOILER (aquele papinho de Thor "descobrir" que uma das Jóias do Infinito estava no cetro que era de seu irmão chega a ser hilário...).

 

Enfim... Filme completamente inócuo esse, esquecível. Diverte? Sim. Mas só. Não é absolutamente nada memorável (como poderia ter sido, principalmente considerando o vilão Ultron - Spader "salva" o personagem do risível - e a introdução do persoangem Visão - ainda que feita de modo extremamente abrupta).

 

OBS 1: começo a entender os comentários dizendo que Mad Max - Road Fury faz esse filme comer quilômetros e quilômetros de poeira em termos de qualidade fílmica e enquanto blockbuster de ação.     

 

OBS 2: e o tal do Mercúrio?... Que desperdício. -_-

Link to post
Share on other sites

 

 

OBS 1: começo a entender os comentários dizendo que Mad Max - Road Fury faz esse filme comer quilômetros e quilômetros de poeira em termos de qualidade fílmica e enquanto blockbuster de ação.     

 

 

 

Ah, mas nem precisa ter dúvidas com relação a isso... Vingadores é pastel de vento; água com açúcar.

Link to post
Share on other sites

Mas não acho que nem tem como comparar. Esse novo Mad Max parece mesmo ser bem melhor que o Vingadores 2, mesmo considerando que Vingadores 2 é pipocão, e assim descomprometido com altos lances estéticos e de questionamentos (coisa que Mad Max deve ter levado ao máximo) - mas não vi Mad Max, ainda estou na expectativa.

 

Minha preocupação maior com a Marvel é Capitão América. Depois do Soldado Invernal, ela tem que manter o alto nível ali.

Link to post
Share on other sites

Mad Max também é pipocão... Sempre foi. 

 

E se a proposta de um filme adaptação de quadrinhos é ser "água com açúcar" (Bryan Singer e seus 3 X-Men discordam e o resto do mundo também), então este universo dos quadrinhos não tem mesmo nada a acrescentar ao cinema, está apenas banalizando a sétima arte.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...